• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 170
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • 1
  • Tagged with
  • 170
  • 170
  • 29
  • 26
  • 24
  • 20
  • 17
  • 17
  • 17
  • 14
  • 14
  • 13
  • 13
  • 13
  • 12
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Calculo da fração de ejeção do ventriculo esquerdo utilizando contagens radioativas miocardicas

Ramos, Celso Darío, 1964- 14 May 2002 (has links)
Orientador : Edwaldo E. Camargo / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-01T19:32:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ramos_CelsoDario_D.pdf: 15222234 bytes, checksum: 55e34382ab014dd21d374e89b09baacc (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: A análise da função cardíaca em conjilllto com o estudo da perfusão miocárdica pode ter grande importânciano tratamento, acompanhamentoe avaliação prognóstica dos pacientes portadores de coronariopatia crônica. Várias técnicas foram descritas para a medida da fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE) utilizando imagens sincronizadasplanas e tomográficas de sestamibi-99mTc. A grande maioria dessas técnicas utiliza métodos geométricospara o cálculo da fração de ejeção (FE) a partir da delimitação anatômica das paredes do ventrículo esquerdo (VE)...Observação: O resumo, na integra, podera ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: The simultaneous assessment of myocardial perfusion and function may be of great importance for prognosticationand management decision making in patients with coronary artery disease. Several techniques have been described for measuring left ventricular ejection fraction (LVEF) using planar and tomographic 9mTc-sestamibi images. The majority of these techniques is based on geometric methods for ejection fraction (EF) calculation and uses different techniques for the anatomical delineationof the endocardial borders of the left ventricle (LV)...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Doutorado / Doutor em Ciências Médicas
42

A onda Q do eletrocardiograma no diagnostico do infarto do miocardio : confronto anatomo-eletrocardiografico em 140 casos com necropsia

Teixeira, Maria Aparecida Barone, 1955- 12 August 2018 (has links)
Orientadores: Silvio dos Santos Carvalhal, Eros Antonio de Almeida / Tese (doutorado) - Universidade Estadula de Campinas, Faculdade de Ciências Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-12T00:13:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Teixeira_MariaAparecidaBarone_D.pdf: 9939891 bytes, checksum: 855055f4a4ae124f3530069ab4fefa54 (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: A relação entre a presença da onda Q no eletrocardiograma(ECG) e a presença de necrose miocárdica não é absoluta. Casos falso-positivos e casos falso-negativos são relatados na literatura desde o início do século. Em face das controvérsias existentes na li teratura sobre o comportamento anormal da onda Q no ECG de pacientes com infarto do miocárdio (1M) , e sem nos afastarmos do interesse particular de aferir quadros da semiótica física ou complementar, através da anatomia patológica, é que decidimos verificar o resultado de um confronto anátomo-eletrocardiográfico, usando a necrópsia como um meio de decidir o valor do ECG nesses casos. Foram estudados 140 casos que foram distribuídos em 3 grupos: Grupo I no qual o diagnóstico eletrocardiográfico de 1M foi confirmado pela necrópsia; Grupo 11 no qual o diagnóstico eletrocardiográfico de 1M não foi confirmado pela necrópsia e Grupo 111 no qual havia diagnóstico anátomo-patológico de 1M sem diagnóstico eletrocardiográfico prévio. No GI obtivemos casos(34,28%) ; no GIl, 17 casos(12,14%) e no GIII 88 casos(62,58%). Somando os casos de cada grupo eles perfazem 153, porque em 13 casos apareceram aI terações eletrocardiográficas e anátomo-patológicas que permitiram sua inclusão em mais de um grupo. Os fatores que mais influíram no comportamen to da onda Q anormal do ECG foram: a presença de distúrbio de condução, a localização, a idade o tamanho do 1M e a sua localização na espessura da parede do VE. Assim, a onda Q anormal do ECG para o diagnóstico de 1M tem valor apenas relativo, quando ela é considerada sem o quadro clínico, exame físico e outros exames complementares. A necrópsia continua sendo método de grande importância para aferir o ECG tradicional, bem como toda semiotécnica física e laboratorial / Abstract: The relationship between the presence of Q wave at electrocardiograrn (ECG) and the presence of myocardic necrosis is not absol u te. False-posi ti ve and false-negati ve cases have been reported in literature since the beginning of this century. Literature presents controversies about the abnormal behavior of Q wave at ECG from patients wi th myocardial infarction (MI) . Since our main aim is to corroborate the pictures of physical or complemental semiotics through pathological anatomy, we decided to verify the result of a anatomoelectrocardiographic comparison. 140 cases were studied and they were divided into 3 groups: Group I, in which electrocardiographic diagnosis of MI was confirmed by necropsy; Group I I, in which i t was not confirmed; and Group III, in which there was an anatomicopat hologic diagnosis of MI without previous electrocardiographic diagnosis. GI included 48 cases(34,28%); GII 17 cases(12,14%) and GIII 88 (62,58%) . The total cases were 153 since 13 of them were included in more than one group as they presented electrocardiographic and anatomopathological changes. The most influent factors on the behavior of the abnormal Q wave of ECG were presence of conduction disturbance, localization, age, size of MI and its position at the thickness of left ventricle wall. Thus, when considered without clinical picture, physical exarnination and other complemen.tal exarninations, the abnormal Q wave of ECG has only a relative value for diagnosis of MI. Necropsy is still a very important method for corroborating traditional ECG, as well as all physical and laboratorial semiothecnics / Doutorado / Clinica Medica / Doutor em Clínica Médica
43

