• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 7
  • Tagged with
  • 7
  • 7
  • 5
  • 5
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Ecologia de uma população de tatu-galinha (dasypus septemcinctus) no cerrado do Brasil Central

Silva, Kena Ferrari Moreira da 09 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2006. / Submitted by wesley oliveira leite (leite.wesley@yahoo.com.br) on 2009-11-07T22:40:59Z No. of bitstreams: 1 Kena Ferrari M Silva.pdf: 1005265 bytes, checksum: 8a5671005419d49467133f4ddcf1ffe7 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2009-11-15T22:23:40Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Kena Ferrari M Silva.pdf: 1005265 bytes, checksum: 8a5671005419d49467133f4ddcf1ffe7 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-11-15T22:23:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Kena Ferrari M Silva.pdf: 1005265 bytes, checksum: 8a5671005419d49467133f4ddcf1ffe7 (MD5) Previous issue date: 2006-09 / A ecologia do tatu-galinha (Dasypus septemcintus Linnaeus, 1758) foi estudada em uma área de Cerrado no Brasil Central. Durante 13 meses foi usado o método de marcação - recaptura, em um gradeado estabelecido em vegetação de cerrado sensu stricto na Fazenda Água Limpa (FAL), Distrito Federal. Foi capturado um total de 11 indivíduos de Dasypus septemcinctus, sendo que deste total 45,4% eram adultos (5) e 54,6% sub-adultos (6). A densidade populacional média ao longo do período de estudo foi de 0,3 indivíduos/ha. A razão sexual foi 6 machos para 5 fêmeas, o que não diferiu de uma proporção esperada de 1:1 (χ2 = 0,091; GL = 1; p > 0,05). O tamanho da área de vida de três indivíduos capturados de 3 a 4 vezes variou de 0.8 a 1.6 ha. O deslocamento médio de 5 indivíduos capturados pelo menos duas vezes foi de 153 ± 21 m. Foram analisadas 29 amostras de conteúdo alimentar de 22 indivíduos de Dasypus septemcinctus, em 20 amostras de fezes e 9 de estômagos. Os insetos apresentaram uma freqüência relativa de 59,3%, outros artrópodes 7,0%, sementes 9,3% e fragmentos vegetais 24,4%. As formigas representam o item animal mais importante na dieta desta espécie, com uma freqüência relativa de 25,6%, seguido dos cupins com 23,2%. Foi registrado 9 gêneros de formigas e 13 gêneros de cupins no material alimentar dessa espécie. A categoria trófica de Dasypus septemcinctus é discutida em relação à classificação de Redford (1985). _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The ecology of the seven-banded-armadillo (Dasypus septemcinctus Linnaeus, 1758) was studied in a Cerrado area in Central Brazil. A mark-recapture method was used during 13 months in a grid established in a area of vegetation of cerrado sensu stricto at Fazenda Água Limpa, Distrito Federal. Eleven individuals of Dasypus septemcinctus were captured during the study, with 45.4% (5) adults and 54.6% (6) sub adults. The minimum number of animals known alive per month varied from 0.2 individuals/ha to 0.8 individuals/ha, averaging 0.3 individuals/ha. The sex ratio was 6 males: 5 females, not different from a 1:1 proportion (χ2 = 0.091; GL = 1; p > 0.05). Home range size for three individuals captured three or four times varied from 0.8 ha to 1.6 ha. Data on average distance moved between successive trapping showed that armadillos moved 153 ± 21 m (range of 30 m to 280 m). Food items were analyzed in 29 samples of 22 individuals composed of 20 scats and 9 stomachs. Insects accounted by 59.3% of relative frequency, other arthropods 7.0%, seeds 9.3% and plant matter 24.4%. Ants were the most important animal item in samples, with a relative frequency of 25.6%, followed by termites 23.2%, with 9 and 13 genera, respectively. The food habits of Dasypus septemcinctus is discussed in relation to food specialization classification proposed by Redford (1985).
