• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 154
  • 1
  • Tagged with
  • 155
  • 55
  • 47
  • 45
  • 34
  • 33
  • 32
  • 28
  • 26
  • 23
  • 23
  • 21
  • 21
  • 21
  • 20
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Diversidade genetica, taxa de cruzamento e estrutura espacial dos genotipos fissilis Vell. (meliaceae)

Gandara, Flavio Bertin 02 January 1996 (has links)
Orientador: Paulo Y. Kageyama / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-24T17:03:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Gandara_FlavioBertin_M.pdf: 1569016 bytes, checksum: c7adf80aec8739c3d070d983c87314eb (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Com a finalidade de se estimar a diversidade genética e a taxa de cruzamento em uma espécie arbórea rara, ou seja, com baixa densidade populacional, foi estudada uma população natural de Cedrela fissilis Vell. (Meliaceae). A população está situada na Fazenda Intervales pertencente à Fundação para a Conservação e Produção Florestal do Estado de São Paulo, localizada no município de Sete Barras-SP. Na área levantada, Cedrelafissilis é uma espécie rara, onde ocorrem 34 indivíduos adultos em uma área de 270 ha (densidade média de cerca de 1 indivíduo a cada 8 ha ). Para a estimativa dos parâmetros genéticos, foi utilizada a técnica de eletroforese de isoenzimas em gel horizontal de amido. Foram analisados 34 indivíduos adultos e 5 famílias de 3 O indivíduos cada, formadas a partir da coleta de sementes em 5 árvores da população. Foram utilizados 7 sistemas enzimáticos (6-PGDH, PGI, G2DH, IDH, MDH, PO), resultando em 13 locos gênicos. Para os indivíduos adultos, obteve-se os seguintes parâmetros: heterozigosidade média = 0,222, heterozigosidade para os locos polimórficos = 0,288, porcentagem de locos polimórficos = 76,9% e número médio de alelos por loco = 2,31. Para as famílias, obteve-se os seguintes parâmetros: heterozigosidade média = 0,193, heterozigosidade para os locos polimórficos = 0,228, porcentagem de locos polimórficos = 84,6% e o número médio de alelos por loco = 2,38. A população adulta está em equilíbrio de Hardy-Weinberg, porém as famílias diferiram significativamente das expectativas do equilíbrio. O valor médio da taxa de cruzamento aparente (ta) estimado a partir do coeficiente de endogamia foi de 0,85. A taxa qe cruzamento multiloco (tm) foi de 0,92, sendo que os valores da taxa de cruzamento individuais para cada árvore variaram de 0,62 a 1,08. A média das taxas de cruzamento para cada loco (t8) foi de 0,83, inferior a tm, mas sem diferir desta significativamente. As 5 árvores matrizes foram fecundadas por um conjunto de pólen homogêneo, indicando a ocorrência de cruzamentos aleatórios.Através da ocorrência de alelos exclusivos às famílias foi estimada a distância mínima de caminhamento de pólen (distância das árvores matrizes até a borda da área levantada) que atingiu o valor de 950 m. Para o estudo da estrutura genética espacial foi empregada a análise da autocorrelação espacial, utilizando-se o índice I de Moran. O pequeno número de valores significativos encontrado sugere que a distribuição espacial dos genótipos é aleatória. Os resultados mostram que a população de Cedrelafissilis estudada, apesar de ter uma baixa densidade de indivíduos adultos, apresenta altas taxa de cruzamento, amplo fluxo de pólen, cruzamentos ao acaso e distribuição espacial aleatória de genótipos. Portanto, as suposições de que espécies raras estariam sujeitas a um fluxo gênico via pólen restrito, apresentariam auto-fecundação e cruzamentos preferenciais, e teriam populações estruturadas geneticamente, não se aplica a esta população de Cedrela .fissilis. As principais conclusões deste trabalho são: 1. A diversidade genética apresentada pela população estudada de Cedrela fissilis (H=0,222) está na média das populações de espéciés arbóreas tropicais já estudadas. 2. Cedrela fissilis é uma espécie preferencialmente alógama (tm=0,92), porém pode apresentar variações da taxa de cruzamento entre árvores (tindividual entre 0,62 e 1,08). 