• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 95
  • 14
  • 14
  • 13
  • 12
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 98
  • 98
  • 36
  • 25
  • 23
  • 16
  • 15
  • 15
  • 13
  • 12
  • 12
  • 11
  • 11
  • 11
  • 10
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo comparativo dos inseticidas sulfluramida e indoxacarbe para Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera : Formicidae) /

Stefanelli, Luis Eduardo Pontes. January 2019 (has links)
Orientador: Luiz Carlos Forti / Banca: Roberto da Silva Camargo / Banca: Nadia Caldato / Resumo: Este estudo buscou conhecer a interferência do diâmetro de partícula no controle de formigas cortadeiras da espécie Atta sexdens rubropilosa, e a partir dos diferentes diâmetros utilizados na confecção das iscas tóxicas granuladas, conhecer um pouco mais sobre a contaminação das operárias. A hipótese abordada questiona se o tamanho da partícula pode influenciar a eficiência do controle. Neste caso, verificou-se se o aumento ou diminuição do tamanho de partículas das iscas formicidas poderia apresentar um desempenho melhor que o tamanho comercial atualmente adotado pela indústria. Foram utilizados três diâmetros para a confecção das iscas sendo eles: 1,5 mm; 2,0 mm e 3,0 mm. Para verificar as rotas de contaminação foi adicionado na formulação, um corante traçador lipossolúvel (Sudam III, 5%), afim de avaliar a proporção de operárias coradas de acordo com a cápsula cefálica, e suas estruturas morfológicas internas coradas, neste estudo em particular, a glândula pós-faringea. Concluiu-se que o diâmetro da isca formicida à base de indoxacarbe influenciou na incorporação do substrato e o mecanismo de ação do inseticida também influencia na dispersão dos ingredientes ativos dentro da colônia.A utilização de iscas formicidas representam um método eficiente de controle, e de acordo com este estudo o diâmetro do pellet e o ingrediente ativo utilizados podem exercer influências significativas no processamento, dispersão e contaminação de operárias. Neste caso, a ingestão dos ingredient... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: This comparative study seeks to discover the potential of the use of indoxacarb in the chemical control of leaf cutting ants through formicide baits. In this way, toxic baits offered containing liposoluble tracer dye to colonies of Atta sexdens rubropilosa under laboratory conditions, in order to evaluate the proportion of workers stained by size category, from a specific morphological structure, the post- pharyngeal gland (PPG). Three different diameters selected to evaluate the influence of granulometry on contamination mechanisms. In addition, two active ingredients (IA's) used sulfluramide and indoxacarbe. The results showed that more than 60% of the workers exposed to the active principle, since the post-pharyngeal gland presented the tracer dye in the first 72 hours of contact with the toxic bait. The IAs ended up not presenting similarity regarding the contamination of their workers, probably due to their different mechanisms of action. Six behavioral acts of each processed substrate (bait) recorded and, in this way, it concludes that the behavior pattern of the workers during fungus garden growth was the main means for the dispersion of the active ingredient inside the colony and that the size of the particle exerts influence on the dispersion of the active ingredient / Mestre
2

Ocorrência de fungos filamentosos em ninhos de Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera: Formicidae) submetidos a tratamentos com iscas tóxicas

