• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 176
  • 99
  • 26
  • 11
  • 11
  • 11
  • 11
  • 9
  • 9
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 319
  • 59
  • 39
  • 36
  • 27
  • 27
  • 24
  • 23
  • 23
  • 21
  • 19
  • 19
  • 17
  • 16
  • 16
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Sistemas binários e ternários envolvendo cobre (II) e benzalpiruvatos. Equilíbrios em solução aqöosa /

Melios, Cristo Bladimiros. January 1987 (has links)
Resumo: Clicar acesso eletrônico abaixo. / Abstract: Not available.
2

Microeconomía MTA1. Práctica dirigida N1. Equilibrio de mercado

29 April 2013 (has links)
1. Práctica dirigida N1. Equilibrio de mercado
3

Stationary sunspot equilibrium a survey

Leiva-Maldonado, Wilfredo 25 September 2017 (has links)
In this paper the main results about existence of Stationary Sunspot Equilibrium are given. Sketch of the proves and examples are commented. The types of economies included in the framework of this work are the intertemporal one-step forward looking economies.
4

Heterogeneidad de los agentes económicos y unicidad del equilibrio walrasiano

Lugon, Alejandro 25 September 2017 (has links)
El presente artículo está basado en los trabajos de W. Hildenbrandt, Grodal-Hildenbrandt y J.M. Grandmont, los cuales tienen un análisis "econométrico" del problema de unicidad, esto es: intentan obtener condiciones que aseguren la unicidad y que puedan ser verificadas a partir de los datos que la economía provee y ya no, como con el axioma débil [8], condiciones sobre las características "teóricas" de la economía.
5

Sobre la ley de la demanda generalizada y la unicidad del equilibrio walrasiano

Lugón, Alejandro 25 September 2017 (has links)
Introducción En la teoría del equilibrio general, el primer resultado deseable es la existencia de precios de equilibrio. Una vez que se tiene la existencia, el paso siguiente es obtener buenas propiedades para el conjunto de equilibrios, en este aspecto un buen resultado es la unicidad local, descartando la existencia de un continuo de equilibrios. Otro buen resultado es la compacidad del conjunto de equilibrios, uniendo este resultado con la unicidad local se concluye la existencia de un número finito de equilibrios. Este resultado aun siendo bueno, no es suficiente; lo ideal sería tener un único equilibrio.
6

Movimentos oculares de rastreio lento, sacadicos e nistagmo optocinetico em adultos normais

