• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 34
  • Tagged with
  • 34
  • 34
  • 10
  • 6
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Identificação de genes regulados por acido jasmonico em Arabidopsis thaliana : caracterização de dois genes homologos as proteinas ligantes de mirosinase

Capella, Adriana Natalicio 01 August 2018 (has links)
Orientadores : Paulo Arruda, Celso Eduardo Benedetti / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-01T21:05:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Capella_AdrianaNatalicio_D.pdf: 6563448 bytes, checksum: 98cf06f047edde1b15033fe58a9c00c5 (MD5) Previous issue date: 2001 / Doutorado
2

Controle ambiental e ação de reguladores de crescimento no desenvolvimento de plantas de Aria Calathea allouia (Aubl.) Lindl.

Bueno, Carlos Roberto 31 October 1989 (has links)
Orientador : Maria de Fatima D. A. Pereira / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-14T00:17:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Bueno_CarlosRoberto_D.pdf: 10524194 bytes, checksum: 4259cd8aca76d393a30732fd0337684e (MD5) Previous issue date: 1989 / Resumo: Calathea allouia é uma espécie originária da América Tropical que e reproduz vegetativamente por meio de rizomas e pode produzir raízes tuberosas, as quais, na Amazônia tem sido utilizadas na alimentação. Foram estudados os efeitos de alguns fatores do ambiente, como por exemplo o fotoperÍodo, que mostrou marcante influência na iniciação de raízes tuberosas, sendo esta promovida por dias curtos, enquanto que a formação de rizomas apresentou- se favorecida por dias longos. A interrupção do período de escuro confirmou os resultados obtidos. Análises bioquímicas mostraram que a formação de raízes tuberosas nesta espécie se caracteriza por um acúmulo inicial de açúcares solúveis no ápice da raiz que irá tuberizar, enquanto que a deposição de amido é iniciada após a estrutura de reserva atingir cerca de 5 mm de diâmetro. O teor de proteínas mostrou-se maior em raízes tuberosas pequenas, sendo reduzido com o desenvolvimento das mesmas. O teor em prolina livre apresentou- se mais elevado com a interrupção da noite. enquanto os teores de clorofilas (a, b e total) foram reduzidos neste tratamento fotoperiódico. o qual inibiu a formação de raízes tuberosas. O comportamento estomático não mostrou alterações significativas entre os tratamentos fotoperiódicos, apresentando apenas variações em função do ritmo endógeno da planta. reduziu o crescimento em geral das plantas e inibiu a iniciação da tuberização, porém não afetou o número de rizomas formados / Abstract: Not informed. / Doutorado / Biologia Vegetal / Mestre em Ciências Biológicas
3

Efeito alelopático do extrato aquoso foliar de Eugenia dysentericaDC. (Myrtaceae – cagaita) na germinação, crescimento emorfo-anatomia de Sesamum indicum L. (Pedaliaceae – gergelim) e Raphanus sativus L. (Brassicaceae – rabanete)