Prevalencia de alterações cervico-uterinas em mulheres inferteis diagnosticadas pela histeroscopia

Jorge, Monica de Oliveira 25 August 2004 (has links)
Orientador : Adriana Orcesi Pedro / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-03T23:29:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Jorge_MonicadeOliveira_M.pdf: 1787104 bytes, checksum: cf4f73538f5a605fd0229be7a57fe2f4 (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: o objetivo deste estudo foi determinar a prevalência de alterações cérvico-uterinas diagnosticadas pela histeroscopia em mulheres inférteis, assim como seus fatores associados. Realizou-se um estudo prospectivo, de corte transversal, com 100 mulheres inférteis do Ambulatório de Reprodução Humana do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher da Universidade Estadual de Campinas, no período de janeiro de 2002 a dezembro de 2003. As presentes foram submetidas à histeroscopia diagnóstica utilizando-se um histeroscópio de 2,7mm ou 4mm associado à realização da biópsia endometrial. Todas as pacientes assinaram o termo de Consentimento I nformado após orientação sobre o procedimento. Os fatores associados estudados foram idade, história reprodutiva, cirurgia pélvica prévia, características do ciclo menstrual e etiologia da infertilidade. A análise estatística foi realizada através do teste exato de Fisher, da razão de prevalência ajustada e análise de regressão logística. Em 30% das pacientes a histeroscopia mostrou uma importante alteração cérvico-uterina. As patologias da cavidade uterina encontradas foram: malformação uterina (9%), mioma submucoso (6%), pólipo (6%), cavidade uterina reduzida (2%); e cavidade uterina aumentada (1%). A biópsia endometrial foi realizada em 89% das pacientes, sendo que foi diagnosticado endométrio normal em 90%, e em 10% dos casos anormalidades endometriais (endometrite, hiperplasia complexa, pólipo e mioma). O único fator associado com a presença de patologia intra-uterina foi o diagnóstico prévio de mioma subseroso ou intramural. A prevalência de anormalidades intra-uterinas em mulheres inférteis foi alta (um terço das mulheres inférteis), sugerindo que a investigação histeroscópica é um procedimento importante para se diagnosticar patologia intra-uterina e porque estas alterações detectadas são passíveis de tratamento, contribuindo para o incremento da taxa de fertilidade. A biópsia endometrial deve ser indicada como um exame complementar da histeroscopia para aumentar a acurácia da avaliação endometrial / Abstract: The objective of this study was to determine the prevalence of cervical- uterine pathologies diagnosed by hysteroscopy in infertile women and the associated factors. It was a proscpective and cross sectional study with 100 infertile women at the Infertility Clinic of the State University of Campinas, carried out during Janurary of 2002 throught Oecember of 2003. The patients were .submitted to diagnostic hysteroscopy using a 2.7 or 4.0 mm hysteroscope followed by endometrial biopsy. Ali patients gave their written informed consent. The associated factors studied were: age, reproductive history, previous pelvic surgery, menstrual cycle characteristics and infertility etiology. Statistical analysis was performed by Fisher's exact test, Prevalence ratio test and logistic regression. In 30% of patients, hysteroscopy showed an important cervical or intrauterine abnormality. Uterine cavity pathologies were: uterine malformations (9%), submucous leiomyomas of the uterus (6%), polyps (6%); small uterine cavity size (2%); and enlarged uterine cavity (1%). Endometrial biopsy was dane in 89% of patients and diagnosed normal endometrium in 90% and 10% of endometrial abnormalities- (endometritis, complex hyperplasia, polyps, leiomyoma). The only factor associated with intrauterine pathology was a previous diagnosis of subserous or intramural leiomyoma of the uterus. The prevalence of intrauterine abnormalities in infertile women was high (one-third of infertile women), suggesting that hysteroscopic investigation is an important procedure to diagnose intrauterine pathology and because these abnormalities could be treated to enhance the fertility rate. Endometrial biopsy should be indicated as a complementary exam afiar hysteroscopy to improve the accuracy of endometrium evaluation / Mestrado / Tocoginecologia / Mestre em Tocoginecologia
44

