• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1457
  • 8
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 1473
  • 708
  • 253
  • 236
  • 226
  • 152
  • 127
  • 120
  • 114
  • 110
  • 104
  • 102
  • 102
  • 98
  • 93
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Expressão gênica de citocinas e histopatologia da conjuntiva bulbar de cães acometidos por ceratoconjuntivite seca e portadores de cinomose /

Almeida, Denise Eliza de. January 2006 (has links)
Orientador: José Luiz Laus / Banca: Aline Adriana Bolzan / Banca: Mirela Tinucci Costa / Banca: Antonio Felipe Paulino de Figueiredo Wouk / Banca: Hélio José Montassier / Resumo: Neste estudo avaliaram-se as repercussões da ceratoconjuntivite seca (CCS) sobre a conjuntiva bulbar de animais da espécie canina, acometidos por cinomose, como doença de base. Determinação da expressão gênica das citocinas IL1/3, IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, TNF-a e IFN-y e histopatologia, relativas à conjuntiva bulbar, foram estudadas em dois grupos. O grupo cinomose (GPC) foi composto por cães com CCS e cinomose e o grupo controle (GSC) foi constituído por cães sem sinais oculares de CCS. As implicações histopatológicas da conjuntiva foram igualmente avaliadas. O grupo GPC mostrou diminuição dos valores do teste lacrimal de Schirmer e predomínio de hiperemia, secreção ocular e positividade para os testes de rosa Bengala e fluoresceína, quando comparado ao grupo controle. Houve predominância de inflamação de curso crônico na conjuntiva bulbar dos cães do GPC e na comparação entre os grupos. A densidade de células caliciformes no grupo GPC foi menor do que no grupo controle. Acantólise foi evidenciada em 60% dos cães com CCS e queratinização em 25% deles. A presença de acantólise, queratinização e corpúsculos de inclusão foi estatisticamente predominante no grupo GPC. A severidade dos sinais oftálmicos não se correlacionou aos achados histopatológicos. No GSC, a expressão relativa do gene IL-6 mostrou-se significativamente superior quando comparada à expressão dos outros genes estudados. No grupo GPC, a expressão relativa dos genes IL-2, IFN-y e IL-4 foi estatisticamente menor quando comparada à das médias dos genes IL-6, IL-10, TNF-a e IL-1j3. Quando os grupos foram comparados entre si, a expressão dos genes IL-1j3, TNF-a e IL-10 foi estatisticamente maior no grupo GPC. No grupo GSC, identificou-se correlação negativa entre inflamação... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: This study aimed to investigate changes associated to keratoconjunctivitis sicca (KCS) on the bulbar conjunctiva of dogs with distemper. Gane expression of the cytokines IL-1f3, IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, TNF-a e IFN-y in the conjunctiva samples and histopathology was studied in two main groups. The distemper group (DG) was composed by dogs with KCS and distemper, and control group (CG) composed by dogs without ocular signs of KCS. Dogs from the DG showed lower values of Schirmer tear test and greater incidence of hyperemia, ocular secretion and on the rose Bengal and fluorescein tests compared to CG dogs. A chronic inflammatory profile on the conjunctiva of dogs from DG was significantly more prevalent compared to other inflammation levels and to CG group. In DG group, number of goblet cells was lower than CG dogs. Acantholisis and keratinization were observed in 60% and 25% of dogs with distemper, respectively. Acantholisis, keratinization and inclusion bodies were statistical/y predominant at DG group. The severity of the ophthalmologic findings did not correlate with the histopathological findings. Overall, gane expression of IL-6 was the highest of ali cytokines measured in the CG group. In the DG group, IL-2, IFN-yand IL-4 expression was lower than IL-6, IL-10, TNF-a e IL-1f3. Dogs trom DG group showed significantly higher expression of IL-1f3, TNF-a and IL-10 compared to CG. In the CG group, a negative correlation between acute inflammation and IL-6 and, in the DG group, a positive correlation between chronic inflammation and TNF-a expression were identifled. Chronic inflammation, goblet cells decrease, keratinization and inclusion bodies can be identified at conjunctival histopathology trom dogs with KCS and distemper. Necrosis tumor... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
2

