• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 8
  • Tagged with
  • 8
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A sangria na terapêutica actual

Cerveira, Basilio Alberto de Sousa Pinto da January 1920 (has links)
No description available.
2

Sistemas de explotação de Hevea brasiliensis Muell. Arg cv IAN 873 no Planalto Paulista / not available

Brito, Paulo Fernando de 12 April 1993 (has links)
Com o objetivo de conhecer as respostas do cultivar IAN 873 quando submetido a diversos sistemas de explotação, onde se variou a freqüência de sangria, o comprimento do corte, a freqüência e a dose de estimulação, foi realizado experimento, em condições de campo, no município de Olímpia-SP. No experimento foi empregado o delineamento experimental inteiramente ao acaso, utilizando-se 13 tratamentos e 12 repetições, para obtenção de dados referentes à produção mensal de borracha seca por árvore, produção de boracha seca por sangria por árvore, perímetro do tronco, casca virgem e secamento de painel. Os tratamentos foram estabelecidos em função da variação da freqüência de sangria (d/2, d/3 e d/7), comprimento do corte (1/2 S e 1/3 S), concentração do estimulante de produção (ET 2,5% ET 3,3%, ET 5,0%, ET 7,5% e ET 10,0%) e intervalo de aplicação do estimulante (4/y e 6/y). Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que os sistemas de explotação 1/2 S d/3 6d/7 ET 2,5% Pa/La 4/y e ½ S d/3 6d/7 ET 2,5% Pa/La 6/y são bons sistemas para o uso pelos médios e pequenos produtores, apresentando alta produção mensal de borracha seca por árvore e boa produção de borracha seca por sangria por árvore. Os sistemas1/2 S d/7 6d/7 ET 7,5% Pa/La 6/y e 1/2 S d/7 6d/7 ET 5,0% Pa/La 6/y devem ser difundidos para os produtores, pois mostram grande produção de borracha seca por sangria por árvore, ganhos expressivos do perímetro do tronco e da espessura da casca, além de proporcionarem grande economia de mão-de-obra. / not available
3

Sistemas de explotação de Hevea brasiliensis Muell. Arg cv IAN 873 no Planalto Paulista / not available

Paulo Fernando de Brito 12 April 1993 (has links)
Com o objetivo de conhecer as respostas do cultivar IAN 873 quando submetido a diversos sistemas de explotação, onde se variou a freqüência de sangria, o comprimento do corte, a freqüência e a dose de estimulação, foi realizado experimento, em condições de campo, no município de Olímpia-SP. No experimento foi empregado o delineamento experimental inteiramente ao acaso, utilizando-se 13 tratamentos e 12 repetições, para obtenção de dados referentes à produção mensal de borracha seca por árvore, produção de boracha seca por sangria por árvore, perímetro do tronco, casca virgem e secamento de painel. Os tratamentos foram estabelecidos em função da variação da freqüência de sangria (d/2, d/3 e d/7), comprimento do corte (1/2 S e 1/3 S), concentração do estimulante de produção (ET 2,5% ET 3,3%, ET 5,0%, ET 7,5% e ET 10,0%) e intervalo de aplicação do estimulante (4/y e 6/y). Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que os sistemas de explotação 1/2 S d/3 6d/7 ET 2,5% Pa/La 4/y e ½ S d/3 6d/7 ET 2,5% Pa/La 6/y são bons sistemas para o uso pelos médios e pequenos produtores, apresentando alta produção mensal de borracha seca por árvore e boa produção de borracha seca por sangria por árvore. Os sistemas1/2 S d/7 6d/7 ET 7,5% Pa/La 6/y e 1/2 S d/7 6d/7 ET 5,0% Pa/La 6/y devem ser difundidos para os produtores, pois mostram grande produção de borracha seca por sangria por árvore, ganhos expressivos do perímetro do tronco e da espessura da casca, além de proporcionarem grande economia de mão-de-obra. / not available
4

A hipovolemia por doação de sangue aumenta a complacência gástrica e eleva o limiar de saciedade em humanos sadios / Hipovelemia elicited by blood donation increases gastric compliance and satiety threshold in healthy volunteers

