• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 13
  • Tagged with
  • 13
  • 13
  • 13
  • 6
  • 4
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação de modelos de precificação de ativos no mercado acionário brasileiro

Fellet, Bianca Gabriel 17 February 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—UnB/UFPB/UFRN, Programa MultiInstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2016. / Diante da relevância da precificação de ativos no mercado acionário brasileiro, o presente estudo teve como objetivo testar e avaliar modelos de precificação de ações neste mercado. Dessa forma, buscou-se identificar o modelo que apresenta o melhor desempenho nesse mercado dentre os modelos testados: CAPM, CAPM Global, CAPM Local, APT e Modelo de 3 Fatores. Os modelos foram testados utilizando dados em painel, compostos por 132 ativos individuais (ações de empresas) e também por 60 portfólios, com dados mensais, durante o período compreendido entre 2010 e 2014. A avaliação dos modelos se deu através de análise de regressão e utilização dos critérios de Akaike e Schwarz. O modelo CAPM Global não apresentou resultados satisfatórios, enquanto que no modelo CAPM Local a inclusão do risco-país não se mostrou significativa. Os modelos CAPM, APT e 3 Fatores se mostraram adequados à precificação de ativos no mercado em análise. Observou-se que o modelo de 3 Fatores apresentou um desempenho superior aos demais, tanto em carteiras como em ativos individuais. Entretanto, os modelos CAPM e APT também se apresentam adequados para a precificação de ativos no Brasil, e a inclusão de variáveis macroeconômicas proporcionou um melhor desempenho do modelo APT em comparação ao CAPM. Então, deve-se avaliar se o acréscimo marginal de desempenho dos modelos de 3 fatores e APT é compensatório, observando os custos operacionais da utilização de modelos mais complexos e tendo como alternativa a simplicidade da utilização do CAPM. / Having in mind the relevance of asset pricing in the Brazilian stock Market, this study is aimed at testing and assessing stock pricing models in that market. Accordingly, we attempted to identify the model with the best performance among the ones tested: CAPM, Global CAPM, Local CAPM, APT, and Fama and French’s 3-Factor model. These models were tested by means of panel data regressions comprising 132 individual company stocks and also 60 portfolios using monthly data during the period from 2010 and 2014. Model assessment was carried out by means of regression analysis and the use of Akaike and Schwarz information criteria. The empiricals have shown that Global CAPM has not presented satisfactory results, while in Local CAPM the inclusion of country risk has not proved significant. CAPM, APT and 3-Factor models have shown to be appropriate for asset pricing in the market under analysis. We noticed that the 3-Factor model has shown a higher performance with respect to the others both when testing portfolios and individual assets as well. However, CAPM and APT have also shown to be adequate for asset pricing in Brazil, and the inclusion of macroeconomic variables has provided a better performance of APT with respect to CAPM. Nevertheless, one should assess whether the marginal improvement that can be obtained from using 3-Factor and APT is worthwhile, taking into account the operating costs of using models that are more complex when one has as an alternative the simplicity of CAPM.
2

Uso de técnicas de Computação Social para tomada de decisão de compra e venda de ações no mercado brasileiro de bolsa de valores

Alves, Deborah Silva 23 October 2015 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2015. / Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2016-01-21T12:17:52Z No. of bitstreams: 1 2015_DeborahSilvaAlves.pdf: 5684417 bytes, checksum: b3ec73a1d1fb67a0c6a7ada39ac1db6c (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2016-01-26T12:08:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_DeborahSilvaAlves.pdf: 5684417 bytes, checksum: b3ec73a1d1fb67a0c6a7ada39ac1db6c (MD5) / Made available in DSpace on 2016-01-26T12:08:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_DeborahSilvaAlves.pdf: 5684417 bytes, checksum: b3ec73a1d1fb67a0c6a7ada39ac1db6c (MD5) / O rastreamento do sentimento público para predição de indicadores do mercado financeiro tem ganhado atenção tanto da academia quanto do mundo dos negócios. Entretanto, há várias questões em relação à precisão e significância de modelos que necessitam ser aprimorados. Nesse sentido, este trabalho propõe analisar o relacionamento entre dados obtidos da rede social Twitter em português e do mercado de ações brasileiro através de um sistema de auxílio a tomada de decisão que realiza compra e venda de ações. Para isso, foram coletadas mensagens postadas de agosto de 2013 a abril de 2015 que continham palavras relacionadas às ações de nove empresas brasileiras expressivas no mercado de ações, e dados de volume e preço dessas na Bovespa. Sobre os dados advindos do Twitter, foram aplicadas técnicas para análise de sentimento e tendência para obtenção de indicadores que inicialmente foram relacionados estatisticamente com os da Bovespa e, posteriormente, usados no sistema simulador. Os resultados obtidos demonstraram que o investimento nessa área é promissor apesar dos grandes desafios que esta impõe. / The tracking of public sentiment indicators to predict the financial market has gained much attention from academia and the business world. However, there are several issues regarding the accuracy and significance of models that need to be improved. Thus, this work aims to analyze the relationship between data in Portuguese language obtained from the social network Twitter and Brazilian stock market through a decision aid system which performs purchase and sale of shares. In order that, messages posted from August 2013 to April 2014 that contained words related to the actions of nine important Brazilian companies in the stock market, and Bovespa data as volume and price were collected. Techniques for sentiment analysis and trend were applied in the data to obtain indicators that were initially associated statistically with the Bovespa and subsequently, they were used in the simulator system. The results showed that investment in this area is promising despite the great challenges it imposes.
3

