• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 305
  • 3
  • Tagged with
  • 310
  • 310
  • 106
  • 92
  • 77
  • 57
  • 50
  • 49
  • 43
  • 36
  • 35
  • 32
  • 30
  • 29
  • 27
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Flexibilização ou precarização das condições de trabalho ? as cooperativas de trabalho da Região das Missões - RS

Reisdorfer, Vitor Kochhann January 2000 (has links)
A dissertação apresentada enfoca um estudo de caso em três cooperativas de trabalho situadas na região das Missões. Tem o objetivo de identificar e avaliar as formas de flexibilização assumidas por essas cooperativas, bem como as implicações sobre as condições de trabalho de seus cooperados nestas formas mais flexíveis de relações de trabalho. Busca, também, identificar se os princípios e valores do verdadeiro cooperativismo são aplicados nestas cooperativas de trabalho. O estudo evidencia contradições entre as proposições constitutivas das cooperativas e a pratica operacional. As cláusulas estatutárias e a constituição jurídica situam as cooperativas pesquisadas no campo da legalidade exigida pela legislação do trabalho e cooperativista. As dificuldades administrativas e operacionais enfrentadas, tanto financeiras - pela escassez de recursos para a manutenção das suas necessidades e de seus cooperados -, quanto organizacionais – pelo tratamento privilegiado de alguns grupos- expõem, no entanto, a maioria das cooperativas ao risco de autuação fiscal. Expõem-nas, ainda, ao descrédito da comunidade. A partir da análise da realidade dos casos estudados, sugere-se a revisão do seu ideário e práticas cooperativas. É preciso revisá-lo, especialmente quanto aos princípios e valores, e aos aspectos legais que norteiam as relações de trabalho. Desse modo, é possível corrigir as formas contratuais que precarizam o trabalho e denigrem a imagem do sistema cooperativista. Da mesma forma, apresenta-se o perfil de uma verdadeira cooperativa de trabalho, quanto a organização e à atuação, de acordo com a legislação trabalhista, previdenciária e cooperativista, respeitando os princípios e valores do sistema.
2

Flexibilização ou precarização das condições de trabalho ? as cooperativas de trabalho da Região das Missões - RS

Reisdorfer, Vitor Kochhann January 2000 (has links)
A dissertação apresentada enfoca um estudo de caso em três cooperativas de trabalho situadas na região das Missões. Tem o objetivo de identificar e avaliar as formas de flexibilização assumidas por essas cooperativas, bem como as implicações sobre as condições de trabalho de seus cooperados nestas formas mais flexíveis de relações de trabalho. Busca, também, identificar se os princípios e valores do verdadeiro cooperativismo são aplicados nestas cooperativas de trabalho. O estudo evidencia contradições entre as proposições constitutivas das cooperativas e a pratica operacional. As cláusulas estatutárias e a constituição jurídica situam as cooperativas pesquisadas no campo da legalidade exigida pela legislação do trabalho e cooperativista. As dificuldades administrativas e operacionais enfrentadas, tanto financeiras - pela escassez de recursos para a manutenção das suas necessidades e de seus cooperados -, quanto organizacionais – pelo tratamento privilegiado de alguns grupos- expõem, no entanto, a maioria das cooperativas ao risco de autuação fiscal. Expõem-nas, ainda, ao descrédito da comunidade. A partir da análise da realidade dos casos estudados, sugere-se a revisão do seu ideário e práticas cooperativas. É preciso revisá-lo, especialmente quanto aos princípios e valores, e aos aspectos legais que norteiam as relações de trabalho. Desse modo, é possível corrigir as formas contratuais que precarizam o trabalho e denigrem a imagem do sistema cooperativista. Da mesma forma, apresenta-se o perfil de uma verdadeira cooperativa de trabalho, quanto a organização e à atuação, de acordo com a legislação trabalhista, previdenciária e cooperativista, respeitando os princípios e valores do sistema.
3