Hemocultura, reação de imunofluorescência indireta (RIFI) e reação em cadeia pela polimerase (PCR) para Leishmania spp. em cães e gatos provenientes de área endêmica e não endêmica para leishmaniose

Braga, Audrey Rennó Campos [UNESP] 26 June 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:27:15Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-06-26Bitstream added on 2014-06-13T20:35:28Z : No. of bitstreams: 1 braga_arc_me_botfmvz.pdf: 1750631 bytes, checksum: b95977e138bb7661fe4ad8f78d46422b (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / A leishmaniose é uma zoonose, causada por protozoários do gênero Leishmania e transmitida por vetores flebotomíneos. O objetivo deste estudo foi avaliar a ocorrência de Leishmania spp. em cães e gatos provenientes de área endêmica e não endêmica para esta doença, através da associação de três técnicas diagnósticas: hemocultura em meio LIT (Liver Infusion Tryptose), Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e Reação em Cadeia pela Polimerase (PCR) para Leishmania spp. Foram coletadas aleatoriamente 50 amostras de sangue de cães e 50 amostras de sangue de gatos, procedentes do Centro de Controle de Zoonoses de Campo Grande - MS, onde a leishmaniose visceral canina (LVC) é endêmica, e aleatoriamente de 50 cães e 50 gatos do Canil Municipal e Associação de Proteção aos Animais (APA) de Botucatu - SP, considerada, até o momento, área não endêmica, silenciosa para esta enfermidade. Das 50 hemoculturas de cães procedentes de Botucatu, três (6%) foram positivas e das 50 hemoculturas dos gatos, duas (4%) foram positivas. Em Campo Grande, 29 hemoculturas (58%) de cães foram positivas e as dos gatos apresentaram 100% de negatividade. Quanto à PCR, 100% das amostras de cães e de gatos procedentes de Botucatu, assim como as dos gatos de Campo Grande foram negativas. Das 50 amostras de cães deste município, 36 foram positivas (72%) à PCR. À RIFI obteve-se 100% de negatividade nas amostras dos cães e gatos de Botucatu e 32 cães (64%) e 15 gatos (30%) de Campo Grande foram reagentes. Pelos resultados apresentados, podemos concluir que a contínua vigilância epidemiológica é importante em áreas não endêmicas para leishmaniose, bem como a busca de um diagnóstico seguro em áreas endêmicas, além de maiores estudos sobre o papel dos felinos no ciclo epidemiológico da doença. / Leishmaniosis is a zoonosis caused by protozoans of Leishmania genus and is transmitted by phlebotomine vectors. This study was aimed to evaluate the occurrence of Leishmania spp. in dogs and cats from endemic and nonendemic areas by three diagnostic tests: hemoculture in LIT (Liver Infusion Tryptose) media, Indirect Fluorescent Antibody Test (IFAT) and Polymerase Chain Reaction (PCR). Fifty blood samples of dogs and fifty of cats from Zoonosis Control Center from Campo Grande, MS, an endemic area for canine visceral leishmaniasis (CVL), were collected randomly, as well as blood samples of dogs and cats from Municipal Kennel and Animal Protection Association (APA) from Botucatu, SP, considered by the moment as freetransmission, non-endemic area for the disease. From 50 hemocultures of the dogs from Botucatu, three (6%) were positive and of the blood of 50 cats, two (4%) were positive. In Campo Grande, 29 hemocultures (58%) were positive for dogs and 100% of the cats were negative for this test. For the PCR detection of Leishmania spp., 100% of the samples from dogs and cats from Botucatu and all the cats from Campo Grande were negative. On the other hand, 36 dogs from Campo Grande were positive (72%) for the PCR. From Botucatu, by the IFAT, 100% of the dogs and cats were non reagent and 32 dogs (64%) and 15 cats (30%) from Campo Grande (MS) were positive for this test. The presented results show that a continuous epidemiological vigilance is important in non-endemic areas for leishmaniasis, as well as the research for an accurate diagnosis in endemic areas, and other studies based on the role of felines in epidemiological life cycle of this disease.
45

