• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 261
  • 1
  • Tagged with
  • 266
  • 107
  • 103
  • 96
  • 95
  • 84
  • 82
  • 79
  • 72
  • 69
  • 65
  • 62
  • 57
  • 54
  • 49
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Escola libriação : biografemática do gesto

Sperb, Carolina Comerlato January 2017 (has links)
A presente tese traduz, imagina e transcria uma escola biografemática do gesto denominada Libriação. Este nome significa e deriva de Libras e de criação e vive por meio de biografemas (vidas de grafemar) curricularesdidáticas da arte, do gesto, do romance, do cenalário e da diferença. O texto compõe-se de procedimentos tradutórios de pensar-criar, desde signos e conceitos sentidos; funciona em elementos-atributos científicos-filosóficosartísticos; e traduz em três formas: de pesquisa, ensino e extensão, que não se separam, mas operam, de forma conjunta e transversalizada, em meio à educação e à vida. O primeiro bloco é formado pela biografemática de pesquisar-ensinar-extensionar sobre produções-efeitos de pensamentos e extensões educacionais-contemporâneas; o segundo bloco é escrito por cenalários da educação contemporânea; e o terceiro conclui em um eu pesquisador, um educador e um extensionador, impossíveis de ser definido, pois é resultante de possibilidades diárias-vivas de criar. / The present thesis translates, imagines and transcrires a biographical school of the gesture denominated Libriação. This name means and derives from Libras and creation and lives by means of biografemas (live of grafemar) curricular-didactics of the art, the gesture, the novel, the scenario and the difference. The text consists of translational procedures of thinkingcreating, from signs and concepts sense; Works on scientific-philosophicalartistic- attribute elements; and translates into three forms: research, teaching and extension, which do not separate, but operate, jointly and transversally, in the midst of education and life. The first block is formed by the biographemática of research-teach-extend about productions-effects of thoughts and educational extensions-contemporary; the second block is written by contemporary education cenarios; and the third concludes in a researcher, an educator and an extension worker, impossible to be defined, because it is the result of daily living possibilities to create.
2

O texto do intérprete de libras no contexto do bilingüismo e o pretexto da inclusão

COSTA, Karla Patrícia Ramos da January 2008 (has links)
Este trabalho versa sobre a atuação do intérprete de LIBRAS no contexto educacional inclusivista, adotado no Brasil, diante da necessidade de conhecer melhor os resultados da participação desse profissional na vida escolar e social do surdo. A grande questão que se coloca é se essa presença favorece o desenvolvimento do surdo e quais as exigências que estão sendo feitas para a efetividade de sua ação interpretativa. O ato de interpretar corresponde a um processo cognitivo pelo qual se trocam mensagens de uma língua para outra (orais ou sinalizadas). Ao mesmo tempo, representa uma tomada de decisões sintáticas, semânticas e pragmáticas em duas línguas que impõem sempre novas interpretações. Portanto, o intérprete não deve ser apenas um explicador, mas um profissional bilíngüe, habilitado na interpretação da língua de sinais para a língua portuguesa. Elaboramos este trabalho com o objetivo de analisar os relatos dos intérpretes de LIBRAS sobre suas contribuições para a aprendizagem e melhoria da interação entre surdos e ouvintes. Para esse fim, utilizamos uma metodologia qualitativa, e como instrumento de pesquisa optamos pelo uso de uma entrevista que forneceu os relatos de 10 (dez) intérpretes de LIBRAS do Ensino Fundamental II e Médio, de escolas públicas estaduais da cidade do Recife, (o que representa mais de 70% do total). Os dados fornecidos, através dos relatos, foram categorizados e a seguir analisados à luz do referencial teórico adotado. Os sujeitos revelaram que estão satisfeitos com seu trabalho, embora reconheçam que existem inúmeros obstáculos a serem superados, e, nem sempre o conseguem. Segundo eles, o trabalho do intérprete carece de uma infra-estrutura melhor, visto que, a que dispomos atualmente deixa a desejar, o que demanda ações que já constam das políticas públicas e que, até o momento, não foram implementadas. Esperamos com este trabalho contribuir para que essa atuação fique cada vez mais bem delineada, posto que esse grupo de profissionais foi forjado diante do desconhecimento quase total dos ouvintes e surdos, os quais sentiram necessidade de contar com a presença de alguém que pudesse facilitar a comunicação entre eles.
3

