• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3922
  • 106
  • 106
  • 106
  • 98
  • 98
  • 47
  • 24
  • 10
  • 8
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • Tagged with
  • 4047
  • 2085
  • 1095
  • 727
  • 671
  • 598
  • 596
  • 578
  • 451
  • 361
  • 354
  • 353
  • 352
  • 351
  • 345
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Sistemas de referência locais no espaço-tempo

Faria, Felipe França January 2009 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Física, 2009. / Submitted by Allan Wanick Motta (allan_wanick@hotmail.com) on 2010-03-24T16:10:57Z No. of bitstreams: 1 2009_FelipeFrancaFaria.pdf: 699933 bytes, checksum: 4e40cbf18930db841841227f35c10200 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-05-07T21:59:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_FelipeFrancaFaria.pdf: 699933 bytes, checksum: 4e40cbf18930db841841227f35c10200 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-07T21:59:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_FelipeFrancaFaria.pdf: 699933 bytes, checksum: 4e40cbf18930db841841227f35c10200 (MD5) Previous issue date: 2009 / A descrição métrica do campo gravitacional não permite a definição de uma densidade de energia gravitacional tensorial. Uma definição surge no Teleparalelismo Equivalente à Relatividade Geral, que utiliza tétradas ao invés do tensor métrico para a descrição do campo gravitacional. Consideramos tétradas como sistemas de referência locais adaptados a observadores que se movem ao longo de trajetórias do tipo tempo arbitrárias no espaço-tempo. As tétradas podem ser caracterizadas por um tensor de aceleração inercial anti-simétrico, cujas componentes são identificadas com as acelerações inerciais (translacional e rotacional) do sistema de referência. Esse tensor está relacionado às quantidades de campo gravitoeletromagnéticas. Por meio de uma transformação de Lorentz local podemos transformar tétradas arbitrárias em tétradas que sofrem o transporte de Fermi-Walker, as quais definem um padrão de não rotação para observadores acelerados. Aqui construímos tétradas adaptadas a observadores em queda livre no espaço-tempo de Reissner-Nordström, em órbita circular no espaço-tempo de Schwarzschild e estático no espaço-tempo de Kerr. Em todos os casos calculamos as acelerações inerciais dos sistemas de referência locais e a energia gravitacional do espaço-tempo em relação aos referenciais em questão. A partir da tétrada adaptada a um observador estático no espaço-tempo de Kerr construímos um sistema de referência de Fermi-Walker e obtemos suas acelerações inerciais. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The metrical description of the gravitational field does not allow the definition of a tensorial gravitational energy density. A definition appears in the Teleparallel Equivalent of General Relativity, which makes use of tetrads instead of the metric tensor for the description of the gravitational field. We consider tetrads as local reference frames adapted to observers that move along arbitrary timelike trajectories in spacetime. The tetrad field may be characterized by an antisymmetric acceleration tensor, whose components are identified as the inertial accelerations (translational and rotational) of the reference frame. This tensor is related to gravitoelectromagnetic field quantities. By means of a local Lorentz transformation we can transform arbitrary tetrads into Fermi-Walker transported tetrads, which define a standard of non-rotation for accelerated observers. Here we construct tetrads adapted to observers in free fall in the Reissner-Nördstrom spacetime, in circular orbit in the Schwarzschild spacetime and static in the Kerr spacetime. In all these cases we calculate the inercial accelerations of the local frames and the gravitational energy of the spacetime as measured in such frames. Out of the tetrad adapted to a static observer in the Kerr spacetime we construct the Fermi-Walker transported frame and calculate its inercial accelerations.
2

Sobre a teoria geral dos nucleos reprodutores e aplicações

Marchesin, Marcelo Domingos 30 August 1993 (has links)
Orientador: Benjamin Bordin / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Matematica, Estatistica e Computação Científica / Made available in DSpace on 2018-07-18T13:24:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Marchesin_MarceloDomingos_M.pdf: 2040848 bytes, checksum: 7d093b284ac452de7136c5fbc49f6108 (MD5) Previous issue date: 1993 / Resumo: Não informado. / Abstract: Not informed. / Mestrado / Mestre em Matemática Aplicada
3

Como se entrelaçam espaço e tempo no conhecimento da terra?

