• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 5983
  • 28
  • 3
  • Tagged with
  • 6010
  • 6010
  • 6010
  • 1069
  • 900
  • 853
  • 774
  • 576
  • 508
  • 493
  • 467
  • 454
  • 445
  • 423
  • 419
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Preparação e caracterização analítica de dispersões sólidas cristalinas de glibenclamida, obtidas através de secagem por aspersão.

Lima Neto, Severino Antônio de 31 August 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2015-05-14T12:59:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Arquivototal.pdf: 2770528 bytes, checksum: ffc60fc08aba8cb85f5a803d43b32322 (MD5) Previous issue date: 2012-08-31 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / This study describes the preparation and characterization using several analytical techniques of crystalline solid dispersions of glibenclamide (GB) with sodium lauryl sulphate (SLS) or polyvinylpyrrolidone (PVP K30), exhibiting improved solubility in relation to the active pharmaceutical ingredient (API). The crystallinity of the drug in the solid dispersions with SLS prepared using spray-drying or evaporation under reduced pressure decreased by just 1.9% and 4.2% respectively in comparison with the API. The preparation of solid dispersions of GB with both SLS and PVP K30 by spray-drying using the surface-attached method resulted in improved dissolution of GB (9.0 ± 1.0% and 69.9 ± 9.3% at 60 min., respectively), in relation to the API (16.9 ± 6.2% at 60 min.). Thermal analysis data showed that no significant difference in the temperature of GB melting peak was observed in the solid dispersions with SLS and PVP K30 prepared by spray drying in relation to the temperature observed in the API or in the physical mixtures. This supports the idea that GB did not undergo amorphization in the solid dispersions. The infra-red spectroscopy data also corroborate the lack of GB amorphization since the amide NH-stretch band was present in the solid dispersions spectra and this band is reported to be absent in the spectrum of amorphous GB. Electron microscopy data revealed that solid dispersions prepared by rotary evaporation under reduced pressure are composed of particles with higher sphericity, uniformity and a more thorough dispersion of the hydrophilic carrier (SLS) than dispersions prepared by rotary evaporation under reduced pressure, which may explain the differences observed in the dissolution profile of the dispersions prepared by the two techniques. The solid dispersions of GB with PEG1500 and PEG6000 by spray drying also resulted in crystalline dispersions, but thermal analysis data support the idea of eutectic mixture between GB and carriers, which is corroborated by literature data. Taken together our results demonstrate that the solid dispersions of GB described in this study resulted in improved dissolution without evidence of significant amorphization. / Este trabalho descreve a preparação e caracterização por diversas técnicas analíticas, de dispersões sólidas cristalinas de glibenclamida (GB) com lauril sulfato de sódio (LSS), polivinilpirrolidona (PVP K30) e polietileno glicóis (PEG1500 e PEG6000). A cristalinidade do fármaco nas dispersões sólidas com LSS preparadas utilizando-se secagem por aspersão ou evaporação rotatória foi medida utilizando difração de raios-X de pó e diminuiu a cristalinidade em apenas 1,9% e 4,2% respectivamente, em comparação com o ingrediente farmacêutico ativo (IFA). A preparação de dispersões sólidas, tanto com LSS quanto com PVP K30, utilizando secagem por aspersão pelo método de adsorção de superfície resultou em aumento de dissolução da GB (99,9 ± 1,0% e 69,9 ± 9,3% aos 60 minutos, respectivamente), em comparação com o IFA (16,9 ± 6,2% aos 60 minutos). Os dados de análise térmica demonstram que não houve alteração significativa da temperatura do pico de fusão da GB nas dispersões sólidas com LSS e PVP K30 preparadas por secagem por aspersão em relação à temperatura observada para o IFA ou para as misturas físicas, o que corrobora que a GB não sofreu amorfização nas dispersões sólidas. A análise por espectroscopia no infravermelho também corroborou a ausência de amorfização da GB, uma vez que os espectros das dispersões sólidas de GB (tanto com LSS quanto com PVP K30) preparadas por secagem por aspersão mantiveram a banda de estiramento característico do grupo N-H amida, que se sabe ser completamente suprimida no espectro descrito na literatura para a GB amorfa. As dispersões obtidas por secagem por aspersão apresentam partículas circulares, mais uniformes e com maior dispersão do carreador hidrofílico (LSS) do que as dispersões preparadas por evaporação sob pressão reduzida, o que talvez explique as diferenças observadas no perfil de dissolução. As dispersões sólidas de GB com PEG1500 e 6000 também demonstraram que a GB manteve sua cristalinidade, mas os dados de análise térmica mostram a formação de uma mistura eutética nestas dispersões sólidas, o que é confirmado por dados da literatura. Tomados em conjunto, nossos resultados demonstram que as dispersões sólidas de GB aqui descritas resultaram em aumento de dissolução do fármaco sem evidência de amorfização significativa.
2

Bioprospecção de bactérias xilanolíticas e celulolíticas a partir de conteúdo ruminal de bovinos leiteiros