Função luteal e luteólise em cadelas : aspectos morfo-funcionais /

Luz, Marcelo Rezende. January 2004 (has links)
Resumo: Os mecanismos luteotróficos e luteolíticos que controlam a função luteal em cadelas têm sido investigados. Este estudo avaliou as concentrações plasmáticas de PGFM e progesterona ao longo da gestação e do diestro, e do estradiol a partir do dia 40 da gestação ou diestro; a produção in vitro de PGF2α através de cultivos de explantes de endométrio, corpo lúteo e placenta, com ou sem estímulo por PDBu; a ocorrência de apoptose nas células luteais; e o envolvimento da enzima caspase-3 na luteólise em cadelas. Foram utilizadas 17 cadelas sem-raça-definida, divididas em dois grupos: diestro e gestação. Foi verificado que a queda das concentrações plasmáticas de progesterona em cadelas é um fenômeno lento e gradativo, que ocorreu a partir do terço inicial da gestação ou do diestro. As concentrações basais de progesterona foram atingidas nos dias 64 e 66 da gestação e diestro, respectivamente. Altas concentrações de PGFM e estradiol foram detectadas na segunda metade do diestro e da gestação. Ocorreu aumento progressivo de PGFM na segunda metade da gestação, e não no diestro, que culminou com um pico préparto. Os cultivos in vitro evidenciaram que o endométrio possui grande capacidade de produção de PGF2α, estimulado ou não por PDBu, superior aos explantes de corpo lúteo e de placenta, e mais pronunciado nos explantes de endométrio de cadelas gestantes comparados aos de cadelas em diestro. As análises histológicas por HE e CEC evidenciaram raras células apoptóticas no corpo lúteo das cadelas gestantes e em diestro, com células luteais íntegras detectadas nos corpos lúteos de cadelas no final da gestação, pós-parto imediato e aos 65 dias do diestro. Material sugestivo de corpus albicans foi evidenciado nos ovários oriundos das cadelas aos 75 e 85 dias do diestro. As concentrações de UAF/μg/ptn de caspase-3 não diferiram entre as... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: Luteotrophic and luteolytic mechanisms that control the luteal function in bitches are being investigated. This study evaluated the PGFM and progesterone plasma concentrations throughout pregnancy and diestrus, and plasma estradiol concentrations from day 40 of pregnancy or diestrus on; the in vitro production of PGF2α from explants of endometrium, corpus luteum and placenta cultures, with or without PDBu stimulation; the occurrence of apoptosis in the luteal cells; and the involvement of the enzyme caspase-3 in the luteolysis in bitches. Seventeen crossbred bitches, divided into 2 groups were used: diestrus and pregnancy. It was observed that the decrease of the plasma progesterone concentrations in bitches is a slow and gradual process, wich happened since the initial third of pregnancy or diestrus. The basal values of progesterone occurred at days 64 and 66 of pregnancy and diestrus, respectively. High plasma concentrations of PGFM and estradiol were detected at the second half of pregnancy, and not of diestrus, and culminate with a pre-partum peak. The in vitro cultures showed that endometrium has a big capacity of PGF2α production, stimulated or not by PDBu, and superior to corpus luteum or placenta explants, and also much more pronounced in the endometrium explants from pregnant compared to diestrus bitches. The histological analysis by HE and CEC showed rare apoptotic cells in the corpus luteum from pregnant and diestrus bitches, with intact luteal cells detected in corpora lutea from bitches in final pregnancy, immediate post-partum period and at 65 days of diestrus. Material suggestive of corpus albicans was evidenced in the ovaries of bitches on days 75 and 85 of diestrus. The concentrations of UAF/μg/ptn of caspase-3 did not differ between pregnant or diestrus bitches, and was also detected in the material suggestive of corpus albicans. / Orientador: Maria Denise Lopes / Coorientador: Mario Binelli / Doutor
3

Avaliação da associação propofol e de cloridrato de alfentamil na manutenção anestésico por infusão intravenosa contínua em cães após medicação pré-anestésica com acepromazina /

