• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 472
  • 6
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 485
  • 297
  • 69
  • 61
  • 53
  • 48
  • 45
  • 39
  • 38
  • 36
  • 34
  • 32
  • 30
  • 29
  • 26
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Efeito da suplementação com Alanil-Glutamina nas allterações da permeabilidade intestinal em ratos treinados submetidos a um exercício prolongado e exaustivo de natação

Freitas, Antonio Klingem Leite de January 2013 (has links)
FREITAS, Antonio Klingem Leite de. Efeito da suplementação com Alanil-Glutamina nas alterações da permeabilidade intestinal em ratos treinados submetidos a um exercício prolongado e exaustivo de natação. 2013. 80 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2016-03-22T12:35:54Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_aklfreitas.pdf: 1946144 bytes, checksum: bd57365cf190cbd10a2b25bf18f89d7f (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2016-03-22T12:50:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_aklfreitas.pdf: 1946144 bytes, checksum: bd57365cf190cbd10a2b25bf18f89d7f (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-22T12:50:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_aklfreitas.pdf: 1946144 bytes, checksum: bd57365cf190cbd10a2b25bf18f89d7f (MD5) Previous issue date: 2013 / The prolonged and exhaustive exercise induces intestinal barrier dysfunction. Several studies show that supplementation with alanyl-glutamine (A/G) improves the cell proliferation intestinal and electrolyte absorption. The aim of our study was to investigate the effect of supplementation with A/G in the intestinal permeability in rats trained after prolonged exercise and exhaustive swimming. We used Wistar rats that were divided into seven groups: 1) Sedentary (S); 2) Sedentary A/G (S-A/G); 3) Trained (T); 4) Trained A/G (T-A/G); 5) Exhaustion (E); 6) Exhaustion A/G (E-A/G); 7) Recovered (R). The animal supplemented groups received the dipeptide A/G. The animals were trained for twelve weeks. In the methodology we performed biochemical analysis of pH, pCO2, pO2, SO2, and bases excess (BE), by the method of gas analysis and lactate and glucose. We analyzed the transcription of tight junctions: ZO-1, Occludin, Claudin-2 and PEPT-1 by RT-PCR. The analysis of intestinal permeability was performed by the method of the ingestion of lactulose/mannitol (L/M). We also performed histological analysis of the duodenum, jejunum and ileum. This study was approved by the CEPA-UFC on Protocol Nº 13/2013. Our results showed that SO2 and pCO2 were higher in groups E and E-A/G, but decreased the parameters pH and BE for these same groups. We found falling glucose levels and increased concentrations of lactate. A significant increase in the percentage of excretion of lactulose in groups E and E-A/G than in group S. There was, however, fall of excretion of lactulose with statistical difference between groups E and E-A/G, showing protection against the alanyl-glutamine increased intestinal permeability promoted by exhaustive exercise. The percentage of excretion of mannitol was increased in groups E and E-A/G than in group S. However, in the analysis of the excretion of both carbohydrates lactulose/mannitol we observed a significant increase in group E than in group S. However, there was significant difference between groups E and E-A/G showing that Ala/Gln was able to reverse the effects of exhaustive activity in intestinal permeability. We observed an increase in ZO-1 and occludin in groups S-A/G and T with respect to S. There was also an increase of ZO-1 in the E group compared to S. However, Ala/Gln reversed the transcription of these tight junctions in groups T-A/G and E-A/G. Transcription of claudin-2 was reduced in the S-A/G, but we obtained and increase in the E group compared to a decrease of S and E-A/G against E. Regarding the PET-1 we showed increased transcription in groups T and E in relation to S. However, the Ala/Gln reversed the transcript of this dipeptide in group E-A/G with respect to E. An analysis 72 hours after the exhaustion test values found for intestinal permeability similar to sedentary group. The prolonged and exhaustive exercise altered intestinal permeability and chronic supplementation with Ala/Gln was protective against the increase. The possible mechanism of Ala/Gln refers to mechanical processes of cell-to-cell interaction (occludin and ZO-1) and/or electrolytic (claudin-2). / O exercício prolongado e exaustivo induz uma disfunção da barreira intestinal. Vários estudos mostram que a suplementação com alanil-glutamina (A/G) melhora a proliferação das células intestinais e absorção de eletrólitos. O objetivo deste trabalho foi investigar o efeito da suplementação com A/G na permeabilidade intestinal em ratos treinados após um exercício prolongado e exaustivo de natação. Utilizamos ratos Wistar, divididos em sete grupos: 1) Sedentário (S); 2) Sedentário A/G (S-A/G); 3) Treinado (T); 4) Treinado A/G (T-A/G); 5) Exaustão (E); 6) Exaustão A/G (E-A/G) e 7) Recuperado (R). Os animais dos grupos suplementados receberam o dipeptídeo A/G. Os animais foram treinados durante 12 semanas de natação. Na metodologia realizamos análises bioquímicas de pH, pCO2, pO2, SO2, excesso de bases (BE), pelo método de gasometria e lactato e glicose. Analisamos a transcrição das junções firmes: ZO-1, Ocludina, Claudina-2 e PEPT-1 através de RT-PCR. A análise da permeabilidade intestinal foi realizada pelo método da ingestão de Lactulose/Manitol (L/M). Fizemos também análise histológica do duodeno, jejuno e íleo. O presente estudo foi aprovado pela CEPA-UFC, em protocolo de Nº 13/13. Nossos resultados mostraram que pCO2 e SO2 foram aumentados nos grupos E e E-A/G, mas houve queda nos parâmetros de pH e BE para estes mesmos grupos. Encontramos queda dos índices de glicose e aumento das concentrações de lactato. Houve aumento significativo no percentual de excreção de lactulose nos grupos E e E-A/G em relação ao grupo S. Houve, no entanto, queda da excreção de lactulose com diferença estatística entre os grupos E e E-A/G, mostrando proteção da A/G frente ao aumento da permeabilidade intestinal promovida pelo exercício exaustivo. O percentual de excreção do manitol foi aumentado nos grupos E e E-A/G em relação ao grupo S. Entretanto, na análise da relação da permeabilidade dos dois carboidratos L/M observamos um aumento significativo no grupo E em relação ao grupo S. Contudo, houve diferença significativa entre os grupos E e E-A/G mostrando que a A/G conseguiu reverter os efeitos da atividade exaustiva na permeabilidade intestinal. Observamos aumento da ZO-1 e ocludina nos grupos S-A/G e T em relação a S. Houve também aumento de ZO-1 no grupo E em relação ao S. Porém, a A/G reverteu à transcrição destas junções firmes nos grupos T-A/G e E-A/G. A transcrição de claudina-2 foi reduzida no grupo S-A/G, mas obtivemos um aumento no grupo E em relação ao S e uma diminuição de E-A/G em relação ao E. Em relação ao PEPT-1, observamos aumento da transcrição nos grupos T e E em relação ao S. Contudo, a A/G reverteu à transcrição deste peptídeo no grupo E-A/G em relação ao E. Numa análise de 72 horas após o teste de exaustão encontramos valores para a permeabilidade intestinal similares aos grupos sedentários. Concluímos que o exercício prolongado e exaustivo alterou a permeabilidade intestinal e a suplementação crônica com alanil-glutamina teve efeito protetor contra este aumento. O possível mecanismo da A/G no processo estudado refere-se a processos mecânicos de interação célula-célula (ZO-1 e ocludina) e/ou eletrolíticos (claudina-2).
2