Silva, Renata da Costa Barros 14 December 2016 (has links)
Submitted by Renata Lopes (renatasil82@gmail.com) on 2017-03-13T19:52:38Z No. of bitstreams: 1 renatadacostabarrossilva.pdf: 1433857 bytes, checksum: f5d2ce8839102f4ecd28191491a39c39 (MD5) / Approved for entry into archive by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br) on 2017-03-16T12:52:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 renatadacostabarrossilva.pdf: 1433857 bytes, checksum: f5d2ce8839102f4ecd28191491a39c39 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-16T12:52:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 renatadacostabarrossilva.pdf: 1433857 bytes, checksum: f5d2ce8839102f4ecd28191491a39c39 (MD5) Previous issue date: 2016-12-14 / FAPEMIG - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais / Os ruminantes são animais capazes de utilizar a fibra contida nos vegetais como alimento devido a atuação de microrganismos contidos em seu trato digestivo. A prospecção por organismos da microbiota ruminal com potencial capacidade de degradação de celulose e xilana tem grande importância em atividades antrópicas e processos industriais. Foram realizadas coletas semanais de conteúdo ruminal de bovinos fistulados para posterior isolamento de bactérias com o auxílio da metodologia desenvolvida por Hungate (1966) com modificações e outros meios de cultura específicos para microrganismos do rúmem. Os isolados foram avaliados quanto as suas características morfo-tintoriais com o auxílio da coloração de Gram e quanto a motilidade mediante inoculação em meio SIM suplementado. Também foi avaliado o metabolismo energético dos isolados por meio de teste respiratório, assim como o seu perfil enzimático com a utilização de zimogramas. Uma vez caracterizados, os isolados foram acondicionados em freezer -20ºC para caracterização molecular e posterior inclusão na coleção de microrganismos da Embrapa. No total foram obtidos 67 isolados, sendo destes 52 cocos Gram positivos, 10 bacilos Gram negativos e 5 bacilos Gram positivos. O teste de motilidade revelou que apenas 12 dos 67 isolados eram móveis e no teste respiratório observou-se que 14 eram anaeróbios estritos. Os zimogramas demonstraram que 14 isolados são celulolíticos e 53 são xilanolíticos. Pelos kits comerciais de identificação microbiana, das 67 linhagens bacterianas isoladas, 49,3% foram identificadas no nível de espécie com identidade aceitável (15,15%) ou boa identificação (34,15%), enquanto que 50,7% linhagens não foram identificadas pela técnica utilizada. Os isolados foram agrupados em biogrupos, de acordo com as semelhanças em seus perfis bioquímicos, e uma ribotipagem foi realizada com até três integrantes de cada biogrupo. A reação só foi possível com os bacilos Gram positivos e negativos. Um integrante de cada ribotipo e até três de cada biogrupo foram selecionados para amplificação a região do DNA codificadora do rRNA 16S e posterior sequenciamento. Após análise das sequências de DNA resultantes, as espécies Selenomonas ruminantium, Streptococcus sp., Pseudobutyrivibrio sp. e Lactobacillus vitulinus foram identificadas entre os isolados. Um dos isolados não obteve identificação satisfatória. Foi possível avaliar que não houve alterações significativas no perfil da comunidade bacteriana frente as diferentes dietas. A comparação entre os resultados dos dois métodos de identificação indicou que os kits bioquímicos utilizados no trabalho não são aconselhados para a identificação de bactérias ruminais. O sequenciamento da região do DNA codificadora do rRNA 16S ainda é a forma de identificação mais segura. A identificação de isolados potencialmente celulolíticos e xilanolíticos como Selenomonas ruminantium e Lactobacillus vitulinus constitui novas evidências da presença de atividade fibrolítica em indivíduos dessas espécie. Mais estudos devem ser realizados de forma a comprovar a expressão de fitases por essas bactérias. Os resultados obtidos nesse estudo são importantes para a melhor compreensão do ecossistema ruminal e futuramente podem contribuir para o melhoramento da hidrólise de material lignocelulósico na indústria. / Ruminants are animals capable of utilizing the fiber contained in vegetables as feed due to the microrganisms present in their digestive tract. The prospection of organisms with potential ability to degrade cellulose and xylan in the rumen microbiota is of great importance in anthropogenic activities and industrial processes. Samples of ruminal content were collected weekly from fistulated bovines for later bacteria isolation by making use of the technique described by Hungate (1966) with modifications by Bryant and Burkey (1951). The isolates were evaluated regarding their morphotintorial characteristics by using Gram stain and regarding their motility by inoculation in supplemented SIM media. The isolates energetic metabolism was also evaluated by respiratory test, as well as their enzymatic profile by zymmograms. Once characterized, the isolates were stored in -20ºC freezer for molecular identification and later inclusion in the EMBRAPA microorganism collection. A total of 67 isolated were obtained, of which 52 were Gram positive cocci, 10 were Gram negative rods and 5 were Gram positive rods. The motility test revealed that only 12 out of the 67 isolates were motile and in the respiratory test it was possible to observe that 14 bacteria were obligate anaerobes. The zymmograms showed that 14 isolates were potencially cellulolytic and 53 were potencially xylanolytic. The commercial biochemical identification kits revealed that out of the 67 bacteria, 49,3% obtained species identification with acceptable (15,15%) or good identification (34,15%), while 50,7% were not identified by this technique. The isolates were grouped in biogroups, according to the similarities in their biochemical profiles, and up to three integrals were chosen for ribotyping. The reaction was only possible with the rods. One member of each ribotype and up to three members of each biogroup were selected for amplification of the DNA region that encodes the 16S rRNA and later sequencing. After analysis of the resulting sequences, the species Selenomonas ruminantium, Streptococcus sp., Pseudobutyrivibrio sp. e Lactobacillus vitulinus were identified among the isolates. One of the isolates did not present satisfactory identification. It was possible to evaluate that the two different diets did not cause significant changes in the bacterial community profile. The comparison between both identification methods showed that the biochemical kits utilized during this research should not be used for the identification of ruminal bacteria. The sequencing of the the DNA region that encodes the 16S rRNA is still the safest form of identification. The identification of potencially cellulolytic and xylanolytic isolates as Selenomonas ruminantium and Lactobacillus vitulinus presents new evidence of the fibrolytic activity in individuals from those species. More studies are needed so as to verify the phytase expression by those bacteria. The results in this study are important for better comprehension of the rumen ecosystem and, in the future, could contribute to improvements in the industrial hydrolysis of lignocellulosic material.
3

