• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 263
  • 31
  • 7
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 3
  • 3
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 303
  • 74
  • 71
  • 69
  • 66
  • 45
  • 43
  • 40
  • 38
  • 36
  • 36
  • 35
  • 27
  • 24
  • 24
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Associação entre altura do arco longitudinal do pé e lesão por não-contato do ligamento cruzado anterior do joelho

Cesar, Paulo Cesar de January 2007 (has links)
A lesão do ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho é uma lesão freqüentemente vista na prática ortopédica. Em nosso estudo, procuramos relacionar a altura do arco longitudinal medial do pé com a incidência da lesão do LCA, através de um estudo de caso-controle emparelhado. Foram realizadas avaliações clínica e radiológica dos pés. Na avaliação clínica foi, encontrada uma diferença entre a média da altura do arco longitudinal medial nos indivíduos com lesão quando comparada à média dos indivíduos sem lesão (p= 0,012), cujos casos apresentaram média do arco longitudinal medial do pé mais alta que os controles. Na avaliação radiológica, não houve diferença entre a média do Grupo dos casos comparada à média do Grupo dos controles, em nenhum dos dois parâmetros angulares utilizados. Valorizando o critério clínico pois, a maioria dos trabalhos na literatura utiliza critérios clínicos, acreditamos termos encontrado uma associação entre altura do arco longitudinal medial do pé e lesão do LCA. / Lesions of the anterior cruciate ligament (ACL) of the knee are frequent in orthopedic practice. This paired case-control study investigated the association between the height of the medial longitudinal arch of the foot and the incidence of ACL lesion. To our knowledge, no study has evaluated this association so far. Clinical and radiological studies of feet were conducted. Clinical evaluation revealed that mean height of the medial longitudinal arch in patients with lesion was different from the mean in individuals without lesion (p = 0.012). Mean height was greater in study patients than in controls. Radiological studies, however, showed neither of the two angular parameters used in the study revealed any differences between means of the two groups. Most studies in the literature use and assign greater importance to clinical criteria. Therefore, our results suggest the discovery an association between the height of the medial longitudinal arch of the foot and the incidence of ACL lesion.
2

Associação entre altura do arco longitudinal do pé e lesão por não-contato do ligamento cruzado anterior do joelho

Cesar, Paulo Cesar de January 2007 (has links)
A lesão do ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho é uma lesão freqüentemente vista na prática ortopédica. Em nosso estudo, procuramos relacionar a altura do arco longitudinal medial do pé com a incidência da lesão do LCA, através de um estudo de caso-controle emparelhado. Foram realizadas avaliações clínica e radiológica dos pés. Na avaliação clínica foi, encontrada uma diferença entre a média da altura do arco longitudinal medial nos indivíduos com lesão quando comparada à média dos indivíduos sem lesão (p= 0,012), cujos casos apresentaram média do arco longitudinal medial do pé mais alta que os controles. Na avaliação radiológica, não houve diferença entre a média do Grupo dos casos comparada à média do Grupo dos controles, em nenhum dos dois parâmetros angulares utilizados. Valorizando o critério clínico pois, a maioria dos trabalhos na literatura utiliza critérios clínicos, acreditamos termos encontrado uma associação entre altura do arco longitudinal medial do pé e lesão do LCA. / Lesions of the anterior cruciate ligament (ACL) of the knee are frequent in orthopedic practice. This paired case-control study investigated the association between the height of the medial longitudinal arch of the foot and the incidence of ACL lesion. To our knowledge, no study has evaluated this association so far. Clinical and radiological studies of feet were conducted. Clinical evaluation revealed that mean height of the medial longitudinal arch in patients with lesion was different from the mean in individuals without lesion (p = 0.012). Mean height was greater in study patients than in controls. Radiological studies, however, showed neither of the two angular parameters used in the study revealed any differences between means of the two groups. Most studies in the literature use and assign greater importance to clinical criteria. Therefore, our results suggest the discovery an association between the height of the medial longitudinal arch of the foot and the incidence of ACL lesion.
3

