• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 98
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 102
  • 102
  • 42
  • 37
  • 28
  • 25
  • 23
  • 21
  • 21
  • 19
  • 18
  • 17
  • 17
  • 16
  • 15
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Métodos de Manejo para Insetos Vetores de Viroses e Broqueadores de Tomate (lycopersicon Esculentum Miller)

GRECCO, E. D. 18 March 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:36:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_7551_Eduardo Domingos Grecco.pdf: 1574070 bytes, checksum: fc9f3af051cad1cd0ba2961270c96df6 (MD5) Previous issue date: 2014-03-18 / O tomateiro, Lycopersicon esculentum é uma solanácea com benefícios socioeconômicos, porém a implantação de sua cultura é considerada de alto risco, devido à ocorrência de importantes pragas, como insetos vetores de viroses e broqueadores de frutos. Portanto, o objetivo deste estudo foi testar a eficiência do uso de armadilhas de cor amarela para captura e melhor densidade de armadilha/plantas para insetos vetores de viroses; testar a associação de diferentes métodos para broqueadores de frutos, tais como o uso de T. pretiosum; bactéria entomopatogênica (Agree); ensacamento de pencas e Manejo Fitossanitário de Pragas, avaliando a infestação de ovos/lagartas de N. elegantalis e de H. zea, bem como de frutos brocados. O monitoramento foi realizado 2 vezes/semana em 1% da cultura e pulverizações com inseticidas químicos ou biológicos realizadas quando atingisse o nível de controle. Os dados foram submetidos ao teste de normalidade Shapiro-Wilk (P≤0,05) e posteriormente submetidos à comparação pelo teste não paramétrico Mann-Whitney (P≤0,05). O uso de armadilhas de cor amarela para insetos vetores de viroses possibilitou uma redução de 90% do custo de aplicação para as safras 2011 e 2012. A melhor densidade foi de 1 armadilha de cor amarela/60 plantas. Para o manejo dos broqueadores o uso de associações reduziu as infestações, pulverizações e número de frutos brocados que podem estar associadas ao correto manejo do tomateiro que com o emprego dessas técnicas propiciou uma redução de inseticidas químicos. Todas as táticas de associações mostraram ter uma maior eficiência, no manejo dos broqueadores de tomate, quando comparados com o convencional. O monitoramento é a peça fundamental no Manejo Fitossanitário de Pragas, pois através dele se conhece o nível populacional das pragas, além de informar se as táticas de manejo estão sendo efetivas ou não. Palavras-chave: Insetos vetores de viroses. Broqueadores de tomate. Lycopersicon esculentum. Métodos alternativos
2

Distribuição espacial e temporal de Simuliidae (Diptera) em córregos sob a influência de fatores abióticos e antrópicos da área da UHE peixeangical, Tocantins, Brasil

Wainfas, Raquel Leite January 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-02-26T13:40:35Z (GMT). No. of bitstreams: 2 raquel_wainfas_ioc_mest_2015.pdf: 6535048 bytes, checksum: 2af889abf4c8298d0d491224806de00a (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2016-02-23 / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil / Os simulídeos são de grande importância médica e veterinária por ser um potencial vetor de doenças transmitidas pelo carreamento de agentes etiológicos. Distúrbios físicos causados pela ação antrópica exercem um importante papel na estrutura da sua comunidade fazendo, principalmente, com que novos espaços sejam abertos para a colonização de espécies não autóctones. O objetivo desse estudo foi verificar como os criadouros de simulídeos expressam respostas demográficas e de dispersão da sua população diante dos impactos causados pela construção da Usina Hidrelétrica Peixe-Angical. Para o trabalho foi disponibilizado amostragem dos simulídeos do acervo do Laboratório de Simulídeos do IOC/Coleção de Simulídeos do IOC (CSIOC). Foi efetuada uma matriz de dados das amostras de simulídeos (pupas) obtidas em coletas sistemáticas na área impactada no período de 2004 a 2008. As espécies foram ordenadas em relação às características abióticas do ambiente, para que possibilitasse a identificação de padrões de distribuição destes organismos em relação às modificações antropogênicas de seus hábitats. Ao final das coletas, 21 espécies foram identificadas e 3 fatores abióticos mostraram-se determinantes para a composição da riqueza, a ocorrência e a distribuição específica de Simuliidae: pH da água, altitude da superfície terrestre e precipitação pluviométrica. Os dados obtidos com o presente estudo contribuem para o conhecimento científico, facilitando o entendimento de como os grandes impactos ambientais apresentam influências nas respostas demográficas de populações de Simuliidae / Black flies are of great medical and veterinary importance for being a potential vector of etiologic agents that cause human disease. Physical disorders caused by human activities play an important role in community structure, opening n ew spaces to the colonization of non - native species. The aim of this study was to investigate how the breeding of blackflies express demographic and dispersion of its population on the impacts caused by the construction of Peixe - Angical hydroelectric power plant. For this work, blackflies samples were available by Simuliidae Laboratory/ Simuliidae Collection of Oswaldo Cruz Institute (CSIOC). A data matrix of blackflies samples was developed from collected material (pupae ) obtained on systematic sampling in the impacted area from 2004 to 2008. The species were ordered in relation to abiotic characteristics of the environment that would enable the identification of patterns of distribution of these organisms in relation to anthropogenic changes of their hab itats. At the end of the sampling , 21 species were identified and 3 abiotic factors were decisive for the composition of wealth, the occurrence and specific distribution of Simuliidae : pH of the water , the earth's surface altitude and rainfall. The data ob tained from this study can contribute to scientific knowledge, facilitating the understanding of how the major environmental impacts have influences on demographic responses of populations of Simuliidae.
3

