• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 108
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 1
  • Tagged with
  • 110
  • 110
  • 48
  • 31
  • 27
  • 24
  • 23
  • 22
  • 19
  • 18
  • 17
  • 15
  • 14
  • 14
  • 14
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Influência da angulação do preparo coronário na resistência à fratura de restaurações cerâmicas à base de Y-TZP

Corazza, Pedro Henrique [UNESP] 03 February 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:28:57Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-02-03Bitstream added on 2014-06-13T20:58:49Z : No. of bitstreams: 1 corazza_ph_me_sjc.pdf: 927368 bytes, checksum: f79b2ce575ab972fcb3906a754af7d8c (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / O objetivo do estudo foi verificar a influência da angulação axial de preparos coronários na resistência à compressão de restaurações cerâmicas livres de metal a base de Y-TZP (YZ- Vita YZ) cobertas com uma porcelana (VM9- Vita VM9). Inicialmente foram realizadas as análises composicional e microestrutural das cerâmicas (YZ e VM9), bem como determinada a densidade (), o módulo de elasticidade (E) e a razão de Poisson (). Análise por elementos finitos (AEF) em modelos dimensionalmente iguais aos usados experimentalmente foi realizada para verificar a distribuição de tensões. Oitenta infra-estruturas (IE) de YZ foram usinadas pelo sistema CAD-CAM (Cerec inLab, Sirona) e divididas em 4 grupos, de acordo com o ângulo de convergência oclusal total (COT) do preparo coronário e o design da IE: G6 – COT de 6° e IE padrão (n=20); G12 – COT de 12° e IE padrão (n=20); G20 – COT de 20° e IE padrão (n=20); G20MOD – COT de 20° e IE modificada, compensando a inclinação do preparo (n=20). Todas as IE foram cobertas com VM9, cimentadas em modelos de resina epóxica reforçada por fibras de vidro e submetidas à carga compressiva até a fratura. Metade das restaurações de cada grupo (n=10) foi envelhecida por ciclagem mecânica (106 ciclos) antes do teste que aplicou uma carga compressiva nas restaurações. As falhas foram analisadas em estereomicroscópio e microscopia eletrônica de varredura (MEV), sendo determinada a origem da fratura. Os resultados foram avaliados estatisticamente usando análise de variância (ANOVA) e Tukey (=0,05). As análises composicionais e microestruturais e a determinação da , E e  revelaram dois materiais, mecânica e estruturalmente, distintos. A AEF mostrou maior valor de tensão máxima principal (TMP) na porcelana do G12 (4839 MPa), e na IE dos grupos... / The aim of the study was to investigate the influence of the convergence angle of tooth preparation on the compression strength of Y-TZP-based ceramic (YZ- Vita YZ) infra-structure (IS) veneered by a feldspathic porcelain (VM9- Vita VM9). Microstructural and element analysis of the ceramics (YZ and VM9) were made, and density (), elastic modulus (E) and Poisson’s ratio ( ) were obtained. Finite Element Stress Analysis (FEA) in dimensionally identical models to those used in vitro was performed to verify the stress distribution in the system. Eighty YZ specimens were fabricated by the Cerec inLab CAD-CAM system and divided into four groups according to the total occlusal convergence angle (TOC): G6 – 6° TOC and standard IS (n=20); G12 –12° TOC and standard IS (n=20); G20 –20° TOC and standard IS (n=20); G20MOD - 20° TOC and modified IS (n=20). All IS were veneered with VM9, cemented in a fiber reinforced epoxy resin die and submitted to a compressive load until fracture. Half of the specimens from each group (n=10) were cyclic fatigued (106 cycles) before testing. Failure analysis was made using stereomicroscope and scanning electron microscopy (SEM) to determine the fracture origin. Data were statistically analyzed using ANOVA and Tukey tests (=0.05). Microstructure and element analyses and the determination of , E and  revealed distinct materials. FEA showed the greatest maximum principal stress (MPS) value of 4839 MPa for the G12 in the porcelain and of 403.3 MPa (G6) and 388.8 MPa (G12) in the IS. The stress distribution in the porcelain was similar for G6 and G12 groups, whereas the stress distribution in the IS of the G20MOD group suggested a superior performance under compression load compared to other groups. The in vitro test showed the greater maximum fracture... (Complete abstract click electronic access below)
2

Avaliação da estabilidade de cor e do repolimento de resinas compostas após a imersão em diferentes soluções corantes