3. O fluxo gênico via pólen em Cedrelafissilis pode ocorrer a longa distância (acima de 950 m) o que condiz com as grandes distâncias encontradas entre indivíduos. 4. A população de Cedrela fissilis não apresenta estruturação genética, o que evidencia que o fluxo gênico é suficientemente amplo para prevenir a formação de estrutura genética a partir da deriva genética e/ou da seleção local. 5. Os resultados obtidos sobre o fluxo gênico via pólen, sistema reprodutivo e distribuição espacial dos genótipos são concordantes entre si e são coerentes com a baixa densidade da população / Abstract: A natural population of Cedrela fissilis Vell. (Meliaeeae) was surveyed with the aim of estimating the genetic diversity and the outerossing rate of arare tree species, that is, a species with low populational density. The population site was at the Fazenda Intervales belonging to the "Fundação para a Conservação e Produção Florestal do Estado de São Paulo", located at Sete Barras - São Paulo State. In the study area, Cedrelafissilis is arare species, weere 34 adult trees occur in an area of 270 ha (mean density of one tree for 8 ha). To estimate the genetic parameters, the technique of isozyme eleetrophoresis in horizontal straeh gels was applied. Thirty-four adult trees and 5 families with 30 individual each, formed from seeds collected directly from 5 trees of the population were analized. Seven enzymatie systems (6-PGDH, PGI, G2DH, IDH, MDH, PO), resulting in 13 genetic loci, were utilized.For adult trees, the parameters was: mean heterozigosity = 0.222, heterozigosity for the polimorphic loci = 0.288, percentage of polimorphi lo i = 76.9% and mean number of alleles per loeus = 2.31. For families, the parameters was: mean heterozigosity = 0.193, heterozigosity for the polimorphie loei = 0.228, percentage of polimorphi loei = 84.6% and mean number of alleles per loeus = 2.38. The adult population was in Hardy-Weinberg equilibrium, but the families differed significantly from the equilibrium expectations. The mean apparent outerossing rat~ (ta) estimated from the coefficient of inbreeding was 0.85. The multiloeus outerossing rate (tm) was 0.92, but the individual outcrossing rates for each tree varied from 0.62 to 1.08. The mean single outcrossing rates (ts) was 0.83, therefor lower than tm, but did not differ significantly from it. All mother trees were fertilized by an homogeneous pollen pool, indicating random outcrossing. Utilizing alIeles exclusives to the families, the minimum distance of pollen flow (distance between the mother tree and the border of the surveyed area) was estimated and reached 950 m. To study the spatial genetic structure, spatial autocorrelation analysis through the I index of Moran was utilized. The small number of significant values showed that spatial distribution of genotypes is random. The results of this research show that the population of Cedrela fissilis, in spite of having a low density of adult trees, exhibits a high outcrossing rate, extensive polIen flow, random outcrossing and random spatial distribution of genotypes. Therefore, the presumptions that rare species exhibit limited gene flow by polen, show self-fertilization and biparental breeding, and have genetic structured populations do not apply to this population of Cedrela fissilis. The main conclusions of this study are: 1. :rhe genetic diversity showed by this population ofCedrelafissilis (H=O.222) is on the average for the populations of tropical tree species already studied. 2. Cedrelafissilis is preferably alogamous (tm=0.92), but can show variations among trees in the outcrossing rate (tindividual between 0.62 and 1.08). 3. The gene flow by pollen in Cedrelafissilis can reach a considerable distance (over 950m) agreeing with the low density of trees. 4. The population of Cedrela fissilis does not show genetic structure, suggesting that gene flow is sufficiently wide to prevent genetic structuring due to genetic drift and/or local selection. 5. The results for gene flow by pollen, breeding system and spatial distribution of genotypes agree amongst each other and are coherent with the low population density / Mestrado / Mestre em Ciências
2