Efeito do aditivo redutor de permeabilidade em concretos com diferentes tipos de cimento portland : contribuição aos processos de autocicatrização / Self - healing of concrete containing additive reducing permeability for crystallization

Moreira, Mirellen Mara 23 August 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-11-07T13:33:53Z No. of bitstreams: 1 2016_MirellenMaraMoreira.pdf: 10478267 bytes, checksum: edddc0246b0bc8ad996ec76d5288a4c5 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2017-01-27T20:46:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_MirellenMaraMoreira.pdf: 10478267 bytes, checksum: edddc0246b0bc8ad996ec76d5288a4c5 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-27T20:46:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_MirellenMaraMoreira.pdf: 10478267 bytes, checksum: edddc0246b0bc8ad996ec76d5288a4c5 (MD5) / Esta pesquisa apresenta um estudo experimental sobre o uso de aditivo redutor de permeabilidade (ARP) em diferentes tipos de cimentos Portland nacionais disponíveis comercialmente. O objetivo deste estudo é avaliar os efeitos do ARP, principalmente como impermeabilizante. Foram estudados nove traços de concreto, todos com relação água/cimento fixa (igual a 0,45), a saber: quatro misturas de referência conforme o tipo de cimento Portland (CP II E–40, CP III–40, CP IV–40 e CP V-ARI); quatro misturas similares as anteriores, com adição de 0,8% de ARP e, por último uma mistura contendo cimento CP III-40, ARP e fibra de polipropileno (0,45kg/m3). Como premissa da pesquisa foi adotado o abatimento no intervalo de 210 ± 20mm, para todas as misturas de concreto. Avaliou-se, no estado fresco, o abatimento de tronco de cone e, no estado endurecido, as propriedades de resistência à compressão simples e com carregamento de 40% da carga última de ruptura, de resistência à tração por compressão diametral e de módulo de elasticidade. Também foram analisadas as propriedades relacionadas à durabilidade por meio dos ensaios de penetração a água sob pressão, de permeabilidade à água e de absorção de água por capilaridade. Como resultado foi constatado que o ARP é eficiente para reduzir a permeabilidade do concreto quando utilizado com cimento Portland de alto-forno (CP III- 40), que apresentou uma redução significativa da altura de ascensão da água, de até 44%, quando comparado com o traço de referência. Para os cimentos CP II-E-40 e CP IV- 40, essa redução ocorreu em menor escala, 4% e 2%, respectivamente. No entanto, o cimento CPV, apresentou um resultado inesperado, com um aumento na característica de permeabilidade do concreto. Quanto às propriedades mecânicas, nota-se que a variação dos resultados, entre os concretos com e sem ARP, foi pequena (até 10%). Além disso, foi observado que o ARP pode ser indicado para um maior grau de fissuração, independentemente do tipo de cimento utilizado ou da adição das fibras de polipropileno. Por último, em relação ao traço com ARP e fibras, constatou-se por meio do ensaio de penetração de água sob pressão e do ensaio de absorção de água por capilaridade, que esse concreto tornou-se mais susceptível a permeabilidade a água, apresentando um aumento de 30% e de 14%, respectivamente, em relação ao traço sem fibra. / This study is presents an experimental study about the use of permeability reduction additive (ARP) with different types of commercially available Portland cements. It’s objective is to evaluate the effects of ARP, in particular it’s as watertight properties. Nine concrete mixtures were studied, all with a constant water / cement ratio (equal to 0.45), namely: Four reference mixtures of the each type of Portland cement (CP II-E-40, CP III-40, 40-CP IV-40 and CP V-ARI); four mixtures with addition of 0.8% ARP and finally a mixture containing cement CPIII-40, ARP and polypropylene fiber (0,45kg/m3). As a premise of this research, the slump was adopted in the range of 210 ± 20 mm for all concrete mixtures. the slump test for determination of the consistency was evaluated in the fresh state, while the compressive strength test and loading 40% of the final breaking load, the tension strength by diametrical compression test and elasticity modulus by compression test were performed in the hardened state.. Durability testing by means of the penetration of water under pressure, the coefficient of permeability and water absorption by capillary were also analyzed. As a result, it was observed that the ARP is effective to reduce the permeability of Portland concrete with blast furnace (CP III-40) which exhibited a significant reduction in the water penetration level, equal to 44% when compared to the reference specimen. For the CP II-E-40, CP IV-40 and cement, this reduction was in a smaller scale, equal to 4% and 2%, respectively. However, the CP V-ARI cement showed an unexpected result with an increase in permeability of the concrete. Concerning the mechanical properties, it was found that the ARP might be suitable for structures with a highly cracked structure regardless of the type of cement used or addition of polypropylene fibers. Finally, concerning the mark with ARP and the addition of fibers, it was observed, after the pressurized water penetration test and capillary water absorption test, that the concrete became more susceptible to water permeability in approximately 16% and 14%, respectively, compared with the trait without fiber.
3

Desenvolvimento de estratégias farmacotécnicas para a melhoria das características biofarmacêuticas do mesilato de Saquinavir & avaliação da permeabilidade bucal do cloridrato de donepezila