Reação do mercado de ações às fusões e aquisições de bancos no Brasil à luz de estudos de eventos : uma análise do período de 2005 a 2015

Souza, João Gabriel de Moraes 11 February 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-03-24T12:37:13Z No. of bitstreams: 1 2016_JoãoGabrieldeMoraesSouza.pdf: 1334278 bytes, checksum: 944fd2c736119076a484661c5947c1c4 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-03-28T18:47:35Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_JoãoGabrieldeMoraesSouza.pdf: 1334278 bytes, checksum: 944fd2c736119076a484661c5947c1c4 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-28T18:47:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_JoãoGabrieldeMoraesSouza.pdf: 1334278 bytes, checksum: 944fd2c736119076a484661c5947c1c4 (MD5) / O objetivo desta dissertação é investigar a reação no mercado de ações diante dos eventos de fusões e aquisições de bancos no Brasil. A reação do mercado foi apurada por meio do uso da técnica econométrica de estudo de eventos, que foi aplicada na investigação da ocorrência de retornos anormais em janelas de tempo de até 41 dias em torno dos eventos de fusões e aquisições de bancos. Com intuito de trazer robustez as análises foram feitas as mensurações dos retornos anormais de longo prazo utilizando uma janela de 2 anos uteis, sendo esta de 252 dias anteriores ao evento até os 252 dias posteriores ao evento focal. O estudo mensurou a reação do mercado de ações a diversas motivações para as fusões e aquisições, sendo estas: efeitos sinérgicos, ondas de fusões e aquisições, fusões entre fronteiras (esta trata da diversificação de mercados) e, fusões por problemas financeiros. Como fator adicional o estudo observou efeito sobre os desdobramentos das fusões e aquisições bancárias, essa análise foi denominada de efeitos sistêmicos. Os resultados desta pesquisa apontam para o surgimento de retornos anormais acumulados negativos para bancos adquirentes e positivos para bancos adquiridos devido aos eventos de fusões e aquisições. Tais resultados são explicados pelo efeito cético aos ganhos sinérgicos para os bancos adquirentes e pela criação de valor dos bancos adquiridos, esse resultado corrobora com a análise pós-fusão em que os indicadores de desempenho contábil dos bancos adquirentes são negativos. Ao se observar a reação do mercado de ações a eventos de longo prazo (acumulo de retornos anormais em janelas de 2 anos uteis) atenta-se para os resultados positivos de retornos anormais tanto para bancos adquiridos quanto para bancos adquirentes. Esse resultado, para bancos adquirentes, é explicado pelo fato de que fusões e aquisições de bancos usualmente demoram a serem integralizadas e os efeitos sinérgicos deste mecanismo só irão aparecer no longo prazo. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The aim of this work is to investigate the reaction in the stock market before the events of bank merger and acquisitions in Brazil. The market reaction was determined through the use of econometric technique of event study, which was applied in the investigation of the occurrence of abnormal returns in time windows up to 41 days around the events of bank mergers and acquisitions. Aiming to bring robustness analyzes were made measurements of long-term abnormal returns using a window of two years useful, which is 252 days prior to the event until 252 days after the focal event. The study measured the reaction of the stock market in the diverse motivations for mergers and acquisitions, which are: synergistic effects, merger and acquisition waves, mergers across borders (this is the diversification of markets) and mergers by financial problems. As an additional factor the study noted effect on the outcomes of mergers and acquisitions banking, this analysis was called systemic effects. These results point to the emergence of negative cumulative abnormal returns for acquirer’s banks and positive for banks acquired due to merger and acquisition events. These results are explained by the skeptical synergistic effect gains to acquiring banks and the creation of value of the acquired banks, this result confirms the post-merger analysis in which the accounting performance indicators of acquiring banks are negative. By observing the reaction of the stock of the long-term market events (accumulation of abnormal returns in useful 2-year window) attentive to the positive results of abnormal returns for both acquired banks and for acquiring banks. This result, for acquiring banks, is explained by the fact that mergers and acquisitions of banks usually take to be paid and the synergistic effects of this mechanism will only appear in the long run.
4

O efeito do sentimento das notícias sobre o comportamento dos preços no mercado acionário brasileiro