Associação entre altura do arco longitudinal do pé e lesão por não-contato do ligamento cruzado anterior do joelho

Cesar, Paulo Cesar de January 2007 (has links)
A lesão do ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho é uma lesão freqüentemente vista na prática ortopédica. Em nosso estudo, procuramos relacionar a altura do arco longitudinal medial do pé com a incidência da lesão do LCA, através de um estudo de caso-controle emparelhado. Foram realizadas avaliações clínica e radiológica dos pés. Na avaliação clínica foi, encontrada uma diferença entre a média da altura do arco longitudinal medial nos indivíduos com lesão quando comparada à média dos indivíduos sem lesão (p= 0,012), cujos casos apresentaram média do arco longitudinal medial do pé mais alta que os controles. Na avaliação radiológica, não houve diferença entre a média do Grupo dos casos comparada à média do Grupo dos controles, em nenhum dos dois parâmetros angulares utilizados. Valorizando o critério clínico pois, a maioria dos trabalhos na literatura utiliza critérios clínicos, acreditamos termos encontrado uma associação entre altura do arco longitudinal medial do pé e lesão do LCA. / Lesions of the anterior cruciate ligament (ACL) of the knee are frequent in orthopedic practice. This paired case-control study investigated the association between the height of the medial longitudinal arch of the foot and the incidence of ACL lesion. To our knowledge, no study has evaluated this association so far. Clinical and radiological studies of feet were conducted. Clinical evaluation revealed that mean height of the medial longitudinal arch in patients with lesion was different from the mean in individuals without lesion (p = 0.012). Mean height was greater in study patients than in controls. Radiological studies, however, showed neither of the two angular parameters used in the study revealed any differences between means of the two groups. Most studies in the literature use and assign greater importance to clinical criteria. Therefore, our results suggest the discovery an association between the height of the medial longitudinal arch of the foot and the incidence of ACL lesion.
4

Nível de problemas, de expectativas e de informações a respeito das condições de saúde do paciente ortopédico

Nogueira, Maria da Graça Fortuna 05 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1980. / Made available in DSpace on 2013-12-05T19:22:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 321249.pdf: 1748921 bytes, checksum: f878310f2ba3f26d76682e9b061ea195 (MD5)
5

Fechamento precoce da cartilagem fisária distal ulnar na indução da displasia do cotovelo em coelhos: sulfato de condroitina no tratamaento das lesões articulares

Bergamo, Fabiana Mitie Matsubara [UNESP] January 2003 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:31:09Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2003Bitstream added on 2014-06-13T20:07:55Z : No. of bitstreams: 1 bergamo_fmm_dr_botfmvz.pdf: 3044350 bytes, checksum: 3248b26e0e1ca79d98ff2e2fad6360f0 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
6