A sinalização de histórias em libras: aspectos linguísticos e extralinguísticos / Signalized stories in libras: linguistics aspects and extra linguistics aspects

Costa, Alessandra Campos Lima de 29 April 2015 (has links)
Submitted by Cláudia Bueno (claudiamoura18@gmail.com) on 2016-01-15T16:21:24Z No. of bitstreams: 2 Dissertação - Alessandra Campos Lima da Costa - 2015.pdf: 4791091 bytes, checksum: 076148a8d753ba5238cc820beac2fecf (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) / Approved for entry into archive by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2016-01-18T08:57:34Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertação - Alessandra Campos Lima da Costa - 2015.pdf: 4791091 bytes, checksum: 076148a8d753ba5238cc820beac2fecf (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-01-18T08:57:34Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação - Alessandra Campos Lima da Costa - 2015.pdf: 4791091 bytes, checksum: 076148a8d753ba5238cc820beac2fecf (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Previous issue date: 2015-04-29 / This study investigates seven stories narrated by a group of hearing students who took part in a Libras Course offered by a public educational institution in the city of Goiânia, during the first semester of 2014. The stories were firstly narrated in Portuguese and then signalized in Libras – the Brazilian Sign Language. In a more specific way, the study seeks to identify, describe and analyze the linguistic and extra-linguistic aspects of the students’ production when they narrated stories in Libras. Some of these aspects include facial expressions, posturing and body displacement, using of space, gesturing errors and mistakes during signs production, influences of the native language among others. In order to achieve this aim, seven stories narrated in Libras were video recorded and transcribed with the aid of Elan Program for further analysis. In a second stage of the analysis, two deaf collaborators, proficient in Libras, offered their input to the analysis by watching the videos, evaluating and commenting the students’ production. These considerations were recorded and then transcribed from Libras to Portuguese so that it could be accessible for all readers. This way, data analysis was based on the area literature, in my own experience as a Libras interpreter, on the observations of the deaf helpers and of course on data itself. Results show that when teaching Libras special attention should be given to non-manual signs as well to referents while using space throughout the story. Data also reveal that the incidence of “errors” during the participants’ production was mostly due to the influence of their L1. The importance of this research lies in the fact that it serves as a reference for those interested in the teaching of Libras as a second language and also for those who are in charge of teacher practice development and Libras course design. / Neste estudo, investigo os aspectos linguísticos e extralinguísticos que se evidenciam nas histórias contadas em Libras por um grupo de alunos ouvintes que frequentaram um curso de aperfeiçoamento em Libras oferecido por uma instituição de ensino do município de Goiânia, durante o primeiro semestre do ano 2014. De modo mais específico, busco descrever e analisar aspectos da produção sinalizada desses alunos, tais como expressões faciais, postura e deslocamento do corpo, uso do espaço, inadequações ou erros na produção dos sinais, influência da primeira língua, entre outros. Para tanto, sete histórias sinalizadas em Libras e filmadas em DVD foram por mim transcritas utilizando-se o programa de transcrição Elan para fins de análise. Dois colaboradores surdos, competentes em Libras, ofereceram contribuições à análise assistindo aos vídeos, avaliando e comentando a produção dos alunos. Essas considerações foram gravadas e por mim transcritas da Libras para a Língua Portuguesa, de forma a tornar acessível o seu conteúdo em meio impresso. Os dados foram, então, analisados com base na literatura da área, na minha experiência como intérprete, em consonância com as observações dos colaboradores surdos. Os resultados mostram, ao se ensinar Libras, que atenção especial deve ser dada, por exemplo, ao trabalho com os sinais não manuais e à distribuição coerente dos referentes no espaço durante o transcorrer da história. Os dados também revelam que a maior incidência de “erros” na produção em Libras aconteceu em decorrência da influência da primeira língua sobre a segunda. A relevância deste trabalho está no número restrito de estudos que abordam este assunto, sobretudo no contexto brasileiro. Espero que esta pesquisa possa contribuir para o ensino de Libras como segunda língua, para o aprimoramento da prática do professor e dos profissionais que elaboram os cursos desta língua, bem como para o desempenho dos intérpretes de Libras.
4