Caon, Thiago January 2014 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2013. / Made available in DSpace on 2014-08-06T17:54:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 326723.pdf: 12400631 bytes, checksum: c360d28aa8a9d54e1aa9e3b17ffed2d9 (MD5) Previous issue date: 2014 / Para fármacos com solubilidade aquosa limitada, estratégias farmacotécnicas visando a melhoria das propriedades biofarmacêuticas pode ser mais interessante do que a investigação de rotas alternativas de administração, o que não acontece para muitos dos fármacos que apresentam alta solubilidade aquosa. Neste estudo, prepararam-se dispersões sólidas de mesilato de saquinavir (MS) com o objetivo de aumentar a sua biodisponibilidade oral e também investigou-se a permeabilidade bucal deste fármaco bem como do cloridrato de donepezila (DPZ). Para o preparo das dispersões sólidas, utilizaram-se dois principais carreadores, o PEG 4000 e o GelucireTM 44/14 e, uma vez que observaram-se problemas de instabilidade físico-química, o PVP K30 foi também incluído na formulação (um agente bem conhecido por evitar/retardar a cristalização de fármacos). A formulação com PEG 4000 levou a uma precipitação de fármaco após a dissolução tendo em vista sua baixa capacidade de solubilização, aumentou ainda mais o efluxo mediado pela gp-P e, desta forma, baixa biodisponibilidade oral foi observada. Por outro lado, o sistema com GelucireTM proporcionou menor dissolução em meio gástrico, porém, foi capaz de inibir a glicoproteína-P, demonstrando maior capacidade de solubilização do fármaco quando da sua liberação da formulação, o que consequentemente explicaria sua maior biodisponibilidade oral, similar àquela da formulação comercial (SvirTM). Formulações preparadas com GelucireTM mostraram ser promissoras para fins comerciais em vista da similar taxa de absorção do fármaco em relação aquela proporcionada pelo SvirTM. Após a administração oral de MS (200 mg) na forma de dispersões sólidas contendo GelucireTM ou SvirTM, os perfis farmacocinéticos do MS nas duas formulações foram similares e melhor descritos a partir de um modelo de dois compartimentos e com tempo latência. A farmacocinética do MS após administração intravenosa (1 mg/Kg) foi melhor descrita por um modelo de três compartimentos. O MS não foi absorvido pela mucosa bucal devido o seu alto peso molecular, diferentemente do DPZ, que apresentou alta absorção bucal (± 20% da quantidade inicialmente administrada). Os reforçadores químicos de penetração transdérmica selecionados para o ensaio com o DPZ reduziram o seu coeficiente de permeabilidade bucal, o que é desejável tendo em vista a possibilidade de se controlar a liberação do DPZ, prolongando-a, o que reduziria os intervalos entre as dosagens (extremamente relevante para pacientes com Doença de Alzheimer uma vez que são mais suscetíveis a esquecerem da medicação).<br> / Abstract : Pharmacotechnical strategies aiming to improve the biopharmaceutical properties can be more interesting than the investigation of alternative administration routes for drugs presenting a limited aqueous solubility, unlike some highly water-soluble drugs. In this study, solid dispersions of saquinavir mesylate (SQVM) were prepared aiming to increase oral bioavailability and it was also investigated buccal permeability of this drug as well as donepezil hydrochloride (DPZ). Two major carriers (PEG 4000 and Gelucire® 44/14) were used to prepare solid dispersions, and given that chemical and physical instability problems had been shown, PVP K30 (a well-known polymer to prevent drug crystallization) was also included in the formulation. PEG 4000-based formulation led to precipitation of the drug its upon dissolution in view of its reduced capacity to solubilize the SQVM. It was also observed a significant efflux of SQVM mediated by P-gp which may account for the poor bioavailability of SQVM. On the other hand, Gelucire-based system provided lower drug dissolution in gastric medium, however, it was able to inhibit P-glycoprotein, showed higher solubilizing capacity of the SQVM upon release, which could explain the greater oral bioavailability of SQVM, similar to that of the commercial formulation (Svir®). Gelucire-based formulation is more promising for commercial applications given the similarity of SQVM absorption rate to that from the Svir®. Furthermore, a similar disposition of SQVM was obtained after oral administration of the lipid delivery systems (Gelucire®-based formulation vs Svir®, 200 mg/dose), which were best described by a two-compartment model with lag time. The pharmacokinetic of SQVM after intravenous administration (1 mg/Kg) were best described by a three-compartment model. SQVM was not absorbed through the buccal mucosa due to its high molecular weight, unlike the DPZ, which showed high buccal absorption (close to 20 % of the initial drug amount). Transdermal penetration enhancers selected for testing with DPZ reduced its buccal permeability coefficient, which is desirable in view of the possibility to control the release of DPZ, extending it, reducing the intervals between doses (this characteristic is extremely important for patients with Alzheimer's disease because they are more susceptible of forgetting to take medication).
4

Comportamento de barreiras minerais com solo compactado na faixa granulométrica ótima para contenção de líquidos orgânicos

Carvalho, Zenite da Silva 26 June 2015 (has links)
Submitted by LIVIA FREITAS (livia.freitas@ufba.br) on 2016-06-13T18:51:57Z No. of bitstreams: 2 Dissetação_Zenite da Silva Carvalho.pdf: 6537794 bytes, checksum: 09bd5ed4a38579da9f2084b6652dda3a (MD5) Dissetação_Zenite da Silva Carvalho.pdf: 6537794 bytes, checksum: 09bd5ed4a38579da9f2084b6652dda3a (MD5) / Rejected by LIVIA FREITAS (livia.freitas@ufba.br), reason: h on 2016-06-20T16:13:03Z (GMT) / Submitted by LIVIA FREITAS (livia.freitas@ufba.br) on 2016-06-20T16:16:28Z No. of bitstreams: 1 Dissetação_Zenite da Silva Carvalho.pdf: 6537794 bytes, checksum: 09bd5ed4a38579da9f2084b6652dda3a (MD5) / Approved for entry into archive by LIVIA FREITAS (livia.freitas@ufba.br) on 2016-06-20T16:17:34Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissetação_Zenite da Silva Carvalho.pdf: 6537794 bytes, checksum: 09bd5ed4a38579da9f2084b6652dda3a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-20T16:17:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissetação_Zenite da Silva Carvalho.pdf: 6537794 bytes, checksum: 09bd5ed4a38579da9f2084b6652dda3a (MD5) / Este trabalho de pesquisa sobre permeabilidade de líquidos orgânicos em solos compactados, para avaliar o comportamento da proposição de faixa granulométrica de solo com potencial de uso como barreiras de contenção de produtos combustíveis. A justificativa para esta pesquisa está no fato que uma das principais fontes de contaminação de solos e águas subterrâneas têm sido os vazamentos de tanques de armazenamento de combustíveis derivados de petróleo. A contaminação do solo pode gerar danos à saúde humana, aos recursos hídricos e danos ambientais, sendo necessário desenvolver ou aprimorar os mecanismos de proteção e preservação de solos e águas subterrâneas. Uma das opções possíveis é o uso de barreiras minerais que evitem, em casos de vazamentos, que o contaminante gere problemas ambientais. Para isso, foram construídos sete aterros experimentais com solos obtidos em diferentes áreas de Salvador, sendo usados os solos Granulito e Barreiras, bem como misturas destes, em diferentes proporções. Identificaram-se as características granulométricas dos solos e misturas. Os aterros foram construídos com rigoroso controle de compactação, com energia equivalente a Proctor modificado. Realizaram-se ensaios de permeabilidade em campo, com o permeâmetro Guelph, em diferentes períodos, a fim de avaliar o comportamento dos aterros a longo prazo. A primeira campanha de ensaios ocorreu logo após a construção dos aterros e a segunda campanha após seis meses da construção dos aterros experimentais. Os líquidos percolantes utilizados nesta pesquisa foram o diesel, o biodiesel, e a gasolina; sendo a água utilizada como fluido de referência. Também foram feitos ensaios de permeabilidade em laboratório, para comparar com os valores de permeabilidade de campo. Em laboratório, os líquidos percolantes foram diesel e água. O perfil de infiltração do diesel nos aterros experimentais foi obtido com aplicação da equação de Philip (1967) a fim de conhecer o tempo de infiltração em cada mistura, e por conseguinte estimar o tempo que garanta a proteção ambiental para que as medidas de contingência, em eventuais vazamentos, sejam efetivadas. Os resultados indicaram que embora os aterros não atendessem a todos os parâmetros especificados na proposta de faixa granulométrica, verificou-se bom desempenho na contenção de líquidos orgânicos as misturas 2, 3 e 5, com fração de finos maior ou igual a 33%. Foi recomendado que a faixa granulométrica considerada ótima, deve passar por ajustes em seus valores limites; bem como, que se faça algumas adequações nos parâmetros tais como, reduzir o limite de liquidez, índice de plasticidade e a umidade ótima; e aumentar o teor de areia e a densidade seca máxima
5

