• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 209
  • 15
  • 14
  • 14
  • 14
  • 7
  • 4
  • 3
  • 2
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 217
  • 217
  • 68
  • 61
  • 36
  • 28
  • 26
  • 24
  • 23
  • 22
  • 21
  • 20
  • 20
  • 19
  • 19
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Cigarrinhas das pastagens (Homoptera, Cercopidae) : distribuição geografica e variabilidade genetica

Sa, Luiz Alexandre Nogueira de 16 July 2018 (has links)
Orientador : Crodowaldo Pavan / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-16T07:24:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sa_LuizAlexandreNogueirade_M.pdf: 2679523 bytes, checksum: a96fed8a55789ebbfd216b8acb80e2db (MD5) Previous issue date: 1981 / Resumo: No presente trabalho foram apresentados dados sobre a distribuição geográfica, polimorfismo alar, polimorfismo enzimático, além de dados de biologia de algumas espécies de cigarrinhas das pastagens. Foram analisadas em detalhe quatro espécies, a saber, Deois schach (Fabr.,l787); Deois flavopicta (Stal, 1854); Deois sp. e Zulia entreriana:(Berg, 1879). Dessas quatro espécies, três apresentam ampla distribuição geográfica, enquanto que Deois sp. só foi encontrada no litoral de são Pau-lo e do Rio de Janeiro.D. schach ocorre do Rio Grande do Sul à Amazô-nia; D. flavopicta do Paraná ao Pará e Z. enteriana de Santa Catarina ao Pará. As quatro espécies apresentam amplo polimorfismo alar, o que coloca essas espécies de cigarrinhas entre os organismos que apresentam maior variabilidade genética (caracteres visíveis) em populações naturais. A espécie mais polimórfica foi Z_ entreriana (25 tipos) seguida por D. flavopicta (15 tipos), D. schach (9 tipos) e Deois sp. (7 tipos). Das 27 populações naturais analisadas 26 apresentaram mais de um tipo alar numa mesma população .O polimorfismo enzimático, por outro lado, é relativamente baixo nessas espécies. D. schach (população do Rio de Janeiro) foi mais polimórfica e Z. entreriana a menos polimórfica. D. Bchach e D.f1avopicta são polimórficas {critério 1%} em 44,4% dos locos analisados, e Deois s_. (critério 5%) e Z. entreriana (critério l%) em 11,1% dos locosos. Foi organizado um dendograma preliminar de similaridade genética com dados e1etroforéticos das três espécies do gênero Deois, e nele D. flavopicta e Deois sp. estão mais próximas entre si do que as duas es-tão de D. Bchach. Na análise eletroforética de exemplares de populações naturais de D. schach de diversas localidades há uma correlação direta entre as distâncias geográficas e as respectivas distâncias genéticas. A análise da razão de sexo dos indivíduos nas várias amos-tras mostrou grandes variações em relação ã razão 1:1. De um modo geral nas populações naturais foi encontrado maior número de machos do que de fêmeas / Abstract: The present work is the result of a survey on the geographic distribution, wing and enzymatic polymorphism, followed by some "information on the biology of several froghopper species found in Brazilian pastures. Among these species four were analyzed in closer de-tail: Deois schach (Fabr., 1787); Deois flavopicta (Sta1, 1854); Deois sp. e ZuZia entreriana (Berg, 1879). Whi1e Deois sp. was on1y found in the state of São Paulo and Rio de Janeiro, the three other species pre-sented a wide geographic distribution. D. schach was shown to occur from Rio Grande do Sul to the Amazonian region, D. flavopicta from state of Paraná to parã, and Z. entreriana from Santa Catarina to Pará. The four species presented a very high degree of wing polymorphism representing one of the highest amount of genetic variability found in natural population. Among them, Z. entreriana was shown to be the most polymorphic species (25 types) followed by D. flavopicta (15 types), D. schach (9 types) and Deois sp. (7 types). From the 27 distinct geographical popu-lations analysed 26 presented more than one wing pattern their indivi-dua1s. The analysis of enzymatic polymorphism showed, however, a relatively low genetic variability for the 9 analysed loci, while D. schach (Rio de Janeiro population) was the most polymorphic, Z. entreriana was the least one and the two other species presented intermediate values. D.schach and D. flovopicta were polimorphic (based on 1% criterion) for 44% of analysed loci. Based on the eletrophoretic data a tentative dendogram was constructed for the three Deois species. This analysis has shown a greater similarity between D. flavopicta and sp. than between them and D. schach. A direct correlation was observed between the geographical and genetic distances found for the D. schach populations analysed. A great amount of variation was observed in the sex ratio of all the analysed populations, being the males, in general, more frequent than the females / Mestrado / Mestre em Biologia
2

Análises epidemiológica, de distribuição geográfica e genética dos escorpiões que ocorrem no estado do Amazonas, Brasil

