• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 60
  • Tagged with
  • 60
  • 60
  • 54
  • 11
  • 10
  • 6
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Efeito do meio de congelação sobre as características morfofuncionais do sêmen canino /

Chirinéa, Viviane Helena. January 2004 (has links)
Orientador : Maria Denise Lopes / Resumo: Com o objetivo de se avaliar dois meios diluidores - Tris/Glicerol e MP50 - para a congelação do sêmen de cães, foram utilizados ejaculados de 10 cães adultos, colhidos por meio de manipulação digital. As características morfofuncionais foram analisadas no sêmen in natura (T1), refrigerado (T2) e descongelado (T3). As amostras foram avaliadas para: motilidade e vigor espermático, teste hiposmótico, integridade de membrana espermática, morfologia espermática e análise ultra-estrutural, além da mensuração do pH. Após a diluição com os diferentes meios, o sêmen foi envasado em palhetas francesas de 0,5mL, contendo 40 x 106 espermatozóides móveis/palheta, e mantidas por 60 minutos à 5ºC (T2); logo após, foram transferidos para o vapor de nitrogênio durante 20 minutos, e por fim, mergulhadas em nitrogênio. O armazenamento das palhetas foi em botijão criogênico. As palhetas foram descongeladas a 70ºC por 8 segundos. A análise de variância mostrou influência do efeito animal nas variáveis analisadas, com exceção da motilidade espermática e integridade de membrana espermática. O teste hiposmótico, a integridade de membrana espermática e o pH, nas amostras refrigeradas (T2), apresentaram diferença estatística significativa (p<0,05) entre os meios, com superioridade do MP50. Nas análises pós-descongelação (T3), não foram observadas diferenças significativas entre as variáveis estudadas para os dois meios. A análise ultra-estrutural, mostrou edema de membrana plasmática e acrossomal, nas diferentes etapas do processo de congelação. Em conclusão, considerando-se as características morfofuncionais do sêmen canino pós-descongelação, os meios diluidores demonstraram igualdade. / Abstract: The objective of this study was to verify the efficiency of two different extenders for freezing dog semen: Tris/Glycerol and MP50. Ten ejaculates from different adult dogs were collected by digital manipulation. Seminal characteristics were evaluated in three different moments, fresh (T1), cooled (T2) and thawed (T3) semen for sperm motility and vigor, hypo-osmotic swelling test, sperm membrane integrity, sperm morphology, ultrastructural analysis and seminal pH. The samples were divided into two equal parts and each part was mixed with one extender type. After mixing, samples were packaged in 0,5mL French straws with 40 x 106 spermatozoa/straw. Semen samples were kept at 50C for 60 minutes (T2); then frozen in static vapor of nitrogen for the following 20 minutes and immersed in liquid nitrogen until being thawed in 700 C water for 8 seconds (T3). By analysis of variance, it would be possible to verify the animal effect on almost all variables observed in this study, except for sperm motility and membrane integrity. For cooled semen (T2), MP50 were significantly better for hypo-osmotic swelling test, sperm membrane integrity and pH (p<0,05) than Tris/Glycerol. For thawed semen (T3), there was no significant difference between extenders. By ultrastructural analysis, it was possible to verify swelling plasma and acrosomal sperm membranes in the different stages of freezing process. In conclusion, the extenders showed the same results as to morphofunctional characteristics the semen canine thawed. / Mestre
2

Avaliação clínica, de progesterona e da expressão gênica de receptores esteróides dos tumores de mama em cadelas /

