• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 138
  • Tagged with
  • 138
  • 82
  • 62
  • 62
  • 47
  • 47
  • 45
  • 45
  • 27
  • 25
  • 22
  • 22
  • 22
  • 20
  • 18
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Manual de revitalização de fachada com cerâmica

Tonello, Rebeca Araújo January 2018 (has links)
Submitted by Gisely Teixeira (gisely.teixeira@uniceub.br) on 2018-06-16T14:38:27Z No. of bitstreams: 1 51500845.pdf: 797011 bytes, checksum: c902b0554eb446cf0274d010c6eaaffb (MD5) / Made available in DSpace on 2018-06-16T14:38:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 51500845.pdf: 797011 bytes, checksum: c902b0554eb446cf0274d010c6eaaffb (MD5) Previous issue date: 2018 / A manutenção de uma edificação é de fundamental importância para a valorização do imóvel e seu uso adequado sem colocar a população em risco. Uma das principais manutenções consiste na revitalização de fachada. Este trabalho tem o objetivo de descrever um manual de revitalização de uma fachada com cerâmica, seguindo sempre as normas recomendadas. Devido a grande quantidade de revitalizações de fachadas com cerâmica em edifícios, é notório observar erros e vícios na execução. Por isso este trabalho apresenta um manual de itens passo a passo para que profissionais da construção civil possam consultar e pesquisar durante a execução de uma revitalização de fachada. Foram utilizados como base de consulta e pesquisa artigos científicos e livros.
2

Mais além da rua do Bom Jesus: a revitalização do bairro do Recife, a população e outros usos do local

Morim De Melo, Júlia January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:04:59Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo4659_1.pdf: 1331894 bytes, checksum: 694e435c50323e812f7123062495b71b (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Uma ilha. Nessa ilha, séculos de acontecimentos guardados no subsolo, na arquitetura e na0 memória. Um lugar que detém a história de uma cidade desde o seu princípio e que parece merecer um olhar mais cuidadoso de todos que nessa cidade habitam. Estou falando do Bairro do Recife, também conhecido como Recife Velho ou Recife Antigo, localizado na cidade de mesmo nome, no Estado de Pernambuco. O presente trabalho se propõe a analisar o processo de revitalização do Bairro do Recife, levando em conta o discurso oficial sobre a reforma dos autores do Plano, a Prefeitura da Cidade do Recife, o Governo do Estado de Pernambuco e outros atores sociais envolvidos. Através de documentos, textos e entrevistas com técnicos ligados ao projeto, definirei os fatores que contribuíram para tal reforma. Também, e principalmente, levo em consideração o ponto de vista dos sujeitos atingidos diretamente, moradores e trabalhadores da região, e sua convivência com essas transformações, mergulhando no contexto em que vivem, para melhor compreender suas opiniões e preocupações. Para realizar este trabalho, por observação direta e entrevistas, tentei compreender as vidas, rotinas, maneiras de pensar e relações que esses moradores e trabalhadores mantinham com o espaço, e desta forma, descobrir como cada um reagiu, sentiu, percebeu os impactos da revitalização do Bairro, no seu local de moradia e de trabalho. O trabalho de campo realizado, no período de 2001-2003, me permitiu destacar a existência de três universos representativos da população local, três níveis de vivência do lugar, configurando o grupo dos moradores da Comunidade do Pilar, o grupo dos moradores de pensões e o grupo dos trabalhadores do porto. As opiniões sobre as mudanças no lugar variaram segundo as diferenças individuais na experimentação da vida. Além da separação entre esses três universos que destaquei, as evidências empíricas revelam existir uma separação entre eles e os novos freqüentadores e trabalhadores do espaço em revitalização. Os trabalhadores do porto, por exemplo, sentem essa imposição, posto que seu sindicato está localizado na rua mais valorizada do bairro: a Rua do Bom Jesus. Ao analisar como os moradores do Pilar se referem à comunidade e ao bairro revitalizado, é possível distinguir que realmente eles não fazem parte desse "Recife Antigo", desse Recife voltado para o lazer, desse Recife "colorido, alegre e histórico". Esta dissertação oferece ao leitor a oportunidade de compreender os processos que ocorrem além da Rua do Bom Jesus
3