Macedo, Geraldo Munguba January 2010 (has links)
MACEDO, Geraldo Munguba. A hipovolemia por doação de sangue aumenta a complacência gástrica e eleva o limiar de saciedade em humanos sadios. 2010. 67 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2010. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2014-02-20T12:06:38Z No. of bitstreams: 1 2010_dis_gmmacedo.pdf: 614774 bytes, checksum: 2c1fa32d0990c863e2e9d39711cb2b01 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2014-02-20T12:07:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dis_gmmacedo.pdf: 614774 bytes, checksum: 2c1fa32d0990c863e2e9d39711cb2b01 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-02-20T12:07:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dis_gmmacedo.pdf: 614774 bytes, checksum: 2c1fa32d0990c863e2e9d39711cb2b01 (MD5) Previous issue date: 2010 / Introduction: We have shown that blood shedding reduces tonus and increases gastric compliance in animals. Since satiety to a drinking test is affected by gastric tonus and compliance, we investigated the effect of blood donation (BD) and saline infusion in gastric tonus, compliance and sensitivity in healthy volunteers. Method: After approval of local ethics committee, 23 healthy male volunteers were studied. After an overnight fast (8-10h), followed by a light meal, and a 2h interval, one of the following procedures was performed. Tonus and compliance study. A PVC bag (1.6L) attached to a catheter was placed into the proximal stomach. Gastric volume (GV, ml) was continuously measured by an electronic barostat (Synectics®), with the intrabag pressure fixed at 12mmHg. After 30-min basal recording, the subjects (n=18) were randomly submitted to either BD (450 ml) or venous puncture site manipulation only, and GV was recorded for further 30-min. Small IP increments (until mild pain report) were also performed; before the basal period and at the end of the study. In 5 volunteers, saline infusion (1.3L) was performed 15-min after BD. Satiety. Volunteers were studied in two different occasions, 1 to 2 weeks apart. They were submitted to a blood donation or venous puncture only, before a modified satiety drinking test with a caloric meal was performed. Results: BD caused a rapid increase in GV (values above basal levels: 154 ± 62 ml at 5 minutes after shedding start and 152 ± 66 ml at the end of study, p<0.05). Volume x pressure slope increased (53.7 ± 4.2 vs. 45.1 ± 4.2ml.mmHg-1 basal, P=0.01) after BD. Saline infusion brought GV back to basal levels (0±1 ml basal vs -14 ± 6 ml at 30 min). BD increased the maximum volume ingested by the volunteers (790±56,7 vs. 1327±127ml, p<0.05). The time to reach the maximum score was also increased. (52.8±4 vs. 95.8±8min, p<0.05). The time to elicit the first (beginning to feel full) and third (full) sensations was also increased after BD (19.2±1.3 vs. 41.6 ±4.2min e 37.8±3.5 vs. 67.5 ±6.6min, respectively, p<0.05). BD did not change blood pressure and cardiac rate. Conclusions: BD decreases gastric tonus and increases gastric compliance. Saline infusion reverted such phenomena. Furthermore BD increases the time and volume sensitivity threshold in a satiety drinking test. This might explain dyspeptic complains in individuals under acute volemic imbalance. / Objetivos: A hipovolemia aguda reduz o tônus e aumenta a complacência gástrica em animais. A complacência do estômago proximal é o principal determinante da saciedade no teste de saciedade (drinking test). No entanto, não há relatos de eventuais alterações de complacência, tônus, saciedade e de plenitude gástricas frente a uma redução aguda do volume sangüíneo em humanos. Método: Após aprovação pelo Comitê de Ética, e seguido de jejum noturno de 8 horas, estudou-se 23 voluntários sadios. Tônus e complacência: Após obtenção de um acesso venoso, uma sonda-balão (12F, saco de PVC de 1600ml) foi afixada no estômago proximal dos voluntários (n=17). O volume gástrico foi medido continuamente por um sistema computadorizado de barostato (Synectics®), com a pressão intragástrica fixada em 12mmHg. Após um período basal de 30min os voluntários foram submetidos aleatoriamente a sangria (doação padrão de sangue, 450 ml) ou apenas a punção venosa. Foram realizados também pequenos aumentos da pressão intra-balão até o relato de leve desconforto, antes do período basal e ao final do estudo. Em sete voluntários foi realizada infusão de salina 15min após a sangria. Saciedade e plenitude: Avaliou-se seis voluntários sadios (homens, 28,5±3,5 anos) em duas ocasiões (intervalo de 1 a 2 semanas). Após jejum noturno de 8h, os voluntários ingeriram refeição padronizada. Decorridas 2h, foram submetidos à punção venosa seguida (condição experimental) ou não (controle) por doação padrão de sangue. Logo após, avaliou-se a saciedade e a plenitude gástricas pelo drinking test modificado mediante a ingestão de refeição líquida, achocolatada sem lactose, num ritmo fixo de 15 ml/min. A cada 5min da refeição teste, avaliou-se a plenitude utilizando escala de 0 a 5 (0-não sinto nada, 5-não agüento mais) e a saciedade com escala de descritores. Resultados: A sangria causou um aumento no volume gástrico (incremento sobre o período basal: 154 ± 62ml aos 5min e 152 ± 66ml aos 30min, p < 0,05). A inclinação da curva volume vs pressão aumentou após doação de sangue (53,7 ± 4,2 vs 45,1 ± 4,2ml.mmHg-1 basal, p = 0,01). A infusão de salina trouxe os valores de volta ao nível basal (0 ml basal vs -14 ± 6 ml aos 30min, p > 0,05). A doação padrão de sangue aumentou o volume máximo ingerido em relação à condição controle (790±56,7 vs 1327±127ml, p<0,05). O tempo para chegar ao valor 5 (plenitude máxima) foi maior após doação de sangue (52,8±4 vs 95,8±8min, p<0,05). O tempo para a primeira sensação (“começando a encher”) e o tempo para a terceira sensação (“cheio”) foram maiores após a doação de sangue (19,2±1,3 vs 41,6 ±4,2min e 37,8±3,5 vs 67,5 ± 6,6min, respectivamente, p<0,05). A doação de sangue não alterou significativamente a pressão arterial e a freqüência cardíaca. Conclusão: A doação de sangue diminuiu o tônus e aumentou a complacência gástrica. A infusão de salina reverteu esse fenômeno. A redução da volemia aumentou o limiar para a percepção da plenitude gástrica. Isto pode corresponder a um novo fator determinante de sintomas relacionados à plenitude gástrica.
5