Ramos, Renata dos Santos. January 2011 (has links)
Orientador: Maria Denise Lopes / Banca: Noeme Sousa Rocha / Banca: Andrigo Barboza Di Nardi / Resumo: Os tumores mamários constituem as neoplasias de maior ocorrência nas cadelas e os hormônios são apontados como um dos principais fatores etiológicos. Foram utilizadas 26 cadelas portadoras de neoplasias mamárias e cinco cadelas sem afecções mamárias para o grupo controle. Através de um questionário respondido pelos proprietários das cadelas, parâmetros como pseudogestação, histórico de prenhez, uso de contraceptivos e tipo de alimentação foram analisados. Foram realizadas dosagens hormonais séricas e teciduais, através da técnica de radioimunoensaio, além da expressão de receptores de estrógeno e progesterona por meio da técnica de q-PCR. Os resultados obtidos demonstraram que há uma maior incidência das neoplasias malignas em relação às benignas na cidade de Botucatu e região. Em relação aos aspectos clínicos, a nuliparidade ou o pequeno número de gestações compreenderam a maioria dos animais com neoplasia mamária. Além disso, o estudo demonstrou um nível de conscientização dos proprietários da região, já que poucos utilizaram meios contraceptivos em seus animais. Em relação à dieta, a maioria dos animais estudados recebia carne bovina e suína. Foi observado que as neoplasias (benignas ou malignas) sintetizam uma quantidade maior de progesterona em relação à glândula mamária normal. Por fim, os três grupos de animais estudados (tumor maligno, benigno e controle) expressaram receptores de estrógeno alfa, beta e progesterona. A quantificação relativa mostrou uma tendência para expressão maior dos receptores no grupo controle e menor no grupo dos animais com neoplasias malignas. Além disso, houve uma expressão maior de ERα em relação ao ERβ e as neoplasias malignas de origem mista apresentaram maiores concentrações dos receptores PR, ERα e ERβ, comparadas às neoplasias de origem epitelial / Abstract: Mammary gland tumors are the neoplasms most common in female dogs and the hormones may be one of the principal etiologic factors. Twenty six female dogs with mammary neoplasias and five female dogs without mammary afeccions for the control group were used. Through questionary answered by female dogs owners, the variables as pseudopregnancy, pregnancy history, contraceptives use and diet were analyzed. It was done serum and tissue hormonal content by the radioimmunoassay technique, besides the estrogen and progesterone receptors expression by q-PCR technique. The results obtained showed higher incidence of malignant tumors in respect to benign tumors at Botucatu city and region. About clinical aspects the nulliparity or a small number of pregnancy are the major of animals with mammary tumors. Besides the study showed that owners have knowledge about the incorrect use of contraceptives in their animals. About the diet the major of animals analyzed received beef or pork. It was observed that tumors (benign or malignant) synthesize major progesterone amount in respect to the normal mammary gland. Finally the three animals groups evaluated (malignat tumor, benign tumor and control) expressed alpha and beta estrogen and progesterone receptors. The relative quantification showed a tendency for a higher expression of receptors from the controle group and smaller in the malignat tumors animal group. Besides there was a major ERα expression in respect to ERβ and the malignat tumors from mixed origin presented higher concentrations of receptors PR, ERα and ERβ, in compared to tumors from epithelial origin / Mestre
3

Análise de cepas de Escherichia coli Shiga toxigênica (STEC) e E. coli patogênica extraintestinal (ExPEC) isoladas de cachorros diarréicos atendidos em clínica privada no município de Ituverava, SP/