Potencialidade de cruzamentos óctuplos de soja com ênfase na produtividade de grãos / not available

Ângela Celis de Almeida Lopes 17 January 1997 (has links)
Este trabalho teve por objetivo avaliar a potencialidade de cruzamentos óctuplos de soja [Glycine max (L.) Merril], visando a seleção de cruzamentos superiores com ênfase na produtividade de grãos. Foram utilizados 40 parentais e a geração F1[8], de 60 cruzamentos óctuplos obtidos pelo programa se seleção recorrente conduzido no setor de Genética Aplicada às espécies autógamas do Departamento de Genética da ESALQ/USP. O trabalho iniciou-se com a escolha dos 40 parentais, sendo dez de cada grupo de maturação (precoce, semi-precoce, semi-tardio e tardio). A primeira recombinação envolveu quatro dialelos com a obtenção de 180 F1’s sendo 45 F1´s entre parentais precoces, 45 F1’s entre semi-precoces e 45 F1’s entre semi-tardios e 45 F1’s entre parentais tardios. A segunda recombinação compreendeu 90 cruzamentos entre os F1’s , combinando-se um F1 do dialelo precoce com outro F1 do dialelo semi-precoce, da mesma forma foi feito com os F1’s do dialelo semi-tardio e tardio, obtendo-se 45 cruzamentos quádruplos (precoces x semi-precoces) e 45 cruzamentos quádruplos (semi-tardios x tardios). A terceira recombinação envolveu 60 cruzamentos entre os F1[4]’s, combinando-se um F1[4] (precoce x semi-precoce) com outro F1[4] (semi-tardio x tardio, conseguindo-se 60 cruzamentos óctuplos [8]. Os 40 parentais e os 60 cruzamentos óctuplos na geração F1[8], foram avaliados no delineamento inteiramente casualizado tendo como parcela experimental uma cova (planta individual), com espaçamento de 80cm x 80cm, em área experimental do Departamento de Genética da ESALQ/USP, com transplantio de mudas em 21/12/1992. Os caracteres avaliados foram: número de dias para a maturidade (NDM), altura da planta na maturidade (APM), valor agronômico (VA) e produtividade de grãos (PG). A análise estatístico-genética foi realizada a partir de dados de plantas individuais, estimando-se médias, amplitudes, variâncias entre plantas, herdabilidades no sentido amplo, coeficiente de variação experimental e heterose. Realizou-se também análises de variância e covariância para estimação de correlações fenotípicas, genotípicas e ambientais. Os resultados conduzem às seguintes conclusões; a) cruzamentos óctuplos entre parentais envolvendo os quatro grupos de maturação (precoce, semi-precoce, semi-tardio e tardio) proporcionaram elevada variabilidade genética nas plantas da geração F1[8], produzindo segregantes superiores nos quatro caracteres avaliados; b) três cruzamentos (C11,C46, C54; Apêndices 1 e 2) destacaram-se por apresentarem altas herdabilidades para os caracteres NDM, APM e PG; c) 14 cruzamentos (C07, C14, C18, C20, C22, C23, C28, C29, C34, C36, C39, C47, C50 e C58; Apêndices 1 e 2) apresentaram altos valores de herdabilidade para os quatro caracteres, bem como NDM variando de 118 a 132 dias, APM superior a 60 cm, VA de 3,0 a 3,5 e PG maior que 87,81 g/planta; d) as maiores herdabilidades médias foram conseguidas para os caracteres APM e PG; e) a heterose apresentou ampla variação destacando-se PG com maior heterose média; f) as correlações genotípicas tenderam a ser maiores que as fenotípicas e as de ambiente; g) plantas F1[8]superiores podem ser selecionadas através do Valor Agtonômico; h) parcelas em covas com espaçamento largo minimizaram a competição intergenotípica e proporcionaram ótima precisão experimental, mas podem ter aumentado o efeito ambiental estimado entre plantas das linhagens parentais para VA e PG / not available
3

Análise dialélica envolvendo dez parentais semi-precoces de soja (Glycine max (L.) Merrill) / not available

Milton Krieger 05 March 1992 (has links)
Genótipos de soja com maturidade semi-precoce são os mais cultivados no estado de São Paulo. Foram avaliados 45 cruzamentos dialéticos entre dez parentais de soja semi-precoce para sete caracteres agronômicos. Os valores de capacidade geral de combinação variaram de -8,7 a 8,4 gramas por planta; seis parentais apresentaram estimativas positivas e quatro negativas; os parentais com maiores valores positivos foram G081-II646 e IAC-12. A capacidade específica de combinação variou bastante com 26 estimativas negativas e 29 positivas. A heterose foi predominantemente positiva, variando de -100 GPP ou 36% (Bossier × IAC -12) a 2,7 GPP ou 87% (Viçoja × IAC -1). Os cruzamentos apresentaram em média, herdabilidade igual a 0,328. As plantas F2 mostraram tendência de serem mais precoces e mais altas que seus parentais . Esse fato, associado com níveis altos de produção e de variância genética, indicam a viabilidade de obtenção de linhagens superiores na maioria dos cruzamentos / not available
4

Potencialidade de cruzamentos óctuplos de soja com ênfase na produtividade de grãos / not available