Pina, Giselle de Oliveira 03 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica, 2008. / Submitted by Suelen Silva dos Santos (suelenunb@yahoo.com.br) on 2009-09-14T17:56:28Z No. of bitstreams: 1 2008_GiselleOliveiraPina.pdf: 6499098 bytes, checksum: c001bfcf0bff7d7c23fcaa943c94b1e8 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2010-09-24T14:54:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_GiselleOliveiraPina.pdf: 6499098 bytes, checksum: c001bfcf0bff7d7c23fcaa943c94b1e8 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-09-24T14:54:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_GiselleOliveiraPina.pdf: 6499098 bytes, checksum: c001bfcf0bff7d7c23fcaa943c94b1e8 (MD5) / Alelopatia é a influência de plantas sobre outros organismos por meio de compostos por elas produzidos e lançados no meio. Algumas espécies da família Myrtaceae apresentam evidências de propriedades alelopáticas. Eugenia dysenterica DC., conhecida como cagaita, é frequentemente encontrada no Cerrado sentido restrito. Os objetivos desse estudo foram quantificar os efeitos alelopáticos de extratos aquosos foliares de cagaita na germinação e no crescimento de gergelim (Sesamum indicum L.) e de rabanete (Raphanus sativus L.), e verificar se a atividade alelopática dos extratos tem interferência do pH e da secagem das folhas antes do preparo dos mesmos. Para tal, os extratos foram preparados a partir de folhas maduras frescas e secas. A secagem ocorreu em estufa (50 ºC /24h). Em ambos os casos as folhas foram trituradas e solubilizadas em água a 5% (p/v) com diluição para 1% e 3%. Os efeitos do pH do extrato foram verificados através de tratamentos com o pH original do extrato (4,7) e tratamentos com o pH ajustado para 7,0. Para a germinação, foram utilizadas placas de petri com 10 sementes de gergelim/rabanete contendo 6 mL dos extratos (suas diluições) e água como controle, com três repetições por tratamento. Houve acompanhamento diário por 5 dias. Para os experimentos de crescimento nos extratos, foram utilizadas sementes pré-germinadas em água. Após cinco dias as plântulas tiveram suas partes aérea e radicular medidas e características morfológicas registradas. Os experimentos foram conduzidos em câmaras de germinação a 25ºC (rabanete) e 30oC (gergelim), com fotoperíodo de 12h. Os resultados mostram que a germinabilidade e o tempo médio de germinação de ambas as espécies-alvo não foram afetados pelos extratos, independentemente do pH e da secagem ou não das folhas. Quanto ao crescimento, a parte radicular foi a mais afetada para as duas espécies, apresentando redução em seu comprimento 82% (gergelim) e 87% (rabanete), escurecimento radicular em todas as plântulas em contato com o extrato, redução do número de plântulas com pêlos radiculares (73% e 90% - gergelim e rabanete, respectivamente) e com raízes laterais (30% e 70% respectivamente). O ajuste do pH para 7,0 não alterou o potencial alelopático do extrato. O extrato proveniente de folhas secas promoveu maior efeito inibitório no crescimento radicular 85% (gergelim) e 86% (rabanete) que o de folhas frescas (69% e 80% respectivamente). ________________________________________________________________________________________________________________________ Abstract / Allelopathy is the influence that compounds produced by plants and released into the environment produces on other organisms. Some Myrtaceae’s species have shown some allelopathic property. Eugenia dysenterica DC., popular known as cagaita, is very common in the Cerrado sentido restrito. The objectives of this study were 1) to quantify the allelopathic effects of leaf aqueous extract of cagaita on the germination and growth of sesame (Sesamum indicum L.) and radish (Raphanus sativus L.) seedlings and 2) to verify if the allelopathic activity of the extracts are influenced by its pH and by the drying of the leaves before preparing them. Aqueous extracts were prepared using fresh and dry adult leaves. The leaves were dryed at 50º C for 24h. In both cases the leaves were grinded and dissolved in water at 5% (w/v) with posterior dilution to 1% and 3% for the experiments. The effects of pH of the extracts were verified through treatments keeping the original pH value (4,7) and treatments with pH adjusted to (7,0) with NaOH. To test the effects on germination, Petri dishes with 10 seeds of sesame/radish each containing 6 ml of the extracts (1 and 3%) were employed, water was the control. Three replications by treatment were conducted. Germinated seeds were counted everyday for up to five days. To test the effects on seedling growth, seeds previously germinated in water were employed. They were disposed in 15cm petri dishes with 10 mL of the extract to be tested. Water was the control. All the experiments were carried out in B.O.D. chambers at 25ºC (radish) and 30ºC (sesame), with photoperiod of 12h. After five days, the seedlings had their aerial and root parts measured and morphological characteristics were recorded. The results show that the germinability and the average time of germination of both targeted-species were not affected by the leaf extract of cagaita, irrespective of its pH and the drying of the leaves. However, the seedling growth was affected by the extracts. For both species the root parts showed to be more sensitive to the extracts than the shoot parts, showing a growth inhibition of about 82% (sesame) and 87% (radish), when compared to the growth in water. Both sesame and radish seedlings incubated in the extracts presented a reduction of the number of seedlings with root hairs (73% and 90% - sesame and radish, respectively) and with lateral roots (30% and 70% respectively). These effects were not affected by the pH adjustment. However, extracts prepared with dry leaves promoted a higher inhibitory effect on root growth 85% (sesame) and 86% (radish) than the fresh leaves one (69% and 80% respectivetly).
4