Manual de revitalização de fachada com cerâmica

Tonello, Rebeca Araújo January 2018 (has links)
Submitted by Gisely Teixeira (gisely.teixeira@uniceub.br) on 2018-06-16T14:38:27Z No. of bitstreams: 1 51500845.pdf: 797011 bytes, checksum: c902b0554eb446cf0274d010c6eaaffb (MD5) / Made available in DSpace on 2018-06-16T14:38:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 51500845.pdf: 797011 bytes, checksum: c902b0554eb446cf0274d010c6eaaffb (MD5) Previous issue date: 2018 / A manutenção de uma edificação é de fundamental importância para a valorização do imóvel e seu uso adequado sem colocar a população em risco. Uma das principais manutenções consiste na revitalização de fachada. Este trabalho tem o objetivo de descrever um manual de revitalização de uma fachada com cerâmica, seguindo sempre as normas recomendadas. Devido a grande quantidade de revitalizações de fachadas com cerâmica em edifícios, é notório observar erros e vícios na execução. Por isso este trabalho apresenta um manual de itens passo a passo para que profissionais da construção civil possam consultar e pesquisar durante a execução de uma revitalização de fachada. Foram utilizados como base de consulta e pesquisa artigos científicos e livros.
4

Transporte, acessibilidade e revitalização urbana: o caso do Bairro do Recife

José Teodoro da Cunha, Múcio January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:41:16Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6358_1.pdf: 2259850 bytes, checksum: 5b12d5944db28e6cbcd35bc6db36c33a (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / Desde a década de 1960 tem-se verificado em várias cidades do mundo uma tendência de revitalização de centros urbanos como um dos elementos constituintes do planejamento estratégico das cidades. Esta forma de planejamento urbano tem como finalidade a geração de uma nova dinâmica econômica e social, tendo como conseqüência uma intensificação dos deslocamentos nessas áreas. O objetivo desta dissertação é medir a acessibilidade no Bairro do Recife, área central da cidade, que passa por um processo de revitalização, comparando-a com outras áreas dinâmicas da Cidade do Recife. Argumenta-se que, em áreas onde o processo de revitalização urbana está instalado, um dos importantes condicionantes para a sustentabilidade das atividades sócio-econômicas está relacionado à acessibilidade a esse território e a seus equipamentos e serviços. A partir de uma revisão na literatura técnica disponível sobre revitalização urbana e acessibilidade foi escolhido um indicador do tipo gravitacional para a determinação da acessibilidade nessas áreas. Os dados foram analisados a partir do ano de 1997, quando o processo de revitalização tomou fôlego, sendo realizada uma previsão da acessibilidade nessa área para o ano de 2005. Os resultados mostraram que a área central ainda possui uma maior acessibilidade em relação a outras áreas dinâmicas da cidade. Entretanto, como o incremento do processo de revitalização pode alterar as condições de acessibilidade, sugere-se o monitoramento da acessibilidade ao Bairro em função das atividades que se pretende instalar
5

A revitalização do centro histórico de João Pessoa: uma estratégia para a reprodução do capital / The revitalization of the historical center of João Pessoa City: an strategy for the capital reproduction

