• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 138
  • 14
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 153
  • 69
  • 20
  • 17
  • 16
  • 16
  • 14
  • 12
  • 12
  • 12
  • 12
  • 11
  • 10
  • 9
  • 9
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Microbioma de formigas com ênfase em Camponotini (Hymenoptera, Formicidae) /

Ramalho-Sanchez, Manuela de Oliveira. January 2017 (has links)
Título original: Comunidades de bactérias de dois gêneros de formigas Polyrhachis (Spiny ants) e camponotus (Carpenter ants) / Orientador: Odair Correa Bueno / Coorientadora: Corrie Saux Moreau / Banca: Fernando Carlos Pagnocca / Banca: Cíntia Martins Perinotto / Banca: James Montoya Lerme / Banca: Priscila Cintra Socolowski / Resumo: A interação simbiótica tem sido uma das responsáveis pela evolução e a biodiversidade de espécies existentes no planeta. Mais estudos abordando diferentes hospedeiros mostram-se necessários para aumentar o conhecimento do significado evolutivo desta associação na natureza. As formigas pertencentes aos gêneros Polyrhachis e Camponotus estão contidas na tribo Camponotini e são estreitamente relacionadas além de possuírem ampla distribuição, hábitos diversificados, e estão frequentemente associadas à endossimbiontes. Entretanto existem poucos estudos nesta área, permanecendo então muitas questões a respeito destas associações. Desta maneira, por meio da técnica de Sequenciamento de Nova Geração (NGS) Illumina MiSeq2000, o presente estudo teve como objetivo: I. explorar a comunidade microbiana de diversas espécies de Polyrhachis distribuídas em toda sua extensão e verificar os fatores que a influenciam. II. caracterizar a comunidade bacteriana associada aos gêneros Colobopsis e Camponotus, e analisar se há diferenças na composição da comunidade bacteriana quando comparada entre os diferentes gêneros, colônias e em todos os estágios de desenvolvimento; III. averiguar como se dá a distribuição da comunidade bacteriana nas diferentes partes do corpo (cabeça, mesossoma e gáster) de Camponotus, e se esta diversidade está associada ao ambiente onde estas Camponotus foram coletadas; IV. caracterizar o ovário de Camponotus textor, utilizando técnicas de histologia (HE), documentar a ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Symbiotic interaction has been one of the factors responsible for the evolution and biodiversity of species on the planet. More studies addressing different hosts are necessary to increase the knowledge of the evolutionary meaning of this association in nature. The ants belonging to the genera Polyrhachis and Camponotus are contained in the Camponotini tribe and they are closely related in addition to having wide distribution, diversified habits, and are often associated with endosymbionts. However, there are few studies in this area, and many questions remain about these associations. In this way, through the New Generation Sequencing technique (NGS) Illumina MiSeq2000, the present study aimed: I. To explore the microbial community of several species of Polyrhachis distributed throughout its range and to verify the factors that influence it. II. Characterize the bacterial community associated with the genus Colobopsis and Camponotus, and analyze if there are differences in the composition of the bacterial community when compared between different genera, colonies and at all stages of development; III. To determine how the distribution of the bacterial community occurs in the different parts of the body (head, mesosome and gaster) of Camponotus, and if this diversity is associated with the environment where these Camponotus were collected; IV. To characterize the ovary of Camponotus textor using histology techniques (HE), to document the location of Blochmannia and Wolbachia in oogenesis by fluorescence in situ hybridization (FISH), and to suggest the mechanism of development that these bacteria use to reach the egg . These studies have demonstrated that there are several factors that can influence the ant-associated bacterial community, such as host phylogeny, genera, colony, ontogeny, different body parts, and the environment the ant was ... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
2

Interação entre genótipos e estirpes de rizóbio em feijão-caupi / Interaction between genotypes and strains of rhizobia in cowpea