Silva, Maria Daniella de Oliveira Pereira da 06 February 2018 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Programa Multi-Institucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2017. / Submitted by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-06-25T18:02:17Z No. of bitstreams: 1 2017_MariaDanielladeOliveiraPereiradaSilva.pdf: 2261101 bytes, checksum: 87373bc23452753d12b831c425047073 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-06-29T16:55:10Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_MariaDanielladeOliveiraPereiradaSilva.pdf: 2261101 bytes, checksum: 87373bc23452753d12b831c425047073 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-06-29T16:55:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_MariaDanielladeOliveiraPereiradaSilva.pdf: 2261101 bytes, checksum: 87373bc23452753d12b831c425047073 (MD5) Previous issue date: 2018-06-25 / O objetivo deste estudo foi investigar o efeito do sentimento textual das notícias financeiras sobre o comportamento dos preços no mercado acionário brasileiro, buscando respaldo teórico no Teorema da Concordância, no viés da negatividade e na Hipótese do Mercado Eficiente. Para analisar o efeito do tom das notícias sobre o comportamento de oscilação dos preços no mercado brasileiro, foi verificada a influência que o sentimento textual das notícias exercia sobre o retorno do índice IBOVESPA e sobre o risco (volatilidade do retorno) e, analisada a influência do sentimento textual na previsão do risco do mercado. Para alcançar o objetivo do trabalho, foram utilizados os valores diários dos índices: IBOVESPA, DJIA, VIX e S&P500, e analisados os textos das notícias financeiras do Jornal Valor Econômico (45.304 matérias), no período de 25 de julho de 2011 a 30 de junho 2017, correspondendo a 1.470 observações diárias. A escolha das variáveis preditoras da volatilidade foi realizada pelo método de regressão quantílica ℓ1-penalizada - LASSO, e o impacto do sentimento sobre o mercado foi avaliado por regressão quantílica autoregressiva. Os resultados levantados mostram que o sentimento de pessimismo da mídia prever reduções do retorno do IBOVESPA em -28.72 pontos-base e o sentimento de otimismo prever aumento de 22 pontos-base sobre o retorno do mercado, quando o mercado apresenta baixo desempenhos (baixo retorno). Em relação à volatilidade, foi observado que o pessimismo da mídia corrobora com a redução da volatilidade. Nos períodos de alta incerteza econômica foi verificado que o sentimento de pessimismo induz a reduções nos retornos, nas circunstâncias de melhor ou pior desempenho do mercado, chegando a prever quedas de -76.21 pontos-base sobre os menores retornos do mercado (q.05), e reduções de -81.94 pontos-base (q.95) sobre os maiores retornos do mercado (melhor desempenho). Os resultados sobre a previsão da volatilidade, mostram que o sentimento textual é um preditor da volatilidade, que contribui com a redução dos erros de previsão da volatilidade. Portanto, conclui-se que, as informações provenientes dos jornais, no Brasil, afetam a percepção dos investidores nos momentos que existe uma maior incerteza no mercado e na economia. O trabalho contribuiu com as discussões sobre o papel da mídia no mercado acionário de países emergentes, levantando evidências de que o sentimento textual das notícias pode fornecer informações importantes para o gerenciamento de risco. / This paper aimed to investigate the effect of the textual sentiment of the financial news on asset prices in the Brazilian Stock Exchange, seeking theoretical support in the agreement theorem, in the negativity bias and in the efficient market hypothesis. In order to analyze the effect of the tone of the news on asset prices. I verified the influence the textual sentiment of the news exerted on the IBOVESPA index return and the risk (volatility of the return); also I analyzed the influence of textual sentiment on the forecast market risk. This study used to daily data of the following index: IBOVESPA, DJIA, VIX and S&P500. As for the texts of financial columns from the newspaper Valor Econômico (45.304 articles). I analyzed the period of July 25, 2011 to June 30, 2017, corresponding to 1.470 daily observations. The choice of predictors of volatility was performed by ℓ1-penalized (LASSO) quantile regression method and the impact of the sentiment on the market was evaluated by quantile autoregression. As for the main results, this study shows that the sentiment of media pessimism predict reductions in the return of IBOVESPA of -28.72 basis points and optimism sentiment predict increase of 22 basis points on the market return when low performances market (low return). As for the volatility, I observed that media pessimism corroborates with the reduction of volatility. In the periods of high uncertainty, the sentiment of pessimism led to reductions in returns, in the circumstances of high or low market performance, predicting -76.21 basis points on the low performance (q.05), and reductions of -81.94 points (q.95) on the high performance. Regarding the forecast of volatility, the results that the textual sentiment is a predictor of volatility, which contributes to minimizes the forecast errors of volatility. Therefore, we can conclude that the information coming from newspapers in Brazil affect the perception of investors in moments of greater uncertainty in the market and in the economy. The work has contributed to the discussions about the role of the media in the stock market of emerging countries, raising evidence that textual sentiment of news can provide information for risk management.
5

Evidências da subprecificação e subperformance de IPOs : estudo empírico do mercado brasileiro