Lima, Juliana Sá Leitão Fiuza January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-12-09T15:26:52Z No. of bitstreams: 1 2013_JulianaSaLeitaoFiuzaLima.pdf: 19697388 bytes, checksum: 11a2ac8c62a3944513fc450daa199aa7 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-12-10T11:24:25Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_JulianaSaLeitaoFiuzaLima.pdf: 19697388 bytes, checksum: 11a2ac8c62a3944513fc450daa199aa7 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-12-10T11:24:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_JulianaSaLeitaoFiuzaLima.pdf: 19697388 bytes, checksum: 11a2ac8c62a3944513fc450daa199aa7 (MD5) / A estabilidade de cor é um dos parâmetros clínicos mais importantes em relação ao sucesso de restaurações estéticas. Ainda que a qualidade destes materiais tenha sido aprimorada nos últimos anos, o manchamento de resinas compostas ainda é uma das principais razões que levam à substituição de restaurações em dentes anteriores. Os objetivos deste estudo foram avaliar a estabilidade de cor de cinco resinas compostas (Filtek Z350 XT, Estelite ? Quick, Durafill VS, Opallis e Empress Direct) após a exposição a diferentes bebidas usualmente consumidas e investigar a possibilidade de remoção do manchamento ocorrido, pelo repolimento. Para isso, 20 espécimes foram confeccionados para cada resina composta e avaliados após a imersão em vinho tinto, café, Coca-Cola e água destilada (controle) por 24 horas, 7 e 30 dias. Ao final do experimento os espécimes foram repolidos com discos de óxido de alumínio (Sof-Lex, 3M ESPE). As mensurações de cor foram realizadas utilizando um espectrofotômetro (Vita EasyShade Compact) baseado no sistema de cor CIELAB. Os dados foram analisados estatisticamente pelos testes ANOVA e post hoc Tukey (p=0,05). Os resultados mostraram que todas as resinas compostas apresentaram alteração de cor após o manchamento artificial. A resina Filtek Z350 XT resultou em maior alteração de cor do que as resinas Durafill VS e Estelite ? Quick. O vinho tinto exibiu o maior potencial corante enquanto a Coca-Cola não apresentou diferenças significativas em relação ao grupo controle. Após o repolimento todos os materiais apresentaram redução significativa do manchamento provocado pelo vinho e pelo café. Foi concluído que a alteração de cor varia de acordo com a composição do material e as diferentes soluções em que são expostos. O repolimento é efetivo na redução do manchamento extrínseco e deve ser considerado antes da decisão pela substituição de restaurações estéticas por motivos relacionados à cor. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Color stability is one of the most important clinical parameters related to success of esthetic restorations. Although the quality of these materials has improved in recent years, discoloration of resin composites remains a major cause of replacement of anterior restorations. The aim of this study was to evaluate the color stability of five different composites (Filtek Z350 XT, Estelite ? Quick, Durafill VS, Opallis e Empress Direct) after exposure to commonly consumed beverages and the possibility to remove stain with repolishing. Twenty disk-shaped specimens were prepared from five different composites and evaluated after immersion in red wine, coffee, cola or distilled water (control) for 24 hours, 7 and 30 days. At the end of the experiment the specimens were repolished using alumin oxide discs (Sof-Lex, 3M ESPE). Color measurements were made using a spectrophotometer (Vita EasyShade Compact) based on the CIELAB color scale. Data were statistically analyzed by ANOVA and post hoc Tukey tests (?=0.05). The results showed that all composites presented color change after the stain challenge. Filtek Z350 XT showed a higher color change than Durafill VS and Estelite ? Quick. Red wine resulted in greatest pigmentation while cola did not show a significant difference from the control group. After repolishing all composites presented significant reduction in coffee and wine staining. Composite staining susceptibility proved to vary among composite types and staining solutions. Repolishing is an effective method to reduce extrinsic stains and must be considered before the decision to replace esthetic restorations for color reasons.
3

Avaliação da microinfiltração em restaurações de classe II em composito realizadas com duas tecnicas diferentes de inserção