Variabilidade genética de populações naturais de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae) de Pernambuco

Vieira Sonoda, Ivan January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:06:44Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6318_1.pdf: 1477063 bytes, checksum: 2d685b6937ed7e90b986b630e1a9eb9d (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2005 / Lutzomvia Iongipalpis, o principal vetor de Leishmania chagasi possui distribuição geográfica ampla na Região Neotropical. Devido à existência de barreiras climáticas e geogr|ficas nesta região, bem come pela capacidade de voo reduzida deste flebotomíneo, as populações desta espécie encontram-se isoladas geograficamente. Este isolamento possibilita o surgimento de diferenças genéticas entre as populações. Evidência disto são os diferentes padrões de manchas abdominais apresentados pelos machos desta espécie, alguns dos quais possuem um par (1M) enquanto outros possuem dois pares (2M) de manchas. Com o objetivo de estudar a variabilidade genética populações naturais de L. longipalpis do Estado de Pernambuco que exibissem machos 1M e 2M em simpatria, um fragmento do gene mitocondrial nd4 foi utilizado como marcador molecular. Foram detectados 28 haplótipos nos 71 espécimes analisados, o que corresponde a uma diversidade haplotípica de 0,944. Sete destes haplótipos (25%) foram comuns a ambos os fenótipos ( 1M e 2M), dando indícios de introgressão gênica nestas populações. Apesar da diversidade haplotípica elevada, as distâncias genéticas entre as populações analisadas foram muito baixas, variando de 0,0029 a 0,0092, o que é característico de populações panmíticas. Através de análise filogenética destes haplótipos juntamente com outros obtidos no banco de dados do GenBank pode-se considerar a influência do Rio São Francisco como barreira geográfica entre populações de L. longipalpis do Nordeste brasileiro
4

Efeito do fitoplasma do enfezamento do milho e da população de vetores infectivos sobre os sintomas e componentes de produção / not available