Hemocultura, reação de imunofluorescência indireta (RIFI) e reação em cadeia pela polimerase (PCR) para Leishmania spp. em cães e gatos provenientes de área endêmica e não endêmica para leishmaniose /

Braga, Audrey Rennó Campos. January 2009 (has links)
Resumo: A leishmaniose é uma zoonose, causada por protozoários do gênero Leishmania e transmitida por vetores flebotomíneos. O objetivo deste estudo foi avaliar a ocorrência de Leishmania spp. em cães e gatos provenientes de área endêmica e não endêmica para esta doença, através da associação de três técnicas diagnósticas: hemocultura em meio LIT (Liver Infusion Tryptose), Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e Reação em Cadeia pela Polimerase (PCR) para Leishmania spp. Foram coletadas aleatoriamente 50 amostras de sangue de cães e 50 amostras de sangue de gatos, procedentes do Centro de Controle de Zoonoses de Campo Grande - MS, onde a leishmaniose visceral canina (LVC) é endêmica, e aleatoriamente de 50 cães e 50 gatos do Canil Municipal e Associação de Proteção aos Animais (APA) de Botucatu - SP, considerada, até o momento, área não endêmica, silenciosa para esta enfermidade. Das 50 hemoculturas de cães procedentes de Botucatu, três (6%) foram positivas e das 50 hemoculturas dos gatos, duas (4%) foram positivas. Em Campo Grande, 29 hemoculturas (58%) de cães foram positivas e as dos gatos apresentaram 100% de negatividade. Quanto à PCR, 100% das amostras de cães e de gatos procedentes de Botucatu, assim como as dos gatos de Campo Grande foram negativas. Das 50 amostras de cães deste município, 36 foram positivas (72%) à PCR. À RIFI obteve-se 100% de negatividade nas amostras dos cães e gatos de Botucatu e 32 cães (64%) e 15 gatos (30%) de Campo Grande foram reagentes. Pelos resultados apresentados, podemos concluir que a contínua vigilância epidemiológica é importante em áreas não endêmicas para leishmaniose, bem como a busca de um diagnóstico seguro em áreas endêmicas, além de maiores estudos sobre o papel dos felinos no ciclo epidemiológico da doença. / Abstract: Leishmaniosis is a zoonosis caused by protozoans of Leishmania genus and is transmitted by phlebotomine vectors. This study was aimed to evaluate the occurrence of Leishmania spp. in dogs and cats from endemic and nonendemic areas by three diagnostic tests: hemoculture in LIT (Liver Infusion Tryptose) media, Indirect Fluorescent Antibody Test (IFAT) and Polymerase Chain Reaction (PCR). Fifty blood samples of dogs and fifty of cats from Zoonosis Control Center from Campo Grande, MS, an endemic area for canine visceral leishmaniasis (CVL), were collected randomly, as well as blood samples of dogs and cats from Municipal Kennel and Animal Protection Association (APA) from Botucatu, SP, considered by the moment as freetransmission, non-endemic area for the disease. From 50 hemocultures of the dogs from Botucatu, three (6%) were positive and of the blood of 50 cats, two (4%) were positive. In Campo Grande, 29 hemocultures (58%) were positive for dogs and 100% of the cats were negative for this test. For the PCR detection of Leishmania spp., 100% of the samples from dogs and cats from Botucatu and all the cats from Campo Grande were negative. On the other hand, 36 dogs from Campo Grande were positive (72%) for the PCR. From Botucatu, by the IFAT, 100% of the dogs and cats were non reagent and 32 dogs (64%) and 15 cats (30%) from Campo Grande (MS) were positive for this test. The presented results show that a continuous epidemiological vigilance is important in non-endemic areas for leishmaniasis, as well as the research for an accurate diagnosis in endemic areas, and other studies based on the role of felines in epidemiological life cycle of this disease. / Orientador: Simone Baldini Lucheis / Coorientador: Hélio Langoni / Banca: Ana Luiza Alves Rosa Osório / Banca: Paulo Eduardo Martins Ribolla / Mestre
46

Caracteristicas epidemiologicas e doenças do trato genital inferior associadas a infecção por HIV em mulheres sob risco de doenças de transmissão sexual