Basso, Gustavo Gomes 02 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Administração, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2013. / Submitted by Larissa Stefane Vieira Rodrigues (larissarodrigues@bce.unb.br) on 2014-11-12T16:41:37Z No. of bitstreams: 1 2013_GustavoGomesBasso.pdf: 1027268 bytes, checksum: 1ca1b7d382d8b3d16c29e3be05b685eb (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2014-11-26T18:50:18Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_GustavoGomesBasso.pdf: 1027268 bytes, checksum: 1ca1b7d382d8b3d16c29e3be05b685eb (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-26T18:50:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_GustavoGomesBasso.pdf: 1027268 bytes, checksum: 1ca1b7d382d8b3d16c29e3be05b685eb (MD5) / Ao abrir o capital, uma empresa passa a ter, dentre vários benefícios e obrigações, acesso a um volume maior de investimentos, com custos de captação reduzidos e um ambiente favorável para negociações (Ljungqvist, 2004). Nesse processo, tanto os investidores quanto as empresas emissoras esperam maximizar seus ganhos, seja no retorno do investimento ou no volume de dinheiro arrecadado. Com o objetivo de otimizar essa relação, diversos estudos foram feitos para se mensurar os resultados das ofertas públicas iniciais de ações no mercado aberto em todo mundo. A literatura evidencia dois fenômenos comuns aos IPOs: a subprecificação inicial e a subperformance de longo prazo (Ritter, 1991). Contudo, não foi encontrado nenhum estudo que levasse em consideração o volume de ações emitidas com o volume de ações negociadas no mercado secundário após essa emissão. A presente dissertação propõe novos métodos de mensuração de resultados de IPOs que considerem o volume de ações colocadas no mercado e consiga medir efetivamente quanto de dinheiro a empresa emissora "deixou na mesa" ou quanto os investidores deixaram de ganhar. Além disso, foi feito um estudo empírico no mercado de ações brasileiro, que comparou os resultados dos novos métodos com os indicadores mais utilizados pela literatura. Os valores encontrados mostram que o fenômeno de subprecificação inicial documentado pela literatura pode estar supervalorizado ao se utilizar métodos que levam em consideração somente a cotação de fechamento dos preços. Quanto à subperformance de longo prazo, as evidências do presente trabalho convergiram com o que foi levantado pela literatura dado que o método proposto acaba por coincidir, em média, aos intervalos de tempo analisados pela maioria dos estudos. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / By going public, a company begins to have, among diverse benefits and obligations, access to a larger volume of investments, with reduced borrowing costs and a favorable environment for negotiation (Ljungqvist, 2004). In this process, the investors, as well as the the issuing companies, hope to maximize their profits, in their investment returns or in the volume of raised money. Aiming to optimize this relation, different studies were done to measure the results of initial public offerings in the worldwide open market. Literature shows two common phenomena’s to IPOs: the initial underpricing and the long-term subperformance (Ritter, 1991). However, it was found no study that takes into account the volume of shares issued with the volume of shares traded in the secondary market after this emission. This thesis proposes new methods to measure the results of IPOs that consider the volume of shares put in the market and that can effectively measure how much money the issuing company “puts on the table” or how much investors fail to gain. Besides that, an empirical study in the Brazilian stock market was made, which compared the results of the new proposed methods with the most used indicators in the literature. The obtained values show that the phenomenon of the initial underpricing documented in the literature can be overvalued when using methods that only consider the closing quotation price. In relation to the long-term subperformance, the evidences obtained in the present work converge with what was proposed by the literature given the fact that the proposed methods turns out to match, on the average, to time intervals analyzed in most studies.
6