Claudia Maria Toffanelli 23 April 2001 (has links)
O enfezamento vermelho do milho, associado a um fitoplasma, é uma doença de expressiva importância econômica para a cultura, sendo disseminada através da cigarrinha do milho Dalbulus maidis (DeLong & Wolcott). Recentemente, altas incidências da doença, resultando em sérios prejuízos, foram registradas nas regiões produtoras, principalmente no sudeste e centro-oeste do Brasil, onde se realizam plantios tardios e consecutivos de milho. Em condições de campo, o enfezamento vermelho normalmente ocorre associado ao enfezamento pálido, causado por espiroplasma, formando um complexo de doenças, uma vez que ambos agentes são transmissíveis pelo mesmo vetor. No presente trabalho, foi investigado o efeito isolado do fitoplasma sobre a sintomatologia e a produção de dez híbridos de milho, bem como o efeito da população infectiva do vetor sobre o desenvolvimento de sintomas e as alterações sobre os componentes de produção da planta de milho. Para isto, plantas do híbrido XLX 520 foram experimentalmente inoculadas com fitoplasma por meio de 1, 3, 6 e 9 insetos infectivos/planta. Numa segunda etapa, os híbridos XLX 520, Z 8452, C 909, P 3063, P 3081, AG 3010, FT 9006, FT 9043, DO 02 e D 766 foram inoculados por meio de 10 insetos infectivos/planta. Os ensaios foram conduzidos sob condições de telado no período de setembro/1999 a abril/2000. Os resultados obtidos revelaram que a incidência da doença, resultando em severas perdas, foi proporcionalmente maior à medida em que se elevou o número de insetos infectivos/planta. Maiores freqüências de grãos miúdos, espigas pequenas, número reduzido de fileiras e de grãos, foram verificados para os níveis mais altos de infestação. A germinação de semente foi afetada negativamente em função da densidade da população infectiva. Os resultados obtidos na inoculação de híbridos revelaram o aparecimento de sintomas típicos de avermelhamento, proliferação de espigas e enfezamento de plantas, em graus variados em função dos híbridos utilizados. Para aqueles mais suscetíveis, além da alta proporção de grãos miúdos, foram registradas reduções de até 35% na altura de plantas, 98% na produção de grãos, 89% no tamanho de espigas, 50% no número de fileiras de grãos, 98% no número de grãos e 18% na germinação de sementes. Estes resultados confirmaram a importância do enfezamento vermelho para a cultura do milho / not available
5

Aspectos morfológicos de ovos do gênero Rhodnius stal, 1859 (Heteroptera, Reduviidae) e sua importância na identificação específica / Morphological aspects of genre Rhodnius stal, 1859 (Heteroptera, Reduviidae) eggs and their importance in identification

Jose Maria Soares Barata 11 May 1979 (has links)
O presente trabalho consta do estudo da escultura exocorial de ovos de dez espécies do gênero Rhodnius (Heteroptera-Reduviidae) através de microscopia eletrônica de varredura e microscopia ótica, com vistas à classificação taxionômica. Concomitantemente são apresentados dados sobre os aspectos gerais das cascas e dos ovos, quanto à forma, mensuração e coloração, bem como as modificações que poderão ocorrer quanto à forma e coloração desses ovos durante o desenvolvimento embrionário pós-oviposição. Utilizando as características citadas são elaboradas chaves dicotômicas para a classificação destas espécies, baseadas na utilização de caracteres visíveis pela microscopia ótica e microscopia eletrônica de varredura. / Morphological studies about exochorial patterns of Rhodnius (Heteroptera - Reduviidae) genus were made. Ten species were studied by scanning and common microscopy, and data were described mainly for systematic purposes. General aspects of eggs and shells such as shape, color patterns, and size measurements are also presented. Data about changes of shape and coloration ocurred during egg maturation were recorded and associated to the embryonic development. The characters described were utilized to work out identification keys for these Triatominae eggs, both by optical and scanning electron microscopy.
6

Aspectos morfológicos de ovos do gênero Rhodnius stal, 1859 (Heteroptera, Reduviidae) e sua importância na identificação específica / Morphological aspects of genre Rhodnius stal, 1859 (Heteroptera, Reduviidae) eggs and their importance in identification

Barata, Jose Maria Soares 11 May 1979 (has links)
O presente trabalho consta do estudo da escultura exocorial de ovos de dez espécies do gênero Rhodnius (Heteroptera-Reduviidae) através de microscopia eletrônica de varredura e microscopia ótica, com vistas à classificação taxionômica. Concomitantemente são apresentados dados sobre os aspectos gerais das cascas e dos ovos, quanto à forma, mensuração e coloração, bem como as modificações que poderão ocorrer quanto à forma e coloração desses ovos durante o desenvolvimento embrionário pós-oviposição. Utilizando as características citadas são elaboradas chaves dicotômicas para a classificação destas espécies, baseadas na utilização de caracteres visíveis pela microscopia ótica e microscopia eletrônica de varredura. / Morphological studies about exochorial patterns of Rhodnius (Heteroptera - Reduviidae) genus were made. Ten species were studied by scanning and common microscopy, and data were described mainly for systematic purposes. General aspects of eggs and shells such as shape, color patterns, and size measurements are also presented. Data about changes of shape and coloration ocurred during egg maturation were recorded and associated to the embryonic development. The characters described were utilized to work out identification keys for these Triatominae eggs, both by optical and scanning electron microscopy.
7

Efeito do fitoplasma do enfezamento do milho e da população de vetores infectivos sobre os sintomas e componentes de produção / not available