Rodrigues, André [UNESP] 08 1900 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:27:23Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2004-08Bitstream added on 2014-06-13T19:26:14Z : No. of bitstreams: 1 rodrigues_a_me_rcla_prot.pdf: 966759 bytes, checksum: b86f328aee3f04cd48e3fb270ad01ea2 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Além do fungo simbionte que as formigas cortadeiras cultivam para alimentação, outros microrganismos podem ser encontrados em seus ninhos. Apesar das informações disponíveis recentemente na literatura, ainda pouco se sabe sobre esta microbiota, suas inter-relações e em quais circunstâncias podem interferir na simbiose. Este trabalho teve a intenção de fazer um levantamento das principais espécies de fungos filamentosos que podem ocorrer nos ninhos de Alta sexdens rubropilosa (saúva). Para facilitar o crescimento desses fungos, os ninhos foram submetidos a tratamento com iscas tóxicas, induzindo um desequilíbrio na simbiose. Setenta e seis ninhos de laboratório foram utilizados nos ensaios, dos quais, 40 ninhos tratados com sulfiuramida (Mirex-fl e 36 com hidrametilnona, respectivamente; enquanto que 13 ninhos foram tratados in situ com Mirex-S. Conforme esperado, vários fungos filamentosos se desenvolveram poucos dias após aos tratamentos. Mais de 65% dos isolados provenientes dessas colônias se encontravam na esponja fúngica, mesmo local onde as formigas cultivam seu parceiro. Nos ninhos de laboratório, os mais frequentes foram Syncephalaslnnn racemosum (54% e 79%) e Eseovopsis weberi (21% e 15%) quando tratados com Mirex-S e hidrametilnona, respectivamente. Trichoderma cf. harzianum foi o fungo mais encontrado (3%) nos ninhos de campo. Os fungos em comum entre os tratamentos de campo e laboratório foram: Acremoniwn kiliense, Aspergilius niger var. niger, E weberi, Fusarium oxysporum, Fusarium solani, Moniliella suaveolens, Trichoderma sp. e Trichoderma cf. harzianum. Numa abordagem diferente, fragmentos de esponja fúngica foram removidos de outros 12 ninhos recém-coletados no campo e mantidos sem as operárias, havendo também o desenvolvimento de fungos contaminantes, dentre eles M suaveolens (50%), Trichoderma sp. (50%), Á. kiliense (42%) e E. weberi (42%). £ racemosum... .
3

Ocorrência de fungos filamentosos em ninhos de Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera: Formicidae) submetidos a tratamentos com iscas tóxicas /

Rodrigues, André. January 2004 (has links)
Orientador: Fernando Carlos Pagnocca / Banca: Elena Maria de Oliveira Diehl / Banca: Derlene Silva Attilli / Além do fungo simbionte que as formigas cortadeiras cultivam para alimentação, outros microrganismos podem ser encontrados em seus ninhos. Apesar das informações disponíveis recentemente na literatura, ainda pouco se sabe sobre esta microbiota, suas inter-relações e em quais circunstâncias podem interferir na simbiose. Este trabalho teve a intenção de fazer um levantamento das principais espécies de fungos filamentosos que podem ocorrer nos ninhos de Alta sexdens rubropilosa (saúva). Para facilitar o crescimento desses fungos, os ninhos foram submetidos a tratamento com iscas tóxicas, induzindo um desequilíbrio na simbiose. Setenta e seis ninhos de laboratório foram utilizados nos ensaios, dos quais, 40 ninhos tratados com sulfiuramida (Mirex-fl e 36 com hidrametilnona, respectivamente; enquanto que 13 ninhos foram tratados in situ com Mirex-S. Conforme esperado, vários fungos filamentosos se desenvolveram poucos dias após aos tratamentos. Mais de 65% dos isolados provenientes dessas colônias se encontravam na esponja fúngica, mesmo local onde as formigas cultivam seu parceiro. Nos ninhos de laboratório, os mais frequentes foram Syncephalaslnnn racemosum (54% e 79%) e Eseovopsis weberi (21% e 15%) quando tratados com Mirex-S e hidrametilnona, respectivamente. Trichoderma cf. harzianum foi o fungo mais encontrado (3%) nos ninhos de campo. Os fungos em comum entre os tratamentos de campo e laboratório foram: Acremoniwn kiliense, Aspergilius niger var. niger, E weberi, Fusarium oxysporum, Fusarium solani, Moniliella suaveolens, Trichoderma sp. e Trichoderma cf. harzianum. Numa abordagem diferente, fragmentos de esponja fúngica foram removidos de outros 12 ninhos recém-coletados no campo e mantidos sem as operárias, havendo também o desenvolvimento de fungos contaminantes, dentre eles M suaveolens (50%), Trichoderma sp. (50%), Á. kiliense (42%) e E. weberi (42%). £ racemosum... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Besides the fungus that leaf-cutting ants cultivate for food, a pool of microorganisms can be found inside the nests of these insects. There are evidences that these microorganisms are under the control of tbe ants, which have several mechanisms to avoid their development. However, when the nests are seriously disturbed this balance is broken and the alien microorganisms can surpass the symbiotic fungus. In this research, we carried out a screening of the filamentous fungi (rather on the symbiotic type) found in association with Ata sexdens rubropilosa colonies. Toxic baits were used to kill most of the workers and thus make the development of the fungi easy. Seventy-six laboratory nests were used in all of the assays, from which forty were treated with sulfluramid (Mirex-S and thirty-six with hydrarmethylnon, respectively. Additionaily, another thirteen nests were treated with Mirex-S in the field. Many different fungi species were isolated from the nests a few days after the beginning of the assays, as expected. More than 65% of the isolates were found in the fungus garden of lhe laboratory nests. Syncephalastrum racemosum (54% and 79%) and Escovopsis weberi (21% and 15%) were the prevalent species in the laboratory nests treated with Mirex-S and the hydramethylnon baits, respectively, whereas Trichoderma cf. harzianum (38%) was the predominant species in the field nests. the species Acremonium kiliense, Aspergillus niger var, niger, E. weberi, Fusarium solani Fusarium oxysporum, Moniliella suaveolens, Trichoderma sp, and Trichoderma cf harzianum were found in both kinds of nests. In another approach, small pieces of the fungus garden were taken from twelve young colonies and the ants were removed. In this experiment we isolated mostly, M. suaveolens (50%), Trichoderma sp. (50%), A. kiliense (42%) and E. weberi (42%). S. racemosum was found only in... (Complete abstract, click electronic address below). / Mestre
4