Pinheiro, Marcelo de Sousa January 2014 (has links)
PINHEIRO, M. S. Interação entre genótipos e estirpes de rizóbio em feijão-caupi. 2014. 39 F. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Fortaleza, 2014. / Submitted by José Jairo Viana de Sousa (jairo@ufc.br) on 2015-05-14T17:29:39Z No. of bitstreams: 1 dis_2014_mspinheiro.pdf: 2002750 bytes, checksum: a84a4a61ea9abb533d601640ea1d30f6 (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa(jairo@ufc.br) on 2015-10-19T23:49:25Z (GMT) No. of bitstreams: 1 dis_2014_mspinheiro.pdf: 2002750 bytes, checksum: a84a4a61ea9abb533d601640ea1d30f6 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-10-19T23:49:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dis_2014_mspinheiro.pdf: 2002750 bytes, checksum: a84a4a61ea9abb533d601640ea1d30f6 (MD5) Previous issue date: 2014 / Cowpea is a crop widely produced in the North and Northeast of Brazil, and quite adapted to adverse environmental conditions. However, the cowpea is still a culture with low productivity, mainly by low technological level employee. In this respect Biological Nitrogen Fixation (BNF) is a viable option for the supply of nitrogen on the cheap alternative, but it is important to select cowpea varieties most efficient and adapted to the FBN process. The objective of this work was to test the ability of strains of rhizobia and semiarid regions, generating gains in the production of cowpea, able to match the fertilized crop and verify the existence of interaction between cowpea and rhizobia. 21 genotypes obtained from the germplasm bank of the UFC and four strains of native rhizobia obtained semiarid from the culture collection of the laboratory of environmental microbiology at UFC were tested. Four experiments were conducted in a randomized block design in a factorial 6X8 being six genotypes of cowpea, eight sources of nitrogen and three replications. The nitrogen sources were composed of four native strains plus two standard strains and fertilized witness over the uninoculated control (without fertilizer and without rhizobia). The CE-930 genotype was repeated for all trials. The experiments were conducted in a greenhouse of the UFC and genotypes was sown in pots such as "Leonard", with sterile and inert substrate composed of sand and vermiculite. After 35-40 days of planting was carried out collect data for analysis. No significant interaction was found between genotypes and strains of rhizobia. There was no response variation for total nitrogen between any of the genotypes in the four experiments, all were statistically equal, but as the other variables there were very different values in some cases. When we analyzed the sources of nitrogen in the four tests all strains except LAMAB-8 generated increased production almost always similar nitrogen witness. The genotypes of cowpea did not influence the responses of strains of rhizobia, not being revealed interaction between them. The LAMAB-40, LAMAB-48 and LAMAB-65 strains expressed ability to fix nitrogen assimilated form already strains recommended for culture and when chemically fertilized. / O feijão-caupi é uma cultura amplamente produzida nas regiões norte e nordeste do Brasil, e bastante adaptada à condições edafoclimáticas adversas. Entretanto, o feijão-caupi ainda é uma cultura com baixa produtividade, principalmente pelo baixo nível tecnológico empregado. Nesse aspecto a Fixação Biológica de Nitrogênio (FBN) é uma alternativa viável para o fornecimento de nitrogênio de forma barata, porém é importante selecionar variedades de feijão-caupi mais eficientes e adaptadas ao processo de FBN. Objetivou-se com esse trabalho, testar a capacidade de estirpes de rizóbios nativos de regiões semiáridas, em gerar ganhos na produção do feijão-caupi, capazes de se equiparar a cultura adubada e verificar a existência de interação entre o feijão-caupi e os rizóbios. Foram testados 21 genótipos obtidos do banco de germoplasma da UFC e quatro estirpes de rizóbios nativas do semiárido obtidas da coleção de culturas do laboratório de microbiologia ambiental da UFC. Foram realizados quatro experimentos em delineamento de blocos ao acaso no esquema fatorial 6X8 sendo seis genótipos de feijão-caupi, oito fontes de nitrogênio e três repetições. As fontes de nitrogênio foram compostas por quatro estirpes nativas mais duas estirpes padrões e a testemunha adubada mais o controle sem inoculação (sem adubo e sem rizóbio). O genótipo CE-930 foi repetido em todos ensaios. Os experimentos foram realizados em casa de vegetação da UFC e os genótipos semeados em vasos do tipo “Leonard”, com substrato estéril e inerte composto por areia e vermiculita. Após 35 a 40 dias do plantio realizou-se a coleta de dados para análise. Não foi encontrada interação significativa entre os genótipos e as estirpes de rizóbios. Não houve variação de resposta quanto ao nitrogênio total entre nenhum dos genótipos avaliados nos quatro experimentos, todos foram estatisticamente iguais, porém quanto as demais variáveis houveram valores bem diferentes em alguns casos. Quando se analisou as fontes de nitrogênio, nos quatro ensaios todas as estirpes com exceção da LAMAB-8 geraram aumento de produção quase sempre similar a testemunha nitrogenada. Os genótipos de feijão-caupi não influenciaram as respostas das estirpes de rizóbios, não sendo revelada interação entre ambos. As estirpes LAMAB-40, LAMAB-48 e LAMAB-65 expressaram capacidade de fixar nitrogênio de forma equiparada as estirpes já recomendadas para a cultura e quando adubada quimicamente.
3

O gênero Leucocoprinus Pat. (Agaricaceae) no Brasil

Urrea Valencia, Salomé January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-graduação em Biologia de Fungos, Algas e Plantas, Florianópolis, 2013 / Made available in DSpace on 2014-08-06T17:17:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 325531.pdf: 1384240 bytes, checksum: 0906d138ed0d095b21a4e4b2f128c482 (MD5) Previous issue date: 2013 / O gênero Leucocoprinus Pat. (Agaricaceae) é incluído em Lepiota s.l., complexo que compreende um grande número de cogumelos caracterizados por apresentarem lamelas livres, esporada branca e anel. Foram coletados 67 espécimes do gênero no estado de Santa Catarina e foram analisadas conservando-se as características taxonômicas morfológicas como hipótese de pesquisa. Foram identificadas cinco espécies: Lc. birnbaumii, Lc. brunneoluteus, Lc. fragilissimus, Lc. ianthinus e Lc. longistriatus. A partir de literatura e revisão de coleções de herbário foi obtida a distribuição geográfica para o Brasil de 25 espécies de Leucocoprinus e 136 espécies de Lepiota s.l. compreendidas em 12 gêneros. Foram realizadas análises de máxima parcimônia (MP) e inferência Bayesiana (PP) utilizando sequências de ITS de táxons coletados durante o desenvolvimento do projeto junto com sequências similares obtidas do GenBank. A relação de espécimes de Leucocoprinus com fungos cultivados por formigas da tribo Attini é discutida com base nas análises moleculares.
4