Lopes, Ângela Celis de Almeida 17 January 1997 (has links)
Este trabalho teve por objetivo avaliar a potencialidade de cruzamentos óctuplos de soja [Glycine max (L.) Merril], visando a seleção de cruzamentos superiores com ênfase na produtividade de grãos. Foram utilizados 40 parentais e a geração F1[8], de 60 cruzamentos óctuplos obtidos pelo programa se seleção recorrente conduzido no setor de Genética Aplicada às espécies autógamas do Departamento de Genética da ESALQ/USP. O trabalho iniciou-se com a escolha dos 40 parentais, sendo dez de cada grupo de maturação (precoce, semi-precoce, semi-tardio e tardio). A primeira recombinação envolveu quatro dialelos com a obtenção de 180 F1’s sendo 45 F1´s entre parentais precoces, 45 F1’s entre semi-precoces e 45 F1’s entre semi-tardios e 45 F1’s entre parentais tardios. A segunda recombinação compreendeu 90 cruzamentos entre os F1’s , combinando-se um F1 do dialelo precoce com outro F1 do dialelo semi-precoce, da mesma forma foi feito com os F1’s do dialelo semi-tardio e tardio, obtendo-se 45 cruzamentos quádruplos (precoces x semi-precoces) e 45 cruzamentos quádruplos (semi-tardios x tardios). A terceira recombinação envolveu 60 cruzamentos entre os F1[4]’s, combinando-se um F1[4] (precoce x semi-precoce) com outro F1[4] (semi-tardio x tardio, conseguindo-se 60 cruzamentos óctuplos [8]. Os 40 parentais e os 60 cruzamentos óctuplos na geração F1[8], foram avaliados no delineamento inteiramente casualizado tendo como parcela experimental uma cova (planta individual), com espaçamento de 80cm x 80cm, em área experimental do Departamento de Genética da ESALQ/USP, com transplantio de mudas em 21/12/1992. Os caracteres avaliados foram: número de dias para a maturidade (NDM), altura da planta na maturidade (APM), valor agronômico (VA) e produtividade de grãos (PG). A análise estatístico-genética foi realizada a partir de dados de plantas individuais, estimando-se médias, amplitudes, variâncias entre plantas, herdabilidades no sentido amplo, coeficiente de variação experimental e heterose. Realizou-se também análises de variância e covariância para estimação de correlações fenotípicas, genotípicas e ambientais. Os resultados conduzem às seguintes conclusões; a) cruzamentos óctuplos entre parentais envolvendo os quatro grupos de maturação (precoce, semi-precoce, semi-tardio e tardio) proporcionaram elevada variabilidade genética nas plantas da geração F1[8], produzindo segregantes superiores nos quatro caracteres avaliados; b) três cruzamentos (C11,C46, C54; Apêndices 1 e 2) destacaram-se por apresentarem altas herdabilidades para os caracteres NDM, APM e PG; c) 14 cruzamentos (C07, C14, C18, C20, C22, C23, C28, C29, C34, C36, C39, C47, C50 e C58; Apêndices 1 e 2) apresentaram altos valores de herdabilidade para os quatro caracteres, bem como NDM variando de 118 a 132 dias, APM superior a 60 cm, VA de 3,0 a 3,5 e PG maior que 87,81 g/planta; d) as maiores herdabilidades médias foram conseguidas para os caracteres APM e PG; e) a heterose apresentou ampla variação destacando-se PG com maior heterose média; f) as correlações genotípicas tenderam a ser maiores que as fenotípicas e as de ambiente; g) plantas F1[8]superiores podem ser selecionadas através do Valor Agtonômico; h) parcelas em covas com espaçamento largo minimizaram a competição intergenotípica e proporcionaram ótima precisão experimental, mas podem ter aumentado o efeito ambiental estimado entre plantas das linhagens parentais para VA e PG / not available
5

Análise dialélica envolvendo dez parentais semi-precoces de soja (Glycine max (L.) Merrill) / not available

Krieger, Milton 05 March 1992 (has links)
Genótipos de soja com maturidade semi-precoce são os mais cultivados no estado de São Paulo. Foram avaliados 45 cruzamentos dialéticos entre dez parentais de soja semi-precoce para sete caracteres agronômicos. Os valores de capacidade geral de combinação variaram de -8,7 a 8,4 gramas por planta; seis parentais apresentaram estimativas positivas e quatro negativas; os parentais com maiores valores positivos foram G081-II646 e IAC-12. A capacidade específica de combinação variou bastante com 26 estimativas negativas e 29 positivas. A heterose foi predominantemente positiva, variando de -100 GPP ou 36% (Bossier × IAC -12) a 2,7 GPP ou 87% (Viçoja × IAC -1). Os cruzamentos apresentaram em média, herdabilidade igual a 0,328. As plantas F2 mostraram tendência de serem mais precoces e mais altas que seus parentais . Esse fato, associado com níveis altos de produção e de variância genética, indicam a viabilidade de obtenção de linhagens superiores na maioria dos cruzamentos / not available
6

Análise do desenvolvimento embrionário de espécimes provenientes dos cruzamentos interespecíficos entre Pseudoplatystoma corruscans e leiarius marmoratus

