• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 133
  • 4
  • Tagged with
  • 137
  • 137
  • 78
  • 42
  • 31
  • 29
  • 27
  • 25
  • 25
  • 25
  • 24
  • 24
  • 23
  • 22
  • 21
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Modelação matemática da queda livre. / Mathematical modeling of free overfall.

Monteiro, Elizandra Amaral 29 September 2006 (has links)
Esta dissertação trata da hidráulica da queda livre em canal de seção retangular. A análise bibliográfica do tema está calcada nos trabalhos pioneiros, nos clássicos e nos recentes. Com base nos princípios da Física: Conservação de Massa, Quantidade de Movimento, e Primeira Lei da Termodinâmica, foi desenvolvido um modelo matemático para a queda livre. O modelo proposto, após ser analisado do ponto de vista de sua consistência, foi validado em comparações com resultados fornecidos por outros pesquisadores, geralmente com modelos empíricos (ou semi-empíricos), ajustados a dados experimentais. Os resultados obtidos pelo modelo matemático proposto nesta dissertação, correspondem a boas estimativas das grandezas envolvidas nos escoamentos em queda livre, o que credencia o modelo proposto como uma ferramenta apropriada para projetos em engenharia hidráulica, principalmente quando se tem em conta que a queda livre é o mecanismo de dissipação mais presente na natureza. / This study addresses free fall hydraulics in rectangular channel section. References were based on not only earlier studies, but also on classical and most recent ones. Based on principles of Physics, such as mass conservation, momentum and the First Law of Thermodynamics, a mathematical model has been developed as an example of free fall hydraulic. After extensive consistency analyses the proposed model has been validated by comparing different results furnished by other researchers, generally based on empirical or semiempirical treatment adjusted to experimental data. Results obtained from the mathematical model proposed here correspond to good estimates of greatnesses involved in the free overfall and that turns the proposed model into an adequate tool for Hydraulic Engineering projects, especially when we all know free overfall is the most common dissipation mechanism in Nature.
42

Integração de atributos morfométricos e geotécnicos para definição de zonas sujeitas à inundação na Bacia do Ribeirão Bocaina (MG) / Integration of morphometric attributes and geotechnical for definition of areas subject to flood in the basin of Ribeirão Bocaina (MG)

Carvalho, Ana Cláudia Pereira 05 May 2017 (has links)
A área de estudo foi a bacia hidrográfica do Ribeirão Bocaina que abrange totalmente a área urbana de Passos (MG) que há muito tempo vem sofrendo com problemas de inundações. O trabalho teve como objetivo principal determinar e analisar a potencialidade à inundação da bacia hidrográfica e da área urbana, integrando atributos morfométricos e geotécnicos. Para isso adotou-se duas escalas de trabalho, 1:50.000 para a bacia hidrográfica e 1:10.000 para a área urbana. Ressalta-se que para a execução dos procedimentos metodológicos foi necessário a utilização dos softwares ArcGIS10® e o TerraHidroView 0.4.5® e também de dados e mapas básicos disponibilizados pelo Projeto Grande Minas. Neste trabalho foram elaborados os seguintes documentos interpretativos: a Carta de Potencial dos Meios Físico e Antrópico ao Escoamento Superficial, desenvolvida por meio da ponderação de atributos com a técnica AHP (Analytical Hierarchy Process); a Carta de Suscetibilidade Morfométrica à Inundação que classificou as sub-bacias hidrográficas do Ribeirão Bocaina com base em cinco parâmetros morfométricos; a Carta da Distância Vertical da Drenagem mais próxima, obtida com auxílio do modelo HAND (Height Above the Nearest Drainage) e a Carta de Predisposição Topográfica à Inundação para a bacia hidrográfica e para a área urbana, obtida a partir da correlação entre a suscetibilidade morfométrica à inundação e o modelo HAND. Além destes produtos cartográficos interpretativos, foi realizada também uma análise detalhada do potencial à inundação considerando as bacias hidrográficas urbanas, identificando os pontos de confluência críticos que demandam maiores cuidados e os locais que apresentam forte tendência ao crescimento urbano e que poderão proporcionar aumento da taxa de impermeabilização a montante da área urbana e potencializar as inundações. Os produtos interpretativos elaborados servirão de aporte para os gestores e planejadores em suas tomadas de decisão, visando à atenuação dos impactos frente à ocorrência do processo. / The study area was the basin of Ribeirão Bocaina covering the entire urban area of Passos (MG) that has long been suffering with flood problems. The work had as main objective to determine and analyze the potential for flooding of the watershed and of the urban area, integrating morphometric attributes and geotechnical. To that adopted two working scales, 1:50.000 for the watershed and 1:10.000 for the urban area. It should be noted that for the implementation of the methodological procedures was necessary the use of ArcGIS10® software and TerraHidroView 0.4.5® and also basic maps and data provided by Projeto Grande Minas. In this work the following interpretative documents were prepared: the Runoff Potential Map to the Physical and Anthropic Environment, developed through weighting of attributes with the AHP technique (Analytical Hierarchy Process); the Morphometric Susceptibility to Flood Map classified the sub-basins of the Ribeirão Bocaina based on morphometric parameters five; the Vertical Distance of the nearest Drainage Map, obtained with the aid of HAND model (Height Above the Nearest Drainage) and the Topographical Predisposition to the flood Map for the watershed and for the urban area, obtained from the correlation among the morphometric susceptibility to flood and the HAND model. In addition to these interpretative cartographic products, a detailed analysis of the flood potential considering the urban watersheds has been made, identifying the critical points of convergence that demand greater care and those places that have a strong tendency to urban growth and that may increase the waterproofing rate upstream of the urban area and increase flooding. The interpretive products developed will serve as a contribution for managers and planners in their decision-making, aimed at attenuating at the mitigation of the impacts against the occurrence of the process.
43