Zacheu, Juliana Cristina. January 2004 (has links)
Orientador: Antônio José de Araújo Aguiar / Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a associação de propofol e de cloridrato de alfentanil, através do estudo das alterações cardiorrespiratórias, hemogasométricas, além das suas características clínicas e potencial hipnoanalgésico. Foram empregados doze cães clinicamente sadios, fêmeas, adultas, "sem raça definida e com peso médio de 18,21l2,81kg. Após jejum alimentar de 12 horas e hídrico de duas horas, todos os cães receberam acepromazina, 0,05 mg/kg (i.v.). A indução anestésica foi realizada com propofol na dose de 5 mg/kg (i.v.), sendo a intubação orotraqueal executada, a seguir. A manutenção anestésica se iniciou, com a administração de propofol na dose de 0,2 mg/kg/min. (i.v.), durante 120 minutos. Associado ao propofol, foi administrado, pela mesma via, cloridrato de alfentanil, em três diferentes doses de acordo com os grupos: A - 0,5 æg/kg/min., B - 1,0 æg/kg/min. e C - 2,0 æg/kg/min. Os fármacos foram administrados simultaneamente em bombas de infusão distintas durante o mesmo período. Os seguintes parâmetros foram mensurados durante a anestesia: FC, PAS, PAM, PAD, f, Vt, Vm, ETCO2, SaO2, pHa, PaO2, PaCO2, HCO3, temperatura retal e analgesia. Foram realizadas colheitas de amostras de sangue para dosagens da concentração plasmática de cortisol. A análise estatística foi realizada pelo método de Análise de Variância segundo o delineamento "cross-over". Os valores foram considerados significativos quando P<0,05. Foi observada bradicardia significativa aos 45 minutos de infusão com as doses intermediária e maior de alfentanil. Nos três grupos foram observados miorrelaxamento intenso, ausência de hipotensão e de resposta endócrina ao estresse. A analgesia foi proporcional a dose de alfentanil utilizada. A qualidade da recuperação foi similar nos três grupos estudados, sendo que o tempo de recuperação... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: The aim of this study was to evaluate changes in cardiorespiratory and hemogasometric parameters, as well as the clinical features and hypnoanalgesic potential promoted by the association of propofol and alfentanil chloridrate, given by intravenous continuous infusion in dogs. For such, twelve mongrel female healthy dogs were used (18.21l2.81kg). After a food and water fast of 12 and 2-hour respectively, all animals were given acepromazine (0.05 mg/kg - iv). Anesthetic induction was performed with propofol (5 mg/kg - iv), and maintenance was continued by giving propofol continuously at 0.2 mg/kg/min. (iv), for 120 minutes. It was also administered alfentanil chloridrate through the same route, in three different doses, accordingly to the group in which animals were allocated: A - 0.5 æg/kg/min., B - 1.0 æg/kg/min. e C - 2.0 æg/kg/min. Both drugs were given simultaneously but in different infusion pumps. During anesthesia, it was measured: HR, SAP, MAP, DAP, RR, Vt, Vm, ETCO2, SaO2, pHa, PaO2, PaCO2, HCO3 and rectal temperature, and blood samples were collected for plasma cortisol measurements. Statistical analysis was performed by variance analysis according to a cross-over design. Results were considered significant when p < 0.05. All treatments caused metabolic acidosis, intense muscle relaxation and a lack of endocrine response to stress. It was also seen that analgesia was proportional to the dose of alfentanil that was used. The quality of anesthetic recovery was similar in all three groups, despite the time needed to recovery was longer when the highest dose was given. The results allowed concluding that the association of propofol and alfentanil chloridrate is an adequate procedure for anesthetic maintenance in dogs for 120 minutes. / Mestre
4

Estudos clínico, laboratorial e eletrocardiográfico dos efeitos da solução hipertônica de cloreto de sódio a 7,5%, intravenosa, em cães clinicamente sadios /