As relações de trabalho da PPD : um estudo inclusivo

Rosa, Najara Maria Fleck da January 2003 (has links)
Resumo não disponível.
4

Flexibilização ou precarização das condições de trabalho ? as cooperativas de trabalho da Região das Missões - RS

Reisdorfer, Vitor Kochhann January 2000 (has links)
A dissertação apresentada enfoca um estudo de caso em três cooperativas de trabalho situadas na região das Missões. Tem o objetivo de identificar e avaliar as formas de flexibilização assumidas por essas cooperativas, bem como as implicações sobre as condições de trabalho de seus cooperados nestas formas mais flexíveis de relações de trabalho. Busca, também, identificar se os princípios e valores do verdadeiro cooperativismo são aplicados nestas cooperativas de trabalho. O estudo evidencia contradições entre as proposições constitutivas das cooperativas e a pratica operacional. As cláusulas estatutárias e a constituição jurídica situam as cooperativas pesquisadas no campo da legalidade exigida pela legislação do trabalho e cooperativista. As dificuldades administrativas e operacionais enfrentadas, tanto financeiras - pela escassez de recursos para a manutenção das suas necessidades e de seus cooperados -, quanto organizacionais – pelo tratamento privilegiado de alguns grupos- expõem, no entanto, a maioria das cooperativas ao risco de autuação fiscal. Expõem-nas, ainda, ao descrédito da comunidade. A partir da análise da realidade dos casos estudados, sugere-se a revisão do seu ideário e práticas cooperativas. É preciso revisá-lo, especialmente quanto aos princípios e valores, e aos aspectos legais que norteiam as relações de trabalho. Desse modo, é possível corrigir as formas contratuais que precarizam o trabalho e denigrem a imagem do sistema cooperativista. Da mesma forma, apresenta-se o perfil de uma verdadeira cooperativa de trabalho, quanto a organização e à atuação, de acordo com a legislação trabalhista, previdenciária e cooperativista, respeitando os princípios e valores do sistema.
5

As relações de trabalho da PPD : um estudo inclusivo

Rosa, Najara Maria Fleck da January 2003 (has links)
Resumo não disponível.
6

Empowerment sob a percepção dos novos ingressantes nos ambientes de produção e serviços da região metropolitana do Recife: um estudo multicasos

SALES, Iris Rafaelle Bispo 31 January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:37:55Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo3815_1.pdf: 1732304 bytes, checksum: f47317b4a12fd4d6def43c785860b886 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2008 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / As necessidades de produtividade e eficiência da economia atual exigem o uso de novas formas de relações de trabalho. Para tanto, há necessidade de maior velocidade das respostas e maior envolvimento e comprometimento por parte dos envolvidos. Dar o poder da tomada de decisão aos executores das atividades de produção constitui-se uma alternativa eficaz para as empresas que buscam a excelência operacional. Esta pesquisa objetivou caracterizar a compreensão e a opinião que os potenciais formadores de equipe e líderes têm a respeito da delegação do poder de decisão. Trata-se de um estudo de múltiplos casos, com enfoque quantitativo-descritivo, no qual foi utilizada a técnica de aplicação de questionário e categorização da análise de conteúdo. Estudaram-se aspectos sobre equipes de trabalho, autogestão e empowerment, sob o ponto de vista dos alunos dos cursos de Administração, Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção que estudam ou trabalham na região metropolitana do Recife. Os resultados evidenciam que os entrevistados compreendem o conteúdo do empowerment, mesmo sem ter familiaridade com o termo, e que, em geral, são adeptos às práticas de delegação de atividades, mas com algumas ressalvas. Os resultados encontrados corroboraram com a importância dessa pesquisa, visto que foram identificadas distorções entre as opiniões e o entendimento dos alunos entrevistados, ainda que todos, em geral, são preparados para exercer o mesmo tipo de prática: a liderança de equipes
7

As relações de trabalho da PPD : um estudo inclusivo

Rosa, Najara Maria Fleck da January 2003 (has links)
Resumo não disponível.
8

O engajamento e o processo de relacionamento interno mediado pela comunicação nas organizações