Fonseca, Mariane Meirelles 25 July 1997 (has links)
Orientador: Oscar Maudonnet / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-22T22:11:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Fonseca_MarianeMeirelles_M.pdf: 1550325 bytes, checksum: 945845240a94264bc34694824a97c24f (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: Estuda, em adultos nonnais, os movimentos oculares de rastreio lento (MORL), sacádicos (MOS) e o nistagmo optocinético (NO). Os sujeitos são 85 adultos com idade superior a 20 anos, que não apresentam sinais/sintomas sugestivos de função vestibular anonnal, déficit visual, doença neurológica, diabetes, hipertensão arterial, enxaqueca, déficit da motricidade ocular ou uso de drogas psicoativas. As seguintes variáveis são pesquisadas: 1. Movimentos de rastreio lento - ganho, velocidade média, números de movimentos sacádicos de correção e distorção, nas amplitudes de 15.2,23.0 e , 30.6°; 2. Movimentos oculares sacádicos - ganho, amplitude média, velocidade média, mínima e máxima nas amplitudes de 10 e 20°; 3. Nistagmo optocinético - ganho, velocidade, amplitud~ e freqüência média, em 20, 30, 40 e 500/s. As variáveis são relacionadas entre si e com a idade, nível de escolaridade e sexo. Pennite concluir não haver interferência de nível de escolaridade e sexo. Quanto à idade, para os MORL, o ganho mostra correlação negativa e a distorção correlação positiva com a idade. Os MOS não sofrem interferência da idade. Para o NO, o ganho, velocidade, amplitude e freqüência média apresentam correlação negativa com a idade apenas na velocidade de 50 o/s, mostrando a importância de serem usadas diferentes velocidades na estimulação. O aumento da amplitude e da velocidade de estimulação detennina: diminuição no número de sacádicos de correção e distorção e aumento da velocidade média nos MORL; aumento no ganho, amplitude média, velocidade média, velocidade máxima e velocidade mínima nos MOS; e diminuição do ganho e aumento da velocidade média no NO. Quanto aos movimentos oculares à direita e à esquerda, a velocidade média nos MORL é maior à esquerda, aSSIm como a amplitude e freqüência média no NO. As variáveis dos MOS são altamente correlacionadas entre si, o que também foi observado para as variáveis dos MORL e dono / Abstract: We study smooth pursuit eye movement (SPEM), saccadic eye movement (SEM) and optokinetic nystagmus (OKN), in nonnal adults. The subjects are 85 adults more than 20years-old who do not present signs or sYffiptoms suggesting abnonnal vestibular function, visual deficits, neurological disorders, diabetes, arterial hypertension, migraines, oculomotor deficits or the use of psychoactive drugs. The following variables are studied: 1. smooth pursuit eye movement - gain, average velocity, the number of saccadic movements for correction and distortion, at the amplitudes of 15.2, 23:0 and 30.6°; 2. Saccadic ocular movements - gain, average amplitude, and minimum, average and maximum velocity at amplitudes of 10 and 20°; 3. Optokinetic nystagmus - gain, velocity, amplitude and average frequency, at 20, 30, 40 and 500/s. The variables are related to each other and to the subjects' age, educationallevel and sexo As for SPEMs, the gain shows negative correlation and the distortion shows positive correlation with age. SEMs do not show interference with age. For OKN, the gain, velocity, amplitude and average frequency show negative correlation with age only at the velocity of 50° /s, proving the importance of using various velocities during stimulation. The increase in amplitude and the velocity of stimulation causes: a decrease in the number of correction and distortion SEMs and an increase in the average velocity of SPEMs; and an increase in the gain, average amplitude, and minumum, average and maximum velocity of SEMs; and a decrease in gain and increase in average velocity of OKN. As for right and left ocular movement, average velocity of SPEMs is greater on the left, as are the amplitude and average frequency of the OKN. The SEM variables are highly interrelated, which was also observed for the SPEM and OKN variables / Mestrado / Mestre em Neurociencias
7

Ação de efetores alostericos sobre hemoglobinas de animais de diferentes especies