Silva, Regina Celly Nogueira da 16 December 2015 (has links)
A presente pesquisa teve como objetivo analisar as formas através das quais o processo de revitalização do Centro Histórico de João Pessoa repercute na dinâmica socioespacial da área, bem como a interação dos elementos intervenientes na construção de sua realidade atual. Da mesma maneira, é parte do nosso interesse a identificação dos tipos de políticas levadas a efeito pelo Estado a partir da década de 1980 até os dias atuais, juntamente com as ações postas em prática pelas representações de setores do poder econômico da nossa sociedade, no interesse de redimensionar a produção e a reprodução do mencionado espaço. Visamos analisar as contradições existentes entre o discurso oficial e a sua efetiva prática, nas ações direcionadas ao chamado processo de revitalização. Também é nossa intenção analisar a mobilização da comunidade conhecida como Porto do Capim frente ao referido processo. Buscamos a identificação de como estes processos de intervenção urbana afetam diretamente a vida dos moradores locais, levando em consideração que estes moradores são ocupantes históricos deste lugar, tendo aí instaladas suas atividades e formas de uso do solo e da área espacial representativa do Centro Histórico. Consideramos que sua permanência e atividades na área, representam os sentidos de seu cotidiano, de sua identidade com o local e de sua sobrevivência. Ações no sentido da sua permanência e status patrimonial podem ser interpretadas, tal como em outros exemplos de revitalização como ressignificação de formas de resistência às demandas da expansão do sistema capitalista no país como os casos do (Recife Antigo/PE, Pelourinho/Salvador BA, Centro Dragão do Mar-Fortaleza). Para a realização desse trabalho nos pautamos em trabalhos acadêmicos, publicações que discutem intervenções nas áreas históricas das cidades brasileiras, experiências nacionais e internacionais. O trabalho empírico foi realizado no Bairro do Varadouro e na Comunidade Porto do Capim, Vila Nassau e Frei Vital. Nesta etapa da pesquisa, e dentro de nossa ótica metodológica, procuramos contato diário com moradores e comerciantes da área. Frequentamos suas festas e manifestações religiosas/culturais, conversamos com donas de casa e pessoas mais antigas no lugar. Ao fim de algum tempo de convivência, conseguimos maior confiança e aceitação, bem como, da nossa parte, o entendimento mais abrangente do modo de vida da Comunidade. Grande parte das informações foram coletadas junto à Comissão Permanente de Desenvolvimento do Centro Histórico de João Pessoa, da Biblioteca do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e da Coordenadoria do Patrimônio Cultural de João Pessoa. Desta forma elegemos como metodologia de investigação adotada neste estudo, a pesquisa qualitativa, por entendermos que essa metodologia proporcionará um olhar mais amplo sobre o processo em análise. Os recursos metodológicos foram: as entrevistas semi-estruturadas com técnicos do poder público, estudiosos da questão urbana, antigos moradores do Centro Histórico, da Comissão de Mulheres do Porto do Capim e demais moradores da Comunidade. Além das entrevistas, utilizamos a observação e descrição analítica da área de estudo. Através desses instrumentos, foram analisados elementos estruturais tais como: a memória, a tradição, o sentimento de pertencimento e o patrimônio cultural do lugar. Nosso estudo interpretou o uso deste espaço pelo poder público, em conjunto com representações comerciais do Capital, como área de disponibilidade geográfica para a instalação de investimentos, instalação de atividades ligadas à reprodução do capital no Centro Histórico. Os resultados evidenciam que o controle do Centro Histórico de João Pessoa não deixou de ser importante, mesmo que se tenham mudado as suas funcionalidades ao longo do tempo e os agentes que controlam esse espaço. Vale salientar que as práticas culturais e os usos cotidianos que se materializam na área do Porto do Capim, Vila Nasssau e Frei Vital representam formas de resistência ao processo de revitalização em curso. / This research aims to analyze the ways how the revitalization process of the Historical Center of João Pessoa/PB is linked to the sociospatial dynamics of this area, as well as the existing interaction among the elements of its present situation. On the same way, is part of our interest the identification of the kind of policies carried on by the State, together with the economic power constitutive representation. We defined the period between the 1980 years until nowadays as the scope of our work, looking forward the production and reproduction of the mentioned space. We also analyze the contradiction between the government official speech and its effective practice through the actions toward the revitalization process. Our research covers the community of Porto do Capim mobilization on face of governmental actions. We identify that, these urban interaction process directly affects the life of the local dwellers, considering that these people are the historical dwellers haring their way of life, activities and feeling of affection for the Historical Center. We see their permanence in that place as an affirmation of their meaning of life and identity with the place, so that the action in favor of their patrimonial status can be interpreted as a movement of resistance to the demands of expansion of the capitalistic system in our country (Recife Antigo/PE, Pelourinho/Salvador/BA, Centro Dragão do Mar/CE). In order to do this work we rely on academic issues about the Brazilian and international experiences over the cities historical background. The experimental phase was developed within the Bairro Vardouro and the community Porto do Capim, Vila Nassau and Frei Vital. According to the methodology we had a day by day visited and conversation to the old and business people, as well as the housekeepers living in the area Taking part of their cultural religious events gave us the opportunity to improve our understanding about the community values and habits. Moust of information were collected from the Comissão Permanente de Desenvolvimento do Centro Histórico de João Pessoa, the Biblioteca do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional and of the Coordenadoria do Patrimônio Cultural de João Pessoa. Therefore, weve chosen the qualitative research as the method for this work. The methodological sources were: half structured interviews with technicians and studious of the urban question, former dwellers of the Centro Historical, the Comissão de Mulheres do Porto do Capim and the other representatives of the community.Moreover, weve been using the observation and analytical description of the study area . We focus on structural elements such are: the memory, the tradition, the feeling of belonginess and the cultural patrimony. We interpreted the use of this space by the government together with the business enterprises, representing the finance capital interests, as an available geographic area good for investments and activities concerning to the reproduction of the Capital on the evidence that the control of this space keeps its importance, even if its functionalities were change along the time as well as the agents who are in charge on this control. On the other side, is important to detach that the cultural practices and the people day-to-day, which are inherent to the way of life in the Porto do Capim, Vila Nassau and Frei Vital, represent the inhabitants resistance to the changes brought about by the revitalization process.
6