Nogueira, Fábio dos Santos January 2003 (has links)
Orientador: Flávio Quaresma Moutinho / Resumo: A solução hipertônica de cloreto de sódio a 7,5% é uma solução hiperosmolar (2566mOsm/L) que promove aumento da tonicidade e da osmolaridade sérica e, consequentemente, a troca de líquidos entre os compartimentos extracelular e intracelular. Quando administrada por via intravenosa, apresenta efeitos de expansão plasmática ou seja: aumento do débito cardíaco, vasodilatações pulmonar e sistêmica, redução do edema das células endoteliais e, proporcionando, melhora do fluxo sangüíneo capilar, diminuição das lesões de reperfusão, visto impedir a entrada de cálcio nas células. O seu efeito é físico, promovendo a expansão do volume circulatório devido ao gradiente osmótico criado, que desvia água para o compartimento intravascular. Embora tenha um lugar de destaque na terapia atual do choque hipovolêmico e em outras emergências, as aplicações clínicas da solução hipertônica e as conseqüências da sua utilização ainda não são totalmente conhecidas por grande parte dos clínicos e cirurgiões de pequenos animais. O presente estudo teve como objetivo determinar as possíveis alterações, bem como estabelecer a duração da resposta terapêutica após a infusão única de 4mL/kg de solução hipertônica de NaCl a 7,5%, em cães clinicamente sadios. Foram utilizados 15 cães adultos, machos, que serviram como controle deles próprios. Os parâmetros avaliados foram: cardíacos, respiratórios, temperatura corpórea, hemogasométricos, hematológicos, bioquímicos, urinários e osmométricos. O experimento procedeu-se em 4 momentos: antes da aplicação da solução hipertônica (M0), decorridos 10 minutos (M1), 30 minutos (M2), e 60 minutos (M3) da aplicação da solução. As alterações quanto ao volume plasmático e hemodiluição ocorreram em M1, confirmando assim seu efeito imediato. Após uma hora (M3), todos os efeitos... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: The hypertonic solution of sodium chloride in proportion of 7,5% is a hyperosmolar (2566mOsm/l) solution that promotes increase in the tonicity and the serum osmolality and, consequently, the change of liquids between the extracellular and intracellular compartments. It presents plasmatic expansion effects when injected in vein, that is: increase in cardiac output, pulmonary and systemic vasodilatation, decrease in edema of endothelial cells and, once it generates improvement in blood flow capillaries, decrease in reperfusion lesions, thus, prevents the calcium from entering the cells. The effect is physic, it promotes an expansion of the circulatory volume due to the osmotic gradient created, which diverts water to intravascular compartment. Although, the procedure mentioned above be very important to the currently therapy of hypovolemic shock and on other emergencies, the clinical applications of the hypertonic solution and the consequences of its usage are not totally known yet by a great number of doctors and small animals surgeons. The present study was done with the goal of determining the possible changes, as well as to establish the last of the therapeutic answer after only one infusion of 4ml/Kg of hypertonic solution of NaCl in dosage of 7,5% in healthy dogs. Fifteen adult male dogs were utilized as themselves control. The parameters evaluated were: cardiac, respiratory, body temperature, blood gas analysis, hematological, biochemical, urinary and osmolarity. The experiment was divided into four moments. Before the hypertonic solution application (M0), after 10 minutes (M1), thirty minutes (M2) and sixty minutes (M3) of the solution application. The changes concerning the plasmatic volume and hemodilution occurred in M1, confirming its immediate effect. It is important to analyse that after an hour (M3), the whole hydroelectrolytic and hemodynamics... (Complete abstract, click electronic address below). / Mestre
5

Efeitos do maleato de timolol, do levobunolol e da apraclonidina sobre a pressão intra-ocular, o diâmetro pupilar, a frequência cardíaca e a pressão sanguínea em cães da raça Beagle /

Martinez Pádua, Ivan Ricardo. January 2010 (has links)
Orientador: José Luiz Laus / Banca: Alexandre Lima de Andrade / Banca: Cristiane dos Santos Honsho / Resumo: Considerando-se que o glaucoma é a principal causa de perda da visão no homem e nos animais, e que o seu manejo clínico é a forma mais empregada para se controlar a síndrome, estudos comparativos que avaliem a eficácia de agentes hipotensores oculares constituem tema atual. Assim, foram avaliados os efeitos do timolol 0,5%, do levobunolol 0,5% e da apraclonidina 0,5% sobre a pressão intraocular (PIO), o diâmetro pupilar (DP), a frequência cardíaca (FC) e a pressão arterial sanguínea sistólica (PS) em cães clinicamente normais. Para tanto, 10 cães machos foram previamente condicionados aos procedimentos a que seriam submetidos, durante três dias. No dia zero, a PIO, o DP, a FC e a PS foram avaliados em três momentos (manhã, tarde e noite), para a avaliação dos valores basais. Os fármacos foram testados separadamente, a intervalos de sete dias, para que os efeitos de um não interferissem com os dos demais. Durante 15 dias consecutivos, um olho de cada animal recebia uma gota de timolol 0,5% ou de levobunolol 0,5% ou de apraclonidina 0,5% a intervalos de 12 horas (7 e 19 horas). Os parâmetros foram mensurados às 8, 13 e às 20 horas, ao 3º, 6º, 9º, 12º viii e 15º dias. Os dados foram comparados estatiscamente, empregando-se o Teste de Bonferroni, após Análise de Variância para Medidas Repetidas (p<0,05). Alterações da PIO não foram observadas após o uso dos fármacos testados. Por sua vez, com o uso do timolol, não foram observadas alterações significativas no DP nos momentos avaliados. Entretanto, foi observada redução significativa do DP na quase totalidade dos animais que receberam levobunol. Em relação ao período basal, observou-se elevação do DP apenas ao 3º dia de avaliação, após o uso de apraclonidina. Quanto à PS, apenas a apraclonidina interferiu com o parâmetro, reduzido-o de maneira significativa em todos os períodos avaliados em cães... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Not available / Mestre
6