Portfólios ponderados pelo risco: uma abordagem para a alocação de carteiras

Ariki, Rodrigo Yukio 20 January 2016 (has links)
Submitted by RODRIGO ARIKI (rodrigo.ariki@gmail.com) on 2016-02-20T00:12:16Z No. of bitstreams: 1 Rodrigo Ariki - Portfolios Ponderados pelo Risco.pdf: 1275256 bytes, checksum: 7fe045a7035de45ef64d91b9ea9006c8 (MD5) / Approved for entry into archive by Renata de Souza Nascimento (renata.souza@fgv.br) on 2016-02-23T17:45:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Rodrigo Ariki - Portfolios Ponderados pelo Risco.pdf: 1275256 bytes, checksum: 7fe045a7035de45ef64d91b9ea9006c8 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-02-23T20:09:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Rodrigo Ariki - Portfolios Ponderados pelo Risco.pdf: 1275256 bytes, checksum: 7fe045a7035de45ef64d91b9ea9006c8 (MD5) Previous issue date: 2016-01-20 / This study investigates the performance of an investment portfolio constructed with equal contributions of risky assets to total portfolio risk (risk parity), using a sample of daily closing prices of 27 shares traded in the Brazilian stock market from January 2004 to December 2014. The study compares such a portfolio with three other portfolios constructed with more traditional approaches: the mean-variance portfolio, the minimum-variance portfolio and the equally-weighted portfolio, also known as naive portfolio. This study also examines the risk-parity portfolio’s performance in comparison with two important indicators of the Brazilian capital market: the IBOVESPA and the CDI rate. The required time series were constructed with quarterly portfolio rebalancing in order to replicate Maillard et al. (2010). The results indicate that the risk-parity portfolio did not outperform the mean- variance and minimum-variance portfolio, in terms of return and risk. On the other hand, the results indicate that the risk-parity portfolio outperformed the naïve portfolio, IBOVESPA and CDI rate and also produced similar results to those in Maillard et al. (2010). The study concludes that the risk-parity portfolio is a feasible alternative for portfolios that seek, in the long run, stability in terms of risk allocation and asset weights in various macroeconomic scenarios. / Esse estudo busca analisar o desempenho de um portfólio de investimento constituído através da contribuição equânime do risco de seus ativos para o risco total do portfólio, ou seja, a chamada estratégia de risk parity, utilizando uma amostra composta de dados diários de cotações de fechamento de 27 ações pertencentes ao mercado brasileiro de ações entre janeiro de 2004 e dezembro de 2014. O estudo compara tal portfólio com outros três portfólios constituídos através de abordagens tradicionais: o portfólio baseado na estratégia por média-variância, o portfólio baseado na estratégia por mínima variância e o portfólio igualmente ponderado, também conhecido como portfólio ingênuo (naive). Ao mesmo tempo, o estudo analisa o desempenho do portfólio comparado a dois indicadores importantes do mercado de capitais brasileiro: o IBOVESPA e o CDI. Foram construídas séries temporais com rebalanceamento trimestral dos portfólios para o desenvolvimento do estudo, como efetuado em Maillard et al. (2010). Os resultados demonstram que o portfólio constituído através da contribuição equânime ao risco não apresentou desempenho superior quando comparado aos portfólios por média-variância e por mínima variância, em termos de retorno e risco. Por outro lado, quando comparado ao portfólio ingênuo, ao IBOVESPA e ao CDI, o desempenho obtido foi superior, tendo também apresentado resultados similares aos exibidos em Maillard et al. (2010). O estudo conclui que a construção de carteiras por risk parity é uma alternativa viável para a composição de carteiras que buscam estabilidade na alocação de risco e nos pesos dos ativos no longo prazo, diante de diferentes cenários macroeconômicos.
7

Incerteza política : uma análise do impacto da incerteza política nacional e internacional no mercado de capitais brasileiro

Nunes, Danielle Montenegro Salamone 31 May 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-07-31T14:33:23Z No. of bitstreams: 1 2017_DanielleMontenegroSalamoneNunes.pdf: 3675386 bytes, checksum: dacb71083d9ad349940a070696800c65 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-09-06T23:40:36Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_DanielleMontenegroSalamoneNunes.pdf: 3675386 bytes, checksum: dacb71083d9ad349940a070696800c65 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-09-06T23:40:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_DanielleMontenegroSalamoneNunes.pdf: 3675386 bytes, checksum: dacb71083d9ad349940a070696800c65 (MD5) Previous issue date: 2017-09-06 / De um modo geral, os governos nacionais, através de suas políticas, modificam o ambiente onde as empresas operam. Nesse sentido, as informações relacionadas às escolhas do governo quanto as políticas econômicas, bem como a incerteza gerada no processo de escolha, podem influenciar o mercado de ações. Diante dessa possibilidade, a presente tese teve por objetivo analisar os impactos da incerteza política nacional e internacional no mercado acionário brasileiro. Inicialmente foi construída uma proxy de incerteza sobre a política econômica para o período compreendido entre abril de 1985 e dezembro de 2015 a partir da frequência de notícias divulgadas na imprensa sobre o tema. Em seguida, foi analisada a relação entre a proxy de incerteza política construída e o mercado de ações brasileiro, tendo sido considerado o período de julho de 1994, após implantação do Real, e dezembro de 2015, tendo-se utilizado modelos de regressão. Por fim, utilizou-se o modelo GVAR para analisar a resposta do índice de preços de ações brasileiro a choques no índice de incerteza política de outros países como Alemanha, Canadá, China, Coréia do Sul, Estados Unidos da América, França e Japão. Os resultados da pesquisa apontam para um comportamento contracíclico do índice de incerteza política, ou seja, o índice tende a aumentar em situações econômicas desfavoráveis. Quanto aos impactos desse índice no mercado de ações brasileiro, existem evidências de uma relação negativa entre o índice de incerteza política nacional e o retorno de mercado de ações brasileiro e uma relação positiva entre aquele e a volatilidade do mercado. Além disso, os resultados evidenciam que o impacto da incerteza política no mercado de ações tende a ser menor quando a situação econômica é ruim, indicando a prevalência do efeito “put protection” no mercado brasileiro. Embora os resultados corroborem a hipótese subjacente de que a incerteza política nacional influencia o mercado de ações brasileiro, as evidências obtidas não permitiram confirmar a hipótese de que a incerteza política impacta positivamente o prêmio de risco do mercado e a correlação entre os retornos das ações no mercado. No que tange à análise das reações do índice de preços de ações brasileiro à choques no índice de incerteza política de outros países, os resultados corroboram a hipótese de que a incerteza política originada em outros países impacta o mercado de ações brasileiro, divergindo a resposta observada dependendo da origem do choque. De maneira geral, os resultados evidenciam que o mercado de ações brasileiro sofre influência tanto da incerteza política doméstica quando da incerteza política originada em outros países, representando um avanço importante no conhecimento dos efeitos da incerteza política no mercado de ações do País. / By and large, national governments change, through their policies, the environment in which companies operate. Therefore, information related to the government's choices regarding economic policies, as well as uncertainty generated in the process of choice, can affect the stock market. Given this possibility, this thesis aimed to analyze the impacts of national and international political uncertainty on the Brazilian stock market. Initially, a proxy of uncertainty about economic policy was built for the period from April 1985 to December 2015 based on the frequency of news reported in the press on the subject. Afterward, the relationship between the constructed political uncertainty proxy and the Brazilian stock market was analyzed, considering the period of July 1994, after the implementation of the Real, and December 2015, using regression models. Finally, the GVAR model was used to analyze the response of the Brazilian stock index to shocks in the political uncertainty index of other countries such as Germany, Canada, China, South Korea, the United States of America, France, and Japan. The empirical results point to a countercyclical behavior of the political uncertainty index, i.e., the index tends to increase in unfavorable economic situations. When it comes to the impacts of the index on the Brazilian stock market, there is evidence of a negative relationship between the index of national political uncertainty and the return on the Brazilian stock market, and a positive relationship with market volatility. Besides, the results have shown that the impact of political uncertainty on the stock market tends to be lower when the economic situation is poor, indicating the prevalence of a "put protection effect" in the Brazilian market. Although the results corroborate the underlying assumption that the domestic political uncertainty influences the Brazilian stock market, the results could not confirm the hypothesis that political uncertainty affects positively the market risk premium and the correlation between market share returns. Regarding the analysis of the reactions of the Brazilian stock price index to shocks in the political uncertainty index in other countries, the results corroborate the hypothesis that the political uncertainty originated abroad impacts the Brazilian stock market, the observed response diverging according to the origin of the shock. In general, the results show that the Brazilian stock market is influenced both by the domestic political uncertainty and by the political uncertainty originating in other countries, which is an important advance in the knowledge concerning the effects of political uncertainty in the Brazilian stock market.
8