Gonçalves, Pedro Wagner, 1958- 13 November 1989 (has links)
Orientador: Silvia Maria Manfredi / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-14T02:03:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Goncalves_PedroWagner_M.pdf: 3297906 bytes, checksum: 09fb2d631f0e7959f9071c166b6f6de8 (MD5) Previous issue date: 1989 / Resumo: O presente estudo resgata o desenvolvimento das noções espaço-temporais na história do conhecimento da Terra. A geologia trabalha com uma concepção singular de espaço e tempo correlacionada com seu objeto de estudo: o processo histórico da natureza. Esta concepção de espaço e tempo entrelaça as duas idéias formando o conceito denominado espaço geológico. A história da geologia indica que o espaço geológico se transformou desde o século XVII acompanhando as mudanças do estudo da Terra e da cosmologia. Este trabalho é uma história do conceito de espaço geológico segundo uma orientação epistemológica. Procura fazer uma reflexão das implicações deste conceito nas interrelações entre a natureza e homem. Os principais resultados da pesquisa mostram a necessidade da formalização do conceito de espaço geológico, ligado a uma concepção integrada da geologia, na formação dos geólogos e na socialização do conhecimento geológico. / Abstract: This dissertation intends to show the development of the spatio-temporal concepts in the history of the knowledge the Earth. Geology works with a particular conception of space and tine that is correlated to its subject matter: the historical process of nature. In geology the concepts of space and time are connected between them to build the idea of geologic space. The history of geology indicates that the geologic space has changed since XVII century, according the changes in the internal framework of earth sciences and cosmology. This work is a history about the concept of geologic space, following an epistemological guideline. It reflects how the transformation in the geologic space implies in changes to the interrelations between man and nature. The main results of this work show the necessity of formalization of geologic space linked to an integrated geological conception in order to improve the formation of geologists and socialize the geological knowledge. / Mestrado / Metodologia do Ensino / Mestre em Educação
4

A produção do espaço urbano periférico e a questão habitacional em Feira de Santana: o Programa Minha Casa Minha Vida no bairro da Mangabeira, entre 2009-2014

Araújo, Mayara Mychella Sena January 2016 (has links)
Submitted by Puentes Torres Antônio (antoniopuentes@hotmail.com) on 2017-06-06T17:43:58Z No. of bitstreams: 1 TESE_VERSÃO PARA IMPRESSÃO.pdf: 12345807 bytes, checksum: 26ecfd9d51fc42cb60d781e3fc5a990b (MD5) / Approved for entry into archive by Vanessa Reis (vanessa.jamile@ufba.br) on 2017-06-16T15:21:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TESE_VERSÃO PARA IMPRESSÃO.pdf: 12345807 bytes, checksum: 26ecfd9d51fc42cb60d781e3fc5a990b (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-16T15:21:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TESE_VERSÃO PARA IMPRESSÃO.pdf: 12345807 bytes, checksum: 26ecfd9d51fc42cb60d781e3fc5a990b (MD5) / Essa tese apresenta uma análise do processo de produção do espaço associado aos residenciais do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) que foram construídos no bairro da Mangabeira, uma área periférica na cidade de Feira de Santana-Bahia, entre 2009-2014. As bases metodológica e teórica foram de Henri Lefebvre com o método regressivo-progressivo e a teoria “A produção do espaço”, segundo os quais se compreende o espaço como contido nas relações sociais e em uma dimensão tríplice: o espaço concebido, o espaço percebido e o espaço vivido. Para alcançar o objetivo central, realizou-se uma análise do espaço concebido, através do planejamento proposto pelo Governo Federal, em parceria com o Municipal e o capital imobiliário. Essa análise envolveu tanto a percepção da administração municipal, das construtoras como, e especialmente, a da população moradora dos residenciais do MCMV (o percebido), além das práticas espaciais destes últimos (o espaço vivido). Com isso, buscou-se compreender uma especificidade, a localização geográficas desses residenciais, e para tanto foi operacionalizado o conceito de periferia como norteador da pesquisa e do processo de periferização em Feira de Santana. Por meio do estudo de caso em Feira de Santana, a pesquisa permitiu a compreensão de aspectos das políticas públicas de habitação no país e na Bahia. Além de ter possibilitado o entendimento de que apesar dos residenciais do MCMV terem interferido no processo de produção do espaço, ao afetar e modificar as áreas nas quais foram construídos, quem de fato produziu esses espaços foram os moradores, quando se apropriaram e utilizaram os espaços e equipamentos previamente planejados tal qual suas necessidades e não pelo que sua função técnica determinava. / ABSTRACT This thesis presents an analysis about space production process associated with the housing Brazilian Program named Minha Casa Minha Vida (MCMV). Our study took place in the neighborhood of Mangabeira, a peripheral area in the city of Feira de Santana, Bahia, where the program built between 2009-2014 several housing units. The methodological and theoretical basis are Henri Lefebvre with his regressive-progressive method and his theory "The production of space", which includes the space as contained in social relations and hold a triple spatial dimension: the conceived, the perceived and the lived. To achieve the main objective, was conducted an analysis of the conceived space through the planned space proposed by the Federal Government, in partnership with the City and the real estate enterprises. We also analyze how the municipal administration, construction companies and, especially, the resident population of the residential MCMV houses see this space (perceived), without forgetting the spatial practices of the inhabitants producing the living space. We also operationalized the concept of periphery as a guiding research to understand the geographical location of these housing condominiums, as well to understand the peripherization process in Feira de Santana. The study allowed us to comprehend aspects of public housing policy in the country and in Bahia, through the case study in Feira de Santana. Moreover, despite the residential of MCMV have interfered in the space production process, affecting and modifying the areas in which they were built, who actually determine the production of these spaces were the inhabitants, when they appropriated and used the spaces and equipment previously planned due their needs and not because the technical or function determined by the planed proposal.
5

