• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 12
  • Tagged with
  • 13
  • 13
  • 13
  • 11
  • 9
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Nova sistemática de aplicação da tarifa social de energia elétrica : uma alternativa para se evitar a suspensão total do fornecimento, reduzir custos e aprimorar procedimentos

Valente, Jorge Augusto Lima 16 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, Centro de Estudos em Regulação de Mercados, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2014-05-29T15:13:37Z No. of bitstreams: 1 2013_JorgeAugustoLimaValente.pdf: 8184324 bytes, checksum: 8bfd175d7931f3dc090686846b102a13 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-05-30T12:56:41Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_JorgeAugustoLimaValente.pdf: 8184324 bytes, checksum: 8bfd175d7931f3dc090686846b102a13 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-05-30T12:56:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_JorgeAugustoLimaValente.pdf: 8184324 bytes, checksum: 8bfd175d7931f3dc090686846b102a13 (MD5) / A Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) é uma forma de transferência de renda que busca proporcionar às famílias de menor poder aquisitivo um alívio de seus gastos com energia elétrica. Atualmente os benefícios são concedidos na forma de descontos decrescentes, aplicados ao longo de quatro faixas de consumo. Tal sistemática gera, contudo, dificuldades na implantação de disposições normativas e novas alternativas tecnológicas, além de dificultar o entendimento e o poder de escolha dos próprios consumidores, o que pode ser constatado pela sua indiferença ou ausência de resposta para se manter em determinada faixa de consumo. Diante dessas questões, este trabalho objetiva o desenvolvimento de uma nova sistemática de aplicação de descontos. Propõe-se aqui a adoção de uma única faixa de consumo gratuito, cujo valor não ocasione maior pressão nas contas públicas e seja vantajoso para a maioria dos atuais beneficiados. Esta nova sistemática permitiria ainda o estabelecimento de um procedimento alternativo à suspensão do fornecimento, fazendo com que uma quantidade considerável de consumidores inadimplentes (potencialmente mais humildes e vulneráveis) fique sujeita não mais a uma interrupção total de um serviço tido como essencial, mas tão somente a uma restrição no seu consumo até o limite da gratuidade. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica – Social Tariff for Electric Energy) is a kind of income transfer that aims to provide for low income families a relief from their energy expenses. Currently the benefits are granted in the form of decreasing discounts applied along four blocks of consumption. Such systematic creates, however, difficulties in the implementation of normative commands and new alternative technologies, also affecting the understanding and the power of choice of the consumers, what can be noted by their indifference or lack of response to keep their consumption in certain range. Given these issues, this paper aims to develop a new systematics of discounting. We propose the adoption of a single free basic consumption, calculated in a way not to cause pressure on public accounts and to be advantageous for the majority of the current beneficiaries. This new systematic would also allow the establishment of an alternative procedure instead of cut off supply, making that a considerable number of defaulting consumers (potentially most humble and vulnerable) no longer be subject to a total interruption of a service considered essential, but only to a restricted consumption until the limit of gratuity. _______________________________________________________________________________________ RESUMEN / La Tarifa Social de Energía Eléctrica (TSEE) es una forma de transferencia de renta que busca proporcionar a las familias de menor poder adquisitivo un alivio en sus gastos con energía eléctrica. Actualmente, los beneficios son concedidos en forma de descuentos decrecientes, aplicados a lo largo de cuatro franjas de consumo. Sin embargo, este sistema genera dificultades en la implantación de disposiciones normativas y nuevas alternativas tecnológicas, además de dificultar el entendimiento y el poder de escoger de los propios consumidores, lo que puede ser constatado por su indiferencia o ausencia de respuesta para mantenerse en determinada franja de consumo. Frente a esas cuestiones, este trabajo objetiva el desarrollo de un nuevo sistema de aplicación de descuentos. Se propone entonces la adopción de una única franja de consumo gratuito, cuyo valor no ocasione mayor presión en las finanzas públicas y que al mismo tiempo sea ventajoso para la mayoría de los actuales beneficiados. Esto permitiría el establecimiento de un procedimiento alternativo a la suspensión del suministro, haciendo con que una cantidad considerable de consumidores en situación de débito (potencialmente más humildes y vulnerables) estén sujetos no más a una interrupción total de un servicio considerado como esencial, sino que a una restricción en su consumo hasta el límite de la gratuidad. _______________________________________________________________________________________ ZUSAMMENFASSUNG / Der TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica – Strom-Sozialtarif) ist ein Transfereinkommen, der einkommensschwache Familien bei ihren Energiekosten entlasten soll. Derzeit werden Vergünstigungen als gestaffelte Rabatte gewährt, die vier Verbrauchniveaus entsprechend festgelegt werden. Allerdings erschwert dieses System die Einführung neuer technischer Alternativen und Regelungen und beeinträchtigt das Verständnis und die Entscheidungskraft der Verbraucher. Das merkt man an der Gleichgültigkeit oder mangelnden Ansprechbarkeit, sich auf einem bestimmten Verbrauchniveau zu halten. In Anbetracht dieser Belange ist es der Zweck dieser Studie, ein neues Rabattgewährungssystem zu entwickeln. Wir schlagen vor, ein kostenloses Grundkontingent anzuwenden, dessen Wert nicht noch einen größeren Druck auf den Staatshaushalt ausübt und dennoch von Vorteil für die meisten der jetzigen Berechtigten ist. Dieses neue System würde außerdem eine Alternative zu einer Versorgungsunterbrechung bieten. Eine große Anzahl säumiger Verbraucher, die wohl auch einkommensschwächer und hilfloser sind, wären nicht mehr der völligen Unterbrechung einer lebensnotwendigen Dienstleistung ausgesetzt, sondern ihr Stromverbrauch müsste sich innerhalb des Gratis-Sockels halten.
2

