• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 164
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 172
  • 172
  • 44
  • 37
  • 37
  • 37
  • 32
  • 24
  • 24
  • 23
  • 23
  • 22
  • 19
  • 19
  • 18
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Analise do retorno de acoes pelo modelo de mistura discreta de normais

Brandão, F. H. B. January 1992 (has links)
O presente trabalh o tem o objetivo de testar a hipótese de log-normalidade de retornos de ações no Mercado Brasileiro de Ações , através do Modelo de Mistura Discreta de Normais CMDN). É utilizado o método de Newton-Raphson para resolver numericamente as equações não-lineares do modelo, geradas por estimadores de máxima verossimilhança. Reruta-se a hipótese de log-normalidade de retornos para as ações analisadas Considerações quanto ao apreçamento de opções são apresentadas com base nos resultados obtidos. / The objective of lhi s work is to test the log-norma lily hypolhesi s of slock rel urns in lhe Brazilian Slock Markel, through the Normal Discret e Mixture Model. The Newlon-Raphson's method is used to numerica tly solve the non-linear equalions of the model, generaled by maximum likelyhood estimators. The Log-normalily hypolhesis is refused for the slocks analised Consideralions aboul oplions pricing are presenled, based on lhe results obtained.
2

Analise do retorno de acoes pelo modelo de mistura discreta de normais

Brandão, F. H. B. January 1992 (has links)
O presente trabalh o tem o objetivo de testar a hipótese de log-normalidade de retornos de ações no Mercado Brasileiro de Ações , através do Modelo de Mistura Discreta de Normais CMDN). É utilizado o método de Newton-Raphson para resolver numericamente as equações não-lineares do modelo, geradas por estimadores de máxima verossimilhança. Reruta-se a hipótese de log-normalidade de retornos para as ações analisadas Considerações quanto ao apreçamento de opções são apresentadas com base nos resultados obtidos. / The objective of lhi s work is to test the log-norma lily hypolhesi s of slock rel urns in lhe Brazilian Slock Markel, through the Normal Discret e Mixture Model. The Newlon-Raphson's method is used to numerica tly solve the non-linear equalions of the model, generaled by maximum likelyhood estimators. The Log-normalily hypolhesis is refused for the slocks analised Consideralions aboul oplions pricing are presenled, based on lhe results obtained.
3

Analise do retorno de acoes pelo modelo de mistura discreta de normais

Brandão, F. H. B. January 1992 (has links)
O presente trabalh o tem o objetivo de testar a hipótese de log-normalidade de retornos de ações no Mercado Brasileiro de Ações , através do Modelo de Mistura Discreta de Normais CMDN). É utilizado o método de Newton-Raphson para resolver numericamente as equações não-lineares do modelo, geradas por estimadores de máxima verossimilhança. Reruta-se a hipótese de log-normalidade de retornos para as ações analisadas Considerações quanto ao apreçamento de opções são apresentadas com base nos resultados obtidos. / The objective of lhi s work is to test the log-norma lily hypolhesi s of slock rel urns in lhe Brazilian Slock Markel, through the Normal Discret e Mixture Model. The Newlon-Raphson's method is used to numerica tly solve the non-linear equalions of the model, generaled by maximum likelyhood estimators. The Log-normalily hypolhesis is refused for the slocks analised Consideralions aboul oplions pricing are presenled, based on lhe results obtained.
4

Adesão aos níveis de governança corporativa da Bovespa

Nishi, Lisandro Fin January 2003 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia / Made available in DSpace on 2012-10-21T07:26:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 223474.pdf: 696156 bytes, checksum: 11090765e834a5fae23cdaa8882e4bc1 (MD5) / Este trabalho averigua modificações no comportamento das ações de empresas listadas na Bolsa de Valores de São Paulo, em torno de suas respectivas datas de adesão aos níveis de governança corporativa diferenciada desta bolsa no período de 2001 a 2003. Através da metodologia de estudo de evento, buscou-se detectar a existência de retornos anormais positivos e redução do risco em torno do evento em questão, aplicados a uma amostra composta de uma carteira com ações de dezesseis empresas. Para testar as hipóteses, o período de teste compreendeu vinte e seis pregões: dos cinco pregões anteriores aos vinte posteriores à data de migração de cada empresa. Com auxílio de testes estatísticos paramétricos e não paramétricos, os resultados indicaram que as hipóteses acima descritas foram verificadas durante o período de teste.
5