Projeto Porto Valongo Santos : revitalização das frentes de água na promoção do desenvolvimentos sustentável das cidades costeiras

Espindola, Rebeca Rebouças P. de Souza 18 June 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2015-02-04T21:39:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Rebeca.pdf: 6735815 bytes, checksum: 7caa6e2cf8a11fb2c4c2339fd376877a (MD5) Previous issue date: 2012-06-18 / O projeto da dissertação constitui-se de um debate conceitual e factual sobre a relação das cidades costeiras com suas frentes de água. No entanto a temática não se restringe a aferir as relações existentes, contudo, avalia-las sob a ótica do desenvolvimento sustentável, com base nos relatórios publicados pela Organização das Nações Unidas (ONU), sobre desenvolvimento e meio ambiente e os manifestos urbanísticos. Dentre as ferramentas de gestão urbana, a revitalização ganha merecido destaque nesta pesquisa, considerando que, como instrumento urbanístico maximiza as possibilidades territoriais das áreas já consolidadas. Neste contexto, abordar-se-ão as premissas que conduzem a revitalização da zona portuária de Santos, como uma estratégia territorial comprometida como desenvolvimento sustentável. A iniciativa, criada pela Prefeitura em parceria com a Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), prevê a implantação de um centro de turismo e lazer na zona portuária entre os armazéns 1 ao 8, que passará nos próximos anos por um amplo projeto de revitalização. O grande desafio da dissertação consiste no reconhecimento das peculiaridades locais do município de Santos, como potencialidades urbanas capazes de fomentar o desenvolvimento sustentável sobre 5 vertentes: econômica, social, ambiental, cultural e espacial.
7

Revitalização de cursos d'água em área urbana

Souza, Patrick Santos de January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Geografia, Florianópolis, 2014 / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:20:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 331474.pdf: 7047526 bytes, checksum: 95c0fefe61c5027563db6091fcb4824b (MD5) Previous issue date: 2014 / Cursos d´água de áreas urbanas sofrem, frequentemente, intervenções que alteram a sua dinâmica natural e, por conseguinte, suas qualidades física e ecológica. Conforme Ollero et al. (2008), quando se pretende conservar ou recuperar um rio como ecossistema e corredor ambiental deve-se, primeiramente, proteger ou reparar a sua dinâmica hidrogeomorfológica, visto que os rios que mantêm essa dinâmica natural ativa têm boas condições de proteger os elementos constituintes do sistema fluvial e as suas relações. Neste contexto, a presente pesquisa discute limites e possibilidades de restabelecimento da dinâmica hidrogeomorfológica do rio Córrego Grande, localizado em Florianópolis/SC, sob as restrições impostas pela ocupação urbana da bacia hidrográfica, visando à revitalização fluvial. A partir da caracterização física da bacia do Córrego Grande e por intermédio do Índice de Valoração Hidrogeomorfológica (IHG) foi possível conhecer as pressões humanas sobre o sistema fluvial e as suas respostas em termos hidrológico e geomorfológico em trechos funcionalmente homogêneos do curso d'água, refletidas nos padrões de qualidade (i) funcional do sistema; (ii) do corredor ribeirinho e (iii) do canal fluvial. A metodologia aplicada permitiu a recomendação de ações para reduzir os impactos sobre a dinâmica hidrogeomorfológica e, deste modo, proporcionar maior riqueza de espécies e produção de biomassa aos ecossistemas fluviais urbanos.<br> / Abstract: Watercourses in urban areas frequently suffer interventions that alter its natural dynamics and also, as a consequence, its physical and ecological properties. According to Ollero et al. (2008), in order to conserve or recover a river as an ecosystem and environmental corridor, its hydro-geomorphological dynamic must first be protected or repaired, since the rivers that maintain this natural dynamic active are in a good position to protect the fluvial system's constituent elements and their relations. In this context the present research discusses limits and possibilities for the reestablishment of the hydro-geomorphological dynamic to the Córrego Grande river, located in Florianópolis/SC, under the restrictions imposed by the urban occupation of the catchment area, targeting fluvial revitalization. Using the physical characterization of the Córrego Grande catchment area and the IHG protocol it was possible to measure the human pressure upon the fluvial system and its responses in hydrological and geomorphological terms in functionally homogeneous reaches of the watercourse, reflected in the (i) system's functional quality; (ii) riparian corridor's quality; (iii) fluvial channel's quality. Using the applied methodology it was possible to recommend actions to reduce the impacts on hydro-geomorphological dynamics and thus provide greater species richness and biomass production to urban river ecosystems.
8