Estudo multitemporal da conservação do solo em áreas militares : bacia do rio Preto – GO/DF/MG

Corrêa, Vilson Rocha 26 July 2018 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-graduação, 2018. / A Equação Universal de Perdas de Solos (EUPS) vem sendo amplamente utilizada para o cálculo da perda de solos nos mais variados biomas. O bioma Cerrado, segundo maior da América do Sul, possui uma área correspondente a quase 22% do território brasileiro, apresentando elevada relevância em termos de diversidade biológica e dos recursos hídricos. Nesse contexto, este estudo teve como objetivo fazer o uso da EUPS para calcular o total de solos perdido entre as décadas de 1970 a 2016 na região da Bacia do Alto Rio Preto – Goiás, Distrito Federal e Minas Gerais, sendo esta subdivida em: área militar, áreas agrícolas e áreas urbanas (todas elas apresentando o cerrado como vegetação típica), visando observar qual o impacto que cada um destes usos da terra provocam, sobretudo para perda laminar de solo. Para uma área de 3.500 km², aplicou-se a EUPS utilizando os seguintes parâmetros: 12 estações pluviométricas com dados coletados entre os anos de 1970 a 2016, para calcular a erosividade da chuva (fator R), cujo o valor é obtido pelo produto entre a energia cinética total da chuva (E) e a sua intensidade máxima em 30 min (I30); SRTM com 90 metros de precisão para o cálculo do fator comprimento do declive (L) e, fator grau do declive (S); cálculo do fator uso, manejo e cobertura do solo (C) e, P o fator práticas conservacionistas de suporte do solo através de classificações de uso de solo (Pacheco et al, 2018) em analises de imagens de satélite obtidas pelo LANDSAT (5, 7, 8) em cenas de 1970, 1973, 1991, 2000, 2010 e 2016; Mapa de Solos em escala 1:250.000 (Fonte: ZEE-RIDE, CPRM, 2003) melhorado com dados de grupos litológicos da mesma fonte e, MDT SRTM 90m, para o cálculo do Fator K. A análises em síntese resultou em classe baixa de perda de solo para toda área, com predomínio de latossolos e com baixo grau de declividade. Sendo que nas décadas de 1980 e 1990 houve aumento das perdas de solo devido ao desmatamento e aumento das pastagens. A partir da década de 2000, o manejo agrícola ajudou na contenção da perda de solos. A área militar do CIF (Campo de Instrução de Formosa), sempre teve números irrisórios de perda de solos desde sua consolidação na década de 1980. Os resultados da análise espaço-temporal serviram como base para demonstrar os impactos dos processos erosivos que ocorreram com o desmatamento do Cerrado. Além disso, as informações geradas proporcionaram melhor compreensão da dinâmica do Cerrado podendo auxiliar na tomada de decisões de medidas de gestão e manjo de florestas e de uso do solo consciente. / The Universal Soil Loss Equation (EUPS) has been widely used to calculate the loss of soils in the most varied biomes. The Cerrado biome, the second largest in South America, has an area corresponding to almost 22% of the Brazilian territory, presenting high relevance in terms of biological diversity and water resources. In this context, this study aimed to make use of EUPS to calculate the total soils lost between the 1970s and 2010s in the Alto Rio Preto Basin - Goiás, Federal District and Minas Gerais, which is subdivided into: military, agricultural areas and urban areas (all of which present the cerrado as typical vegetation), in order to observe the impact that each of these uses of the land provoke, under everything for laminar soil loss. For an area of 3,500 km², the EUPS was applied using the following parameters: 12 rainfall stations with data collected between 1970 and 2016 to calculate rain erosivity (R factor), whose value is obtained by the product between the total kinetic energy of the rain (E) and its maximum intensity in 30 min (I30); SRTM with 90 meters of precision for the calculation of slope length factor (L) and, slope grade factor (S); (C), and (Pacheco et al., 2018) in the analysis of satellite images obtained by LANDSAT (5, 7, 8) in scenes from 1970, 1973, 1991, 2000, 2010 and 2016; Map of Soils at scale 1: 250,000 (Source: ZEERIDE, CPRM, 2003) improved with data from lithological groups from the same source and, MDT SRTM 90m, for the calculation of Factor K. The analysis in synthesis resulted in low class of loss of soil for all areas, with a predominance of latosols and with a low degree of slope. Since in the 1980s and 1990s there was an increase in soil losses due to deforestation and increased pastures. Since the 2000s, agricultural management has helped contain soil loss. The CIF military area has always had negligible numbers of soil loss since its consolidation in the 1980s. The results of the space-time analysis served as a basis to determine the impacts that deforestation of the Cerrado under intensification of erosion processes. In addition, the information generated provided a better understanding of the dynamics of the Cerrado and could help in the decision making of forest management and management measures and the use of the conscious soil.
44