Costa, Cícero Lucinaldo Soares de Oliveira 12 May 2016 (has links)
Submitted by Gizele Lima (gizele.lima@inpa.gov.br) on 2016-08-26T13:37:12Z No. of bitstreams: 2 TESE CICERO ENCADERNAÇÃO pdf.pdf: 2894657 bytes, checksum: 31bc44d37b5229158305d1316f947afe (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Approved for entry into archive by Inácio de Oliveira Lima Neto (inacio.neto@inpa.gov.br) on 2016-08-30T17:53:32Z (GMT) No. of bitstreams: 2 TESE CICERO ENCADERNAÇÃO pdf.pdf: 2894657 bytes, checksum: 31bc44d37b5229158305d1316f947afe (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Approved for entry into archive by Inácio de Oliveira Lima Neto (inacio.neto@inpa.gov.br) on 2016-08-31T12:50:03Z (GMT) No. of bitstreams: 2 TESE CICERO ENCADERNAÇÃO pdf.pdf: 2894657 bytes, checksum: 31bc44d37b5229158305d1316f947afe (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-31T12:53:50Z (GMT). No. of bitstreams: 2 TESE CICERO ENCADERNAÇÃO pdf.pdf: 2894657 bytes, checksum: 31bc44d37b5229158305d1316f947afe (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2016-05-12 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / Scorpions are invertebrates from the order Scorpiones (Arachnida). Although it is a diverse group and important from a medical perspective, there are very few studies on scorpions in Amazonas, the state with the largest scorpionfauna of Brazil. This lack of data is associated mainly to the low number of specialists in the region. Thus, and taking into account that knowledge is an important step in decision making, this research has three different proposals: first (chapter I), to cover the current situation of scorpionism (accidents with scorpions) in the state; second (chapter II), to present the geographical distribution of scorpion species in Amazonas; and third (chapter III), to sequence the 16S gene, for as many scorpion species as possible so that this data can be used in taxonomical and phylogenetic studies. For the first objective, the Sistema Nacional de Agravos e Notificações – SINAN was accessed to obtain data on envenomations that occurred in the state of Amazonas between 2008 and 2014. Information from the arachnid collections of Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia - INPA, Universidade Federal do Amazonas - UFAM and Fundação de Medicina Tropical do Amazonas - FMT/AM, field collecting and literature data were used as data for the second chapter. Specimens from the above mentioned collections and from the field collecting were used to obtain the genetic sequences for the chapter III proposal. Results demonstrate that, although the average annual rate of scorpionism in Amazonas is of 8.14 cases per 100 thousand habitants, which is below the national average (17.7), some of its regions presented alarming rates. Among these, the municipality of Apuí is highlighted with 273 cases per 100 thousand habitants. This study demonstrated that the species Tityus metuendus, T. matthieseni, T. bastosi and T. silvestris are the main ones involved in accidents in the municipalities of Manaus, Apuí, Tabatinga and Rio Preto da Eva, respectively. The geographical distribution results of chapter II reinforce the status of Amazonas as the Brazilian state with the largest scorpionfauna of the country, however the species distribution is still not completely known. Furthermore, the distributional data confirmed the endemism of the Rio Negro and Manaus regions, placing the former, for the first time, as the region with the highest number of endemic species of the state (17 spp.). The findings from the molecular study (chapter III) demonstrate that the nucleotide intra-specific divergence was smaller than the inter-specific divergence, confirming data from the literature. Based on the trees from the Maximum Parsimony and Neighbor-Joining analyses it is possible to assume that the Tityus grouping is in accordance to what is presented by traditional taxonomy. The findings regarding the species Brotheas amazonicus, Broteochactas polisi and Chactopsis amazonicus, all from the family Chactidae, can help clarify or even resolve the issue regarding the placement of the genus Chactopsis in this family. All proposals presented for the current study were met and the results obtained will certainly be used as base for other researches or even in decision making regarding scorpionism in Amazonas. / Os escorpiões são invertebrados que pertencem à ordem Scorpiones, classe Arachnida. Embora seja um grupo diverso e importante do ponto de vista médico, são poucos estudados no Estado do Amazonas, estado detentor da maior escorpionfauna brasileira. A carência de dados é associada, principalmente, ao baixo número de especialistas na região. Diante disso, e considerando que o conhecimento é um passo importante para a tomada de decisões, é que a presente pesquisa apresentou três propostas diferentes. A primeira (capítulo I) abordou a situação do escorpionismo (acidentes por escorpiões) no estado. A segunda (capítulo II) revelou o atual contexto da distribuição geográfica das espécies que ocorrem no Amazonas. A terceira (capítulo III) utilizou-se a ferramenta molecular, por meio do DNA mitocondrial (16S), para gerar sequências gênicas possíveis de serem usadas em estudos taxonômicos e filogenia molecular. Para atingir o primeiro objetivo foram usados os dados disponíveis no Sistema Nacional de Agravos e Notificações – SINAN acerca das picadas que ocorreram no Amazonas entre os anos de 2008 e 2014. Informações das coleções aracnológicas do INPA, UFAM e FMT/AM, coletas de campo e dados de publicações foram utilizados na produção do segundo capítulo. Espécimes das coleções aracnológicas citadas, juntamente com exemplares coletados em campo, foram usados para gerar as sequências gênicas apresentadas como proposta do capítulo III. Os resultados mostraram que, embora a taxa anual média de escorpionismo no Amazonas de 8.14 casos por 100 mil habitantes esteja abaixo da brasileira, que gira em torno de 17.7 casos por 100 mil habitantes, algumas de suas regiões apresentaram índices alarmantes. Neste contexto, destaque para o município de Apuí, que revelou números assustadores, 273 casos por 100 mil habitantes. O estudo mostrou que as espécies Tityus metuendus, T. matthieseni, T. bastosi e T. silvestris são as principais envolvidas em acidentes nos municípios de Manaus, Apuí, Tabatinga e Rio Preto da Eva, respectivamente. Os resultados do capítulo II, relacionados à distribuição geográfica, consolidam o Estado do Amazonas como o detentor da maior escorpionfauna do Brasil. Entretanto, mostra que a distribuição das espécies no Estado não está bem compreendida. Além disso, confirmaram os dados de endemismo das regiões do Rio Negro e Manaus, colocando de forma inédita, a primeira região como àquela que apresenta o maior número de espécies endêmicas do Estado, dezessete no total. Por fim, a pesquisa apresenta os resultados referentes à parte genética. Os achados mostraram que as divergências nucleotídicas intra-específica foram menores que entre espécies não relacionadas, confirmando dados da literatura. A partir das árvores geradas pelos algoritmos de Máxima Parcimônia e Neighbor-Joining foi possível inferir que o agrupamento dos Tityus estão de acordo com o que é apresentado pela taxonomia morfológica convencional. Em relação às espécies Brotheas amazonicus, Broteochactas polisi e Chactopsis amazonicus, todos representantes da família Chactidae, os resultados podem aclarar ou ainda resolver uma grande discussão em torno da permanência do gênero Chactopsis dentro da família citada. Os resultados deste estudo certamente serão utilizados na fundamentação de outras pesquisas ou ainda na tomada de decisões acerca do escorpionismo no Estado do Amazonas.
3