Sinalizações de um professor surdo: a interpretação de Libras como processo de retextualização

SANTOS, Ozivan Perdigão January 2012 (has links)
O processo de interpretação de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para Língua Portuguesa é um objeto pouco investigado pelas Ciências da Educação no Brasil. Esta pesquisa é de análise textual e discursiva direcionada aos Estudos de Tradução tendo como objetivo analisar o processo de traslado de Libras para a Língua Portuguesa oral de uma narrativa em vídeo, propiciando reflexões acerca das definições teóricas sobre o ato de interpretar um texto/discurso de um professor surdo. Para sistematização e análise do corpus coletado utilizou-se as seguintes categorias de análises: a escolha da pessoa do discurso, a reordenação sintática, as substituições, eliminações, acréscimos e efeitos de sentidos. Considerando isto, os principais pressupostos teóricos foram às definições de: retextualização (MARCUSCHI, 2001), interpretação como retextualização (TRAVAGLIA, 2003), análise discursiva (ORLANDI, 2005; 2006), efeitos de sentidos e formação discursiva (PÊCHEUX, 2008), Tradução literal de Libras (FERREIRA-BRITO, 1995; 1997). Os sujeitos participantes deste estudo foram seis intérpretes de Libras e um professor surdo que atua em prática docente de Libras. A partir da ação interpretativa elencou-se o seguinte problema de investigação: Que procedimentos ou mudanças semântico-lexicais e discursivas ocorrem no processo de retextualização da narrativa filmada em Libras para voz gravada em Língua Portuguesa? Os resultados indicam que na ação interpretativa, o profissional deve evitar substituições, eliminações, acréscimos e o uso de vocábulos rebuscados em demasia, provocando efeitos de sentidos contrários no processo interpretativo. Faz-se reflexões a respeito do intérprete educacional de Libras no Brasil, contribuindo para que novos pesquisadores deste campo científico possam se interessar e trazer novos resultados para a academia.
5

A teatralidade do surdo na performance / The theatricality of the deaf in performance