Avaliação biofarmacêutica visando subsidiar associação dos fármacos benznidazol e itraconazol.

Carvalho, Marina Guimarães January 2015 (has links)
Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. CIPHARMA, Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto. / Submitted by giuliana silveira (giulianagphoto@gmail.com) on 2016-01-22T15:08:44Z No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO_AvaliaçãoBiofarmacêuticaVisando.pdf: 1981988 bytes, checksum: 2805fc2bedd3dc1769c12986959fa076 (MD5) / Approved for entry into archive by Oliveira Flávia (flavia@sisbin.ufop.br) on 2016-01-25T14:58:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO_AvaliaçãoBiofarmacêuticaVisando.pdf: 1981988 bytes, checksum: 2805fc2bedd3dc1769c12986959fa076 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-01-26T15:29:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO_AvaliaçãoBiofarmacêuticaVisando.pdf: 1981988 bytes, checksum: 2805fc2bedd3dc1769c12986959fa076 (MD5) Previous issue date: 2015 / O estudo das características biofarmacêuticas propicia maior compreensão do comportamento in vivo de fármacos. Dados de solubilidade relacionados a informações sobre permeabilidade intestinal e dissolução de substâncias ativas, possibilitam inferir sobre sua absorção. Além disso, permitem prever as possibilidades de potencialização de efeitos terapêuticos de associação de fármacos que já foram testados isoladamente, como é o caso do itraconazol (ITR) conjuntamente ao benznidazol (BZN). O BZN é empregado desde 1972 no tratamento da doença de Chagas. Ainda hoje, no Brasil e em diversos países da América Latina, a doença de Chagas é um problema de saúde pública grave. A quimioterapia dessa doença é restrita e a fase crônica permanece incurável. Assim, novas estratégias para seu tratamento têm sido propostas. Estudos pré-clínicos mostraram a melhoria na terapêutica da doença em decorrência da administração conjunta de BZN e ITR. O conhecimento das propriedades físico-químicas dos fármacos juntamente com estudos que permitam avaliar suas características biofarmacêuticas e as alterações decorrentes da associação é valioso para a discussão sobre a viabilidade da terapêutica associada. Esta é uma etapa crucial para se estabelecer a estratégia de desenvolvimento da formulação que conterá esses fármacos. Neste sentido, foi desenvolvido e validado um método por espectrometria derivada de primeira ordem para quantificação simultânea do BZN (340 nm) e ITR (268 nm) em meios biorrelevantes (pH 1,2; 4,5 e 6,8) pelo método do ponto de anulação (zero-crossing). Este procedimento foi então aplicado à determinação da solubilidade em equilíbrio destes fármacos por meio do método da agitação orbital em frascos (Shake-flask) a 37 ºC, por 72 h a 100 rpm e na avaliação da dissolução intrínseca, também a 37 ºC e nos meios biorrelevantes. O BZN apresentou baixa solubilidade nos três meios avaliados. Não foi possível a determinação do ITR nos meios com pH 4,5 e 6,8; tendo apresentado baixa solubilidade no pH 1,2. Os resultados obtidos seguindo os dois métodos possibilitaram mesma inferência, sendo os dois fármacos considerados como de baixa solubilidade. Este resultado associado aos dados de permeabilidade in silico obtidos permitiram a alocação do BZN e do ITR no Sistema de Classificação Biofarmacêutica (SCB) como pertencentes às classes IV e II, respectivamente. Fármacos dessas classes, devido à baixa solubilidade, podem levar a consequências atípicas in vivo como biodisponibilidade incompleta, variabilidade inter e intrapaciente nos parâmetros farmacocinéticos e liberação incompleta dos fármacos. Além do fato de que os alimentos podem exercer efeitos significantes. No entanto, foi comprovado que apesar da baixa solubilidade dos fármacos, esta não é alterada quando estes estão associados e são colocados em contato com os meios avaliados por 72 h. Sendo assim, essa propriedade não seria um empecilho para a associação dos fármacos contanto que seja desenvolvida uma formulação adequada. ___________________________________________________________________ / ABSTRACT : The study of the biopharmaceutical characteristics provides a greater understanding of the in vivo behavior of drugs. Solubility data with information about intestinal permeability and dissolution of active substances, make it possible to inference about their absorption. Furthermore, allow to predict the possibility of potentiation therapeutics effects of drugs associations that have already been tested alone, such as itraconazole (ITR) and benznidazole (BZN). BZN is used since 1972 in the treatment of Chagas disease. Even today, in Brazil and throughout Latin America, Chagas disease is a serious public health problem. Chemotherapy of this disease is restricted, and the chronic phase remains incurable. Thus, new strategies for its treatment have been pursued. Preclinical studies showed improvement in the treatment of disease as a result of the administration of BZN together with ITR. Knowledge of the physicochemical properties of drugs along with studies that allows to assess their biopharmaceutical characteristics and changes resulting from the association is valuable to the discussion on the feasibility of combination treatment. This is a crucial step to establish the formulation development strategy. In this way, a method using first derivative spectrometry was developed and validated for the simultaneous quantification of BZN (340 nm) and ITR (268 nm) in biorrelevants medias (pH 1.2, 4.5 and 6.8) by the method of cancellation point (zero-crossing). This was applied to determine the equilibrium solubility of these drugs by the method Shake-flask at 37 °C for 72 h at 100 rpm and in the avaliation of intrinsic dissolution also at 37 °C in biorrelevants medias. BZN showed low solubility in all the medias evaluated. It was not possible to determine ITR in the medias with pH values of 4.5 and 6.8; this showed low solubility in the pH 1.2. The intrinsic dissolution results obtained in the assay were similar to solubility results, so, the two drugs were considered of low solubility. This result associated with permeability in silico data obtained allowed the allocation of BZN and ITR in the Biopharmaceutics Classification System (BCS) as belonging to classes IV and II, respectively. Drugs of these classes can lead to atypical effects in vivo such as incomplete bioavailability, inter and intra-patient variability in pharmacokinetic parameters and incomplete release of the drugs due to the low solubility. Besides the fact that food can exert significant effects. However, it was shown that despite the low solubility of drugs, this is not changed when they are associated and are placed in contact with the media assessed by 72 h. Therefore, this property would not be an obstacle for the association of these drugs as long as a suitable formulation could be developed.
6