Estudos toxicológicos de princípios ativos utilizando como modelo Atta sexdens rubropilosa (Hymenoptera, formicidae)

Nagamoto, Nilson Satoru [UNESP] 04 1900 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:00Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2003-04Bitstream added on 2014-06-13T20:25:42Z : No. of bitstreams: 1 nagamoto_ns_dr_botfca.pdf: 863317 bytes, checksum: 9e7f96b592c9b249eced357069bbbb9b (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / A eficiência de controle das formigas cortadeiras (Atta spp. e Acromyrmex spp.) (Hymenoptera, Formicidae), através de iscas tóxicas, principal método de controle, depende fundamentalmente de se utilizar um princípio ativo adequado. As pesquisas realizadas para determinar quais seriam as características necessárias para os princípios ativos, ainda são insuficientes. Portanto, pretendeu-se realizar estudos para aperfeiçoar a metodologia de seleção de princípios ativos para iscas tóxicas (Nagamoto, 1998), através de um estudo mais aprofundado, incluindo aspectos toxicológicos pertinentes. Avaliou-se também o potencial de novos ingredientes ativos. Foram realizados experimentos de classificação primária de ação inseticida em relação ao tempo (Nagamoto, 1998), para os princípios ativos abamectin, clorpirifós, closantel, emamectin benzoato, indoxacarb, RPA115782, thiamethoxam e thiodicarb. Abamectin, closantel, emamectin benzoato e thiodicarb, foram incluídos na classe I (pouca ou nenhuma atividade formicida), não sendo promissores para uso em iscas tóxicas de formigas cortadeiras. Existe um potencial teórico, pelo menos para o abamectin, desde que se encontre alguma forma de se superar os mecanismos de defesa das formigas cortadeiras. Nos tratamentos testemunha, uma pequena quantidade de operárias apresentaram sintomas; mas todas as evidências indicaram que não ocorreu contaminação acidental por pesticidas, mas sim, que estes sintomas foram de processo mórbido natural. Os pesticidas enquadrados de forma provisória nas classes II (ação rápida, indesejável), III, IV e V (ação retardada, característica desejável, em crescentes amplitudes de concentrações) na presente pesquisa, ou anteriormente (Nagamoto, 1998), passaram para a seguinte fase, classificação secundária: obtenção de valores de CK15... . / The efficiency of control of the leaf-cutting ants (Atta spp. and Acromyrmex spp.) (Hymenoptera, Formicidae), using toxic baits, main control method, depends fundamentally of using an appropriate active ingredient. The researches accomplished to determine which are necessary characteristics to the active ingredients, are still insufficient. Then, we intended to made studies to improve the screening methodology of active ingredients for toxic baits (Nagamoto, 1998), in a more elaborated study, including pertinent toxicological aspects. It was also evaluated the potential of new active ingredients. The experiments of primary classification of insecticide action in relation to the time (Nagamoto, 1998), was made to the following active ingredients: abamectin, chlorpyrifos, closantel, emamectin benzoate, indoxacarb, RPA115782, thiamethoxam and thiodicarb. Included in the class I (little or any insecticide activity), abamectin, closantel, emamectin benzoate and thiodicarb, were not being promising for use in toxic baits of leafcutting ants. A theoretical potential exists, at least for abamectin, since it meets some form of overcoming the mechanisms of defense of the leaf-cutting ants. In control treatments of the bioessays, a small amount of workers presented symptoms; but all the evidences found, indicated that it didn't happen accidental contamination for toxicants, but that these symptoms were of natural morbid process. The pesticides that was placed, in previous form, in the classes II (fast action, undesirable), III, IV and V (delayed action, desirable characteristic, in growing range of concentrations) in present research, or previously (Nagamoto, 1998), passed for the following phase, secondary classification: obtaining of values of CK15 (knockdown concentration, adds of dead workers with general paralysis) with 1 day and CK90 with 21 days, using probits method... (Complete abstract, click electronic address below).
5