Pimenta, Luiz Andre Freire, 1965- 26 July 2018 (has links)
Tese (livre-docencia) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-26T13:30:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pimenta_LuizAndreFreire_LD.pdf: 2211553 bytes, checksum: 0db47e821854be579345d588890d3bf0 (MD5) Previous issue date: 1999 / Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar qualitativamente a microinfiltração em restaurações classe II em resina composta, empregando a técnica com incremento único ou com 3 incrementos, e comparar dois sistemas adesivos: um de frasco único - Single Bond (SB) - 3M e um auto-condicionante - Etch & Prime 3.0 (EP) - Degussa. Cavidades classe II foram preparadas nas superfícies mesial e distal com a margem gengival em dentina de 60 terceiros molares humanos recém-extraídos. As 120 cavidades foram divididas aleatoriamente em quatro grupos (n=25). Grupo 1: EP restaurado com a técnica de incrementos múltiplos (EPM); Grupo 2: EP restaurado com a técnica de incremento único (EPU); Grupo 3: SB restaurado com a técnica de incrementos múltiplos {SBM) e Grupo 4: SB restaurado com a técnica de incremento único (SBU). As restaurações foram polidas, os dentes foram submetidos a termociclagem com temperaturas de 5 e 55° C por 1 minuto, por 1000 ciclos. Após a termociclagem, os dentes foram cobertos com esmalte de unha exceto 1 mm da margem gengival e imersos em solução corante de azul de metileno a 2% por 4 horas. Os dentes foram então seccionados e as restaurações classificadas de acordo com o grau de penetração de corante. Os resultados através da soma das ordens foram: Grupo 1 - EPM = 1221.00; Grupo 2 - EPO = 1319.00; Grupo 3 - SBM = 1098.00; Grupo 4 - SBO = 1412.00. O teste de Kruskal Wallis demonstrou não haver diferença estatisticamente significante na microinfiltração entre as diferentes técnicas ao nível de significância de p<0,05. A técnica incremental e os sistemas adesivos avaliados não foram capazes de eliminar a microinfiltração em margem gengival de restaurações de classe H em resina composta / Abstract: One of the major contributors to the failure of dental restorations is microleakage attributed to shrinkage of the composite during polymerization. The aim of this study was to evaluate qualitatively the microleakage of class 2 composite resin restorations restored with two different techniques, one or 3 increments and compare two adhesive systems: the one botle - Single Bond (SB) -3M and the self-etching adhesive - Etch & Prime 3.0 (EP) - Degussa. Class 2 cavities were prepared on mesial and distal surfaces, with gingival margins in dentin of 60 freshly extracted third molars. The 120 cavities were randomly divided in four groups (n=25). Group 1: EP restored with multiples increments technique (EPM); Group 2: EP restored with bulk insertion technique <EPO); Group 3: SB restored with multiples increments technique (SBM) and Group 4: SB restored with bulk insertion technique (SBO). After finished and polished the teeth were stored in relative humidity for 24 h. The teeth were then thermocycled between 5±1 and 55±10 C for 1000 cycles, 1 minute dwell time. After thermocycling the teeth were painted with nail polish to 1 mm from the gingival cavity margins and then stained with 2 % methylene blue dye for 4 hours. The teeth were then sectioned and the restorations scored according to the degree of stain penetration around the composite restoration (0-4). The some of ranks were: G1 - EPM - 1221.00; G2 -EPO = 1319.00; G3 - SBM = 1098.00; G4 - SBO = 1412.00. Kruskal Wallis analysis showed no significant differences in microleakage between the different techniques of restoring class 2 cavities at the p<0.05 level. The incremental technique and the hydrophilic adhesive systems did not eliminate the microleakage of the dentin margins in class 2 composite resin restorations / Tese (livre-docencia) - Univer / Dentística / Livre-Docente em Clinica Odontologica
4

Avaliação quantitativa da penetração de corante em restaurações de amalgama submetidas a tratamentos das paredes cavitarias