Sociabilidades em conjuntos habitacionais produzidos pelo Estado: o caso da COHAB Cidade Tiradentes / Sociability in housing Estate: the case of COHAB Cidade Tiradentes

Ana Paula Alves de Lavos 30 March 2009 (has links)
Este trabalho tem como objetivo analisar a sociabilidade de moradores de um prédio no Conjunto Habitacional Cidade Tiradentes produzido pela Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo - COHAB-SP localizado na zona leste de São Paulo. O trabalho apresenta um breve histórico da ocupação urbana da cidade de São Paulo, mostrando alguns dos fundamentos do processo de segregação. Discute-se o papel do Estado como elemento que, ao invés de coibir, acaba se constituindo como produtor de segregação sócio-espacial. Por meio de alguns indicadores sociais, ilustra-se a situação de segregação sócio-espacial de Cidade Tiradentes. Os aspectos qualitativos desta segregação são manifestados nas falas dos moradores entrevistados. É apresentado o conceito de espaço coletivo, espaço real e simbólico situado entre o espaço público e o espaço privado. Neste espaço a sociabilidade dos moradores se coloca em cena, em situações de construções de solidariedades e visões comuns ou de distinções. Por meio da análise destas relações, organizadas no relato de vida dos moradores, observa-se a produção e a dinâmica do espaço coletivo. / This paper has as its aim to analyze the sociability of the residents of a building in Conjunto Habitacional Tiradentes (Tiradentes Housing Estate) built by the Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (São Paulo\'s Metropolitan Housing Company) - COHAB-SP located in the eastern area of São Paulo. This dissertation presents a brief history of the urban occupation of the city of São Paulo, analyzing the urban segregation process. The state\'s role as an urban segregator element instead of curbing this problem is discussed. The social-spatial segregation situation in Cidade Tiradentes is illustrated through some social indicators. The qualitative aspects of this segregation are clarified in the speech of the interviewed dwellers. In this dissertation it is discussed the notion of collective, real and symbolic space situated between the public and the private space. In the collective space the dweller\'s sociability is at spot, in situations of solidarities construction and of common, different or distinction views. By the analysis of these relations, organized in the dweller\'s life report, one can observe the collective space construction.
6

Sociabilidades em conjuntos habitacionais produzidos pelo Estado: o caso da COHAB Cidade Tiradentes / Sociability in housing Estate: the case of COHAB Cidade Tiradentes