Determinação do território de forrageamento e avaliação do uso de micro porta-iscas para as saúvas Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 e Atta laevigata Fr. Smith, 1858 (Hymenoptera, Formicidae)

Ramos, Vânia Maria [UNESP] 02 1900 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:28:38Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2002-02Bitstream added on 2014-06-13T20:58:41Z : No. of bitstreams: 1 ramos_vm_me_botfca.pdf: 1458035 bytes, checksum: 2413a4ce87a00a8ad39f72ce0b0c6180 (MD5) / O presente trabalho foi realizado em área de reflorestamento de Eucalyptus spp., localizada na Fazenda Santa Catarina, município de Botucatu, SP, com a finalidade de conhecer o território de forrageamento das saúvas Atta sexdens rubropilosa e Atta laevigata, e investigar a eficiência do método de controle dessas formigas através da aplicação de micro porta-iscas (mipis), distribuídos de forma regular em florestas implantadas com Eucalyptus spp. Utilizando-se a técnica de identificação de olheiros através da aplicação de iscas plásticas atóxicas nas trilhas de forrageamento das formigas, foram mapeados mais de 700 olheiros pertencentes a 56 ninhos, em uma área com aproximadamente 56.000 m2. Todos os ninhos e olheiros foram localizados geograficamente dentro da área, através de medições topográficas efetuadas com teodolito. Também com iscas plásticas atóxicas foram confeccionados micro porta-iscas, aplicados na área em dois tipos de espaçamentos: 1 mipis/54 m2 e 1 mipis/40,5 m2. Os pontos de distribuição dos micro porta-iscas dentro da área foram locados com auxílio de teodolito. A medição topográfica de todos os ninhos, olheiros e locais de aplicação de micro porta-iscas permitiu gerar um mapa da área estudada, onde podem ser visualizados todos esses pontos, incluindo os limites dos territórios de forrageamento dos ninhos. Os resultados obtidos demonstraram que a correlação existente entre a área de terra solta dos ninhos com a área dos seus territórios de forrageamento e as distâncias máximas de construção dos seus olheiros, é significativa, porém, baixa. A freqüência dos ninhos dessas espécies é maior em faixas de distâncias mais próximas às bordas do talhão. Não foi verificada correlação significativa entre a distância máxima de exploração de recursos por A. sexdens rubropilosa... . / The present work was accomplished in an area of Eucalyptus spp. reforestation, located in Santa Catarina farm, Botucatu, SP, with the purpose of knowing the foraging territory of the leaf-cutting ants Atta sexdens rubropilosa and Atta laevigata, and to investigate the efficiency of the control method of these species by the regular distribution of micro bait stations in Eucalyptus forest plantations. The technique of holes identification through the application of non-toxic plastic baits in the ants foraging trails was used to map out more than 700 holes belonging to 56 nests in an area with approximately 56.000 m2. All nests and holes were geographically located inside of the area, by topographical mensurations made with a theodolite. Also with non-toxic plastic baits were maden micro bait stations, and applied in the area in two types of spacings: 1 micro bait station/54 m2 and 1 micro bait station/40,5 m2. The points of distribution of the micro bait station inside the area were located with a theodolit. The topographical mensuration of all nests, nest holes and place of micro bait stations application, allowed to generate a map of the studied area, where all those points can be visualized, including the limits of the foraging territories of the nests. Results demonstrated that the existent correlation between the mound area of the nests with the area of their foraging territories and the maximum distances of construction of their nest entrances is significant, but low. The frequency of the nests of those species is larger in strips closer to the borders of the area. Significant correlation could not be detected among the maximum distance of resources exploration for A sexdens rubropilosa and A laevigata with the external area of their nests and the area of foraging territories. The rate of micro bait stations explorations depends on the rate of colonies... (Complete abstract, click electronic address below).
6

