• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 13
  • Tagged with
  • 13
  • 13
  • 8
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação pós-ocupação e apreciação ergonômica do ambiente construído: um estudo de caso

Rossana Rêgo da Silva Cruz, Helga January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:42:01Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7379_1.pdf: 4913706 bytes, checksum: c2c22070f4b4a89c6c74a8305bfd49b7 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / O presente trabalho refere-se a um estudo de caso direcionado a uma Faculdade particular de Arquitetura, na qual foi feita uma avaliação sistemática de alguns de seus espaços (ambientes de ensino, banheiros, acessos e circulações), utilizando-se ferramentas da metodologia Avaliação Pós-Ocupação APO, aliada a elementos da ergonomia do ambiente construído, através da abordagem sistêmica do Sistema Humano Tarefa - Ambiente SHTA. A pesquisa evidenciou os aspectos da ergonomia ao focar seu posicionamento na adaptabilidade e conformidade do espaço às tarefas e atividades que nele são desenvolvidas. Para tanto, foi necessário um maior conhecimento do que vem a ser uma análise ergonômica do ambiente construído, preocupando-se com a identificação da adequação dos espaços e equipamentos aos usuários, direcionando-se aos aspectos antropométricos, de acessibilidade, de arranjo físico, iluminação e cor. De forma conjunta foi trabalhada uma outra ferramenta designada Constelação de Atributos, voltada às preocupações nos campos da percepção e cognição. Observou-se, no decorrer da pesquisa, falhas que comprometem a usabilidade dos espaços, constatadas pelos próprios usuários a partir do cruzamento das informações. Buscou-se, então, categorizar os problemas para futuras soluções projetuais
2

O urbanismo dos arquitetos : genealogia de uma experiência de ensino

Mello, Bruno César Euphrasio de January 2016 (has links)
Este é um trabalho historiográfico. Realiza uma genealogia do ensino de urbanismo na Faculdade de Arquitetura da UFRGS (FA-UFRGS). Busca, com isso, compreendê-lo e identificar seus sentidos subjacentes. Para tanto, recupera a trajetória do ensino da arquitetura e do urbanismo nas instituições que a deram origem – a Escola de Engenharia e o Instituto de Belas Artes – e percorre suas três primeiras décadas de existência. O recorte temporal se encerra nos anos 1970, momento em que ocorrem fatos que se revelariam capitais para o programa de ensino até hoje oferecido pela instituição: a extinção do curso de urbanismo, existente desde os anos 1940, a criação do Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional (PROPUR) e a “migração” dos conteúdos do curso desaparecido ao PROPUR e à graduação em arquitetura. A tese sustenta que, na FA-UFRGS – desde o início, e até hoje – o ensino do urbanismo é tributário de saberes e práticas análogos aos do ensino da arquitetura, voltados essencialmente para o projeto de edificações. Sendo assim, a instrução em urbanismo buscou desenvolver a aptidão para elaborar projetos, entendidos como momento de síntese dos conhecimentos-diretores da produção de artefatos, em ponto grande ou pequeno (Alberti). Este seria o eixo central, o tronco ou a espinha dorsal do ensino de urbanismo naquela instituição, abordado finalmente como uma extensão (marginal) da arquitetura. O trabalho dialoga teórico e metodologicamente com a pesquisa historiográfica. De um lado, com a história dos conceitos, que articula seus sentidos a um tempo. Mas também com aquela que trata da constituição do urbanismo como domínio de saberes e práticas. Todavia, o faz a partir de corpo documental pouco usual, relativo ao ensino. / This is a historiographical study on the genealogy of urban planning teaching at the School of Architecture of the Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil (FA-UFRGS), aiming at understanding and identifying its underlying directions. It retraces the first three decades of the history of architecture and urban planning from its origins - the School of Engineering and the Institute of Fine Arts. The last period studied is the 1970s, when landmarks of the current trajectory were established: the extinction of urban planning course that existed since the 1940s, the creation of the Graduate Program in Urban and Regional Planning (PROPUR) and the "migration" of the contents of the extinct course to PROPUR and to the undergraduate course in architecture. The thesis argues that at FA-UFRGS, since the beginning and until today, urban planning teaching is secondary to knowledge and practices applied in the teaching of architecture, essentially focused on building design. Therefore, urban planning education has sought to develop skills to develop projects, understood as the synthesis between guiding knowledge and the production of artifacts, according to Alberti. This is be the central axis, the trunk or the backbone of urban planning teaching, which has been essentially approached as an (marginal) extension of architecture. This thesis establishes a theoretical and methodological dialogue with historiographical research. On one hand, the history of concepts that links their meanings to a determined period, and on the other hand, it also discusses urban planning as a domain of knowledge and practices. However, this discussion is made from an unusual perspective – that of teaching.
3