Paula, Cleber Jacob Silva de. January 2007 (has links)
Orientador: José MOacir Marin / Banca: Maria de Fátima Martins / Banca: Maria Cristina MOnteiro de Souza Gugelmin / Resumo: Cachorros têm sido propostos como possíveis reservatórios de cepas de Escherichia coli patogênicas que causam infecções em cachorros e em humanos. Entre Janeiro e Dezembro de 2006, 92 cepas de E. coli foram analisadas para a detecção da presença de genes produtores de toxina Shigalike (stx 1 e stx 2) e o gene da intimina (eae). Doze cepas de E. coli Shigatoxigênica (STEC) foram detectadas por PCR como portadoras dos genes de Shiga toxina, 7 cepas do gene stx 1 (7,6%), 5 do stx 2 (5,4%) e nenhuma delas apresentando ambos os genes. Nove (9,8%) das cepas de E. coli apresentaram o gene eae e não eram produtoras de Shiga toxina. Os isolados de E. coli foram também examinados para a detecção dos genes codificadores de adesinas (pap, sfa e afa), hemolisina e aerobactina. A freqüência dos genes de virulência detectados nestes isolados foi de 12,0% pap, 1,0% sfa, 10,0% hemolisina e 6,5% aerobactina. Seis destes isolados foram caracterizados como cepas de E.coli patogênica extraintestinal (ExPEC). Entre as cepas de STEC e ExPEC foi encontrado um alto nível de resistência a agentes antimicrobianos (estreptomicina com 81% e 100% e cefalotina com 85,7% e 50% respectivamente) e algumas delas foram caracterizadas como E. coli resistentes a múltiplas drogas (MDREC), o que representa um motivo de preocupação devido ao risco de disseminação dos genes de resistência para a microbiota dos seres humanos. / Abstract: Dogs have been proposed as a possible reservoir of the pathogenic Escherichia coli that causes infection in dogs and human beings. From January to December 2006, 92 E. coli isolates from 25 diarrheic dogs were analyzed by screening for the presence of Shiga toxin-producing (stx 1 and stx 2) and intimin (eae) genes. Twelve Shiga toxin-producing E. coli (STEC) isolates were detected by PCR to harbor the Shiga toxin genes, 7 isolates the stx 1 (7.6%); 5 the stx 2(5.4%) and none both of them. Nine (9.8%) of the E. coli isolates studied were eae positive non Shiga toxin-producing. The E. coli isolates also were screened for the presence of adhesion-encoding genes (pap, sfa, afa), hemolysin and aerobactin genes. Virulence gene frequencies detected in those isolates were: 12.0% pap, 1.0% sfa, 10.0% hemolysin and 6.5% aerobactin. Ten isolates were characterized as extraintestinal pathogenic E. coli (ExPEC) strains. Among STEC and ExPEC isolates was found high level of resistance to antimicrobial agents and some of them as characterized as multidrug resistant E. coli (MDREC), what represent a reason for concern due the risk of dissemination of antimicrobial resistant genes to the microbiota of human beings. / Mestre
4

Níveis de IgG anti-Leishmania e perfil de citocinas em cães machos e fêmeas assintomáticos naturalmente infectados por Leishmania (L.) Chagasi /

Dossi, Ana Cláudia Silva. January 2006 (has links)
Orientador: Valéria Marçal Felix de Lima / Banca: Rosangela Zacarias Machado / Banca: Alexandre Barbosa Reis / Resumo: O cão é o principal reservatório da Leishmania (Leishmania) chagasi, o parasita responsável pela Leishmaniose Visceral (LV) nas Américas. Na (LV) estudos em modelos experimentais, têm mostrado diferenças na resposta imunológica entre macho e fêmea. Na (L VC) tais estudos, não foram realizados. Este trabalho investigou em cães assintomáticos machos e fêmeas, naturalmente infectados por Leishmania (L.) chagasi, os níveis séricos de IgG contra antígenos totais de Leishmania, o nível de IL-10 e IFN-y, no sobrenadante do extrato do baço e fígado, e a citocina regulatória TGF-j3 no sobrenadante do extrato do baço e fígado, e sua produção natural no sobrenadante de cultura de células esplênicas. Os níveis de anticorpos anti-L. (L.) chagasi da classe IgG nos cães assintomáticos machos e fêmeas, não apresentaram diferença significativa entre o sexo. O nível de IL-10 mostrou-se elevado, no sobrenadante do extrato do fígado em cães infectados machos e fêmeas assintomáticos e apresentou dominância marcante em relação às outras citocinas. O nível do TGF-j3 mostrou-se aumentado no extrato do baço. O nível de IFN-y no baço dos grupos avaliados foi quantitativamente menor que as citocinas IL-10 e TGF-B. diferindo do observado no fígado onde foi observado uma baixa produção de TGF-j3 em relação ao IFN-y. No baço, o IFN-y apresentou diferença significativa em fêmeas assintomáticas quando comparadas com os machos assintomáticos. A observação da predominância das citocinas TGF-j3 no baço, e IL-10 no baço e fígado, em modelo ex vivo, sugere uma polarização da resposta imunológica para o padrão Th2 em cães naturalmente infectados por Leishmania (L.) chagasi. / Abstract: The dog is the main reservoir of Leíshmanía (Leíshmanía) chagasí, the parasite responsible for Visceral Leishmaniasis (VL) in the Americas. Experimental studies on VL have shown differences in the immune response of males and females. Such studies have not been carried out on canine visceral leishmaniasis. This study investigated the seric levei of IgG against Leíshmanía total antigens, the levels of IL-10 and IFN-y in the supernatant of spleen and liver extracts, the regulatory cytokine TGF-131 in the supernatant of spleen and liver extracts, and its natural production in the supernatant of spleen cell culture, in male and female asymptomatic dogs naturally infected by Leíshmanía (L.) chagasi. The levels of anti-L. (L.) chagasí IgG antibodies in male and female asymptomatic dogs did not differ significantly between the sexes. IL-10 levei was high in the supernatant of the liver extract of male and female asymptomatic infected dogs and predominated over the other cytokines. TGF-131 levei was increased in the spleen extract. The levei of IFN-y in the spleen of the group evaluated was quantitatively lower than the IL-10 and TGF-131 cytokine levels, different from what was observed in the liver, where a low productíon of TGF-131 was observed when compared to IFN-y. In the spleen, IFN-y presented a significant difference in the asymptomatic females when compared to the asymptomatic males. The observation of a predominance of TGF-131 cytokines in the spleen and of IL-10 in the spleen and liver of an ex vívo model suggests a polarization of the immune response towards the Th2 pattern in dogs naturally infected by Leíshmanía (L.) chagasí. / Mestre
5