Morais, Paula Mathias Rabelo de 10 June 1997 (has links)
Orientador: Luiz Andre Freire Pimenta / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-22T12:59:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Morais_PaulaMathiasRabelode_M.pdf: 2726762 bytes, checksum: b8bc543135bb81ee07f4e05d34c97e58 (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: o objetivo do presente trabalho foi avaliar a penetração de corante ao redor de restaurações de amálgama, em cavidades com margens em cemento e/ou dentina, por meio de um teste quantitativo. Cavidades classe V padronizadas (2 mm de diâmetro e 1,5 mm de profundidade) foram preparadas, 3 mm abaixo da junção amelo-cementária, na superficie vestibular da raiz de 75 dentes humanos unirradiculares recém-extraídos. Os dentes foram divididos aleatoriamente em cinco grupos contendo quinze unidades experimentais cada. Antes de serem restauradas com a liga de amálgama tipo mistura Permite C, as cavidades foram forradas com: Copalite (CO); Panavia Ex (P A); Scotchbond Multi-Purpose Plus (SBMP+); Photac-Bond (PB), sendo o grupo controle (C) restaurado sem o uso de qualquer tipo de agente intermediário. As raízes restauradas foram armazenadas em umidade relativa a 37°C, por 24 horas e, após esse periodo, as restaurações foram polidas. Os conjuntos dente/restauração foram submetidos a 500 ciclos térmicos entre 5:i::2°C e 55:i::2°C, com banhos de um minuto em cada temperatura, e imersos em solução de azul de metileno a 2% por doze horas, em 37°C. A microinfiltração foi quantifiéada através da espectrofotometria e exwessa em ~g de corante. Os valores das medianas foram: C=10,610; CO=7,422; PA=:3,066; PB=1,941; SB=0,234. A análise estatística realizada, utilizando o teste Kruskal-Wallis, indicou diferença significativa entre todos os grupos avaliados. O uso do SBMP+ sob as restaurações de amálgama mostrou ser o procedimento mais efetivo na redução da microinfiltração, seguido pelo uso do PB; PA; CO e pelo grupo controle, que exibiu os piores resultados / Abstract: The purpose of tms in vitro study was to evaluate the dye penetration around amalgam restorations in dentin cavities, by a quantitative test. Standardized circular cavities (2mm wide and 1,5mm depth) were prepared on facial surface of 75 extracted human unirradicular teeth. The cavities were made 3mm below the CEJ. The teeth were randomly divided into five groups of fifteen each. Before restoring with an admixture alloy - Permite C, the cavities were lined with Copalite (CO), Panavia Ex (PA), ScotchBond Multi-Purpose Plus (SBMP+), Photac-Bond (PB), and a control group (C) with no lining agent. The restorations were stored in relative humidity at 37°C for 24 hours, after that, finished and polished. The specimens were thermocycled between 5 :i: 2°C and 55 :i: 2°C for 500 cycles with one minute dwell time, followed by immersion in a 2% methylene blue solution for twelve hours at 37°C. The quantitative microleakage was evaluated by spectrophotometry and was expressed by ~g dye. Th~ median values were: C=10.610; CO= 7.422; PA= 3.066; PB= 1.941; SB=0.234. Statistical analysis using Kruskal-Wallis test indicated significant differences among alI groups (x,2=67.653, a=O.OOOl). The results showed that the use of bonded amalgam restor~tions with SBMP+ is more effective in reducing microleakage, followed by the use of PB; P A; CO and the unlined restorations (C), that showed the worst result, under the experimental conditions / Mestrado / Dentística / Mestre em Clínica Odontológica
5

Avaliação qualitativa da microinfiltração em restaurações de resina composta substituidas apos o clareamento com gel de peroxido de carbamida

Pimenta, Inger Campos 03 August 1998 (has links)
Orientador: Luiz Andre Freire Pimenta / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-23T23:11:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pimenta_IngerCampos_M.pdf: 3823924 bytes, checksum: 1d0a45beb4aacfe20a9126940d5264d2 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: O objetivo deste trabalho in vitro foi avaliar qualitativamente, através de penetração de corante, quanto tempo após o término do clareamento caseiro, com gel de peróxido de carbamida a 10%, deve-se esperar para substituir as restaurações de resina composta. Foram realizados preparos cavitários padronizados, do tipo classe V, na junção esmalte-dentina/cemento, de 100 dentes humanos recém-extraídos, e os mesmos foram restaurados com sistema adesivo/resina composta. Os corpos-de-prova foram clareados por três semanas e aleatoriamente divididos em cinco grupos(n=20): restaurações substituídas 21 dias após o término do tratamento clareador (grupo A- T 21), restaurações substituídas 14 dias após o término do tratamento clareador (grupo B-T14), restaurações substituídas 7 dias após o término do tratamento clareador (grupo C-T7), restaurações substituídas imediatamente após o término do tratamento clareador (grupo D- To), e um grupo controle (grupo E), no qual as restaurações não foram trocadas. Concluídas as substituições das restaurações, os corpos-de-prova foram submetidos a 1000 ciclos térmicos. Cada ciclo consistiu em um minuto na temperatura de 5+/-1°C e um minuto na temperatura de 55+/-1°C. Com o fim da ciclagem térmica, os dentes foram imersos em solução de azul de metileno a 2% por quatro horas. Para a análise qualitativa dos corpos-de-prova, os dentes foram, seccionados e a microinfiltração avaliada em lupa estereoscópica( 45 vezes)'. De acordo com a penetração de corante nas margens, foram atribuídos escores(Oa 4) para a região em esmalte e para a dentinalcemento. A análise estatística dos resultados demonstrou que, para a região em esmalte, os menores valores de microinfiltração foram os do grupo A-T21 , em que o tempo de espera foi de 21 dias. Para a dentina/cemento, os menores valores de microinfiltração foram os dos grupos A-T21 e B-T14, em que os tempos de espera foram 21 e 14 dias. Concluiu-se que, para a substituição das restaurações de resina composta com margens tanto em esmalte, quanto em dentina/cemento, devem-se aguardar 21 dias após o término do clareamento caseiro / Abstract: For the lackness of concordance about the time necessary to substitute esthetic restorations after tooth bleaching, the purpose of this paper was to evaluate, by dye penetration, when to substitute composite restorations after use of 10% of peroxide carbamide bleaching. Class V restorations were done at the amelo-dentin/cementum margins, of 100 human fresh teeth and restored with an adhesive system/composite resin. They were randomly distributed into five groups, bleached for three weeks. Group A: the restorations were substituted 21 days after bleaching, Group B: the restorations were substituted 14 days after bleaching, Group C: the restorations' were substituted 7 days after bleaching, Group D: the restorations were substituted immediately after bleaching, Group E: the restorations were not substituted after bleaching. The teeth were thermocycled, subjected to 1000 cicles( 5+/-1°C to 55+/-1°C ), followed by dye penetration(methilene blue), for four hours. After that, the especimen~ were secctioned and evaluated by stereomicroscopy. Scores were attributed to enamel and dentin/cementum.,' The results indicated that, in reference to the enamel and dentin/cementum, it is necessary to wait 21 days after bleaching to substitute the composite restorations / Mestrado / Dentística / Mestre em Clínica Odontológica
6