Estudo da din??mica da satura????o do solo e suas consequ??ncias no processo de escoamento superficial na Unidade Hidrogr??fica do Riacho Fundo

Stragliotto, Cleber 26 April 2010 (has links)
Submitted by Sara Ribeiro (sara.ribeiro@ucb.br) on 2017-08-16T20:51:59Z No. of bitstreams: 1 CleberStragliottoDissertacao2010.pdf: 3838856 bytes, checksum: b2b8847ea974023e84ea8b6bb6c14cf1 (MD5) / Approved for entry into archive by Sara Ribeiro (sara.ribeiro@ucb.br) on 2017-08-16T20:52:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 CleberStragliottoDissertacao2010.pdf: 3838856 bytes, checksum: b2b8847ea974023e84ea8b6bb6c14cf1 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-16T20:52:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 CleberStragliottoDissertacao2010.pdf: 3838856 bytes, checksum: b2b8847ea974023e84ea8b6bb6c14cf1 (MD5) Previous issue date: 2010-04-26 / This paper addresses a topic of great importance for planning and environmental management in areas of severe urban occupation, as the Federal District. The Riacho Fundo Hydrographic Unit stands out for its importance in the composition of the drainage system of Paranoa Lake and been suffering because of influences of urbanization, imposed by the population. Urbanization, without proper planning, acts as a constraint of the processes related to runoff, facilitating the occurrence of problems such as flood peaks in the towns, dragging of sediments into the water bodies, increased susceptibility to erosion and changes in water regime. The runoff is generated from the point at which the precipitated water has no more ability to infiltrate the soil, to seep through on this in the form of a continuous flow. The factors that accentuate the process of runoff are the removal or replacement of native vegetation cover and soil sealing by urban systems. Another important phenomenon studied in this research, and direct influence on the runoff, was the ability of soil saturation. Soils that tend to saturate more easily are more likely to lead processes related to runoff, deserving areas where they are most attention when it comes to urban planning. / O presente estudo aborda uma tem??tica de grande import??ncia para o planejamento e gest??o ambiental em ??reas de acentuada ocupa????o urbana, como o Distrito Federal. A Unidade Hidrogr??fica do Riacho Fundo se destaca pela sua import??ncia na composi????o do sistema de drenagem do Lago Parano?? e pelo fato de estar sofrendo influ??ncias do processo de urbaniza????o imposto pela popula????o. A urbaniza????o, sem o devido planejamento, atua como condicionante dos processos vinculados ao escoamento superficial, facilitando a ocorr??ncia de problemas como picos de enchentes nas cidades, arraste de sedimentos para os corpos h??dricos, aumento da susceptibilidade de eros??es e altera????es no regime h??drico. O escoamento superficial ?? gerado a partir do ponto em que a ??gua precipitada n??o apresenta mais a capacidade de infiltrar no solo, passando a escoar sobre este sob a forma de um fluxo cont??nuo. Os fatores que mais acentuam o processo de escoamento superficial s??o a retirada ou substitui????o da cobertura vegetal nativa e a impermeabiliza????o do solo pelos sistemas urbanos. Outro importante fen??meno analisado neste estudo, e de influ??ncia direta sobre o escoamento superficial, foi a capacidade de satura????o do solo. Solos que tendem a saturar com mais facilidade s??o mais suscept??veis de desencadear os processos vinculados ao escoamento superficial, merecendo as ??reas em que se encontram maior aten????o no que tange ao planejamento urbano.
45

Dinâmica da erosão em uma microbacia coberta por cana-de-açúcar e floresta ripária / Soil erosion dynamics in a small watershed covered by sugarcane and riparian vegetation