Determinação do território de forrageamento e avaliação do uso de micro porta-iscas para as saúvas Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 e Atta laevigata Fr. Smith, 1858 (Hymenoptera, Formicidae) /

Ramos, Vânia Maria, 1973- January 2002 (has links)
Orientador: Luiz Carlos Forti / Resumo: O presente trabalho foi realizado em área de reflorestamento de Eucalyptus spp., localizada na Fazenda Santa Catarina, município de Botucatu, SP, com a finalidade de conhecer o território de forrageamento das saúvas Atta sexdens rubropilosa e Atta laevigata, e investigar a eficiência do método de controle dessas formigas através da aplicação de micro porta-iscas (mipis), distribuídos de forma regular em florestas implantadas com Eucalyptus spp. Utilizando-se a técnica de identificação de olheiros através da aplicação de iscas plásticas atóxicas nas trilhas de forrageamento das formigas, foram mapeados mais de 700 olheiros pertencentes a 56 ninhos, em uma área com aproximadamente 56.000 m2. Todos os ninhos e olheiros foram localizados geograficamente dentro da área, através de medições topográficas efetuadas com teodolito. Também com iscas plásticas atóxicas foram confeccionados micro porta-iscas, aplicados na área em dois tipos de espaçamentos: 1 mipis/54 m2 e 1 mipis/40,5 m2. Os pontos de distribuição dos micro porta-iscas dentro da área foram locados com auxílio de teodolito. A medição topográfica de todos os ninhos, olheiros e locais de aplicação de micro porta-iscas permitiu gerar um mapa da área estudada, onde podem ser visualizados todos esses pontos, incluindo os limites dos territórios de forrageamento dos ninhos. Os resultados obtidos demonstraram que a correlação existente entre a área de terra solta dos ninhos com a área dos seus territórios de forrageamento e as distâncias máximas de construção dos seus olheiros, é significativa, porém, baixa. A freqüência dos ninhos dessas espécies é maior em faixas de distâncias mais próximas às bordas do talhão. Não foi verificada correlação significativa entre a distância máxima de exploração de recursos por A. sexdens rubropilosa... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: The present work was accomplished in an area of Eucalyptus spp. reforestation, located in Santa Catarina farm, Botucatu, SP, with the purpose of knowing the foraging territory of the leaf-cutting ants Atta sexdens rubropilosa and Atta laevigata, and to investigate the efficiency of the control method of these species by the regular distribution of micro bait stations in Eucalyptus forest plantations. The technique of holes identification through the application of non-toxic plastic baits in the ants foraging trails was used to map out more than 700 holes belonging to 56 nests in an area with approximately 56.000 m2. All nests and holes were geographically located inside of the area, by topographical mensurations made with a theodolite. Also with non-toxic plastic baits were maden micro bait stations, and applied in the area in two types of spacings: 1 micro bait station/54 m2 and 1 micro bait station/40,5 m2. The points of distribution of the micro bait station inside the area were located with a theodolit. The topographical mensuration of all nests, nest holes and place of micro bait stations application, allowed to generate a map of the studied area, where all those points can be visualized, including the limits of the foraging territories of the nests. Results demonstrated that the existent correlation between the mound area of the nests with the area of their foraging territories and the maximum distances of construction of their nest entrances is significant, but low. The frequency of the nests of those species is larger in strips closer to the borders of the area. Significant correlation could not be detected among the maximum distance of resources exploration for A sexdens rubropilosa and A laevigata with the external area of their nests and the area of foraging territories. The rate of micro bait stations explorations depends on the rate of colonies... (Complete abstract, click electronic address below). / Mestre
7

Desenvolvimento de iscas atrativas para a formiga cortadeira de gramíneas Atta capiguara Gonçalves, 1944 (Hymenoptera, formicidae) /