Estudo sobre densidade de plantio e sistemas de sangria de seringueira (Hevea brasiliensis Muell. Arg.) através do uso de modelagem e simulação / A modelling and simulation study of planting density and tapping systems in rubber (Hevea brasiliensis Muell. Arg.)

Brummer, Bernardo Marcelo 25 March 1992 (has links)
Os efeitos da densidade de plantio e sistemas de sangria em seringueiras foram estudados através do uso de modelagem e simulação, objetivando-se avaliar as potencialidades para estudos teóricos e geração de hipóteses de trabalho para pesquisa de campo desta metodologia. Um modelo de crescimento e produção de seringueira foi adaptado para estes fins, simulando as condições encontradas em seringais de Pindorama - S.P., para as densidades de plantio com 476, 625 e 1.111 árvores por hectare. As curvas de produção em função da densidade de plantio de um experimento de campo, apresentaram tendências similares as do ensaio simulado. Simulações comparando cenários com regimes hídricos diferentes sugerem que em condições de déficit hídrico a limitação na produção de borracha acontece em grau similar para as três densidades testadas. Outras simulações, ainda sugeriram as hipóteses de obtenção de ganhos de produção de borracha, através do aumento da densidade de plantio utilizando clones de maior produtividade, tanto com sangria tipo d/2 quanto para d/7. Nestes casos também sugeriram que o aumento da densidade compensaria parcialmente a menor produção por árvore em stands menos estimulados quimicamente. A técnica de sistemas mostrou-se adequada para o estudo teórico. e geração de hipóteses, no presente trabalho. / A systems approach for studying the effects of planting density and tapping systems was used, in order to evaluate this method potential for theoretical studies and as an hypothesis generator for field experimentation. A rubber crop growth model was adapted for these targets, simulating the conditions found in normal Pindorama S.P. rubber crops, for planting densities of 476, 625 and 1.111 trees per hectare. Similar trends were detected when comparing rubber production curves in relation to planting density, of a real life experiment and a simulated one. Simulations outputs of different hydrological regimes, suggest that water shortage affected rubber production for the three tested densities approximately in the same degree. Further simulations suggest the hypothesis that higher stands could increase yield when using more productive planting material, for high (d/2) or low (d/7) tapping frequencies, and that higher stands could somewhat compensate the lower yield in less stimulated stands. Systems approach showed itself adequate for theoretical studies and hypothesis generation, in this study.
6