Os padrões de coocorrência de Micrablepharus atticolus e M. maximiliani (Squamata, Gymnophthalmidae) variam com a escala geográfica

Campelo, Pedro Henrique 06 March 2017 (has links)
A distribuição das espécies é afetada por fatores como filogenia, filtros ambientais, interações bióticas, entre outros. Contudo, cada fator age de maneira diferente em escalas distintas. Para investigar os padrões de ocorrência em diferentes escalas geográficas nós utilizamos duas espécies congêneres de lagartos, Micrablepharus atticolus e M. maximiliani, sendo estas as únicas para o gênero. M. maximiliani é distribuída ao longo das áreas abertas entre a Caatinga no nordeste brasileiro até o Chaco argentino, enquanto que M. atticolus endêmica do Cerrado. Usando técnicas de modelagem de nicho nós identificamos que a distribuição dessas espécies em escala regional é influenciada significativamente pelas variáveis climáticas. Com dados de comunidades locais nós mostramos que em uma escala que abrange a área de sobreposição de suas distribuições, a coocorrência entre as duas espécies é menor que o esperado ao acaso. Em escalas de centenas de metros, nós mostramos que variáveis microclimáticas são determinantes de suas distribuições em gradientes ambientais. A variação do tamanho corporal entre populações simpátricas e alopátricas mostra que, em simpatria, M. atticolus é menor e M. maximiliani é maior, revelando deslocamento de caracteres, presumivelmente em função de relações negativas entre essas espécies. A escala geográfica tem, portanto, grande influência sobre os padrões de coocorrência entre as duas espécies, e conclusões obtidas a partir de estudos realizados em uma escala não devem ser extrapoladas para outras escalas. / Species distribution may be affected by factors like phylogeny, environmental filters, and biotic interactions, among others. However, these factors will operate in different ways in distinct scales. To investigate occurrence patterns in different geographic scales we used two congeneric lizards species, Micrablepharus atticolus and M. maximiliani, the only two species in the genus. Micrablepharus maximiliani is abundantly distributed over the south-american dry-diagonal, from the Caatinga biome in Northeastern Brazil to the Argentinian Chaco, while M. atticolus is endemic to the Cerrado biome. Using niche modeling techniques we found that the distribution of these species in a regional scale is significantly affected by climatic variables. Using local community data, we showed that in a scale involving the overlap area of both species distributions, the co-occurrence between the two species is less than expected by chance. In a scale of hundreds of meters, we showed that microclimatic variables are determinant in their distribution along environmental gradients. Comparing body size variation between sympatric and allopatric populations we showed that, in sympatry, M. atticolus is smaller and M. maximiliani is larger. This character displacement is presumably a function of negative interactions between the species. The geographic scale have, therefore, great influence on the co-occurrence patterns between species, and conclusions drawn from a particular scale can hardly be extrapolated to other scales.
4

Diversidade taxonômica e funcional das assembleias fitoplanctônicas no rio Tocantins, antes e após a implantação da UHE-Estreito