Evidências de anomalias na precificação de ativos do mercado acionário brasileiro

Cardoso, Vanessa Rodrigues dos Santos 11 December 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2018-03-15T20:13:01Z No. of bitstreams: 1 2017_VanessaRodriguesdosSantosCardoso.pdf: 1204775 bytes, checksum: b3244b57ef40e149d2c2d5bba50d6d27 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-04-24T20:13:04Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_VanessaRodriguesdosSantosCardoso.pdf: 1204775 bytes, checksum: b3244b57ef40e149d2c2d5bba50d6d27 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-24T20:13:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_VanessaRodriguesdosSantosCardoso.pdf: 1204775 bytes, checksum: b3244b57ef40e149d2c2d5bba50d6d27 (MD5) Previous issue date: 2018-04-24 / Os modelos de precificação de ativos são utilizados por investidores como base para a tomada de decisões, pois estimam qual seria o seu retorno em função do risco que estão dispostos a tomar. Embora o CAPM seja o modelo mais utilizado, diversos autores defendem que o seu único fator de risco não captura anomalias existentes na precificação de ativos. Nos últimos anos tem sido crescente o interesse da academia por anomalias, de forma que em 2012 já existiam 313 delas na literatura. Este estudo objetivou investigar se os recentes modelos que consideram anomalias na precificação de ativos ajustam-se satisfatoriamente ao mercado acionário brasileiro. Como objetivo secundário, o estudo também verificou se modelos com anomalias eram superiores ao CAPM quando aplicado ao setor elétrico, pois o modelo é utilizado pela Agência Reguladora para estimar o retorno sobre o capital a ser pago aos investidores pelos consumidores de energia. Para tanto, os modelos de cinco fatores de Fama e French (2015), o de quatro fatores de Hou, Xue e Zhang (2014a) e outro alternativo com seis anomalias foram testados e comparados com o CAPM, por meio de regressões de séries temporais estimadas com dados contábeis e do mercado de ações no período de junho de 2010 a dezembro de 2016. Os resultados demostram que os três modelos com anomalias testados se ajustam satisfatoriamente à variação nos preços dos ativos no Brasil e no setor elétrico. Dentre eles, o de cinco fatores de Fama e French (2015) é superior em termos de poder explicativo no mercado acionário, enquanto o modelo alternativo se mostrou superior ao CAPM no setor elétrico. Especificamente quanto às anomalias, verifica-se que tamanho, valor, investimento, rentabilidade, momento, alavancagem operacional e fricções de mercado possuem relação estatisticamente significante com o retorno dos ativos no mercado brasileiro. Entretanto, os prêmios de risco dessas anomalias foram negativos e/ou estatisticamente não diferentes de zero, indicando que estratégias de investimentos baseadas nesse tipo de risco não foram recompensadas no Brasil no período analisado. / Asset pricing models are used by investors as a basis for decision-making because they estimate how much they would return based on the risk they are willing to take. Although CAPM is the most widely used model, several authors argue that its single risk factor does not capture existing anomalies in asset pricing. In recent years the interest of the academy on anomalies has increased, so that in 2012 313 of them have been already reported in the literature. This study aimed to investigate whether recent models that consider anomalies in asset pricing fits satisfactorily to the Brazilian stock market. As a secondary objective, the study also verified whether models with anomalies were superior to CAPM when applied to the electric sector, since the model is used by the Regulatory Agency to estimate the return on capital to be paid to investors by energy consumers. To do so, the Fama and French (2015) five-factor model, the Hou, Xue and Zhang (2014a) four-factor model and an six-factor alternative model were tested and compared with CAPM, using time series regressions estimated with accounting and stock market data from June 2010 to December 2016. The results showed that the three models with anomalies tested fit satisfactorily in explaining asset price movements in Brazil and its electric industry. Among them, the Fama and French (2015) five-factor is superior in terms of explanatory power in the stock market, while the alternative model proved to be superior to CAPM in the domestic electric industry. Specifically, regarding the anomalies, we find that size, value, investment, profitability, moment, operating leverage and market frictions have a statistically significant relation with asset returns in the Brazilian market. However, the risk premiums for these anomalies are negative and / or statistically nonzero, indicating that investment strategies based on this type of risk are not rewarded in the Brazilian market in the analyzed period.
9