Gomes, Taciana Figueiredo 19 December 2017 (has links)
O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, com uma área cultivada de aproximadamente 10 milhões de hectares. Em se tratando da sustentabilidade ambiental dessas áreas nota-se que há ainda um grande caminho a ser percorrido. Um dos problemas mais agudos é a erosão do solo e as suas implicações que trazem prejuízos ao produtor, à comunidade, à economia e ao meio ambiente. Neste estudo, objetivou-se investigar a erosão hídrica em uma microbacia de 6 hectares, nas duas vertentes cobertas por cana-de-açúcar, e com a presença de floresta na área ripária, em conformidade com o Código Florestal Brasileiro. Para isso, pluviômetros foram instalados para medir o volume e a intensidade das chuvas. A geração de escoamento superficial e da perda de solo foram estimados por parcelas instaladas nas duas vertentes cultivadas com cana-de-açúcar e na floresta ripária. Batimetria foi realizada no canal para avaliar o volume de sedimento depositado no riacho. A origem deste material foi determinada pelas composições isotópicas do carbono, expresso com ? 13C, utilizando-se como referência amostras de solo de áreas manejadas com cana-de-açúcar e floresta ripária. Nos estágios iniciais da cultura, a intensidade da chuva influenciou significativamente a ocorrência de escoamento e a desagregação do solo; que foram minimizadas com o crescimento da cana. Na floresta ripária, o escoamento superficial e a desagregação do solo ocorreram somente durante eventos intensos. Em uma das vertentes, cerca de 5% da precipitação anual foi drenada como escoamento superficial; na outra vertente, esta proporção aumentou para aproximadamente 11% e na floresta ripária diminuiu para menos de 2%. A perda do solo foi de aproximadamente 1.000 g m-2 em uma vertente, aumentou para cerca de 5.000 g m-2 na outra vertente, decrescendo para apenas 50 g m-2 na floresta ripária. Através da batimetria, estimou-se que 3,6 Mg de sedimentos por hectare foram carreados no riacho durante a estação chuvosa. A análise das composições isotópicas indicou que cerca de 30% da matéria orgânica presente no sedimento do riacho foi proveniente das áreas de cana e os outros 70% foram provenientes das áreas de floresta / Brazil is the world largest sugarcane producer, with a cropped area of approximately 10 million hectares. Soil erosion and its implications are some of the neglected environmental problems in sugarcane fields. In this study a plot of 6 hectares cropped with sugarcane, encompassing a 30 meters of riparian forest bordering a stream was chosen. Two pluviometers were installed in an open area in order to measure the amount and intensity of rain during the rainy season. Surface runoff generation and soil detachment were estimated by plots installed in cultivated and riparian areas. Bathymetry was carried out in the stream channel to estimate the soil mass settled on the stream bed. The sources of organic matter were investigated by carbon (?13C) stable isotopic compositions. In the earlier stages of the crop, the rain intensity strongly influenced runoff generation and soil detachment; that were minimized with the plant growth. In riparian areas, runoff and soil detachment occurred only during intense events. The total rainfall was approximately 1,500 mm, in one slope of the sugarcane field, approximately 5% of this rainfall drained from the watershed as surface runoff; in the other slope this proportion increased to approximately 11%, and in the riparian forest decreased to less than 2%. The soil detachment was approximately 1,000 g m-2 in one sugarcane slope, and increased to approximately 5,000 g m-2 in the other slope, decreasing in the riparian forest to only 50 g m-2. Using the bathymetry conducted in the stream channel, we estimated that 3.6 Mg of sediment per hectare were settled on the stream bed during the rainy season. The averages ?13C of soil from forest and sugarcane areas and in the stream bed indicated that 30% of this material was generated in the sugarcane areas and 70% in the riparian forest
46

Modelação matemática da queda livre. / Mathematical modeling of free overfall.

Elizandra Amaral Monteiro 29 September 2006 (has links)
Esta dissertação trata da hidráulica da queda livre em canal de seção retangular. A análise bibliográfica do tema está calcada nos trabalhos pioneiros, nos clássicos e nos recentes. Com base nos princípios da Física: Conservação de Massa, Quantidade de Movimento, e Primeira Lei da Termodinâmica, foi desenvolvido um modelo matemático para a queda livre. O modelo proposto, após ser analisado do ponto de vista de sua consistência, foi validado em comparações com resultados fornecidos por outros pesquisadores, geralmente com modelos empíricos (ou semi-empíricos), ajustados a dados experimentais. Os resultados obtidos pelo modelo matemático proposto nesta dissertação, correspondem a boas estimativas das grandezas envolvidas nos escoamentos em queda livre, o que credencia o modelo proposto como uma ferramenta apropriada para projetos em engenharia hidráulica, principalmente quando se tem em conta que a queda livre é o mecanismo de dissipação mais presente na natureza. / This study addresses free fall hydraulics in rectangular channel section. References were based on not only earlier studies, but also on classical and most recent ones. Based on principles of Physics, such as mass conservation, momentum and the First Law of Thermodynamics, a mathematical model has been developed as an example of free fall hydraulic. After extensive consistency analyses the proposed model has been validated by comparing different results furnished by other researchers, generally based on empirical or semiempirical treatment adjusted to experimental data. Results obtained from the mathematical model proposed here correspond to good estimates of greatnesses involved in the free overfall and that turns the proposed model into an adequate tool for Hydraulic Engineering projects, especially when we all know free overfall is the most common dissipation mechanism in Nature.
47