Consumo e custo de energia elétrica em feijão (Phaseolus vulgaris L.) irrigado, afetado por quatro métodos de manejo de irrigação

Rizzatti, Gilcileia dos Santos [UNESP] 26 May 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:31:02Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-05-26Bitstream added on 2014-06-13T20:01:28Z : No. of bitstreams: 1 rizzatti_gs_dr_jabo.pdf: 926796 bytes, checksum: ddb0699faee0826d3ff0c3fb6b91d760 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A irrigação é responsável por grande parte do consumo de energia elétrica no meio rural. O correto manejo da irrigação evita o desperdício de energia elétrica e de água. O objetivo deste trabalho foi analisar o consumo e custo de energia elétrica em cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) IAC-Carioca, irrigado por aspersão convencional, submetido a quatro manejos de irrigação: T1 – irrigação em função do método do tanque “Classe A”; T2 – irrigação em função da umidade do solo, medida com tensiômetros; T3 – irrigação em função do método de Penman-Monteith; T4 – irrigação em função da razão de Bowen; comparados com o tratamento T5 – sem irrigação, após o estabelecimento da cultura, em dois anos 2009 e 2010. A pesquisa foi desenvolvida na Área Demonstrativa e Experimental de Irrigação - ADEI, da FCAV/UNESP, Câmpus de Jaboticabal – SP, Brasil. O consumo de energia elétrica do sistema de irrigação foi monitorado e o custo analisado para dois grupos tarifários: A e B. Os preços do kWh dos sistemas tarifários de energia elétrica foram obtidos na CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz). O sistema tarifário Grupo B, com desconto especial para irrigantes no período noturno foi a opção mais adequada para a cultura do feijoeiro, nos dois anos estudados. Em 2009, o consumo e o custo de energia elétrica foram maiores no manejo da irrigação pelo método do tanque “Classe A”; em 2010 o consumo e o custo de energia elétrica foram maiores no manejo da irrigação por tensiometria. Observou-se uma tendência de maior retorno econômico, adotandose o manejo de irrigação pelo método do tanque “Classe A”. / Irrigation is responsible for much of the energy consumption in rural areas. The correct management of irrigation avoids the waste of electric energy and water. The objective of this work was analyze the consumption and cost of electric energy in culture of bean crop (Phaseolus vulgaris L.), IAC-Carioca, irrigated by conventional sprinkler, submitted by four irrigation management: T1- irrigation in function of the method Class A pan, T2- irrigation depending on soil moisture, measured with tensiometers; T3- irrigation according to the Penman- Monteith; T4- irrigation according to the Bowen ratio; compared with the treatment T5- without irrigation, after culture establishment in two years 2009 and 2010. The research was developed at the Demonstrative and Experimental Area of Irrigation - ADEI, of FCAV/UNESP, Campus of Jaboticabal - SP, Brazil. The irrigation electric energy consumption was monitored and the cost analyzed for two tariff groups: A and B. The prices of kWh of the tariff systems of electric energy had been gotten in the CPFL (São Paulo Company of Force and Light). The tariff system Group B, with special discount for irrigation during the night was the most appropriate option for the bean crop in the two years studied. In 2009, the consumption and cost of electric energy was higher in irrigation management by Class A pan; in 2010 the consumption and cost of electric energy was higher in irrigation management by tensiometers. A trend of bigger economic return was observed adopting the management of irrigation by the method of the Class A pan.
3

Proposta de um novo modelo matemático para gerenciamento ótimo de energia elétrica pelo lado do consumidor /