Lavos, Ana Paula Alves de 30 March 2009 (has links)
Este trabalho tem como objetivo analisar a sociabilidade de moradores de um prédio no Conjunto Habitacional Cidade Tiradentes produzido pela Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo - COHAB-SP localizado na zona leste de São Paulo. O trabalho apresenta um breve histórico da ocupação urbana da cidade de São Paulo, mostrando alguns dos fundamentos do processo de segregação. Discute-se o papel do Estado como elemento que, ao invés de coibir, acaba se constituindo como produtor de segregação sócio-espacial. Por meio de alguns indicadores sociais, ilustra-se a situação de segregação sócio-espacial de Cidade Tiradentes. Os aspectos qualitativos desta segregação são manifestados nas falas dos moradores entrevistados. É apresentado o conceito de espaço coletivo, espaço real e simbólico situado entre o espaço público e o espaço privado. Neste espaço a sociabilidade dos moradores se coloca em cena, em situações de construções de solidariedades e visões comuns ou de distinções. Por meio da análise destas relações, organizadas no relato de vida dos moradores, observa-se a produção e a dinâmica do espaço coletivo. / This paper has as its aim to analyze the sociability of the residents of a building in Conjunto Habitacional Tiradentes (Tiradentes Housing Estate) built by the Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (São Paulo\'s Metropolitan Housing Company) - COHAB-SP located in the eastern area of São Paulo. This dissertation presents a brief history of the urban occupation of the city of São Paulo, analyzing the urban segregation process. The state\'s role as an urban segregator element instead of curbing this problem is discussed. The social-spatial segregation situation in Cidade Tiradentes is illustrated through some social indicators. The qualitative aspects of this segregation are clarified in the speech of the interviewed dwellers. In this dissertation it is discussed the notion of collective, real and symbolic space situated between the public and the private space. In the collective space the dweller\'s sociability is at spot, in situations of solidarities construction and of common, different or distinction views. By the analysis of these relations, organized in the dweller\'s life report, one can observe the collective space construction.
7

Do espaço ao lugar: contribuições para a qualificação dos espaços para bebês e crianças pequenas / From space to place: contributions for the qualification of spaces for babies and young children