Toffanelli, Claudia Maria 23 April 2001 (has links)
O enfezamento vermelho do milho, associado a um fitoplasma, é uma doença de expressiva importância econômica para a cultura, sendo disseminada através da cigarrinha do milho Dalbulus maidis (DeLong & Wolcott). Recentemente, altas incidências da doença, resultando em sérios prejuízos, foram registradas nas regiões produtoras, principalmente no sudeste e centro-oeste do Brasil, onde se realizam plantios tardios e consecutivos de milho. Em condições de campo, o enfezamento vermelho normalmente ocorre associado ao enfezamento pálido, causado por espiroplasma, formando um complexo de doenças, uma vez que ambos agentes são transmissíveis pelo mesmo vetor. No presente trabalho, foi investigado o efeito isolado do fitoplasma sobre a sintomatologia e a produção de dez híbridos de milho, bem como o efeito da população infectiva do vetor sobre o desenvolvimento de sintomas e as alterações sobre os componentes de produção da planta de milho. Para isto, plantas do híbrido XLX 520 foram experimentalmente inoculadas com fitoplasma por meio de 1, 3, 6 e 9 insetos infectivos/planta. Numa segunda etapa, os híbridos XLX 520, Z 8452, C 909, P 3063, P 3081, AG 3010, FT 9006, FT 9043, DO 02 e D 766 foram inoculados por meio de 10 insetos infectivos/planta. Os ensaios foram conduzidos sob condições de telado no período de setembro/1999 a abril/2000. Os resultados obtidos revelaram que a incidência da doença, resultando em severas perdas, foi proporcionalmente maior à medida em que se elevou o número de insetos infectivos/planta. Maiores freqüências de grãos miúdos, espigas pequenas, número reduzido de fileiras e de grãos, foram verificados para os níveis mais altos de infestação. A germinação de semente foi afetada negativamente em função da densidade da população infectiva. Os resultados obtidos na inoculação de híbridos revelaram o aparecimento de sintomas típicos de avermelhamento, proliferação de espigas e enfezamento de plantas, em graus variados em função dos híbridos utilizados. Para aqueles mais suscetíveis, além da alta proporção de grãos miúdos, foram registradas reduções de até 35% na altura de plantas, 98% na produção de grãos, 89% no tamanho de espigas, 50% no número de fileiras de grãos, 98% no número de grãos e 18% na germinação de sementes. Estes resultados confirmaram a importância do enfezamento vermelho para a cultura do milho / not available
8

Observacoes ecologicas de Aedes albopictus (Diptera: Culicidae) em areas de protecao ambiental e urbana da periferia na Grande Sao Paulo

Urbinatti, Paulo Roberto. January 2004 (has links) (PDF)
Doutor -- Universidade de Sao Paulo. Faculdade de Saude Publica. Departamento de Epidemiologia, Sao Paulo, 2004.
9

Avaliação da preferência alimentar de Panstrongylus megistus (Burmeister, 1835) e infecção por Trypanosoma cruzi (Chagas, 1909), num fragmento de floresta em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