Focesi Junior, Aldo, 1933-2001 21 July 2018 (has links)
Tese (livre-docencia) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-21T16:42:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 FocesiJunior_Aldo_LD.pdf: 1322385 bytes, checksum: 096d28181f17e7e4718b12efc1a60f6c (MD5) Previous issue date: 1980 / Resumo: Os estudos de equilíbrio e cinética de hemoglobinas de diferentes espécies animais levaram as seguintes conclusões: 1-Hemoglobinas de anfíbios de duas espécies Bufo paracnemis (Bufonidae) de habitat terrestre e Pipa carvalhoi (Pipidae) aquático, mostraram respectivamente efeito Bohr muito baixo na ausência de cofatores. Na presença de ATP a hemoglobina de Bufo paracnemis não apresenta alteração deste efeito, enquanto que aquelas de Pipa carvalhoi mostram aumento substancial pelo nucleotídeo. 2-Estudos de equilíbrio e cinética de hemoglobina de duas serpentes da mesma família (Colubridae) : Helicops modestus , aquática e Liophis miliaris semi-aquática, mostraram efeito Bohr muito baixo na hemoglobina da primeira e efeito ponderável naquela de Liophis miliaris. 0 ATP produz grande efeito nas hemoglobinas de ambas as espécies mormente na mais terrestre. Os dados cinéticos estão de acordo com os dados do equilíbrio. 3-Estudos de equilíbrio e cinética dos quatro componentes de hemoglobina do peixe Pterygoplichthys pardalis mostraram que eles podem ser divididos em dois grupos funcionais distintos: um primeiro (componente I) com pequeno efeito Bohr reverso na ausência de ATP e grande efeito Bohr normal na sua presença. Por outro lado o segundo grupo com os componentes II, III, IV com comportamento semelhantes entre si, mostra efeito Bohr normal mais evidente em pH baixo, efeito que não se altera por ATP. 4-Os resultados no caso dos anfíbios e répteis estudados, são consistentes com uma relação íntima entre o habitat ou a taxa metabólica dos animais e a disponibilidade de oxigênio do meio. No caso do peixe a complementaridade de função dos diferentes componentes da hemoglobina é discutida. 5-Foi proposto um efetor alostérico abundante em glóbulos vermelhos de animais, o NADPH. Estudos de equilíbrios com oxigênio demonstram sua eficiência como efetor de hemoglobina humana. A ligação hemoglobina-NADPH foi analisada espectrofluorimetricamente / Abstract: Equilibrium and kinetic studies of hemoglobin from diffrent animal species allow us to the following conclusions: Hemoglobins from two amphibiam species Bufo paracnemis, with terrestrial habitat and Pipa carvalhoi an acquatic animal, showed Bohr effect very low, closed to zero. In the presence of ATP, Bufo paracnemis hemoglobins still did not present Bohr effect whereas those of Pipa carvalhoi showed a definitive increase in such effect by the nucleotide. Equilibrium and kinetic studies of hemoglobins from two water-snakes of the same family (Colubridae): Helicops modestus, aquatic and Liophis miliaris semi-aquatic, showed a resonable Bolir effect only in the less acquatic species and absence in that of H. modestus. The ATP however induces a remarkable effect in both snake's hemoglobins, mainly in the terrestrial one. The kinetic data are in aggreement with those of equilibrium. Equilibrium and kinetic studies of four hemoglobin components from Pterygoplichthys pardalis, an amazon catfish, allow us to separate in two groups of components, with different functional properties: the first (component I) with small Bohr effect which increases with ATP, and the second group (components II, III and IV) which, instead showed a very large normal Bohr effect that does not change by ATP. The components from the second group arc funotionaly simitar. The results found with the amphibia and reptiles studies are consistent with a relationship between either the habitat or the metabolic rate of the animals and the oxygen disposability of the ambient. Concerning to the fish it was possible to discuss the complementarity of the component functions. It was proposed as alosteric effector, NADPII, abundant it animal red cells. The equilibrium studies with oxygen showe its eficiency on human hemoglobin. The hemoglobin-NADPH binding was also analysed by spectrofluorimetry / Tese (livre-docencia) - Univer / Livre-Docente em Bioquimica
8

Determinação do excesso da energia livre de gibbs de sistemas do tipo n-hexano/alcool alifatico na faixa de 323,15 a 348,15 K e de 30 a 130 KPa