Silva, Idelina Gomes da 07 March 2017 (has links)
A construção de reservatórios altera o ciclo de vida de muitos organismos, causam mudanças nos padrões de biodiversidade e no pior dos cenários podem acarretar a redução ou extinção de espécies. Buscamos investigar as alterações ocorridas na comunidade fitoplanctônica provocada pela alteração dos filtros ambientais impostos pela implantação da Usina Hidroelétrica de Estreito, médio rio Tocantins. A assembleia foi investigada utilizando análises taxonômicas e de Grupos Funcionais (GF). Cinco pontos de amostragem foram envolvidos neste estudo, situados ao longo do rio Tocantins, posteriormente convertido no reservatório da UHE Estreito. O período de monitoramento foi de 4 anos (dezembro de 09 a maio de 13) e as coletas realizadas trimestralmente no rio Tocantins, durante as fases de Pré-enchimento (Pré), Enchimento (Enc) e Pós-enchimento (Pós). As amostragens para o estudo foram realizadas na subsuperfície da água (30 cm), e processadas em laboratório para identificação e contagem dos organismos. As espécies foram primeiramente identificadas taxonomicamente e posteriormente classificadas em grupos funcionais. As amostras de água para análises físicas e químicas foram coletadas concomitante as biológicas e processadas de acordo com a metodologia recomendada. Como resultado, percebemos que implantação da usina hidrelétrica provocou alterações na alteração da estrutura da assembléia respondendo aos novos filtros ambientais, com acentuada redução de biovolume e riqueza taxonômica e de GF. Temporalmente houve significativa diferença entre as fases, obtendo a fase Pré como a mais diferente das demais. Longitudinalmente não houve diferenças significativas. Na composição taxonômica a fase Pré foi dominada pela espécie de Aulacoseira ambígua, a fase Enc por Cylindrospermopsis raciborskii e a fase Pós por Aulacoseira sp. No estudo dos GF 27 GF foram registrados. A fase Pré obteve os valores mais altos de biovolume e o GF C (diatomáceas) como dominante. No Enc o GF Sn (cianobactérias) foi dominante. No Pós os GF P (diatomáceas); N (Desmidiaceae); W2 (Euglenaceae); Sn e Lm (cianobactérias) co-dominaram com valores de biovolumes similares. Este estudo revelou os papeis importantes dos filtros ambientais na seleção espécies e grupos funcionais das assembleias fitoplanctônicas, frente a um novo regime de funcionamento fluvial. / The construction of reservoirs alters the life cycle of many organisms, causes changes in biodiversity patterns and worst scenarios can lead to species reduction or extinction. We sought to investigate the changes in the phytoplankton community caused by the alteration of the environmental filters imposed by the implementation of the Hydroelectric Plant of Estreito, the middle Tocantins river. The assembly was investigated using Taxonomic and Functional Groups (GF) analyzes. Five sampling points were involved in this study, located along the Tocantins river, later converted into the reservoir of Estreito HPP. The monitoring period was 4 years (December 09 to May 13) and the collections performed quarterly in the Tocantins River, during the pre-filling, pre-filling, and post-filling phases. Samples for the study were performed in the subsurface of the water (30 cm), and processed in the laboratory for identification and counting of organisms. The species were first identified taxonomically and later classified into functional groups. The water samples for physical and chemical analyzes were collected concomitantly with the biological samples and processed according to the recommended methodology. As a result, we noticed that the implantation of the hydroelectric plant caused alterations in the alteration of the assembly structure responding to the new environmental filters, with a marked reduction of biovolume and taxonomic richness and GF. Temporally there was a significant difference between the phases, obtaining the Pre phase as the most different of the others. Longitudinally there were no significant differences. In the taxonomic composition the Pre phase was dominated by the ambiguous Aulacoseira species, the Enc stage by Cylindrospermopsis raciborskii and the Post phase by Aulacoseira sp. In the study of GF 27 GF were recorded. The Pre phase obtained the highest values of biovolume and GF C (diatoms) as dominant. In Enc the GF Sn (cyanobacteria) was dominant. In the Post GF P (diatoms); N (Desmidiaceae); W2 (Euglenaceae); Sn and Lm (cyanobacteria) co-dominated with values of similar biovolumes. This study revealed the important roles of environmental filters in the selection of species and functional groups of phytoplankton assemblages, in face of a new regime of fluvial functioning.
5

Ecologia de comunidades zooplanctônicas em lagoas associadas a veredas no município de Uberlândia, MG / Ecology of zooplanktonic communities associated with palm swamp ponds in Uberlândia, MG

Pinese, Olívia Penatti 31 January 2008 (has links)
Ponds of veredas, a palm swamp environment associated with headwaters, appears among the most important continental aquatic habitats on the planet. In these ponds, banks of macrophytes occurs with frequency, maintaining the aquatic productivity and the increase of habitat heterogeneity, thereby generating great biological diversity in their environment. One of the main communities founded in these ecosystems are the zooplankton, a group of animals that play an important role in the transference of primary productivity to consumers of higher trophic levels. The aim of this study were to determine and compare the composition of zooplankton Copepoda, Cladocera and Rotifera in two lagoons associated with the vereda palm swamp, that differs on the presence/absence of aquatic macrophytes in the body water. The ponds are situated in the Reserva Particular do Patrimônio Natural of the Clube Caça e Pesca Itororó de Uberlândia (CCPIU), Uberlândia, MG. Samplings were made in each 15 days on the surface of water through the "Instant Collector" of Pinese, in the year of 2006. All individuals were identified and quantified and cluster and canonical correlation data analyses were applied, as well as diversity, equitability and similarity indices. The species richness of zooplankton in the CCPIU lagoons was represented by 75 species, of which 12 genera, 29 species and one subspecie are new records for the State of Minas Gerais. The rotifer were the predominant group (75% of total species) and the Lecanidae was the most diverse family. Among cladocerans, Chydoridae highlighted themselves in richness, but not in abundance, since this emphasis was given to Bosminidae family. Too few adults of copepods were founded, but nauplii were fairly frequent; Cyclopidae was the largest family of occurrence among this group but there was no record of any individuals of Calanoida order. There was a great difference between the biologic composition of the two lakes studied. The aquatic macrophytes present in one of the ponds were responsible for a great diversity of zooplanktonic species in this environment, but on the other hand provided a decline in this animal s biomass due to the imprisonment of minerals available in the system on the perennial vegetal biomass. The lake without macrophytes showed a buoyant planktonic density, since in this system, in the absence of aquatic macrophytes, the entire water fertility was directed to the phytoplankton, but the low variety of habitat resulted in a reduced number of species of this environment. Many studies concerning zooplankton must be developed in communities of veredas in Brazil, in order to understand the complex ecological standards, and biological diversity and swing them as a flag to the conservation of the aquatic ecosystems. / Dentre os hábitats aquáticos continentais mais importantes do planeta, destacam-se os corpos de água de nascentes associados às veredas. Nesses ambientes, ocorrem com freqüência bancos de macrófitas, vegetais responsáveis por parte da produtividade aquática e pelo aumento na heterogeneidade de hábitats, gerando assim grande diversidade biológica em seu entorno. Uma das principais comunidades encontradas nesses ecossistemas são os organismos do zooplâncton, animais que exercem um importante papel na transferência da produtividade primária a consumidores de níveis tróficos superiores. Os objetivos deste estudo foram determinar e comparar a composição zooplanctônica de Copepoda, Cladocera e Rotifera em duas lagoas associadas à vereda, distintas pela presença/ausência de macrófitas aquáticas no corpo d água. As lagoas situam-se na Reserva Particular do Patrimônio Natural do Clube Caça e Pesca Itororó de Uberlândia (CCPIU), Uberlândia, MG. Foram realizadas coletas quinzenais de superfície através do Coletor Instantâneo de Pinese, no ano de 2006. Os indivíduos foram identificados e quantificados e aos dados foram aplicadas análises de agrupamento e correspondência canônica, assim como índices de diversidade, equitabilidade e similaridade. A riqueza zooplanctônica das lagoas do CCPIU foi representada por 75 espécies, das quais 12 gêneros, 29 espécies e uma subespécie constituem novos registros para o Estado de Minas Gerais. Os rotíferos representaram o grupo predominante (75% das espécies) e Lecanidae foi a família mais diversa. Dentre os cladóceros, Chydoridae destacouse em riqueza, mas não em abundância, já que este destaque foi dado à família Bosminidae. Pouquíssimos copépodos adultos foram amostrados, mas náuplios foram bastante freqüentes; Cyclopidae foi a família de maior ocorrência para este grupo, mas não houve registro algum de indivíduos da ordem Calanoida. Houve grande diferença entre a composição biológica das duas lagoas estudadas. As macrófitas aquáticas presentes em uma das lagoas foram responsáveis por uma grande diversidade de espécies zooplanctônicas neste ambiente, mas por outro lado proporcionaram uma diminuição na biomassa desses animais, devido ao aprisionamento de minerais disponíveis no sistema na forma de biomassa vegetal perene. A lagoa aberta apresentou uma exuberante densidade planctônica, já que neste sistema, na ausência de macrófitas aquáticas, toda a fertilidade da água se direciona ao fitoplâncton; no entanto, a limitada variedade de hábitats fez com que um número reduzido de espécies ocorresse neste ambiente. Muitos estudos sobre o zooplâncton precisam ainda ser desenvolvidos em comunidades de veredas no Brasil, a fim de entender os complexos padrões ecológicos, evidenciar a diversidade biológica e hasteá-los como bandeira para a conservação de ecossistemas aquáticos. / Mestre em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
6