Padrões de distribuição de espécies de Clusiidae (Diptera, Schizophora) ao longo da Floresta Atlântica

Neri Garcez, Rodrigo [UNESP] 27 March 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:22:55Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-03-27Bitstream added on 2014-06-13T20:10:07Z : No. of bitstreams: 1 nerigarcez_r_me_sjrp.pdf: 18680819 bytes, checksum: cd2bcfe1eab91af17756fa08d68fa40c (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Padrões de distribuição de espécies de Clusiidae (Diptera, Schizophora) ao longo da Floresta Atlântica. A grande cobertura florestal conhecida como Floresta Atlântica estendia-se, até o século XIX, ao longo da costa brasileira, ocupando uma ampla faixa. Apesar do grande avanço no processo de devastação, a Floresta ainda abriga uma enorme diversidade biológica. O presente trabalho analisou a distribuição de espécies de Clusiidae (Diptera, Schizophora) ao longo da Floresta Atlântica, buscando verificar se os limites de distribuição das espécies dentro desta família são concordantes com os padrões conhecidos para outros grupos cuja presença na região Neotropical pode ser associada à tectônica de placas. Os objetivos deste trabalho foram produzir mapas de distribuição de espécies de clusiídeos ao longo da Floresta Atlântica, comparar esses resultados com os dados de limites de endemismo de outros grupos de organismos e delimitar áreas de endemismo ao longo da Floresta Atlântica. A família Clusiidae possui distribuição em todos os continentes, exceto na África. Na região Neotropical, existem 10 gêneros e 363 espécies descritos. Foi utilizado material de 18 localidades, coletado com rede entomológica, armadilhas Malaise e Möericke. As áreas de endemismo foram delimitadas através do PAE (Analise de Parcimônia de Endemismo) baseado em quadrículas. Ao final, foram identificados 1.005 espécimes e foram registradas 84 espécies pertencentes a seis gêneros. Os clusiídeos apresentaram os seguintes padrões de distribuição geográfica: (1) espécies com ampla distribuição; (2) espécies com distribuição restrita à porção Norte da Floresta; (3) espécies restritas à porção Sul da Floresta; (4) endêmica de São Paulo; e (5) com limite de distribuição no Rio de Janeiro e Espírito Santo. O PAE indicou a existência... / Distributional patterns of Clusiidae species (Diptera, Schizophora) along Brazilian Atlantic Forest. The vast forest cover known as Atlantic Forest extended up widely along the Brazilian coast, until the nineteenth century. Despite its great devastation, the Forest houses a huge biological diversity. This study examined the distribution of Clusiidae species (Diptera, Schizophora) along the Atlantic Forest, aiming to verify if the limits of their distribution are consistent with the patterns known from other groups which presence in the Neotropical Region could be associated with plate tectonics. The objectives of this study were to produce maps of distribution of clusiid species along the Atlantic Forest, to compare these results with data limits of endemism of other groups of organisms and the delimitation areas of endemism along the Atlantic Forest. The Clusiidae are distributed in all continents except Africa. In the Neotropical region there are 10 genera and 363 species described. Material from 18 localities was used, collected with entomological net, Malaise and Möericke traps. The areas of endemism were delimited by PAE (Parsimony Analysis of Endemicity) based on grid. At the end, 1005 specimens were identified in 84 species belonging to six genera. The clusiids showed the following patterns of distribution: (1) species with wide distribution, (2) species with distribution restricted to the Northern portion of the Forest, (3) species restricted to the Southern portion of the Forest and (4) those with their limit of distribution at Rio de Janeiro and Espírito Santo. The PAE resulted in three areas of endemism in the Atlantic Forest: Sergipe/Bahia, Rio de Janeiro/São Paulo and Paraná/Santa Catarina.
4