Almeida, Isângela Rodrigues de Oliveira [UNESP] 04 March 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:12Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-03-04Bitstream added on 2014-06-13T20:00:06Z : No. of bitstreams: 1 almeida_iro_me_botib.pdf: 1159803 bytes, checksum: 8b692d8d747287b1fa84a1b81e1c3540 (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Este projeto de pesquisa teve como objetivo analisar o desenvolvimento de embriões provenientes dos cruzamentos interespecíficos entre as espécies de teleósteos neotropicais, pintado (Pseudoplatystoma corruscans) e jandiá (Leiarius marmoratus). As coletas foram realizadas no Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais - CEPTA/ICMBIO, Pirassununga – SP e na Piscicultura Muriti, Nova Mutum – MT. A reprodução foi feita através de indução hormonal, utilizando extrato bruto de hipófises de carpa. Os ovos foram incubados em incubadoras verticais e coletados desde o momento da fertilização até a eclosão das larvas. Os ovos dos parentais P. corruscans e L marmoratus e seus híbridos, são esféricos, demersais, córion nítido e espaço perivitelínico pequeno após a hidratação, não sendo observada a presença de gota de óleo na vesícula vitelínica durante todo o desenvolvimento embrionário. A média do espaço perivitelínico do L. marmoratus foi de 215,9μm, do P. corruscans foi de 352,5μm, do híbrido I foi de 561μm e do híbrido II foi de 247,2μm. O diâmetro médio do ovo do L. marmoratus foi de 589,6μm, do P. corruscans foi de 867,3μm, do híbrido I foi de 765,3μm e do híbrido II foi de 581μm. O período de incubação do P. corruscans e do híbrido I foi de 13 horas, à temperatura média de 28,7°C respectivamente. Já para o L. marmoratus e do híbrido II foi de 14 horas para o parental e 12 horas para o híbrido, a uma temperatura média de 28,3°C. Sendo estabelecidos os seguintes estágios embrionários: zigoto, clivagem, gástrula, organogênese e eclosão e estes divididos em fases. O estágio de clivagem foi dividido nas fases de 2, 4, 8, 16, 32, 64 células e na fase de mórula. O estágio de gástrula apresentou as fases de 25%, 50%, 75%, 90% e 100% do movimento morfogenético de epibolia e o estágio de organogênese... / The main of this research project was analyze the embryos development from the inter-specific crossing between the neotropical teleostei species, pintado (Pseudoplatystoma corruscans) e jandiá (Leiarius marmoratus). The samples were realized in the National Research and Conservation Nucleus of Continental Fishes – CEPTA/ICMBIO, Pirassununga – SP in the Buriti Fish Farming, Nova Mutum – MT. The reproduction was made through the hormonal induction, using gross extract of pituitary from carpa. The eggs were incubated in vertical incubators and collected since the fertilization time until the larval hatching. The eggs of the parents P. corruscans e L. marmoratus and their hybrids, are spherical, demersal, distinct chorion and small perivitelline space after the hydration without observation of the presence of drop oil in the vitelline vesicle during all embryonic development. The mean of the perivitelline space of the L. marmoratus was 215,9μm, in the P. corruscans was 352,5μm, in the hybrid I was 589,6μm and 247,2μm in the hybrid II. The mean diameter of the egg in L. marmoratus was 589,6μm, in P. corruscans was 867,3μm, in the híbrido I was 765,3μm and 581μm in the hybrid II. The incubation period of P. corruscans and the híbrido I was 13 hours , in the mean temperature of 28,7°C. However in L. marmoratus and Hybrid II was 14 hours for the parental and 12 hours for the hybrid in the mean temperature of 28,3°C. It was established the following embryonic stages: zygote, cleavage, gastrula, organogenesis and hatching and this divided in phases. The cleavage stage was divided in the phases 2, 4, 8, 16, 32, 64 cells and in the morula phase. The gastrula stage showed the phases 25%, 50%, 75%, 90% and 100% of morphogenetic movements of epiboly and the organogenesis stage was divided in the neurula, segmentation and larval phases... (Complete abstract click electronic access below)
7

Parentais exóticos como fonte de genes para precocidade e produtividade da soja (Glycine max (L.) Merrill) / Exotic parents as source of genes for earliness and seed yielding of soybean (Gtycine max (L.) Merrill)

Dario Minoru Hiromoto 06 June 1990 (has links)
A pesquisa teve como objetivo avaliar a possibilidade de obtenção de segregantes transgressivos precoces e produtivos através de 12 cruzamentos envolvendo 6 parentais exóticos (Pella, Williams, Century, Maple Presto, Maple Amber e Maccall) com dois parentais adaptados (BR80-6989 e Primavera). Foram estudadas as 12 progênies F 2 em 12 experimentos delineados em blocos casualizados com quatro repetições. Foram avaliados os seguintes caracteres: número de dias para início de florescimento, número de dias para maturidade, altura da planta no florescimento, altura da planta na maturidade, acamamento, valor agronômico, produtividade de planta individual e produtividade de parcela. Os resultados permitiram as seguintes conclusões: a) os parentais possuem características complementares de interesse para o melhoramento; b) houve uma grande variação de heterose e heterobeltiose porém nem sempre as maiores médias estavam associadas as maiores variâncias; c) a avaliação das progênies F2 através da frequência de genótipos superiores, demonstrou a existência de segregantes transgressivos que reuniam simultaneamente a precocidade, altura adequada a colheita mecanizada e produtividade / This research aimed to evaluate the potential of crosses between exotic and adapted parents for development of transgressive segregates having high levels of earliness and seed yielding. Six exotics parents (Century, Maple Amber, Maple Presto, McCall, Pella and Williams) were chosen based on their earliness and seed yielding; such parents exhibited the disadvantage of to be very sensitives to photoperiodic variations. Two adapted parents (BR 80-6989 and Primavera) were chosen based on their small sensitivity to variation and high seed yielding. However, they exhibited lower earliness than necessary. In 1985, handled hibridizations were made to obtaining 12 crosses (six exotic x two adapted). Natural selfing originated the F 2, that were evaluated at 12 experiments establishe in randomized block design with four replications. The results allowed the following conclusions: a) the parents were significantly different them selves; consequently, complementary traits were combined in all crosses; b) a large heterosis and heterobeltiosis variation were found for all traits evaluated, however, the higher means were not always related to higher variances; c) the combination of high earliness from exotic parents with long-juvenile trait from adapted parents was a promissing strategy for development of transgressive segregates appropriated to rotation crop with sugarcane
8