Silva, Eliana Martorano Amaral Freitas da 03 December 1996 (has links)
Orientador: Anibal Faundes / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-21T23:00:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva_ElianaMartoranoAmaralFreitasda_D.pdf: 3178818 bytes, checksum: a4961770008287e81c0d222276203ea8 (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Objetivando identificar características epidemiológicas e doenças ginecológicas que sugerissem quais mulheres sob risco de infecção por HIV estariam contaminadas, comparou-se um grupo de 201 mulheres soropositivas com 98 soronegativas. O estudo foi realizado no Ambulatório de Ginecologia da UNICAMP e constou de uma etapa com desenho caso-controle, onde os antecedentes epidemiológicos foram analisados através de odds ratio e análise múltipla. Na análise univariada, foram associados ao HIV: idade> 19 anos, não trabalhar fora, ser viúva, receber auxílio financeiro externo, morar em rua com asfalto, ter usado ou ter tido parceiro usuário de droga por qualquer via ou ter tido parceiro infectado por HIV. Na análise múltipla inicial, apenas referência de parceiro recente ou anterior infectado manteve-se significativa. Excluindo-se esta variável num segundo modelo, permaneceram associadas à infecção o uso prévio de droga não venosa, não trabalhar fora e início mais tardio da atividade sexual. A segunda etapa do estudo teve o desenho de corte transversal, sendo compa'radas as prevalências de diversas doenças do trato genital inferior nos dois grupos através do teste do qui-qu~drado. Monilíase vaginal e HPV na biópsia de colo mostraram associação estatística com infecção pelo HI~' e citologia alterada, NIC e NIV foram duas a três vezes mais freqüentes nas mulheres tal infecção. O conjunto dos resultados da análise múltipla aponta para associação da infecção por HIV ou suas conseqüências (desnutrição, imunodepressão e uso de antibióticos) com as ~oenças do trato genital inferior. Como exceção, a soronegatividade para HIV foi fator preditor de HPV na vulva, provavelmente por um viés de seleção dos controles. A associação observada de infecção por HPV, NIC, infecção por HIV e relação CD4/CD8 sugere que seria a imunodepressão, na presença de HPV que propiciaria as alterações celulares cervicais e que a desnutrição pode ser um cofator neste processo / Abstract: To identify epidemiological characteristics and gynecologicall diseases which suggest HIV infection among high risk women, 201 seropositive and 98 seronegative women attending the Outpatient Gynaecology Clinic at the Statel:Jniversity of Campinas were compared. In the first phase, a case-control study, epidemiological data was analysed using odds ratio, 95% confidence interval and multiple analysis. In the univariate analysis, the factors associated with HIV infection were: more than 19 years of age, not having a job outside the home, being a widow, receiving outside financial help, living on an asphalted road, having used drugs and having had a sexual partner who was a drug user or HIV infected. In the initial r.nultiple analysis having or having had an infected partner was the only facto r associated with Hli / Doutorado / Tocoginecologia / Doutor em Medicina
47