Araújo, Karla 04 December 2015 (has links)
Submitted by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2016-04-20T14:16:03Z No. of bitstreams: 2 Dissertação - Karla Araújo - 2015.pdf: 5815602 bytes, checksum: 45fb3f3f4c1d2b5861b9630ad08b91e6 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) / Approved for entry into archive by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2016-04-20T14:17:32Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertação - Karla Araújo - 2015.pdf: 5815602 bytes, checksum: 45fb3f3f4c1d2b5861b9630ad08b91e6 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-04-20T14:17:32Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação - Karla Araújo - 2015.pdf: 5815602 bytes, checksum: 45fb3f3f4c1d2b5861b9630ad08b91e6 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Previous issue date: 2015-12-04 / The dissertation entitled The deaf theatricality on performance is a research focusing on the performance and deaf identity, based on the concepts and definitions of performance, on performativity of the teacher and actor Sergio Mendes Vaz. The issue is important because it contributes to the studies of performance, with the key theatricality of the deaf in performance. The goal is to analyze elements, such as facial and body language, expression, signaling, characterization (costumes), actor relationship and public professor and actor Sergio, in order to expand the debate and discussions about the importance of performance within the culture deaf. The investigation seeks justification in authors like Felipe (2007), Quadros et al. (2009), Ferreira-Brito (1989), Skilar (1999), Perlin (1998), Sá (2002), Souza, Silvestre e Arantes (2007), Sacks (2010), Féral (2008), Schechner (2011), Pavis (1999), Gennep (2011), Cornago (2009); Goffman (1985) e Zumthor (2000). This research is a case study with the teacher and the deaf actor, Sérgio Vaz Mendes, who teaches and communicates in Brazilian Sign Language (Libras), a language of visual-spatial-gestural mode, whereby the deaf express themselves . As a result of nature of the object, the methodological approach is a qualitative research, with the fichamentos data collection instruments, films and photographs, as well as field research, carried out through observations, interviews, diary records field and coexistence with Sérgio Vaz. The field research occurred in three different environments, but complementary: (a) Course Pounds, offered by Colleges Alves Faria (ALFA), which offers the course free for deaf and hearing, and Professor Sérgio Vaz as a teacher of the classes; (B) Coral Deaf, which is a social project, developed by Professor Sérgio Vaz and his wife Waléria Batista, supported by SEARA Association, a charity, educational, cultural, welfare and health, non-profit; (C) the stage show The Art In Silence, staged at Chaplin Educational System in 2005, on graduation of Libras classes. The contribution of this research is given to broaden the search field performance and theatricality with deaf. The research finds theatricality on performance the deaf actor Sérgio Vaz. And the importance of the performances presented in their deaf identity. / A dissertação intitulada A teatralidade do surdo na performance é uma pesquisa que aborda a performance e a identidade surda, a partir dos conceitos e definições da performance, na performatividade do professor e ator Sérgio Vaz Mendes. O tema é relevante, pois contribui com os estudos da performance, tendo como chave a teatralidade do surdo na performance. O objetivo é analisar elementos, como: expressão facial e corporal, expressividade, sinalização, caracterização (figurino), relação ator e público do professor e ator Sérgio, com o propósito de ampliar o debate e as discussões acerca da importância da performance dentro da cultura surda. A investigação busca fundamentação em autores, como Felipe (2007), Quadros et al. (2009), Ferreira-Brito (1989), Skilar (1999), Perlin (1998), Sá (2002), Souza, Silvestre e Arantes (2007), Sacks (2010), Féral (2008), Schechner (2011), Pavis (1999), Gennep (2011), Cornago (2009); Goffman (1985) e Zumthor (2000). Essa pesquisa é um estudo de caso com o professor e ator surdo, Sérgio Vaz Mendes, que ensina e se comunica em Língua Brasileira de Sinais (Libras), uma língua de modalidade visual-espacial-gestual, por meio da qual os surdos se expressam. Em decorrência da natureza do objeto, a abordagem metodológica utilizada é a da pesquisa qualitativa, tendo como instrumentos de coleta de dados fichamentos, filmagens e fotografias, além da pesquisa de campo, realizada por meio de observações, de entrevistas, de registros em diário de campo e da convivência com Sérgio Vaz. A pesquisa de campo ocorreu em três ambientes distintos, porém, complementares: (a) Curso de Libras, oferecido pelas Faculdades Alves Faria (ALFA), que disponibiliza o curso gratuitamente para surdos e ouvintes, tendo o professor Sérgio Vaz como docente das turmas; (b) Coral de Surdos, que é um projeto social, desenvolvido pelo professor Sérgio Vaz e sua esposa Waléria Batista, apoiados pela Associação SEARA, uma entidade filantrópica, de caráter educacional, cultural, assistencial e de saúde, sem fins lucrativos; (c) o espetáculo teatral A Arte No Silêncio, encenado no Sistema Educacional Chaplin, em 2005, na formatura das turmas de Libras. A contribuição dessa pesquisa se dá no sentido de ampliar o campo de pesquisa sobre a performance e a teatralidade do surdo. Os estudos teóricos a respeito da performance cotidiana, a análise e reflexão sobre as vivências do professor e ator surdo Sérgio Vaz possibilitam um olhar diferenciado da teatralidade do surdo nas performances apresentadas.
6

Descrição fonético-fonológica dos sinais da língua de sinais brasileira (LIBRAS) / Description of the phonetic-phonological units of Brazilian Sign Language (LIBRAS)

Andre Nogueira Xavier 20 October 2006 (has links)
Este trabalho objetivou dar um primeiro passo em direção a uma descrição das unidades do nível fonético-fonológico da língua de sinais brasileira (libras). Para isso, ele se baseou no modelo de análise sublexical proposto por Liddell (1984) e desenvolvido por Liddell & Johnson (2000 [1989]), segundo o qual, os sinais das línguas sinalizadas, semelhantemente às palavras das línguas faladas, são consituídos por segmentos. Além de oferecer uma análise segmental dos sinais, capaz de capturar os contrastes seqüenciais também possíveis nessas línguas, esse modelo apresenta uma descrição bastante detalhada dos traços que caracterizam cada um de seus segmentos. Por conta disso, neste trabalho, foi possível não apenas levantar alguns traços articulatórios que têm valor distintivo na fonologia da libras, mas também esboçar uma análise segmental para alguns de seus itens lexicais. / This research aimed at doing a first description of the phonetic-phonological units of Brazilian Sign Language (libras). To do so, I assumed Liddell & Johnson (2000 [1989])\'s proposal, according to which signed languages\' lexical items are structured by segments, in the same way as spoken languages\' words. This model not only offers a segmental analysis for the signs, but also makes possible a detailed description of their articulatory features. For that reason, in this research, it was possible to identify some libras\'s features used to distinguish signs, as well as outline a segmental analysis to some of its lexical items.
7