2

Estimativa de parâmetros populacionais do boto-cinza, Sotalia guianensis (Van Bénéden, 1864) (Cetacea, Delphinidae) na Baía de Paraty (RJ) / Estimativa de parâmetros populacionais do boto-cinza, Sotalia guianensis (Van Bénéden, 1864) (Cetacea, Delphinidae) na Baía de Paraty (RJ) / Estimation of population parameters of the Guiana dolphin, Sotalia guianensis (Van Bénéden, 1864) (Cetacea, Delphinidae) in Paraty Bay (RJ). / Estimation of population parameters of the Guiana dolphin, Sotalia guianensis (Van Bénéden, 1864) (Cetacea, Delphinidae) in Paraty Bay (RJ).

Sara Cristina Pereira de Souza 14 March 2013 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Estudos envolvendo estimativas de parâmetros populacionais de cetáceos baseados em dados de foto-identificação têm crescido ao longo dos anos, possibilitando estimar parâmetros como abundância, sobrevivência, probabilidade de captura e padrões de emigração. No Brasil, ainda são poucos os estudos com cetáceos que utilizam essa abordagem, contudo, eles estão aumentando, principalmente com a espécie Sotalia guianensis (van Bénéden, 1864), conhecida como boto-cinza. O objetivo desse trabalho foi estimar a sobrevivência, a probabilidade de captura, a emigração e a abundância da população de botos-cinza na Baía de Paraty (RJ; 2307S 4433W), utilizando modelos de marcação-recaptura baseados em dados de foto-identificação, entre os anos de 2005 e 2009. Os cruzeiros foram realizados entre agosto de 2005 e julho de 2009 com uma embarcação de 26 pés e motor de 200hp. As fotografias das nadadeiras dorsais foram tomadas com a utilização de uma câmera digital Canon 20D equipada com lente de zoom 100-400mm. Foram realizadas 60 saídas de campo na Baía de Paraty totalizando 172 horas de esforço no campo, sendo 72 horas de esforço fotográfico. Nas 42 saídas com observação de botos-cinza foram efetuadas 27.892 fotografias e, destas, 6.612 (23,7%) foram consideradas adequadas e utilizadas na identificação dos indivíduos de boto-cinza. Um total de 621 indivíduos foi catalogado com base em marcas permanentes na nadadeira dorsal. Os históricos individuais de captura foram analisados no programa MARK. A estimativa de sobrevivência variou de 0,82 ( 0,05) a 0,85 ( 0,05) e a probabilidade de captura variou de 0,16 ( 0,04) a 0,40 ( 0,06). O número de indivíduos marcados na população estimado pelo modelo de Jolly-Seber foi de N = 586 ( 114,66) (IC: 361-811). A proporção de animais marcados na população para o modelo de JS foi de 0,66 ( 0,03). A partir desse valor, foi possível obter uma abundância total de 884 indivíduos ( 176,8) (IC: 602-1296). A probabilidade de emigração temporária (γ``) e de permanecer fora da área (γ`) foi de 0,43 ( 0,07) e a probabilidade de captura/recaptura variou de 0,01 ( 0,01) a 0,42 ( 0,05). A probabilidade de permanência na área (1 - γ``), assim como a probabilidade de retorno da emigração temporária (1 - γ`) foi 0,57. Apesar dos movimentos significativos de indivíduos transientes, uma vez que a área amostrada é menor do que as áreas de vida que se tem estimadas para o boto-cinza, os dados indicam uma residência moderada dos botos-cinza. A abundância anual total variou de 325 para o ano de 2005 a 448 para o ano de 2009. A análise de poder determinou que seriam necessários nove anos de estudo para observar uma tendência de queda de 5% no tamanho da população. Os resultados reforçam que a Baía de Paraty abriga uma das maiores populações já estimadas para Sotalia guianensis.
3

Estimativa de parâmetros populacionais do boto-cinza, Sotalia guianensis (Van Bénéden, 1864) (Cetacea, Delphinidae) na Baía de Paraty (RJ) / Estimativa de parâmetros populacionais do boto-cinza, Sotalia guianensis (Van Bénéden, 1864) (Cetacea, Delphinidae) na Baía de Paraty (RJ) / Estimation of population parameters of the Guiana dolphin, Sotalia guianensis (Van Bénéden, 1864) (Cetacea, Delphinidae) in Paraty Bay (RJ). / Estimation of population parameters of the Guiana dolphin, Sotalia guianensis (Van Bénéden, 1864) (Cetacea, Delphinidae) in Paraty Bay (RJ).