O urbanismo dos arquitetos : genealogia de uma experiência de ensino

Mello, Bruno César Euphrasio de January 2016 (has links)
Este é um trabalho historiográfico. Realiza uma genealogia do ensino de urbanismo na Faculdade de Arquitetura da UFRGS (FA-UFRGS). Busca, com isso, compreendê-lo e identificar seus sentidos subjacentes. Para tanto, recupera a trajetória do ensino da arquitetura e do urbanismo nas instituições que a deram origem – a Escola de Engenharia e o Instituto de Belas Artes – e percorre suas três primeiras décadas de existência. O recorte temporal se encerra nos anos 1970, momento em que ocorrem fatos que se revelariam capitais para o programa de ensino até hoje oferecido pela instituição: a extinção do curso de urbanismo, existente desde os anos 1940, a criação do Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional (PROPUR) e a “migração” dos conteúdos do curso desaparecido ao PROPUR e à graduação em arquitetura. A tese sustenta que, na FA-UFRGS – desde o início, e até hoje – o ensino do urbanismo é tributário de saberes e práticas análogos aos do ensino da arquitetura, voltados essencialmente para o projeto de edificações. Sendo assim, a instrução em urbanismo buscou desenvolver a aptidão para elaborar projetos, entendidos como momento de síntese dos conhecimentos-diretores da produção de artefatos, em ponto grande ou pequeno (Alberti). Este seria o eixo central, o tronco ou a espinha dorsal do ensino de urbanismo naquela instituição, abordado finalmente como uma extensão (marginal) da arquitetura. O trabalho dialoga teórico e metodologicamente com a pesquisa historiográfica. De um lado, com a história dos conceitos, que articula seus sentidos a um tempo. Mas também com aquela que trata da constituição do urbanismo como domínio de saberes e práticas. Todavia, o faz a partir de corpo documental pouco usual, relativo ao ensino. / This is a historiographical study on the genealogy of urban planning teaching at the School of Architecture of the Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil (FA-UFRGS), aiming at understanding and identifying its underlying directions. It retraces the first three decades of the history of architecture and urban planning from its origins - the School of Engineering and the Institute of Fine Arts. The last period studied is the 1970s, when landmarks of the current trajectory were established: the extinction of urban planning course that existed since the 1940s, the creation of the Graduate Program in Urban and Regional Planning (PROPUR) and the "migration" of the contents of the extinct course to PROPUR and to the undergraduate course in architecture. The thesis argues that at FA-UFRGS, since the beginning and until today, urban planning teaching is secondary to knowledge and practices applied in the teaching of architecture, essentially focused on building design. Therefore, urban planning education has sought to develop skills to develop projects, understood as the synthesis between guiding knowledge and the production of artifacts, according to Alberti. This is be the central axis, the trunk or the backbone of urban planning teaching, which has been essentially approached as an (marginal) extension of architecture. This thesis establishes a theoretical and methodological dialogue with historiographical research. On one hand, the history of concepts that links their meanings to a determined period, and on the other hand, it also discusses urban planning as a domain of knowledge and practices. However, this discussion is made from an unusual perspective – that of teaching.
4