Maciel, Maria Regina Wolf, 1955- 30 October 1985 (has links)
Orientador: Artur Zaghini Francesconi / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Campinas / Made available in DSpace on 2018-07-14T15:12:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maciel_MariaReginaWolf_M.pdf: 3551673 bytes, checksum: d7d31790bd0bbb64ace08d368cf997f7 (MD5) Previous issue date: 1985 / Resumo: O propósito principal deste trabalho foi o de se determinar o excesso da energia livre de Gibbs, de sistemas binários, do tipo n-hexano/álcool alifático, através de medidas isotérmicas do equilíbrio de fases liquido-vapor, utilizando-se um aparelho de recirculação. A escolha dos sistemas foi feita ele modo a permitir um estudo sistemático no comportamento da grandeza excesso relativamente ao número de átomos de carbono do álcool, posição do radical OH- e temperatura, com um mesmo solvente. Foram estudados os sistemas n-hexano/1 - propanol a 338,15 e 348,15 K, n-hexano/2 - propanol a 323,15, 338,15 e 348,15 K e n-hexano/l - butanol a 323,15, 338,15 e 348,15 K, numa faixa de pressão que variou desde 30 até 130 KPa. Foi testado o modelo semi-empírico de soluções de Wilson e através dos parâmetros desta equação, foram calculados o excesso de entalpia e entropia para os sistemas em estudo. Com a finalidade de se testar o desempenho do equipamento e o método de operação, foram medidos a curva de pressão de vapor do etanol na faixa de 9 a 142 KPa ,dados de equilíbrio de fases liquido-vapor do sistema ciclohexano/tolueno a 323,15 K e do sistema altamente não-ideal etanol/água a 343,15 K. Os dados obtidos foram comparados com resultados da literatura. Todos os dados experimentais foram testados quanto a sua consistência termodinâmica. / Abstract: The main purpose of this work is concerned with the determination of the excess Gibbs free energy of binary systems of n-hexane/aliphatic alcohol type, through isothermal phase equilibrium measurements, using a recirculating still. The choice of the systems was made to allow a systematic study of the influence of the carbon number in the alcohol, the OH- radical position and the temperature on the excess Gibbs free energy, with a same solvent. The studied systems were: n-hexane/1-propanol at 338,15 K and 348,15 K, n-hexane/2-propanol at 323,15, 338,15, and 348,15 K and n-hexane/1-butanol at 323,15, 338,15 and 348,15 K, in the range 30 to 130 KPa. Using the semi-empirical solution model of Wilson, the excess Gibbs free energy, excess enthalpy and excess entropy were calculated. The equipment performance and operation were tested by determining the ethanol vapor pressure curve in the range 9 to 142 KPa, liquid-vapor phase equi1ibriurn curves of the cyclohexane/toluene system at 323,15 K and of the ethanol/water system at 343,15 K. The collected data were compared with literature results. All the equilibrium data were tested for thermodynamic consistency. / Mestrado / Mestre em Engenharia Química
9

Equilíbrio magnetohidrodinâmico de sistemas axissimétricos com rotação toroidal

Mansur, Newton Luiz Pires 12 March 1986 (has links)
Orientador: Paulo Hiroshi Sakanaka / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Fisica Gleb Wataghin / Made available in DSpace on 2018-07-14T15:13:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Mansur_NewtonLuizPires_M.pdf: 1570706 bytes, checksum: 54197c0eb4f7e95476b9a62a61758a6a (MD5) Previous issue date: 1986 / Resumo: Neste trabalho usamos o modelo desenvolvido por Machke e Perrin para o estudo do equilíbrio magnetohidrodinâmico de plasma confinado axissimetricamente com rotação puramente toroidal, chegando assim a uma extensão da equação de Grad-Shafranov. Modificarmos a expressão usada para a pressão escalar e incluímos a influência do campo magnético toroidal, podendo assim estender a teoria a diferentes tipos de confinamento. Descrevemos em primeiro lugar a equação para um movimento geral do plasma confinado axissimetricamente, particularizando depois a movimentos de rotação pura. Devido a estas aproximações perdemos informação sobre nossas grandezas termodinâmicas, sendo assim obrigados a reavê-las. Para Isto comparamos dois casos diferentes, um supondo entropia como função do fluxo magnético poloidal (o que já acontece no caso de movimento geral) e o outro supondo temperatura como função do fluxo (levando em conta a alta condutividade térmica nas superfícies de fluxo constante). Estabelecemos as equações para os dois casos chegando a uma expressão simplificada através de outras aproximações. Elaborada a teoria, comparamos esta ao modelo de Shibata, que usa densidade como função do fluxo, e ao modelo do Spheromak ideal. Estudamos um conjunto de casos levando em conta dados experimentais. Chegamos a conclusão que para grandezas de movimento (velocidade, freqüência e número de Mach), as eletrodinâmicas (fluxo magnético poloidal, campo magnético e densidade de corrente) e a pressão escalar, não importa qual o modelo usado, os resultados seriam muito próximos até para alta rotação, a não ser para as outras grandezas termodinâmicas (densidade e temperatura), onde estas, através de medidas experimentais bem precisas, determinariam qual modelo estaria mais próximo da realidade / Abstract: Not informed. / Mestrado / Física / Mestre em Física
10