Estudo da rugosidade, pigmentação e da relação entre ambas nas superficies de compositos tratadas com diversos sistemas de acabamento e polimento

Lovadino, José Roberto, 1953- 24 July 2018 (has links)
Tese (livre-docencia) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-24T00:14:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Lovadino_JoseRoberto_LD.pdf: 3449328 bytes, checksum: b1898409a8af1238fb9ea2f6e7b3fce1 (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: Neste trabalho verificamos a rugosidade superficial, a suscetibilidade à deposição superficial de corante e a correlação entre estes dois fatores, quando a superfície de três compósitos (Adaptic, TPH e Herculite XRV) foram submetidas ao acabamento e polimento realizados com discos-de-lixa Sof-Lex (3M), Pontas Diamantadas (KG-Sorensen) e Pontas de Borracha Abrasiva (KG-Sorensen). Realizamos a análise da rugosidade da superfície com um rugosímetro (Praxis) e a suscetibilidade à deposição superficial de corante através de um método de espectrofotometria (Beckmam). Os resultados foram submetidos à análise estatística, não paramétrica, peio do teste de Kruskal-Wallis. Verificamos que os mesmos tratamentos produziram superfícies com valores de rugosidade (Ra) semelhantes para todos os materiais; que um mesmo material pode apresentar valores de Ra diferentes, quando submetidos aos diferentes tratamentos, e que o tratamento realizado com os discos-de-lixa Sof-Lex apresentou os menores valores de Ra e o realizado com Pontas Diamantadas, os piores. Também verificamos que os diferentes compósitos podem apresentar suscetibilidade semelhante à deposição superficial de corante, independentemente do tratamento utilizado; que os diferentes tratamentos empregados, num mesmo compósito, podem produzir superfícies com diferentes suscetibilidades e que o tratamento realizado com discos-de-lixa Sof-Lex produziram superfícies menos suscetíveis. Não foi verificada uma correlação confiável entre os valores de Ra e a suscetibilidade à deposição superficial de corante / Abstract: This study was verified the roughness, stain over composites surfaces and the relationship between of both when three finish/polishing techniques was applied. The surface analysis was obtained with a perfilometer and spectrophotometer method. The data was analysed by Kruskal-Wallis test. The statistical analysis showed that the same finish/polishing technique produced different scores of roughness (Ra) over the composites surfaces; that the same composite submited at different finish/polishing techniques could show different scores of Ra; that the best finish/polishing technique was obtained with the Sof-Lex discs and with Diamond Points the worse. Different composites could produced equivalent stain scores independently of finish/polishing techniques; different finish/polishing techniques could produced different stain level over the surface of the same composite; Sof-Lex discs produced, except for TPH composite, the minor stain level. There wasn't a direct relationship between roughness and stain levels / Tese (livre-docencia) - Univer / Livre docente em Odontologia
7