Pseudartrose infectada de tíbia tratamento pelo método de Ilizarov

Skroch, Gabriel Paulo, 1950- January 1994 (has links)
Orientador: A. Osny Preuss / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Cirurgia / Resumo: Vinte pacientes com vinte e duas tíbias atingidas pela pseudoartrose infectada, com idade variando entre 12 e 53 anos, foram tratados pelo método de ILIZAROV, com a utilização da fixação circular externa através de dois procedimentos: a) compressão isolada; b) corticotomia I transporte 6sseo. Radiograficamente, a pseudoartrose infectada de tíbia foi classificada em atr6fica (8 casos), normotr6fica (9 casos) e hipertr6fica (5 casos). Quinze casos apresentavam encurtamento I perda de substancia 6ssea intercalar de 3,42 cm, variando entre 1 e 11 cm. A falta de união 6ssea, a perda de substancia intercalar e o encurtamento do membro inferior podem ser tratados concomitantemente pelo método de ILIZAROV. A perda de substancia 6ssea intercalar foi corrigida sem o uso de enxertia 6ssea, através do transporte ósseo e da neo-osteogênese distracional. O comprimento foi restabelecido, na maioria dos cases, ate uma discrepância de 3 cm, através da corticotomia e do osso regenerado. Foi utilizado enxerto 6sseo aut61ogo, no foco da pseudoartrose tipo atr6fico; não foi usado enxerto 6sseo no local da corticotomia em nenhum caso. A consolidação 6ssea foi obtida em 16 cases (76, 19%); 5 casos ainda permanecem com a fixação externa, para completar a corticalização. O tempo media para a consolidação foi de 12,57 meses. 0 resultado 6sseo foi excelente em 16 casos, bom em 4 casos e regular em 1 caso, baseado na consolidação. Houve persistência da infecção em 1 caso e encurtamento em 1 caso (de mais de 3cm). Houve retorno as atividades diárias rotineiras em 16 casos. Resultaram 5 casos de deformidade em equinismo, algodistrofia em 3 casos, osteoporose em 1 caso e amputação em 1 caso. / Abstract: Twenty patients aged 12-53 years with twenty two infected pseudarthrosis of the tibia were treated by the ILIZAROV METHOD, a circular external fixator, through two main procedures: a) isolated compression; b) corticotomy plus bone transportation. Radiographically the infected pseudarthrosis were classified on three types: a) atrophic (8 cases); b) normotrophic (9 cases); c) hypertrophic (5 cases). Fifteen patients had a limb-length discrepancy or bone defect: 1 - 11 cm (3,42cm). Nonunion, bone defects and limb shortening can all be addressed simultaneously with the I LIZAROV apparatus. Bone defects were corrected without bone grafts by the I LIZAROV bone transport technique of sliding a bone internally, producing distraction osteogenesis. Length was re-established by distraction of the corticotomy site, in most cases, as long as 3cm of discrepancy. Iliac bone graft was used on the atrophic pseudarthrosis; no bone graft was used at the corticotomy site. Union was achieved in 16 cases (76, 19%), 5 cases were at the final stage of union, missing the cortical growth and were kept with the ILIZAROV apparatus. Mean time for union was 12,57 months. Based on union, the results were excellent in 16 cases,· good in 4 cases and fair in 1 case. Persistent infection was observed in 1 patient and limb shortening, more than 3cm, in 1 patient. The return to daily activities happened in 16 cases. There were equinus deformity in 5 cases, distrophy in 3 cases, osteoporosis in 1 case and amputation in 1 case.
7

Fechamento precoce da cartilagem fisária distal ulnar na indução da displasia do cotovelo em coelhos : sulfato de condroitina no tratamaento das lesões articulares /

Bergamo, Fabiana Mitie Matsubara. January 2004 (has links)
Resumo não disponível. / Abstract not available. / Orientador: Paulo Iamaguti / Coorientador: Sheila Canevese Rahal / Doutor
8

Especificação do fluxo cirúrgico num serviço de ortopedia com base na simulação

Macedo, Vitor Manuel da Silva January 2012 (has links)
Tese de mestrado. Engenharia de Serviços e Gestão. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2012
9

Osteoartrite experimental efeito analgésico e condroprotetor de um polissacarídeo de elevado peso molecular / Experimental osteoarthritis analgesic effect and condroprotetor of a high molecular weight polysaccharide