Modernos conservadores ou clássicos progressistas: a construção do ideário moderno na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (1947-1986)

Abrunhosa, Eduardo Castedo 11 November 2016 (has links)
Submitted by Rosa Assis (rosa_assis@yahoo.com.br) on 2017-02-09T17:07:17Z No. of bitstreams: 2 Eduardo Castedo Abrunhosa.pdf: 18805263 bytes, checksum: 7051c7dcbd29021cd40349f2485eb5a8 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Approved for entry into archive by Paola Damato (repositorio@mackenzie.br) on 2017-02-09T17:36:55Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Eduardo Castedo Abrunhosa.pdf: 18805263 bytes, checksum: 7051c7dcbd29021cd40349f2485eb5a8 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-09T17:36:55Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Eduardo Castedo Abrunhosa.pdf: 18805263 bytes, checksum: 7051c7dcbd29021cd40349f2485eb5a8 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2016-11-11 / This dissertation records and systematizes the modernity components seen in the creation and production of some of the main architects graduates of the School of Architecture Mackenzie – essentially their ideology and mentality. We selected the most relevant architects for the historical period of 1947 to 1968. The aim is to understand and analyze the cultural ambiance at the time of modern architecture in São Paulo, especially the context during the creation of Mackenzie School of Architecture (FAM), the cradle public resistance to the new architecture, aiming to draw the historical setting of Sao Paulo’s architectural development and the role of that option in this context. / Esta dissertação registra e sistematiza os componentes de modernidade existentes na criação e na produção de alguns dos principais arquitetos egressos da Faculdade de Arquitetura Mackenzie – essencialmente seu ideário e mentalidade. Foram selecionados os arquitetos considerados mais relevantes para o recorte histórico do período de 1947 a 1968. Busca-se compreender e analisar a ambientação cultural à época da arquitetura moderna em São Paulo, em especial o ambiente presente na Faculdade de Arquitetura Mackenzie – FAM, berço da resistência pública à nova arquitetura, objetivando desenhar o cenário histórico do desenvolvimento arquitetônico paulista e o papel dessa faculdade nesse contexto.
5

O urbanismo dos arquitetos : genealogia de uma experiência de ensino

Mello, Bruno César Euphrasio de January 2016 (has links)
Este é um trabalho historiográfico. Realiza uma genealogia do ensino de urbanismo na Faculdade de Arquitetura da UFRGS (FA-UFRGS). Busca, com isso, compreendê-lo e identificar seus sentidos subjacentes. Para tanto, recupera a trajetória do ensino da arquitetura e do urbanismo nas instituições que a deram origem – a Escola de Engenharia e o Instituto de Belas Artes – e percorre suas três primeiras décadas de existência. O recorte temporal se encerra nos anos 1970, momento em que ocorrem fatos que se revelariam capitais para o programa de ensino até hoje oferecido pela instituição: a extinção do curso de urbanismo, existente desde os anos 1940, a criação do Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional (PROPUR) e a “migração” dos conteúdos do curso desaparecido ao PROPUR e à graduação em arquitetura. A tese sustenta que, na FA-UFRGS – desde o início, e até hoje – o ensino do urbanismo é tributário de saberes e práticas análogos aos do ensino da arquitetura, voltados essencialmente para o projeto de edificações. Sendo assim, a instrução em urbanismo buscou desenvolver a aptidão para elaborar projetos, entendidos como momento de síntese dos conhecimentos-diretores da produção de artefatos, em ponto grande ou pequeno (Alberti). Este seria o eixo central, o tronco ou a espinha dorsal do ensino de urbanismo naquela instituição, abordado finalmente como uma extensão (marginal) da arquitetura. O trabalho dialoga teórico e metodologicamente com a pesquisa historiográfica. De um lado, com a história dos conceitos, que articula seus sentidos a um tempo. Mas também com aquela que trata da constituição do urbanismo como domínio de saberes e práticas. Todavia, o faz a partir de corpo documental pouco usual, relativo ao ensino. / This is a historiographical study on the genealogy of urban planning teaching at the School of Architecture of the Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil (FA-UFRGS), aiming at understanding and identifying its underlying directions. It retraces the first three decades of the history of architecture and urban planning from its origins - the School of Engineering and the Institute of Fine Arts. The last period studied is the 1970s, when landmarks of the current trajectory were established: the extinction of urban planning course that existed since the 1940s, the creation of the Graduate Program in Urban and Regional Planning (PROPUR) and the "migration" of the contents of the extinct course to PROPUR and to the undergraduate course in architecture. The thesis argues that at FA-UFRGS, since the beginning and until today, urban planning teaching is secondary to knowledge and practices applied in the teaching of architecture, essentially focused on building design. Therefore, urban planning education has sought to develop skills to develop projects, understood as the synthesis between guiding knowledge and the production of artifacts, according to Alberti. This is be the central axis, the trunk or the backbone of urban planning teaching, which has been essentially approached as an (marginal) extension of architecture. This thesis establishes a theoretical and methodological dialogue with historiographical research. On one hand, the history of concepts that links their meanings to a determined period, and on the other hand, it also discusses urban planning as a domain of knowledge and practices. However, this discussion is made from an unusual perspective – that of teaching.
6