Determinação de cepas de Wolbachia em populações naturais de Solenopsis spp. (Hymenoptera: Formicidae) analisadas via Multilocus Sequence Typing (MLST): diversidade genética, coevolução e recombinação

Martins, Cíntia [UNESP] 02 July 2014 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-02-05T18:30:06Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-07-02. Added 1 bitstream(s) on 2016-02-05T18:34:13Z : No. of bitstreams: 1 000857534.pdf: 1229333 bytes, checksum: 4a0683950d7b91d5ae07474bfd3e39ef (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) / Interações insetos/micro-organismos são amplas e ocorrem das mais diversas maneiras, com as bactérias simbiontes de insetos desempenhando vários papéis, na maioria desconhecidos, na biologia do hospedeiro. O que se considerava apenas um único organismo eucariótico é na verdade um agregado de vários diferentes organismos, o que levou a uma mudança na maneira de se estudar esses organismos, culminando em uma abordagem mais holística. Dentro desse vasto mundo, relativamente pouco conhecido dos micro-organismos em associação com insetos, estão as bactérias do gênero Wolbachia (Classe Alphaproteobacteria, Ordem Rickettsiales), amplamente distribuídas nos artrópodes e transmitidas maternalmente, causadoras de diversas alterações reprodutivas no hospedeiro, sendo que sua ocorrência em populações naturais pode ser de grande interesse no controle biológico. A distribuição dessas bactérias em formigas é pouco explorada e existe carência de informações sobre a interação com formigas do gênero Solenopsis, que inclui espécies nativas da América do Sul. Este gênero possui espécies distribuídas de forma cosmopolita e no Brasil estão amplamente disseminadas, associadas preferencialmente a áreas de atividade humana. Este trabalho teve como objetivo analisar a diversidade genética da Wolbachia de amostras de ninhos de populações nativas de espécies do gênero Solenopsis, através do sequenciamento de cinco genes que compõe o multilocus de Wolbachia, além do gene wsp, a fim de caracterizar as cepas e estabelecer inferências filogenéticas entre elas. Além disso, testar as hipóteses de coevolução entre as cepas e as formigas e de recombinação entre as cepas encontradas. Com o sequenciamento e análises dos cinco genes que compõem o multilocus de Wolbachia (gatB, coxA, hcpA, ftsZ e fbpA), totalizando 2079 pb, destacam-se os seguintes resultados: i. o registro de 15 novas cepas; ii. o registro de 11 alelos... / Insects/microorganisms interactions are broad and occurs in many different ways with symbiont bacteria of insects playing many roles, most unknown, on the biology if its host. What was considered a single eukaryotic organism is actually an aggregate of many different organisms which lead to a change in the way we study organisms, leading to a more holistic approach. Within this vast but relatively unknown world of microorganisms in association with insects are the bacteria of the genus Wolbachia (Class Alphaproteobacteria, Order Rickettsiales) widely distributed in arthropods and maternally transmitted, causing several reproductive alterations in the host, and their occurrence in natural populations being of great interest in the biological control of insects. Its distribution in ants is poorly explored and little is known about the interaction with the Solenopsis genus which includes native species from South America. This genus includes species cosmopolitan distributed and in Brazil they are widely distributed being preferentially associated with areas of human activity. This study aimed to analyze the genetic diversity of samples of nests from native populations of Solenopsis species infected by Wolbachia by sequencing the five genes comprising the Wolbachia multilocus, and also the wsp gene in order to characterize the strains and establish phylogenetic inferences between them. Furthermore test the hypothesis of coevolution between ants and its Wolbachia strains and recombination between found strains. With the sequencing and analysis of five genes comprising the Wolbachia multilocus (gatB, coxA, hcpA, ftsZ e fbpA) totaling 2079 bp the following results are highlighted: i. the record of 15 previously unknown new strains, ii. the record of 11 previously unknown new alleles, iii. phylogenetic relationship between the strains found here presents a polyphyletic pattern, indicative of the complexity of the evolutionary history of strains ...
5

Ocorrência de fungos filamentosos em ninhos de Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera: Formicidae) submetidos a tratamentos com iscas tóxicas