Biologia e ecologia dos camarões de água doce Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) e Macrobrachium jelskii (Miers, 1778) (Crustacea: Caridea: Palaemonoidea) no Rio Grande, região de Planura. MG

Silva, José Carlos da [UNESP] 22 January 2010 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:41Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2010-01-22Bitstream added on 2014-06-13T20:07:13Z : No. of bitstreams: 1 silva_jc_dr_botib.pdf: 801485 bytes, checksum: 6fbad27eafc779a8b6a5af935317dbdd (MD5) / Os camarões carídeos têm grande importância nos ecossistemas aquáticos, desempenhando um papel fundamental nos processos ecológicos. O conhecimento biológico das espécies de camarões dulcícolas, do gênero Macrobrachium, constitui uma ferramenta importante na criação de estratégias de manejo, visto que possibilitam um melhor aproveitamento desse recurso natural, e com oportunidade de conhecer sua biologia, suas relações ecológicas neste novo ambiente. Portanto, este trabalho teve como objetivo estudar a biologia e ecologia dos camarões de água doce Macrobrachium amazonicum (Heller 1862) e Macrobrachium jelskii (Miers 1778), no Rio Grande, localizado na região de Planura, estado de Minas Gerais, com ênfase na distribuição e abundância das espécies, estrutura populacional, razão sexual, período reprodutivo e fecundidade. O presente estudo foi desenvolvido no Rio Grande, no município de Planura, MG, à montante da Usina Hidroelétrica Marimbondo e à jusante da Usina Porto Colômbia, na região do triângulo Mineiro entre a Latitude: 20° 09' 94'' S e Longitude: 48° 40' 53'' O, durante o período de julho de 2005 a junho de 2007. No total foram capturados 29.632 exemplares durante 24 meses no período noturno. No laboratório, os camarões foram descongelados em temperatura ambiente e separados as espécies M. amazonicum e M. jeslkii, com base nas características morfológicas mais marcantes, e posteriormente, acondicionadas em álcool 70 %, previamente etiquetados, até seu próximo manuseio. O sexo de cada indivíduo foi determinado sob microscópio estereoscópico, microscópio óptico e uma pinça para retirada do segundo par de pleópodos. Para determinação do sexo dos camarões, foi adotado o critério de presença/ausência de apêndice masculino, nos pleópodos. Depois de determinados... / Not available
5

Biologia e ecologia dos camarões de água doce Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) e Macrobrachium jelskii (Miers, 1778) (Crustacea: Caridea: Palaemonoidea) no Rio Grande, região de Planura. MG /

Silva, José Carlos da. January 2010 (has links)
Orientador: Adilson Fransozo / Banca: Antônio Leão Castilho / Banca: Fabiano G. Taddei / Banca: Renata Garcia / Banca: Rafael Augusto Gregati / Resumo: Os camarões carídeos têm grande importância nos ecossistemas aquáticos, desempenhando um papel fundamental nos processos ecológicos. O conhecimento biológico das espécies de camarões dulcícolas, do gênero Macrobrachium, constitui uma ferramenta importante na criação de estratégias de manejo, visto que possibilitam um melhor aproveitamento desse recurso natural, e com oportunidade de conhecer sua biologia, suas relações ecológicas neste novo ambiente. Portanto, este trabalho teve como objetivo estudar a biologia e ecologia dos camarões de água doce Macrobrachium amazonicum (Heller 1862) e Macrobrachium jelskii (Miers 1778), no Rio Grande, localizado na região de Planura, estado de Minas Gerais, com ênfase na distribuição e abundância das espécies, estrutura populacional, razão sexual, período reprodutivo e fecundidade. O presente estudo foi desenvolvido no Rio Grande, no município de Planura, MG, à montante da Usina Hidroelétrica Marimbondo e à jusante da Usina Porto Colômbia, na região do triângulo Mineiro entre a Latitude: 20° 09' 94'' S e Longitude: 48° 40' 53'' O, durante o período de julho de 2005 a junho de 2007. No total foram capturados 29.632 exemplares durante 24 meses no período noturno. No laboratório, os camarões foram descongelados em temperatura ambiente e separados as espécies M. amazonicum e M. jeslkii, com base nas características morfológicas mais marcantes, e posteriormente, acondicionadas em álcool 70 %, previamente etiquetados, até seu próximo manuseio. O sexo de cada indivíduo foi determinado sob microscópio estereoscópico, microscópio óptico e uma pinça para retirada do segundo par de pleópodos. Para determinação do sexo dos camarões, foi adotado o critério de presença/ausência de apêndice masculino, nos pleópodos. Depois de determinados... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Not available / Doutor
6