Controle de qualidade de uma barragem de enrocamento com núcleo asfaltico caso UHE JIRAU.

Micheluzzi, Adriano Gean January 2016 (has links)
Programa de Pós-Graduação em Geotecnia. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. / Submitted by Marise Leite (marise_mg@yahoo.com.br) on 2016-02-29T14:13:11Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) DISSERTAÇÃO_ControleQualidadeBarragem.pdf: 18432045 bytes, checksum: 8c7fae112088ebd55deac0b8d8a3b785 (MD5) / Approved for entry into archive by Oliveira Flávia (flavia@sisbin.ufop.br) on 2016-04-11T13:36:23Z (GMT) No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO_ControleQualidadeBarragem.pdf: 18432045 bytes, checksum: 8c7fae112088ebd55deac0b8d8a3b785 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2016-04-12T19:46:53Z (GMT). No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO_ControleQualidadeBarragem.pdf: 18432045 bytes, checksum: 8c7fae112088ebd55deac0b8d8a3b785 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2016 / Barragens de enrocamento com núcleos de concreto asfáltico constituem alternativas muito interessantes para a implantação de empreendimentos hidrelétricos de grande porte na região Norte do Brasil, pois possibilitam as atividades construtivas mesmo nos períodos chuvosos e, uma vez que incorporam núcleos bastante esbeltos, permitem a adoção de barragens com taludes íngremes, com grande redução e economia dos materiais utilizados. O comportamento geotécnico do núcleo asfáltico constitui a premissa básica de projeto de barragens de enrocamento que utilizam esta tecnologia como elemento de vedação. Neste contexto, impõe-se estabelecer procedimentos rigorosos de controle em relação às propriedades tecnológicas do CAP (cimento asfáltico de petróleo), dos agregados presentes na mistura asfáltica, da transição fina, dos enrocamentos e de suas correspondentes misturas, bem como das metodologias construtivas associadas ao lançamento e compactação destas misturas em campo. O objetivo principal deste estudo é apresentar, de forma sistêmica e estruturada, os principais condicionantes geotécnicos que influenciam a construção de núcleos asfálticos em barragens de enrocamento, considerando-se a experiência e o envolvimento profissional do autor como responsável pela engenharia do proprietário, no setor de geotecnia e na fiscalização da construção da barragem de enrocamento, utilizando materiais betuminosos como núcleos de vedação, no caso da obra da UHE Jirau. Complementarmente, propõe-se abordar a sistemática do controle tecnológico e das metodologias construtivas destes maciços, conforme adotadas no âmbito do empreendimento estudado, bem como discutir os critérios, normas e procedimentos que regulam em campo a implantação de núcleos asfálticos como elementos de vedação de barragens de grande porte, com ênfase especial no controle das temperaturas de campo dos materiais betuminosos, que constitui um fator de extrema relevância sobre a trabalhabilidade e o desempenho final das misturas e na resposta do núcleo como elemento estrutural e de estanqueidade da barragem. ____________________________________________________________________________________ / ABSTRACT: Rockfill dams with asphalt concrete center core are very attractive design alternatives for implementation of large hydroelectric power plants in the northern Brazil since this type of dam can make it possible to keep the construction activities even during raining seasons; As the asphalt cores are thin, it is always possible to adopt in the design steep embankments slopes that lead to economies in the rock material for the dams. The geotechnical performance of the asphalt core is a basic characteristic in the design of rockfill dams where this sealing technology is applied. So, strict control procedures are necessary as long as the technologic properties of the asphalt cement derived from oil, the properties of the aggregates, the properties of the thin transition and even the rockfill properties are concerned. The control of the construction methods such as the placing and the compaction is also important. The aim of this paper is to show in a logic form, the main geotechnical aspects that are important in the construction of asphalt cores in rockfill dams. This is based in the experience of the author who was the owner engineer responsible for the geotechnical aspects of the construction of the rockfill dam with impervious asphalt core of the Jirau hydroelectric power plant. It is also mentioned how the construction control shall be done in dams with asphalt core such as the Jirau embankment dam, as well as the general criteria and standards to be applied in the design and construction of asphalt center cores as impervious elements of large rockfill dams. One of the main aspects is the temperature control of the bituminous materials in the field since it is extremely important as long as the workability and the performance of the core in its effectiveness as a sealing element of the dam is concerned.
7

Avaliação da permeabilidade em geomembranas de polietileno de alta densidade (PEAD)