Etnologia indígena : revitalização da identidade cultural e linguística Tupinikim do Espírito Santo

Silva, Valdemir de Almeida 14 December 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2016. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2017-02-23T13:11:05Z No. of bitstreams: 1 2016_ValdemirdeAlmeidaSilva.pdf: 2225325 bytes, checksum: d592a29acf3b1b2133ff2cdadcccec83 (MD5) / Approved for entry into archive by Ruthléa Nascimento(ruthleanascimento@bce.unb.br) on 2017-03-02T16:18:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_ValdemirdeAlmeidaSilva.pdf: 2225325 bytes, checksum: d592a29acf3b1b2133ff2cdadcccec83 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-02T16:18:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_ValdemirdeAlmeidaSilva.pdf: 2225325 bytes, checksum: d592a29acf3b1b2133ff2cdadcccec83 (MD5) / Esta Dissertação apresenta os resultados e uma pesquisa realizada com os Tupinikim, grupo indígena brasileiro pertencente à Nação Tupi que, no século XVI, ocupava duas regiões do litoral do Brasil: o sul do atual estado da Bahia e o litoral do atual estado de São Paulo. Foram um dos grupos indígenas com os quais se deparou a esquadra portuguesa de Pedro Álvares Cabral, em 1500. Atualmente, habita terras indígenas no município de Aracruz, no norte do estado do Espírito Santo. Sua população é de 2.901 pessoas (SESAI, 2014). O objetivo geral é investigar como se pode dar o processo de revitalização da língua (Tupi Antigo), da identidade e da cultura dos Indígenas da Comunidade Indígena Tupinikim ´´Pau Brasil´´, do Espírito Santo. O arcabouço teórico e metodológico se configura como multidisciplinar. A metodologia parte dos princípios das pesquisas do tipo etnográfico (ERICKSON, 1984, 1988; SOUSA, 2006); quantitativa e qualitativa (GUNTER, 2009, ALMEIDA, 2015). As estratégias principais foram aplicação de questionários e realização de entrevistas semi-estruturadas. Por sua essência investigativa, foram amplamente utilizados os procedimentos das pesquisas bibliográfica e documental. A fundamentação teórica utiliza-se de uma ampla frente de categorias que se complementam dialeticamente numa concepção multidisciplinar. Para Educação Indígena e Educação Escolar Indígena (LOPES DA SILVA, 2001, GRUPIONI, 2001, 2006, MAHER, 2006, ALMEIDA, 2012, 2015); Para Ecolinguística (COUTO, 2007, 2009, 2013); Sociolinguística (BORTONI-RICARDO 2005, 2008, 2014, MOLLICA, 2003, SOUSA, 2006, ALMEIDA, 2015); Identidade cultural e linguística (MEY, 2001, RAJAGOPALAN, 2001; ALMEIDA, 2015 e SOUSA, 2015, Revitalização Linguística e Cultural (SILVA, 2006, FRANCESCHINI E CARNEIRO, 2009); Sobre o Brasil indígena, Terra e Território (GALLOIS, 2006; ISA, 2016; FUNAI, 2016); Acerca dos Tupinikim do ES, Teao, 2016. Com os resultados da pesquisa acreditamos que esta possa dar visibilidade a esse grupo indígena, uma vez que revelou a situação sociolingüística e ecolinguística onde a relação língua-comunidade e língua território precisa de atenção. Afinal, a língua portuguesa é a língua falada, sendo que a língua (Tupi Antigo) nativa, é muito pouco falada. Em relação à questão territorial, os indígenas sofrem a expansão da Aracruz Celulose, uma empresa brasileira líder mundial na produção