Efeito dos reguladores de crescimento vegetal no alongamento do eixo principal de Dalbergia miscolobium

Cavallari, Wilson Roberto 05 December 1991 (has links)
Orientador : Ana Maria Monteiro / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-14T01:53:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cavallari_WilsonRoberto_M.pdf: 8710649 bytes, checksum: 872510c71ba4b217b53811a938740a22 (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: O lento alongamento da parte áreas de Dalbergia característico de plântula de cerrado, em relação ao da raiz é mensurável desde o 10º dia após a embebição. Com o objetivo de se avaliar os efeitos dos reguladores de crescimento neste processo do alongamento do eixo de Dalbergia miscolobium, este trabalho foi desenvolvido numa seqüência de etapas em que se estudou o alongamento das diferentes regiões da plântula intacta e de segmentos de hipocótilo submetidos a deferentes reguladores de crescimento. O AIA inibe o alongamento e o peso seco do eixo das plântulas somente em altas concentrações. Parece que este efeito não está relacionado com a liberação de etileno, pois, este fitormonio afeta, principalmente o alongamento da raiz, inibindo-o O GÁ3 em altas concentrações promove o alongamento da parte aérea, principalmente do hipocótilo e altera a taxa de crescimento parte aérea/reaiz. CCC e AMO - 1618 não são específicos na inibição do alongamento do eixo enquanto que o Tecyclacis promove sua inibição. Aplicações de GÁ3 são capazes de reverter este efeito no alongamento do hipocótilo, tanto ao nível macroscópico como ao nível celular. Apesar de aplicações de íons potássio promovem o alongamento do hipocótilo, este efeito não sinergistico com o causado pelo GA3 o ABA inibe o alongamento do eixo em baixas concentrações, inibindo inclusive o processo de germinação, quando concentrações mais altas são aplicadas as plantas. Assim, parece que estes regulador esta envolvido mais efetivamente no controle da germinação do que no do alongamento do eixo. O alongamento de células de segmentos do hipocótilo de Dalbergia é promovido por ATA. D-triptofano, L-triptofano+GA3 e D-Triptofano+ GA3 . talvez o GA3 atue no controle da biossintese do ATA em segmentos do hipocótilo de Dalbergia por meio da promoção da conversão de L-triptofano para D-triptofano / Mestrado / Biologia Vegetal / Mestre em Ciências Biológicas
5

Crescimento, floração e formação de raizes tuberosas em Psophocarpus tetragonolubus (L.) DC

Schiavinato, Marlene Aparecida, 1953- 16 August 1990 (has links)
Orientador : Ivany Marques Valio / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-13T22:38:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Schiavinato_MarleneAparecida_D.pdf: 8938459 bytes, checksum: 25c0e074420271f3481ec7b6b42efe19 (MD5) Previous issue date: 1990 / Resumo: O objetivo deste trabalho foi estudar o comportamento de plantas de P. tetragonolobus obtidas a partir de sementes provenientes da Indonésia, quando cultivadas nas condições locais (região de Campinas). As temperaturas mais favoráveis para germinação de sementes, tanto na luz como no escuro, foram 25 e ¿30 GRAUS C¿. As plantas cultivadas em canteiros no período Primavera-Verão apresentaram um crescimento mais vigoroso (o que foi refletido por um aumento grande de peso da matéria seca da parte aérea e maior área foliar) que plantas que cresceram no período outono-inverno. ... Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Doutorado / Doutor em Ciências Biológicas
6

Separação, quantificação e caracterização dos componentes da leghemoglobina de Styzolobium atterrimum (mucuna preta) em diferentes estagios de desenvolvimento