Motivações para recompra de ações : uma análise com as empresas da BM&FBovespa e da NYSE

Garcia, Inajá Allane Santos 21 January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—UnB/UFPB/UFRN, Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2016. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2016-04-12T15:44:57Z No. of bitstreams: 1 2016_InajaAllaneSantosGarcia.pdf: 5038589 bytes, checksum: e14204f48b40d403c8e586095aa3c452 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-05-18T12:59:07Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_InajaAllaneSantosGarcia.pdf: 5038589 bytes, checksum: e14204f48b40d403c8e586095aa3c452 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-18T12:59:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_InajaAllaneSantosGarcia.pdf: 5038589 bytes, checksum: e14204f48b40d403c8e586095aa3c452 (MD5) / Este trabalho analisou os motivos determinantes para a recompra de ações realizadas pelas empresas listadas na BM&FBovespa e na NYSE. De acordo com Ikenberry, Lakonishok e Vermaelen (2000) e Gabrielli e Saito (2004), os motivos mais citados pela literatura são: (a) fluxo de caixa livre; (b) sinalização de que as ações estão subavaliadas; (c) distribuição de dividendos; e (d) interesse das empresas em ajustar a estrutura de capital por meio da alavancagem. Devido a isso, optou-se por investigar cada um desses quatro motivos. Para sustentar teoricamente o estudo, utilizou-se principalmente a teoria do fluxo de caixa livre (JENSEN, 1986), ateoria da agência (JENSEN; MECKLING, 1976) e a teoria tradicionalista (DURAND, 1952). Além dessas teorias, no decorrer do referencial teórico, discutiu-se cada motivo para a recompra de ações. Para alcance do objetivo desta pesquisa, cada motivo elencado para recompra de ações gerou uma hipótese de pesquisa, chegando ao total de quatro hipóteses. Quanto à amostra final da pesquisa, foi composta por 353 empresas não financeiras listadas na BM&FBovespa e 3.400 listadas na NYSE. Destas, 74 e 1.739 empresas, listadas respectivamente na BM&FBovespa e NYSE, realizaram recompra de ações em pelo menos um dos anos da amostra (2000 a 2014). Vale salientar que todos os dados utilizados foram coletados na base de dados da Thomson Reuters Eikon™ e organizados em um painel desbalanceado, uma vez que não foi possível verificar todos dados para todas as empresas em todos os anos da análise. Os resultados apontaram que, para o modelo composto pelas empresas da BM&FBovespa, os motivos fluxo de caixa livre e interesse das empresas em ajustar a estrutura de capital por meio da alavancagem explicam a recompra de ações, enquanto que, para o modelo composto pelas empresas da NYSE, os motivos determinantes para a recompra de ações foram o fluxo de caixa livre e a distribuição de dividendos. Conclui-se, então, que há diferenças entre os motivos para a recompra de ações efetuada pelas empresas que compõem a BM&FBovespa e a NYSE. Isso pode se justificar pelo nível de desenvolvimento dos mercados nos quais essas empresas estão inseridas. Diante dessas conclusões, é importante destacar algumas limitações da pesquisa, como: (a) não segregação dos tipos de recompra utilizados, uma vez que a base de dados utilizada não possibilitou a verificação de tal ação; (b) análise apenas das empresas listadas em duas bolsas de valores, a BM&FBovespa e a NYSE; (c) não disponibilidade de todos os dados para a estimação do modelo, dentre outras. Como sugestões para pesquisas futuras, sugere-se: (a) a observação das limitações acima elencadas; (b) a verificação de uma possível relação entre o ciclo de vida da empresa e a forma de distribuição de caixa para os acionistas, incluindo o evento da recompra de ações e a distribuição de dividendos; e (c) a utilização de outras bolsas de valores existentes no mundo, a fim de se obter um resultado mais global. _______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study analyzed the determinants reasons for stock buyback held by companies listed on BM&FBovespa and NYSE. According to Ikenberry, Lakonishok andVermaelen(2000) and Gabrielli and Saito(2004), the reasons most often cited in the literature are: (a) free cash flow; (b) signaling that stocks are undervalued; (c) distribution of dividends; and (d) interest of companies in adjusting the capital structure through the leverage. Because of this, we chose to investigate each of these four reasons. To theoretically support the study, we used mainly the theory of free cash flow (JENSEN, 1986), the agency theory (JENSEN; MECKLING, 1976) and the traditionalist theory (DURAND, 1952). In addition to these theories, during the theoretical framework, we discuss each reason for stock buyback. To reach the goal of this research, each listed reason for stock buyback generated aresearch hypothesis, bringing the total offour hypotheses. As for the final survey sample, it consisted of 353 non-financial companies listed on BM&FBovespa and 3,400 listed on NYSE. Of these,74 and 1,739 companies, respectively listed on BM&FBovespa and NYSE, held stock buyback in at least one of the sample years (2000 to 2014). We emphasize that all data used were collected in the Thomson Reuters Eikon™ database and organized in an unbalanced panel, since it was not possible to verify all data for all companies in each year of the analysis. The results showed that, for the model composed by companies of BM&FBovespa, the reasons free cash flow and interest of companies to adjust the capital structure by leveraging explain stock buyback, while, for the model composed by companies of NYSE, the determining reasons for stock buyback were free cash flow and distribution of dividends. We conclude, then, there are differences between the reasons for stock buyback held by companies that compose BM&FBovespa and NYSE. This can be justified by market development level in which these companies operate. Given these findings, it is important to point out some limitations of the research, such as: (a) no segregation of buyback kind used, since the database used did not allow verification of such action; (b) analysis only of companies listed on two stock exchanges, BM&FBovespa and NYSE; (c) unavailability of all data for model estimation, among others. As suggestions for future researches, we suggest: (a) the observation of above listed limitations; (b) verification of a possible relationship between the company’s life cycle and the form of cash distribution to stockholders, including the event of stock buyback and dividend distribution; and (c) the use of other stock exchanges in the world in order to obtain a more global result.
10