Sara Cristina Pereira de Souza 14 March 2013 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Estudos envolvendo estimativas de parâmetros populacionais de cetáceos baseados em dados de foto-identificação têm crescido ao longo dos anos, possibilitando estimar parâmetros como abundância, sobrevivência, probabilidade de captura e padrões de emigração. No Brasil, ainda são poucos os estudos com cetáceos que utilizam essa abordagem, contudo, eles estão aumentando, principalmente com a espécie Sotalia guianensis (van Bénéden, 1864), conhecida como boto-cinza. O objetivo desse trabalho foi estimar a sobrevivência, a probabilidade de captura, a emigração e a abundância da população de botos-cinza na Baía de Paraty (RJ; 2307S 4433W), utilizando modelos de marcação-recaptura baseados em dados de foto-identificação, entre os anos de 2005 e 2009. Os cruzeiros foram realizados entre agosto de 2005 e julho de 2009 com uma embarcação de 26 pés e motor de 200hp. As fotografias das nadadeiras dorsais foram tomadas com a utilização de uma câmera digital Canon 20D equipada com lente de zoom 100-400mm. Foram realizadas 60 saídas de campo na Baía de Paraty totalizando 172 horas de esforço no campo, sendo 72 horas de esforço fotográfico. Nas 42 saídas com observação de botos-cinza foram efetuadas 27.892 fotografias e, destas, 6.612 (23,7%) foram consideradas adequadas e utilizadas na identificação dos indivíduos de boto-cinza. Um total de 621 indivíduos foi catalogado com base em marcas permanentes na nadadeira dorsal. Os históricos individuais de captura foram analisados no programa MARK. A estimativa de sobrevivência variou de 0,82 ( 0,05) a 0,85 ( 0,05) e a probabilidade de captura variou de 0,16 ( 0,04) a 0,40 ( 0,06). O número de indivíduos marcados na população estimado pelo modelo de Jolly-Seber foi de N = 586 ( 114,66) (IC: 361-811). A proporção de animais marcados na população para o modelo de JS foi de 0,66 ( 0,03). A partir desse valor, foi possível obter uma abundância total de 884 indivíduos ( 176,8) (IC: 602-1296). A probabilidade de emigração temporária (γ``) e de permanecer fora da área (γ`) foi de 0,43 ( 0,07) e a probabilidade de captura/recaptura variou de 0,01 ( 0,01) a 0,42 ( 0,05). A probabilidade de permanência na área (1 - γ``), assim como a probabilidade de retorno da emigração temporária (1 - γ`) foi 0,57. Apesar dos movimentos significativos de indivíduos transientes, uma vez que a área amostrada é menor do que as áreas de vida que se tem estimadas para o boto-cinza, os dados indicam uma residência moderada dos botos-cinza. A abundância anual total variou de 325 para o ano de 2005 a 448 para o ano de 2009. A análise de poder determinou que seriam necessários nove anos de estudo para observar uma tendência de queda de 5% no tamanho da população. Os resultados reforçam que a Baía de Paraty abriga uma das maiores populações já estimadas para Sotalia guianensis.