Desenho industrial e arquitetura no ensino da FAU USP (1948-1968) / Industrial design and architecture in the teaching of FAU USP (1948-1968)

Juliano Aparecido Pereira 07 October 2009 (has links)
Esta tese apresenta as relações, entre desenho industrial e arquitetura, que se estabeleceram no ensino da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, FAU USP, de 1948 até 1968. São discutidas as questões relativas à evolução do ensino de arquitetura e do desenho industrial (DI) até 1962. No plano da arquitetura, são observadas a reforma da Escola Nacional de Belas Artes, ENBA, a partir da direção de Lucio Costa (RJ, 1930), e a FAU USP, com a sua criação, em 1948, por Anhaia Mello, independentemente da Escola Politécnica (SP) e dos engenheiros-arquitetos. Sobre o desenho industrial, são estabelecidas algumas das influências das experiências internacionais - Bauhaus (1919-33), VKhUTEMAS (1917-30), HfG de Ulm (1947-68) - que, diretamente, ou reformuladas nos Estados Unidos, chegaram ao Brasil. São consideradas as interlocuções entre as primeiras experiências de ensino de DI no país, entre estas, o IAC-MASP, (SP, 1951-1953), a ESDI (RJ, 1963) e a FAU USP (SP, 1962), objeto central desta investigação. A partir da Reforma de 1962, liderada por Vilanova Artigas, é estudada a intenção manifesta de criação de uma Universidade do Projeto, em que, pela prática do ateliê, o profissional da FAU USP estaria apto a atuar em qualquer área de projeto: arquitetura, urbanismo, design de produto e design gráfico, constituindo assim uma escola de formação de designers de produto diferente da contemporânea ESDI. Outras questões abordadas dizem respeito à importância da cultura arquitetônica e da cultura geral nacional, para a realização da identidade do desenho industrial brasileiro, e à adoção de métodos do desenho industrial como recurso para uma produção arquitetônica em uma quantidade capaz de suprir as demandas sociais nacionais, sem perder de vista a sua qualidade. / This thesis presents the relations between industrial design and architecture that were established in the teaching of Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, FAU USP, between 1948 until 1968. The questions about the evolution of the architecture and industrial design teaching until 1962 are discussed. In the architecture plan, the reform of Escola Nacional de Belas Artes, ENBA, from the direction of Lucio Costa (RJ, 1930) and FAU USP, its foundation in 1948, by Anhaia Mello independent of Escola Politécnica (SP) and the architectural engineers. About the industrial design, some influences of international experiences are established - Bauhaus (1919-33), VKhUTEMAS (1917-30), HfG of Ulm (1947-68) - that directly or reformulated in the United States arrived in Brazil. The interlocutions between the first teaching experiences of industrial design (ID) in the country are considered, among them, IAC-MASP, (SP, 1951-1953), ESDI (RJ, 1963) and FAU USP (SP, 1962), main object of this research. From the Reform of 1962, led by Vilanova Artigas, the intention of creation of a Project University is studied, which using the practice of the atelier the professional of FAU USP would be able to act in any project area: architecture, urbanism, product design and graphic design, constituting a school of product designers formation different from the contemporaneous ESDI. Other questions are related with the architectonic culture importance and national general culture for the execution of the identity of the brazilian industrial design and the adoption of methods of the industrial design as a resource for an architectonic production in a quantity able to supply the national social demands, without losing its quality.
7