Avaliação da infiltração marginal em restaurações diretas e indiretas em compositos "condensavel" e convencional

Nunes, Roberta da Silva 30 July 2003 (has links)
Orientador: Mario Alexandre Coelho Sinhoreti / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-08-03T18:00:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Nunes_RobertadaSilva_D.pdf: 3330245 bytes, checksum: ae7a4aa61ade890e87886d23db077918 (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: Este estudo comparou o nível da infiltração marginal em restaurações diretas e indiretas, confeccionadas com compósitos convencional ou "condensável". Para isto, sessenta dentes bovinos recém-extraídos foram utilizados, nos quais cavidades padronizadas tipo s/ot foram confeccionadas na superfície mesial dos dentes com término 1 mm abaixo da JCE (junção cemento'esmalte). As amostras foram divididas aleatoriamente em seis grupos: (Grupo I: restauração direta' Z1 00; Grupo 11: restauração direta' Surefil; Grupo 111: restauração indireta' alginato , Z100; Grupo IV: restauração indireta' alginato I Surefil; Grupo V: restauração indireta' silicona por adição' Z100; Grupo VI: restauração indireta I silicona por adição' Surefil). Para a cimentação das restaurações indiretas foi utilizado o cimento resinoso de polimerização dual Rely X. Os materiais foram manipulados de acordo com as instruções dos fabricantes. Para avaliação da infiltração marginal as amostras ficaram imersas em solução de azul de metileno tamponado a 2%, por quatro horas em temperatura ambiente. Após serem lavados, foram seccionados para avaliação da penetração do corante na interface dente restauração, utilizando lupa estereoscópica com aumento de 63X. Os dados foram submetidos à análise estatística não paramétrica de Kruskal-Wallis. Não houve diferença estatística entre os dentes restaurados com Z100 e Surefil, para as três técnicas utilizadas. Tanto para o compósito Z100, quanto para o Surefil, as restaurações diretas apresentaram maiores níveis de infiltração marginal que as indiretas. As restaurações indiretas, independente de serem moldadas com alginato ou silicona por adição, não apresentaram diferença estatística entre si / Abstract: This study compared direct and indirect restorations marginal leakage, prepared with conventional or packable composites. Sixty freshly extracted bovine teeth were selected and standardized vertical s/ot cavities were prepared in their mesial faces and placed 1 mm apical to cementlenamel junction (CEJ). The specimens were randomly divided into six groups: Group I: direct restorationl Z100; Group 11: direct restorationl Surefil; Group 111: indirect restorationl alginatel Z100; Group IV: indirect restorationl alginatel Surefil; Group V: indirect restorationl addition siliconl Z100; and Group VI: indirect restorationl addition siliconl Surefil). For indirect restorations fixation, Rely X dual cure resin cement was used. Ali materiais were used according to manufacturer's instructions. For marginal leakage evaluation, samples were immersed in buffered 2% metilen blue solution during 4 hours. Afier rinsing, they were sectioned to observe dye penetration in tooth-restoration interface, under 63 X magnification stereomicroscopy. These data were submitted to non-parametric Kruskal-Wallis statistical analysis. For 3 utilized techniques, there were no statistical difference between teeth restored with Z100 and Surefil. 80th for Z100 and Surefil, direct restorations presented higher marginal leakage levels compared to indirect ones. The indirect restorations, despite had been molded with alginate or addition silicon presented no statistical differences from each other / Doutorado / Doutor em Materiais Dentários
8

Influencia do selamento coronario na obturação endodontica

Gade Neto, Cicero Romão 03 August 2018 (has links)
Orientador : Brenda P. F. de Almeida Gomes / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-08-03T21:33:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 GadeNeto_CiceroRomao_D.pdf: 7878074 bytes, checksum: 112b0219dae8416413cf7b3ecc42fb3b (MD5) Previous issue date: 2004 / Doutorado
9

Influência da angulação do preparo coronário na resistência à fratura de restaurações cerâmicas à base de Y-TZP /