Marçal, Rafael [UNESP] 10 July 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:13Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-07-10Bitstream added on 2014-06-13T18:58:46Z : No. of bitstreams: 1 marcal_r_me_ilha.pdf: 2410808 bytes, checksum: 327612cda811ef63370f475cabbfcc4a (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / As geomembranas são materiais poliméricos que possuem reduzida condutividade hidráulica e sua função principal é a de impermeabilizar e desviar o fluxo de líquidos ou gases. A eficiência das geomembranas como barreiras para controle e desvio de fluxo está diretamente relacionada com a integridade da sua superfície. Dessa maneira, suas propriedades de permeação são extremamente importantes não somente em aterros, mas em obras hidráulicas, de contenção ou que necessitem garantir a estanqueidade. O estudo e a compreensão desses parâmetros possibilitam aos projetistas a compreensão dos fenômenos de infiltração, fugas, vazamentos e transporte difusivo que por ventura possam ocorrer em campo. Dessa forma, esse trabalho apresenta um estudo sobre os parâmetros de permeação e difusão de geomembranas em laboratório para análise e entendimento dessas propriedades em materiais intactos, expostos à radiação ultravioleta e aos efeitos da temperatura em estufa e que apresentem defeitos como micro furos (furos com dimensão menor que a espessura da geomembrana) e furos que possam facilitar o aumento do fluxo, além da avaliação da permeabilidade e processo difusivo aos hidrocarbonetos. Foram realizados diversos ensaios empregando-se um procedimento muito utilizado em geomembranas para determinação da permeabilidade em laboratório, que é a Razão de Transmissão de Vapor d’Água. Diante dos resultados, nota-se, por exemplo, que dentre os processos de degradação, a influência dos danos nas geomembranas é mais significativa do que o próprio efeito da exposição à intempérie provocada no decorrer do tempo, haja vista que um furo de 3,0 mm foi mais significativo no aumento do valor da permeabilidade do que o envelhecimento aos raios UV por 12 anos. O método utilizado na avaliação do processo difusivo... / Geomembranes are polymeric materials that have low hydraulic conductivity and its main function is to insulate and divert the flow of liquids or gases. The efficiency of geomembranes as barriers to control and diversion of flow is directly related to the integrity of its surface. Thus, their permeation properties are extremely important not only in landfills, but in hydraulic works, containment, or who need to ensure tightness. The study and understanding of these parameters allow designers to understand the effects of infiltration, leaks, spills, and diffusive transport that might occur by chance in the field. Thus, this paper presents a study on the parameters of permeation and diffusion of geomembranes in the laboratory for analysis and understanding of these properties in intact materials exposed to ultraviolet radiation and effects of temperature in the greenhouse and they have defects such as micro holes (holes dimension less than the thickness of the geomembrane) and holes which can facilitate flow increases, besides the evaluation of permeability and diffusion process for hydrocarbons. Several trials were conducted employing a procedure commonly used in geomembranes to determine the permeability in the laboratory, which is the ratio of Water Vapor Transmission. The results showed, for instance, that among the degradation processes, the influence of damage on geomembranes is more significant than the actual effect of exposure to atmospheric conditions caused over time, given that a hole of 3.0 mm was more significant increase in the permeability value than the UV aging for 12 years. The method used to evaluate the... (Complete abstract click electronic access below)
8

Avaliação da permeabilidade em geomembranas de polietileno de alta densidade (PEAD) /

Marçal, Rafael. January 2012 (has links)
Orientador: Paulo César Lodi / Banca: Edson Pereira Tangerino / Banca: Fagundes Júnio René Toledo / Resumo: As geomembranas são materiais poliméricos que possuem reduzida condutividade hidráulica e sua função principal é a de impermeabilizar e desviar o fluxo de líquidos ou gases. A eficiência das geomembranas como barreiras para controle e desvio de fluxo está diretamente relacionada com a integridade da sua superfície. Dessa maneira, suas propriedades de permeação são extremamente importantes não somente em aterros, mas em obras hidráulicas, de contenção ou que necessitem garantir a estanqueidade. O estudo e a compreensão desses parâmetros possibilitam aos projetistas a compreensão dos fenômenos de infiltração, fugas, vazamentos e transporte difusivo que por ventura possam ocorrer em campo. Dessa forma, esse trabalho apresenta um estudo sobre os parâmetros de permeação e difusão de geomembranas em laboratório para análise e entendimento dessas propriedades em materiais intactos, expostos à radiação ultravioleta e aos efeitos da temperatura em estufa e que apresentem defeitos como micro furos (furos com dimensão menor que a espessura da geomembrana) e furos que possam facilitar o aumento do fluxo, além da avaliação da permeabilidade e processo difusivo aos hidrocarbonetos. Foram realizados diversos ensaios empregando-se um procedimento muito utilizado em geomembranas para determinação da permeabilidade em laboratório, que é a Razão de Transmissão de Vapor d'Água. Diante dos resultados, nota-se, por exemplo, que dentre os processos de degradação, a influência dos danos nas geomembranas é mais significativa do que o próprio efeito da exposição à intempérie provocada no decorrer do tempo, haja vista que um furo de 3,0 mm foi mais significativo no aumento do valor da permeabilidade do que o envelhecimento aos raios UV por 12 anos. O método utilizado na avaliação do processo difusivo... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Geomembranes are polymeric materials that have low hydraulic conductivity and its main function is to insulate and divert the flow of liquids or gases. The efficiency of geomembranes as barriers to control and diversion of flow is directly related to the integrity of its surface. Thus, their permeation properties are extremely important not only in landfills, but in hydraulic works, containment, or who need to ensure tightness. The study and understanding of these parameters allow designers to understand the effects of infiltration, leaks, spills, and diffusive transport that might occur by chance in the field. Thus, this paper presents a study on the parameters of permeation and diffusion of geomembranes in the laboratory for analysis and understanding of these properties in intact materials exposed to ultraviolet radiation and effects of temperature in the greenhouse and they have defects such as micro holes (holes dimension less than the thickness of the geomembrane) and holes which can facilitate flow increases, besides the evaluation of permeability and diffusion process for hydrocarbons. Several trials were conducted employing a procedure commonly used in geomembranes to determine the permeability in the laboratory, which is the ratio of Water Vapor Transmission. The results showed, for instance, that among the degradation processes, the influence of damage on geomembranes is more significant than the actual effect of exposure to atmospheric conditions caused over time, given that a hole of 3.0 mm was more significant increase in the permeability value than the UV aging for 12 years. The method used to evaluate the... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
9

Alguns fatores que influenciam o desempenho de geocompostos bentoníticos sob fluxo de gases e líquidos em barreiras de aterros sanitários