Os 5 professores comunistas : Demetrio Ribeiro, Edgar A. Graeff, Edvaldo P. Paiva, Enilda Ribeiro, Nelson Souza

Nunes, Livia Fernanda Ribeiro January 2016 (has links)
Esta dissertação consiste no estudo de um grupo de 5 professores comunistas gaúchos, composto por Demetrio Ribeiro Neto, Edgar Albuquerque Graeff, Edvaldo Ruy Pereira Paiva, Enilda Ribeiro e Nelson Souza, membros do Partido Comunista Brasileiro (PCB), docentes expurgados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) pela ditadura civil-militar, em 1964, e reunidos, principalmente, pelo desejo de mudança. Atraídos por semelhanças intelectuais, profissionais e de conduta, e por dessemelhanças que, no outro, encontram seu complemento, estes profissionais uniram-se em prol de um desejo de emancipação, a eles comum, tornando o caráter de grupo indispensável ao alcance dos seus objetivos. Como intelectuais progressistas ligados organicamente à classe proletária, os 5 se autoatribuíram o compromisso de atuar ao lado do povo, mesmo no âmbito da profissão, contribuindo para a desalienação e para a construção de um projeto ideológico de cidade e sociedade. Por meio de um longo processo de estímulo ao pensamento, a qual se caracterizou por revolucionário, uma vez que pretendia mudanças irreversíveis e qualitativas, incitaram aos colegas de profissão e alunos a conhecerem a realidade social do país e, nela, intervirem de forma crítica. Orientados pelas resoluções políticas do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e regulamentados por seus Estatutos, os 5 professores comunistas da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul tiveram nas questões políticas propostas pelo Partido, como o anti-imperialismo, o latifúndio e a cultura nacional, tema da reflexão teórica sobre os fenômenos arquitetônicos. Por meio da docência, da militância em entidades de classe, da escrita, e como técnicos da arquitetura e do urbanismo fizeram cumprir a função social a eles conferida pelo PCB. / This dissertation consists of the study of a group of 5 Gaucho communist teachers, composed of Demetrio Ribeiro Neto, Edgar Albuquerque Graeff, Edvaldo Ruy Pereira Paiva, Enilda Ribeiro and Nelson Souza, members of the Brazilian Communist Party (PCB), expurgated teachers of the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) by the civil- military dictatorship, in 1964, and reunited, mainly, by the desire of change. Attracted by intellectual, professional and behavioral similarities, and by dissimilarities that, in the other, they find their complement, these professionals have united in favor of a desire for emancipation, common to them, making group character indispensable to reach their objectives. As progressive intellectuals organically linked to the proletarian class, the 5 self-commit the commitment to act alongside the people, even not within the scope of the profession, contributing to the desalienation and construction of an ideological project of City and Society. Through a long process of stimulus to thought, a characteristic that characterized by a revolutionary, since simulating irreversible and qualitative changes, encouraged classmates and students to get to know the social reality of the country and to intervene critically in it. Guided by political resolutions of the Brazilian Communist Party (PCB) and regulated by its statutes, the five communist professors of the Architecture College of the Federal University of Rio Grande do Sul are concerned with political issues by the Party, such as anti-imperialism, latifundia and the National Culture, theme of the theoretical reflection on the architectural phenomena. Through teaching, militancy in class entities, writing and as technicians of architecture and urbanism did fulfill the social function conferred on them by the PCB.
8