Sanchez, Luis Carlos January 2017 (has links)
Orientador: Fábio Bertequini Leão / Resumo: No contexto de gestão e conservação de energia elétrica, ferramentas de apoio ao consumidor para gerenciar sua demanda são fundamentais para a otimização do uso dos recursos energéticos de modo a minimizar os custos com energia elétrica e ao mesmo tempo garantir o conforto do consumidor, considerando que este consumidor esteja inserido em um ambiente de Gerenciamento pelo Lado da Demanda (GLD). Assim, este trabalho propõe um novo modelo matemático de programação linear inteira mista (PLIM) para resolver o problema de gerenciamento ótimo de energia elétrica pelo lado do consumidor. O modelo matemático é baseado na minimização do custo da energia elétrica e maximização do conforto do consumidor, levando em conta a minimização da diferença entre o consumo habitual e o consumo ótimo, e a minimização da potência absorvida da rede. O modelo é implementado em linguagem de programação AMPL e resolvido utilizando o solver CPLEX. A metodologia é aplicada para gerenciar um conjunto de cargas típicas residenciais e os resultados mostram sua eficiência e potencial para gerenciar de forma ótima a demanda do consumidor, considerando a tarifa de energia elétrica com preço variável, geração distribuída, armazenamento de energia em banco de baterias e veículos elétricos. / Abstract: In the context of the management and conservation of electric energy, consumer support tools to manage their demand are fundamental for optimizing the use of energy resources in order to minimize energy costs and at the same time guarantee consumer comfort, considering that the consumer is inserted in a Demand Response (DR) environment. Thus, this work proposes a new mathematical model of mixed integer linear programming (MILP) to solve the problem of optimal management of electrical energy by the consumer side. The mathematical model is based on minimizing the cost of electrical energy, maximizing consumer comfort, taking into account the minimization of the difference between habitual consumption and optimal consumption, and minimizing the power consumed by the network. The model is implemented in AMPL programming language and solved using the CPLEX solver. The methodology is applied to manage a set of typical residential loads and the results show its efficiency and potential to optimally manage the consumer demand, considering the price of electricity with variable price, distributed generation, storage of energy in bank of batteries and electric vehicles. / Mestre
4

Estudo sobre a racionalização do uso de energia na irrigação / Study of energy management in irrigation