Rodrigues, André [UNESP] 08 1900 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:27:23Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2004-08Bitstream added on 2014-06-13T19:26:14Z : No. of bitstreams: 1 rodrigues_a_me_rcla_prot.pdf: 966759 bytes, checksum: b86f328aee3f04cd48e3fb270ad01ea2 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Além do fungo simbionte que as formigas cortadeiras cultivam para alimentação, outros microrganismos podem ser encontrados em seus ninhos. Apesar das informações disponíveis recentemente na literatura, ainda pouco se sabe sobre esta microbiota, suas inter-relações e em quais circunstâncias podem interferir na simbiose. Este trabalho teve a intenção de fazer um levantamento das principais espécies de fungos filamentosos que podem ocorrer nos ninhos de Alta sexdens rubropilosa (saúva). Para facilitar o crescimento desses fungos, os ninhos foram submetidos a tratamento com iscas tóxicas, induzindo um desequilíbrio na simbiose. Setenta e seis ninhos de laboratório foram utilizados nos ensaios, dos quais, 40 ninhos tratados com sulfiuramida (Mirex-fl e 36 com hidrametilnona, respectivamente; enquanto que 13 ninhos foram tratados in situ com Mirex-S. Conforme esperado, vários fungos filamentosos se desenvolveram poucos dias após aos tratamentos. Mais de 65% dos isolados provenientes dessas colônias se encontravam na esponja fúngica, mesmo local onde as formigas cultivam seu parceiro. Nos ninhos de laboratório, os mais frequentes foram Syncephalaslnnn racemosum (54% e 79%) e Eseovopsis weberi (21% e 15%) quando tratados com Mirex-S e hidrametilnona, respectivamente. Trichoderma cf. harzianum foi o fungo mais encontrado (3%) nos ninhos de campo. Os fungos em comum entre os tratamentos de campo e laboratório foram: Acremoniwn kiliense, Aspergilius niger var. niger, E weberi, Fusarium oxysporum, Fusarium solani, Moniliella suaveolens, Trichoderma sp. e Trichoderma cf. harzianum. Numa abordagem diferente, fragmentos de esponja fúngica foram removidos de outros 12 ninhos recém-coletados no campo e mantidos sem as operárias, havendo também o desenvolvimento de fungos contaminantes, dentre eles M suaveolens (50%), Trichoderma sp. (50%), Á. kiliense (42%) e E. weberi (42%). £ racemosum... .
6

Determinação de cepas de Wolbachia em populações naturais de Solenopsis spp. (Hymenoptera: Formicidae) analisadas via Multilocus Sequence Typing (MLST) : diversidade genética, coevolução e recombinação /

Martins, Cíntia. January 2014 (has links)
Orientador: Odair Correa Bueno / Banca: Denise S. Scheepmaker / Banca: Ana Eugenia de Carvalho Campos / Banca: José Chaud Netto / Banca: Osmar Malaspina / Resumo: Interações insetos/micro-organismos são amplas e ocorrem das mais diversas maneiras, com as bactérias simbiontes de insetos desempenhando vários papéis, na maioria desconhecidos, na biologia do hospedeiro. O que se considerava apenas um único organismo eucariótico é na verdade um agregado de vários diferentes organismos, o que levou a uma mudança na maneira de se estudar esses organismos, culminando em uma abordagem mais holística. Dentro desse vasto mundo, relativamente pouco conhecido dos micro-organismos em associação com insetos, estão as bactérias do gênero Wolbachia (Classe Alphaproteobacteria, Ordem Rickettsiales), amplamente distribuídas nos artrópodes e transmitidas maternalmente, causadoras de diversas alterações reprodutivas no hospedeiro, sendo que sua ocorrência em populações naturais pode ser de grande interesse no controle biológico. A distribuição dessas bactérias em formigas é pouco explorada e existe carência de informações sobre a interação com formigas do gênero Solenopsis, que inclui espécies nativas da América do Sul. Este gênero possui espécies distribuídas de forma cosmopolita e no Brasil estão amplamente disseminadas, associadas preferencialmente a áreas de atividade humana. Este trabalho teve como objetivo analisar a diversidade genética da Wolbachia de amostras de ninhos de populações nativas de espécies do gênero Solenopsis, através do sequenciamento de cinco genes que compõe o multilocus de Wolbachia, além do gene wsp, a fim de caracterizar as cepas e estabelecer inferências filogenéticas entre elas. Além disso, testar as hipóteses de coevolução entre as cepas e as formigas e de recombinação entre as cepas encontradas. Com o sequenciamento e análises dos cinco genes que compõem o multilocus de Wolbachia (gatB, coxA, hcpA, ftsZ e fbpA), totalizando 2079 pb, destacam-se os seguintes resultados: i. o registro de 15 novas cepas; ii. o registro de 11 alelos... / Abstract: Insects/microorganisms interactions are broad and occurs in many different ways with symbiont bacteria of insects playing many roles, most unknown, on the biology if its host. What was considered a single eukaryotic organism is actually an aggregate of many different organisms which lead to a change in the way we study organisms, leading to a more holistic approach. Within this vast but relatively unknown world of microorganisms in association with insects are the bacteria of the genus Wolbachia (Class Alphaproteobacteria, Order Rickettsiales) widely distributed in arthropods and maternally transmitted, causing several reproductive alterations in the host, and their occurrence in natural populations being of great interest in the biological control of insects. Its distribution in ants is poorly explored and little is known about the interaction with the Solenopsis genus which includes native species from South America. This genus includes species cosmopolitan distributed and in Brazil they are widely distributed being preferentially associated with areas of human activity. This study aimed to analyze the genetic diversity of samples of nests from native populations of Solenopsis species infected by Wolbachia by sequencing the five genes comprising the Wolbachia multilocus, and also the wsp gene in order to characterize the strains and establish phylogenetic inferences between them. Furthermore test the hypothesis of coevolution between ants and its Wolbachia strains and recombination between found strains. With the sequencing and analysis of five genes comprising the Wolbachia multilocus (gatB, coxA, hcpA, ftsZ e fbpA) totaling 2079 bp the following results are highlighted: i. the record of 15 previously unknown new strains, ii. the record of 11 previously unknown new alleles, iii. phylogenetic relationship between the strains found here presents a polyphyletic pattern, indicative of the complexity of the evolutionary history of strains ... / Doutor
7