de celulose branqueada de eucalipto, o que traz danos irreparáveis ao meio ambiente. Finalmente, a pesquisa acena com a necessidade de se realizar estudos que permitam a revitalização linguística, identitária e cultural dos Tupinikim, a partir das contribuições da Sociolinguística e da Ecolinguística. / This dissertation presents the results and a research carried out with the Tupinikim, a Brazilian indigenous group belonging to the Tupi Nation, which in the sixteenth century occupied two regions of the Brazilian coast: the south of the present state of Bahia and the coast of the present state of São Paulo . They were one of the indigenous groups that the Portuguese fleet of Pedro Álvares Cabral encountered in 1500. It currently inhabits indigenous lands in the municipality of Aracruz, in the north of the state of Espírito Santo. Its population is 2,901 people (SESAI, 2014). The general objective is to investigate how the process of revitalizing the language (Tupi Antigo), the identity and the culture of the Indigenous People of the Tupinikim Indigenous Community '' Pau Brasil '', of Espírito Santo, can take place. The theoretical and methodological framework is configured as multidisciplinary. The methodology is based on the principles of ethnographic research (ERICKSON, 1984, 1988; SOUSA, 2006); Quantitative and qualitative (GUNTER, 2009, ALMEIDA, 2015). The main strategies were the application of questionnaires and semi-structured interviews. For its investigative essence, the bibliographical and documentary research procedures were widely used. The theoretical basis uses a broad front of categories that complement each other dialectically in a multidisciplinary conception. For Indigenous Education and Indigenous School Education (LOPES DA SILVA, 2001, GRUPIONI, 2001, 2006, MAHER, 2006, ALMEIDA, 2012, 2015); For Ecolinguistics (COUTO, 2007, 2009, 2013); Sociolinguistics (BORTONI-RICARDO 2005, 2008, 2014, MOLLICA, 2003, SOUSA, 2006, ALMEIDA, 2015); Cultural and linguistic identity (MEJ, 2001, RAJAGOPALAN, 2001; ALMEIDA, 2015 and SOUSA, 2015, Linguistic and Cultural Revitalization (SILVA, 2006, FRANCESCHINI and CARNEIRO, 2009); ISA, 2016, FUNAI, 2016) About the Tupinikim of the ES, Teao, 2016. With the results of the research we believe that this can give visibility to this indigenous group, since it revealed the sociolinguistic and the linguistic situation where the language-community relationship and language territory needs attention. After all, the Portuguese language is the language spoken, and the native language (Tupi Antigo) is very little spoken. Regarding the territorial issue, the indigenous people suffer the expansion of Aracruz Celulose, a Brazilian company that is the world leader in the production of bleached eucalyptus pulp, which causes irreparable damage to the environment. Finally, the research stresses the need to carry out studies that allow for the linguistic, identity and cultural revitalization of the Tupinikim, based on the contributions of Sociolinguistics and Ecolinguistics.
9

Gestão de sítios históricos: a transformação dos valores culturais e econômicos nas fases de formulação e implementação de programas de revitalização em áreas históricas