Avaliação da taxa de filtração glomerular e excreção fracionada de eletrólitos de cães com doença renal crônica tratados com dimetilsulfóxido (DMSO) /

Crivelenti, Leandro Zuccolotto. January 2011 (has links)
Orientador: Marileda Bonafim Carvalho / Banca: Márcia Mery Kogika / Banca: Áureo Evangelista Santana / Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos do tratamento com DMSO sobre alguns aspectos da função renal, do perfil bioquímico sérico, de parâmetros hematológicos e da condição clínica de cães sadios e de cães com doença renal crônica (DRC). As avaliações foram feitas antes, durante e após a administração de DMSO a 10% na dose de 0,5g/kg, cada 24h, por três dias. Os resultados mostraram que apesar de não ter havido alterações significativas da maioria dos parâmetros analisados, houve diminuição da ingestão de água e ração no grupo de cães sadios durante as primeiras 24 horas pós-tratamento. No grupo DRC, embora tenha havido tendência de diminuição dos valores de hemácias e hematócrito, relacionada ao fator tratamento, o processo foi reversível. O DMSO resultou em alguns efeitos adversos nos cães sadios e também nos cães com DRC, nos quais os efeitos foram mais frequentes e mais graves. A gravidade dos efeitos adversos relacionados ao tratamento com DMSO e possível associação com o óbito em cães com DRC em estágio 4, constituem fatores para contraindicação do fármaco. Considerando que o DMSO pode ser indicado para diversas modalidades terapêuticas, os resultados do presente estudo permitem concluir que no que se refere à função renal, tanto para cães sadios quanto para cães com DRC em estágios 2 e 3, não há contraindicações para o uso do fármaco. O DMSO pode resultar em modificações leves das funções relacionadas aos glomérulos e aos túbulos, mesmo em cães com DRC, que, sabidamente, são limitados quanto à expectativa de melhora da função renal, fato que merece investigação, principalmente em pacientes que já possam estar se beneficiando de tratamento médico de manutenção para a insuficiência renal crônica / Abstract: The objective of this study was to evaluate the effects of DMSO treatment on some aspects of renal function, serum profile, total blood count parameters and clinical condition of health or chronic kidney disease (CKD) dogs. The evaluations were done before, during and after the administration of DMSO 10% at a dose of 0.5g/kg, each 24h, for three days. The results showed that, although there were no significant changes in the majority of the analyzed parameters, there was decrease of the water and food intake in the health dogs group during the first 24 hours post-treatment. In the CKD group, although there was a tendency toward lower values of red blood cell count and hematocrit, related to the treatment, the process was reversible. DMSO resulted in some adverse effects in both healthy and CKD dogs, however the effects were more frequent and worse in CKD dogs. The severity of adverse effects related to the DMSO and its possible association with death in stage 4 CKD dogs, are contraindications for the drug. Considering that DMSO can be indicated for a variety of therapeutic modalities, the results of this study showed that concerning to the renal function, for both healthy and stages 2 or 3 CKD dogs, there are no contraindications for the drug usage. DMSO can result in some modifications on the functions related to glomeruli and tubules, even in CKD dogs, which are known to be limited on the expectation of renal function improvement, a fact that deserves investigation, especially in patients who are already being benefited from maintenance treatment for chronic renal failure / Mestre
6