Ocorrência de fungos filamentosos em ninhos de Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera: Formicidae) submetidos a tratamentos com iscas tóxicas /

Rodrigues, André. January 2004 (has links)
Orientador: Fernando Carlos Pagnocca / Banca: Elena Maria de Oliveira Diehl / Banca: Derlene Silva Attilli / Além do fungo simbionte que as formigas cortadeiras cultivam para alimentação, outros microrganismos podem ser encontrados em seus ninhos. Apesar das informações disponíveis recentemente na literatura, ainda pouco se sabe sobre esta microbiota, suas inter-relações e em quais circunstâncias podem interferir na simbiose. Este trabalho teve a intenção de fazer um levantamento das principais espécies de fungos filamentosos que podem ocorrer nos ninhos de Alta sexdens rubropilosa (saúva). Para facilitar o crescimento desses fungos, os ninhos foram submetidos a tratamento com iscas tóxicas, induzindo um desequilíbrio na simbiose. Setenta e seis ninhos de laboratório foram utilizados nos ensaios, dos quais, 40 ninhos tratados com sulfiuramida (Mirex-fl e 36 com hidrametilnona, respectivamente; enquanto que 13 ninhos foram tratados in situ com Mirex-S. Conforme esperado, vários fungos filamentosos se desenvolveram poucos dias após aos tratamentos. Mais de 65% dos isolados provenientes dessas colônias se encontravam na esponja fúngica, mesmo local onde as formigas cultivam seu parceiro. Nos ninhos de laboratório, os mais frequentes foram Syncephalaslnnn racemosum (54% e 79%) e Eseovopsis weberi (21% e 15%) quando tratados com Mirex-S e hidrametilnona, respectivamente. Trichoderma cf. harzianum foi o fungo mais encontrado (3%) nos ninhos de campo. Os fungos em comum entre os tratamentos de campo e laboratório foram: Acremoniwn kiliense, Aspergilius niger var. niger, E weberi, Fusarium oxysporum, Fusarium solani, Moniliella suaveolens, Trichoderma sp. e Trichoderma cf. harzianum. Numa abordagem diferente, fragmentos de esponja fúngica foram removidos de outros 12 ninhos recém-coletados no campo e mantidos sem as operárias, havendo também o desenvolvimento de fungos contaminantes, dentre eles M suaveolens (50%), Trichoderma sp. (50%), Á. kiliense (42%) e E. weberi (42%). £ racemosum... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Besides the fungus that leaf-cutting ants cultivate for food, a pool of microorganisms can be found inside the nests of these insects. There are evidences that these microorganisms are under the control of tbe ants, which have several mechanisms to avoid their development. However, when the nests are seriously disturbed this balance is broken and the alien microorganisms can surpass the symbiotic fungus. In this research, we carried out a screening of the filamentous fungi (rather on the symbiotic type) found in association with Ata sexdens rubropilosa colonies. Toxic baits were used to kill most of the workers and thus make the development of the fungi easy. Seventy-six laboratory nests were used in all of the assays, from which forty were treated with sulfluramid (Mirex-S and thirty-six with hydrarmethylnon, respectively. Additionaily, another thirteen nests were treated with Mirex-S in the field. Many different fungi species were isolated from the nests a few days after the beginning of the assays, as expected. More than 65% of the isolates were found in the fungus garden of lhe laboratory nests. Syncephalastrum racemosum (54% and 79%) and Escovopsis weberi (21% and 15%) were the prevalent species in the laboratory nests treated with Mirex-S and the hydramethylnon baits, respectively, whereas Trichoderma cf. harzianum (38%) was the predominant species in the field nests. the species Acremonium kiliense, Aspergillus niger var, niger, E. weberi, Fusarium solani Fusarium oxysporum, Moniliella suaveolens, Trichoderma sp, and Trichoderma cf harzianum were found in both kinds of nests. In another approach, small pieces of the fungus garden were taken from twelve young colonies and the ants were removed. In this experiment we isolated mostly, M. suaveolens (50%), Trichoderma sp. (50%), A. kiliense (42%) and E. weberi (42%). S. racemosum was found only in... (Complete abstract, click electronic address below). / Mestre
8

Clonagem e expressão do gene PtSRP, um potencial controlador da formação de ectomicorrizas