Efeitos determinados pela metilprednisolona, administrada pela via subaracnóidea, sobre a medula espinhal e as meninges: estudo experimental em cães /

Lima, Rodrigo Moreira e. January 2008 (has links)
Orientador: Eliana Marisa Ganem / Banca: Norma Sueli Pinheiro Modolo / Banca: Jyrson Guilherme Klamt / Resumo: Um dos corticóides mais utilizados no tratamento da lombociatalgia pela via peridural é a metilprednisolona, embora o seu uso seja bastante controverso na literatura atual. A injeção inadvertida deste fármaco no espaço subaracnóideo esta relacionado com o aparecimento de aracnoidite adesiva. Com base nestas informações investigou-se as possíveis alterações clínicas e histológicas determinadas pela metilprednisolona, potente glicocorticóide de depósito, administrado no espaço subaracnóideo de cães. Quatorze cães foram distribuídos, de maneira aleatória e encoberta, em dois grupos: Grupo 1 - Solução salina a 0,9% e Grupo 2 - solução de metilprednisolona 1,15 mg/kg, sempre utilizando o total de um mililitro a ser administrado. Todos os animais permaneceram durante 21 dias em cativeiro, período em que foram clinicamente avaliados. Foram, após este período, sacrificados por eletrocussão, após anestesia com pentobarbital sódico, e as porções lombar e sacral da medula espinhal foram removidas para exame histológico por microscopia óptica. Nenhum dos animais do Grupo 1 apresentou alterações clínicas ou histológicas. Foram observadas alterações histológicas em todos os animais do Grupo 2, sendo que seis animais apresentaram tecido nervoso sem alterações e um demonstrou necrose em faixa do tecido nervoso. As principais alterações histológicas encontradas no Grupo 2 foram áreas de espessamento fibroso nas K L meninges e nos vasos sangüíneos e infiltrado inflamatório linfoplasmocitário. Em três animais deste grupo, encontramos, ainda, aderências entre as meninges pia-máter, aracnóide e dura-máter e raízes nervosas envoltas por fibrose. Todos os animais permaneceram clinicamente normais. A metilprednisolona administrada pela via subaracnóidea, determinou alterações histológicas na medula nas meninges dos cães estudados. / Abstract: One of the most used steroids in the treatment of the low back pain into the epidural space is methylprednisolone, although its use is controversial in the current literature. The inadequate injection of this medication into the intrathecal space is related with the occurrence of adhesive arachnoiditis. Based on this information, possible clinical and histological alterations determined by the methylprednisolone, a potent depocorticosteroid, administrated in the intrathecal space of dogs was evaluated. Fourteen dogs were randomly and blindly assigned to two study groups: Group 1 - 0.9% saline solution, 1 ml, and Group 2- Methylprednisolone 1.15 mg/kg, 1 ml. All the animals were clinically evaluated for 21 days, and then were killed by penthobarbital i.v. injection and electroshock. The lumbar and sacral portions of the spinal cord were removed for histological analyses, under light microscopy. In the Group 1, none of the animals presented clinical or histological alterations. Histological alterations were observed in all the animals of Group 2, and six animals presented normal nerve tissue and one demonstrated necrosis in the dorsal part of spinal cord. The main histological alterations found in Group 2 were areas of thickness in the meninges and in the blood vessels and lymphoplasmocytaire inflammatory infiltrated. In three animals of this group, adherences among pia mater, arachnoid and dura mater meninges and nerve roots enclosed by fibrosis were found. All the animals were clinically normal. The intrathecal K administration of methylprednisolone determinates histological changes in the spinal cord and meninges of the studied dogs. / Mestre
7

Busca de antígenos para diagnóstico da leishmaniose visceral canina : potencial uso e aplicação da proteína rLc36 /