Testes empíricos da eficiência do mercado acionário brasileiro

Guimarães,Thiago Caiuby January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2010-04-20T21:00:02Z (GMT). No. of bitstreams: 4 Thiago Caiuby Guimaraes.pdf.jpg: 10805 bytes, checksum: 1e943353fdebc0c0a22b5bf16941d6a0 (MD5) Thiago Caiuby Guimaraes.pdf.txt: 98665 bytes, checksum: b19e82090118f914126b0bbcae3e033c (MD5) Thiago Caiuby Guimaraes.pdf: 1472085 bytes, checksum: a300c4a12f4ffc05ffffd0882d69fa21 (MD5) license.txt: 4886 bytes, checksum: e25d5b282448fdb2f9652c6b0683eaa6 (MD5) Previous issue date: 2009-01-27T00:00:00Z / This work has as objective the evaluation of the Brazilian stock market efficiency by applying statistical tests for its posterior formalization using the return on stocks modeled as for example, ARMA, ARCH - GARCH family Models, Decomposition Model and, last but not least, VAR approach. For this work it has been collected intraday data, which are considered high frequency data and therefore less susceptible to alterations in the market structure, either in the macro or microeconomic environments. The data was collected at fiveminutes intervals. The main reason for such decision was due to the low liquidity of the assets shares within the Brazilian financial market, that could have missing values if collected within a shorter period of time. The series that were chosen are: Petrobrás PN, Gerdau PN, Bradesco PN, Vale do Rio Doce PN and the Ibovespa Index. These series are highly representative of the Brazilian stock market. On the basis of the ADF test, it is evidence that the Brazilian stock market could be efficient and, thus is considered models for the series on the equity returns previously mentioned. / Este trabalho tem por objetivo avaliar a eficiência do mercado acionário brasileiro a partir de testes estatísticos, para posterior modelagem das séries de retorno das ações, utilizando os modelos ARMA, ARCH, GARCH, Modelo de Decomposição e, por final, VAR. Para este trabalho foram coletados dados intradiários, que são considerados dados de alta freqüência e menos suscetíveis a possíveis alterações na estrutura de mercado, tanto micro como macroeconômicos. Optou-se por trabalhar com dados coletados a cada cinco minutos, devido à baixa liquidez dos ativos no mercado financeiro (que poderia acarretar em dados ausentes para intervalos de tempo inferiores). As séries escolhidas foram: Petrobrás PN, Gerdau PN, Bradesco PN, Vale do Rio Doce PN e o índice Ibovespa, que apresentam grande representatividade do mercado acionário brasileiro para o período analisado. Com base no teste de Dickey-Fuller, verificou-se indícios que o mercado acionário brasileiro possa ser eficiente e, assim foi proposto modelos para as séries de retorno das ações anteriormente citadas.

Page generated in 0.1224 seconds