4

Estimativa populacional por marcação-recaptura e padrão de atividade do boto cinza, Sotalia guianensis (Cetacea, Delphinidae) em Regência, ES

Cepile, Alan Roberto 09 April 2008 (has links)
Submitted by Renata Lopes (renatasil82@gmail.com) on 2017-04-04T13:56:38Z No. of bitstreams: 1 alanrobertocepile.pdf: 1842538 bytes, checksum: edec2001e2b492b3123f078c0365d91d (MD5) / Approved for entry into archive by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br) on 2017-04-04T15:38:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 alanrobertocepile.pdf: 1842538 bytes, checksum: edec2001e2b492b3123f078c0365d91d (MD5) / Made available in DSpace on 2017-04-04T15:38:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 alanrobertocepile.pdf: 1842538 bytes, checksum: edec2001e2b492b3123f078c0365d91d (MD5) Previous issue date: 2008-04-09 / A marcação-recaptura por meio de foto-identificação vem sendo utilizada a bastante tempo, tendo iniciado na década de 40 do século passado com animais terrestres. Sua aplicação aos mamíferos marinhos da ordem cetacea iniciou-se no final da década de 70 e desde então vem sendo usada e amplamente aprimorada. Este técnica permite tomar conhecimento de inúmeros aspectos da biologia e ecologia dos animais fotografados, entre eles a estimativa populacional e aspectos comportamentais. O capítulo I deste estudo teve como objetivo estimar a população de botos cinza (Sotalia guianensis) de Regência, ES, através do método de marcação-recaptura utilizando a técnica de foto-identificação, utilizando estimadores probabilísticos para populações fechadas amplamente usados para cetáceos em todo mundo, como Lincoln-Petersen, Schnabel e Schumacher-Echmeyer, e a criação do primeiro catálogo de identificação da espécie no estado do Espírito Santo. Foram identificados 16 indivíduos sendo 7 reavistados. A população variou de acordo com o estimador utilizado, ficando entre 81 (Schnabel) e 141 indivíduos (Lincoln-Petersen). O capítulo II objetivou conhecer o padrão de atividade de S. guianensis de Regência, principalmente em relação a parâmetros ambientais e ao comportamento oportunista de perseguição às traineiras em busca de alimento descartado pelas embarcações. / Mark-recapture by photo-identification it comes being used a long time and started in 40’s of last century with terrestrial animals. The application of this method with marine mammals of cetacea order started in 70’s and has been used and widely improved. This technique allow to know some informations about biology and ecology of the animals captured, some of them, population size estimates and behavior. The objective of chapter I of this study was the estimate of population size of estuarine dolphin, Sotalia guianensis, in Regência, ES, through the mark-recapture method by photo-identification technique, using probabilistic estimators to closed populations widely used to estimate cetaceans populations in all the world, like Lincoln-Petersen, Schnabel and Scumacher-Eschmeyer, and make the first identification catalogue for the species in the Espírito Santo state. It was identified 16 dolphins and 7 resighted. The population varied as estimator used, between 81 (Schnabel) and 141 (LincolnPetersen). The objective of chapter II was to know the activity patterns of S. guianensis in Regência, mostly in relation of ambiental parameters and oportunistic trawler following behavior, in order to gain some food discarded by fishing boats.
5

Morcegos frugívoros no uso do hábitat fragmentado e seu potencial para recuperação de áreas degradadas: subsídios para uma nova ferramenta voltada à conservação

Bianconi, Gledson Vigiano [UNESP] 26 May 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:43Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-05-26Bitstream added on 2014-06-13T19:25:11Z : No. of bitstreams: 1 bianconi_gv_dr_rcla.pdf: 2615245 bytes, checksum: e626d43cffce5b3b04c96086c87decdf (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Filostomídeos frugívoros são considerados elementos-chave na conservação e restauração florestal dado à sua representatividade numérica (espécies e indivíduos), alto potencial de deslocamento e eficiência na dispersão de sementes. Técnicas que potencializem esse papel ecológico podem ter grande aplicação na recuperação de hábitats degradados, comuns à Mata Atlântica brasileira. Estudos com óleos essenciais isolados de frutos quiropterocóricos maduros sugeriram que eles podem ser utilizados para atrair e capturar morcegos frugívoros no interior de áreas florestais. Assim, a presente tese foi desenvolvida para fundamentar o caráter prático-funcional desta nova ferramenta, na medida em que se propôs a investigar os movimentos e o uso do hábitat fragmentado por espécies frugívoras, bem como as suas respostas a atrativos odoríferos instalados na matriz agropecuária de uma paisagem intensamente fragmentada no sul do Brasil (municípios de Fênix e São Pedro do Ivaí, estado do Paraná). Seus resultados indicaram uma atração altamente significativa dos morcegos aos óleos, um elevado potencial de dispersão de um grande