Ramos, Vânia Maria, 1973- January 2005 (has links)
Orientador: Luiz Carlos Forti / Banca: Wilson Baliali Crocomo / Banca: Maria Aparecida C. Boaretto / Banca: Ivone Paschoal Garcia / Banca: Alberto Cavalcanti Vitório / Resumo: As formigas cortadeiras, insetos pertencentes aos gêneros Atta e Acromyrmex (Hymenoptera: Formicidae), recebem, no Brasil, os nomes populares de saúvas e quenquéns. Devido a seu hábito alimentar polífago ocupam diversos ambientes, acarretando danos econômicos em áreas cultivadas. As partes vegetais cortadas são transportadas para suas colônias e preparadas para servir de substrato ao fungo simbionte do qual se alimentam. Atualmente, o método mais empregado para o seu controle é a aplicação de iscas tóxicas, e, para muitas espécies, proporciona excelentes resultados. Porém, para uma espécie em particular, os métodos existentes são considerados insatisfatórios. Trata-se de Atta capiguara, conhecida como saúva parda, que causa expressivos prejuízos à pecuária. A ineficiência das iscas tóxicas destinadas ao controle dessa espécie deve-se ao fato de que as mesmas são fabricadas contendo apenas polpa cítrica; como A. capiguara seleciona essencialmente monocotiledôneas, as iscas não são atrativas e, conseqüentemente, não transportadas pelas operárias. Dessa maneira, o presente trabalho objetivou desenvolver iscas destinadas ao controle da saúva parda, partindo da hipótese que a adição de espécies monocotiledôneas à matriz das iscas causa efeito atrativo sobre as operárias, tornando os pelletes mais transportados. Assim, foram utilizadas espécies vegetais naturalmente selecionadas durante o forrageamento por essas formigas, no caso a cana-de-açúcar, o capim jaraguá e o capim elefante. A adição dessas gramíneas às iscas foi feita por meio de incorporação, impregnação e pulverização de extratos, além da adição direta de matéria seca vegetal em substituição parcial à polpa cítrica, sendo todo o material previamente preparado em laboratório...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The leaf-cutting ants, insects belonging to the genus Atta and Acromyrmex (Hymenoptera: Formicidae), they have, in Brazil, the popular names of saúvas and quenquéns. Due to its polyfagic habit, they live in the most several environments, bringing out economic damages in cultivated areas. The pieces of the vegetables that they cut, are transported for its colonies and prepared to serve of substratum to the symbiont mushroom which they feed. Now, the method more employed for its control is the application of toxicant baits, and, for a lot of species, it provides excellent results. Even so, for a species in particular, the existent methods are considered unsatisfactory. It is Atta capiguara, known as "saúva parda", that causes expressive damages to the pastures. The inefficiency of the toxicant baits destined to the control of that species is due to the fact that the same ones are manufactured just contends citric pulp; as A. capiguara selects monocotyledonous essentially, the baits are not attractive and, consequently, not transported by the workers. In that way, the present work objectified to develop baits destined to the control of the "saúva parda", based on hypothesis that the addition of monocotyledonous species to the base of the baits should cause an attractive effect on the workers, turning the pellets more transported by the same ones. Thus, were used vegetable species that they are naturally selected during the foraging by the ants, in this case sugar-cane, jaraguá grass and elephant grass. The addition of those grasses to the baits was made by incorporation, impregnation and pulverization of the extracts, besides the direct addition of dry vegetable matter in partial substitution to the citric pulp, being previously the whole material prepared in laboratory...(Complete abstract click electronic access below) / Doutor
8

Aspectos da biologia de Acromyrmex (Acromyrmex) coronatus (Hymenoptera, Formicidae, Attini) /