Nogueira, Camila Tita. January 2014 (has links)
Orientador: Márcia Aparecida Silva Graminha / Banca: Alexandra Ivo Medeiros / Banca: Flávio Henrique da Silva / Banca: Mara Cristina Pinto / Banca: Pio Colepicolo Neto / Resumo: A leishmaniose visceral, forma clínica mais severa das leishmanioses, pode ser fatal se não tratada. Cães infectados são reservatórios potenciais da doença, sendo um diagnóstico específico e cuidadoso requerido para a identificação dos animais infectados, com o objetivo de promover um melhor controle epidemiológico e, consequentemente, controlar a transmissão da doença para o homem. Diversos trabalhos na literatura descrevem vários testes utilizados atualmente para diagnóstico da leishmaniose visceral canina (LVC), porém, apresentam variada especificidade e sensibilidade. Dessa forma, o desenvolvimento de um teste diagnóstico com maior sensibilidade e especificidade se torna importante para correta identificação de cães infectados. O presente trabalho teve como objetivo caracterizar a proteína rLc36, codificada por um gene exclusivo de Leishmania infantum, quanto ao potencial antigênico para desenvolvimento de um teste diagnóstico mais sensível e específico para LVC baseado no ensaio ELISA (Enzyme Linked Immuno Sorbent Assay). Diferentes concentrações desta proteína foram testadas por ELISA usando soros de cães infectados com LV e soros de cães não infectados. A concentração de 1,0μg/mL de rLc36 foi capaz de diferenciar os soros positivos dos soros negativos e apresentou sensibilidade de 85% e especificidade de 71%, em um teste com 95% de confiança, mostrando que a proteína rLc36 é antigênica e apresenta potencial para ser aplicada no desenvolvimento de um kit diagnóstico. A proteína rLc36 foi testada em associação com a proteína A2, o qual já foi previamente avaliado como antígeno no diagnóstico sorológico da leishmaniose, e foi possível observar aumento na sensibilidade do teste (77%), mas não na especificidade (79%). Soros de outras parasitoses foram testados frente à proteína rLc36. Foi possível observar reatividade com os soros positivos para babesiose... / Abstract: Visceral leishmaniasis, the most severe clinical form of the leishmaniasis, can be fatal if untreated. Infected dogs are potential reservoirs of the disease, being a specific and careful diagnosis required for identification of the infected animals, with the aim of promoting a better epidemiological control and consequently control the transmission of the disease to humans. Several works in the literature describe various tests used for diagnosis of canine visceral leishmaniasis (CVL), however, they show varied specificity and sensitivity. In this way, the development of a diagnosis test with greater sensitivity and specificity becomes important for the correct identification of infected dogs. Thus, the development of a more sensitive and specific diagnosis test based on recombinant antigens may contribute in the correct identification of dogs truly infected and thus contribute to the more effective control of the transmission of the disease. The present work had as objective to characterize the protein rLc36, encoded by a gene unique to Leishmania infantum, for the antigenic potential for development of a more sensitive and specific test for CVL based on the ELISA (Enzyme Linked Immuno Sorbent Assay). Different protein concentrations were tested by ELISA using sera from dogs infected with LV and sera from non-infected dogs. The concentration of 1.0μg/mL of rLc36 protein was able to differentiate positive from negative sera and showed sensitivity of 85% and specificity of 71% on a test with 95% of confidence, showing that the protein rLc36 is antigenic and has potential for be applied in a new diagnosis test. The rLc36 protein was tested in association with the A2 protein, which was previously assessed as antigen in serological diagnosis of leishmaniasis, and it was possible to observe an increase in the sensitivity of the test (77%), but no increase was observed in the specificity (79%). Sera from... / Doutor
8

Validação da técnica TF-Test Coccidia para detecção de Cryptosporidium spp. e Giardia spp. em crianças de pré-escola e seus respectivos cães (Canis familiaris) /