Silva, Christine Maria Muniz 28 November 2016 (has links)
SILVA, C. M. M. Osteoartrite experimental efeito analgésico e condroprotetor de um polissacarídeo de elevado peso molecular. 2016. 71 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-03-22T11:43:21Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_cmmsilva.pdf: 5834915 bytes, checksum: f0dbc8863a8b488136b2676183995123 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-03-22T11:43:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_dis_cmmsilva.pdf: 5834915 bytes, checksum: f0dbc8863a8b488136b2676183995123 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-22T11:43:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_dis_cmmsilva.pdf: 5834915 bytes, checksum: f0dbc8863a8b488136b2676183995123 (MD5) Previous issue date: 2016-11-28 / Osteoarthritis is the leading cause of joint pain in the world. Although there are many treatment modalities, there is no drug able to reduce or recover structural damage. With the purpose of investigate if a protein-free guar gum (DGG) polyssacharide could promote chondral protection and or analgesic effects from osteoarthritis, even after molecular modifications, it was oxidized (DGGOX) or sulfated (DGGSU) by insertion of new groups in C-6 (manose) and C-6 (galactose), for DGGOX and DGGSU, respectively. Pain and chondral damage were evaluated. The new molecules were tested to confirm its alterations. Then, rats were subjected to anterior cruciate ligament transection (ACLT) of the rigth knee, were submted to a treatment with intraarticular 100 µg DGG, DGGOX or DGGSU solutions and saline. The joint pain was evaluated using the articular incapacitation test, at days 4–7 after ACLT and joint damage was assessed using histology and biochemistry as the chondroitin sulfate (CS) content of cartilage. The molar mass of CS samples was obtained by comparing their relative electrophoretic mobility to standard CS. Another two groups that were done to investigate joint damage, undergone ACLT, received a solution of 100µg DGG or saline weekly, from days 7 to 70. DGG administration, but not DGGOX or DGGSU, significantly inhibited joint pain. DGG significantly reversed the increase in CS, its reduced electrophoretic mobility, and histological changes following ACLT, as compared to vehicle. Structural integrity accounts for DGG benefits in experimental osteoarthritis. / Osteoartrite é a principal causa de dor articular no mundo. Embora existam diversas modalidades terapêuticas, ainda não há uma droga capaz de reduzir ou recuperar os danos estruturais causados pela doença. Com o objetivo de investigar se um polissarídeo de goma guar (GG) desproteinado (DGG) promoveria analgesia e ou obteria efeito de minimização nas alterações da cartilagem decorrentes da osteoartrite, mesmo após alteração molecular. A DGG foi oxidado (DGGOX) ou sulfatado (DGGSU) através da inserção de novos grupos no C6 da manose ou C6 da galactose para se obter oxidação e sulfatação, respectivamente. As novas moléculas foram submetidas a testes químicos a fim de confirmar suas modificações. A seguir, foram avaliados quanto a dois parâmetros: dor e dano condral. Então, ratos, que foram submetidos a um modelo experimental de osteoartrite através da transecção do ligamento cruzado anterior (TLCA) do joelho direito, foram tratados por via intraarticular com salina ou com uma solução de 100µg de DGG, DGGOX ou DGGSU. Para inferir dor, usou-se o teste de incapacitação articular entre 4 e 7 dias após a TLCA e para estimar o dano estrutural foi feito histologia e bioquímica através da quantificação do sulfato de condroitina (CS) na cartilagem. A avaliação da massa molar do CS das amostras foi feita comparando sua mobilidade eletroforética relativa com um padrão de CS. Nos grupos destinados a investigação do grau de lesão articular, submetidos à TLCA, os animais receberam uma solução de 100µg DGG ou salina semanalmente do dia 7 ao dia 70. A administração de DGG promoveu analgesia significante, ao passo que DGGOX e DGGSU não promoveram analgesia. O tratamento com DGG reverteu significantemente o aumento de CS, restarando a mobilidade eletroforética similar à normal do CS e preveniu as alterações histológicas secundárias à TLCA, quando comparado ao grupo tratado com salina. Em coclusão, podemos dizer que o efeito terapêutico obtido pelo composto DGG em osteoartrite experimental depende da estrutura da molécula.
10

Ovinos como modelo experimental: estudo do joelho e mensuração dos ângulos tibiais