Identificação e caracterização de genes e seus produtos protéicos do sistema olfatório e morfologia de antena da abelha sem ferrão Melipona scutellaris (Apidae: Meliponini)

Carvalho, Washington João de 31 July 2014 (has links)
Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais / The main role of bees in nature is pollination of angiosperms, because of it bees are responsible for biological diversity maintenance and food production as well. Brazilian stingless bees (Meliponini) pollinate 40-90% of native trees and are found worldwide, wherein Brazil is the main representative of these bees. The Melipona scutellaris species (popularly known as the uruçu do nordeste ) is distributed geographically from Bahia to Rio Grande do Norte State, in the Zona da Mata region. The understanding of caste differentiation in Melipona scutellaris is extremely important for conservation and management of this bee. In 1950, Kerr proposed the model two genes/two-locus to explain the caste differentiation in Melipona; when well fed double heterozygous larvae develop into queens and underfed larvae or homozygous for these genes become workers, as a result of low production of Juvenile Hormone. Antennae is the main organ of bee olfactory system playing an important role in mantaining of colony social organization and in the performance of caste and sexes as well. The antennae houses a great diversity of sensilla, which are very important to bee chemical communication as receptors of compounds in the air such as pheromones, leading to typical behavioral responses of individuals, species, genera or families. The second chapter we show the results from scanning electron microscopy which demonstrates a heterogeneous distribution pattern of sensilla along the antenna. The main types of sensillum found in the antennae of M. scutellaris were: trichodea, basiconica, placodea, coeloconica, ampullacea and campaniformia. The most abundant sensilla found were trichodea and placoid in both castes and sexes. The ampullacea and coeloconica sensilla were found only in the distal flagellomeres of females and campiniformes and basiconica sensilla were not found in the analyzed antennae male. Larvae pre-defecant showed structures that are morphologically similar to sensilla. These structures has pores at its base and were found in many parts of the head area, which may represent an important gateway of volatile compounds from the larval food. xvii These compounds, possibly can activate genes involved in caste differentiation of Melipona scutellaris. The third chapter introduces the detection, cloning and sequencing of transcripts of the MscuCSP2, MscuCSP6, MscuOBP4 and MscuOBP8 genes from Melipona scutellaris larvae. We detected the MscuOBP8 protein in the L2, L3 (1-3), LPD LD larval stages of development using a monoclonal antibody selected by phage display. The 3D structure of the MscuOBP8 protein showed an internal cavity composed of hydrophobic amino acids confirming its binding function to hydrophobic compounds such as volatile substances. According to our data, the morphology of the head and especially adult antenna of the pre-defecating larvae (stage responsive to the action of juvenile hormone) and also the caracterization of genes and proteins of olfactory system in larvae of Melipona scutellaris can be correlated with caste differentiation mechanism in Melipona scutellaris proposed by Kerr. / O principal papel das abelhas na natureza é a polinização de angiospermas, com papel fundamental na manutenção da diversidade biológica, bem como na produção de alimentos de modo geral. As abelhas brasileiras sem ferrão (Meliponini), polinizam de 40 a 90% das árvores nativas e estão presentes em todo o mundo, sendo o Brasil o principal representante dessas abelhas. A espécie Melipona scutellaris (popularmente conhecida como uruçu do Nordeste) está distribuída na região da Zona da Mata, ocorrendo desde a Bahia até o Rio Grande do Norte. O entendimento sobre a diferenciação de castas em Melipona scutellaris é um aspecto extremamente importante para a conservação e manejo dessa abelha, principalmente no Brasil. Em 1950, Kerr propôs um modelo, para explicar a diferenciação de casta em Melipona, de dois genes/dois lócus, de modo que larvas duplo heterozigotas, quando bem alimentadas, desenvolvem-se em rainhas e larvas mal alimentadas ou homozigotas para esses genes, tornam-se operárias, em consequência de baixa produção de Hormônio Juvenil. Para a organização social da colônia e desempenho adequado dos papéis das castas e sexos, as abelhas apresentam um elaborado sistema olfatório, do qual a antena é o principal órgão sensorial, abrigando grande diversidade de sensilas. As sensilas têm papel na comunicação química intra e interespecífica, atuando como receptores de compostos químicos no ar, como os feromônios, levando à respostas comportamentais característico de indivíduos, espécies, famílias ou gêneros. No segundo capítulo apresentamos, de acordo com as imagens de microscopia de eletrônica de varredura, um padrão heterogêneo de distribuição das sensilas ao longo da antena. Os principais tipos de sensilas identificados nas antenas de M. scutellaris foram: tricóide, basicônica, placóide, celocônica, ampulácea e campiniforme, sendo que as sensilas tricóides e placóides foram as mais abundantes em todas as castas e sexo. As sensilas ampulácea e celocônica foram encontradas apenas nos flagelômeros distais das fêmeas e xv campiniformes e basicônicas não foram encontradas nas antenas de macho analisadas. As larvas LPD apresentaram estruturas morfologicamente semelhantes à sensilas, com poros em sua base, em diversas regiões da área analisada, que podem representar uma importante porta de entrada de compostos voláteis presentes no alimento larval que possam ativar genes envolvidos na diferenciação de castas de Melipona scutellaris. No terceiro capítulo, nós detectamos transcritos, clonamos e sequenciamentos os genes MscuCSP2, MscuCSP6, MscuOBP4 e MscuOBP8 em larvas de M. scutellaris. Selecionamos um anticorpo monoclonal por phage display que nos permitiu detectar a proteína MscuOBP8 nos estágios L2, L3 (1- 3), LPD e LD do desenvolvimento larval. A estrutura 3D da proteína MscuOBP8 apresentou cavidade interna composta por aminoácidos hidrofóbicos corroborando com sua função carreadora de compostos hidrofóbicos tais como, substâncias voláteis. Neste contexto, este trabalho apresenta a morfologia da antena de adultos e, principalmente, da porção anterior de larva do estágio pré-defecante do desenvolvimento (sensível à ação do hormônio juvenil) e também a caracterização de genes e proteínas do sistema olfatório em larva de Melipona scutellaris a fim de correlacioná-los com o mecanismo de diferenciação de castas em Melipona scutellaris proposto por Kerr. / Doutor em Genética e Bioquímica
7