Corazza, Pedro Henrique. January 2012 (has links)
Orientador: Alvaro Della Bona / Banca: Mário Alexandre Coelho Sinhoreti / Banca: Estevão Tomomitsu Kimpara / Resumo: O objetivo do estudo foi verificar a influência da angulação axial de preparos coronários na resistência à compressão de restaurações cerâmicas livres de metal a base de Y-TZP (YZ- Vita YZ) cobertas com uma porcelana (VM9- Vita VM9). Inicialmente foram realizadas as análises composicional e microestrutural das cerâmicas (YZ e VM9), bem como determinada a densidade (), o módulo de elasticidade (E) e a razão de Poisson (). Análise por elementos finitos (AEF) em modelos dimensionalmente iguais aos usados experimentalmente foi realizada para verificar a distribuição de tensões. Oitenta infra-estruturas (IE) de YZ foram usinadas pelo sistema CAD-CAM (Cerec inLab, Sirona) e divididas em 4 grupos, de acordo com o ângulo de convergência oclusal total (COT) do preparo coronário e o design da IE: G6 - COT de 6° e IE padrão (n=20); G12 - COT de 12° e IE padrão (n=20); G20 - COT de 20° e IE padrão (n=20); G20MOD - COT de 20° e IE modificada, compensando a inclinação do preparo (n=20). Todas as IE foram cobertas com VM9, cimentadas em modelos de resina epóxica reforçada por fibras de vidro e submetidas à carga compressiva até a fratura. Metade das restaurações de cada grupo (n=10) foi envelhecida por ciclagem mecânica (106 ciclos) antes do teste que aplicou uma carga compressiva nas restaurações. As falhas foram analisadas em estereomicroscópio e microscopia eletrônica de varredura (MEV), sendo determinada a origem da fratura. Os resultados foram avaliados estatisticamente usando análise de variância (ANOVA) e Tukey (=0,05). As análises composicionais e microestruturais e a determinação da , E e  revelaram dois materiais, mecânica e estruturalmente, distintos. A AEF mostrou maior valor de tensão máxima principal (TMP) na porcelana do G12 (4839 MPa), e na IE dos grupos... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The aim of the study was to investigate the influence of the convergence angle of tooth preparation on the compression strength of Y-TZP-based ceramic (YZ- Vita YZ) infra-structure (IS) veneered by a feldspathic porcelain (VM9- Vita VM9). Microstructural and element analysis of the ceramics (YZ and VM9) were made, and density (), elastic modulus (E) and Poisson's ratio ( ) were obtained. Finite Element Stress Analysis (FEA) in dimensionally identical models to those used in vitro was performed to verify the stress distribution in the system. Eighty YZ specimens were fabricated by the Cerec inLab CAD-CAM system and divided into four groups according to the total occlusal convergence angle (TOC): G6 - 6° TOC and standard IS (n=20); G12 -12° TOC and standard IS (n=20); G20 -20° TOC and standard IS (n=20); G20MOD - 20° TOC and modified IS (n=20). All IS were veneered with VM9, cemented in a fiber reinforced epoxy resin die and submitted to a compressive load until fracture. Half of the specimens from each group (n=10) were cyclic fatigued (106 cycles) before testing. Failure analysis was made using stereomicroscope and scanning electron microscopy (SEM) to determine the fracture origin. Data were statistically analyzed using ANOVA and Tukey tests (=0.05). Microstructure and element analyses and the determination of , E and  revealed distinct materials. FEA showed the greatest maximum principal stress (MPS) value of 4839 MPa for the G12 in the porcelain and of 403.3 MPa (G6) and 388.8 MPa (G12) in the IS. The stress distribution in the porcelain was similar for G6 and G12 groups, whereas the stress distribution in the IS of the G20MOD group suggested a superior performance under compression load compared to other groups. The in vitro test showed the greater maximum fracture... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
10

Influência do tempo de polimerização no grau de conversão e na durabilidade de união da interface dentina-adesivo / Influência do grau de conversão e do tempo de exposição na estabilidade da interface adesiva