Herança do teor de proteína em soja / not available

Carlos Eduardo Pulcinelli 16 December 1992 (has links)
As heranças dos caracteres teor de proteína e produção de grãos em soja foram estudadas a partir de dois cruzamentos biparentais envolvendo linhagens com alto (PA = PI230977; PC = PI4 0804 3) e baixo (PB = PI4244 73; PD = PI374221) teores de proteína. Os cruzamentos PA x PB e PC x PD foram avaliados quanto ao teor de proteína para os parentais, F1, F2, retrocruzamentos e todos os recíprocos. O cruzamento PC x PD foi também avaliado quanto ao teor de proteína e produção de grãos após uma geração de autofecundação. Desse modo foram avaliados os parentais, F2, famílias F3, famílias derivadas de retrocruzamentos e todos os recíprocos. Para isso foram utilizados dois experimentos em blocos ao acaso (um para cada citoplasma) com duas repetições e 71 e 106 tratamentos, respectivamente, para famílias com citoplasma de PC e PD. Os tratamentos correspondiam às famílias F3 e famílias derivadas de retrocruzamentos, enquanto os parentais e F2 foram alocados sistematicamente nos dois experimentos. As parcelas foram constituídas por linhas de um metro de comprimento espaçadas de 0,60 metros, contendo dez plantas no"stand"ideal. Os dados experimentais foram submetidos a uma análise de variância convencional e a uma análise de componentes de médias baseada no modelo de MATHER & JINKS (1984). Os resultados obtidos para os cruzamentos PA x PB e PC x PD não mostraram nenhuma evidencia de efeitos do genótipo do embrião e do citoplasma na determinação do teor de proteína, podendo-se concluir que este é determinado pelo genótipo da planta mãe. A análise dos componentes de médias para o cruzamento PC x PD não mostrou nenhuma evidência de dominância gênica para o teor de proteína. Para a produção de grãos foi detectada a presença de dominância e, conseqüentemente, de heterose. / not available
9

Alocação diferencial de recursos em populações de milho (Zea mays L.) / Differential allocation of resources in maize (Zea mays L.) populations