Ribeiro, Marcos Caldeira 17 July 2003 (has links)
Submitted by Marco Antônio de Ramos Chagas (mchagas@ufv.br) on 2017-02-17T09:43:45Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 2098009 bytes, checksum: f9a658810d8a6d47d7aae8969d037759 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-17T09:43:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 2098009 bytes, checksum: f9a658810d8a6d47d7aae8969d037759 (MD5) Previous issue date: 2003-07-17 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Nos anos 70, o aumento significativo do preço do petróleo gerou uma crise energética de dimensões mundiais. A crise mudou a concepção do modelo de expansão do sistema elétrico e do planejamento do setor como um todo. A partir de então, surgiu a abordagem de planejamento que integrou o sistema elétrico do lado da demanda e do suprimento de energia. Passou-se a considerar a eficiência energética, ou seja, a forma como a energia é utilizada, especialmente na demanda, caracterizando a Eficiência do uso da energia como Conservação de energia. Os projetos públicos, conhecidos como Perímetros Irrigados, foram largamente implantados nos anos 70 e 80. Os projetos englobaram não somente as infra-estruturas diretas dos sistemas de irrigação, mas também obras imprescindíveis, como estradas, hospitais e escolas, que adicionaram montantes significativos aos investimentos realizados. Assim, a necessidade da operação racional dos sistemas implantados é ainda maior, tendo em vista a amplitude do investimento. Toda a prioridade das políticas agrícolas nos próximos anos deve estar direcionada ao aumento de produtividade, redução de custos de produção e melhorias na qualidade do produto final. O aumento de produtividade e a redução de custos somente serão possíveis com o estabelecimento de um padrão de gerenciamento adequadamente qualificado nas unidades produtivas, bem como adoção maciça de tecnologia e insumos capazes de tornar a exploração agrícola competitiva e rentável. Dentre as ações possíveis para a modernização da agricultura brasileira, citam-se: o uso intensivo do solo, com até três safras anuais; a utilização inteligente de máquinas, implementos e mão-de-obra; o uso de variedades apropriadas e aclimatadas; insumos e técnicas de plantio otimizadas; o uso de sistemas automatizados; e o manejo eficiente da irrigação. O trabalho desenvolvido nesta dissertação apresentou resultados favoráveis ao desenvolvimento das análises dos dimensionamentos de projetos de irrigação já implantados, possibilitando melhor gerenciamento das condições de rendimento dos conjuntos de irrigação, análise econômica, as vantagens do aumento do número de horas na jornada diária de irrigação, a utilização dos incentivos tarifários para irrigação noturna e análise do dimensionamento dos motores utilizados no bombeamento de água. O aumento do horário de incentivo tarifário para a irrigação no horário noturno em 42% vem atender às solicitações de diversas áreas da economia, como a tentativa de regularização da demanda de energia elétrica, o uso dos mananciais hídricos em períodos prováveis de menor consumo e assim contribuir para uma diminuição nos custos da produção agrícola. A otimização do número de horas de funcionamento não se restringem apenas aos aspectos econômicos como a diminuição dos gastos com energia elétrica, mas também à menor demanda instantânea de água e, ou, à possibilidade de aumento da área plantada, sem alteração da lâmina de água para irrigação a ser aplicada ou da vazão outorgada de projeto. Essa menor demanda instantânea de água representa menor pressão sobre os mananciais hídricos. Na escolha da potência de motores para bombeamento de água, será necessário rever as perdas causadas por sistemas superdimensionados, nos quais motores podem chegar a um acréscimo de 88% de sua potência útil. Este estudo preliminar favorecerá, e muito, uma diminuição dos custos iniciais de projeto, bem como os gastos com energia elétrica. O trabalho no perímetro irrigado visou economizar o consumo de energia no bombeamento de água. O caso estudado foi o Perímetro Irrigado de Mirorós, Bahia, região central, terra de caatinga. As informações técnicas do sistema em funcionamento foram revisadas, e economia de cerca de 32% nos gastos com energia elétrica é possível. Outras medidas de economia, como mudanças na operação, turno de rega, uso de sistemas de irrigação de menor vazão e o impacto do novo horário de incentivo à irrigação noturna, poderão elevar o potencial de economia para perto de 50%. / In the 70’s, the significant increase of the oil price generated a world- wide energy crises. This crises changed the concept of the electrical system extension model and of the planing sector as a whole. Since then, a planing approach appeared which integrated the electrical system in both, the energy demand and the energy supply sides. The energy efficiency started to be considered, that is, the way in which it is used, specially in the demand, characterizing the Energy use efficiency as an Energy conservation. The public projects, known as the Irrigated Perimeters, were widely implanted in the 70’s and 80’s years. The projects encompassed not only the irrigation systems direct infra-structure, but also other necessary ones like roads, hospitals and schools, which increased significant amounts to the investments done. Thus, the necessity of the rational operation of the implanted systems is even greater, considering the investment amplitude. All the agricultural politics priorities in the coming years must be directed towards the productivity increase, production costs decrease, and improvements of the final product quality. The productivity increase and the costs decrease will only be possible with the establishing of a management pattern suitably qualified in the productive units, as well as a massive adoption of technology and inputs capable of transforming the agricultural exploration into something competitive and profitable. Within the possible actions to modernize the Brazilian agriculture there are: the intensive soil use, with up to three crops a year; the intelligent use of implements and workers; the use of appropriate and acclimatized variables; optimized inputs and planting techniques; the use of mechanical systems; and the efficient irrigation managing. The work developed in this paper, showed favorable results for the development of the analyses of the irrigation projects dimensioning already implanted, a better management of the irrigation sets production, economical analyses, the advantages in the number of hours increase of the irrigation daily journey, the use of taxes incentive of night irrigation, and the dimensioning analyses of the motors used in the water pumping. The increase in the time of taxes incentive for irrigation in the night shift of 42% has met with the many requests made by different economy areas, as a try to regularize the energy demand, the hydric sources use in periods of less consume and thus contributing for the decrease in the agricultural production costs. The number of hours functioning optimization does not only restrict itself to the economical aspects, such as the decrease in the electric energy costs, but also to the smaller instant water demand, and, or, the increase in the planted area possibility, without altering the water channels for irrigation to be applied or the granted project flow. This smaller instant water demand represents a lesser pressure on the hydric sources. To choose the motors capacity for pumping water it will be necessary to review the losses caused by super-dimensioned systems in which the motors can achieve an increase of 88% of its useful power. This preliminary study will help you to decrease the projects initial cost as well as the costs with electrical energy. The job on the irrigated perimeter intended to economize the energy consume for the water pumping. The studied case was the Irrigated Perimeter of Mirorós, Bahia State, central region, land of savanna (caatinga). The technical information about the system in use was revised, and an economy of about 32% in the energy costs is possible. Other economical measures, such as changes in the operation, in the irrigation frequency, in the irrigation systems with smaller flow and in the new incentive time with night irrigation can elevate the economy potential up to about 50%. / Dissertação importada do Alexandria
5

Consumo e custo de energia elétrica em feijão (Phaseolus vulgaris L.) irrigado, afetado por quatro métodos de manejo de irrigação /