Sampaio, Paula Costa Pinheiro 22 March 2016 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-12-09T16:30:38Z No. of bitstreams: 1 2016_PaulaCostaPinheiroSampaio.pdf: 7882110 bytes, checksum: 38169828ee4fbad7c36ebd77bf3329e8 (MD5) / Approved for entry into archive by Ruthléa Nascimento(ruthleanascimento@bce.unb.br) on 2017-03-14T13:47:16Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_PaulaCostaPinheiroSampaio.pdf: 7882110 bytes, checksum: 38169828ee4fbad7c36ebd77bf3329e8 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-14T13:47:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_PaulaCostaPinheiroSampaio.pdf: 7882110 bytes, checksum: 38169828ee4fbad7c36ebd77bf3329e8 (MD5) / O presente estudo teve como objetivo geral avaliar a influência do tempo de polimerização dos sistemas adesivos (SA) no grau de conversão (GC) e na durabilidade resistência da união (RU) entre dentina e adesivo. Para o teste de grau de conversão e para o teste de microtração foram utilizados 5 SA, divididos em grupos: SB – AdperTM Single Bond 2® (3M ESPE - convencional simplificado), OS - Optibond Solo Plus® (Kerr - convencional simplificado), OA – Optibond All in One® (Kerr - autocondicionante simplificado), SU - Adesivo SchotchBond Universal® (3M ESPE - multi-modo, usado como autocondicionante simplificado), CSE – Clearfil SE Bond® (Kuraray - autocondicionante de 2 passos). Os adesivos foram fotopolimerizados com três diferentes tempos de exposição à luz, 10s, 20s e 40s, nos dois testes realizados. O GC dos grupos foi obtido por meio da Espectroscopia Infravermelha de Transmissão de Fourier, por Reflectância (FTIR-ATR). Para o teste de resistência da união, foram utilizados 75 terceiros molares humanos recém extraídos. Os dentes foram cortados no sentido transversal da coroa de modo que a dentina média fosse exposta e depois restaurados seguindo a estratégia adesiva referente a cada grupo, com, resina composta Z350 XT (3M ESPE, St. Paul/MN - EUA). Após a restauração foram armazenados em estufa a 37ºc por 24h, para depois serem cortados na forma de palitos (0,8 x 0,8 mm) e submetidos ao teste de microtração imediato (T0), e após 2 anos de armazenamento em água deionizada, em estufa à 37ºC (T2). Os resultados do GC e da RU foram submetidos à análise de variância a 2 critérios (ANOVA) e ao teste de Tukey (p< 0,05). Para o grau de conversão houve diferença estatisticamente significante para ambos os fatores, tempo de exposição à luz e SA (p<0,05)). Para a RU os resultados em T0 mostraram que um maior tempo de exposição aumenta a resistência adesiva de todos os sistemas testados, com excessão do CSE. Os resultados obtidos em T2 mostraram que o único adesivo que sofreu uma influencia positiva da exposição à luz foi o OA (10s<40s, 10s=20s e 20s=40s). E quando comparados T0 com T2, foi possível observar que houve perda de RU em todos o SA, mas para alguns sistemas o aumento do tempo de exposição melhorou a estabilidade da interface adesiva (OA - 20s e 40s; OS e SU - 40s). Enquanto para outros sistemas esse aumento não favoreceu a estabilidade (CSE e SB) Um maior tempo de polimerização levou a um maior grau de conversão para todos os SA testados, mas não aumentou a RU imediata e a longo prazo de todos os SA, se mostrando material dependente. / The aim of this study was to evaluate the influence of exposure time on degree of conversion (DC) of dental adhesive systems (AS) and on Bond Strength (BS), between dentin and adhesive. For both test, DC and microtensile bond strength (μTBS), five dental adhesives were used, with 3 different exposure time, 10s, 20s and 40s: SB – AdperTM Single Bond 2® (3M ESPE, total-etch 2 steps); OS – Optibond Solo Plus® (Kerr, total-etch 2 steps); OA - Optibond All in One® (Kerr, self-etch, one step); SU – SchotchBond Unviversal ® (3M ESPE, as self-etch, one step); CSE – Clearfil SE Bond® (Kuraray, self-etch, two steps). DC was obteined by FTIR-ATR. For μTBS test, 75 molars were cut to expose midcoronal dentine and then restored with the group adhesive strategy, polymerized for one of the 3 times, built up with resin composite (350 XT, 3M ESPE). Resin-dentine sticks were processed according to non-trimming technique (1 mm2) after storage in deionized water (37ºC) for 24h. Half os the sticks were tested immediately (T0), half were tested after 2 years (T2y) of storage in deionized water (37ºC). The results for DC and μTBS were analyzed by two ways ANOVA and Tukey`s test (p< 0,05). Statistical diferences were observed in degree of conversion for both adhesive tested (p<0,05). For μTBS, at baseline (T0) only SB and SU showed higher μTBS at 40s compared to other curing time. No difference were observed for CSE and OA in overall curing time. OS, at 10s, showed the lowest μTBS compared to other curing time. After 2 years of storage (T2y) no diference were found for SB, SU, OS and CSE according different curing time. OA was the only one that showed lower μTBS at 10s of curing time. When compared T0 to T2y no diference were observed for different time of light exposure for SB, OS, SU and CSE, only to OA, that showed a decrease in μTBS at 10s. Degree of conversion were positively affected by prolonged exposure time, but BS were not improved neither at T0 nor in T2 for all AS, since it showed to be material dependent.

Page generated in 0.1057 seconds