Associação entre fatores epidemiológicos e neoplasias mamárias em cadelas /

Ramos, Carolina Silva. January 2011 (has links)
Orientador: Antonio Carlos Alessi / Banca: Sabryna Gouveia Calazans / Banca: Rosemeri de Oliveira Vasconcelos / Resumo: Tumor de mama é a neoplasia mais freqüente em cadelas, entretanto, há controvérsias sobre os fatores que influenciam o seu desenvolvimento. Em estudos epidemiológicos destaca-se que os fatores ambientais são responsáveis por, pelo menos, 80% da incidência do câncer de mama em humanos. Com o objetivo de estabelecer fatores ambientais que possam contribuir para o desenvolvimento das neoplasias mamárias em cadelas, foram avaliadas as cadelas que se atendidas no Hospital Veterinário Governador Laudo Natel com tumores mamários, durante o período de julho 2008 a julho de 2010. Estas foram submetidas à mastectomia e exame histopatológico. Informações sobre os fatores epidemiológicos, aos quais, os animais se submeteram foram obtidas mediante questionários aplicados aos proprietários e estas foram associadas com o tipo histológico e grau de malignidade da neoplasia. Constatou-se que, estatisticamente, através do Teste Exato de Fisher a 5%, a idade, o porte, o uso de anticoncepcionais, o número de partos, a ocorrência de pseudogestação, a inalação passiva da fumaça de cigarro, o histórico de doenças anteriores, o tipo de alimentação, a conformação corporal e o nível de contato com os proprietários, influenciam no grau de agressividade da neoplasia. De forma contrária, castração anterior, localização das massas e presença de ulceração não demonstram interferência / Abstract: Mammary gland tumor is one of the most common neoplasia in females dogs, however, there is controversy about the factors influencing its development. The cancer research is very important, since they are biological models for early diagnosis, more accurate prognoses and more efficient therapeutic procedures. Epidemiological studies show that environmental factors are responsible for at least 80% of the incidence of breast cancer in humans. Aiming to determinate environmental factors which may contribute to the development of mammary gland tumors, female dogs were evaluated. These females presented the "Governor Laudo Natel" Veterinary Hospital with pre-existing mammary gland tumors, during the period July 2008 to July 2010. They were submitted to mastectomy and to histopathologic exams. Information about epidemiological factors was obtained by questionnaires to the owners, and these were correlated with histologic type and grade of malignancy of the tumor. It was found that, statistically, by Fisher's exact test at 5%, age, size, contraceptive use, number of deliveries, the occurrence of pseudopregnancy, the passive inhalation of cigarette smoke, history of early diseases, the type of food, body shape and level of contact with the owners, influence the degree of aggressiveness of the tumor histological type. In contravention, previous castration, location of the masses and the presence of ulceration did not show interference / Mestre
7

Ultrassonografia do bulbo do olho de cães, com diferentes conformações cranianas /