Barbosa, Neuza Maria, 1946- 18 December 1990 (has links)
Orientador: Nilce Correa Meirelles / Tese (doutorado) - Universidade Estadualde Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-13T22:50:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Barbosa_NeuzaMaria_D.pdf: 3817365 bytes, checksum: 93d0dd52f89c2312f7d129126bfb1556 (MD5) Previous issue date: 1990 / Resumo: As leghemoglobinas (legHb) sintetizadas nos nódulos de raiz de plantas leguminosas durante a fixação simbiótica de N2, são semelhantes as mioglobinas animais quanto à estrutura e função. A síntese da legHb nos nódulos é produto da expressão de diferentes genes e os tipos moleculares em uma mesma espécie podem ser identlficados por cromatografia de troca iônica. A legHb de mucuna preta, foi purificada por precipitação do extrato de tecido nodular com sulfato de amônio entre 55% e 80% de saturação; passagem em DEAE-celulose ph 7,0 para retenção dos pigmentos; oxidação com ferricianeto de potássio e passagem em G-25 para eliminação do oxidante. A legHb total, na forma oxidada e complexada com acetato foi aplicada em DEAE-celulose equilibrada com tampão acetato pH 5,2. Os componentes sintetizados nos diferentes estádios foram separados pela aplicação de gradiente linear de acetato. O conteúdo de legHb total no estádio vegetativo foi de 1,23 mg/g de nódulo; na floração foi 1,O1 mg/g de nódulo e na frutificação 0,35 mg/g de nódulo. O perfil cromatográfico no estádio vegetativo e na floração é o mesmo e foram identificados 5 componentes. Na frutificação foram encontrados apenas 4 componentes. A redução na síntese de legHb com a idade da planta não é seguida de uma redução proporcional na quantidade relatlva dos componentes. Os componentes mais diferenclados pelo comportamento cromatográfico foram caracterizados quanto ao peso molecular, propriedades espectrais, afinidade pelo anion acetato e pK da transição ácida alcalina / Doutorado / Biologia Vegetal / Doutor em Ciências Biológicas
7

Efeitos do fotoperiodo no crescimento, floração e conteudo de carboidratos em hyptis brevipes poit. (labiatae)

Zaidan, Lilian Beatriz Penteado 30 June 1987 (has links)
Orientador : Sonia Machado de Campos Dietrich / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-17T22:59:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Zaidan_LilianBeatrizPenteado_D.pdf: 8658110 bytes, checksum: 20462f04280bb22c14289abf8712fa96 (MD5) Previous issue date: 1987 / Resumo: Hyptis brevipes Poit. (Labiatae) é uma planta anual, herbácea, invasora de lavouras perenes e encontrada da facilmente em lugares úmidos, como pastagens de várzea e beira de canais, lagoas e riachos. Os efeitos de tratamentos fotoperiódicos, aplicados ou não a temperaturas controladas, foram analisados no crescimento vegetativo, na floração e na variação dos teores de carboidratos de plantas originárias de sementes, coletadas na região de Campinas, SP. Quanto ao crescimento vegetativo, foi observado que, em fotoperiodos mais curtos,as plantas apresentaram maior crescimento em altura e maior número de nós, especialmente a '25 º'. O número de dias em que as plantas permaneceram em condições de dias curtos influenciou significativamente esses parâmetros de crescimento. Os ramos laterais localizados no '5 º e 6 º nós mostraram maior sensibilidade ao tratamento fotoperiódico e à temperatura do que os ramos situados abaixo e acima destes no eixo caulinar. Temperatura de 30 º reduziu fortemente a área foliar. A intercalação de dias longos numa série de dias curtos provocou diminuição na altura das plantas e no comprimento dos ramos laterais, sendo que essa inibição de crescimento foi aumentada à medida que mais dias longos foram inseridos. H. brevipes é uma especie quantitativa de dias curtos para floração, com fotoperiodo critico entre 12 e 13 horas / Abstract: Not informed. / Doutorado / Doutor em Ciências Biológicas
8

Fisiologia do crescimento em Hippeastrum hybridum cv. apple blosson : relações fonte - dreno