Dinâmica da erosão em uma microbacia coberta por cana-de-açúcar e floresta ripária / Soil erosion dynamics in a small watershed covered by sugarcane and riparian vegetation

Taciana Figueiredo Gomes 19 December 2017 (has links)
O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, com uma área cultivada de aproximadamente 10 milhões de hectares. Em se tratando da sustentabilidade ambiental dessas áreas nota-se que há ainda um grande caminho a ser percorrido. Um dos problemas mais agudos é a erosão do solo e as suas implicações que trazem prejuízos ao produtor, à comunidade, à economia e ao meio ambiente. Neste estudo, objetivou-se investigar a erosão hídrica em uma microbacia de 6 hectares, nas duas vertentes cobertas por cana-de-açúcar, e com a presença de floresta na área ripária, em conformidade com o Código Florestal Brasileiro. Para isso, pluviômetros foram instalados para medir o volume e a intensidade das chuvas. A geração de escoamento superficial e da perda de solo foram estimados por parcelas instaladas nas duas vertentes cultivadas com cana-de-açúcar e na floresta ripária. Batimetria foi realizada no canal para avaliar o volume de sedimento depositado no riacho. A origem deste material foi determinada pelas composições isotópicas do carbono, expresso com ? 13C, utilizando-se como referência amostras de solo de áreas manejadas com cana-de-açúcar e floresta ripária. Nos estágios iniciais da cultura, a intensidade da chuva influenciou significativamente a ocorrência de escoamento e a desagregação do solo; que foram minimizadas com o crescimento da cana. Na floresta ripária, o escoamento superficial e a desagregação do solo ocorreram somente durante eventos intensos. Em uma das vertentes, cerca de 5% da precipitação anual foi drenada como escoamento superficial; na outra vertente, esta proporção aumentou para aproximadamente 11% e na floresta ripária diminuiu para menos de 2%. A perda do solo foi de aproximadamente 1.000 g m-2 em uma vertente, aumentou para cerca de 5.000 g m-2 na outra vertente, decrescendo para apenas 50 g m-2 na floresta ripária. Através da batimetria, estimou-se que 3,6 Mg de sedimentos por hectare foram carreados no riacho durante a estação chuvosa. A análise das composições isotópicas indicou que cerca de 30% da matéria orgânica presente no sedimento do riacho foi proveniente das áreas de cana e os outros 70% foram provenientes das áreas de floresta / Brazil is the world largest sugarcane producer, with a cropped area of approximately 10 million hectares. Soil erosion and its implications are some of the neglected environmental problems in sugarcane fields. In this study a plot of 6 hectares cropped with sugarcane, encompassing a 30 meters of riparian forest bordering a stream was chosen. Two pluviometers were installed in an open area in order to measure the amount and intensity of rain during the rainy season. Surface runoff generation and soil detachment were estimated by plots installed in cultivated and riparian areas. Bathymetry was carried out in the stream channel to estimate the soil mass settled on the stream bed. The sources of organic matter were investigated by carbon (?13C) stable isotopic compositions. In the earlier stages of the crop, the rain intensity strongly influenced runoff generation and soil detachment; that were minimized with the plant growth. In riparian areas, runoff and soil detachment occurred only during intense events. The total rainfall was approximately 1,500 mm, in one slope of the sugarcane field, approximately 5% of this rainfall drained from the watershed as surface runoff; in the other slope this proportion increased to approximately 11%, and in the riparian forest decreased to less than 2%. The soil detachment was approximately 1,000 g m-2 in one sugarcane slope, and increased to approximately 5,000 g m-2 in the other slope, decreasing in the riparian forest to only 50 g m-2. Using the bathymetry conducted in the stream channel, we estimated that 3.6 Mg of sediment per hectare were settled on the stream bed during the rainy season. The averages ?13C of soil from forest and sugarcane areas and in the stream bed indicated that 30% of this material was generated in the sugarcane areas and 70% in the riparian forest
48

O impacto do uso do solo na contaminação por agrotóxicos das águas superficiais de abastecimento público / The impact of land use in the contamination of the superficial waters of public supply by pesticides