Adesão aos níveis de governança corporativa da Bovespa

Nishi, Lisandro Fin January 2003 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia / Made available in DSpace on 2012-10-20T13:12:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 202034.pdf: 696156 bytes, checksum: 11090765e834a5fae23cdaa8882e4bc1 (MD5) / Este trabalho averigua modificações no comportamento das ações de empresas listadas na Bolsa de Valores de São Paulo, em torno de suas respectivas datas de adesão aos níveis de governança corporativa diferenciada desta bolsa no período de 2001 a 2003.
6

O retorno acionário como fator determinante da estrutura de capital das empresas brasileiras de capital aberto

Adriano, Nayana de Almeida 04 October 2007 (has links)
Dissertação (mestrado)—Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2007. / Submitted by Natália Cristina Ramos dos Santos (nataliaguilera3@hotmail.com) on 2009-10-15T11:52:23Z No. of bitstreams: 1 2007_NayanaDeAAdriano.pdf: 494476 bytes, checksum: db3a394e68e7ec0f021c0d6be8c01015 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2010-02-23T23:42:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_NayanaDeAAdriano.pdf: 494476 bytes, checksum: db3a394e68e7ec0f021c0d6be8c01015 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-02-23T23:42:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_NayanaDeAAdriano.pdf: 494476 bytes, checksum: db3a394e68e7ec0f021c0d6be8c01015 (MD5) Previous issue date: 2007-10-04 / As teorias de finanças e as pesquisas empíricas a elas associadas indicam vários motivos para as decisões de estrutura de capital, o que tem gerado diversas discussões sobre o tema e fazendo com que este seja um dos tópicos recorrentes nos estudos de finanças corporativas, principalmente desde os trabalhos de Modigliani e Miller. As principais teorias sobre a análise da estrutura de capital das empresas focam em variáveis que buscam determinar a relação entre as decisões de endividamento. Algumas concorrem entre si na busca de explicações para a estrutura de capital das empresas, dentre elas: trade-off, pecking order, market timing e retorno acionário. Este estudo almejou traçar as principais doutrinas acerca da estrutura de capital das empresas, procurando mostrar a sua evolução e levantar os trabalhos empíricos relevantes na área, bem como replicar para as empresas brasileiras o trabalho realizado por Welch (2004), que verificou se o retorno da ação é fator determinante na estrutura de capital das empresas americanas. A pesquisa comprovou a hipótese testada de que o retorno da ação é fator determinante nas empresas brasileiras, concluindo que em curto prazo, os administradores não reagem a variações nos retornos acionários que alteram à estrutura de capital existente. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The empirical theories of finances and associated research indicate possible reasons for the decisions on capital structure, which has generated controversy and has made the subject one of the recurrent topics in the study of corporate finance, mainly since Modigliani and Miller. The main theories on the analysis of capital structure of companies look for variables capable to determining debt and equity decisions. Some of them compete with each other for explanations for the structure of capital of companies, such as trade-off, pecking order, market timing and stock return theories. This study aims at tracking down the main doctrines concerning the structure of capital of companies, at showing their evolution and at point out the relevant empirical works in the area, as well as replcating for the Brazilian companies the work carried out for Welch (2004), which has shown that stock returns are a determinant factor in the structure of capital of American companies. The research does not reject the hypothesis that stock returns are determinant in the Brazilian companies’ capital structure, leading to the conclusion that in short term the administrators do not react to changes in stock returns that make the existing capital structure to change.
7