Lexicografia da língua de sinais brasileira do nordeste / Lexicography of the Northeast Brazilian Sign Language

Janice Gonçalves Temoteo 12 December 2012 (has links)
A presente tese, intitulada Lexicografia da Língua de Sinais Brasileira (Libras) do Nordeste, objetiva documentar o léxico de sinais de Libras usado por uma amostra da população surda residente nos nove estados do Nordeste (AL, BA, CE, MA, PB, PE, PI, RN, e SE) a partir de informantes surdos nativos desses estados, com vistas a aumentar a representatividade geográfica lexical dos sinais de uso comum entre os surdos nordestinos nas próximas edições do Novo Deit-Libras: Novo Dicionário Enciclopédico Ilustrado Trilíngue da Língua de Sinais Brasileira (Capovilla, Raphael, & Mauricio). A região Nordeste, com sua população de 53 milhões de habitantes, dos quais 3 milhões têm alguma deficiência auditiva, ocupa a primeira posição nacional em incidência relativa de pessoas com alguma perda auditiva na população. Considerando a média nacional de incidência de perda auditiva de 5,1% da população, observa-se que todos os nove estados têm incidência de perda auditiva acima da média nacional: CE com 6,2%; PB e RN com 6,1; AL, PI e PE com 6,0; BA com 5,5; SE com 5,4; e MA com 5,3. Diante desses dados alarmantes identificou-se a necessidade de fazer uma pesquisa que pudesse registrar o léxico de sinais usados pelos surdos dessa população. Esta pesquisa lexicográfica, que documenta a língua de sinais da região Nordeste, é parte do programa de pesquisa de documentação lexicográfica de Libras, empreendido no Laboratório de Neuropsicolinguística Cognitiva Experimental da Universidade de São Paulo, que tem documentado a língua de sinais de cada região brasileira. Por isso foram adotados e expandidos os procedimentos metodológicos canônicos de coleta e análise lexicográfica originais do Novo Deit-Libras. A pesquisa produziu um corpus de 4.287 sinais de Libras de todos os nove estados, todos plenamente documentados, descritos e ilustrados em sua forma e em seu significado, bem como distribuídos em 25 categorias semânticas, e devidamente validados por juízes surdos de cada estado / The present thesis aims to document the lexicon of signs of the Brazilian Sign Language, Libras, used by a sample of native deaf informers from all nine states of Northeastern Brazil (Alagoas, Bahia, Ceara, Maranhao, Paraiba, Pernambuco, Piaui, Rio Grande do Norte, and Sergipe). The purpose was to increase the geographic representation of Northeastern Libras signs in the upcoming edition of the New Deit-Libras: New Trilingual Illustrated Encyclopedic Dictionary of Brazilian Sign Language (see 2nd edition: Capovilla, Raphael, & Mauricio, 2012). In the Northeast Brazil, out of its population of 53 million people, there are 3 million people with some kind of hearing impairment. When compared to the rest of the countrys regions, Northeast Brazil has the highest relative incidence of people with any hearing loss. Considering a 5.1% national average of the hearing loss incidence, it is observed that all nine states have an incidence percentage that is over the national average: Ceara with 6.2%, Paraiba and Rio Grande do Norte with 6.1%, Alagoas, Piaui and Pernambuco with 6.0 %, Bahia with 5.5%, Sergipe with 5.4%, and Maranhao with 5.3%. Such alarming data prove the urgent need to conduct lexicographic research of the Libras sign lexicon used by deaf population in the Northeast Brazil. The present lexicographic research of the Northeast Libras lexicon is part of the major research program conducted by the Laboratory of Cognitive Neuropsycholinguistics at the University of Sao Paulo, which aims at documenting the Libras lexicon from all geographic regions of Brazil. Therefore, it used the same canonic methods created by the authors of the original Deit-Libras (Capovilla & Raphael, 2001). This research has mapped a corpus of 4,287 Libras signs from all nine states. All signs are fully described and illustrated, both in terms of form and meaning, and are classified into 25 semantic categories. Last, but not least, all signs have been validated by deaf judges from all states
8