Os 5 professores comunistas : Demetrio Ribeiro, Edgar A. Graeff, Edvaldo P. Paiva, Enilda Ribeiro, Nelson Souza

Nunes, Livia Fernanda Ribeiro January 2016 (has links)
Esta dissertação consiste no estudo de um grupo de 5 professores comunistas gaúchos, composto por Demetrio Ribeiro Neto, Edgar Albuquerque Graeff, Edvaldo Ruy Pereira Paiva, Enilda Ribeiro e Nelson Souza, membros do Partido Comunista Brasileiro (PCB), docentes expurgados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) pela ditadura civil-militar, em 1964, e reunidos, principalmente, pelo desejo de mudança. Atraídos por semelhanças intelectuais, profissionais e de conduta, e por dessemelhanças que, no outro, encontram seu complemento, estes profissionais uniram-se em prol de um desejo de emancipação, a eles comum, tornando o caráter de grupo indispensável ao alcance dos seus objetivos. Como intelectuais progressistas ligados organicamente à classe proletária, os 5 se autoatribuíram o compromisso de atuar ao lado do povo, mesmo no âmbito da profissão, contribuindo para a desalienação e para a construção de um projeto ideológico de cidade e sociedade. Por meio de um longo processo de estímulo ao pensamento, a qual se caracterizou por revolucionário, uma vez que pretendia mudanças irreversíveis e qualitativas, incitaram aos colegas de profissão e alunos a conhecerem a realidade social do país e, nela, intervirem de forma crítica. Orientados pelas resoluções políticas do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e regulamentados por seus Estatutos, os 5 professores comunistas da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul tiveram nas questões políticas propostas pelo Partido, como o anti-imperialismo, o latifúndio e a cultura nacional, tema da reflexão teórica sobre os fenômenos arquitetônicos. Por meio da docência, da militância em entidades de classe, da escrita, e como técnicos da arquitetura e do urbanismo fizeram cumprir a função social a eles conferida pelo PCB. / This dissertation consists of the study of a group of 5 Gaucho communist teachers, composed of Demetrio Ribeiro Neto, Edgar Albuquerque Graeff, Edvaldo Ruy Pereira Paiva, Enilda Ribeiro and Nelson Souza, members of the Brazilian Communist Party (PCB), expurgated teachers of the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) by the civil- military dictatorship, in 1964, and reunited, mainly, by the desire of change. Attracted by intellectual, professional and behavioral similarities, and by dissimilarities that, in the other, they find their complement, these professionals have united in favor of a desire for emancipation, common to them, making group character indispensable to reach their objectives. As progressive intellectuals organically linked to the proletarian class, the 5 self-commit the commitment to act alongside the people, even not within the scope of the profession, contributing to the desalienation and construction of an ideological project of City and Society. Through a long process of stimulus to thought, a characteristic that characterized by a revolutionary, since simulating irreversible and qualitative changes, encouraged classmates and students to get to know the social reality of the country and to intervene critically in it. Guided by political resolutions of the Brazilian Communist Party (PCB) and regulated by its statutes, the five communist professors of the Architecture College of the Federal University of Rio Grande do Sul are concerned with political issues by the Party, such as anti-imperialism, latifundia and the National Culture, theme of the theoretical reflection on the architectural phenomena. Through teaching, militancy in class entities, writing and as technicians of architecture and urbanism did fulfill the social function conferred on them by the PCB.
9

Os 5 professores comunistas : Demetrio Ribeiro, Edgar A. Graeff, Edvaldo P. Paiva, Enilda Ribeiro, Nelson Souza