número e diversidade de propágulos, e a possibilidade de manter os indivíduos por algum tempo sobrevoando pontos específicos da matriz, o que incrementaria, sobremaneira, a chuva-de-sementes no local. Os métodos de marcação/recaptura e radiotelemetria demonstraram existir uma alta mobilidade de Artibeus lituratus (Olfers, 1818) e Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758), morcegos frugívoros mais comuns na região, dentro e entre os remanescentes florestais, com a utilização conjunta de diferentes elementos da paisagem (fragmentos, matriz agropecuária, pomares, rios, etc.). A matriz agropecuária da região parece não inibir os deslocamentos das espécies, padrão este relevante para o processo de dispersão de sementes e para a eficácia... / Frugivorous phyllostomids are considered key elements to forest conservation and restoration due to their representative number (species and individuals), high mobility, and efficiency as seed dispersers. Techniques to improve this ecological role can find great application in the recovery of degraded habitats, usually found in the Brazilian Atlantic Forest. Previous tests with essential oils from ripe chiropterochoric fruits suggested they can be used to attract and capture fruit-eating bats inside forest remnants. The present thesis was conducted to provide the basis to functional and practical characteristics of this new tool. Thus, we investigated the movements and use of a fragmented habitat by frugivorous species, as well as bats’ response to odor attractives installed in the agropecuary matrix of an extremely fragmented field at South Brazil (city of Fênix and São Pedro do Ivaí, State of Paraná). The results indicate a significant bat attraction to the essential oils, a great potential for dispersion of a large number and diversified seeds, the possibility of keeping bats flying for some time over specific locations of the matrix, which can increase significantly seeds dispersion in specific spots. By using mark/recapture and radiotelemetry techniques we observed high mobility of Artibeus lituratus (Olfers, 1818) and Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758), the most common frugivorous bats in the study region , inside and between forests remnants with the combined use of different habitat attributes (fragments, agropecuary matrix, orchards, rivers, etc.). So, the regional agropecuary matrix does not seem to inhibit the movement of the species, which is an important behavior for seed dispersal and for the efficacy of the tool used for restoration of degraded areas.
6

Dinâmica de populações e comunidades de borboletas e aves ao longo do tempo / Population and community dynamics of butterflies and birds over time

Carlos Candia-Gallardo 27 April 2017 (has links)
As abundâncias e identidades das espécies de qualquer comunidade biológica mudam tanto ao longo do espaço quanto do tempo. Não obstante, aspectos espaciais da biodiversidade têm sido muito mais explorados do que os temporais. Um dos motivos pelos quais padrões temporais têm recebido menos atenção é a escassez de estudos de longo prazo, especialmente na região neotropical, uma das mais biodiversas e ameaçadas do planeta. Estudar a dinâmica de populações e comunidades ao longo do tempo pode revelar processos ecológicos fundamentais, bem como descrever como pressões naturais e humanas afetam a biodiversidade. Entender a dinâmica das populações e comunidades envolve entender as histórias de vida dos organismos, como eles interagem com o ambiente, o papel de interações entre espécies, o papel de processos demográficos estocásticos, dentre outros fatores. Nesta tese investigamos a dinâmica temporal de populações e comunidades de borboletas e aves, e ao longo dos capítulos avaliamos o papel de diferentes processos na regulação dessas dinâmicas. No Capítulo 1 investigamos se um comportamento sazonal observado em borboletas Ithomiini (Nymphalidae, Danainae), supostamente adaptativo à seca - os \"bolsões de Ithomiini\"- seria uma simples resposta reativa à falta de chuvas ou se mecanismos endógenos (\"relógios biológicos\") estariam envolvidos. No Capítulo 2 realizamos um estudo de dinâmica populacional comparada de borboletas miméticas da tribo Ithomiini. Algumas evidências têm sugerido que além de convergir na morfologia, espécies co-miméticas tenderiam a convergir também no comportamento, no uso de microhabitats e possivelmente em suas dinâmicas populacionais. Testamos as hipóteses de que 1) pares de espécies co-miméticas (i.e., com a morfologia convergente) ou 2) pares de espécies mais próximas filogeneticamente teriam suas dinâmicas populacionais mais correlacionadas do que pares de espécies agrupados ao acaso. No Capítulo 3 descrevemos como a composição de espécies de assembleias de aves e borboletas de nove localidades tropicais e subtropicais na América do Sul e do Norte variou ao longo do tempo (anos a décadas), e se diferenças demográficas entre espécies (nicho) seriam importantes para explicar os padrões observados. No Capítulo 1 encontramos evidências de que a agregações seriam um