Stancato, Giulio Cesare 03 June 1993 (has links)
Orientador : Antonio Celso N. Magalhães / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-18T15:22:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Stancato_GiulioCesare_M.pdf: 2877653 bytes, checksum: d251ce9ccf725199b028308ca0b5479f (MD5) Previous issue date: 1993 / Resumo: Com o objetivo de conhecer o particionamento da matéria seca em duas fases do ciclo de Hippeastrum hybridum cv. apple blossom através de índices fisiológicos de crescimento e metabolismo de carboidratos no orgão de reserva, foram montados dois ensaios: 1. crescimento de bulbilhos através de propagação pelo método de escama dupla, em estufim. Os resultados obtidos nesse ensaio permitem, dentre outras, as seguintes conclusões (i) ocorre transferência das reservas das escamas interna e externa para a formação do bulbilho, folhas e raízes em todos tratamentos, sendo que a escama externa cede mais material; (ii) numa primeira etapa (62 dias), nos três tratamentos, as reservas contidas na escama dupla são responsáveis pelo desenvolvimento do bulbilho. Na segunda etapa do processo de propagação tratamento notam-se diferenças entre os tratamentos. Os bulbilhos do tratamento luz mostraram intenso crescimento enquanto os bulbilhos mantidos no escuro acumularam matéria seca 48.5% menos quando comparado ao tratamento de luz. Os bulbilhos transferidos do escuro para a luz responderam rapidamente à condição de irradiância, e tiveram a taxa de acúmulo de matéria seca aumentada a partir dos 62 DAP. 2. crescimento de bulbos de um ano sob o efeito de sombreamento e plena irradiância, em casa de vegetação. Sob a óptica do particionamento da matéria seca, em dois níveis de irradiância, conclui-se que: (i) inicialmente o bulbo atua como fonte de assimilados, que resultam da mobilizatão das reservas do órgão subterrâneo; (ii) os resultados das análises dos teores de carboidratos nos bulbos permitem avançar algumas conclusões sobre a dinâmica das relações fonte: dreno das plantas, sendo que na fase fonte do orgio de reserva ocorreu intensa hidrólise, principamente de amido, e mobilização de açucares para os drenos em desenvolvimento; posteriormente esse fluxo foi revertido em tôrno dos 50 DAP para o tratamento plena luz e 76 DAP no tratamento sob sombrite 50% (iii) sob cultivo com baixos níveis de irradiância o crescimento do bulbo foi prejudicado, já que por um período, folhas e bulbo competiram por assimilados, como consequência das alterações no particionamento de matéria seca sob estas condições; (iv) Dos valores de RAF e AFE pode-se inferir que em ambos tratamentos houve uma fase de grande expansão foliar, como resultado do aumento de temperatura e grande demanda exercida pelas folhas, com valores maiores no tratamento sombrite 50%, para o estabelecimento do aparelho fotossintetizador / Abstract: The partitioning of dry matter and carbon fractions in two stages of development of Hippeastrum hybridum cv. apple blossom, were studied in relation to growth irradiance regimes, in the greenhouse. The analysis of growth of twin scaIe propagated bulbils, subjected to full sunlight, continuos darkness, and dark-light transition, indicated the occurrence of an active transfer of reserves from both external and internal scales to the developing bulbils, leaves and roots. In the first 62 days of growth bulbil development was entirely dependent on scale's reserves, irrespective the imposed treatments. During the second period dark-grown bulbils accumulated 48.5% less dry matter compared with the light exposed ones, while the bulbil that have been transferred from darkness to full irradiance showed a rapid growth response similar to the light treatment. The second set of experiments considered the growth analysis of one year old bulb propagated plants, under full and 50% irradiance treatments. Our data showed that during the initial phase of development, the underground storage organ, the bulb, functions as an efficient source of assimilates that rapidly mobilizes reserves for shoot and root growth. Actually, during this phase the starch reserves, as well as the soluble sugars are intensively mobilized to the developing leaves. This flux is reversed as the plants reach the 50th day after planting, in the full irradiance treatment, and the 76th day in the shaded plants. Under low irradiance level it was observed a decrease of final bulb growth, accompanied by larger leaf expansion, as indicated by the high values of leaf Area Ratio (lAR) and Specific leaf Area (SlA) / Mestrado / Mestre em Biologia Vegetal
9