Toni, Maria Carolina. January 2011 (has links)
Orientador: Júlio Carlos Canola / Banca: José Luiz Laus / Banca: Fabrício Singaretti de Oliveira / Resumo: Com o presente estudo pretendeu-se conhecer os valores médios para as estruturas intraoculares e compará-los entre cães com diferentes conformações cranianas por meio da ultrassonografia ocular com transdutor de 20 MHz. Foram selecionados 30 cães, adultos, peso corpóreo até 10 kg, machos ou fêmeas, hígidos, atendidos no Hospital Veterinário "Governador Laudo Natel" - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP - Câmpus de Jaboticabal. Os cães foram distribuidos em três grupos: G1 - 10 braquicefálicos, G2 - 10 mesocefálicos e G3 - 10 dolicocefálicos. Na análise estatística realizada pelo teste t Student com nível de significância de 5%, não houve diferença entre os olhos direito e esquerdo dos cães do mesmo grupo (p > 0,05). Valores médios e desvios padrão foram obtidos para profundidade da câmara anterior (D1), espessura da lente (D2), profundidade da câmara vítrea (D3) e comprimento axial do bulbo do olho (D4) nos três grupos. G1: D1 2,92mm (± 0,37), D2 7,03mm (± 0,61), D3 9,48mm (± 0,74) e D4 19,43mm (± 0,60). G2: D1 3,08mm (± 0,67), D2 7,02mm (± 0,87), D3 8,76mm (± 1,23) e D4 18,86mm (± 1,45). G3: D1 3,07mm (± 0,65), D2 7mm (± 0,81), D3 9,75mm (± 0,98) e D4 19,82mm (± 0,95). Para comparação dos valores médios de D1, D2, D3 e D4 entre os grupos, foi utilizado o teste de Tukey, com nível de significância de 5%. Na análise de D3, foi observada diferença (p < 0,05) na comparação entre G2 e G3. Na análise de D4, foi observada diferença (p < 0,05) na comparação entre G2 e G3 / Abstract: The present study aimed to know the average values of the intraocular structures and compare among different skulls' conformations in dogs using ocular ultrasonography with 20 MHz probe. They were selected 30 healthy adult dogs, body weight 10 kg, male or female, assisted at "Governador Laudo Natel" Veterinary Teaching Hospital - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP - Campus of Jaboticabal. Animals were divided into three groups: G1 - 10 brachycephalic dogs, G2 - 10 mesocephalic dogs and G3 - 10 dolicocephalic dogs. The Student t test at 5% significance level was used to compare difference between right and left eyes of the dogs in the same group and no difference was found (p > 0.05). Mean and standard deviations were obtained for anterior chamber depth (D1), lens thickness (D2), vitreous chamber depth (D3) and axial length of the eye globe (D4) in the three groups. G1: D1 2.92mm (± 0.37), D2 7.03mm (± 0.61), D3 9.48mm (± 0.74) and D4 19.43mm (± 0.60). G2: D1 3.08mm (± 0.67), D2 7.02mm (± 0.87), D3 8.76mm (± 1.23) and D4 18.86mm (± 1.45). G3: D1 3.07mm (± 0.65), D2 7mm (± 0.81), D3 9.75mm (± 0.98) and D4 19.82mm (± 0.95). The Tukey test at 5% significance level was used to compare the average of D1, D2, D3 and D4 among groups. Differences between G2 and G3 were found (p <0.05) when comparing D3 and D4 / Mestre
8

Reação em cadeia da polimerase e proteinograma no diagnóstico da leishmaniose ocular canina /