Nagata, Walter Bertequini. January 2019 (has links)
Orientador: Sílvia Helena Venturoli Perri / Resumo: A criptosporidiose e a giardíase são doenças gastrointestinais, com distribuição cosmopolita, causada, respectivamente, por um protozoário coccídio intracelular obrigatório e um parasito flagelado, que pode afetar humanos e animais. O objetivo neste projeto foi detectar por meio da técnica TF-Test Coccidia e pela reação em cadeia da polimerase (RCP), a ocorrência do Cryptosporidium spp. e a Giardia spp. em crianças de pré-escola e seus respectivos cães (Canis familiaris) do Município de Araçatuba, São Paulo, de maneira inédita. Para a identificação dos oocistos do parasito supramencionado foi empregada a nova técnica parasitológica TF-Test Coccidia e RCP. A partir da análise destas amostras, verificou-se que 35,00% (35/100) das crianças estavam infectadas por alguma espécie de parasito intestinal, sendo que 5,00% eram positivas microscopicamente para Cryptosporidium spp. e 30,00% para Giardia spp. Nos cães, 3,13% (1/32) foram considerados positivos para Giardia spp., embora nenhum animal apresentasse oocisto de Cryptosporidium spp. nas fezes. Pela PCR 3,00% das crianças foram positivas para Cryptosporidium spp. e 35,00% para Giardia spp.. Enquanto que para os cães, pela mesma técnica molecular, nenhum animal foi considerado positivo para Cryptosporidium spp. e apenas 6,25% foram positivos para Giardia spp.. Dessa forma, foi verificado que a técnica parasitológica TF-Test Coccidia apresentou boa concentração e morfologia dos parasitos encontrados, com baixa quantidade de debri... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Cryptosporidiosis and giardiasis are gastrointestinal diseases with cosmopolitan distribution, caused respectively by a compulsory intracellular coccidial protozoan and a flagellated parasite, which can affect humans and animals. The objective of this project was to detect by the technique TF-Test Coccidia and polymerase chain reaction (PCR), the occurrence of Cryptosporidium spp. and Giardia spp. in pre-school children and their respective dogs (Canis familiaris) from the Municipality of Araçatuba, São Paulo. For the identification of oocysts of the parasite the new parasitological technique TF-Test Coccidia and PCR were used. From the analysis of these samples, it was verified that 35.00% (35/100) of the children were infected by some kind of intestinal parasite, and 5.00% were microscopically positive for Cryptosporidium spp. and 30,00% for Giardia spp.. In dogs, 3.13% (1/32) were considered positive for Giardia spp., although no animal presented Cryptosporidium spp. Oocyst. in the stool. By PCR 3.00% of the children were positive for Cryptosporidium spp. and 35.00% for Giardia spp.. While for dogs, by the same molecular technique, no animals were considered positive for Cryptosporidium spp. and only 6.25% were positive for Giardia spp.. Thus, was verified that the parasitological technique TF-Test Coccidia presented good concentration and morphology of the parasites found, with a low amount of debris in the fecal smear. For the first time, Cryptosporidium spp. and Giardia... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
9

Avaliação da resposta inflamatória dermatológica de cães atópicos com a utilização de maleato de oclacitinib

Ribeiro, Jose Francisco Antunes. January 2019 (has links)
Orientador: Luiz Henrique de Araújo Machado / Resumo: Dermatite atópica (DA) canina é uma enfermidade alergoinflamatória de caráter crônico da pele, sendo realizado apenas tratamento suporte para melhora dos sinais clínicos. O maleato de oclacitinib é um inibidor de enzimas Janus Kinase (JAK) correlacionadas com citocinas pro-inflamatórias e pruridogênicas, e que possui ação rápida controlando o prurido. O objetivo desse estudo foi avaliar a resposta do maleato de oclacitinib, comparando o quadro clínico dermatológico com a resposta inflamatória pelas principais citocinas envolvidas nesse processo. Dez cães com diagnóstico de dermatite atópica foram tratados com maleato de oclacitinib durante 30 dias consecutivos e avaliados no início e no fim do tratamento, considerando as mudanças nas características clínicas e dosagens séricas das principais citocinas envolvidas no processo alérgico da DA, e por fim, correlacionar a evolução clínica com o comportamento dessas citocinas. As citocinas (IFN γ, IL-1, IL-4, IL-6, IL-10, IL-17, IL-31 e TNF α) foram dosadas pelo método de ELISA de amostras colhidas no dia 0 e no dia 30 de tratamento. Ao fim do estudo, pudemos conferir melhora significativa (p<0,001) das avaliações clínicas, com redução do prurido, do CADESI-04 e acompanhamento da IL-31, uma das principais citocinas envolvidas no prurido. Além disso, a utilização do maleato de oclacitinib reduziu todas as citocinas avaliadas durante esse curto período, questionando se, a utilização crônica, pode favorecer o aparecimento de infecções ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Canine atopic dermatitis (AD) is an allergic inflammatory disease of chronic character of the skin, being only supportive treatment to improve clinical signs. Oclacitinib maleate is a Janus Kinase (JAK) enzyme inhibitor correlated with proinflammatory and pruridogenic cytokines, and has rapid action controlling pruritus. The aim of this study was to evaluate the response of oclacitinib maleate by comparing the dermatological clinical picture with the inflammatory response by the main cytokines involved in this process. Ten dogs diagnosed with atopic dermatitis were treated with oclacitinib maleate for 30 consecutive days and evaluated at the beginning and end of treatment, considering changes in clinical characteristics and serum dosages of the main cytokines involved in the allergic process of AD, and finally, correlate clinical evolution with the behavior of these cytokines. Cytokines (IFN γ, IL-1, IL-4, IL-6, IL-10, IL-17, IL-31 and TNF α) were dosed by ELISA on samples taken on day 0 and day 30 of treatment. At the end of the study, we could see a significant improvement (p <0.001) in clinical evaluations, with reduction of pruritus, CADESI-04 and follow-up of IL-31, one of the main cytokines involved in pruritus. In addition, the use of oclacitinib maleate reduced all cytokines evaluated during this short period, questioning whether chronic use may favor the onset of opportunistic infections and/or neoplastic disease. / Mestre
10