Estudo de densiometria óssea de cães SRD com propriedades físicas e químicas /

Grossklauss, Dany Bruno Borella dos Santos. January 2011 (has links)
Orientador: Joel Mesa Hormaza / Coorientador: Marcos Antonio de Rezende / Banca: Paulo Roberto Rodrigues Ramos / Banca: Vânia Maria Vasconcelos Machado / Resumo: Existem enfermidades em animais vertebrados associadas à estrutura do tecido ósseo que afetam diretamente o sistema locomotor do animal. Tratando-se de um endo-esqueleto, o diagnóstico dessas patologias torna-se abstruso in vivo. A caracterização física da estrutura do tecido ósseo de animais sadios torna-se uma grande ferramenta no diagnóstico comparativo de animais vivos. Existem várias técnicas para determinação da densidade mineral óssea, e uma delas que merece destaque é a densitometria óptica; que vem desenvolvendo muito com o avanço da informática e possui um baixo custo. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discutir a metodologia da densitometria óptica, realizando uma comparação com o método de imersão em água. O método de imersão em água também foi utilizado para avaliar os efeitos do peso, sexo e idade do grupo de animais na densidade mineral óssea de cães sem raça definida (SRD). As amostras foram cedidas pelo Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu-SP e pelo canil municipal da cidade de Araras, sendo de cães machos e fêmeas. Foram utilizadas as partes dos membros anteri-ores direitos da região da articulação úmero-rádio-ulnar de cada animal e submetidas aos métodos citados acima para obtenção da densidade mineral óssea. Posteriormente as amostras foram moídas para a realização da análise química para a determinação das concentrações de cálcio nessas amostras e determinar-se uma possível correlação com a densidade óssea. O trabalho apresentou para densidade mineral óssea média em cães SRD um va-lor de 3,080 ± 0,582 milímetros de alumínio para o método de densitometria óptica e de 1,630 ± 0,125 g/cm3 para... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: There are some diseases in vertebrates associated with the structure of bone tissue that directly affect the locomotor system of the animal. In the case of an endoskeleton, the diagnosis of these diseases becomes abstruse "in vivo". The characterization of the physical structure of the bone tissue of healthy animals becomes a great tool in comparative diagnosis in live animals. There are several techniques for determining bone mineral density, and one that deserves mention is the optical density. It is a technique that has been developing a lot with the advancement of information technology and has a low cost. The objective of this study was to evaluate and discuss the methodology of optical density, doing a comparison with the method of immersion in water. The water im-mersion method was also used to further evaluate the effect of weight, sex and age on bone mineral density of mongrel dogs. The samples were provided by the Department of Pathology, Faculty of Veteri-nary Medicine of Botucatu and the kennel in the city of Araras, being male and female dogs. Were used the share rights of former members of the joint area humerus radio-ulnar of each animal and subjected to the above methods to obtain bone mineral density. Subsequently, the samples were ground for holding the chemical analysis for the deter-mination of calcium concentrations in these samples and to determine a possible corre-lation with bone density. The work presented for average bone mineral density in mongrel dogs a value of 3.080 ± 0.582 mm aluminum for the method of optical densitometry and 1.630 ± 0.125 g/cm3 for the immersion method, and the correlation between the methods given by the following equation: y = 0.197 x + 0.824, and bone mineral density in millimeters of aluminum is represented by... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
48

Estudo dacriocistográfico e tomográfico da via lacrimal excretora de cães portadores de epífora /

Vieira, Nívea de Mattos Góes. January 2009 (has links)
Orientador: José Joaquim Titton Ranzani / Banca: Cláudia Valéria Seullner Brandão / Banca: Silvana Artioli Schellini / Resumo: O mecanismo de drenagem lacrimal do cão não é totalmente conhecido. Afecções do sistema nasolacrimal no cão podem ser congênitas ou adquiridas, e são causadas pela ausência de patência ou por processos inflamatórios. A propedêutica da via lacrimal excretora é importante para identificar a causa da epífora. Pelo exame de Radiografia (R-X) e da Tomografia Computadorizada (TC), obtêm-se imagens da trajetória, conformação, tortuosidades e anormalidades do ducto lacrimonasal (DLN). O estudo tomográfico permite análise minuciosa, quando comparada à técnica radiográfica contrastada, que sofre interferência de estruturas ósseas regionais. A principal vantagem da TC sobre outros métodos de diagnóstico por imagem consiste em detectar lesões ósseas. O objetivo deste estudo foi correlacionara presença de epífora em cães de diferentes raça, pelagem, sexo, idade, peso, intensidade da mancha lacrimal e as alterações do ducto lacrimonasal vistas ao exame DCG e com TC, ambos com o uso de contraste iodado. Foram utilizados 20 cães, de raças e pelagens variadas, machos e fêmeas, com pesos entre 01 e 20 kg, de 0 a 08 anos de idade, todos apresentando epífora crônica. Foram utilizados, como grupo controle, 15 cães, sem alterações clínicas de drenagem, de raças e pelagens variadas, machos e fêmeas, com pesos entre 01 e 20 kg, de 0 a 08 anos. Esses animais também foram submetidos à radiografia, seguida de tomografia computadorizada, ambas sob técnicas contrastadas. Com os resultados obtidos, concluiu-se que: os cães da raça poodle, de pelagem clara e pequeno porte, jovens e adultos jovens, com epífora moderada foram os mais acometidos pela mancha lacrimal; dilatações também podem ser observadas em alguns cães sem sinal clínico da afecção; comunicação do ducto lacrimonasal com o seio nasal não indica alteração causadora de epífora... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The dog's lachrymal drainage mechanism is not completely known. Nasolachrymal system affections on dogs might be congenital or acquired, and are caused by patency absence or inflammatory processes. Workup of the lacrimal drainage system is important to identify the cause of epiphora. By radiography exams (x-ray) and computed tomography (CT scan) is possible to obtain trajectory, conformation, sinuosities and naso-lachrymal duct anomalies images. The tomographic study allows a careful analysis, when compared to the contrasted radiography technique, which suffers interference from regional bone structures. The CT scan main advantage over other image diagnosis methods consists in detecting bone lesions. This study objective was to correlate epiphora presence in animals of different breed, coating, sex, age, weight intensity of staining and naso-lachrymal ducts alterations in dogs presenting epiphora, views through of DCG examination and CT scan techniques, both using iodized contrast. Twenty dogs were used, different breeds and coatings, male and females, weighing from 1kg to 20kg, ages varying from newborn to 8 years old, all of them presenting epiphora. Were used as a control group, fifteen dogs with no clinical alterations in nasolachrymal duct drainage, from different breeds and coatings, males and females, weighing from 1kg to 20 kg, ages varying from newborn to 8 years old. These animals were also submitted to radiography, followed by a CT scan, both under contrasted techniques. With the obtained results, it was possible to conclude that: the poodles dogs, clear coating and small size, youth and young adults, and with moderate epiphora were the most affected by the tear stains; dilations can be observed in some dogs without clinical signs of disease; nasolacrimal duct communication with the sinus does not indicate change causing epiphora, because it is present in animals... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
49