Cocito, Renata Pavesi [UNESP] 17 May 2017 (has links)
Submitted by Renata Pavesi null (renatapavesi@fct.unesp.br) on 2017-06-29T15:51:24Z No. of bitstreams: 1 dissertação versão definitiva.pdf: 1522093 bytes, checksum: c61a3be20c7ff1190d34f76e37105499 (MD5) / Approved for entry into archive by Luiz Galeffi (luizgaleffi@gmail.com) on 2017-06-30T13:37:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 cocito_rp_me_prud.pdf: 1522093 bytes, checksum: c61a3be20c7ff1190d34f76e37105499 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-30T13:37:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 cocito_rp_me_prud.pdf: 1522093 bytes, checksum: c61a3be20c7ff1190d34f76e37105499 (MD5) Previous issue date: 2017-05-17 / A pesquisa “Do espaço ao lugar – contribuições para a qualificação dos espaços para bebês e crianças pequenas” está vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente/SP. O objeto da investigação é o espaço no âmbito da Educação Infantil e seu objetivo geral é compreender como os espaços para bebês e crianças pequenas podem ser organizados e estruturados de maneira que possam constituir-se em lugar e um elemento curricular, alinhado a uma perspectiva crítica de educação e à autonomia da criança. A pesquisa apresenta como objetivos específicos: Definir os conceitos de espaço, ambiente e lugar considerando a indissociabilidade entre os mesmos e o potencial transformador da organização do espaço para a qualidade da educação de crianças; discutir como a organização do espaço para bebês e crianças pequenas é abordada nos documentos oficiais brasileiros e em pesquisas brasileiras; refletir sobre o papel do professor de Educação Infantil diante da organização do espaço e da constituição do lugar; propor ações em que a organização do espaço atue como promotora da qualificação dos espaços para crianças e potencialmente constituidora de identificação do espaço como lugar. O espaço é considerado um elemento curricular. A pesquisa parte da hipótese de que a organização dos espaços pode favorecer a edificação de uma Educação Infantil de qualidade. Trazemos como problemática: como os espaços devem ser estruturados de forma que possam agir como um elemento potencialmente promotor da qualidade na educação de bebês e crianças pequenas? A fundamentação teórica se sustenta em quatro áreas do conhecimento: Educação, Geografia, Arquitetura e Urbanismo e Psicologia. A pesquisa qualitativa caracteriza-se como do tipo documental e bibliográfica. São apresentadas propostas para a (re)estruturação dos espaços de instituições que atendem bebês e crianças pequenas de maneira que favoreçam o acolhimento, o sentimento de pertença e a constituição do espaço como lugar, destacamos: Cantos e Cantos Temáticos, Territórios de Aprendizagem e o Cesto dos Tesouros. Com base em característica do ambiente apresentamos questionamentos acerca das especificidades dos seguintes elementos: espaço, sala de referência, decoração, mobiliário, materiais e prática pedagógica. Com relação ao professor de Educação Infantil evidenciamos características de cunho objetivo, subjetivo e formativo, que tem por finalidade oferecer subsídios para a edificação da prática pedagógica relacionada a organização do espaço. Foram tecidos caminhos para o planejamento e estruturação do trabalho docente com enfoque na apropriação do espaço como lugar. Este direcionamento da ação docente perpassa, obrigatoriamente, pela reflexão: voltarse para si, para seu entorno e para sua prática. Destacamos que o processo “do espaço ao lugar” é possível de ser vivenciado nas instituições, no entanto é necessário reflexão, ação, envolvimento, oportunidades, formação, decisão, compreensão e aproximação da equipe pedagógica com os conceitos de espaço, ambiente e lugar. Evidenciamos que o lugar é onde queremos que nossas crianças estejam: elas estão no espaço e se relacionam no ambiente, mas desejamos que vivenciem e interiorizem o espaço da instituição como lugar. A pesquisa procura incidir nesta trajetória e fazer com que os caminhos para a constituição do lugar sejam percorridos nas instituições. / The study "From space to place - contributions to the qualification of spaces for babies and young children" is part of the Postgraduate Program in Education of the Faculty of Science and Technology of Presidente Prudente / SP. The aim of the study was to investigate the space on Early Childhood Education and understand how spaces for babies and young children can be organized and structured in order to be constituted in a place and a curricular element, aligned to a critical perspective of education and to the autonomy of the child. The specific objectives were: define the concepts of space, environment and place considering the inseparability between them and the transformative potential of the organization of space for the quality of education of children; discuss how the organization of space for babies and young children is addressed in official Brazilian documents and in Brazilian research; reflect about the role of the preschool teacher in the organization of space and the constitution of the place; propose actions in which the organization of the space promote the qualification of spaces for children and potentially constitute the identification of space as a place. The space is considered a curricular element. The study starts from the hypothesis that the organization of the spaces can favor the construction of a Child Education with quality. The guiding question of the study was how spaces must be structured in such a way that they can act as an element that potentially promotes quality in the education of infants and young children? The theoretical basis was based on four areas of knowledge: Education, Geography, Architecture and Urbanism and Psychology. The qualitative research was characterized as documentary and bibliographic type. For the proposals presented for the (re)structuring of the spaces of institutions that attend babies and young children favoring the reception, the feeling of belonging and the constitution of space as place, we highlighted: Songs and Thematic Songs, Learning Territories and the Basket of Treasures. Based on the characteristics of the environment, we presented questions about the specificities of the following elements: space, reference room, decoration, furniture, materials and pedagogical practice. Among the Infant Education teacher, we showed objective, subjective and formative characteristics that aimed to offer subsidies for the construction of the pedagogical practice related to the organization of space. Teaching methods were used to plan and structure teaching work with a focus on the appropriation of space as a place. This direction of the teaching action necessarily goes through the reflection: turning to oneself, to its environment and its practice. We highlighted that the process "from space to place" is possible to be experienced in institutions, however it is necessary to reflection, action, involvement, opportunities, formation, decision, understanding and approach of the pedagogical team with the concepts of space, environment and place. We evidenced that the place is where we want our children to be: they are in space and relate to the environment, but we want them to experience and internalize the space of the institution as a place. The study was focus on this trajectory and walked paths for the constitution of the place to be followed for the institutions.
8