Avaliação de modelos de precificação de ativos no mercado acionário brasileiro

Fellet, Bianca Gabriel 17 February 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—UnB/UFPB/UFRN, Programa MultiInstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2016. / Diante da relevância da precificação de ativos no mercado acionário brasileiro, o presente estudo teve como objetivo testar e avaliar modelos de precificação de ações neste mercado. Dessa forma, buscou-se identificar o modelo que apresenta o melhor desempenho nesse mercado dentre os modelos testados: CAPM, CAPM Global, CAPM Local, APT e Modelo de 3 Fatores. Os modelos foram testados utilizando dados em painel, compostos por 132 ativos individuais (ações de empresas) e também por 60 portfólios, com dados mensais, durante o período compreendido entre 2010 e 2014. A avaliação dos modelos se deu através de análise de regressão e utilização dos critérios de Akaike e Schwarz. O modelo CAPM Global não apresentou resultados satisfatórios, enquanto que no modelo CAPM Local a inclusão do risco-país não se mostrou significativa. Os modelos CAPM, APT e 3 Fatores se mostraram adequados à precificação de ativos no mercado em análise. Observou-se que o modelo de 3 Fatores apresentou um desempenho superior aos demais, tanto em carteiras como em ativos individuais. Entretanto, os modelos CAPM e APT também se apresentam adequados para a precificação de ativos no Brasil, e a inclusão de variáveis macroeconômicas proporcionou um melhor desempenho do modelo APT em comparação ao CAPM. Então, deve-se avaliar se o acréscimo marginal de desempenho dos modelos de 3 fatores e APT é compensatório, observando os custos operacionais da utilização de modelos mais complexos e tendo como alternativa a simplicidade da utilização do CAPM. / Having in mind the relevance of asset pricing in the Brazilian stock Market, this study is aimed at testing and assessing stock pricing models in that market. Accordingly, we attempted to identify the model with the best performance among the ones tested: CAPM, Global CAPM, Local CAPM, APT, and Fama and French’s 3-Factor model. These models were tested by means of panel data regressions comprising 132 individual company stocks and also 60 portfolios using monthly data during the period from 2010 and 2014. Model assessment was carried out by means of regression analysis and the use of Akaike and Schwarz information criteria. The empiricals have shown that Global CAPM has not presented satisfactory results, while in Local CAPM the inclusion of country risk has not proved significant. CAPM, APT and 3-Factor models have shown to be appropriate for asset pricing in the market under analysis. We noticed that the 3-Factor model has shown a higher performance with respect to the others both when testing portfolios and individual assets as well. However, CAPM and APT have also shown to be adequate for asset pricing in Brazil, and the inclusion of macroeconomic variables has provided a better performance of APT with respect to CAPM. Nevertheless, one should assess whether the marginal improvement that can be obtained from using 3-Factor and APT is worthwhile, taking into account the operating costs of using models that are more complex when one has as an alternative the simplicity of CAPM.
8

Interação entre mercados : um estudo do 1º dia ex-dividend das ações de empresas brasileiras e de suas respectivas ADRs

Kwitko, Leonardo Costa January 2005 (has links)
O presente trabalho analisou o comportamento das ações de empresas brasileiras e de suas respectivas ADRs listadas em bolsa, em períodos próximos ao 1° dia ex-dividend. Através da análise dos retornos, pode-se perceber que as ações locais tiveram um desempenho médio superior ao das ADRs nos dias anteriores à data do evento. Esse fato sugere que os investidores estão preferindo comprar ações às ADRs, nesse período, em função de serem menos tributados quanto ao pagamento de dividendos no mercado brasileiro. Essa tendência se inverte na data do evento, quando as ADRs obtiveram um retorno bem superior ao das ações locais. A análise dos preços demonstrou que as ADRs são negociadas, em média, com um prêmio em relação as suas respectivas ações. A diferença de preços entre os papéis diminui próximo à data do evento e aumenta no dia ex-dividend, confirmando o que havia sido observado na análise dos retornos puros. O teste dos retornos anormais demonstrou que ambos os ativos apresentaram retornos anormais positivos no dia do evento, com significância estatística ao nível de 10%. Ficou evidenciado também que as ADRs tiveram um comportamento bem mais distante do esperado do que as ações locais.
9