Nunes, Livia Fernanda Ribeiro January 2016 (has links)
Esta dissertação consiste no estudo de um grupo de 5 professores comunistas gaúchos, composto por Demetrio Ribeiro Neto, Edgar Albuquerque Graeff, Edvaldo Ruy Pereira Paiva, Enilda Ribeiro e Nelson Souza, membros do Partido Comunista Brasileiro (PCB), docentes expurgados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) pela ditadura civil-militar, em 1964, e reunidos, principalmente, pelo desejo de mudança. Atraídos por semelhanças intelectuais, profissionais e de conduta, e por dessemelhanças que, no outro, encontram seu complemento, estes profissionais uniram-se em prol de um desejo de emancipação, a eles comum, tornando o caráter de grupo indispensável ao alcance dos seus objetivos. Como intelectuais progressistas ligados organicamente à classe proletária, os 5 se autoatribuíram o compromisso de atuar ao lado do povo, mesmo no âmbito da profissão, contribuindo para a desalienação e para a construção de um projeto ideológico de cidade e sociedade. Por meio de um longo processo de estímulo ao pensamento, a qual se caracterizou por revolucionário, uma vez que pretendia mudanças irreversíveis e qualitativas, incitaram aos colegas de profissão e alunos a conhecerem a realidade social do país e, nela, intervirem de forma crítica. Orientados pelas resoluções políticas do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e regulamentados por seus Estatutos, os 5 professores comunistas da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul tiveram nas questões políticas propostas pelo Partido, como o anti-imperialismo, o latifúndio e a cultura nacional, tema da reflexão teórica sobre os fenômenos arquitetônicos. Por meio da docência, da militância em entidades de classe, da escrita, e como técnicos da arquitetura e do urbanismo fizeram cumprir a função social a eles conferida pelo PCB. / This dissertation consists of the study of a group of 5 Gaucho communist teachers, composed of Demetrio Ribeiro Neto, Edgar Albuquerque Graeff, Edvaldo Ruy Pereira Paiva, Enilda Ribeiro and Nelson Souza, members of the Brazilian Communist Party (PCB), expurgated teachers of the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) by the civil- military dictatorship, in 1964, and reunited, mainly, by the desire of change. Attracted by intellectual, professional and behavioral similarities, and by dissimilarities that, in the other, they find their complement, these professionals have united in favor of a desire for emancipation, common to them, making group character indispensable to reach their objectives. As progressive intellectuals organically linked to the proletarian class, the 5 self-commit the commitment to act alongside the people, even not within the scope of the profession, contributing to the desalienation and construction of an ideological project of City and Society. Through a long process of stimulus to thought, a characteristic that characterized by a revolutionary, since simulating irreversible and qualitative changes, encouraged classmates and students to get to know the social reality of the country and to intervene critically in it. Guided by political resolutions of the Brazilian Communist Party (PCB) and regulated by its statutes, the five communist professors of the Architecture College of the Federal University of Rio Grande do Sul are concerned with political issues by the Party, such as anti-imperialism, latifundia and the National Culture, theme of the theoretical reflection on the architectural phenomena. Through teaching, militancy in class entities, writing and as technicians of architecture and urbanism did fulfill the social function conferred on them by the PCB.
10

O edifício da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo na cidade universitária: projeto e construção da Escola de Vilanova Artigas / not available