Chaves-da-Costa, Ricardo Cézar Siqueira. January 2017 (has links)
Alteração do título para: Aspectos da biologia de Cromyrmex (Acromyrmex) coronatus (Hymenoptera, Formicidae, Attini) / / Orientador: Edilberto Giannotti / Banca: Gleiciani Bürger Patricio Roberto / Banca: Maria Santina de Castro Morini / Resumo: As formigas cortadeiras pertencem à tribo Attini e merecem destaque os gêneros Atta e Acromyrmex. O gênero Acromyrmex ocorre, predominantemente, na Região Neotropical e apresenta populações e ninhos menores que Atta, no entanto, não é menos importante quando tratado como praga. O conhecimento da biologia populacional e da estrutura do ninho desses insetos pode ajudar a compreender seu nicho ecológico para posterior aplicação de novas técnicas de controle, visando práticas que não prejudiquem o ambiente e nem comprometam a existência da espécie; além de servir como base para estudos ecológicos e comportamentais, proporcionando maior compreensão acerca da importância da espécie para o ambiente. Este trabalho teve como objetivos: a análise morfométrica em operárias forrageadoras e do número de subcastas, através de medições realizadas nas formigas, divididas em três classes de tamanho (pequena, média e grande); o conhecimento do tipo de material vegetal coletado, por meio de observações do material carregado pelas operárias forrageadoras; além de caracterizar a arquitetura externa de ninhos, considerando as dimensões, por meio de medições do comprimento, profundidade e altura e seus locais de instalação. Os resultados mostraram que, de acordo com o método empregado, há três classes de tamanhos de operárias forrageadoras. Durante o forrageamento, deixam trilhas físicas bem visíveis e dentre o material vegetal coletado, observou-se a preferência por fragmentos de dicotiledôneas. A... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Leaf-cutting ants belong to the Attini tribe and the genus Atta and Acromyrmex stand out. The genus Acromyrmex occurs predominantly in the Neotropical Region and presents populations and nests smaller than Atta, however, is not less important when treated as a pest. The knowledge of the population biology and nest structure of these insects can help to understand their ecological niche for later application of new control techniques, aiming at practices that neither harm the environment nor compromise the existence of the species; As well as serve as a basis for ecological and behavioral studies, providing greater understanding of the importance of the species to the environment. The objective of this study was: morphometric analysis of foraging workers and the number of subcastes, through measurements of the ants, divided into three size classes (small, medium and large); The knowledge of the type of plant material collected, through observations of the material carried by the foraging workers; Besides characterizing the external architecture of nests, considering the dimensions, through measurements of the length, depth and height and their places of installation. The results showed that, according to the method used, there are three classes of forage worker sizes. During the foraging, physical trails leave very visible and of the collected plant material, it was observed the preference for fragments of dicotyledons. The nesting occurs, preferably, in trees, between the bra... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
9

Bases para o controle microbiano de formigas cortadeiras /

Travaglini, Raphael Vacchi, 1986. January 2017 (has links)
Orientador: Luiz Carlos Forti / Coorientador: Maria Izabel Camargo-Mathias / Banca: Roberto da Silva Camargo / Banca: André Arnosti / Banca: Juliane Floriano Lopes Santos / Banca: Ivone Paschoal Garcia / Resumo: O controle biológico tem recebido atenção dos pesquisadores, principalmente devido aos movimentos, de preservação do ambiente. Têm sido amplamente aplicado em espécies consideradas importantes pragas agrícolas, porém não indicado para as formigas cortadeiras. Tais formigas apresentam um conjunto de estratégias físicas, químicas e comportamentais que as operárias realizam a fim de evitar a própria contaminação e da colônia. Entretanto alguns microorganismos conseguem causar mortalidade de alguns membros da colônia, como os fungos entomopatogênicos. Pretende-se fornecer conhecimentos básicos para desenvolvimento de novas estratégias de controle microbiano das formigas cortadeiras em um futuro próximo. Para tanto estudamos quatro fungos com grande potencial patogênico, Metarhizium anisopliae, Beauveria bassiana, Aspergillus flavus e Trichoderma asperellus. Primeiramente foram estudados a patogenicidade dos fungos (entomopatogeno e oportunista) em operarias isoladas da colônia. Estudou-se a susceptibilidade de larvas e adultos de formigas cortadeiras Atta sexdens rubropilosa a conídios de B. bassiana, por meio de técnicas histológicas e de microscopia. Finalmente encapsulados com conídios foram veiculados para o jardim de fungo simbionte visando o controle de mini colônias em laboratório. Propomos a elaboração de novas alternativas aos manejos existentes. / Abstract: Biological control has received attention of the researchers, mainly due to the movements, of preservation of the environment. They have been widely applied in species considered important agricultural pests, but not indicated for leaf cutting ants. These ants present a set of physical, chemical and behavioral strategies that the workers realize in order to avoid the own contamination and the colony. However, some microorganisms can cause mortality of some members of the colony, such as entomopathogenic fungi. It is intended to provide basic knowledge for the development of new strategies for microbial control of leaf-cutting ants in the near future. For this, we studied four fungi with great pathogenic potential, Metarhizium anisopliae, Beauveria bassiana, Aspergillus flavus and Trichoderma asperellus. First, the pathogenicity of fungi (entomopathogen and opportunist) was studied in workers isolated from the colony. The susceptibility of larvae and adults of leaf-cutting ants Atta sexdens rubropilosa to B. bassiana conidia was studied by means of histological and microscopy techniques. Finally encapsulated with conidia were conveyed to the symbiotic fungus garden aiming the control of mini colonies in the laboratory. We propose the elaboration of new alternatives to existing management. / Doutor
10