Estudo das histonas H4K12ac e H3K36me3 em neoplasias da tireóide: comparação entre tipos histológicos e comportamento metastático / Study of histone H4K12ac and H3K36me3 in thyroid neoplasms: comparison between histological types and metastatic behavior

Moraes, Sávio de 26 February 2014 (has links)
O diagnóstico pré-operatório de nódulos tireoidianos permanece, em alguns casos, um desafio. Atualmente, a punção biópsia por agulha fina, seguida da citologia, é o procedimento de escolha, mas sua aplicação mostra limitações. Por isso, é extremamente instigante e motivadora a ideia de identificar alterações moleculares que possam distinguir nódulos tireoidianos benignos dos malignos. Alterações epigenéticas, em especial as modificações pós-traducionais de histonas, desempenham um papel importante no controle da expressão gênica, e as células cancerosas exibem mudanças nos padrões dessas modificações. Poucas informações estão disponíveis sobre as modificações de histonas presentes nas neoplasias da tireóide e sobre a relação entre tais modificações e a agressividade do tumor. Este estudo avalia o padrão de expressão e relevância biológica das modificações de histonas H4K12ac e H3K36me3, em tecidos de neoplasias tireoidianas e tireóide normal, através da imuno-histoquímica. Nele evidencia-se que, reatividade para H4K12ac é um evento observado em todas as amostras de tireóide normal, adenomas e carcinomas de tireoide, não sendo possível sua utilização como um marcador para essas neoplasias. A H3K36me3 mostra maior marcação no tecido normal em comparação às neoplasias, fato que aponta para um possível papel dessa marca de histona na tumorigênese tireoidiana. Diferente dos outros tecidos, que mostram marcação nuclear, o carcinoma oncocítico apresenta marcação citoplasmática, para ambas as moléculas, além de marcação mais intensa para H3K36me3. A associação dessas histonas à membrana mitocondrial pode ser o evento que determina tais diferenças. / The preoperative diagnosis of thyroid nodules remains, in some cases, a challenge. At present, fine needle aspiration biopsy, followed by cytology, is the gold standard, but its application is limited. It is therefore extremely motivating the idea to identify molecular changes that can distinguish malignant from benign thyroid nodules. Epigenetic alterations, particularly histone modifications, play an important role in control of gene expression, and cancer cells exhibit alterations in these modifications patterns. Little information about histone modifications in thyroid neoplasms and relationship between such modifications and the tumor aggressiveness is at present available. This study evaluates the expression pattern and biological relevance of histone modifications H4K12ac and H3K36me3, in thyroid tumors and normal thyroid tissues, by immunohistochemistry. Here it is evidenced that, reactivity to H4K12ac is an event observed in all samples of normal thyroid, thyroid carcinomas and adenomas, so it is not possible use this modification as a marker for these neoplasms. The H3K36me3 shows level of staining higher in normal tissue as compared to neoplasms, a fact that suggests a possible role of this histone mark on thyroid tumorigenesis. Unlike other tissues, that show nuclear staining, carcinoma oncocytic exhibits cytoplasmic staining, to both molecules, as well as a higher level for H3K36me3. Association between histones and mitochondrial membrane could be an event that determines such differences. / Dissertação (Mestrado)
8