Santos Júnior, José Eloy dos January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:12:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000389724-Texto+Completo-0.pdf: 1507104 bytes, checksum: d66164492503d9b8044243e149198bf8 (MD5) Previous issue date: 2007 / Panstrongylus megistus is one of the most significant triatomine regarding the secondary transmission of Chagas’ disease in Brazil. In the southern states of Brazil this species occurs mainly in wild ecotopes, contrary to the states of Minas Gerais, Bahia and other areas in the northeast region where it is found in artificial ecotopes, presenting greater epidemiological value. This work aimed to evaluate the indexes of infection by Trypanosoma cruzi for P. megistus and for the Didelphis albiventris opossum, the most important wild host of the protozoan, as well as the feeding sources used by the triatomines. The area of gathering is inserted in a forest fragment, located at the Ponta Grossa neighborhood, in the periurban region of the Porto Alegre municipality. The collections occurred between October of 2005 and September of 2006, during which the annexes throughout the peridomicile and lairs were investigated, mainly for opossums, in wild environment. To find the lairs, “spool and line” and transect techniques were applied. The spool and line were installed on the opossums, which were set free in the end of the afternoon, and the liberated line was followed the next morning. Transects were delineated using the north – south orientation of the fragment, and lairs found within 5 meters of the stipulated line were considered. The infection of opossums was determined by xenodiagnosis and the T. cruzi sample identified with polymerase chain reaction (PCR). The analysis of the feeding sources for the collected triatomines was made through the precipitin test. The adult P. megistus were only captured in the peridomiciliar environment. From 33 individuals found, 28 were analyzed and 18 (64%) were infected by T. cruzi. The triatomines were observed from October to February, and December was the month of greatest occurence.The sampling of the natural environment indicated the presence of 61 lairs, being that 10 of them (16%) presented nymphs or traces of triatomines. The presence of the kissing bug was verified only in tree lairs, indicating an arborical preference by the species. In these lairs, 27 nymphs were found and 26 were analyzed, from which 19 (73%) were infected by T. cruzi. Among the 43 captured opossums, 39 were analyzed and 27 (69%) were infected by the protozoan. The precipitin analysis resulted in seven feeding sources used by the adult triatomines, they are: bird (13/28 – 46,4%), rodent (8/28 – 28,6%), opossum (4/28 – 14,3%), armadillo (3/28 – 10,7%), cat (3/28 – 10,7%), dog (3/28 – 10,7%) and lizard (2/28 – 7,1%); and six associated to the nymphs: bird (12/26 – 46,2%), rodent (9/26 – 34,6 %), opossum (7/26 – 26,9%), armadillo (1/26 – 3,8%), horse (1/26 – 3,8%) and ox (1/26 – 3,8%). The number of feeding sources indicates an alimentary eclecticism for nymphs and adults of P. megistus. The high indexes of infection by T. cruzi, in triatomines as well as opossums, and the presence of nymphs feeding on opossums within the hollow parts of tree trunks on the natural environment indicate that both individuals are responsible for the maintenance of the local wild cycle of the protozoan. The absence of peridomiciliar colonies and the similarity between the feeding sources of adults and nymphs show a low invasive tendency of the species at the local, possibly due to the state of preservation of the forest. / O triatomíneo Panstrongylus megistus é um dos mais importantes vetores na transmissão secundária da doença de Chagas no Brasil. Nos estados do sul, esta espécie ocorre principalmente em ecótopos silvestres, ao contrário de Minas Gerais, Bahia e algumas áreas da região nordeste, onde é encontrado em ecótopos artificiais, apresentando maior valor epidemiológico. O presente estudo buscou avaliar os índices de infecção por Trypanosoma cruzi em P. megistus e no gambá, Didelphis albiventris, o mais importante reservatório silvestre do protozoário, bem como as fontes alimentares utilizadas por estes insetos. A área de coleta está inserida em um fragmento de floresta, localizado no bairro Ponta Grossa, zona periurbana do município de Porto Alegre. As coletas ocorreram entre outubro de 2005 e setembro de 2006, onde foram investigados anexos no peridomicílio e tocas, principalmente de gambás, no ambiente silvestre. Para o encontro das tocas utilizaram-se as técnicas de carretel de rastreamento e transecto. Os transectos foram traçados no sentido norte – sul do fragmento, considerando tocas encontradas até 5 metros da linha estipulada. A infecção dos gambás foi determinada por xenodiagnóstico e a amostra de T. cruzi caracterizada por reação de polimerização em cadeia (PCR). A análise de fonte alimentar dos barbeiros coletados foi realizada através do teste de preciptina. Os P. megistus adultos foram capturados apenas no ambiente peridomiciliar. Dos 33 encontrados, 28 foram analisados e 18 (64%) estavam infectados por T. cruzi. Os triatomíneos foram observados de outubro a fevereiro e o mês de dezembro foi o de maior ocorrência.A amostragem do ambiente natural indicou 61 tocas, sendo que, no total, 10 (16%) apresentaram ninfas ou vestígios de barbeiros. A presença do barbeiro foi constatada somente em tocas de árvores, o que indica uma preferência arborícola da espécie. Nestas tocas foram obtidas 27 ninfas, onde 19 (73%), das 26 analisadas, estavam infectadas por T. cruzi. Entre os 43 gambás capturados, 39 foram analisados e 27 (69%) estavam infectados pelo protozoário. A análise de preciptina resultou em sete fontes alimentares utilizadas pelos barbeiros adultos: ave (13/28 – 46,4%), roedor (8/28 – 28,6%), gambá (4/28 – 14,3%), tatu (3/28 – 10,7%), gato (3/28 – 10,7%), cão (3/28 – 10,7%) e lagarto (2/28 – 7,1%); e seis associadas a ninfas: ave (12/26 – 46,2%), roedor (9/26 – 34,6 %), gambá (7/26 – 26,9%), tatu (1/26 – 3,8%), cavalo (1/26 – 3,8%) e boi (1/26 – 3,8%). O número de fontes alimentares encontradas indica o ecletismo alimentar tanto em ninfas como em adulto de P. megistus. Os altos índices de infecção por T. cruzi encontrados, tanto nos barbeiros como nos gambás, e a presença de ninfas alimentadas em gambás nos ocos de árvores do ambiente natural, indicam que ambos os indivíduos são responsáveis pela manutenção do ciclo silvestre do protozoário no local. A ausência de colônias peridomiciliares e a semelhança entre as fontes alimentares dos adultos e das ninfas mostram a baixa tendência invasiva da espécie no local, possivelmente devido ao estado de preservação da mata somado ao clima úmido.
10