Efeito de métodos de insensibilização e sangria sobre características de qualidade da carne de rã-touro e perfil das indústrias de abate / Effect of different stunning and bleeding methods on quality characteristics of bullfrog meat and profile of it’s slaughtering plants

Moura, Onofre Maurício de 15 September 1999 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2016-10-24T16:05:18Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 2433881 bytes, checksum: 1507efac251c9f4de61ac591ea8d3493 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-10-24T16:05:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 2433881 bytes, checksum: 1507efac251c9f4de61ac591ea8d3493 (MD5) Previous issue date: 1999-09-15 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Este trabalho foi dividido em dois capítulos. No primeiro, determinaram- se algumas características bioquímicas, físicas e físico-químicas da carne de rã de diferentes sexos, submetida a três métodos de insensibilização (químio, termo e eletronarcose) e dois métodos de sangria (com e sem). No segundo, levantaram-se os problemas e as potencialidades da indústria brasileira de abate e processamento, procurando estabelecer o perfil desta atividade agroindustrial e projetando um instantâneo de sua situação atual. Levantaram- se também informações sobre o mercado mundial de carne de rã. Verificou-se que o valor mínimo de pH32h (6,04) foi obtido pela aplicação de eletronarcose. Apesar de diferenças (P<0,05) sofridas por cada um dos índices de cor (valores de L, a e b), a carne de rã apresentou-se sempre com coloração branco-cremosa. Os valores de R indicaram que a instalação do rigor mortis em rãs teve retardo mínimo de oito horas, sendo esse retardo maior (P<0,05) quando se empregou a termonarcose (cerca de 11 horas). As características físico-químicas (CRA, CE, PE) da carne de rã não foram (P>0,05) afetadas por nenhuma das variáveis estudadas e suas interações. A CE da carne de rã (111,13 mL óleo/g de amostra) mostrou-se similar àquela reportada na literatura para a carne bovina magra (115,6 mL óleo/g de amostra). A PPC da carne foi afetada (P<0,05) pela interação entre sexo e tipo de sangria. A maciez da carne sofreu (P<0,05) efeito da interação entre os métodos de insensibilização e sangria. Esses resultados indicaram que, aparentemente, as metodologias de insensibilização e sangria estudadas, assim como o sexo das rãs, não trazem maiores conseqüências para as características de qualidade da carne de rã. Constatou-se que, no Brasil, os abatedouros de rã, em média, empregam 7,3 trabalhadores, operam com elevada (75%) capacidade ociosa e, em conjunto, apresentam produção (1998) de cerca de 75 toneladas, correspondendo a cerca de 19% da produção estimada dos ranários. A maioria das empresas tem operado com amadorismo em relação ao produto e ao consumidor. Não existe definição ou classificação para o produto (padrão de qualidade); os aspectos sanitários de algumas empresas e algumas operações da linha de abate podem ser melhoradas. Há necessidade de desenvolver e adequar equipamentos e utensílios de abate próprios à atividade, bem como uniformizar as exigências dos serviços de inspeção (SI) do País. No exterior, a classificação da carne de rã se dá unicamente com relação ao peso das coxas, exportadas congeladas. Não há, no mercado, produtos processados, e a exigência de qualidade sanitária dos produtos tem sido utilizada como barreira à sua entrada nos países importadores. / This research was divided in two chapters. In the first one, some of the biochemical, physical and physical-chemical properties of frog meat of different sex, submitted to three stunning methods (anesthetic, electrical and thermal) and two bleeding procedures (with and without) were determined. In the second one, the potentials and problems of the Brazilian frog slaughtering and processing industry were investigated, in order to establish this agro-industry profile, and project it’s actual situation. Information regarding the world’s frog market were also gathered. The results showed a minimum pH32h (6,04) which resulted from the electrical stunning method. Despite the differences verified (P<0,05) for each (L, a and b values) of the color indexes, the frog meat always presented itself custard-white in color. The R values indicated that in frog the rigor mortis delay phase have a minimum of 8 hours, which is greater (P<0,05) when thermal stunning is used (about 11 hours). None of the frog meat physical-chemical characteristics (WHC, EC and drip loss) were (P>0,05) affected by any of the variables studied or their interactions. Frog’s meat EC (111,13 mL of oil/g of sample) was similar to that reported for lean beef (115,6 mL of oil/g of sample). The frog meat cooking loss was affected (P<0,05) by the interaction between sex and bleeding procedure. Frog meat tenderness was affected (P<0,05) by the interaction between the stunning and bleeding methods. This results indicate that, apparently, the stunning and bleeding procedures studied, as well as frog’s sex, does not have any major consequences to it’s final meat quality. It evidenced that, in Brazil, the frog slaughtering plants, on average, employ 7,3 workers, operate at low capability (25%), and all together have a production (1998) of about 75 tons., corresponding to about 19% of the estimated Brazilian frogfarms production. The majority of the industries operated in an amateur way regarding the product and it’s consumers. There is no product definition or classification (quality standards); The sanitary aspects and some of the line operation steps of some of the industries, can and may be improved. There is a need to develop/adapt slaughtering equipment and utensils proper to his activity, as well to standardize the Brazilian’s Inspection Service exigencies. In the foreign market the frog meat classification is solely based in regard to the legs weight, which are exported in the frozen state. There is no processed frog products, and the exigency for the product’s sanitary quality have been used as a barrier to it’s importation.
7