Frequ?ncia de Cryptosporidium spp. e Cystoisospora spp. em pacientes HIV/AIDS internados no Hospital Giselda Trigueiro, Natal/RN

Moura, Tenille Karinanna de Morais Paiva 05 August 2017 (has links)
Submitted by Automa??o e Estat?stica (sst@bczm.ufrn.br) on 2018-01-16T17:11:33Z No. of bitstreams: 1 TenilleKarinannaDeMoraisPaivaMoura_DISSERT.pdf: 1095126 bytes, checksum: 89507340e1752723b995becdaa5d8f66 (MD5) / Approved for entry into archive by Arlan Eloi Leite Silva (eloihistoriador@yahoo.com.br) on 2018-01-19T14:29:10Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TenilleKarinannaDeMoraisPaivaMoura_DISSERT.pdf: 1095126 bytes, checksum: 89507340e1752723b995becdaa5d8f66 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-01-19T14:29:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TenilleKarinannaDeMoraisPaivaMoura_DISSERT.pdf: 1095126 bytes, checksum: 89507340e1752723b995becdaa5d8f66 (MD5) Previous issue date: 2017-08-05 / Coordena??o de Aperfei?oamento de Pessoal de N?vel Superior (CAPES) / As infec??es oportunistas s?o reconhecidas como uma das complica??es mais comuns em pacientes imunocomprometidos, incluindo aqueles que s?o infectados pelo HIV, os quais est?o em maior risco de doen?a cr?nica e debilitante. Nesse contexto, dois cocc?deos intestinais, Cryptosporidium spp. e Cystoisospora spp., acometem pacientes HIV/AIDS e induzem quadros graves de diarreia e/ou um hist?rico de diarreia alternadamente com um intervalo assintom?tico. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar a frequ?ncia de Cryptosporidium spp. e Cystoisospora spp. em pacientes internados com HIV/AIDS no Hospital Giselda Trigueiro, no per?odo de novembro de 2015 a mar?o de 2017. Neste estudo foi aplicado question?rio s?cio-econ?mico, feita consulta dos prontu?rios, e tamb?m foram colhidas 72 amostras fecais para investiga??o parasitol?gica pelos m?todos de concentra??o de Seather, Ritchie e Colora??o Ziehl-Neelsen modificado; bem como, detec??o de coproant?geno de Cryptosporidium spp. utilizando o ensaio imunoenzim?tico (ELISA). A amostra foi composta de 75% de homens e 25% de mulheres com idade variando entre 20 e 80 anos. A frequ?ncia de Cryptosporidium spp foi de 2,2%, atrav?s do ensaio imunoenzim?tico, e de Cystoisospora spp. foi de 6,9%, atrav?s dos m?todos de Ritchie e colora??o Zeehl-Neelsen modificado. Todos os pacientes faziam uso de Sulfametaxol e Trimetoprim e apresentavam no momento da coleta um quadro cl?nico de diarr?ia. Entre os pacientes positivos para estes cocc?deos, a contagem de linf?citos T CD4+ foi abaixo de 200 c?lulas/mm3 de sangue. / Opportunistic infections are recognized as one of the most common complications in immunocompromised patients, including those who are infected with HIV, who are at increased risk of chronic and illness.In this context, two intestinal coccidians, Cryptosporidium spp. and Cystoisospora spp., affect HIV / AIDS patients and induce severe diarrhea and / or a history of diarrhea alternately with an asymptomatic interval. Therefore, the objective of this study was to evaluate the frequency of Cryptosporidium spp. and Cystoisospora spp. in patients hospitalized with HIV/AIDS at the Hospital Giselda Trigueiro, between 2015 and 2017. In this study, a socioeconomic questionnaire was applied, and 72 fecal samples were collected for parasitological investigation using the methods of Seather, Ritchie and Modified Ziehl-Neelsen staining; as well as, detection of Cryptosporidium spp. coproantigen by enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA). The sample consisted of 75% of men and 25% of women with ages ranging from 20 to 80 years. The frequency of Cryptosporidium spp. was 2.2%, through the immunoenzymatic assay, and Cystoisospora spp. was 6.9%, using Richie's methods and modified Ziehl-Neelsen staining. All patients used trimethoprim-sulfamethoxazole and presented diarrhea at the time of collection. Among the positive patients for these coccidians, the CD4 + T lymphocyte count was below 200 cells/mm3 of blood.
9

Tapirus terrestris (Linnaeus, 1758) (Mammalia, Perissodactyla) em uma área de floresta subtropical no sul do Brasil : dieta, uso da área e densidade populacional