Izabel Maura de Farias Lavendowski 03 August 1987 (has links)
O atual estudo teve por objetivo avaliar a alocação diferencial de recursos em populações resultantes do cruzamento das raças ENTRELAÇADO e CRAVO com o composto ESALQ PBl. As 98 progênies das populações ESALQ PBl x CRAVO, ESALQ PBl x ENTRELAÇADO e ESALQ PBl (esta utiliza- da como padrão para comparação) foram plantadas em Piracicaba-SP, no ano agrícola de 1983/84. O delineamento utilizado foi látice triplo 7 x 7 com três repetições em dois experimentos. A distribuição diferencial de recursos foi analisada de acordo com o"Principio de Alocação"de CODY (1966) segundo o qual cada indivíduo assimila uma quantidade finita de recursos que devem ser alocados para o crescimento, manutenção, proteção e reprodução. Para quantificar a alocação diferencial de recursos foram avaliados o peso de matéria seca do colmo e das folhas (PMSCF), do pendão (PMSPE), do sabugo (PMSSA) , da palha (PMSPA), da semente (PMSSE), peso de matéria seca total (PMSTT), os seus respectivos índices: PMSCF/PMSTT, PMSPE/PMSTT, PMSSA/PMSTT, PMSPA/PMSTT, PMSSE/PMSTT (índice de Colheita) e o Esforço Reprodutivo ((PMSPE + PMSSA + PMSPA+ + PMSSE)/PMSTT). Com a finalidade de melhor caracterizar as populações quanto a sua adaptabilidade foram obtidos dados também de sua fenologia, a qual foi analisada através dos parâmetros número de dias para o florescimento e número de folhas acima e abaixo da espiga principal. Entre as três populações avaliadas aquela que apresentou as características mais acentuadas de estrategistas r foi o composto ESALQ PBl seguida pela ESALQ PBl x CRAVO. Esse resultado provavelmente é reflexo da maior ação da seleção artificial sobre o composto ESALQ PBl e sobre a raça CRAVO. A análise dos resultados leva à suposição de que os processos de melhoramento visando o aumento da produção de grãos, no milho, têm levado a planta a alocar recursos para a semente provenientes preferencialmente do colmo e folhas do que do sabugo, palha e pendão. A maturidade apresentou maior variação interpopulacional quando foi utilizado o parâmetro número de dias para o florescimento do que quando medida em termos de número de folhas; a população EE foi a mais tardia, levando-se em consideração o número de dias para o florescimento. Os resultados aqui encontrados constituem- se em subsídio para futuros trabalhos de melhoramento nas populações analisadas quando a escolha de progênies com mais ou menos recursos vegetais dependerá do nível de perturbação ambiental e da medida de interação do genótipo com tais perturbações. Isto leva à sugestão de mais estudos para a avaliação dos componentes plásticos e genéticos do Esforço Reprodutivo . / The objective of the present work was the study of the differential distribution of resources among vegetative and reproductive organs of the maize plant in the local variety ESALQ PBI and in segragation populations resulting from the cross between ESALQ-PBI and the Brazilian races named CRAVO and ENTRELAÇADO. Ninety eight ha1f-sib families from each population were evaluated in 1983/84 at Piracicaba (SP) , in two 7x7 triple lattice experiments. Five competitiveplants from each plot were used to measure the following traits: dry weight of stalk and leaves (PMSCF), tassel dry weight (PMSPE), cob dry weight (PMSSA), husk dry weight (PMSPA), seed dry weight (PMSSE), Harvest Index, total dry weight, except root system (PMSTT) i and their respective indices: PMSCF/PMSTT, PMSPE/PMSTT, PMSSA/PMSTT, PMSPA/PMSTT, PMSSE/PMSTTi among them, the index ((PMSPE + PMSPA + PMSSA ++ PMSSE)/PMSTT), called Reproductive Effot, was included. Data on phenology of the maize plant were included in order to get some additional information on population fitness, thus, the number of days to tassel and the numberof leaves above and below the ear, were taken for this purpose. The distribution of family means(histograms) for the several traits and indices showed to be differentiated among populations respective to the direction and leveI of skewness from the several traits and indices. The results lead to the conclusion that the local varietyESALQ PBl showed a more remarkable tendency to strategist &#915(PIANKA, 1970) than the others. On the other hand in the population ESALQ-PBl x ENTRELAÇADO the reproduvtive effort was less expressive than in the maize ENTRELAÇADO by the indians of the Amazon Basin; such a selection would not greatly emphasize seed production as in modern maize breed ing but rather had the objective to get seed supplies from a maize plant grown under natural conditions. Respective to days to flower the population ESALQ-PBI x ENTRELAÇADO showed to be the latest on and ESALQ-PBl x CRAVO the earliest. Such a differentiationwas due to the lateness and earliness of the respective parental races. The overall results showed the importanceof studies on the relative allocation of resources in the maize plant for breeding purposes. On the other hand,they are a contribution for the knowledge of the genetic structure of the segregation populations and their value for breeding purposes, when the aim of selection is the identification of superior progenies under different leveIs of envirronment disturbance and when the pIastic and genetic components of the reproductive effort must be better known.
10

Avaliação morfo-agronômica e seleção de famílias RC1F3 provenientes de cruzamentos entre as espécies de arroz cultivado Oryza sativa e silvestre O. glumaepatula / Morpho-agronomic evaluation and selection of BC1F3 families derived from crossings of rice between cultivated Oryza sativa and wild species O. glumaepatula