Estudo radiológico comparativo da displasia coxofemoral entre gatos da raça persa e sem raça definida /

Milken, Vanessa Martins Fayad. January 2007 (has links)
Orientador: Lucy Marie Ribeiro Muniz / Banca: Sheila Canavese Rahal / Banca: Maria Jaqueline Mamprim / Banca: Milton kolber / Banca: Fabiano Sellos Costa / Resumo: A displasia coxofemoral felina difere da canina tanto nas manifestações clínicas como nos achados radiográficos. O objetivo deste estudo foi avaliar a displasia coxofemoral em felinos, especialmente da raça persa, descrever as principais alterações radiográficas e classificá-las de acordo com sua gravidade. Para tanto, radiografaram-se a pelve nas projeções de distração, compressão e extensão 100 gatos, machos e fêmeas, castrados ou inteiros, com idade superior a 24 meses, sendo 50 da raça persa e 50 sem raça definida. Os animais foram submetidos à sedação com medetomidina (80 ìg/kg), associada ao butorfanol (0,5 mg/kg) e atropina (0,044 mg/kg) por via intramuscular. Foram observados sinais radiográficos compatíveis com a doença em 23% dos gatos, destes, sete sem raça definida e 16, da raça persa. Foi observada diferença estatística entre as raças, o mesmo não ocorrendo entre machos e fêmeas. Os valores do ângulo de Norberg para gatos normais variaram de 93,55° a 98,6° e para displásicos, de 89,75°a 93,02°; os de índice de distração variaram de 0,06 a 0,4 para gatos normais e de 0,1 a 0,45 para os doentes. Os principais achados radiográficos encontrados nos felinos demonstraram diferenças com os caninos, tanto na anatomia radiográfica quanto nos sinais da displasia coxofemoral. Em gatos com articulações coxofemorais normais, a cabeça femoral pode se apresentar em forma de "cogumelo", com menos de 50% recoberta pelo acetábulo, com leve aumento do padrão trabecular e com a borda acetabular cranial pontiaguda e afilada. Dentre as principais alterações radiográficas evidentes nos animais acometidos pela displasia coxofemoral pode-se citar a presença de osteófitos no bordo acetabular cranial, o arrasamento acetabular provocando desde incongruência articular leve até subluxação evidente, e, aumento acentuado no padrão trabecular. / Abstract: The cats' hip dysplasia differs from the canine both in clinical signs and at the radiographic evidences. The aim of this study was to evaluate the hip dysplasia in cats, mainly from the persian breed, to describe the main radiographic alterations and to classify it according to the severity of the radiographic evidences. Therefore, X-rays were taken at distraction, compression and extension projections of 100 cats, males and females, castrated and not castrated, 24 months older, 50 of persian breed and 50 cross breed. The cats were submitted to sedation with intramuscular medetomidine (80 ìg/kg), associated to butorphanol (0.5 mg/kg) and atropine (0.044 mg/kg). Radiographic evidences compatibles with the disease were observed in 23% of the cats, seven mixed breed and 16 of persian breed. Statistical differences between the breeds were observed, but no difference was observed between males and females. The Norberg angle for normal cats varied from 93.55° to 98.6° and for dysplasics, from 89.75° to 93.02°. The distraction index varied from 0.06 to 0.4 for normal cats and from 0.1 to 0.45 for the affected cats. The main radiographic evidences of in the cats differed from canine's both in radiographic anatomy and hip dysplasia signs. In cats with normal hip articulations, the femur head can be presented in a "mushroom" form, with less than 50% recovered by the acetabulum, with a slightly increase of the trabecular pattern and with sharped cranial acetabular margin. Among the main radiographic alterations evidenced, the presence of osteophytes at the cranial acetabular margin, the acetabular degeneration provoking from slightly articular incongruence to evident subluxation and a major increase at the trabecular pattern were outstanding features. / Doutor
50