VIEIRA, Helder Elísio Evangelista 05 July 2013 (has links)
Submitted by Isaac Francisco de Souza Dias (isaac.souzadias@ufpe.br) on 2016-07-19T17:59:27Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Tese Helder Completo 2016 (2).pdf: 6015507 bytes, checksum: b7445aab5f66311e88c1785a5425bc2e (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-19T17:59:27Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Tese Helder Completo 2016 (2).pdf: 6015507 bytes, checksum: b7445aab5f66311e88c1785a5425bc2e (MD5) Previous issue date: 2013-07-05 / FACEPE / Numa ectomicorriza, a fase pré-simbiótica é um período crucial na determinação da compatibilidade entre o fungo e o seu hospedeiro vegetal para o sucesso e estabelecimento da simbiose. Embora a associação tenha sido amplamente documentada do ponto de vista funcional/ecológico, informações acerca dos genes/proteínas envolvidos no início da interação ainda são escassas. O gene PtSRP é sobrexpresso entre 6-12h do pré-contato entre Pisolithus tinctorius-Castanea sativa e estudos in silico demonstraram que sua proteína apresenta região inicial hidrofóbica transmembranar em alfa-hélice seguida de seis fitas-beta intercaladas por loops. Por essas características foi especulado que esse peptídeo (127 a.a e 13,969 kDa) poderia estar relacionado à sinalização/controle das fases iniciais de formação/desenvolvimento da simbiose. Este trabalho objetivou a clonagem da ORF, expressão e purificação da PtSRP e a produção de anticorpos policlonais anti-PtSRP para serem usados na imunolocalização da proteína em P. tinctorius. A ORF mais provável do PtSRP foi amplificada por PCR com o uso de iniciadores adicionados de sítios de restrição para EcoR1 e Xho1. Os fragmentos foram clonados em vetor comercial pJET1.2 e a ORF subclonada em vetor de expressão pET21D(+), previamente tratado com as respectivas enzimas. Essa nova construção do vetor foi utilizada para transformar bactérias de expressão BL-21 Star. A PtSRP foi então expressa em larga escala sob ação do indutor IPTG a 0,1 mM e purificada com e sem o uso de ureia. As proteínas purificadas foram utilizadas na produção de anticorpos anti-PtSRP, em coelhos Oryctolagus curiculus, imunizados com quatro pulsos de 150μg da PtSRP. Após a sangria total, o soro foi coletado, os anticorpos purificados e testados quanto à sensibilidade e especificidade no reconhecimento da PtSRP por western blot. A partir do microcultivo em lâmina de P. tinctorius, o micélio foi submetido aos testes de imunolocalização com uso de anticorpos primários conformacionais anti-PtSRP obtidos nos ensaios anteriores e os anticorpos secundários Alexa Fluor 488 nm Goat anti-rabbit IgG. Para o controle negativo o micélio foi incubado na ausência do anticorpo primário anti-PtRSP. Na imunofluorescência convencional, o micélio foi observado em microscópio Leica DMI 4000B/objetiva 63x e os campos analisados foram escolhidos de acordo com a dispersão/morfologia das hifas, sendo as imagens capturadas e digitalizadas pelo acoplamento de um computador à câmera digital do microscópio. Na microscopia confocal as imagens foram adquiridas com objetiva de 63x/laser 488nm/ óleo de imersão, sendo capturadas e digitalizadas através do acoplamento de computador à câmera digital do microscópio Leica TCS SP2. Os resultados de expressão em sistema procarioto demonstraram que o peptídeo possui massa de 16 kDa o que confirmou as análises de predição anteriores. Na microscopia de fluorescência convencional houve forte marcação da PtSRP ao longo de toda a hifa, especialmente na região correspondente à membrana. A microscopia confocal identificou a marcação da PtSRP principalmente na periferia da hifa, mais especificamente na região correspondente à parede celular/membrana, inclusive no grampo de conexão (estrutura típica dos Basidiomycota). Esses achados coincidem com propriedades de outras proteínas fúngicas envolvidas na formação e reconhecimento das ectomicorrizas (SRAPs e hidrofobinas) que têm localização membranar. Estudos adicionais como nocaute gênico ou utilização de RNAs de interferência serão fundamentais para melhor compreensão do papel fisiológico da PtSRP na simbiose ectomicorrízica. / In ectomycorrhiza, the pre-symbiotic period is crucial to determine the compatibility between the fungus and its host plant for the success and establishment of symbiosis. Although the association is widely documented, information about the genes/proteins involved in the early period interaction are still missing. The PtSRP gene is overexpressed 6-12h of pre-contact between Pisolithus tinctorius-Castanea sativa and in silico studies have shown that PtSRP protein present a initial region hydrophobic transmembrane in alpha-helix followed by a six-sheet interspersed by loops . For these characteristics it has been speculated that this peptide (127 aa and 13,969 kDa) could be related to signaling/control of the early stages of symbiosis development. This work aimed to clone the ORF, to express and purify the PtSRP as well the polyclonal anti-PtSRP production for use in P. tinctorius protein immunolocalization. The most PtSRP ORF was amplified by PCR using primers with restriction sites (Xho1 and EcoR1). The amplified fragments were cloned into pJET1.2 vector and the ORF was subcloned into pET21D (+)expression vector previously treated with these respective enzymes. This new vector was used to transform BL-21 Star bacterial expression. The PtSRP was then expressed in large scale under the action of inductor 0.1 mM IPTG and purified with and without the use of urea. The purified proteins were used to produce antibodies PtSRP, in Oryctolagus curiculus rabbits immunized with four pulses of 150μg PtSRP. After total bleeding, the serum was collected, and purified antibodies tested for their sensitivity and specificity in recognition of PtSRP by western blot. From the P. tinctorius microculture, the mycelium was submited to immunolocalization tests using primary conformational-antibodies anti- PtSRP obtained in previous trials and the secondary antibodies Alexa Fluor 488 nm goat anti-rabbit IgG. For the negative control the mycelium was incubated in the absence of primary anti-PtRSP. In conventional immunofluorescence, the mycelium was observed in a 4000B/objetiva 63x Leica DMI and the analyzed fields were chosen according to the morphology of hyphae, and the images were captured and digitized by coupling a computer to a microscope digital camera. In confocal microscopy images were acquired with the objective 63x/laser 488nm / immersion oil being captured and digitized by coupling a computer to a Leica TCS SP2 microscop digital camera. The results in the prokaryotic expression system showed that the peptide has a mass of 16 kDa which confirm earlier prediction analyzes. In conventional fluorescence microscopy there was a strong marking PtSRP throughout the hyphae, especially in the membrane region. Confocal microscopy identified marking PtSRP mainly in the periphery of hyphae, and more specifically the region corresponding to the cell wall / membrane, including the clamp connection (typical structure of Basidiomycota). These findings are consistent with properties of other fungal proteins involved in the formation and recognition of ectomycorrhizal (SRAPs and hydrophobins) that have membrane localization. Additional studies such as gene knockout or use of interfering RNAs are essential for better understanding of the physiological role of PtSRP in ectomycorrhizal symbiosis.
9