Paralela em movimento: um estudo sobre a apropriação do espaço público do canteiro central da Avenida Luís Viana

Lima, Cláudia Brandão Vieira January 2007 (has links)
Submitted by Edileide Reis (leyde-landy@hotmail.com) on 2014-10-21T13:21:46Z No. of bitstreams: 1 Cláudia Brandão Vieira Lima.pdf: 6770652 bytes, checksum: a68fbed3422fec657e26e50f8861457a (MD5) / Approved for entry into archive by Jose Neves (neves@ufba.br) on 2016-07-22T19:40:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Cláudia Brandão Vieira Lima.pdf: 6770652 bytes, checksum: a68fbed3422fec657e26e50f8861457a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-22T19:40:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cláudia Brandão Vieira Lima.pdf: 6770652 bytes, checksum: a68fbed3422fec657e26e50f8861457a (MD5) / O presente trabalho aborda o estudo de caso de um espaço público de resistência dentro da atual política urbana estabelecida na cidade de Salvador, que colhe os frutos de um processo de planejamento urbano incompleto alicerçado nos preceitos modernos. Assim, esta multicidade tem na apropriação social de áreas urbanas, muitas vezes impensadas para fins recreacionais, uma busca de seus habitantes pelo atendimento de suas necessidades enquanto seres sociais: o canteiro central da Avenida Luís Viana se configura, desta forma, como um espaço público de resistência. Hoje, a avenida, chamada pela população de Paralela, a mais monumental das avenidas de Salvador, pelas suas dimensões e pelo seu valor estratégico dentro do sistema viário da cidade, pois se constitui em um eixo de articulação entre elementos estruturantes do espaço urbano, apresenta uma dinâmica complexa a qual foi analisada à luz do multifacetado intelectual Edgar Morin. Fenômenos sociais como apropriação, criação e liberdade são refletidos a partir do estudo do espaço vivido: o canteiro central da Avenida Paralela. A pesquisa se desenvolveu através de investigação documental e bibliográfica e do trabalho de campo dividido em duas etapas: observação, sondagem e registro fotográfico e aplicação de questionários. Como resultado foi constada a deficiência do Planejamento Urbano estabelecido desde as primeiras décadas do século XX, que se deu através da incapacidade dos poderes públicos de acompanhar as mudanças decorrentes de uma época de grande crescimento, além da compreensão de que a necessidade das pessoas e modo como os espaços públicos podem satisfazer essas necessidades muitas vezes antecedem a noção de direito e de espaço, acarretando numa refuncionalização do canteiro central da Avenida Luís Viana. / ABSTRACT This thesis is a case study of a public space for resistance within the context of the current urban planning policy for the city of Salvador da Bahia, which is reaping the results of an incompletely implemented urban planning policy based on modern concepts. As a result, this multi-city’s residents find ways of meeting their own needs as social beings through the social appropriation of urban areas, many of which were not intended for recreational use. In this case, the median strip of Luis Viana Avenue has become a public space for resistance. In this study, the complex dynamics of this divided highway popularly known as Paralela, Salvador’s main monumental artery due to its size and strategic value in the urban road system, have been analyzed in light of the work of the multifaceted intellectual Edgar Morin. This thesis reflects on social phenomena such as appropriation, creation and freedom on the basis of a study of lived space: the median strip of Paralela Avenue. The research was conducted by studying documents and the related literature, as well as by doing fieldwork divided into two stages: observation, soundings and photographic records, and the application of questionnaires. The main conclusions are: 1) urban planning was deficient in the early decades of the 20th century due to the government’s inability to keep pace with the changes resulting from a period of major growth, and 2) the public’s needs and the ways that public spaces can meet those needs can often supersede the concept of property rights and space, which has led to the refunctionalization of the median strip of Paralela Avenue.
9

O núcleo do calor em uma variedade riemanniana / The heat kernel on a Riemannian manifold