Bem, Júlio César de January 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2013-10-11T13:35:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000451399-Texto+Completo-0.pdf: 791244 bytes, checksum: 0b8d5cbaeedd708f059952b0a7d87aba (MD5) Previous issue date: 2013 / Organizations are undergoing changes due to new demands regarding social relationships while also seeking results not merely restricted to economic and financial aspects. Changes are more encompassing, involving the human dimension of communication, as a mediator of relationships in the organizational environment. This calls for greater concern from the upper management of organizations in strengthening the role of internal communication, within its range of spheres, segments and visions, involving strategic alignment, integration and interaction. It matters as it creates a perspective of media, the intensity and flow of communication, both in the instrumental aspect and the human and strategic. The human dimension requires special attention, which is not entirely acknowledged in organizations (Kunsch, 2010). Effective management of internal communication in the human dimension, based on conserving the solidity of relationships, implies in the effective engagement of employees with the organization. The leading objective of this study was to identify the engagement factors of people, considering the internal relationship mediated by communication in organizations. As such, a social-type study was developed, using an empirical base, involving the methodological procedures of research-action in a large private organization, leader in its segment in the southern region of Brazil. Based on the study, the following factors were identified: internal communication processes that place value on human relationships, leadership, organizational identification processes, performance assessment and appreciation of people. Thus, there is a noted need to place greater value on communication as a means of strengthening the engagement of people in an organization as a base in its human relationships, especially through the role of its leaders in the workplace. / As organizações estão passando por mudanças em virtude das novas exigências das relações sociais e por buscarem resultados não apenas econômicos e financeiros. As mudanças são mais abrangentes, envolvendo a dimensão humana da comunicação, como mediadora das relações no ambiente organizacional. Isso demanda uma preocupação maior da alta administração das organizações em fortalecer o papel da comunicação interna, nas suas diversas esferas, segmentos e visões, com alinhamento estratégico, integração e interação. Importa, pois, dimensionar as mídias, a intensidade e o fluxo da comunicação, tanto no aspecto instrumental como no estratégico e humano. A dimensão humana requer atenção especial, que não é tão reconhecida nas organizações (Kunsch, 2010). A gestão eficaz da comunicação interna na dimensão humana, baseada em preservar a solidez dos relacionamentos, implica o efetivo engajamento dos empregados com a organização. O principal objetivo deste estudo foi identificar fatores de engajamento das pessoas, considerando-se o relacionamento interno mediado pela comunicação nas organizações. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa do tipo social, com base empírica, envolvendo os procedimentos metodológicos da pesquisa-ação em uma organização privada de grande porte, líder no seu segmento na região sul do Brasil. A partir do estudo realizado, foi possível identificar como fatores: processos de comunicação interna que valorizem o relacionamento humano, lideranças, processos de identificação organizacional, avaliação de desempenho e valorização das pessoas. Destaca-se assim, a necessidade de valorizar a comunicação como meio de potencializar o engajamento das pessoas em uma organização como base nos seus relacionamentos humanos, especialmente, através do papel de suas lideranças no ambiente de trabalho.
9

Conflito e negociação : estudo de caso em uma indústria de transformação do Rio Grande do Sul