Barbosa, Virginia Tessarine. January 2011 (has links)
Orientador: José Luis Laus / Banca: Aline Adriana Bolzan / Banca: Leucio Camara Alves / Banca: Fábio Luiz da Cunha Brito / Banca: Newton Nunes / Resumo: A leishmaniose ocular canina envolve um complexo de alterações decorrentes da atuação do agente nos diversos tecidos oculares. Valendo-se de cães com sorologia positiva para a doença, portadores (G1) ou não (G2) de alterações oftálmicas, com este estudo avaliou-se: o exame parasitológico de esfregaço a partir de swab conjuntival, a presença do parasito, pela PCR, em fragmento conjuntival e no humor aquoso (HA) e as concentrações protéicas, pela eletroforese, no HA. O parasitológico de esfregaço a partir do swab conjuntival foi positivo em 60% e 38,1% dos animais do G1 e do G2, respectivamente, com a oddsratio de 2,438 para positividade em tal parâmetro nos cães do G1, comparativamente aos do G2. A positividade na PCR de fragmento conjuntival foi maior no G1 (p < 0,005), com oddsratio igual a 17,31 quando comparados G1 e G2. O parasito não foi detectado no HA de qualquer dos grupos. Houve correlação fracopositiva entre as concentrações de IgG e de albumina séricas e do HA. Diferenças significativas foram encontradas entre os grupos, quando comparadas as proteínas totais, IgG, e proteína de peso molecular 33 kDa no HA. A haptoglobina foi detectada apenas no HA dos cães do G1. Os dados apontam para uma tendência dos cães com sinais oftálmicos serem positivos no parasitológico de esfregaço a partir do swab conjuntival e na PCR de conjuntiva, podendo, o método ser útil no diagnóstico parasitológico da leishmaniose visceral canina. Proteínas de fase aguda merecem mais avaliações quanto ao seu valor diagnóstico para esta enfermidade / Abstract: Canine ocular leishmaniasis involves several ophthalmic alterations owing to the action of the parasite in numerous ocular tissues. Therefore, dogs serologically positive for leishmaniasis either presenting (G1) or not (G2) ocular alterations were enrolled in this study to evaluate the conjunctival cytology as a method for the diagnosis of this disease, the detection of the parasite in conjunctival tissue samples and in the aqueous humor using PCR, as well as the serum and aqueous humor protein concentrations determined by electrophoresis. The parasitological evaluation of the swabs disclosed 60% and 38.1% of positivity in dogs of groups 1 and 2, respectively, with a calculated oddsratio of 2.438 for a single animal testing positive in this procedure when ocular changes existed. The documented PCR results were more expressive in G1 dogs (P<0,005), with an oddsratio of 17,81 for the animals of this group testing positive using this method as compared to G2. The parasite was not found in the aqueous humor of either group. A weak positive correlation was calculated between the serum and aqueous humor IgG and albumin concentrations, and significant differences were found to exist between groups regarding total protein, IgG, and 33 kDa protein measured in the aqueous humor. Also, haptoglobin was detected only in the aqueous humor of G1 dogs. Our data suggest a tendency of dogs with ocular signs testing positive on the conjunctival swab exams and PCR, being these methods useful in the diagnosis of canine leishmaniasis. However, acute phase proteins require a more detailed evaluation concerning its diagnostic value for this disease / Doutor
9

Avaliação do espermograma de cães submetidos à administração de cisplatina /

Castro, João Humberto Teotônio de. January 2007 (has links)
Orientador: Carlos Roberto Daleck / Banca: Paulo Henrique Franceschini / Banca: Maria Denise Lopes / Resumo: A correta orientação do Médico Veterinário, aos proprietários de cães, usados com finalidades reprodutivas, submetidas à quimioterapia com cisplatina, é importante na medida que este agente citostático age nas células em constante divisão, podendo ser citotóxicos para as células germinativas testiculares. O objetivo desse trabalho foi avaliar a qualidade espermática através do espermograma de cães que receberam cisplatina em diferentes momentos de análise espermática. A dose utilizada foi de 70 mg/mø, em intervalos de 21 dias, totalizando 4 infusões. Os cães foram divididos em dois grupos de 4 animais cada, sendo que um dos grupos recebeu a quimioterapia e o protocolo de diurese para proteção renal, já o grupo controle não recebeu a cisplatina, estando sujeito apenas aos fatores ambientais. Os resultados obtidos demonstraram que a cisplatina influenciou na qualidade espermática de cães, pois elevou as patologias maiores e totais acima do aceitável para cães aptos a reprodução. Portanto, infere-se que este citostático possa acarretar alterações morfofuncionais nos túbulos seminíferos e conduto epididimário. / Abstract: The correct veterinary's orientation for male dogs' owners used for reproduction goals, undergone cisplatin administration, is important because of this cistostatic act in cell with frequently proliferation, and could to cause germ cell injury. The objections of this experiment was to analysis the sperm quality through dogs' spermogram that received cisplatin's infusions. The dose used was 70 mg/mø in 21 days periods, with 4 infusion in total. The dogs were divided in 2 groups with 4 animal each one. One of the groups received all the diuresys protocol (to protect the kidney) and the citostatic. And the other control group just didn't receive the cisplatin infusion to know the real action of cisplatin effects without environmental stresses. The results show that cisplatin influence at the sperm quality in the dogs, because it elevated the major and total defects above that would be acceptable for competent dog to reproduct. It could deduct that cisplatin cause phisiologic alteration in the testis and epididymis. / Mestre
10