Denise Piccirillo Barbosa da Veiga 05 May 2017 (has links)
Introdução: A qualidade e quantidade das águas superficiais estão diretamente relacionadas com as atividades econômicas presentes nas bacias hidrográficas e seus níveis de preservação. O aumento no uso de agrotóxicos pode contribuir para a contaminação do solo e da água, sobretudo em bacias hidrográficas agrícolas. A prevenção da contaminação dos mananciais é essencial para garantir a qualidade da água e diminuir os riscos à saúde humana, para tanto é preciso identificar como o uso e a ocupação do solo impactam os recursos hídricos, sua qualidade e seu equilíbrio hidrológico. Objetivo: Caracterização ambiental de duas bacias de mananciais de abastecimento público de forma a identificar áreas vulneráveis quanto à contaminação de agrotóxicos. Método: Aplicação do modelo hidrológico SWAT para caracterização da bacia e para simulação do ciclo hidrológico. Divisão da bacia hidrográfica em subbacias de acordo com o predomínio da ocupação do solo. Trabalho de campo para identificação de fontes pontuais de contaminação. Resultados: Foi verificado o impacto do uso e ocupação do solo no balanço hídrico das bacias. O escoamento superficial foi um dos principais meios de contaminação dos corpos dágua e esteve relacionado a presença de vegetação. Áreas de maior preservação apresentaram menor escoamento superficial enquanto àquelas com predomínio de agricultura e de solo exposto apresentaram valores maiores. A partir desses dados foram identificadas as áreas prioritárias para melhor gestão do uso de agrotóxicos por apresentarem potencial de contaminação dos corpos dágua. Conclusão: O modelo SWAT e as ferramentas de geoprocessamento se mostraram adequadas para a caracterização do uso do solo e os resultados fornecem subsídios para melhoria das ações de vigilância da qualidade da água nos municípios / Introduction: The surface waters quality and quantity are directly related to the economic activities present in the river basins and their levels of preservation. The increase in the use of pesticides can contribute to the contamination of soil and water, especially in agricultural watersheds. Preventing the contamination of water sources is essential to guarantee water quality and reduce risks to human health. Therefore, it is necessary to identify how the land use impacts water resources, their quality and their hydrological balance. Objective: Environmental characterization of two watersheds of public supply sources in order to identify vulnerable areas for the contamination of pesticides. Method: Application of the SWAT hydrological model for basin characterization and simulation of the hydrological cycle. Division of watershed in subbasins according to the predominance of the land use. Fieldwork to identify point sources of contamination. Results: The impact of land use and occupation on the water balance of the watersheds was verified. Surface runoff was one of the main means of contamination of water bodies and was related to the presence of vegetation in the area. Areas of greater preservation presented lower surface runoff while those with predominance of agriculture and exposed soil showed higher values. Priority areas for better use of agrochemicals were identified because they present potential for contamination of water bodies. Conclusion: The SWAT model and spatial tools were adequate for the characterization of land use and the results provide subsidies for the improvement of water quality monitoring actions in municipalities
49

Partições pluviométricas nos cultivos de soja, milho e braquiária no município de Jataí (GO) / Partitions rainfall crops in soybeans, corn and the municipality of braquiária Jataí (GO)