Michelon, Regina Maria Coelho January 2003 (has links)
Esta pesquisa trata do tema conflito e negociação. O objetivo geral foi mapear e analisar situações de conflito e o seu processo de negociação em uma indústria de transformação do Rio Grande do Sul. Utilizou-se tanto o método do estudo de caso para uma pesquisa exploratória e de caráter descritivo, como a pesquisa-ação. Os sujeitos da pesquisa foram 21 alunos de um curso de “Negociação” em abril de 2002, o superintendente e a chefia do setor Talentos Humanos da empresa. Para a coleta dos dados foram utilizadas observações participantes, análise de documentos, filmagens e entrevistas semi-estruturadas. A coleta de dados ocorreu entre abril de 2002 e abril de 2003. Investigou-se e foi realizada intervenção na dinâmica dos conflitos no âmbito interno da empresa, diagnosticando os conflitos e analisando os resultados obtidos por meio do método de negociação desenvolvido na Universidade de Harvard. Os resultados demonstraram que a iniciativa para a escolha do modelo negocial integrativo ou competitivo partia da chefia; os subordinados apenas reagiam seguindo o modelo proposto, ou seja, de forma integrativa ou competitiva. Em se tratando de negociações entre colegas e com fornecedores, o modelo integrativo era adotado por iniciativa dos sujeitos, inclusive virando jogos competitivos em integrativos. Também foi constatado que a utilização do processo integrativo para solução de conflitos/problemas no âmbito organizacional é uma forma apropriada para melhores resultados e mais satisfação para todos os envolvidos, humanizando e trazendo a ética para as relações. A participação de uma terceira pessoa na reformulação da forma de negociar trouxe desdobramentos significativos para os sujeitos, atribuindo-se a isso a postura imparcial e a credibilidade alcançada. Finalmente, as conexões entre o pensamento de Habermas desenvolvido na Teoria da Ação Comunicativa e o método de negociação de Harvard ficaram evidentes. / This research deals with the subject of conflict and negotiation. The general objective was to map and analyze conflicting situations and the negotiation process within a transformation industry in Rio Grande do Sul state, Brazil. The case study method was used for an exploratory research of decisive character as the research-action. The subjects of the research were 21 pupils of a “negotiation” course held in April 2002, as well as the general manager and the human talents manager of the company. Analysis, observation and semi-structured interviews with the subjects were the ways used for collecting data. The data collection occurred between April 2002 and April of 2003. the dynamics of the conflicts within the company were investigated and interventions were made, these conflicts were diagnosed and analyzed through a negotiation method developed by Harvard University. The results demonstrated that the command had the initiative for choosing the integration or competitive negotiation model, while the employees just reacted following this proposed model, that is, in an integration or competitive way. By initiative of the subjects, the integration model was adopted in negotiations between colleagues and with suppliers, sometimes these negotiations even turned into competitive and integrative games. It was also noticed that the use of the integrative process for solving conflicts and problems in the organization proved to be an adequate way to attain better results and more satisfaction for all the parts involved, humanizing and bringing ethics into the relations. The participation of a third person in reformulating the negotiation way has brought significant unfoldings for the subjects, making it possible the reach of an impartial position and greater credibility. Finally, conexions was evident beteween ideas of Habermas and the method of negotiation adopted.
10

A avaliação do grau de relacionamento entre hospital e médicos no Hospital Santa Catarina

Hume, Marcos Davi Pedra January 2003 (has links)
A relação existente entre médicos e hospitais é o tema desta dissertação. Ainda que pouco abordado, tanto no âmbito acadêmico, quanto no empresarial, o tema requer uma atenção especial aos gestores de organizações hospitalares privadas atuantes no mercado de saúde suplementar do Brasil. A pesquisa aqui apresentada, foi desenvolvida junto ao Hospital Santa Catarina de São Paulo – SP e seu objetivo principal foi mensurar o grau de relacionamento existente entre o Hospital Santa Catarina e seus médicos, através da adaptação e aplicação da escala de mensuração do relacionamento de clientes desenvolvida por Wilson e Vlosky (1997). O desenvolvimento da referida escala, objetivou mensurar as variáveis que caracterizam o Marketing de Relacionamento praticado pelas empresas. Após a aplicação do instrumento de Wilson Vlosky (1997), adaptado ao contexto hospitalar, junto ao Hospital Santa Catarina, concluiu-se que o grau de relacionamento existente entre os médicos e o hospital é muito bom. Esta avaliação se dá devido ao resultado obtido nas análises de concordância dos seis constructos de relacionamento avaliados na pesquisa.

Page generated in 0.1152 seconds