Fungos micorrízicos arbusculares em unidades de conservação de Mata Atlântica no Nordeste do Brasil

PEREIRA, Camilla Maciel Rabelo 21 February 2017 (has links)
Submitted by Fernanda Rodrigues de Lima (fernanda.rlima@ufpe.br) on 2018-08-02T19:36:00Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Camila Maciel Rabelo Pereira.pdf: 5790092 bytes, checksum: 775727aeddac9a843f716ce7bcfff014 (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-08-03T22:23:15Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Camila Maciel Rabelo Pereira.pdf: 5790092 bytes, checksum: 775727aeddac9a843f716ce7bcfff014 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-08-03T22:23:15Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Camila Maciel Rabelo Pereira.pdf: 5790092 bytes, checksum: 775727aeddac9a843f716ce7bcfff014 (MD5) Previous issue date: 2017-02-21 / CNPq / A Mata Atlântica na costa Nordeste Brasileira está protegida por dois regimes de manejo com diferentes graus de impacto humano. Avaliaram-se os possíveis efeitos desses manejos sobre a estrutura da comunidade de Fungos Micorrízicos Arbusculares (FMA), componentes importantes da micobiota do solo que vivem em simbiose com a maioria dos vegetais. Amostras de solo e raízes foram coletadas ao longo de um transecto de 800 km em 10 Unidades de Conservação sob manejo de proteção-integral e de uso-sustentável ao longo da costa Nordeste e em ambiente insular durante as estações chuvosa e seca. Colonização micorrízica, número de esporos, identificação morfológica e molecular dos FMA, índices ecológicos e distribuição de dissimilaridades real e hipotética foram avaliados. Em ambiente insular Neotropical, a atividade dos FMA é afetada pelas práticas de manejo, que provavelmente resulta da perturbação ambiental combinada com a dominância da espécie invasora Leucena leucocephala. A comunidade de FMA não foi significativamente afetada pelas práticas de manejo e isso provavelmente se deve ao processo de homogeneização que vem ocorrendo na biota das florestas tropicais. Em relação as UCs continentais, a abordagem morfológica revelou que as práticas de manejo parecem influenciar a diversidade e a estrutura geral das comunidades de FMA ao reduzir a diversidade β nas áreas sob uso-sustentável. De acordo com a abordagem molecular, proveniente do sequenciamento Illumina Miseq, os dados de dissimilaridade das comunidades de FMA foram divergentes quanto aos previstos sob neutralidade, indicando algum tipo de perturbação antropogênica ou extrema heterogeneidade biológica e ambiental. A caracterização dos FMA em Unidades de Conservação no Nordeste Brasileiro revelou um padrão até então desconhecido de distribuição das comunidades. As variáveis espaciais (localização geográfica e áreas) e os tipos de vegetação, solo e clima foram os responsáveis por modelar regionalmente a distribuição das comunidades de FMA presentes em áreas remanescentes de Mata Atlântica. Os resultados gerados nesse estudo, bem como as sequências ambientais registradas serão incorporadas às plataformas públicas de dados disponíveis e certamente terão um papel decisivo nos trabalhos que tentam elucidar os padrões globais de distribuição dos Glomeromycota, visto que existe uma grande lacuna de conhecimento para a América do Sul. / The Atlantic Forest on the northeast coast of Brazil is protected by two management regimes with different degrees of human impact. We evaluated the possible effects of these treatments on the structure of the Arbuscular Mycorrhizal Fungi (AMF) community, important components of soil mycobiota that live in symbiosis with most plants. Soil and root samples were collected along an 800 km transect in 10 Protected Areas (PA) under strict-protection and sustainable-use management along the Northeast coast and in an insular environment during the wet and dry seasons. Mycorrhizal colonization, number of spores, morphological and molecular AMF identification, ecological indexes and real and hypothetical distribution of dissimilarities were evaluated. In Neotropical insular environment, AMF activity is affected by management practices, which are likely resulted from environmental disturbance combined with the dominance of the invasive species Leucena leucocephala. The AMF community was not significantly affected by management practices and this is probably due to the process of homogenization that has been occurring in tropical forest biota. Regarding the continental PA, the morphological approach revealed that management practices appear to influence the diversity and overall AMF communities’ structure by reducing β-diversity in the areas under sustainable-use. According to the molecular approach, from the Illumina Miseq sequencing, the dissimilarity data of the AMF communities were divergent from those predicted under neutrality, indicating some type of anthropogenic disturbance or extreme biological and environmental heterogeneity. The AMF characterization in PA in the Brazilian Northeast cost revealed an unknown pattern of community distribution. The spatial variables (geographic location and sites) and the types of vegetation, soil and climate were responsible for regionally modeling the distribution of AMF communities present in remnant areas of the Atlantic Forest. Our results, as well as the registered environmental sequences will be incorporated into the available public data platforms and will certainly play a decisive role in the work that tries to elucidate the global distribution patterns of Glomeromycota, since there is a wide knowledge gap for South America.
10