Padrões de riqueza e distribuição de espécies de pequenos mamíferos terrestres do cerrado : uma ferramenta para modelagem e avaliação do sistema de unidades de conservação

Silva, Raquel Ribeiro da January 2010 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, 2010. / Submitted by Fernanda Weschenfelder (nandaweschenfelder@gmail.com) on 2010-11-11T15:51:45Z No. of bitstreams: 1 2010_RaquelRibeirodaSilva.pdf: 9619343 bytes, checksum: f771ea299af63f5a7ece996db5f623d1 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-11-11T23:06:27Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_RaquelRibeirodaSilva.pdf: 9619343 bytes, checksum: f771ea299af63f5a7ece996db5f623d1 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-11-11T23:06:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_RaquelRibeirodaSilva.pdf: 9619343 bytes, checksum: f771ea299af63f5a7ece996db5f623d1 (MD5) / Um dos determinantes da diversidade de espécies em uma escala regional é a substituição de espécies ou diversidade beta. Os mecanismos relacionados à substituição de espécies variam em função da escala e podem estar pautados nas relações intra e interespecíficas, quando a escala é local, na seletividade de hábitats e especificidade das espécies, em escala regional e nos processos históricos, que atuam em largas escalas geográficas e temporais. A dificuldade de identificar os mecanismos ligados aos padrões atuais de diversidade tem levado especialistas a buscarem respostas cada vez mais detalhadas para os padrões observados. Este trabalho avalia a influência da distância e dos fatores climáticos e ambientais na diversidade beta dos pequenos mamíferos do Cerrado, utilizando a similaridade das espécies como indicador da substituição de espécies em escala local e regional. Além disso, a influência de processos locais e regionais é discutida para determinar sua importância na composição e distribuição dos pequenos mamíferos em localidades e ambientes específicos do bioma. O primeiro capítulo desta tese aborda a influência de mecanismos que afetam a composição e distribuição das espécies de pequenos mamíferos terrestres do Cerrado sob duas diferentes escalas. O estudo foi realizado em dez localidades de Cerrado, dentro das quais foram amostrados cinco tipos de hábitat. Testamos a hipótese de que a distância geográfica influencia a composição de espécies, diminuindo a similaridade entre as comunidades. A similaridade diminuiria com o aumento da distância tanto entre localidades, quanto entre hábitats iguais em diferentes localidades e ainda, entre comunidades com espécies de diferentes habilidades locomotoras. As análises mostram que a distância geográfica influencia na similaridade das espécies entre hábitats e entre localidades. Comparações de riqueza mostram diferenças entre localidades, mas não entre hábitats. Para verificar a influência de fatores climáticos e dos hábitats sobre a composição de espécies, realizamos uma análise de correspondência canônica que identificou cinco variáveis, dentre elas, variáveis de posição, climáticas e os hábitats como significativamente importantes na composição das comunidades de pequenos mamíferos. A fauna local das comunidades de pequenos mamíferos do Cerrado depende, em parte, da localização das áreas em relação às fontes históricas e atuais de dispersão e colonização. As comunidades locais, provavelmente não atingem um equilíbrio ecológico local, pelo contrário, são influenciadas por seus contextos históricos e geográficos. A segunda parte da tese trata de uma aplicação prática do conhecimento acerca das distribuições geográficas dos pequenos mamíferos do Cerrado. A teoria de comunidades e os mecanismos de compreensão da composição e distribuição de espécies que embasaram a discussão na primeira parte da tese são direcionados para o segundo capítulo, mostrando que os processos biogeográficos, como a proximidade de biomas adjacentes, posição geográfica e áreas com altitudes elevadas, assim como os fatores climáticos que influenciam a composição das espécies de pequenos mamíferos podem ser utilizados como ferramenta para embasar decisões sobre criação de novas unidades de conservação. Ao detectarmos variáveis que contribuem para a ocorrência de espécies ou aumento da riqueza, ou até mesmo para a composição atual das comunidades, estamos nos munindo de ferramentas seguras para tomar decisões que contribuam para a manutenção, preservação e conservação das espécies e até de comunidades biológicas inteiras. Utilizei a modelagem de distribuição de espécies para prever áreas de ocorrência de espécies dos pequenos mamíferos e, dessa forma, avaliar a efetividade do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) em proteger a fauna de pequenos mamíferos do bioma Cerrado. Foram analisadas as 20 unidades de conservação de proteção integral do Cerrado a partir de critérios de insubstituibilidade e efetividade previamente definidos e uma análise de lacunas foi realizada para identificar áreas mais importantes e as menos eficientes para manter as espécies-alvo. A rede de unidades de conservação é insuficiente para proteger a diversidade de pequenos mamíferos do Cerrado, especialmente as espécies consideradas mais suscetíveis ao desaparecimento, como as ameaçadas, endêmicas e de distribuição restrita. Aspectos relativos às espécies foram abordados e as unidades de conservação mais eficientes para a manutenção destas espécies foram identificadas. As lacunas de conservação apontadas no estudo são áreas de alta adequabilidade para a ocorrência de grande número de espécies, mas que ainda não tem unidades de conservação de proteção integral federais capazes de proteger esta riqueza de espécies. As áreas mais ricas localizam-se no oeste da Bahia, centro-oeste e sudeste do Cerrado. Nestas regiões, a criação e/ou ampliação de unidades de conservação é uma medida necessária e urgente. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Species turnover along a spatial gradient is one of the major determinants of regional diversity, and the mechanisms that affect this replacement remain unclear for most taxa. At least three mechanisms, which operate at different scales, contribute to species diversity: 1. Local processes (e.g., competition, predation); 2. Regional processes, which operate at the landscape level (e.g., specialization with respect to environmental-climatic factors, often having pronounced latitudinal trends); and 3. Historical processes influencing regional diversity and geographic distributions, which act over large temporal and geographical scales. Understanding how each of these mechanisms affects distribution and abundance of species continues to be a major challenge for ecologists. This study investigates distribution patterns of non-volant small mammals within the Cerrado biome to investigate the contribution of climate variables to the decay in community similarity with distance. We discuss how local and regional processes affect the composition and distribution of small mammal fauna both within localities and habitats. The first chapter investigates how the mechanisms of replacement of species influence the composition and distribution of non-volant small mammals under two distinct scales. We sampled ten widespread localities in the Cerrado biome, and five habitat types within these localities. We wished to determine whether dissimilarities between communities are related to (a) geographic distance (b) dissimilarity between habitat structure (c) dissimilarity in climate variables between communities, and (d) to the varied dispersal abilities of species. The analysis show that geographical distance affects the similarity of communities inside the localities and inside some habitats (GF). We found differences in richness between localities, but not between habitats. To verify the influence of climate-environmental variables on the composition and distribution of species, we performed a CCA. The CCA revealed a significant effect of environmental variables on the distribution and abundance of species. Five of the eleven variables were significant in the analysis and they explained 63.6% of the total variation in the data. The variables which most influenced the first axis were habitat, altitude, and longitude. Variation in the second axis was correlated with rainfall in the warmest quarter (PWQ), followed by longitude and rainfall in driest month (PDM). Variation in similarity of mammal faunas between the same habitats in different locations demonstrates that both habitat dependence and historical factors related to the origin, development, and current geography of the Cerrado environment can influence species composition. Moreover, spatial variables, such as longitude, indicate that regional factors play an important role on local species composition. Because the composition of local mammal communities in Cerrado depends in part on the location of an area relative to historical and contemporary sources of dispersal and colonization, local communities probably do not represent a local ecological equilibrium, but rather are influenced by their historical and geographic contexts. The second part of the document is a practical application of knowledge about the geographic distribution of small mammals in the Cerrado. The theory of communities and the mechanisms for understanding the composition and distribution of species that support the discussion in the first part of the thesis are applied in the second chapter, showing that the biogeographic processes, such as the proximity of adjacent biomes, geographic location and localities with high elevations, as well as climatic factors that influence the species composition of small mammals may be used as a tool to support decisions on creation of new conservation areas. Detecting variables that contribute to the occurrence of species or increase species richness, or even contribute to clarify the present composition of the communities, we are arming of reliable tools to make decisions that contribute to the maintenance, preservation and conservation of species, biological communities, and ecological processes. I modeled species distribution to predict areas of occurrence of species of small mammals, and thus evaluate the effectiveness of the National System of Conservation Units (SNUC) in protecting the small mammals of the Cerrado biome. We analyzed 20 conservation units of integral protection in relation to their irreplaceability and effectiveness. Irreplaceability and effectiveness criteria were previously defined to help the identification of the most important areas to preserve the species. Then, a gap analysis was performed to identify the gaps based on richness, representativeness and occurrence of threatened, endemic, new, and species with restrict distribution. The network of protected areas is insufficient to protect the diversity of small mammals in the Cerrado, especially those species considered most likely to disappear, as threatened, endemic and with restricted distribution. Conservation gaps identified in the study are composed by areas of high suitability for occurrence of species and that do not have conservation units able to protect this richness. The richest areas are located in Western part of Bahia State, and in the Central, West and Southeast regions of Cerrado. In these regions the creation and / or expansion of protected areas is a necessary and urgent.
7