Avaliação e desempenho do modelo de fator de retorno esperado no Brasil

Andreazza, Armando January 2003 (has links)
Sempre houve, na humanidade, incertezas quanto ao futuro. Por parte dos investidores, incertezas e riscos nos investimentos. Outros acreditam que os mercados financeiros operam de forma eficiente e, portanto, para reduzirem o risco e minimizarem as perdas tentam fazer regressão à média, ou seja, tomam decisões pensando que os fatos voltarão ao “normal”. Neste sentido, o presente trabalho procura discutir uma nova metodologia, proposta por Haugen (2000), e denominada de Modelo de Fator de Retorno Esperado, utilizando-se de variáveis fundamentalistas. Contudo, no dia-a-dia, os erros cometidos, a ambigüidade dos fatos e, principalmente, o poder das emoções humanas - “efeito manada”, podem rapidamente destruir um modelo. Os mercados são bem menos eficientes na prática do que quando se estudam ou se tenta aplicar as teorias. Por isso, os modelo aqui estudados, o Modelo de Fator do Retorno Esperado e, secundariamente, o Modelo de Precificação de Ativos(CAPM) e a Teoria de Preços por Arbitragem(APT), diferem muito entre si. Este trabalho teve como objetivo principal avaliar o desempenho do Modelo de Fator de Retorno Esperado. Assim, o trabalho mostrou que o Modelo de Fator de Retorno Esperado, ao ser utilizado na composição de carteiras de investimento, é eficiente. Carteiras montadas de acordo com este modelo superaram o desempenho do Índice principal do mercado acionário brasileiro. Pôde-se constatar que outras variáveis, além do beta, aqui denominadas de fundamentalistas, podem explicar a rentabilidade esperada de um ativo. São elas: Valor de Mercado (VM), Indicador de Preço/Lucro (PL), o índice Preço de Mercado/Valor Patrimonial (PV), o Retorno sobre o Patrimônio líquido (ROE), a Liquidez em Bolsa(Liq) e o Beta do Mercado (BETA).
10

Avaliação e desempenho do modelo de fator de retorno esperado no Brasil

Andreazza, Armando January 2003 (has links)
Sempre houve, na humanidade, incertezas quanto ao futuro. Por parte dos investidores, incertezas e riscos nos investimentos. Outros acreditam que os mercados financeiros operam de forma eficiente e, portanto, para reduzirem o risco e minimizarem as perdas tentam fazer regressão à média, ou seja, tomam decisões pensando que os fatos voltarão ao “normal”. Neste sentido, o presente trabalho procura discutir uma nova metodologia, proposta por Haugen (2000), e denominada de Modelo de Fator de Retorno Esperado, utilizando-se de variáveis fundamentalistas. Contudo, no dia-a-dia, os erros cometidos, a ambigüidade dos fatos e, principalmente, o poder das emoções humanas - “efeito manada”, podem rapidamente destruir um modelo. Os mercados são bem menos eficientes na prática do que quando se estudam ou se tenta aplicar as teorias. Por isso, os modelo aqui estudados, o Modelo de Fator do Retorno Esperado e, secundariamente, o Modelo de Precificação de Ativos(CAPM) e a Teoria de Preços por Arbitragem(APT), diferem muito entre si. Este trabalho teve como objetivo principal avaliar o desempenho do Modelo de Fator de Retorno Esperado. Assim, o trabalho mostrou que o Modelo de Fator de Retorno Esperado, ao ser utilizado na composição de carteiras de investimento, é eficiente. Carteiras montadas de acordo com este modelo superaram o desempenho do Índice principal do mercado acionário brasileiro. Pôde-se constatar que outras variáveis, além do beta, aqui denominadas de fundamentalistas, podem explicar a rentabilidade esperada de um ativo. São elas: Valor de Mercado (VM), Indicador de Preço/Lucro (PL), o índice Preço de Mercado/Valor Patrimonial (PV), o Retorno sobre o Patrimônio líquido (ROE), a Liquidez em Bolsa(Liq) e o Beta do Mercado (BETA).

Page generated in 0.0795 seconds