Aspectos do processo de construção da língua de sinais de uma criança surda filha de pais ouvintes em um espaço bilingue para surdos / Aspects of the sign language construction process of a deaf child from hearing parents in a bilingual environment for the deaf

Sandra Regina Leite de Campos 07 April 2009 (has links)
Esta pesquisa analisa os primeiros marcadores de aquisição de língua de sinais em uma criança surda, filha de pais ouvintes em um ambiente onde a língua foi propiciada por meio de interlocutores Surdos e ouvintes, usuários da Libras. Ao considerarmos que, a criança surda tem seu desenvolvimento de linguagem construído prioritariamente na escola especial, discutiremos o papel dos interlocutores envolvidos nessa relação e procuraremos compreender o efeito do ambiente na construção da língua de sinais em crianças surdas, filhas de pais ouvintes. O trabalho se fundamenta na teoria histórico-social de Vygotsky e seus seguidores, pressupondo a linguagem como constitutiva do conhecimento e construtora de sentidos. A pesquisa foi realizada, na Escola para Crianças Surdas Rio Branco da Fundação de Rotarianos de São Paulo onde foi criado no ano de 2001 o Programa de Estimulação do Desenvolvimento. A fonoaudióloga e atual pesquisadora, junto com um instrutor surdo nesse programa que tem por objetivos principais a aquisição da língua de sinais das crianças inscritas e o aprendizado da língua pelos pais. A pesquisa se desenvolveu nesse espaço e o material colhido durante a realização do Programa teve quatro episódios recortados, que aqui serão apresentados e discutidos. O material foi analisado em uma perspectiva microgenética buscando, o efeito de do ambiente e evidenciando as marca do desenvolvimento da língua de sinais e seus efeitos na relação e na aquisição da língua. Desse material analisado, concluímos que o pressuposto de linguagem a partir do qual concebemos a criança Surda é determina os serviços que oferecemos a ela, assim ao concebermos a linguagem como constitutiva do sujeito. Modificando o modo de significar esses sujeitos e podemos nos organizar socialmente de modo que a criança Surda possa nascer culturalmente. Esses pressupostos devem ser colocados em trabalhos que se destinem a bebês Surdos, pois somente o trabalho com bebês Surdos que contemple a interlocução com um outro significativo Surdo possibilitará o pleno desenvolvimento lingüístico, social e cultural desse bebê como alguém que pertencerá a uma comunidade de iguais na sua diferença, mas que compartilham a mesma língua e a mesma visão de mundo. / This research analyses the first markers of Sign Language acquisition in a deaf child from hearing parents in an environment where the language was present by Deaf and hearing partners who use Libras. Considering that the deaf child has the development of language built mainly at the special school, we will discuss the role of the interlocutors involved in this relationship and we will try to understand the effect of the environment on the construction of Sign Language in Deaf children from hearing parents. This work is derived from Vigotsky social-historical theory and his followers. We understand that language constitutes the foundation of knowledge and is responsible for the construction of meanings. The research took place at the Escola para Crianças Surdas Rio Branco da Fundação de Rotarianos de São Paulo where the Development Stimulation Program was created in 2001. The language therapist, who is also the researcher, worked together with a Deaf instructor in this Program and they had, as main objective, the acquisition of Sign language by the children enrolled in the Program and the learning of sign language by the parents. The research was developed at the school and the material that will be presented and discussed is based on four sessions that were selected from the Program. The data was analyzed in a micro genetic perspective searching the effect of the environment and evidencing the development marks of the Sign Language and its effects in the language relation and acquisition. From the material analyzed we concluded that the projected way we consider language and how we perceive the Deaf child is what establishes the services that are offered to him/her. So, when we conceive language as a tool for the constitution of the human being, we modify the way we represent the Deaf child and we can organize ourselves in a social way that allows the child to be born culturally. These assumptions must be used in works that are intended to Deaf babies because only the work with Deaf babies contemplates the interrelation with one Deaf significant that will allow the baby cultural, social and linguistic entire development as someone that will belong to a community of equals in their difference but that share the same language and the same world comprehension.
9