Rizzatti, Gilcileia dos Santos. January 2011 (has links)
Orientador: José Eduardo Pitelli Turco / Banca: José Carlos Sartori / Banca: Antônio Evaldo Klar / Banca: João Antonio Galbiatti / Banca: José Renato Zanini / Resumo: A irrigação é responsável por grande parte do consumo de energia elétrica no meio rural. O correto manejo da irrigação evita o desperdício de energia elétrica e de água. O objetivo deste trabalho foi analisar o consumo e custo de energia elétrica em cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) IAC-Carioca, irrigado por aspersão convencional, submetido a quatro manejos de irrigação: T1 - irrigação em função do método do tanque "Classe A"; T2 - irrigação em função da umidade do solo, medida com tensiômetros; T3 - irrigação em função do método de Penman-Monteith; T4 - irrigação em função da razão de Bowen; comparados com o tratamento T5 - sem irrigação, após o estabelecimento da cultura, em dois anos 2009 e 2010. A pesquisa foi desenvolvida na Área Demonstrativa e Experimental de Irrigação - ADEI, da FCAV/UNESP, Câmpus de Jaboticabal - SP, Brasil. O consumo de energia elétrica do sistema de irrigação foi monitorado e o custo analisado para dois grupos tarifários: A e B. Os preços do kWh dos sistemas tarifários de energia elétrica foram obtidos na CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz). O sistema tarifário Grupo B, com desconto especial para irrigantes no período noturno foi a opção mais adequada para a cultura do feijoeiro, nos dois anos estudados. Em 2009, o consumo e o custo de energia elétrica foram maiores no manejo da irrigação pelo método do tanque "Classe A"; em 2010 o consumo e o custo de energia elétrica foram maiores no manejo da irrigação por tensiometria. Observou-se uma tendência de maior retorno econômico, adotandose o manejo de irrigação pelo método do tanque "Classe A". / Abstract: Irrigation is responsible for much of the energy consumption in rural areas. The correct management of irrigation avoids the waste of electric energy and water. The objective of this work was analyze the consumption and cost of electric energy in culture of bean crop (Phaseolus vulgaris L.), IAC-Carioca, irrigated by conventional sprinkler, submitted by four irrigation management: T1- irrigation in function of the method Class A pan, T2- irrigation depending on soil moisture, measured with tensiometers; T3- irrigation according to the Penman- Monteith; T4- irrigation according to the Bowen ratio; compared with the treatment T5- without irrigation, after culture establishment in two years 2009 and 2010. The research was developed at the Demonstrative and Experimental Area of Irrigation - ADEI, of FCAV/UNESP, Campus of Jaboticabal - SP, Brazil. The irrigation electric energy consumption was monitored and the cost analyzed for two tariff groups: A and B. The prices of kWh of the tariff systems of electric energy had been gotten in the CPFL (São Paulo Company of Force and Light). The tariff system Group B, with special discount for irrigation during the night was the most appropriate option for the bean crop in the two years studied. In 2009, the consumption and cost of electric energy was higher in irrigation management by Class A pan; in 2010 the consumption and cost of electric energy was higher in irrigation management by tensiometers. A trend of bigger economic return was observed adopting the management of irrigation by the method of the Class A pan. / Doutor
6

Remuneração do serviço de distribuição de energia elétrica no Brasil : a situação das obrigações especiais e dos ativos totalmente depreciados