Mendes, Marianna Jacominy de Amorim 31 May 2010 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2010. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2011-04-15T14:17:11Z No. of bitstreams: 1 2010_MariannaJacominyAMendes.pdf: 5250128 bytes, checksum: cb1f468453a7f801167d998cb6e39910 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2011-05-20T02:16:48Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_MariannaJacominyAMendes.pdf: 5250128 bytes, checksum: cb1f468453a7f801167d998cb6e39910 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-05-20T02:16:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_MariannaJacominyAMendes.pdf: 5250128 bytes, checksum: cb1f468453a7f801167d998cb6e39910 (MD5) / Geocompostos bentoníticos (GCLs) são materiais sintéticos compostos por um núcleo de bentonita sódica ou cálcica, em pó ou em grânulos, unido a uma ou mais camadas de geossintéticos (geotêxtil ou geomembrana, geralmente). Essas camadas são ligadas por adesivo, agulhagem ou costura. Quando hidratados e confinados, eles cumprem função de barreira de líquidos ou gases com o seu desempenho dependendo, na maioria dos casos, da condutividade hidráulica da bentonita. Graças à baixa permeabilidade aos líquidos e gases, GCLs são comumente usados em aterros sanitários, associados a camada de argila compactada (CCL) e geomembrana (GM) para compor as impermeabilizações de cobertura e fundo dessas instalações. Estudos precedentes investigaram os fatores mais influentes no fluxo de gás/líquidos através de GCLs ou barreiras compostas. Apesar da natureza da bentonita ser tão importante para a permeabilidade dos GCLs, não há dados na literatura a respeito da influência da natureza da bentonita no fluxo de gás através de GCLs ou fluxo de líquidos através de barreiras compostas envolvendo GCLs. Isso é o tema que a presente tese quer esclarecer. Além de estudar a influência da natureza da bentonita, o impacto do processo de manufatura do GCL na vazão e na transmissibilidade na interface GM-GCL também foi discutido. Dois estudos foram conduzidos: (i) investigação da permeabilidade ao gás de GCLs simulando as condições de cobertura de aterros sanitários; (ii) investigação do transporte de líquidos através de barreiras compostas GM-GCL-CCL devido a um dano na geomembrana, sob condições típicas do fundo de aterros sanitários. No primeiro estudo, um equipamento recentemente proposto, cujo funcionamento baseia-se no método da queda de pressão, foi usado em ensaios para verificar a permeabilidade ao gás de GCLs. Três GCLs costurados do mesmo fabricante, diferindo pela natureza da bentonita (sódica natural, cálcica natural e cálcica ativada) foram testados. Os resultados mostram que o teor de umidade gravimétrica necessário para atingir certa permeabilidade depende da natureza da bentonita. O mesmo não foi observado em termos de teor de umidade volumétrica, destacando a importância da estrutura da bentonita na sua permeabilidade. No entanto, outros fatores se mostraram mais importantes do que a natureza da bentonita na permeabilidade ao gás dos GCLs: a dessecação devido ao fluxo de gás pode aumentar significativamente a permeabilidade, o que compromete o desempenho do GCL como barreira. O segundo estudo focou na investigação da influência das características do GCL no transporte de liquido através de uma barreira composta sob condições típicas da base de aterros sanitários. Quatro tipos de GCLs com dois processos de manufatura (costurado ou agulhado) e duas bentonitas diferentes (sódica natural ou cálcica natural) foram ensaiados. Os resultados obtidos mostram que não houve influência significativa de vazão versus tempo para os ensaios conduzidos, especialmente depois de atingido o regime permanente de fluxo. Uma solução analítica foi empregada para estimar a transmissibilidade da interface GM-GCL. Essa solução permitiu também a previsão de vazamento e raio da área molhada em barreiras compostas de dimensões reais. Os resultados obtidos mostram pouca influência da natureza da bentonita na vazão e a predominância de caminhos preferenciais de fluxo na interface transmissível GM-GCL. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Geosynthetic Clay Liners (GCLs) are synthetic materials composed by a core of calcium or sodium bentonite, either in powder or granular, bonded to one or more geosynthetic layers (geotextile or geomembrane, in general). These layers are usually bonded by an adhesive, needle-punching, stitch-bonding or sewing. When hydrated and confined, they fulfil functions of liquid or gas barrier with their hydraulic performance depending in most cases on the hydraulic conductivity of the bentonite. Thanks to their low permeability to water and gases, GCLs are often used in municipal solid waste landfill applications, combined to compacted clay liners (CCL) or with geomembranes (GM) as part of both bottom and cover liners. Previous studies were conducted to investigate the most important factors that influence the gas/liquid flow rate through GCLs or composite liners. Although the nature of bentonite is so important in the permeability of the GCLs there is a lack of data in the literature regarding the influence of the nature of the bentonite on the gas flow through GCLs and liquid flow through composite liners involving GCLs. That is what this thesis aims at clarifying. Furthermore, in conjunction with the nature of the bentonite, the impact of the manufacturing process of the GCL on the flow rate and transmissivity at GM-GCL interfaces was also discussed. Two studies were performed: (i) investigation of the GCL permeability to gas simulating the covering conditions of municipal solid waste landfill; (ii) investigation of liquid transfer through composite liners GM-GCL-CCL due to a defect in the geomembrane, simulating typical conditions of bottom liners in landfills. In the first study, an apparatus recently proposed, based on the falling pressure method, was used in tests to verify the GCL permeability to gas. Three stitch bonded GCLs from the same manufacturer differing by the bentonite nature (natural sodium, natural calcium and activated calcium) were tested. The results showed that the gravimetric water content of the GCL necessary to attain a certain permeability value depends on the bentonite nature, which was not observed in terms of volumetric water content. However, other factors showed to be more important than the nature of bentonite in the GCL permeability to gas: the desiccation due to the gas flow can increase significantly the permeability, which compromise the GCL performance as a gas barrier. The second study focused in investigating the influence of the GCL characteristics in the liquid flow through a composite liner under bottom liners solicitations. Four types of GCLs with two different bonding processes (stitch-bonded or needle-punched) and different bentonites (natural sodium or natural calcium) were tested. The results obtained showed no significant differences among flow rate versus time in most of the tests performed, especially after steady-state conditions of flow having been reached. An analytical solution was employed to estimate the transmissivity of the GM-GCL interfaces. This solution also allowed predictions of flow rates and radius of wetted areas for typical configurations of composite liners in the field. The results obtained showed little influence of the nature of the bentonite and the predominance of influence of the presence of preferential flow paths between the geomembrane and the GCL surface on the transmissivity of GM-GCL interfaces and flow rates through composite liners. ___________________________________________________________________________________ RÉSUMÉ / Géosynthétiques bentonitiques (GCLs) sont matériaux synthétiques composées par un noyaux de bentonite sodique ou calcique, en poudre ou en granulats, liés à un ou plus couches de géosynthétiques (geotextiles ou geomembranes en générale). Les GCLs peuvent être aiguillettes, cousus, liés par adhésive, entre autres. Lorsque le GCL est confinée et hydratée, il présente de bonnes propriétés d’étanchéité pour accomplir la fonction de barrière. Sa performance dépend, généralement de la conductivité hydraulique de la bentonite. Grâce à leur faible perméabilité, les GCLs sont souvent installés au fond ou couverture des Installations de Stockage de déchets (ISD) associés avec l’argile compactée (CCL) ou avec la geomembrane (GM). Des études précédentes ont investigué les facteurs qui affectent la fuite de gaz/liquide au travers les GCLs ou les étanchéités composites. Malgré la nature de la bentonite soit si importante pour la perméabilité des GCLs, il n’y a pas dans la littérature concernant l’influence de la nature de la bentonite dans la fuite de gaz au travers les GCL ou la fuite de liquide au travers les étanchéités composites. C’est pour quoi cette étude s’intéresse. On propose d’étudier également l’effet du procès de manufacture du GCL dans l’écoulement de liquide et transmissivité de l’interface GM-GCL. Deux études sont été menés : (i) investigation de le perméabilité aux gaz des GCL ; (ii) investigation du transfert de liquide au travers des étanchéités composites GM-GCL-CCL du a un endommagement dans la GM. Pour la première étude un équipement proposé récemment, basée sur la méthode de chute de pression a été utilisé pour mesurer la perméabilité aux gaz des GCLs. Trois GCLs cousus à base de bentonites de différentes natures (sodique naturelle, calcique naturelle et calcique activée) ont été testés. Les résultats indiquent que la teneur en eau gravimétrique nécessaire pour atteindre une cer aine valeur de perméabilité dépend de la bentonite. Concernant la teneur en eau volumique, pratiquement la même relation a été obtenue, indépendamment de la bentonite. D’autres facteurs ont affecté plus significativement la perméabilité au gaz des GCLs : la dessiccation du au flux de gaz peut causer l’augmentation de la perméabilité et compromettre la performance du GCL comme barrière étanche. La deuxième étude s’est concentré dans l’investigation de l’influence des caractéristiques du GCL sur l’écoulement de liquide au travers une étanchéité composite.GM-GCL-CCL. Quatre types de GCLs avec deux procès de manufacture (aiguilleté ou cousu) et deux natures de bentonite (sodique naturelle ou calcique naturelle) ont été testés. Les résultats indiquent que la nature de la bentonite n’affecte le flux que pendant le régime transitoire. Les valeurs de transmissivité de l’interface GM-GCL ont été calculées par une solution analytique qui a également possibilité des prédictions du débit de fuite au travers des étanchéités composites en configurations typiques du fond des ISD. Les résultats indiquent une faible influence de la nature de la bentonite dans l’écoulement de liquide au travers les étanchéités composites. Au même temps on a note une certaine influence des chemins préférentielles de flux, notamment pendant le régime transitoire.
10