Ecologia de Atta insularis Guérin (Insecta: formicidade) em uma pastagem de Leucaena leucocephala (Fabacea) e Panicum maximum (Poaceae) em San José de Las lajas, Cuba

Perdomo, Madelen Herrera January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas. / Made available in DSpace on 2012-10-23T16:15:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 248582.pdf: 3157063 bytes, checksum: 356bb750544cc99902e2bc4ddbd9ed51 (MD5) / Este trabalho teve como objetivo aprofundar no estúdio da ecologia da formiga cortadeira Atta insularis em uma pastagem de Leucaena leucocephala e Panicum maximum. Para isto, foi verificada a densidade, distribuição espacial e morfologia externa dos ninhos, as plantas hospedeiras, as estratégias de limpeza e forrageio e o efeito dos fatores climáticos e a sazonalidade nestas atividades. O estudo foi desenvolvido em um sistema silvipastoril de uma unidade de produção leiteira do Instituto de Ciência Animal no município San José de las Lajas, La Habana, Cuba. Na área de estudo havia dois tipos de solo: o Latossolo Vermelho Eutroférrico e o Nitossolo Vermelho Eutroférrico. As amostragens foram feitas semanalmente entre os meses de janeiro a novembro de 2007. Para conhecer a distribuição dos ninhos foram utilizados os índices de dispersão variância/média e a lei da potência de Taylor. Os testes não paramétricos de Mann-Whitney e Friedman foram empregados para verificar a influência do solo e das plantas na distribuição dos ninhos. Também foi utilizada a correlação de Spearman e as análises multivariadas de correspondência múltipla, de conglomerados e de discriminante para avaliar o efeito dos fatores climáticos e das variáveis qualitativas nas atividades de Atta insularis. A distribuição espacial dos ninhos foi de tipo agregada com 99 ninhos.ha-1. A maior ocorrência de ninhos (125 ninhos/ha), de plantas de Leucaena leucocephala (679 plantas.ha-1) e de outras plantas lenhosas (22 plantas.ha-1) foi observada no solo Nitossolo Vermelho Eutroférrico. A altura, os diâmetros, o número de olheiros e de trilhas dos montículos, apresentaram, na maioria dos casos, correlações significativas (p<0,01 e p<0,05) positivas, entre si e, negativas, com as variáveis climáticas, sendo a umidade relativa e as precipitações acontecidas antes das amostragens os fatores que mais influenciaram nestas medidas. Assim, o período pouco chuvoso e a realização da atividade de forrageio favoreceram o incremento das dimensões dos montículos. As cortadeiras coletaram 7 espécies de plantas e utilizaram mais (p<0,001) os folíolos de Leucaena leucocephala e os materiais secos de diferentes plantas, em especial de Panicum maximum. A limpeza total não teve diferenças entre os períodos do ano, no entanto, a realocação de solo foi maior (p<0,01) no período chuvoso. A atividade de forrageio teve correlações significativas (p<0,01 e p<0,05) positivas entre quase todas as medidas e negativas com os fatores climáticos. A intensidade de forrageio de Leucaena leucocephala, de seus folíolos e o forrageio total foi mais intenso nos período pouco chuvoso, as variáveis climáticas que mais influenciaram nesta atividade foram a umidade relativa e a temperatura. Conclui-se que os ninhos de Atta insularis tiveram uma distribuição espacial de tipo agregada. O solo Nitossolo Vermelho Eutroférrico teve o maior número de ninhos. A umidade relativa foi o fator climático que mais influiu na morfologia externa e nas atividades de limpeza e forrageio. No período pouco chuvoso, os montículos foram maiores e o forrageio mais intenso no sistema silvipastoril estudado.

Page generated in 0.0663 seconds