Miranda Vieira, Natália January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T16:27:17Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo5388_1.pdf: 2131772 bytes, checksum: ea1da27183bf6f56c7566fa8cc441256 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / Este trabalho tem como objetivo central verificar o processo de transformação dos valores econômicos e culturais, ocorrido entre as fases de formulação e implementação de programas de revitalização em áreas históricas no Brasil, nos anos 80 e 90, especialmente nos casos do Bairro do Recife e do centro histórico de São Luís. Através desta análise, busca-se contribuir para a construção de processos de organização espacial mais consistentes e conseqüentes. As transformações observadas foram relacionadas com as estratégias de gestão adotadas, considerando as reformulações de objetivos ocorridas ao longo do processo de implementação destes programas. O ponto de partida do presente trabalho foi a constatação (VIEIRA, 2000) de que a valorização econômica das áreas patrimoniais vem assumindo papel de destaque em programas de revitalização, muitas vezes em detrimento do motivo pelo qual estas áreas tornaram-se objeto de preservação, ou seja, seu valor cultural. Para o enfrentamento da questão principal, após a construção de todo um referencial teórico para a elucidação dos conceitos envolvidos e das características centrais da gestão de programas de revitalização, foram analisados dois casos: o Pólo Bom Jesus no Bairro do Recife e o bairro da Praia Grande, no centro histórico de São Luís. Os valores culturais foram observados através dos valores patrimoniais (aspecto material do valor cultural) e os valores econômicos através da variação nos preços de compra e venda por metro quadrado do patrimônio edificado das áreas objeto de estudo. As categorias utilizadas para a verificação da transformação dos valores patrimoniais foram a integridade e a autenticidade, através do levantamento e análise do estado de conservação do patrimônio edificado e dos tipos de intervenções realizadas neste durante o programa de revitalização. Estas categorias foram aqui utilizadas por terem sido estabelecidas pela UNESCO como critérios fundamentais para a concessão do título de Patrimônio da Humanidade. O que se observou foi o papel determinante das estratégias de gestão adotadas para o alcance dos objetivos propostos. As modificações dos objetivos ao longo da implementação é diretamente proporcional ao grau de envolvimento dos diversos atores patrimoniais com seus respectivos interesses. Para a garantia de continuidade destes programas, verificou-se a extrema necessidade de estruturas de gerenciamento que independam do período político de determinada gestão pública
10

A revitalização do centro histórico de João Pessoa: uma estratégia para a reprodução do capital / The revitalization of the historical center of João Pessoa City: an strategy for the capital reproduction