Aspectos do processo de construção da língua de sinais de uma criança surda filha de pais ouvintes em um espaço bilingue para surdos / Aspects of the sign language construction process of a deaf child from hearing parents in a bilingual environment for the deaf

Campos, Sandra Regina Leite de 07 April 2009 (has links)
Esta pesquisa analisa os primeiros marcadores de aquisição de língua de sinais em uma criança surda, filha de pais ouvintes em um ambiente onde a língua foi propiciada por meio de interlocutores Surdos e ouvintes, usuários da Libras. Ao considerarmos que, a criança surda tem seu desenvolvimento de linguagem construído prioritariamente na escola especial, discutiremos o papel dos interlocutores envolvidos nessa relação e procuraremos compreender o efeito do ambiente na construção da língua de sinais em crianças surdas, filhas de pais ouvintes. O trabalho se fundamenta na teoria histórico-social de Vygotsky e seus seguidores, pressupondo a linguagem como constitutiva do conhecimento e construtora de sentidos. A pesquisa foi realizada, na Escola para Crianças Surdas Rio Branco da Fundação de Rotarianos de São Paulo onde foi criado no ano de 2001 o Programa de Estimulação do Desenvolvimento. A fonoaudióloga e atual pesquisadora, junto com um instrutor surdo nesse programa que tem por objetivos principais a aquisição da língua de sinais das crianças inscritas e o aprendizado da língua pelos pais. A pesquisa se desenvolveu nesse espaço e o material colhido durante a realização do Programa teve quatro episódios recortados, que aqui serão apresentados e discutidos. O material foi analisado em uma perspectiva microgenética buscando, o efeito de do ambiente e evidenciando as marca do desenvolvimento da língua de sinais e seus efeitos na relação e na aquisição da língua. Desse material analisado, concluímos que o pressuposto de linguagem a partir do qual concebemos a criança Surda é determina os serviços que oferecemos a ela, assim ao concebermos a linguagem como constitutiva do sujeito. Modificando o modo de significar esses sujeitos e podemos nos organizar socialmente de modo que a criança Surda possa nascer culturalmente. Esses pressupostos devem ser colocados em trabalhos que se destinem a bebês Surdos, pois somente o trabalho com bebês Surdos que contemple a interlocução com um outro significativo Surdo possibilitará o pleno desenvolvimento lingüístico, social e cultural desse bebê como alguém que pertencerá a uma comunidade de iguais na sua diferença, mas que compartilham a mesma língua e a mesma visão de mundo. / This research analyses the first markers of Sign Language acquisition in a deaf child from hearing parents in an environment where the language was present by Deaf and hearing partners who use Libras. Considering that the deaf child has the development of language built mainly at the special school, we will discuss the role of the interlocutors involved in this relationship and we will try to understand the effect of the environment on the construction of Sign Language in Deaf children from hearing parents. This work is derived from Vigotsky social-historical theory and his followers. We understand that language constitutes the foundation of knowledge and is responsible for the construction of meanings. The research took place at the Escola para Crianças Surdas Rio Branco da Fundação de Rotarianos de São Paulo where the Development Stimulation Program was created in 2001. The language therapist, who is also the researcher, worked together with a Deaf instructor in this Program and they had, as main objective, the acquisition of Sign language by the children enrolled in the Program and the learning of sign language by the parents. The research was developed at the school and the material that will be presented and discussed is based on four sessions that were selected from the Program. The data was analyzed in a micro genetic perspective searching the effect of the environment and evidencing the development marks of the Sign Language and its effects in the language relation and acquisition. From the material analyzed we concluded that the projected way we consider language and how we perceive the Deaf child is what establishes the services that are offered to him/her. So, when we conceive language as a tool for the constitution of the human being, we modify the way we represent the Deaf child and we can organize ourselves in a social way that allows the child to be born culturally. These assumptions must be used in works that are intended to Deaf babies because only the work with Deaf babies contemplates the interrelation with one Deaf significant that will allow the baby cultural, social and linguistic entire development as someone that will belong to a community of equals in their difference but that share the same language and the same world comprehension.
10