Silva, Renata de Oliveira e 29 October 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciências da Informação, Programa de Pós-Graduação em Regulação e Gestão de Negócios, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2014-04-04T13:28:03Z No. of bitstreams: 1 2013_RenatadeOliveiraeSilva.pdf: 2603326 bytes, checksum: 2beb4358d84709a5e9d0580e2b6697a5 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-04-08T15:18:36Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_RenatadeOliveiraeSilva.pdf: 2603326 bytes, checksum: 2beb4358d84709a5e9d0580e2b6697a5 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-04-08T15:18:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_RenatadeOliveiraeSilva.pdf: 2603326 bytes, checksum: 2beb4358d84709a5e9d0580e2b6697a5 (MD5) / A definição de uma tarifa adequada para os serviços públicos de energia elétrica é essencial e complexa, uma vez que deve ser razoável do ponto de vista do consumidor e, ao mesmo tempo, deve prover recursos suficientes para cobrir as despesas eficientes incorridas pelo prestador do serviço, bem como remunerá-lo adequadamente. Particularmente, a tarifa do serviço de distribuição de energia no Brasil é definida pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. A remuneração das concessionárias de distribuição, conforme a metodologia vigente de revisões tarifárias, é dada pela aplicação de uma taxa de retorno sobre a Base de Remuneração Líquida das empresas. Nesse contexto, destaca-se a situação dos ativos caracterizados como Obrigações Especiais e dos Ativos Totalmente Depreciados. As Obrigações Especiais correspondem aos ativos que estão vinculados à concessão de distribuição e que não foram constituídos com o capital da concessionária. Os Ativos Totalmente Depreciados, por sua vez, correspondem aos bens que, apesar de amortizados, permanecem em operação após o fim de sua vida útil contábil. As Obrigações Especiais e os Ativos Totalmente Depreciados não compõem a Base de Remuneração Líquida das concessionárias de distribuição, sobre a qual é calculada a remuneração, de forma que as empresas são responsáveis pela gestão e pelos riscos associados a esses ativos sem receberem qualquer retorno relacionado. Analisando a base total de ativos das concessionárias de distribuição de energia elétrica observa-se que, para muitas delas, a participação das Obrigações Especiais e dos Ativos Totalmente Depreciados é consideravelmente elevada, o que torna a questão da ausência de remuneração ainda mais relevante. Assim sendo, o presente trabalho tem como objetivo analisar a adequação da remuneração vigente para o serviço de distribuição de energia elétrica no Brasil, sobretudo a situação das Obrigações Especiais e dos Ativos Totalmente Depreciados, com base na análise dos riscos associados à prestação desse serviço. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The definition of an adequate tariff for electricity utilities is essential and complex, since it must be reasonable from the point of view of the consumer and, at the same time, it must provide sufficient resources to cover the expenses incurred by the efficient service provider and reward him accordingly. Particularly, the rate of the power distribution service in Brazil is defined by the Brazilian Electricity Regulatory Agency - ANEEL. The return of distribution companies, according to the current methodology of tariff revisions, is given by applying a rate of return on the companies’ Net Asset Base. In this context, stands out the situation of assets characterized as Special Obligations and Fully Depreciated Assets. Special Obligations correspond to distribution concession assets that were not acquired with concessionaire’s funds. Fully Depreciated Assets, in turn, correspond to the assets that, although amortized, remain in operation after the end of its accounting useful life. Special Obligations and Fully Depreciated Assets are not included in the Net Asset Base of distribution utilities, on which the remuneration is calculated, so these companies are responsible for the management and the risks associated with these assets without receiving any return. Analyzing the total assets base of the electricity distribution concessionaires it is observed that, for many of them, the participation of Special Obligations and Fully Depreciated Assets is considerably high, which makes the problem of lack of remuneration even more relevant. Therefore, this study aims to examine the adequacy of the return defined for the Brazilian power distribution service, especially the situation of Special Obligations and Fully Depreciated Assets, based on the analysis of the risks associated with that service.
7

Mecanismos regulatorios, tarifarios e economicos na geração distribuida : o caso dos sistemas fotovoltaticos conectados a rede

Cervantes Rodriguez, Carlos Roberto 19 July 2002 (has links)
Orientador: Gilberto De Martino Jannuzzi / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecanica / Made available in DSpace on 2018-08-02T03:29:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 CervantesRodriguez_CarlosRoberto_M.pdf: 8714025 bytes, checksum: 943ae13973c87901d436ff1d58b81755 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: Ao longo das últimas três décadas, a tecnologia solar fotovoltaica tem experimentado uma redução substancial dos seus custos de produção, verificando-se um fator de aprendizado de 20% a cada vez que as vendas se duplicavam. No entanto, o custo da energia fotogerada apresenta-se competitivo unicamente em aplicações isoladas, pois, por um lado, para aplicações conectadas à rede, a geração centralizada através de plantas que consomem combustíveis fósseis apresenta menores custos de eletricidade. Por outro lado, o mercado e a indústria fotovoltaica ainda estão em uma fase prematura tornando-se dificil capturar as economias de escala. Nesse sentido, em um esforço por estimular o mercado fotovoltaico, numerosos governos têm agido na formulação de políticas públicas específicas que incluem a adoção de tarifas favoráveis, tais como net metering e feed-in, e a concessão de subsídios ao investimento inicial. O objetivo deste trabalho é avaliar e discutir a influência dos distintos tipos de incentivos na viabilidade econômica dos sistemas fotovoltaicos conectados à rede. Os resultados mostram que as tarifas tipo feed-in são mais apropriadas para fomentar a disseminação deste tipo de instalações, pois as tarifas baseadas em net metering precisam necessariamente do auxílio de subsídios de capital para tornar viável o investimento para o consumidor. Do lado da concessionária, o impacto dos programas tarifários não é tão grande caso seja estabelecido um teto para a capacidade total instalada dos sistemas / Abstract: Over the past three decades, the solar photovoltaic technology have experienced substantial price reductions, with a learning rate of 20% for each doubling of sales. Nevertheless, photovoltaic electricity cost is competitive only in off-grid applications, because in the case of on-grid applications those available from centralized fossil fuel plants has lower electricity costs. On the other hand, the high prices of photovoltaic electricity are caused by the relative immaturity of its industry and products, and hence the economy of scale. In this way, a number of governments are acting in favor of the formulation of specific public policies in order to stimulate the growth of the photovoltaic market. These instruments include favorable tariffs such as net metering and feed-in tariffs and capital cost subsidies. The aim of this work is to evaluate and discuss the different types of incentives and its influence on the economic feasibility on grid connected photovoltaic power systems. The results show that feed-in tariffs type are more proper to encourage the dissemination of these type of installations, because tariffs in net metering basis require the support of capital cost subsidies, in order to make feasible the investment for the consumer. From the utility side, the impact of such programs is not so big, since in the case of a set up limit for the total capacity instal1ed of the systems / Mestrado / Mestre em Engenharia Mecânica
8