Tendência, sazonalidade e distribuição geográfica das fracturas osteoporóticas do fémur proximal em Portugal Continental

Oliveira, Carla Maria Teixeira de January 2009 (has links)
Tese de mestrado. Engenharia Biomédica. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2009
8

Distribuição espaço-temporal, estrutura populacional e biologia reprodutiva de Callinectes Ornatus Ordway, 1863 na enseada da Fortaleza, Ubatuba (SP), Brasil

Gomes, Rafael de Rocco [UNESP] 27 April 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:16Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-04-27Bitstream added on 2014-06-13T21:00:42Z : No. of bitstreams: 1 gomes_rr_me_botib.pdf: 381004 bytes, checksum: 1d91daf3138dcf7d51af1e8bb67adb4f (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A distribuição espaço-temporal, a estrutura populacional e a biologia reprodutiva de Callinectes ornatus foram analisadas na enseada da Fortaleza, município de Ubatuba – SP. As coletas foram realizadas mensalmente, entre janeiro e dezembro de 2009, em sete transectos localizados no interior da enseada, com auxilio de um barco de pesca camaroeiro equipado com redes do tipo double rig. Foram capturados 921 indivíduos, distribuídos em 570 imaturos, 247 machos adultos, 63 fêmeas adultas não ovígeras e 41 fêmeas ovígeras. Observa-se um nítido padrão de variação temporal da abundância, relacionado positivamente com as variações de temperatura da água. A distribuição espacial também é variável com maiores capturas no transecto II. Indivíduos imaturos predominam nos transectos mais internos e mais próximos da influência estuarina. Indivíduos adultos predominam nos transectos centrais e mais próximos à boca da enseada e fêmeas ovígeras são mais abundantes nos transectos interpretados como sendo aqueles que facilitariam a dispersão das larvas em direção ao mar aberto (transectos I e II). Machos são maiores que as fêmeas e os valores de LC50 foram 52,2 mm de e 48,1 mm de, respectivamente. A proporção sexual varia espacialmente com predomínio de fêmeas apenas no transecto I e também varia em função dos grupos demográficos sendo que entre os jovens a proporção observada não difere de 1:1, ao passo que entre os adultos predominam os machos. Isso sugere que as desproporções entre os sexos se processem após a maturidade e possam estar relacionadas aos padrões de deslocamento diferencial de machos e fêmeas durante as atividades reprodutivas. Não foi possível constatar um padrão de reprodução contínuo para a espécie como sugerido na literatura disponível, e o pico... / The spatial-temporal distribution, population structure, and reproductive biology of Callinectes ornatus were analyzed at the inlet of Fortaleza, Ubatuba - SP. Samples were collected monthly from January to December 2009, in seven transects within the bay, with the aid of a shrimp fishing boat equipped with nets of double rig type. It was captured 921 individuals distributed in 570 immature, 247 adult males, 63 females and 41 adult non-ovigerous females. There is a clear pattern of temporal variation in abundance, positively related to changes in water temperature. The spatial distribution is also variable with the greatest catches in transect II. Immature individuals predominate in transects that are innermost and closer to estuarine influence. Adults individuals predominate in transects central and closer to the mouth of the cove, and ovigerous females are more abundant in transects interpreted as those that facilitate the dispersal of larvae toward open ocean (transects I and II). Males are larger than females and the LC50 values were 52.2 mm CW and 48.1 mm CW, respectively. The sex ratio varies spatially with predominance of females only in transect I, and also varies for different demographic groups. Amongst young individuals, the proportion does not differ from the observed ratio of 1:1, while males predominate among adults. This suggests that the imbalance between the sexes is conducted after maturity, and might be related to differential displacement patterns of males and females during reproductive activities. It was not possible to ascertain a continuous reproduction pattern for the species, as suggested in the literature available, and the reproductive peak observed coincides with the peak of fishing activity during the summer. These facts might be related to intense... (Complete abstract click electronic access below)
9