Avaliação do perfil hemostático, hematológico e bioquímico de cães com doença hepática /

Mendonça, Adriane Jorge. January 2004 (has links)
Orientador: Regina Kiomi Takahira / Resumo: A Clínica Médica Veterinária de pequenos animais tem avançado muito no diagnóstico da doença hepática. Sabemos que diversos testes laboratoriais usados rotineiramente na clínica são sensíveis indicadores de doença hepática em cães, no entanto, outros exames igualmente valiosos raramente são solicitados, como os testes de avaliação da hemostasia. A proposta deste estudo foi avaliar os perfis hemostático, hematológico e bioquímico de cães com doenças hepáticas. Foram utilizados 44 animais divididos em dois grupos. Vinte cães com evidência histórica e/ou clínica de doença hepática, provenientes do Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp/ Campus de Botucatu, foram selecionados com base no aumento da atividade sérica da enzima alanina amino transferase (ALT) > 50 UI/L. O grupo controle foi constituído por 24 cães hígidos, adultos, provenientes de proprietários particulares. Todos os animais foram submetidos aos mesmos exames laboratoriais: hemograma, contagem de plaquetas, tempo de coagulação, tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPA), tempo de protrombina (TP), atividade enzimática das enzimas ALT e fosfatase alcalina (FA), dosagens das proteínas plasmáticas totais (PPT), proteínas totais séricas (PT), albumina e globulina séricas e fibrinogênio. Os resultados obtidos foram comparados pelo teste t de Student e pelo teste não paramétrico de Mann Withney. Concluiu-se que nas doenças hepáticas de cães há alteração do perfil hemostático, hematológico e bioquímico refletido por trombocitopenia, aumento dos tempos de coagulação, de protrombina e tempo de tromboplastina parcial ativada, anemia hipocrômica, neutrofilia sem desvio à esquerda, linfopenia, hipoalbuminemia e aumento da atividade sérica das enzimas FA e ALT. / Abstract: The small animal practice has been advancing in liver diseases diagnosis. Several laboratory assays are sensible liver diseases indicators in dogs, however, other valuable assays as the hemostasis evaluation tests are seldom requested. The purpose of this study was to evaluate the hemostatic, hematological and chemistry profiles in dogs with liver diseases. Forty four animals divided in two groups were used. Twenty dogs with historical and/or clinical evidence of liver disease, from the Veterinary Hospital of Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp/ Campus de Botucatu were selected on the basis of increased serum alanine aminotransferase activity (ALT) > 50 UI/L. The control group was formed by 24 adult healthy dogs, from particular owners. All animals were submitted to the same laboratory tests: count blood cells (CBC), platelet count, coagulation time, prothrombin time (PT), activated partial thromboplastin time (APTT), serum ALT and alkaline phosphatase (ALP) activities, total plasma protein, total serum protein, albumin, globulin and fibrinogen determinations. The results were compared with Student t-test and Mann-Whitney rank sum test. It was concluded that liver diseases in dogs lead to changes in the hemostatic, hematological and chemistry profile, characterized by thrombocitopenia, prolonging of coagulation time, PT and APTT, hipochromic anemia, neutrophilia without left shift, limphopenia, hipoalbuminemia and increased ALP and ALT serum activities. / Mestre

Page generated in 0.0613 seconds