Auto sustentação da empresa face abordagem da teoria marginalista: aplicado à Companhia Paranaense de Energia - COPEL

Guimarães, Edson Neves 01 September 1994 (has links)
Made available in DSpace on 2010-04-20T20:18:30Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1994-09-01T00:00:00Z / A configuração desta dissertação pretende, como objetivo principal, a análise fundamentada dos atributos essenciais para a auto-sustentação de uma concessionária, monopolista, sujeita à regulamentação, mediante a aplicação de uma metodologia de determinação dos seus custos marginais inerentes ao processo de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.
9

Contribuições para o estabelecimento de politicas de desenvolvimento com impactos energeticos no sistema isolado do Estado do Amazonas

Figueiredo, Carlos Alberto 29 July 2003 (has links)
Orientadores: Ennio Peres da Silva, Elizabeth Ferreira Cartaxo / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecanica / Made available in DSpace on 2018-08-03T18:28:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Figueiredo_CarlosAlberto_D.pdf: 12335103 bytes, checksum: 6d3dd27216e143fcd57db524ed18761b (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: O Estado Brasileiro, para os setores de infraestrutura, vem assumindo uma postura de regulador de mercado, ao invés de investidor, denotando que a tarefa de produção e distribuição de energia elétrica deverá mesmo ficar a cargo de empreendedores, sejam nacionais ou estrangeiros. Por outro lado, reclames mundiais pela preservação ambiental para as gerações futuras, impõem estratégias de consenso no desenvolvimento da Região Amazônica, para que se possa definir o modo de atuação tanto das empresas privadas como quanto dos órgãos públicos. No processo de desenvolvimento da Amazônia, planejamento passa a ser fator decisivo para atingir qualquer que seja o objetivo. Portanto, criar um modelo de desenvolvimento, baseado na exploração sustentáveL onde os fatores políticos, econômicos, sociais e ambientais sejam concomitantemente levados em consideração torna se imperativo. Com suas opções energéticas, a partir de seus recursos naturais, há que coexistir uma cadeia produtiva auto sustentáveL adequada para a realidade do Amazonas. A partir deste contexto geraL o objetivo geral desta tese é apresentar contribuições para o estabelecimento de políticas de desenvolvimento com impactos energéticos nos sistemas isolados do Estado do Amazonas. A metodologia adotada, primeiramente, a partir da divisão geográfica do Estado do Amazonas, reuniu municípios e localidades isoladas nas suas respectivas mesorregiões, resultando regiões de maior peso econômico e representatividade. Efetuou-se pesquisa domiciliar de consumidores de energia elétrica, em comunidades representativas, visando evidenciar as relações entre consumo de energia elétrica e o desenvolvimento alcançado. Em seguida, implementou-se a metodologia para seleção de projetos de ocupação física e econômica para as regiões isoladas. Os principais resultados alcançados foram: i) a obtenção de uma nova ótica de mercado capaz de atrair empreendimentos adequados à realidade demonstrada para as mesorregiões estabelecidas; ii) a identificação da estrutura de consumo de energia elétrica das populações pesquisadas, provando que os atuais instrumentos e alternativas para o desenvolvimento do Estado do Amazonas, com base somente na expansão da oferta de energia elétrica, no que se refere às regiões isoladas, não são suficientes para induzir o desenvolvimento destes povos; iii) a identificação de setores e atividades produtivas, que possam promover o desenvolvimento das regiões isoladas e sob pressão ambiental; e, iv) a criação de um banco de dados, com informações sistematizadas, para auxiliar no planejamento e na formulação de políticas de desenvolvimento, com impactos no setor de energia elétrica / Abstract: The Brazilian State has assumed a posture of market regulator for the infrastructure sectors, instead of an investor. This denotes that the task of producing electric energy should be the entrepreneurs' position, being it national or foreigner. On the other hand, the world's claims for environmental preservation for the future generations impose consensus strategies for the development of the Amazon region in order to define the actions of private companies and public organizations. In the development process of Amazonia, planning becomes the decisive factor to reach any objective. Therefore, the design of a development model based on the sustainable exploration, where the political, economic, and social factors are concomitant1y taken into consideration, becomes imperative. According to its energy options and starting from its natural resources, there must be a self-sustainable productive chain proper for the reality of Amazonas. From this general context, the specific goal of this thesis is to introduce contributions for the establishment of development policies in isolated energy system of Amazonas state. As for the methodology adopted, first1y municipal districts and isolated places were gathered in their respective great political regions from the Amazon State geographical division, resulting in regions of larger economic weight and representativeness. As a second step, a survey of electric power consumers was carried out in representative communities aiming to evidence the connections between electric power consumption and development. Soon after, a methodology for the selection of projects of physical and economic occupation for the isolated regions was implemented. The main results were: i) the achievement of a new market view capable of attracting enterprises which are adequate to the reality of the designed regions; ü) the identification of the electric power consumption structure of the surveyed populations, proving that the current instruments and alternatives for the development of the Amazon State, based only on the expansion of the electric power offer and regarding the isolated regions, are not enough to induce the development of these peoples; iii) the identification of sectors and productive activities, which can promote the development of the isolated regions under environmental pressure; v) and the creation of a data bank, with systematized information, to assist in the planning and formulation of development policies impacting the electric power sector / Doutorado / Doutor em Planejamento de Sistemas Energéticos
10