Silva Júnior, Uilton Pereira da 25 March 2013 (has links)
Submitted by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2014-10-03T12:24:01Z No. of bitstreams: 2 Dissertação - Uilton Pereira da Silva Júnior - 2013.pdf: 4441880 bytes, checksum: 0e326268ea8b7a4519657530f34d0fe8 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) / Approved for entry into archive by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2014-10-06T10:34:13Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertação - Uilton Pereira da Silva Júnior - 2013.pdf: 4441880 bytes, checksum: 0e326268ea8b7a4519657530f34d0fe8 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-10-06T10:34:13Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação - Uilton Pereira da Silva Júnior - 2013.pdf: 4441880 bytes, checksum: 0e326268ea8b7a4519657530f34d0fe8 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Previous issue date: 2013-03-25 / The aim of this work is to study the rainfall partitions in three cultures under different soil managements: soya (Glycine max (L) Merrill) in no-tillage, corn (Zea Mays) in conventional tillage and brachiaria (brachiaria decumbens Stapf cv Comum) in no-tillage. The work was conducted from October 2011 to June 2012. This search was carried on in experimental area of the Federal University of Goias (UFG), campus Jataí, state of Goiás (Brazil). Pluviometers were installed above each culture, on the soil surface, between lines of each culture, in the soil body at 5 cm of soil depth and at 30 cm of soil depth. We used digital and handle pluviometers tools, with 3 (three) repetitions. Aimed calculating the partitions rainfall using datas given by pluviometers installed, based on numbers proposed by Kojac, et al. (2007). Worthed the precipitation intercepted by the canopy (Pf), the direct precipitation (Pd), the flow through the canopy (Ef), retained by the rain canopy (Rf), water saved in the deepth of until 5 cm of soil (Rs5), water saved in the deepth until 30 cm of soil (Rs30), runoff (RO) and the precipitation deep (Pp), over the total precipitation (Pt). To conclusion, the numbers of interceptation and saved by soya, corn and brachiaria canopy were low in negative stage, growing up with the development of foliar areas of farm. In corn culture, approximately 53% of precipitation fall down the soil of target way, in relation to total rain. In soya and brachiaria cases, the most part of rain was intercepted by the canopy before of fall down the soil, with numbers of 81,8% and 54,2% respectively. Understood that, for the three crops, only numbers of rain upper to 3 mm accepted dates of flow through the canopy. Corn presented 0,7% deep precipitation in contrast to total rains and 14% of runoff. The percentage of precipitation and runoff depth for soybeans were 7,2% and 3,7% respectively. To brachiaria was recorded 24% and 2,4% deep precipitation runoff. In tests conducted in the middle stages of vegetative brachiaria and corn, there were significant differences in precipitation retained at a depth of 30 cm soil depth in precipitation and runoff in relation to these crops. In tests conducted in the middle stages of vegetative brachiaria, and corn, there were significant differences in precipitation retained at a depth of 30 cm soil depth in precipitation and runoff. The brachiaria grown in no-till system, showed better water infiltration into the soil and less runoff. Analyzing these dates, it's possible to conclude about importance of maintenance of organic layer in the soil to reduce the runoff and elevating in the percentages of infiltration of soil water. Both the cultivated vegetable species, as the system of land management, were important in determining the values of rainfall partitions. / Este trabalho avalia as partições pluviométricas em três cultivos: soja (Glycine max (L) Merrill) cultivada no sistema de plantio direto, milho (Zea Mays) cultivado no sistema de plantio convencional e pastagem de braquiária (Brachiaria decumbens Stapf cv Comum) cultivada no sistema de plantio direto. O período de estudo foi de outubro de 2011 a junho de 2012. A pesquisa foi conduzida no campo experimental da Universidade Federal de Goiás (UFG), campus Jatobá, no município de Jataí (GO). Foram instalados instrumentos pluviométricos acima de cada cultura, sobre a superfície do solo, a 5 cm de profundidade do solo e a 30 cm de profundidade. Utilizou-se aparelhos pluviométricos manuais e digitais, com 3 repetições. Objetivou-se estimar as partições pluviométricas por meio dos dados fornecidos pelos pluviômetros instalados. Estimou-se a precipitação interceptada pelo dossel (Pf), a precipitação direta (Pd), o escoamento pelo dossel (Ef), a chuva retida pelo dossel (Rf), a água retida na profundidade de até 5 cm do solo (Rs5), a água retida na profundidade de até 30 cm do solo (Rs30), o escoamento superficial (RO) e a precipitação profunda (Pp). Os valores foram estimados em relação à precipitação total (Pt). Concluiu-se que os valores de interceptação e retenção pelo dossel da soja, milho e braquiária foram menores na fase vegetativa, aumentando conforme o desenvolvimento da área foliar dos cultivos. No cultivo do milho, 47% da precipitação foram interceptadas pelo dossel em relação à chuva total. Na soja, 81,8% da chuva foi interceptada pelo dossel antes de atingir o solo, e na braquiária 54,2%. O valor estimado da precipitação retida pelo dossel do milho foi de 28,6%, pelo dossel da soja de 22,7% e pelo dossel da braquiária de 24,7%. Verificou-se que, para os três cultivos, apenas valores de chuvas superiores a 3 mm permitiram registros de escoamento pelo dossel. O milho apresentou 0,7% de precipitação profunda em relação às chuvas totais e 14% de escoamento superficial. Os percentuais de precipitação profunda e escoamento superficial para a soja foram de 7,2% e 3,7% respectivamente. Para a braquiária, foram registrados 24% de precipitação profunda e 2,4% de escoamento superficial. Nos testes de médias realizados nas fases vegetativas da braquiária e do milho, observaram-se diferenças significativas na precipitação retida na profundidade de 30 cm do solo, na precipitação profunda e no escoamento superficial. A braquiária, cultivada no sistema de plantio direto, apresentou maior infiltração de água no solo e menor escoamento superficial em relação ao milho sob plantio convencional. Confirmando, assim, a importância da cobertura vegetal e da manutenção da camada de resíduos orgânicos no solo, para diminuição do escoamento superficial e aumento nas taxas de infiltração de água. Tanto a espécie vegetal quanto o sistema de manejo do solo foram importantes para determinar os valores das partições pluviométricas.
50