Germinação e desenvolvimento de propagulos de Marchantia chenopoda

Melare, Maria Eliza 23 May 1990 (has links)
Orientador: Maria de Fatima D. A. Pereira / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-13T23:05:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Melare_MariaEliza_M.pdf: 4375632 bytes, checksum: 7e59fc51365d749f1b59a66f3b21847e (MD5) Previous issue date: 1990 / Resumo: Marchantia chenopoda é uma hepática comum em locais quentes e úmidos. A reprodução vegetativa nessa espécie ocorre através de estruturas denominadas propágulos, que se desenvolvem dentro de receptáculos situados na superfície dorsal do talo. A germinação de propágulos pode estar condicionada aos mesmos fatores controladores de desenvolvimento de plantas superiores, onde e fenômeno é mais estudado. Este trabalho teve como objetivo o estudo do envolvimento da luz e de substâncias de crescimento no controle do desenvolvimento inicial dos talos, bem como na formação destes dentro dos receptáculos. A germinação de propágulos e o crescimento inicial dos talos ocorreram quando os propágulos foram expostos à luz vermelha ou branca e não aconteceu no escuro, mesmo com a aplicação de sacarose. Em vermelho-extremo e azul também não ocorre crescimento, sugerindo o envolvimento do fitocromo como fotorreceptor. Também com aplicação de solução nutritiva não ocorre crescimento dos propágulos em escuro ... Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Mestrado / Fisiologia Vegetal / Mestre em Ciências Biológicas
10

Trichoderma spp. como promotores de crescimento em plantas e como antagonistas a Fusarium oxysporum