comportamento endógeno sincronizado com o fotoperíodo, com plasticidade limitada para lidar com as alterações no regime de chuvas previstas para a região e para o continente. No Capítulo 2 encontramos que as dinâmicas populacionais de pares de espécies de Ithomiini de um mesmo anel mimético ou mais próximas filogeneticamente não tenderam a ser mais correlacionadas do que pares reunidos ao acaso, e que as espécies, anéis miméticos e subtribos estudadas tiveram suas dinâmicas temporais mais correlacionados do que seria esperado por acaso. Estes resultados e os do Capítulo 1 sugerem que na dinâmica desse sistema as pressões seletivas exercidas por fatores ambientais seriam mais importantes do que interações entre espécies. No Capítulo 3 mostramos que a composição de espécies de assembleias de aves na Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica e Flórida se alterou ao longo dos anos, mesmo em assembleias de áreas bem preservadas. Sobreposta a essa rotatividade (turnover) interanual também encontramos rotatividade sazonal, previsível, na composição de espécies de assembleias de aves da Amazônia e da Mata Atlântica e na assembleia de borboletas Ithomiini. Padrões de rotatividade sazonal na composição de espécies podem ser mais comuns em comunidades neotropicais do que se imagina. As estratégias temporais dos organismos neotropicais, as quais parecem ser a base dos padrões sazonais observados nas comunidades, podem ser largamente determinadas por ritmos (\"relógios\") endógenos. Estudos sobre a regulação dos ritmos e estratégias temporais dos organismos, e dos efeitos das mudanças climáticas e do uso do solo sobre eles, são essenciais. Um importante passo nesse sentido é a disseminação de estudos de longo-prazo de populações e comunidades, contínuos, sistemáticos e com resolução para detectar padrões sazonais. Além disso, a interação das perspectivas, bases teóricas e abordagens da biologia molecular, fisiologia, cronobiologia e ecologia pode avançar nosso entendimento sobre os processos que moldam a dinâmica da biodiversidade e sobre as consequências das perturbações humanas sobre os ecossistemas / The species abundances and identities of any biological community change both over space and time. Nevertheless, Spatial biodiversity dimensions have been much more exploited than temporal ones. One of the reasons for which temporal patterns have received less attention is a scarcity of long-term studies, especially in the neotropical region, one of the most biodiverse and endangered on the planet. Studying the dynamics of populations and communities over time can reveal key ecological processes as well as describe how natural and human pressures affect biodiversity. Understanding the dynamics of populations and communities involves understanding organisms life histories, how they interact with the environment, the role of interactions among species, the role of stochastic demographic processes, and other factors. In this dissertation we investigated the temporal dynamics of butterflies and birds populations and assemblages, and throughout its chapters we evaluate the role of different processes in the regulation of dynamics. In Chapter 1 we investigated whether a seasonal behavior observed in butterflies Ithomiini (Nymphalidae, Danainae), supposedly adaptive to dissecation - the \"Ithomiini pockets \" - is a simple reactive response to drought or there is internal time-keeping mechanisms involved. In Chapter 2, we performed a comparative population dynamics study of mimetic butterflies of the Ithomiini tribe. Some evidence has suggested that besides the convergence in morphology, co-mimetic species would tend to converge also in behavior, in the use of microhabitats and possibly in their population dynamics. We hypothesized that (1) pairs of co-mimetic species or (2) pairs of species more phylogenetically related would have their population dynamics more correlated than pairs of species grouped at random. In Chapter 3 we described how species composition of bird and butterfly assemblages from nine tropical and subtropical locations in South and North America varied over time (years and decades), and if demographic differences between species (niche) are needed to explain observed patterns. In Chapter 1 we found evidence that Ithomiini pockets are regulated by internal time-keeping mechanisms synchronized to photoperiod, and that mechanism has limited plasticity to cope with rainfall regime changes predicted for the study region and for the continent as a whole. In Chapter 2 we found that the population dynamics of Ithomiini species pairs more phylogenetically related or belonging to the same mimetic ring did not tend to be more correlated than pairs assembled at random, and that the species, mimetic rings and subtribes had their temporal dynamics more correlated than would be expected By chance These results and those of Chapter 1 suggest that this system dynamics is more influenced by selective pressures exerted by environmental factors than by species interactions. In Chapter 3 we show that the composition of bird