A hipovolemia por doaÃÃo de sangue aumenta a complacÃncia gÃstrica e eleva o limiar de saciedade em humanos sadios / Hipovelemia elicited by blood donation increases gastric compliance and satiety threshold in healthy volunteers

Geraldo Munguba Macedo 12 August 2010 (has links)
FundaÃÃo de Amparo à Pesquisa do Estado do Cearà / Objetivos: A hipovolemia aguda reduz o tÃnus e aumenta a complacÃncia gÃstrica em animais. A complacÃncia do estÃmago proximal à o principal determinante da saciedade no teste de saciedade (drinking test). No entanto, nÃo hà relatos de eventuais alteraÃÃes de complacÃncia, tÃnus, saciedade e de plenitude gÃstricas frente a uma reduÃÃo aguda do volume sangÃÃneo em humanos. MÃtodo: ApÃs aprovaÃÃo pelo Comità de Ãtica, e seguido de jejum noturno de 8 horas, estudou-se 23 voluntÃrios sadios. TÃnus e complacÃncia: ApÃs obtenÃÃo de um acesso venoso, uma sonda-balÃo (12F, saco de PVC de 1600ml) foi afixada no estÃmago proximal dos voluntÃrios (n=17). O volume gÃstrico foi medido continuamente por um sistema computadorizado de barostato (SynecticsÂ), com a pressÃo intragÃstrica fixada em 12mmHg. ApÃs um perÃodo basal de 30min os voluntÃrios foram submetidos aleatoriamente a sangria (doaÃÃo padrÃo de sangue, 450 ml) ou apenas a punÃÃo venosa. Foram realizados tambÃm pequenos aumentos da pressÃo intra-balÃo atà o relato de leve desconforto, antes do perÃodo basal e ao final do estudo. Em sete voluntÃrios foi realizada infusÃo de salina 15min apÃs a sangria. Saciedade e plenitude: Avaliou-se seis voluntÃrios sadios (homens, 28,5Â3,5 anos) em duas ocasiÃes (intervalo de 1 a 2 semanas). ApÃs jejum noturno de 8h, os voluntÃrios ingeriram refeiÃÃo padronizada. Decorridas 2h, foram submetidos à punÃÃo venosa seguida (condiÃÃo experimental) ou nÃo (controle) por doaÃÃo padrÃo de sangue. Logo apÃs, avaliou-se a saciedade e a plenitude gÃstricas pelo drinking test modificado mediante a ingestÃo de refeiÃÃo lÃquida, achocolatada sem lactose, num ritmo fixo de 15 ml/min. A cada 5min da refeiÃÃo teste, avaliou-se a plenitude utilizando escala de 0 a 5 (0-nÃo sinto nada, 5-nÃo agÃento mais) e a saciedade com escala de descritores. Resultados: A sangria causou um aumento no volume gÃstrico (incremento sobre o perÃodo basal: 154  62ml aos 5min e 152  66ml aos 30min, p < 0,05). A inclinaÃÃo da curva volume vs pressÃo aumentou apÃs doaÃÃo de sangue (53,7  4,2 vs 45,1  4,2ml.mmHg-1 basal, p = 0,01). A infusÃo de salina trouxe os valores de volta ao nÃvel basal (0 ml basal vs -14  6 ml aos 30min, p > 0,05). A doaÃÃo padrÃo de sangue aumentou o volume mÃximo ingerido em relaÃÃo à condiÃÃo controle (790Â56,7 vs 1327Â127ml, p<0,05). O tempo para chegar ao valor 5 (plenitude mÃxima) foi maior apÃs doaÃÃo de sangue (52,8Â4 vs 95,8Â8min, p<0,05). O tempo para a primeira sensaÃÃo (âcomeÃando a encherâ) e o tempo para a terceira sensaÃÃo (âcheioâ) foram maiores apÃs a doaÃÃo de