Avaliação hematológica, bioquímica e parasitológica de cães, naturalmente acometidos por leishmaniose visceral, submetidos a diferentes protocolos de tratamento /

Ikeda, Fabiana Augusta. January 2004 (has links)
Orientador: Raimundo Souza Lopes / Resumo: Com o objetivo de avaliar a resposta hematológica e bioquímica de cães portadores de leishmaniose visceral, submetidos a dois protocolos de tratamento; verificar a eficácia dos mesmos e avaliar a ocorrência de possíveis efeitos colaterais, foi realizada a presente pesquisa. Para tanto, foram utilizados dois grupos de sete animais cada, todos naturalmente infectados por Leishmania chagasi. O primeiro grupo foi submetido ao tratamento com o antimoniato de meglumina na dose de 75 mg/kg/12 horas, por via subcutânea durante 21 dias; e o segundo foram tratados com uma combinação do antimoniato de meglumina na dose 75 mg/kg/12 horas, por via subcutânea durante 21 dias e alopurinol na dose de 10 mg/kg/12 horas, por via oral durante 180 dias. Todos os cães utilizaram coleira antiparasitária, à base de deltametrina, e foram mantidos em um canil telado. Os animais foram submetidos a um exame físico completo e os dados anotados em fichas individuais. Em todos os animais, foram realizados hemograma completo, punção biópsia aspirativa de linfonodos e da medula óssea para pesquisa do parasita, urinálise e testes de função hepática e renal, em até sete momentos: M1- antes do tratamento; M2- 30 dias; M3- 60 dias; M4- 90 dias; M5- 120 dias; M6- 150 dias e M7- 180 dias após o início do tratamento. Após o término dos seis meses de observação (M7), todos os cães foram submetidos à eutanásia e realizados "imprints" do baço e fígado para a pesquisa do parasita. Com a instituição dos dois protocolos terapêuticos, todos os cães apresentaram remissão dos sintomas; entretanto, ao término do experimento, dois animais tratados somente com antimoniato de meglumina apresentaram recidiva do quadro clínico. Antes do início do experimento, observaram-se alterações hematológicas, urinárias e bioquímicas em oito cães, em decorrência das alterações... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: The present study aimed to evaluate the hematological and biochemical response of dogs with visceral leishmaniasis, subjected to two treatment protocols in order to verify their efficacy and assess the possible occurrence of collateral effects. Thus, two groups of seven animals each were used, all were naturally infected with Leishmania chagasi. The first group was subjected to treatment with meglumine antimoniate at a dosage of 75 mg/kg/12 hours, administered by subcutaneous injection for 21 days. The second was treated with a combination of meglumine antimoniate at a dosage of 75 mg/kg/12 hours, administered by subcutaneous injection for 21 days and allopurinol at a dosage of 10 mg/kg/12 hours, given orally for 180 days. All dogs used deltamethrin impregnated antiparasite collars and were kept in a screened kennel. The animals were submitted to a complete physical examination and the data were registered in individual medical charts. The following procedures were carried out in all animals at up to seven moments: hemogram, lymph node and bone marrow aspiration biopsy to search for parasites, urinalysis, and liver and renal function tests. The moments were: M1- before treatment; M2- 30 days; M3- 60 days; M4- 90 days; M5- 120 days; M6- 150 days and M7- 180 days after the beginning of treatment. After the end of the six-month observation period (M7), all dogs were euthanized and spleen and liver "imprints" were performed to search for the parasite. All dogs presented symptom remission with the two therapeutic protocols; however, at the end of the experiment two dogs treated with meglumine antimoniate presented recurrence of the clinical picture. Before the beginning of the experiment hematological, urinary and biochemical alterations were observed in eight dogs due to the alterations caused by the parasite itself. The alterations found include... (Complete abstract, click electronic address below). / Mestre

Page generated in 0.0442 seconds