Santos, Hugo Almeida dos 05 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2008. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2009-09-16T17:51:00Z No. of bitstreams: 1 2008_HugoAlmeidadosSantos.pdf: 598248 bytes, checksum: b8d5716e82a11e33d51d83f78d9abffd (MD5) / Approved for entry into archive by Gomes Neide(nagomes2005@gmail.com) on 2010-06-22T20:05:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_HugoAlmeidadosSantos.pdf: 598248 bytes, checksum: b8d5716e82a11e33d51d83f78d9abffd (MD5) / Made available in DSpace on 2010-06-22T20:05:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_HugoAlmeidadosSantos.pdf: 598248 bytes, checksum: b8d5716e82a11e33d51d83f78d9abffd (MD5) Previous issue date: 2008-05 / O Brasil é um dos maiores produtores de feijão, soja, milho e maracujá. Dentre as novas tecnologias de produção, o uso de agentes biológicos vem sendo empregado desde no controle de fitopatógenos como na indução do desenvolvimento de plantas. Os fungos do gênero Trichoderma se destacam como agente de controle biológico, bem como, na promoção de crescimento de plantas. Este trabalho buscou a avaliação da capacidade de isolados de Trichoderma (Trichoderma harzianum(CEN151), Trichoderma harzianum (CEN 129), -Trichoderma,saparellum (CEN 162), Trichoderma pseudokoningii (CEN 209) -- Trichoderma harzianum (CEN 223) - Trichoderma harzianum (CEN 240) - Trichoderma longibrachiatum (CEN 280), Trichoderma sp. (CEN 523)- Trichoderma asperellum (CEN 201) - Trichoderma harzianum (CEN 251), - Trichoderma sp. (CEN 524) - Trichoderma harzianum (CEN 262)) pertencentes à coleção de Fungos para Controle Biológico e Plantas Daninhas da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia no enraizamento de estacas de maracujá, na promoção de crescimento de plantas, nas culturas de soja, milho e feijão, e biocontrole de Fusarium oxysporum. O primeiro. Trabalho teve como objetivo estudar o efeito de isolados de Trichoderma no enraizamento e no desenvolvimento de estacas de P. edulis Sins f. flavicarpa (Deg.) juntamente com Ácido indol butírico (AIB). O experimento foi realizado em casa-de-vegetação, adotando o delineamento experimental em blocos casualizados com esquema fatorial (6x2), utilizando os seguintes tratamentos: cinco isolados de Trichoderma, com e sem aplicação do hormônio AIB, com quatro repetições. A parcela experimental constituiu-se de um vaso com quatro plantas. A análise dos dados obtidos revelou diferença significativa entre os tratamentos quanto ao peso de matéria seca e fresca das plantas de maracujazeiro. Os cinco isolados de Trichoderma mostraram efeito positivo no incremento de matéria seca e fresca. Houve interação significativa entre os fatores com e sem hormônio. Não foi detectado efeito significativo do uso de Trichoderma, quanto ao enraizamento de estacas. O segundo trabalho teve como objetivo de estudar o potencial de isolados de Trichoderma, como promotores de desenvolvimento de raízes e de partes aéreas, nas culturas de feijão, soja e milho. Os ensaios foram conduzidos em casa de vegetação, sendo que com o feijão, o trabalho também consistiu em experimentos de campo. As sementes para plantio foram tratadas com suspensões contendo 107conídios/ml de Trichoderma. As variáveis analisadas foram: matéria seca da parte aérea e de raízes. Para a cultura do feijoeiro, determinou-se, também, o número de vagens produzidas. Os ensaios foram conduzidos em blocos ao acaso com quatro repetições. Em casa de vegetação, a unidade experimental foi constituída por um vaso de 5 kg de capacidade, semeadas com quatro sementes. O ensaio realizado no campo com feijão, o delineamento foi em quatro blocos casualizados contendo 11 tratamentos com isolados de Trichoderma spp. e cada tratamento com 24 plantas. Nos ensaios com soja o melhor resultado foi obtido pelo isolado CEN 201 tanto para raiz como para parte aérea. Para milho os isolados CEN 262 e CEN 280 apresentaram resultados positivos para parte aérea e CEN 129, CEN 151, CEN 201, CEN 240, CEN 262, CEN 280 para raiz, na cultura de feijão os melhores resultados foram obtido pelos isolados CEN 280 e CEN 151 para parte aérea e CEN 280 para raiz. Em campo os isolados CEN 201, CEN 151 CEN 523 e CEN 262 se destacaram para parte aérea, e CEN 129, CEN 151, CEN201, CEN 240, CEN 262, CEN 280 se destacaram para raiz. Na contagem do número de vagens de feijão plantado em campo os isolados CEN 151, CEN 201, CEN 209 e CEN 262 se destacaram em relação aos demais. No terceiro trabalho objetivou-se avaliar o potencial antagônico de isolados de Trichoderma spp. por meio de cultivo pareado e produção de metabólitos termoestáveis (MT), não termoestáveis (MNT) e voláteis (MV) na inibição da esporulação de Fusarium oxysporum. Nos ensaios MT e MNT os isolados foram cultivados em meio liquido (batata-dextrose) sob agitação a 150 rpm a 25ºC, no escuro. Após 10 dias, a parte líquida foi filtrada. Para o experimento MT, o filtrado foi adicionado ao meio BDA na proporção de 25% (v/v), antes da autoclavagem. Para o MNT, o filtrado foi esterilizado em membrana milipore 0,45μm e adicionado ao meio BDA na proporção de 25% (v/v). Em ambos os casos, o meio foi distribuído em placa de Petri e inoculado com disco (5mm de diâmetro) do patógeno. No ensaio MV discos de micélio (5 mm) do patógeno e do antagonista foram inoculados em meio BDA e incubados por 12 horas, sendo então depositadas, as de F. oxysporum sobre as de Trichoderma spp. Avaliou-se o crescimento e produção de esporos do F. oxysporum. após nove dias. O ensaio foi conduzido em delineamento inteiramente ao acaso com quatro repetições. Todos os isolados inibiram o crescimento de F. oxysporum em cultivo pareado. Todos os testes feitos com metabólitos influenciaram negativamente na esporulação de F. oxysporum. Nos testes com MNT os isolados CEN 151 e CEN 162 foram os que mais se destacaram não apresentando diferença estatística entre si. Nos testes com MT, o isolado CEN 201 e CEN 162 foram os que apresentaram melhor resultado. No ensaio MV o isolado que mais se destacou foi o CEN 129. Os solados testados no biocontrole de F. oxysporum, no desenvolvimento de plantas e como indutores de enraizamento de estacas de maracujá são promissores para uso em grande escala. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Brazil is one of the biggest producers of bean, soybean, corn, and passion fruit in the world. Among new technologies of cultivation, the usage of biological agents has been used to control several pathogens in different crops and to induce plant growth. The Trichoderma sp fungus is used as a biocontrol agent and to increase the development of plant growth. This research intends to evaluate the capacity of Trichoderma sp isolates, (CEN262, CEN 151, CEN 162, CEN 209, CEN 223, CEN 201, CEN 129, CEN 240, CEN 280 and CEN 523, CEN 524) belonging to the collection “Fungi for Biocontrol and Weeds” from Genetic Resources and Biotechnology – Embrapa – working on the promotion of bean, corn, and soybean cultivation growth; on rooting of passion fruit cuttings, and on the biocontrol of Fusarium Oxysporum. The first objective was to study the effect of Trichoderma ssp. fungus on root and cutting growth of P. edulis Sins f. flavicarpa (Deg.) with added Indol butirico Acid (IBA). The experiment was carried out in a greenhouse, adopting random block experimental design in a factorial system (6X2), with the following treatments: five isolates from Trichoderma sp. with or without the use of IBA hormones, in four replications. The experimental part was composed of a pot with four plants. The results showed a great difference compared to other treatments in terms of the weight of dry and fresh plant matter. The five species of Trichoderma presented an increase in the weight (dry and fresh matter) of plants, as well as presenting a significant interaction between those with and without hormone. No relevant effect of using Trichoderma was detected in the rooting of cuttings. This work concludes that the isolates are promising for development of passion fruit. The second study was carried out to examine isolates from Trichoderma to promote development of the aboveground dry plant matter and root growth in soybean, bean and corn cultivation. This was carried out in greenhouses and bean fields, using microbiolised seed, at concentrations of 10 7 conidia of Trichoderma/ml in solution. The analyzed variables were: weight of aboveground dry plant matter and dry root matter; for beans, the number of pods produced was also recorded. The experimental unit in the greenhouse was composed of one pot of five kilograms with four seeds, which were randomly distributed in four repetitions. In the bean-field crop, eleven treatments with fourteen plants in each one were randomly distributed in four blocs. For the assays with soybean, the best result was obtained from the isolate CEN 201 for the root and aboveground dry plant matter. In corn analyses, the isolates from CEN 262 and CEN 280 presented positive results for the aboveground dry plant matter, and the isolates from CEN 129, CEN 151, CEN 201, CEN 240, CEN 262 and CEN 280 for the root. For the cultivation of bean the best result was obtained with isolates from CEN 201 and CEN 151 for aboveground dry plant matter and with isolate from 280 for the root. In the field, the isolates from CEN 201, CEN 151 CEN 523 and CEN 262 stood out for the aboveground dry plant matter, and CEN 129, CEN 151, CEN201, CEN 240, CEN 262, CEN 280 for the root. When pods planted in the field were planted, the isolates from CEN 151, CEN 201, CEN 209 and CEN 262 stood out. This work concluded that the selected isolates are excellent candidates for use in promoting plant growth. The third objective was to evaluate the antagonistic potential of isolates from Trichoderma sp. (CEN 262, CEN 151, CEN 162, CEN 209, CEN 223, CEN 201, CEN 129, CEN 240, CEN 280 and CEN 523), belonging to the collection “Fungi for Biocontrol and Weeds” from Genetic Resources and Biotechnology – Embrapa – working to produce thermo-stable (MT), non-thermo-stable (MNT) and volatile (MV) metabolites for the inhibition of sporulation of Fusarium Oxysporum sp.fungus. In the MT and MNT assays, the isolate was cultivated in liquid environment (potato-dextrose) under agitation of 150 rpm at 25ºC, in the dark. After 10 days, the liquid part was filtered. For the MT experiment, the liquid part was filtered and added to the PDA medium in the proportion of 25% (v/v), before autoclaving. For the MNT assay, the filtered liquid was sterilized in 0.45μm Millipore membrane and added to the PDA medium in the proportion of 25% (v/v). In both cases, the medium was distributed in Petri dishes and inoculated with a disc (5 mm of diameter) of pathogen. In the MV assay, mycelial discs (5mm) of the pathogen and of the antagonist were inoculated in the PDA medium and incubated for 12 hours; the F. oxysporum was then added to the Trichoderma spp. After nine days the growth and production of the spores of F. oxysporum was observed. The assay was in a random design, with four replications. All isolates inhibited the growth of F. oxisporum in paired culture. All tests with metabolites negatively influenced the sporulation of F. oxysporum. In the MNT tests, the isolates CEN 151 and CEN 162 stood out. In the MT tests, the isolates CEN 201 and CEN 162 showed best results. In the MV assay, the isolate from CEN 129 stood out. This research concludes that the selected isolates have high potential for the control of Fusarium pathogen. The isolates tested in biocontrol of F. oxysporum, in the development of plants and to induce the rooting of passion fruit are promising for use on a large scale.

Page generated in 0.0855 seconds