assemblages in the Amazon, Cerrado, Atlantic Rainforest, and Florida has changed over the years, even in assemblies of well-preserved areas. Superimposed to this interannual turnover we also found seasonal, predictable turnover in species composition of bird assemblages of the Amazon and Atlantic Forest and in the Ithomiini butterflies assembly. Patterns of seasonal turnover in species composition may be more common in neotropical communities than is imagined. The temporal strategies of neotropical organisms, which appear to be the basis of the seasonal patterns observed in communities, can be largely determined by endogenous rhythms (\"biological clocks\"). Studies on the regulation of organisms\' temporal rhythms and strategies, and the effects of climate change and land use on them, are essential. An important step in this direction is the dissemination of continuous, systematic, population and community long-term studies, with sampling resolution to detect seasonal patterns. In addition, the interaction of perspectives, theoretical basis, and approaches of molecular biology, physiology, chronobiology, and ecology can advance our understanding of the processes that shape biodiversity dynamics and the consequences of human disturbances on ecosystems
7

Dinâmica de populações e comunidades de borboletas e aves ao longo do tempo / Population and community dynamics of butterflies and birds over time

Candia-Gallardo, Carlos 27 April 2017 (has links)
As abundâncias e identidades das espécies de qualquer comunidade biológica mudam tanto ao longo do espaço quanto do tempo. Não obstante, aspectos espaciais da biodiversidade têm sido muito mais explorados do que os temporais. Um dos motivos pelos quais padrões temporais têm recebido menos atenção é a escassez de estudos de longo prazo, especialmente na região neotropical, uma das mais biodiversas e ameaçadas do planeta. Estudar a dinâmica de populações e comunidades ao longo do tempo pode revelar processos ecológicos fundamentais, bem como descrever como pressões naturais e humanas afetam a biodiversidade. Entender a dinâmica das populações e comunidades envolve entender as histórias de vida dos organismos, como eles interagem com o ambiente, o papel de interações entre espécies, o papel de processos demográficos estocásticos, dentre outros fatores. Nesta tese investigamos a dinâmica temporal de populações e comunidades de borboletas e aves, e ao longo dos capítulos avaliamos o papel de diferentes processos na regulação dessas dinâmicas. No Capítulo 1 investigamos se um comportamento sazonal observado em borboletas Ithomiini (Nymphalidae, Danainae), supostamente adaptativo à seca - os \"bolsões de Ithomiini\"- seria uma simples resposta reativa à falta de chuvas ou se mecanismos endógenos (\"relógios biológicos\") estariam envolvidos. No Capítulo 2 realizamos um estudo de dinâmica populacional comparada de borboletas miméticas da tribo Ithomiini. Algumas evidências têm sugerido que além de convergir na morfologia, espécies co-miméticas tenderiam a convergir também no comportamento, no uso de microhabitats e possivelmente em suas dinâmicas populacionais. Testamos as hipóteses de que 1) pares de espécies co-miméticas (i.e., com a morfologia convergente) ou 2) pares de espécies mais próximas filogeneticamente teriam suas dinâmicas populacionais mais correlacionadas do que pares de espécies agrupados ao acaso. No Capítulo 3 descrevemos como a composição de espécies de assembleias de aves e borboletas de nove localidades tropicais e subtropicais na América do Sul e do Norte variou ao longo do tempo (anos a décadas), e se diferenças demográficas entre espécies (nicho) seriam importantes para explicar os padrões observados. No Capítulo 1 encontramos evidências de que a agregações seriam um comportamento endógeno sincronizado com o fotoperíodo, com plasticidade limitada para lidar com as alterações no regime de chuvas previstas para a região e para o continente. No Capítulo 2 encontramos que as dinâmicas populacionais de pares de espécies de Ithomiini de um mesmo anel mimético ou mais próximas filogeneticamente não tenderam a ser mais correlacionadas do que pares reunidos ao acaso, e que as espécies, anéis miméticos e subtribos estudadas tiveram suas dinâmicas temporais mais correlacionados do que seria esperado por acaso. Estes resultados e os do Capítulo 1 sugerem que na dinâmica desse sistema as pressões seletivas exercidas por fatores ambientais seriam mais importantes do que interações entre espécies. No Capítulo 3 mostramos que a composição de espécies de assembleias de aves na Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica e Flórida se alterou ao longo dos anos, mesmo em assembleias de áreas bem preservadas. Sobreposta a essa rotatividade (turnover) interanual também encontramos rotatividade sazonal, previsível, na composição de espécies de assembleias de aves da Amazônia e da Mata Atlântica e na assembleia de borboletas Ithomiini. Padrões de rotatividade sazonal na composição de espécies podem ser mais comuns em comunidades neotropicais do que se imagina. As