Mamaní, Eva Maria Cella 29 January 2003 (has links)
A utilização de espécies selvagens como doadoras de variabilidade é uma das estratégias utilizadas nos últimos anos como alternativa viável para espécies que possuem base genética estreita. A espécie de arroz cultivada, Oryza sativa, de ampla distribuição, também viu afetada sua variabilidade pelos intensivos programas de melhoramento, no Brasil e em todos os países produtores de arroz a nível mundial. A utilização repetida de poucas cultivares elite como progenitores para a formação de novas variedades é indicada como a principal causa deste estreitamento. Na Bacia Amazônica se localizam quatro espécies do gênero Oryza, sendo três tetraplóides e uma diplóide, O. glumaepatula. Esta última possui grande potencialidade como doadora de variabilidade devido à similaridade do seu genoma com a espécie cultivada, além de estar adaptada as condições climáticas do Brasil. Cruzamentos interespecíficos são possíveis entre as duas espécies. No entanto, os indivíduos derivados apresentam uma performance distante de variedades modernas porque neles se conjugam novamente alguns caracteres eliminados durante o processo de domesticação da espécie. O objetivo deste trabalho foi selecionar famílias RC1F3 promissoras que tenham recuperado a maioria dos caracteres de interesse agronômico e identificar genótipos transgressivos para alguns deles. Devido à limitada disponibilidade de sementes produzidas durante a geração anterior, as famílias foram avaliadas em blocos aumentados em condições de campo irrigado. Foram avaliados 13 caracteres morfológicos de interesse agronômico como altura, deiscência, comprimento da panícula, número de espiguetas por panícula, entre outros. Também foi estimada a produtividade de grãos para cada família. Análises de agrupamento também foram realizadas, utilizando a distância Euclidiana como medida de dissimilaridade e método UPGMA (Unweighted pair group method with arithmetic average), onde foram estabelecidas as relações entre o material avaliado, as famílias avaliadas e o parental recorrente (variedade IAC 102) e outras variedades utilizadas como controle. Em geral, as famílias avaliadas apresentaram uma performance menor que o parental recorrente. No entanto, observou-se fenótipos transgressivos para alguns caracteres como comprimento de panícula, número de espigueta por panícula, comprimento e largura de folha bandeira. Foram observadas famílias de porte baixo e maior comprimento de panícula, indicando que a correlação existente entre altura e comprimento de panícula foi quebrada nesta geração Algumas famílias apresentaram produtividade superior em relação ao parental recorrente, até 45% a mais que a variedade IAC 102. Os dendrogramas obtidos através da análise de agrupamento permitem inferir a existência de uma divergência importante entre as famílias F3 e as variedades utilizadas na comparação. Foi possível a separação de grupos definidos pela combinação de caracteres divergentes. No total, 27 famílias foram selecionadas por apresentarem uma performance semelhante ao parental recorrente, ou por possuir caracteres de interesse para serem introgredidos nas cultivares de arroz, como maior número de espiguetas por panícula ou produtividade superior. A obtenção de fenótipos transgressivos indicam a presença de alelos favoráveis na espécie silvestre O. gluamaepatula, mostrando seu grande potencial nos programas de melhoramento como fonte de caracteres de interesse. / The utilization of wild species as donors of variability is one of the strategies used in the last years as a viable alternative for species that present a narrow genetic base. The genetic variability of the cultivated species, Oryza sativa, of wide distribution, has also been affected by the intensive breeding programs, in Brazil, and at all the other rice producing countries. The repetitive use of few elite cultivars as progenitors in the establishment of new varieties is indicated as the main cause of this narrow genetic base. In the Amazon Basin, four species of the genus Oryza occurs naturally, three tetraploid and one diploid species, O. glumaepatula. The latter presents great potentiality as donor of variability due to the genome similarity with the cultivated species, besides being well adapted to the Brazilian climatic conditions. It is possible to obtain interspecific crosses between both species. However, individuals derived from these crossings present a performance which is distant from the modem varieties, as those characters eliminated during the domestication process tend to appear once more in the same individual. The objective of this study was to select promising BC1F3 families that have recovered most of the characters of agronomic interest and identify transgressive genotypes for some of these characters. Due to the low availability of seeds produced during the previous generation, the families were evaluated in xi augmented blocks under field conditions. Thirteen morphological characters of agronomic interest were evaluated, such as plant height, shattering, panicle length, spikelet number per panicle, among others. Grain productivity was also estimated for each family. Cluster analysis were also conducted, using Euclidean distance as a measure of dissimilarity and the UPGMA (Unweighed pair group method with arithmetic average) method, where the relationship among the families and the recurrent parent (IAC 102 variety) as well as the other commercial varieties used as controls were established. In general, the evaluated families presented a lower performance than the recurrent parent. However, transgressive phenotypes were observed for some characters such as panicle length, spikelet number per panicle, length and width of the flag leaf. Families of lower height and higher panicle length were observed, indicating that the correlation among plant height and panicle length was broken in this generation. Some families presented a superior productivity in relation to the recurrent parent, up to 45% higher than IAC 102 variety. The dendrograms obtained in the cluster analysis allows us to infer on the existence of important divergence among F3 families and the varieties used for comparison. It was possible to separate groups defined by the combination of divergent characters. In total, 27 families were selected for presenting a similar performance to the recurrent parent, or for possessing characters of interest to be introgressed into rice cultivars, such as a higher spikelet number per panicle or superior productivity. The finding of transgressive phenotypes indicate the presence of favorable alleles in the wild species O. glumaepatula, showing its great potential for breeding programs as a source of characters of interest.

Page generated in 0.0716 seconds