Análise filogenética de Brachyplatytoma platynemum (Siluriformes: Pimelodidae) /

Orrego, Luz Eneida Ochoa. January 2012 (has links)
Orientador: Claudio de Oliveira / Banca: Fernanda Simões de Almeida / Banca: Daniela Calcagnotto / Resumo: Brachyplatystoma platynemum é uma espécie de bagre amplamente distribuída no eixo Amazonas/Solimões e muitos de seus tributários e, apesar de ser considerado de baixo valor comercial, o declive do estoque de outras espécies de grandes bagres de interesse comercial tem levado ao incremento na captura desta espécie. Por outro lado, o estado atual da estrutura e variabilidade genética das populações desta espécie são desconhecidos. Neste sentido foi realizada uma análise filogeográfica através do sequenciamento de dois genes do DNA mitocondrial (região controle e o gene citocromo b) e de marcadores nucleares microssatélites, com o objetivo de determinar se a espécie esta composta de um único estoque geneticamente homogêneo ou se existe algum tipo de segregação genética associada com o espaço e o tempo, que possa ser relacionada com o comportamento de homing. Foi analisado um total de 216 indivíduos para a região controle, 140 para o gene citocromo b e 169 para seis locus microssatélites, em sete localidades. Os resultados indicam altos níveis de diversidade haplotípica e evidenciam estrutura genética dos indivíduos desta espécie em duas populações: rio Madeira e demais pontos de coleta, no entanto, a estrutura observada não constitui suficiente evidencia para ser associada ao comportamento de homing. Estimativas do tempo de divergência baseadas no mtDNA indicam que as populações divergiram entre 1,0 a 1,5 Ma, tempo durante o qual a influencia das mudanças climáticas podem ter contribuído para a estrutura atual das populações de B. platynemum. Embora o padrão filogeográfico concorde com as predições da hipótese dos refúgios do Pleistoceno, a influência de eventos paleogeográficos e hidrológicos não pode ser descartada. Nossos resultados mostram a interação das mudanças... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Brachyplatystoma platynemum is a catfish species widely distributed in the Amazonas / Solimões basin, despite being considered of little commercial interest, the decline of fish stock of other species has contributed to the increase in the catch of this species. However, the current state of the structure and genetic variability of populations of this species are unknown. In this sense a phylogeographic analysis was performed through sequencing of two mitochondrial molecular markers (control region and cytochrome b gene) and nuclear microsatellites. In order to determine whether the species is composed of a single genetic unit, or if there is any genetic segregation associated with space and time, which may be related to homing behavior. It was analyzed a total of 216 individuals in the control region, 140 for the gene cytochrome b and 169 individuals for six microsatellite loci in seven locations in the Amazon/Solimões basin. The results show high levels of haplotype diversity and evidence genetic structure in two populations (Amazon river channel and the Madeira River). However, the observed structure is not indicated of homing behavior. Divergence time estimates based on mtDNA indicated that the populations diverged between 1.5 to 1.0 Ma, during this time the influence of climate change may have contributed to the current structure of populations of B. platynemum. Although the phylogeographic patterns is consistent with the hypothesis of Pleistocene refuges, the influence of paleogeographic and hydrological events as a result of geological process in the Plio-Pleistocene, are important in the diversification of populations. Our results show the interaction of climate change as a result of hydrological and geological processes in the Plio-Pleistocene in the diversification of fish populations in the Amazon region. Finally... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
10

Comportamento alimentar, biogeografia e estudo bioacústico de periquito rico, Brotogeris tirica (aves, Psittacidae) no Estado de São Paulo /

Gallo Ortiz, Guilherme. January 2011 (has links)
Orientador: Reginaldo José Donatelli / Banca: Luiz Octavio Marcondes Machado / Banca: Augusto João Piratelli / Banca: Fátima Knoll / Banca: Maria Cecília Toledo / Resumo: O capítulo teve como objetivo descrever o comportamento alimentar de Brotogeris tirica no Estado de São Paulo. Para isso foram coletados dados em quatro áreas de estudo, sobre a dieta da espécie, bem como sua sazonalidade, chegando ao resultado de 28 espécies vegetais, exóticas e nativas, evidenciando seu alto grau de generalismo. Das espécies vegetais que forneceram alimentos à B. tirica, foram consideradas mais importantes Chorisia speciosa e Syagrus romanzoffiana por fornecerem alimento a maior parte do ano. Metade dos 92 registros de alimentação foram do item polpa, seguido pela outra metade dividida entre sementes e flores. Uma revisão bibliográfica foi feita e os dados obtidos foram compilados de maneira à cobrir o maior número de espécies vegetais consumidas pro B. tirica possível. A partir de observações das estratégias que a espécie mais utilizou para obtenção do alimento foram definidos seus principais padrões de obtenção do alimento, aqui dividos em dois métodos: direto, sem auxílio dos pés e indireto, com auxílio de um dos pés, onde a lateralidade foi avaliada e evidenciou o canhotismo na espécie. Outros padrões comportamentais também foram brevemente discutidos como o comportamento de manutenção e a partilha do local de alimentação e que, por conseqüência deste último, foi feita uma comparação com a dieta de seu congênere Brotogeris chiriri, já que em uma das áreas de estudo estas espécies foram encontradas se alimentando juntas e houve necessidade de avaliar o grau de similaridade das dietas. Aplicou-­‐se o índice de similaridade de Jaccard e encontrou-­‐se como resultado que as dietas são pouco similares e com isso a exclusão de uma das espécies por competição foi descartada / Abstract: Not available / Mestre

Page generated in 0.082 seconds