Efeito de um fluxo de difusão nos modos kink interno resistivo e de reconexão

Machado, Waltair Vieira 22 July 1980 (has links)
Orientador: Ricardo Magnus Osorio Galvão / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Fisica Gleb Wataghin / Made available in DSpace on 2018-07-15T07:23:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Machado_WaltairVieira_M.pdf: 1976150 bytes, checksum: ebd557829c1a6a830acf6c25236b08e7 (MD5) Previous issue date: 1980 / Resumo: Até recentemente, os trabalhos sobre instabilidades resistivas têm sistematicamente considerado um sistema em equilíbrio estático no qual uma pequena perturbação é introduzida. Este modelo não é inteiramente auto-consistente, porque, em virtude da resistividade finita do plasma, o fluido tem uma velocidade de difusão resistiva de equilíbrio dada por VR = r0/tR (ou o que é equivalente, ¶B/¶t ¹ 0 no equilíbrio). O efeito de VR não se processa na escala de tempo tR, como se argumentava, e sim na escala de tempo necessária para o fluido atravessar a camada resistiva, ou seja, d/VR. Em outras palavras, VR pode ser desprezado somente para modos nos quais gd/VR >> 1. A inclusão de VR na análise de modos resistivos tais que g ~ VR/d - tende a estabilizar o modo. A análise do efeito de VR ¹ 0 na estabilidade de modos resistivos, tem sido até o presente somente restrita a modos, para os quais a perturbação está localizada no entorno da camada resistiva. O trabalho desenvolvido nesta tese estende esta análise para outros modos resistivos para os quais o efeito de VR ¹ 0 ainda não havia sido estudado. Em particular, analisaremos o modo Kink Interno Resistivo e o modo de Reconexão. Mostramos com este trabalho, que o Modo Kink Interno não é afetado pelo fluxo de difusão. No entanto o Modo de Reconexão é atenuado pela presença de um fluxo difusivo de velocidade. A razão de crescimento do modo de Reconexão, quando se considera VR ¹ 0 fica reduzida cerca de 35% em relação ao valor encontrado para a análise do modo, usando o modelo de equilíbrio estático / Abstract: Until recently works on resistive instabilities has systematically considered a system in static equilibrium on which a small perturbation is introduced. This model is not completely self-consistent, because, due to the finite plasma resitivity the fluid has an equilibrium resistive diffusion velocity given by VR = r0/tR (in another words ¶B/¶t ¹ 0 in equilibrium). The effect of VR does not occur in the time scale of tR, as usually given, but in the time scale necessary for the fluid to go through the resistive layer, i. e. , d/VR. In another words, VR can be neglected only for modes in which the growth rate g >> VR/d. An inclusion of VR in the analysis of resistive modes, such that g ~ VR/d, tends to stabilize the mode. Up to now, the analysis of the effect of VR ¹ 0 in the stability of resistive modes has been restricted to modes for which the perturbation is localized in the neighborhood of the resistive layer. In this work this analyze, is extended to other resistive modes for which the effect of VR ¹ 0 is not yet been studied. In particular, we will analyze the resistive internal kink mode and the reconnection mode. We show that the internal kink mode is not affected by the diffusion flux. However the reconnection mode is attenuated by the presence of a velocity flux diffusion. When we consider VR ¹ 0, the growth rate of the reconnection mode is reduced by about 35% relative to the static equilibrium case / Mestrado / Física / Mestre em Física

Page generated in 0.0259 seconds