Os impactos da MP 579, convertida na lei 12.783, nos investimentos em geração de energia do Brasil

Marques, Paloma Andrade 23 May 2014 (has links)
Submitted by PALOMA ANDRADE MARQUES (palomaamarques@yahoo.com.br) on 2015-10-27T16:33:41Z No. of bitstreams: 1 Dissertação_MFEE_-_Paloma Marques.pdf: 1152989 bytes, checksum: efcdcffc86187c1d459193dcdf27db60 (MD5) / Approved for entry into archive by GILSON ROCHA MIRANDA (gilson.miranda@fgv.br) on 2015-10-28T12:59:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação_MFEE_-_Paloma Marques.pdf: 1152989 bytes, checksum: efcdcffc86187c1d459193dcdf27db60 (MD5) / Approved for entry into archive by Maria Almeida (maria.socorro@fgv.br) on 2015-10-30T12:25:21Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação_MFEE_-_Paloma Marques.pdf: 1152989 bytes, checksum: efcdcffc86187c1d459193dcdf27db60 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-10-30T12:26:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação_MFEE_-_Paloma Marques.pdf: 1152989 bytes, checksum: efcdcffc86187c1d459193dcdf27db60 (MD5) Previous issue date: 2014-05-23 / The year 2012 was a milestone for the Brazilian electricity sector. It was a year of many surprises, debates and paradigm shifts. The sector was previously an example of stability and conservatism became the target of questions and criticism from different agents, investors, traders, consumers and governments. Regulatory basis of the brazilian electricity sector is very recent. However it is notable that there has been progress in recent decade, in favor of a better service to the population and the development of a good environment for investment. Both goals were followed by a greater concern about meeting energy demand, growing in the country, and low tariffs aiming no inflationary impacts. Despite this path, the issue of MP 579 in September 2012 led to an environment of uncertainty for new investments due to doubts about many rules sanctioned consequence of insufficient debate with the private sector. The MP had the ambition to reduce the electricity tariff paid by the final consumer, and used as the main mechanism to nonrenewal of concessions of power generation, a possibility provided in each plant concession contracts. This thesis analyzes the power generating sector in Brazil. Its energy matrix, framework of the regulatory model adopted, its evolution in recent decades, and motivation for the enactment of MP is studied. The main goal is to study its impact on investments in the sector. / O ano de 2012 foi um marco para o setor elétrico brasileiro. Foi um ano de muitas surpresas, debates e mudanças de paradigmas. Um setor tido anteriormente como exemplo de estabilidade e conservadorismo, passou a ser alvo de dúvidas e críticas por parte de diferentes agentes, investidores, operadores, consumidores e governantes. As bases regulatórias do setor elétrico brasileiro são muito recentes. Entretanto é notável que houve um progresso nas últimas décadas, em direção a um melhor serviço prestado à população e ao desenvolvimento de um ambiente propício ao investimento. Ambos os objetivos foram acompanhados de uma maior preocupação com o atendimento da demanda por energia, crescente no país, e com a busca por tarifas baixas de forma a não haver impactos inflacionários. Desviando desta trajetória, a edição da MP 579 em setembro de 2012 levou a um clima de insegurança para novos investimentos devido à falta de clareza a cerca de muitas regras sancionadas, consequencia do insuficiente debate com o setor privado. A MP teve como ambição diminuir a tarifa de energia paga pelo consumidor final, e usou como principal mecanismo a não renovação das concessões de geração de energia, possibilidade prevista nos contratos de concessão de cada usina de geração de energia. Esta tese faz uma análise do setor de geração energia do Brasil. Nela é estudada a matriz energética, aspectos do modelo regulatório adotado, sua evolução nas últimas décadas, e a motivação para a sanção da MP. O objetivo central é estudar seu impacto nos investimentos no setor.

Page generated in 2.0271 seconds