Estudo clínico do efeito da compressão extrínseca do esôfago causada por bócio mergulhante sobre a motilidade esofágica, utilizando como método a eletromanometria e a videofluoroscopia /

Tagliarini, José Vicente. January 2005 (has links)
Orientador: Maria Aparecida Coelho de Arruda Henry / Resumo: O aumento do volume da glândula tireóide pode levar à extensão da glândula para o mediastino (bócio mergulhante). O componente intratorácico pode ocasionar a compressão da traquéia e do esôfago e causar disfagia. Sendo esta um sintoma freqüente no bócio mergulhante e que desaparece após a remoção cirúrgica do mesmo, não encontramos relato de estudo dos efeitos da compressão extrínseca sobre a motilidade esofágica. Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de avaliar as alterações da motilidade esofágica dos pacientes com bócio mergulhante utilizando como métodos a eletromanometria esofágica e a videofluoroscopia. Foram avaliados 40 pacientes com bócio mergulhante e divididos em dois grupos: Grupo 1: n = 24 pacientes com bócio mergulhante e queixas disfágicas. Grupo 2: n= 16 pacientes com bócio mergulhante e sem queixas disfágicas. No momento inicial (M1), os pacientes foram submetidos à eletromanometria esofágica e à videofluoroscopia. A eletromanometria permitiu a análise da amplitude da pressão nos esfíncteres superior e inferior do esôfago, amplitude das contrações nos terços proximal e distal do esôfago e porcentagem das contrações esofágicas peristálticas, peristálticas normotensivas e hipotensivas após a deglutição de água. A videofluoroscopia permitiu analisar os efeitos da compressão do bócio sobre o esôfago. A seguir, os pacientes foram submetidos à cirurgia para remoção do tecido tireoideano que comprimia o esôfago. Em um período de 3 a 6 meses após a cirurgia, os exames foram repetidos (M2). A análise estatística dos parâmetros eletromanométrico não demonstrou diferenças entre momentos no grupo, nem entre os grupos nos 2 momentos. Foi observada no pós-operatório da tireoidectomia a normalização da videofluoroscopia em 81,3% dos pacientes do grupo 1 e em 90% daqueles do grupo 2. Não foram encontradas evidências... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The increase of thyroid gland can promote its extension into the mediastinum (substernal goiter). This extension can lead to compression of trachea and esophagus and cause dysphagia. This symptom is very common in substernal goiter and disappears after thyroidectomy. No report of the effects of extrinsic compression about the esophageal motility was found. This research was made with the objective to investigate esophageal motility alterations of patients with substernal goiter. The methods esophageal eletromanometry and videofluoroscopy were used. Forty patients with substernal goiter were studied and divided in two groups: Group 1: n = 24 patients with substernal goiter and dysphagia symptoms. Group 2: n= 16 patients with substernal goiters and without dysphagia. At the first moment (M1) the patients were submitted to an esophageal eletromanometry and videofluoroscopy. The eletromanometry permitted the analysis of the amplitude of the pressure in the upper and lower esophageal sphincter, the analysis of the amplitude of the upper and distal body pressure and the analysis of the percentage of the total esophageal wave contraction peristalsis, the normal wave contraction and the hypotensive wave contraction after water deglutition. The videofluoroscopy allowed the analysis of the effects of goiter compression on the esophagus. After these exams the patients were submitted to a surgery to remove the thyroid tissue, the cause of the compression of the esophagus. Three to six months after the surgery the exams were repeated (M2). The statistical analysis of eletromanometric parameters didn't prove differences among the moments in the group, neither among the groups in the two moments. It was observed that after the thyroidectomy the videofluoroscopy got normal in 81,3% of the patients in group 1 and in 90% of group 2. There weren't found eletromanometric evidences of alterations... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor

Page generated in 0.062 seconds