Eros?o h?drica sob chuva simulada em diferentes classes de solos e coberturas vegetais na Prov?ncia Petrol?fera de Urucu - Coari, AM / Hydric erosion under simulated rainfall in different soil classes and vegetal covers in the Petroliferous Province of Urucu - Coari, AM

MACHADO, Frederico Santos 27 May 2010 (has links)
Submitted by Jorge Silva (jorgelmsilva@ufrrj.br) on 2017-05-05T18:33:54Z No. of bitstreams: 1 2010 - Frederico Santos Machado.pdf: 2164167 bytes, checksum: 28047d32a367720ee18ef9cf4c58be45 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-05-05T18:33:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010 - Frederico Santos Machado.pdf: 2164167 bytes, checksum: 28047d32a367720ee18ef9cf4c58be45 (MD5) Previous issue date: 2010-05-27 / The hydric erosion is one of main environmental impact in Central Amazonia region, causing serious economic consequences for implantation and recovery of operational locations of PETROBRAS S/A oil and natural gas exploration and production sites. This study was carried through in Petroliferous Province of Urucu, municipality of Coari (AM). The objective was to quantify soil loss (SL) and runoff (SD) in different soil classes and under vegetal coverings using a portable rain simulator. Sixteen batteries of tests were done, eight batteries for each soil class (Fluventic Dystrustepts e Kanhaplic Haplustults). For each battery three repetitions had been made in the following covers: forest, forest without litter and grass. The results of Tukey test at 0.05 level showed that soil classes were not significantly different between themselves. On the other hand, the organic carbon percentage and the soil bulk density had greatest importance for the soil loss. These attributes, plus fine sand and clay, influenced most in the runoff. It was also possible to observe that runoff was the attribute of highest correlation with soil loss. The conversion of forest areas into grass increased, at least, four times the water runoff, changing it from 14.2 mm to 57.7 mm in the grass area, and, at least, two times loss of soil mass, achieving the value of 35.68 t.ha-1.year-1 in the grass area. Although with these values, grassy areas only differed significantly from the forest areas in the runoff. The runoff values tend to increase twofold when litter is removed from the forest soils, while the soil losses increased 40%. The attributes that were important for the soil classes were the same for cover types, however with differences in the attribute clay content for soil loss, and coarse sand for runoff. For the studied treatments, the attribute that showed highest correlation with soil loss was runoff. / A eros?o h?drica ? um dos principais impactos ambientais na regi?o da Amaz?nia Central, causando s?rias conseq??ncias, inclusive econ?micas, para a implanta??o e recupera??o de loca??es operacionais de explora??o e produ??o de petr?leo e g?s natural da PETROBRAS S/A. Este estudo foi realizado na Prov?ncia Petrol?fera de Urucu, munic?pio de Coari (AM) e teve como objetivo quantificar a perda de solo (PS) e o escoamento superficial (ES) em diferentes grupos de solo e coberturas vegetais, utilizando um simulador de chuva port?til. Foram efetuadas 16 baterias de testes, sendo 4 baterias para cada grupo de solo (ARGISSOLO AMARELO Al?tico, ARGISSOLO VERMELHO-AMARELO Al?tico, CAMBISSOLO H?PLICO Al?tico e CAMBISSOLO H?PLICO Tb Distr?fico). Em cada bateria foram realizados tr?s repeti??es nas seguintes coberturas: floresta, floresta sem serrapilheira e gram?nea. As classes de solo n?o diferiram significativamente entre si ao n?vel de 5%, segundo o teste de Tukey. Para a PS, a porcentagem de carbono org?nico e a densidade do solo t?m grande import?ncia para os grupos de solo. Esses atributos, mais a areia fina e argila influenciaram o ES. Tamb?m foi poss?vel observar que o escoamento foi o atributo com maior coeficiente de correla??o com a perda de solo. A convers?o das ?reas de floresta em gram?nea aumentou em no m?nimo quatro vezes a l?mina de ?gua escoada, passando de 14,2 mm para 57,7 mm na gram?nea e, no m?nimo, duas vezes a massa de solo perdida, chegando a 35,8 t.ha-1.ano-1 na gram?nea. Apesar desses valores, as ?reas cobertas por gram?neas apenas diferiram significativamente das ?reas de florestas em rela??o ao ES. Quando se retira a serrapilheira em solos florestais, os valores de escoamento dobram, enquanto que as perdas aumentam em 40%. Os atributos que tiveram import?ncia para as classes de solo foram os mesmos para os tipos de coberturas, por?m com diferen?as no atributo teor de argila para a perda de solo e no teor de areia grossa para o escoamento. Para os tratamentos estudados, o escoamento continua sendo o atributo com maior coeficiente de correla??o com a perda.

Page generated in 0.1612 seconds