Perfil de suscetibilidade da população de Aedes aegypti (Diptera: Culicidae) da ilha de Santiago, Cabo Verde, a inseticidas / Susceptibility profile of Aedes aegypti from Santiago Island, Cape Verde, to insecticides

Rocha, Hélio Daniel Ribeiro January 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2015-11-11T12:04:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 154.pdf: 1288159 bytes, checksum: 2cc2211b7c112d6211913cb143210291 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2014 / Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil / Em Cabo Verde, arquipélago situado na Costa Ocidental Africana, os primeiros casos de dengue ocorreram em 2009, com a notificação de mais de 21.000 casos, a maioria desses registrados na Ilha de Santiago. O mosquito Aedes aegypti foi identificado como vetor, e ações para seu controle, usando os inseticidas temephos (larvicida) e a deltametrina (adulticida), têm sido implementadas. Objetiva-se com esse trabalho avaliar o atual status de suscetibilidade a inseticidas e caracterizar os mecanismos de resistência nessa população. Amostras de A. aegypti da ilha de Santiago foram coletadas através de armadilhas de oviposição, para o estabelecimento de uma população a ser analisada. Foram realizados bioensaios do tipo dose diagnóstica, usando garrafas impregnadas com doses únicas dos adulticidas malathion (organofosforado), deltametrina (piretróide) e cipermetrina (piretróide), e bioensaios do tipo dose resposta, usando múltiplas concentrações dos inseticidas temephos (organofosforado), Bacillus thuringiensis sorovariedade israelensis (bactéria entomopatogênica) e diflubenzuron (inibidor de síntese de quitina). Para a investigação dos mecanismos de resistências, foram realizados testes bioquímicos com substratos específicos para quantificar a atividade das enzimas glutationa S-transferases, esterases (alfa, beta e PNPA) e oxidases de função mista, ligadas a detoxificação de xenobióticos, e a taxa de inibição da acetilcolinesterase ligada a insensibilidade do sítio alvo. / Pesquisou-se também a presença de mutaçõeso do tipo kdr (knock-down resistance) associadas à resistência a piretróides, pela análise da sequência dos exons 20 e 21 no gene do canal de sódio. Nos resultados dos bioensaios constatou-se que a população de A. aegypti investigada apresenta resistência aos piretróides deltametrina e cipermetrina (mortalidade 80 por cento) e ao organofosforado temephos (RR90=4), mas é suscetível ao malathion (mortalidade maior ou igual a 98 por cento), Bacillus thuringiensis sorovariedade israelensis (RR90=0.8) e ao diflubenzuron (RR90=2,2). Em relação a atividade das enzimas ligadas ao processo de detoxificação, foram detectadas alterações nas glutationa S-transferases (25 por cento), oxidases de função mista (18 por cento), esterase-alfa (19 por cento) e esterase-beta (17 por cento). A taxa de inibição da acetilcolinesterase (6 por cento) e a atividade da esterase-PNPA (7 por cento) mostraram que estas estão inalteradas. Nenhuma das mutações do tipo kdr pesquisadas foi detectada. Estes resultados permitem concluir que a população de A. aegypti da ilha de Santiago, Cabo Verde, é suscetível aos inseticidas, excetuando os piretróides testados e o temephos, usados no seu controle; e que ela apresenta alterações em enzimas detoxificadoras que poderão estar implicadas na resistência a esses compostos

Page generated in 0.0413 seconds