Hette, Khadije [UNESP] 30 January 2008 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:23:40Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-01-30Bitstream added on 2014-06-13T19:09:42Z : No. of bitstreams: 1 hette_k_me_botfmvz.pdf: 665606 bytes, checksum: 94f3cacde09c000d208d7a99e0fecfe8 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / O trabalho teve por objetivos, considerando a espécie ovina como modelo experimental em ortopedia, estudar as características anatômicas do joelho de ovinos hígidos da raça Santa Inês, por meio de exames radiográficos, ultra-sonográficos e artroscópicos, além de realizar a goniometria axial da tíbia. Foram utilizados 18 ovinos hígidos da raça Santa Inês, 12 machos e seis fêmeas, divididos em três grupos experimentais eqüitativos, de acordo com a idade cronológica, sendo: Grupo I – idade entre 6 e 8 meses, Grupo II – idade de 2 anos, Grupo III – idade entre 3 e 5 anos. Radiograficamente, na incidência craniocaudal, o côndilo femoral lateral apresentou-se mais amplo que o côndilo medial, assim como o côndilo tibial lateral foi maior em relação ao medial. A patela apresentava base em formato piramidal e ápice afilado na incidência mediolateral. O tempo de fechamento das linhas fisárias femoral distal, tibial proximal e da tuberosidade da tíbia variou conforme a idade dos animais. Os valores dos ângulos de orientação do eixo anatômico foram semelhantes aos do eixo mecânico, independente da idade. Ao exame ultra-sonográfico, a superfície convexa da patela foi visibilizada como uma linha hiperecogênica com sombra acústica e a cartilagem articular dos côndilos femorais como uma linha anecogênica contornando a superfície óssea. O ligamento patelar intermédio mostrou-se como uma estrutura fibrilar hiperecogênica homogênea. Os meniscos lateral e medial apresentaram formato triangular, aspecto heterogêneo e ecogenicidade moderada. Para a realização do exame artroscópico foram estabelecidos três portais. Identificaram-se com facilidade a patela, sulco e bordas trocleares, côndilos medial e lateral do fêmur, e tendão do músculo extensor longo dos dedos. Após a remoção da maior parte do coxim gorduroso infrapatelar com emprego do “shaver” foram visibilizados, ainda com dificuldade, os... / The aim of this study was to evaluate the anatomic characteristics of the stifle joint of healthy Santa Ines sheep, considering the specie as an experimental model, using radiographic, ultrasonographic and arthroscopic exams, and to perform axial goniometry of the tibia. Eighteen Santa Ines sheep were divided into 3 equal groups according to chronological age: Group I – from 6 to 8 months old, Group II - 2 years old, and Group III - from 3 to 5 years old. Radiographically the lateral femoral condyle was larger than the medial femoral condyle, and the lateral tibial condyle was larger than the medial tibial condyle in craniocaudal view. The patella showed a pyramidal base and a pointed apex in mediolateral view. The closure time of the femoral, proximal tibial and tibial tuberosity physes differed according to the animal’s age. The joint orientation angles showed similar values for both anatomic and mechanical axes. By ultrasonographic examination, the convex surface of the patella was observed as a hyperechogenic line with an acoustic shadow, and the articular cartilage of the femoral condyles was observed as an anechogenic line outlining the bone surface. The intermediate patellar ligament was presented as a fibrilar hyperechogenic structure. The lateral and medial menisci showed a triangular shape, heterogeneous aspect and moderate echogenicity. Three portals were established to perform the arthroscopic exam. The patella, the trochlear groove and ridges, the medial and lateral femoral condyles, and the long digital extensor tendon were easily identified. After removing a great portion of the infrapatellar fat pad using a shaver, the cruciate ligaments and the menisci could be observed, although with some difficulty. Therefore, Santa Ines sheep may be considered an excellent experimental model for comparative orthopedics, and all the evaluation methods provided data that complemented each other.

Page generated in 0.0661 seconds