Affonso , Renato de Oliveira January 1998 (has links)
Submitted by Alberto Vieira (martins_vieira@ibest.com.br) on 2018-05-24T20:01:45Z No. of bitstreams: 1 273272.pdf: 10845502 bytes, checksum: e0fb087ca900b9dbb7bf9e10bedd25d3 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-05-24T20:01:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 273272.pdf: 10845502 bytes, checksum: e0fb087ca900b9dbb7bf9e10bedd25d3 (MD5) Previous issue date: 1998 / CAPES / Este estudo apresenta uma análise de dados referentes ao uso do habitat, dieta, dispersão de sementes, e densidade populacional de Tapirus terrestris no Parque Florestal Estadual do Turvo, localizado em uma área de floresta subcaducifólia subtropical, na Bacia do Alto Uruguai, no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. O estudo foi realizado com base na observação de pegadas; número e localização de trilhas e bolos fecais, ao longo de dois transectos num total de 910Km percorridos. Frutos de Syagrus romanzoffiana (Arecaceae) foram os mais consumidos, sendo substituídos somente quando houve disponibilidade de frutos estacionais como Holocalix balansae (Caesalpiniaceae) e Campomanesia xanthocarpa (Myrtaceae). Tapirus terrestris é um bom dispersar para as espécies de frutos consumidos principalmente para Syagrus romanzoffiana. Encontrou-se uma proporção bem maior de bolos fecais depositados no solo do que dentro d'água o que favorece a taxa de germinação das sementes. A disponibilidade de água, de frutos, a presença de caçadores e a atividade turística parecem ser as maiores razões para as diferenças observadas quanto ao uso dos habitats e à densidade da espécie entre as diferentes áreas do Parque. Áreas sujeitas a uma maior visitação turística apresentaram menores densidades. As densidades calculadas para o Parque, foram mais baixas do que as observadas para populações amazônicas submetidas à pressão de caça. A sazonalidade dos recursos alimentares pode estar parcialmente relacionada com os valores observados para habitats subtropicais. / This study presents an analysis of a data set concerning habitat use, diet, seed-dispersal role, and density of the lowland tapir (Tapirus terrestris L. ) population from the Parque Florestal Estadual do Turvo in the subtropical forest of the upper Uruguay river basin, Rio Grande do Sul State, Brazil. The presence of tapir was determined by following fresh tracks, counting tracks and feaces found by walking along 910km cumulative transects of trail on roads, and near creeks. Syagrus romanzoffiana (Arecaceae) was the main fruit in the diet of T. terrestris, replaced by Holocalix balansae (Caesalpinaceae) and Campomanesia xanthocarpa (Myrtacea) when available. Viable seeds of this palm were found in dung piles, suggesting a possible dispersal role of tapirs. The usual deposition of pile of dungs in non flooded areas may favor the germination of seeds The water in permanent swamps, the availability of fruits and the presence of hunters seem to be the main reason for the differences regarding habitat use and density observed between the studied areas in the Park. The estimated density of Tapirus terrestris population is below the values observed for hunted areas in Amazonia. The seasonality of food resources may be partially related to the observed values for subtropical habitats.
10

Revisão taxonômica e filogenia do gênero Micropoecilia Hubbs (Cyprinodontiformes : Poeciliidae)

Sarraf , Alessandra 16 December 1998 (has links)
Submitted by Alberto Vieira (martins_vieira@ibest.com.br) on 2018-05-24T20:10:10Z No. of bitstreams: 1 273226.pdf: 9173980 bytes, checksum: 8c39758710b97486d106fac65e09c51e (MD5) / Made available in DSpace on 2018-05-24T20:10:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 273226.pdf: 9173980 bytes, checksum: 8c39758710b97486d106fac65e09c51e (MD5) Previous issue date: 1998-12-16 / CAPES / O monofiletismo do gênero Micropoecilia é sustentado por treze características sinapomórficas: ausência de projeção lateral no dentário; vômer alongado longitudinalmente; porção posterior do arco branquial dorsal não alongada; dentição do segundo faringobranquial reduzida; presença de processo na borda anterior do primeiro hipobranquial; processo latero-posterior do quinto ceratobranquial alongado; supracleitro reduzido; ossos do esqueleto caudal estreitos; primeira gonapófise levemente curvada ventralmente; ausência de elemento em forma de garra no raio cinco; nadadeira caudal de machos lanceolada; machos com mais raios na nadadeira dorsal que fêmeas e presença de mancha pós-umeral. São reconhecidas sete espécies: Micropoecilia parae (EINGEMANN), M. branneri (EIGENMANN), M. picta (REGAN), M. bifurca (EIGENMANN), M. minima (COSTA & SARRAF), M. sp. l e M. sp. 2. Micropoecilia picta é hipotetizada ser mais relacionada a M. parae por ambas possuírem processo ventral do pós-temporal diretamente ligado ao neurocrânio, ponta da nadadeira pélvica espessada... / Monophyly of the genus Micropoecilia is supported by 13 synapomorphic features: lateral projection of dentary absent; longitudinaly elongated vomer; non-elongated posterior portion of dorsal arch; reduced second pharyngobranchial dentition; process on the anterior border of first hypobranchial present; latero-posterior process of fifth ceratobranchial elongated; reduced supracleithrum; narrow bones of caudal skeleton; anterior portion of first gonapophisys gently curved ventrally; retrose claw at the tip of ray 5 absent; lanceolated caudal fin of males; males, with more dorsal-fin rays than females and post-umeral mark present. Seven species are recognized: Micropoecilia parae (EINGEMANN), M. branneri (EIGENMANN), M. picta (REGAN), M. bifurca (EIGENMANN), M. minima (COSTA & SARRAF), M. sp. 1 e M. sp. 2. Micropoecilia picta is hypothesized to be closely related to M. parae because both share 3 synapomorphies: between ventral process of posttemporal direct and firmly attached to neurocranium; thickened tip of the pelvic fin of males...

Page generated in 0.0734 seconds