Lexicografia da língua de sinais brasileira do nordeste / Lexicography of the Northeast Brazilian Sign Language

Temoteo, Janice Gonçalves 12 December 2012 (has links)
A presente tese, intitulada Lexicografia da Língua de Sinais Brasileira (Libras) do Nordeste, objetiva documentar o léxico de sinais de Libras usado por uma amostra da população surda residente nos nove estados do Nordeste (AL, BA, CE, MA, PB, PE, PI, RN, e SE) a partir de informantes surdos nativos desses estados, com vistas a aumentar a representatividade geográfica lexical dos sinais de uso comum entre os surdos nordestinos nas próximas edições do Novo Deit-Libras: Novo Dicionário Enciclopédico Ilustrado Trilíngue da Língua de Sinais Brasileira (Capovilla, Raphael, & Mauricio). A região Nordeste, com sua população de 53 milhões de habitantes, dos quais 3 milhões têm alguma deficiência auditiva, ocupa a primeira posição nacional em incidência relativa de pessoas com alguma perda auditiva na população. Considerando a média nacional de incidência de perda auditiva de 5,1% da população, observa-se que todos os nove estados têm incidência de perda auditiva acima da média nacional: CE com 6,2%; PB e RN com 6,1; AL, PI e PE com 6,0; BA com 5,5; SE com 5,4; e MA com 5,3. Diante desses dados alarmantes identificou-se a necessidade de fazer uma pesquisa que pudesse registrar o léxico de sinais usados pelos surdos dessa população. Esta pesquisa lexicográfica, que documenta a língua de sinais da região Nordeste, é parte do programa de pesquisa de documentação lexicográfica de Libras, empreendido no Laboratório de Neuropsicolinguística Cognitiva Experimental da Universidade de São Paulo, que tem documentado a língua de sinais de cada região brasileira. Por isso foram adotados e expandidos os procedimentos metodológicos canônicos de coleta e análise lexicográfica originais do Novo Deit-Libras. A pesquisa produziu um corpus de 4.287 sinais de Libras de todos os nove estados, todos plenamente documentados, descritos e ilustrados em sua forma e em seu significado, bem como distribuídos em 25 categorias semânticas, e devidamente validados por juízes surdos de cada estado / The present thesis aims to document the lexicon of signs of the Brazilian Sign Language, Libras, used by a sample of native deaf informers from all nine states of Northeastern Brazil (Alagoas, Bahia, Ceara, Maranhao, Paraiba, Pernambuco, Piaui, Rio Grande do Norte, and Sergipe). The purpose was to increase the geographic representation of Northeastern Libras signs in the upcoming edition of the New Deit-Libras: New Trilingual Illustrated Encyclopedic Dictionary of Brazilian Sign Language (see 2nd edition: Capovilla, Raphael, & Mauricio, 2012). In the Northeast Brazil, out of its population of 53 million people, there are 3 million people with some kind of hearing impairment. When compared to the rest of the countrys regions, Northeast Brazil has the highest relative incidence of people with any hearing loss. Considering a 5.1% national average of the hearing loss incidence, it is observed that all nine states have an incidence percentage that is over the national average: Ceara with 6.2%, Paraiba and Rio Grande do Norte with 6.1%, Alagoas, Piaui and Pernambuco with 6.0 %, Bahia with 5.5%, Sergipe with 5.4%, and Maranhao with 5.3%. Such alarming data prove the urgent need to conduct lexicographic research of the Libras sign lexicon used by deaf population in the Northeast Brazil. The present lexicographic research of the Northeast Libras lexicon is part of the major research program conducted by the Laboratory of Cognitive Neuropsycholinguistics at the University of Sao Paulo, which aims at documenting the Libras lexicon from all geographic regions of Brazil. Therefore, it used the same canonic methods created by the authors of the original Deit-Libras (Capovilla & Raphael, 2001). This research has mapped a corpus of 4,287 Libras signs from all nine states. All signs are fully described and illustrated, both in terms of form and meaning, and are classified into 25 semantic categories. Last, but not least, all signs have been validated by deaf judges from all states

Page generated in 0.0673 seconds