Regina Celly Nogueira da Silva 16 December 2015 (has links)
A presente pesquisa teve como objetivo analisar as formas através das quais o processo de revitalização do Centro Histórico de João Pessoa repercute na dinâmica socioespacial da área, bem como a interação dos elementos intervenientes na construção de sua realidade atual. Da mesma maneira, é parte do nosso interesse a identificação dos tipos de políticas levadas a efeito pelo Estado a partir da década de 1980 até os dias atuais, juntamente com as ações postas em prática pelas representações de setores do poder econômico da nossa sociedade, no interesse de redimensionar a produção e a reprodução do mencionado espaço. Visamos analisar as contradições existentes entre o discurso oficial e a sua efetiva prática, nas ações direcionadas ao chamado processo de revitalização. Também é nossa intenção analisar a mobilização da comunidade conhecida como Porto do Capim frente ao referido processo. Buscamos a identificação de como estes processos de intervenção urbana afetam diretamente a vida dos moradores locais, levando em consideração que estes moradores são ocupantes históricos deste lugar, tendo aí instaladas suas atividades e formas de uso do solo e da área espacial representativa do Centro Histórico. Consideramos que sua permanência e atividades na área, representam os sentidos de seu cotidiano, de sua identidade com o local e de sua sobrevivência. Ações no sentido da sua permanência e status patrimonial podem ser interpretadas, tal como em outros exemplos de revitalização como ressignificação de formas de resistência às demandas da expansão do sistema capitalista no país como os casos do (Recife Antigo/PE, Pelourinho/Salvador BA, Centro Dragão do Mar-Fortaleza). Para a realização desse trabalho nos pautamos em trabalhos acadêmicos, publicações que discutem intervenções nas áreas históricas das cidades brasileiras, experiências nacionais e internacionais. O trabalho empírico foi realizado no Bairro do Varadouro e na Comunidade Porto do Capim, Vila Nassau e Frei Vital. Nesta etapa da pesquisa, e dentro de nossa ótica metodológica, procuramos contato diário com moradores e comerciantes da área. Frequentamos suas festas e manifestações religiosas/culturais, conversamos com donas de casa e pessoas mais antigas no lugar. Ao fim de algum tempo de convivência, conseguimos maior confiança e aceitação, bem como, da nossa parte, o entendimento mais abrangente do modo de vida da Comunidade. Grande parte das informações foram coletadas junto à Comissão Permanente de Desenvolvimento do Centro Histórico de João Pessoa, da Biblioteca do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e da Coordenadoria do Patrimônio Cultural de João Pessoa. Desta forma elegemos como metodologia de investigação adotada neste estudo, a pesquisa qualitativa, por entendermos que essa metodologia proporcionará um olhar mais amplo sobre o processo em análise. Os recursos metodológicos foram: as entrevistas semi-estruturadas com técnicos do poder público, estudiosos da questão urbana, antigos moradores do Centro Histórico, da Comissão de Mulheres do Porto do Capim e demais moradores da Comunidade. Além das entrevistas, utilizamos a observação e descrição analítica da área de estudo. Através desses instrumentos, foram analisados elementos estruturais tais como: a memória, a tradição, o sentimento de pertencimento e o patrimônio cultural do lugar. Nosso estudo interpretou o uso deste espaço pelo poder público, em conjunto com representações comerciais do Capital, como área de disponibilidade geográfica para a instalação de investimentos, instalação de atividades ligadas à reprodução do capital no Centro Histórico. Os resultados evidenciam que o controle do Centro Histórico de João Pessoa não deixou de ser importante, mesmo que se tenham mudado as suas funcionalidades ao longo do tempo e os agentes que controlam esse espaço. Vale salientar que as práticas culturais e os usos cotidianos que se materializam na área do Porto do Capim, Vila Nasssau e Frei Vital representam formas de resistência ao processo de revitalização em curso. / This research aims to analyze the ways how the revitalization process of the Historical Center of João Pessoa/PB is linked to the sociospatial dynamics of this area, as well as the existing interaction among the elements of its present situation. On the same way, is part of our interest the identification of the kind of policies carried on by the State, together with the economic power constitutive representation. We defined the period between the 1980 years until nowadays as the scope of our work, looking forward the production and reproduction of the mentioned space. We also analyze the contradiction between the government official speech and its effective practice through the actions toward the revitalization process. Our research covers the community of Porto do Capim mobilization on face of governmental actions. We identify that, these urban interaction process directly affects the life of the local dwellers, considering that these people are the historical dwellers haring their way of life, activities and feeling of affection for the Historical Center. We see their permanence in that place as an affirmation of their meaning of life and identity with the place, so that the action in favor of their patrimonial status can be interpreted as a movement of resistance to the demands of expansion of the capitalistic system in our country (Recife Antigo/PE, Pelourinho/Salvador/BA, Centro Dragão do Mar/CE). In order to do this work we rely on academic issues about the Brazilian and international experiences over the cities historical background. The experimental phase was developed within the Bairro Vardouro and the community Porto do Capim, Vila Nassau and Frei Vital. According to the methodology we had a day by day visited and conversation to the old and business people, as well as the housekeepers living in the area Taking part of their cultural religious events gave us the opportunity to improve our understanding about the community values and habits. Moust of information were collected from the Comissão Permanente de Desenvolvimento do Centro Histórico de João Pessoa, the Biblioteca do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional and of the Coordenadoria do Patrimônio Cultural de João Pessoa. Therefore, weve chosen the qualitative research as the method for this work. The methodological sources were: half structured interviews with technicians and studious of the urban question, former dwellers of the Centro Historical, the Comissão de Mulheres do Porto do Capim and the other representatives of the community.Moreover, weve been using the observation and analytical description of the study area . We focus on structural elements such are: the memory, the tradition, the feeling of belonginess and the cultural patrimony. We interpreted the use of this space by the government together with the business enterprises, representing the finance capital interests, as an available geographic area good for investments and activities concerning to the reproduction of the Capital on the evidence that the control of this space keeps its importance, even if its functionalities were change along the time as well as the agents who are in charge on this control. On the other side, is important to detach that the cultural practices and the people day-to-day, which are inherent to the way of life in the Porto do Capim, Vila Nassau and Frei Vital, represent the inhabitants resistance to the changes brought about by the revitalization process.

Page generated in 0.0797 seconds