Felipe de Araujo Contier 19 June 2015 (has links)
O projeto de João Batista Vilanova Artigas (1915-1985) para o edifício da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, concebido entre 1960 e 1961 e construído na Cidade Universitária entre 1966 e 1969, atravessou um período de ruptura na ordem política do país que marcou sua produção material e sua valoração histórica. Marco inquestionável da arquitetura moderna brasileira e, em particular, da escola de Vilanova Artigas, a explicação histórica dessa obra se mostra indissociável da luta pela reforma do ensino de arquitetura, das políticas para obras públicas do Estado de São Paulo e do debate sobre o subdesenvolvimento no segundo pós-guerra. Esta tese, organizada em quatro capítulos, busca, primeiramente, interpretar a trajetória de seu autor até o momento da inauguração do edifício, argumentando que a pesquisa arquitetônica de Artigas baseada no concreto armado aparente, iniciada em meados da década de 1950, manteve seu vínculo com a nova monumentalidade, porém, deslocando o foco representativo da identidade nacional para a própria construção. Em seguida, este trabalho examina o processo de distinção de Vilanova Artigas no campo institucional da FAU e sua relação com o campo profissional. Para isso, recorre à história da faculdade, criada em 1948, a partir do curso de arquitetura da Escola Politécnica da USP, na qual se observa o crescimento do protagonismo de Vilanova Artigas, consagrado com seu projeto para o novo edifício da escola e sua liderança na reforma do ensino. Seu papel busca ser explicado à luz da atuação de seus pares, professores, arquitetos e engenheiros, bem como dos obstáculos políticos e acadêmicos enfrentados por ele. O encontro das hipóteses arquitetônicas radicais de Artigas com o fecundo território para experimentações da Cidade Universitária de São Paulo é discutido em seguida, tomando como referência a história desse campus e o caráter excepcional das Cidades Universitárias de modo geral. São então destacados o Plano de Ação do Governo do Estado (PAGE, 1959-1963), responsável por uma mudança de paradigmas nas obras públicas do Estado de São Paulo que resultou na promoção da arquitetura moderna feita em escritórios particulares, e o Fundo para Construção da Cidade Universitária Armando Salles de Oliveira (FCCUASO), um órgão público de planejamento e administração direta das obras na Cidade Universitária, criado pelo PAGE, que teve papel relevante na construção do edifício da FAU. O último capítulo deste trabalho analisa aspectos artísticos, técnico-construtivos e políticos da produção do edifício da FAUUSP. A trajetória de Vilanova Artigas, a história da FAU e os planos para a Cidade Universitária são retomados em uma narrativa detalhada que vai dos primeiros croquis do projeto à inauguração do edifício, tragicamente simultânea ao afastamento de Artigas da universidade, em 1969. / The architecture project of João Batista Vilanova Artigas (1915-1985) for the building of the Faculty of Architecture and Urbanism of the University of São Paulo, designed between 1960 and 1961 and built between 1966 and 1969, passed through a period of disruption in the political order of the country that interfered on its production and historical meaning. Being an unquestionable landmark of Brazilian modern architecture and, in particular, of the Artigas school, the historical explanation of this work is inseparable from the struggle to reform the architecture education, the policies for public works in the State of São Paulo and from the debate about architecture in the context of the post-war underdeveloped world. This four chapters thesis seeks, first, to interpret the trajectory of Artigas until the inauguration of the building, arguing that his architectural research based on exposed concrete that began in the mid-1950s, maintained its link with the new monumentality, however, shifting the representative focus of national identity for the construction itself. Then, this study examines the distinction process of the architect in the institutional field of FAU and its relationship with the professional field. For this, we refer to the history of FAU, created in 1948 from the architecture course of the Polytechnic School of USP. We seek to explain the role that Vilanova Artigas obtained both with his design for the new building of the school and with his leadership in the educational reform, in the light of the performance of their peers, professors, architects and engineers, as well as the academic and political obstacles faced by the architect. The confluence of Artigas radical architectural hypothesis and the fertile territory for experiments of the campus of São Paulo is discussed in the third chapter, from the perspective of the history of this campus and the exceptional character of the Cidades Universitárias in general. We then highlight the Action Plan of the State Government PAGE (1959-1963), which was responsible for a paradigm shift in public constructions of the State of São Paulo that resulted in the promotion of modern architecture made by private offices. PAGE created the Fund for Construction of the campus (FCCUASO), a public agency of direct administration of constructions that planned and executed the constructions on the campus, playing a decisive role in the construction of the building of FAU. The last chapter of the present thesis analyses some or the artistic, technical-constructive and political aspects of the production of the studied work. The trajectory of Vilanova Artigas, the history of the Faculty of Architecture and Urbanism and the plans for the campus are resumed in a detailed narrative from the early drawings until the opening of the building and the dismissal of the Artigas from the university, in 1969.

Page generated in 0.1518 seconds