estratégias temporais dos organismos neotropicais, as quais parecem ser a base dos padrões sazonais observados nas comunidades, podem ser largamente determinadas por ritmos (\"relógios\") endógenos. Estudos sobre a regulação dos ritmos e estratégias temporais dos organismos, e dos efeitos das mudanças climáticas e do uso do solo sobre eles, são essenciais. Um importante passo nesse sentido é a disseminação de estudos de longo-prazo de populações e comunidades, contínuos, sistemáticos e com resolução para detectar padrões sazonais. Além disso, a interação das perspectivas, bases teóricas e abordagens da biologia molecular, fisiologia, cronobiologia e ecologia pode avançar nosso entendimento sobre os processos que moldam a dinâmica da biodiversidade e sobre as consequências das perturbações humanas sobre os ecossistemas / The species abundances and identities of any biological community change both over space and time. Nevertheless, Spatial biodiversity dimensions have been much more exploited than temporal ones. One of the reasons for which temporal patterns have received less attention is a scarcity of long-term studies, especially in the neotropical region, one of the most biodiverse and endangered on the planet. Studying the dynamics of populations and communities over time can reveal key ecological processes as well as describe how natural and human pressures affect biodiversity. Understanding the dynamics of populations and communities involves understanding organisms life histories, how they interact with the environment, the role of interactions among species, the role of stochastic demographic processes, and other factors. In this dissertation we investigated the temporal dynamics of butterflies and birds populations and assemblages, and throughout its chapters we evaluate the role of different processes in the regulation of dynamics. In Chapter 1 we investigated whether a seasonal behavior observed in butterflies Ithomiini (Nymphalidae, Danainae), supposedly adaptive to dissecation - the \"Ithomiini pockets \" - is a simple reactive response to drought or there is internal time-keeping mechanisms involved. In Chapter 2, we performed a comparative population dynamics study of mimetic butterflies of the Ithomiini tribe. Some evidence has suggested that besides the convergence in morphology, co-mimetic species would tend to converge also in behavior, in the use of microhabitats and possibly in their population dynamics. We hypothesized that (1) pairs of co-mimetic species or (2) pairs of species more phylogenetically related would have their population dynamics more correlated than pairs of species grouped at random. In Chapter 3 we described how species composition of bird and butterfly assemblages from nine tropical and subtropical locations in South and North America varied over time (years and decades), and if demographic differences between species (niche) are needed to explain observed patterns. In Chapter 1 we found evidence that Ithomiini pockets are regulated by internal time-keeping mechanisms synchronized to photoperiod, and that mechanism has limited plasticity to cope with rainfall regime changes predicted for the study region and for the continent as a whole. In Chapter 2 we found that the population dynamics of Ithomiini species pairs more phylogenetically related or belonging to the same mimetic ring did not tend to be more correlated than pairs assembled at random, and that the species, mimetic rings and subtribes had their temporal dynamics more correlated than would be expected By chance These results and those of Chapter 1 suggest that this system dynamics is more influenced by selective pressures exerted by environmental factors than by species interactions. In Chapter 3 we show that the composition of bird assemblages in the Amazon, Cerrado, Atlantic Rainforest, and Florida has changed over the years, even in assemblies of well-preserved areas. Superimposed to this interannual turnover we also found seasonal, predictable turnover in species composition of bird assemblages of the Amazon and Atlantic Forest and in the Ithomiini butterflies assembly. Patterns of seasonal turnover in species composition may be more common in neotropical communities than is imagined. The temporal strategies of neotropical organisms, which appear to be the basis of the seasonal patterns observed in communities, can be largely determined by endogenous rhythms (\"biological clocks\"). Studies on the regulation of organisms\' temporal rhythms and strategies, and the effects of climate change and land use on them, are essential. An important step in this direction is the dissemination of continuous, systematic, population and community long-term studies, with sampling resolution to detect seasonal patterns. In addition, the interaction of perspectives, theoretical basis, and approaches of molecular biology, physiology, chronobiology, and ecology can advance our understanding of the processes that shape biodiversity dynamics and the consequences of human disturbances on ecosystems

Page generated in 2.4966 seconds