Minipermeametria aplicada a caracterização de reservatorio tubiditico

Blaskovski, Paulo Roberto 20 December 1996 (has links)
Orientadores: Marco Antonio Schreiner Moraes, Armando Zaupa Remacre, Euclides Jose Bonet / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias / Made available in DSpace on 2018-07-21T21:14:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Blaskovski_PauloRoberto_M.pdf: 9216661 bytes, checksum: 8caf25f619c6e02c86a7084ff40f53e6 (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: A minipermeametria é uma técnica utilizada na obtenção de dados praticamente contínuos da permeabilidade de rochas reservatório, em laboratório e afloramentos, a um custo inferior aos dos métodos convencionais. Possui também a vantagem de ser não destrutiva e possuir acuracidade compatível àquelas feitas em plugues de testemunhos em celas de Hassler. A presente dissertação tem por objetivos testar um minipermeâmetro de fluxo transiente de laboratório em testemunhos e identificar as características geológicas que condicionam a distribuição da permeabilidade num reservatório de petróleo constituído por espessos pacotes de arenitos turbidíticos de granulação grossa. (Os dados foram coletados tanto nos testemunhos, longitudinalmente na superfície serrada dos mesmos, quanto nas extremidades planas dos plugues. Os testemunhos possuem diversos trechos fragmentados devido à friabilidade da rocha e amostragens petrofísicas e petrográficas anteriores, e nem sempre foi possível manter o espaçamento constante na coleta. Dentre as seis litofácies presentes no reservatório, as principais são arenito maciço e arenito conglomerático com excelentes características permo-porosas. Os turbiditos são normalmente espessos, possuíndo granodecrescência ascendente bem desenvolvida. A rocha é classificada como arc6sio a subarcósio e os principais elementos diagenéticos são pseudomatriz argilosa, normalmente silicificada e com alta microporosidade, e cimentação calcífera. A porosidade, em geral, é boa e principalmente intergranular, causada pela dissolução do cimento calcífero. Os dados obtidos pela minipermeametria são de alta qualidade, e possuem boa correlação com os dados de permeabilidade obtidos de plugues em celas de Hassler. Gerou-se, através de regressão linear entre o /OglO da permeabilidade obtida adjacente aos buracos de extração dos plugues e o /Og10 da permeabilidade dos respectivos plugues, uma equação para a correção dos dados de minipermeametria. Somente os dados coletados no eixo central dos testemunhos foram utilizadas nos estudos de caracterização do reservatório, pois foi constatado que os testemunhos se encontram danificados por fluido de perfuração, com decréscimo da permeabilidade medida do eixo central para a borda. As sucessões de granodecrescência ascendente são responsáveis pela macrotendência na distribuição da permeabilidade. Os principais agentes de alteração nesta tendência são o cimento calcífero e a pseudomatriz argilosa, gerando forte ruído, de tal forma que muitas vezes dominam a distribuição. Os dados de plugues são insuficientes para capturar a estrutura da permeabilidade / Abstract: Minipermeametry has been used to provide quasi-continuous reservoir permeability data in laboratory and outcrop applications. This technique is non-destructive and cheaper than conventional methods. 115 accuracy is comparable to Hassler-sleeve measuremen15 on core plugs. This dissertation aims to test an UDSteady-state laboratory minipermeameter on cores and to identify the geologica1 characteristics that regulate the permeability distribution in a thick coarsegrained turbiditic petroleum reservoir. rThe data were collected longitudinally along the slabbed swface of cores and at the end of core plugs. Cores are fragmented due to rock friability and previous petrophysica1 and petrographic sampling; as a result, keeping sample spacing constant wasn't always possible. Among the six litofacies present, the major are massive sandstone and conglomeratic sandstone, with excellent reservoir characteristics. The turbidites are broad1y thick and fming-upward. The rock is c1assified as arcose to sub-arcose and the main diagenetic elements inc1ude argilaceous pseudomatrix, often silicified and presenting high microporosity, and calcite cement. The porosity is usually good and intergranular due to calcite cement dissolution. Minipermeametry data are high quality and show good fitting with conventional Hassler-sleeve plug data. An equation to correct minipermeametry data was developed from the linear regression between the /OglO of permeability, collected adjacent to the core plugs extraction holes, and the /OglO of permeability from respective Hassler-sleeve plug data. On1y core central axis data were used for reservoir characterization studies because it was verified that the cores were damaged by drilling mud, and the data show decreasing measured permeability from central axis to the core border. The macrotrend permeability distribution is related to fming-upward successions. The main alteration agents in this trend are calcite cement and argilaceous pseudomatrix. They generate such a strong noise in distribution, that they loca1y become dominant. Hassler-sleeve plug data are insufficient to capture the permeability structure / Mestrado / Mestre em Geoengenharia de Reservatorios

Page generated in 0.0749 seconds