sangue (19,2Â1,3 vs 41,6 Â4,2min e 37,8Â3,5 vs 67,5  6,6min, respectivamente, p<0,05). A doaÃÃo de sangue nÃo alterou significativamente a pressÃo arterial e a freqÃÃncia cardÃaca. ConclusÃo: A doaÃÃo de sangue diminuiu o tÃnus e aumentou a complacÃncia gÃstrica. A infusÃo de salina reverteu esse fenÃmeno. A reduÃÃo da volemia aumentou o limiar para a percepÃÃo da plenitude gÃstrica. Isto pode corresponder a um novo fator determinante de sintomas relacionados à plenitude gÃstrica. / Introduction: We have shown that blood shedding reduces tonus and increases gastric compliance in animals. Since satiety to a drinking test is affected by gastric tonus and compliance, we investigated the effect of blood donation (BD) and saline infusion in gastric tonus, compliance and sensitivity in healthy volunteers. Method: After approval of local ethics committee, 23 healthy male volunteers were studied. After an overnight fast (8-10h), followed by a light meal, and a 2h interval, one of the following procedures was performed. Tonus and compliance study. A PVC bag (1.6L) attached to a catheter was placed into the proximal stomach. Gastric volume (GV, ml) was continuously measured by an electronic barostat (SynecticsÂ), with the intrabag pressure fixed at 12mmHg. After 30-min basal recording, the subjects (n=18) were randomly submitted to either BD (450 ml) or venous puncture site manipulation only, and GV was recorded for further 30-min. Small IP increments (until mild pain report) were also performed; before the basal period and at the end of the study. In 5 volunteers, saline infusion (1.3L) was performed 15-min after BD. Satiety. Volunteers were studied in two different occasions, 1 to 2 weeks apart. They were submitted to a blood donation or venous puncture only, before a modified satiety drinking test with a caloric meal was performed. Results: BD caused a rapid increase in GV (values above basal levels: 154  62 ml at 5 minutes after shedding start and 152  66 ml at the end of study, p<0.05). Volume x pressure slope increased (53.7  4.2 vs. 45.1  4.2ml.mmHg-1 basal, P=0.01) after BD. Saline infusion brought GV back to basal levels (0Â1 ml basal vs -14  6 ml at 30 min). BD increased the maximum volume ingested by the volunteers (790Â56,7 vs. 1327Â127ml, p<0.05). The time to reach the maximum score was also increased. (52.8Â4 vs. 95.8Â8min, p<0.05). The time to elicit the first (beginning to feel full) and third (full) sensations was also increased after BD (19.2Â1.3 vs. 41.6 Â4.2min e 37.8Â3.5 vs. 67.5 Â6.6min, respectively, p<0.05). BD did not change blood pressure and cardiac rate. Conclusions: BD decreases gastric tonus and increases gastric compliance. Saline infusion reverted such phenomena. Furthermore BD increases the time and volume sensitivity threshold in a satiety drinking test. This might explain dyspeptic complains in individuals under acute volemic imbalance.
8