Santiago, Landerson Bezerra January 2011 (has links)
SANTIAGO, Landerson Bezerra; JORGE, Luquésio Petrola de Melo. O núcleo do calor em uma variedade riemanniana. 2011. 52f. Dissertação(mestrado)- Universidade Federal do Ceará, Pós-Graduação em Matemática, Fortaleza-CE, 2011. / Submitted by Rocilda Sales (rocilda@ufc.br) on 2011-10-10T16:01:47Z No. of bitstreams: 1 2011_dis_lbsantiago.pdf: 366247 bytes, checksum: 9a514f9e4dfc0d5c64d1827ddbe9e66e (MD5) / Approved for entry into archive by Rocilda Sales(rocilda@ufc.br) on 2011-10-10T16:28:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_dis_lbsantiago.pdf: 366247 bytes, checksum: 9a514f9e4dfc0d5c64d1827ddbe9e66e (MD5) / Made available in DSpace on 2011-10-10T16:28:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_dis_lbsantiago.pdf: 366247 bytes, checksum: 9a514f9e4dfc0d5c64d1827ddbe9e66e (MD5) Previous issue date: 2011 / In a connected and compact Riemannian Manifold we will introduce the concept of spectre of Laplace operator. Using the existence and unicity of the heat kernel in Riemannian manifold we proof the Hodge composition theorem. This theorem states that the Hilbert space L2(M, g) decompose in direct sum of subspaces with finite dimesion, where each subspace is the eigen-space relative of a eigenvalue of the laplacian. Furthermore, the eigenvalues form a nonnegative sequence the accumulate only in the infinity. After that we begin the construction of the heat kernel and, finally, we show that two isospetral Riemannian manifolds have the same volume. / Em uma variedade riemanniana conexa e compacta introduziremos o conceito de espectro do operador laplaciano. Utilizando a existência e a unicidade do núcleo do calor em uma variedade riemanniana, provaremos o teorema de decomposição de Hodge. Este teorema afirma que o espaço de Hilbert L2(M, g) se decompõe em uma soma direta de subespaços de dimensão finita, onde cada subespaço é o auto-espaço associado a um autovalor do laplaciano. Além disso, os autovalores formam uma sequência não-negativa que acumula somente no infinito. Em seguida iniciaremos a construção do núcleo do calor e, por fim, mostraremos que se duas variedades riemannianas são isospectrais então elas possuem o mesmo volume.
10

O espaço livre público e sua relação com o edificado: o caso da Praça Fleming

MEDEIROS, Luziana de Almeida January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T16:32:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo5477_1.pdf: 4315265 bytes, checksum: 642f8a8745da864a20635ad1dff8bd92 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2007 / Esta pesquisa tem por objetivo estudar as relações morfológicas entre o espaço livre público e o espaço edificado, verificando o que ocorre quando há uma substituição do padrão construtivo do espaço edificado em uma área cujo traçado do espaço livre público segue sendo o mesmo. O tema foi baseado na observação do recente padrão de crescimento da Cidade do Recife, através das transformações no espaço urbano e sua verticalização, a qual é conseqüência de um planejamento que não contempla a cidade na escala arquitetônica e que não leva em consideração as interações entre o espaço edificado e os espaços livres público e privado. Essa realidade tem acarretado modificações na forma da cidade e prejuízos à qualidade ambiental urbana. Para este estudo escolheu-se a praça, tipologia de espaço livre público que tem sua forma fortemente determinada pelas edificações ao seu redor. O recorte urbano formado pela Praça Fleming e seu entorno edificado, no Bairro da Jaqueira, foi o escolhido por oferecer possibilidades de análise no contexto do Projeto Urbano, o referencial teórico com o qual se dialogou. Foi realizado a análise comparativa, em dois períodos de tempo, através do método morfotipológico. Partindo-se da hipótese que no primeiro momento foram estabelecidas relações morfológicas que consideraram os espaços livre público e o edificado como um todo projetual, enquadrado nos princípios do Projeto Urbano. O segundo recorte temporal representa a atual situação da Cidade do Recife, como fruto das sucessivas leis urbanísticas e das motivações políticas por detrás destas

Page generated in 0.0859 seconds