Fixação e reações de assimilação de N em Crotalaria juncea L.

Mendonça, Elenira Henrique Miranda 10 August 2002 (has links)
Orientador: Marlene A. Schiavanato / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-02T12:43:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Mendonca_EleniraHenriqueMiranda_D.pdf: 4083060 bytes, checksum: d8a412147cb11bb86dd39a6db2096ec1 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: Crotalaria juncea L. é uma legurninosa amplamente utilizada como adubo verde. O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito do N-NH/ sobre o crescimento da planta, produção de compostos nitrogenados e atividade das enzimas envolvidas na assimilação do Nnessa espécie. Foram avaliadas as respostas de plantas, inoculadas (I) ou não (NI) com Rhizobium, à presença (+N) ou ausência (-N) de NH/. Os experimentos foram conduzidos em casa de vegetação, em vasos contendo vermiculita, os quais foram irrigados com solução nutritiva contendo (NH/)2S04 de modo a fornecer 20 mgN/planta/semana ou com solução nutritiva sem N. Todas as avaliações foram realizadas em plantas com 60 dias de idade. A FBN não foi afetada pelo NH/, visto que na presença deste íon a atividade N2ase não foi inibida e houve aumento de :MF e MS de parte aérea, raízes e nódulos. A atividade específica da GS foi maior em folhas que em raízes, em todos os tratamentos. As folhas de plantas NI/+N apresentaram maior atividade de GS e GDH que as de plantas I/+N. Em folhas, raízes e nódulos de plantas inoculadas (+N ou -N), a atividade específica de GS foi semelhante; no entanto, no caso de GDH, a atividade foi maior em folhas e raízes de plantas I/-N e em nódulos de plantas I/+N. Independente do tratamento, em folhas, a atividade específica da GOGAT NADH foi quase nula e a forma predominante da enzima foi aquela dependente de ferredoxina (GOGAT-Fd). Em geral, folhas de plantas +N apresentaram maiores concentrações de pigmentos (clorofila total e carotenóides), N total e ALT. Plantas -N, totalmente dependentes da fixação de N2, exibiram seiva do xilema com maiores teores de AL T que plantas dos outros tratamentos, enquanto que plantas +N apresentaram nódulos com maior concentração de AL T. Em geral, não foram observadas diferenças entre os tratamentos, quanto ao conteúdo de NH/ nas diferentes partes da planta. Os teores de URE encontrados foram minimos, confirmando que o transporte de compostos nitrogenados em seiva de C. juncea se dá na forma de AL T e do íon NH/ / Abstract: Crotalaria juncea L. is a legume widely used as green manure. The objective of this work was to obtain basic information on the influence of the N-NH/ in the growth and production of nitrogen compounds and enzymes involved in nitrogen assimilation in this species. The responses of plants, inoculated (I) or not (NI) with Rhizobium to the presence (+N) or absence (- N) of NH/ were evaluated. The experiments were carried out in a greenhouse, in pots with vermiculite irrigated with nutrient solution containing (NH/)zSO4 in order to supply 20 mg of N/plant.week or with nutrient solution deprived of N. AlI the evaluations were carried out with 60 day old plants. Biological nitrogen fixation was not affected by _ +, since in the presence of this ion nitrogenase activity was not inhibited and shoots, roots and nodules ftesh and dry mass increased. GS activity was higher in leaves than in roots, in alI the treatments. Leaves ofNIl+N plants presented higher GS and GDH activities than ofI/+N plants. GS activity ofleaves, roots and nodules ofinoculated plants (+N or - N) was similar. However, GDH specific activity was higher in I/-N plants leaves and roots and in I/+N plant nodules. Independent of the treatment, GOGAT -NADH activity in leaves was almost null and the predominant form of the enzyme was that dependent of ferredoxin (GOGAT-Fd). In general, +N plant leaves presented higher pigment (total chlorophyl and carotenoids), total N and amino acids concentration. -N plants, that are fully dependent on Nz fixation, showed xylem sap with bigger amino acid contents than plants of other treatments, while +N plants presented nodules with bigger amino acid concentration. In general, differences between the treatments were not observed, as regards the ammonia content in the differents parts of the planto The levels of ureides found were minimum, confirming that the transport of nitrogen compounds in xylem sap of C. juncea is based on amino acids and ammoma / Doutorado / Doutor em Biologia Vegetal

Page generated in 0.0284 seconds