Avaliação da qualidade de tambaquis(Colossoma macropomum) sangrados e não sangrados, frescos e eviscerados

Carmona, Kelly de Gaíva 21 March 2014 (has links)
Submitted by Simone Souza (simonecgsouza@hotmail.com) on 2017-08-24T15:17:13Z No. of bitstreams: 1 DISS_2014_Kelly de Gaiva Carmona.pdf: 1305192 bytes, checksum: 130a12e376106a20bfef053a6c7f3863 (MD5) / Approved for entry into archive by Jordan (jordanbiblio@gmail.com) on 2017-08-24T15:22:01Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISS_2014_Kelly de Gaiva Carmona.pdf: 1305192 bytes, checksum: 130a12e376106a20bfef053a6c7f3863 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-24T15:22:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISS_2014_Kelly de Gaiva Carmona.pdf: 1305192 bytes, checksum: 130a12e376106a20bfef053a6c7f3863 (MD5) Previous issue date: 2014-03-21 / A carne de pescado é um dos alimentos mais susceptíveis à deterioração por microrganismos. Por esse motivo, procurou-se verificar o efeito da sangria sobre a qualidade da carne do tambaqui armazenado em gelo (2:1) (0ºC ± 4ºC) por 29 dias. Para tanto, foram utilizados 90 exemplares (1,230 ± 0,80kg e 36,20 ± 7,10cm) do peixe em questão, sendo divididos em dois grupos: 45 exemplares sangrados e 45 exemplares não sangrados. Em intervalos de 2 a 3 dias, amostras foram retiradas para as análises microbiológicas e físico-químicas. Nos tempos estabelecidos realizou-se as análises de contagem total de microrganismos heterotróficos aeróbios mesófilos, aeróbios psicrotróficos, bactérias do gênero Aeromonas spp, contagem de bactérias da família Enterobacteriaceae, e análises físico-químicas de pH e BVT (Bases Voláteis Totais). Não houve efeito significativo (p>0,05) entre peixes sangrados e não sangrados em relação à quantificação de mesófilos e Aeromonas spp. No entanto, para a quantificação de psicrotróficos e Enterobactérias, e determinação do pH e BVT, o teste de comparação de médias Tukey foi significativo ao nível de 5%, sendo que o grupo de peixes sangrados apresentou resultados mais satisfatórios em relação a manutenção da qualidade da carne. / The fresh fish is one of the most susceptible food to deterioration by microorganisms. Therefore, one intended to verified the effect of the difference between fish bled and not bled on the meat quality of tambaqui stored on ice (0°C to 4°C) for 29 days. Therefore, 90 samples(1.230 ± 0.80 kg and 36.20 ± 7.10 cm) of the fish in question were divided into two groups: 45 samples were bled and 45 samples were not bled. Within 2 to 3 days, samples were taken for microbiological and physico-chemical analysis. In the established times held the analyzes of total count of aerobic heterotrophic mesophilic microorganisms, quantification of aerobic heterotrophic microorganisms psychrotrophic bacteria from Aeromonas, Enterobacteriaceae bacteria, and physico-chemical analysis of pH and TVB (total volatile bases). There was no significant effect (p> 0.05) between fish bled and not bled on meat quality for the quantification of BHAM and Aeromonas. However, for the quantification of BHAP and Enterobacteriaceae, and determination of pH and TVB, the comparison Tukey test was significant at the 5% level, and the group bled fish showed better results.

Page generated in 0.0141 seconds