• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 5
  • Tagged with
  • 5
  • 5
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

[en] A META-TOOL FOR GENERATING DIAGRAMS USED IN THE REVERSE ENGINEERING OF LEGACY SYSTEMS / [pt] UMA META-FERRAMENTA DE GERAÇÃO DE DIAGRAMAS UTILIZADA NA ENGENHARIA REVERSA DE SISTEMAS LEGADOS

RODNEI SILVA COUTO 13 January 2010 (has links)
[pt] A recuperação da documentação relativa à estrutura de um sistema legado visa apoiar o seu entendimento e sua manutenção. Com base em diagramas que descrevem a estrutura do sistema tal como implementado, facilita-se entender o sistema e analisar o impacto de pedidos de mudança. Este trabalho apresenta uma metaferramenta que utiliza metadados para a sua instanciação visando representações específicas. Para avaliar a metaferramenta e o processo de engenharia reversa por ela apoiado foi conduzido um estudo experimental visando a recuperação dos modelos de um sistema legado implementado em PL/SQL. / [en] The recovery of the documentation of the structure of a legacy system aims at supporting its understanding and maintenance. Based on diagrams that describe the structure of the system as it was implemented, it is easier to understand the system and analyze the impact changes may have. This dissertation introduces a meta-tool that uses metadata for its instantiation aiming at specific representations. An experimental study on the recovery of models of a legacy system implemented in PL/SQL was conducted to enable the evaluation of the meta-tool and the reverse engineering process that it supports.
2

[en] TEST-DRIVEN MAINTENANCE: AN APPROACH FOR THE MAINTENANCE OF LEGACY SYSTEMS / [pt] TEST-DRIVEN MAINTENANCE: UMA ABORDAGEM PARA MANUTENÇÃO DE SISTEMAS LEGADOS

OTÁVIO ARAUJO LEITÃO ROSA 29 September 2011 (has links)
[pt] Test-Driven Development é uma técnica de desenvolvimento de software baseada em pequenos ciclos que alternam entre a escrita de testes e a implementação da solução para que os testes sejam aprovados. O desenvolvimento orientado a testes vem apresentando excelentes resultados em diversos aspectos da construção de novos sistemas de software. Maior manutenibilidade, melhoria de design, redução da densidade de defeitos, maior documentação e maior cobertura do código são vantagens que contribuem para a diminuição do custo de desenvolvimento e, conseqüentemente, para a maximização do retorno sobre o investimento obtido quando adotamos a técnica. Todos esses benefícios têm contribuído para que Test- Driven Development se torne uma prática cada vez mais crítica na aplicação de metodologias ágeis no processo de desenvolvimento. Quando avaliamos a técnica, sob a ótica dos muitos sistemas legados existentes, nos deparamos com uma clara incompatibilidade para sua adoção neste contexto. Test-Driven Development parte da premissa de que os testes devem ser construídos antes do código e, quando trabalhamos com legados, já possuímos milhares de linhas escritas e funcionando. Diante deste cenário, apresentamos a técnica, que chamamos de Test-Driven Maintenance, resultado da adaptação de Test-Driven Development para o contexto de legados, detalhamos o processo de adaptação necessário para que chegássemos à forma descrita e realizamos uma avaliação das características da técnica original que se estenderam à técnica adaptada. Buscando obter resultados que fossem, de fato, aplicáveis, produzimos uma avaliação empírica baseada nos resultados obtidos na introdução da técnica em um sistema legado, em constante uso e evolução, de uma empresa do Rio de Janeiro. / [en] Test-Driven Development is a software development technique based on quick cycles that switch between writing tests and implementing a solution that assures that tests do pass. Test-Driven Development has produced excellent results in various aspects of building new software systems. Increased maintainability, improved design, reduced defect density, better documentation and increased code test coverage are reported as advantages that contribute to reducing the cost of development and, consequently, to increasing return on investment. All these benefits have contributed for Test-Driven Development to become an increasingly relevant practice while developing software. When evaluating test driven development from the perspective of maintaining legacy systems, we face a clear mismatch when trying to adopt this technique. Test-Driven Development is based on the premise that tests should be written before coding, but when working with legacy code we already have thousands of lines written and running. Considering this context, we discuss in this dissertation a technique, which we call Test-Driven Maintenance, that is a result of adapting Test-Driven Development to the needs of maintaining legacy systems. We describe how we have performed the adaptation that lead us to this new technique. Afterwards, we evaluate the efficacy of the technique applying it to a realistic project. To obtain realistic evaluation results, we have performed an empirical study while introducing the technique in a maintenance team working on a legacy system that is in constant evolution and use by an enterprise in Rio de Janeiro.
3

Uma ferramenta da apoio à engenharia reversa orientada a objetos de legados - FAROOL.

Prado, Milene 19 May 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:05:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissMPr.pdf: 5452901 bytes, checksum: dd3e601629e8122c0ce032487fa894b3 (MD5) Previous issue date: 2003-05-19 / Financiadora de Estudos e Projetos / This project objectives the development of a support tool to the reverse engineering process for procedimental legacy systems implemented in COBOL, in order to be facilitating their recovery. The FAROOL (Ferramenta de Apoio à engenharia Reversa Orientada a Objetos de Legados) is a guide to software engineers in the reverse engineering process that is based on pre-defined heuristics, so that guided models to the objects are obtained from systems implemented in COBOL. FAROOL addresses two phases, in special, in the process of object guided reverse engineering. The first phase is the Elaboration of the MASA (Modelo de Análise do Sistema Atual, when a legacy systems model of pseudoguided objects is created. The second phase is of MAS Elaboration (Modelo de Análise do Sistema), when a totally model of guided objects is create, being based on the previous model (MASA). By applying the FAROOL, the software engineers are guided so that the reverse engineering process is materialized. First, the preparation of the system is made, aid of the Legacy Aid CASE tool, integrated to the FAROOL tool through macros.They follow the determination of the candidates classes, of the candidates attributes and of the candidates methods of the MASA model, that can become candidates to the class, to the attributes and to the methods, respectively, of the MAS model. Special heuristics are followed for the confection of the relationships between the candidate class in the model of guided objects. All the information are stored in a relational database, facilitating to the task of the software engineer in the reverse engineering process. The Delphi environment; the relational database Interbase; and the Legacy Aid tool were used in the elaboration of the FAROOL. / Este projeto objetiva o desenvolvimento de uma ferramenta de apoio ao processo de engenharia reversa orientada a objetos a partir de sistemas legados procedimentais implementados em COBOL, de modo a facilitar a recuperação desses. A Ferramenta de Apoio à engenharia Reversa Orientada a Objetos de Legados, denominada FAROOL, é um guia aos engenheiros de software durante o processo de engenharia reversa baseando-se em heurísticas pré-determinadas para que modelos orientados a objetos sejam obtidos a partir de sistemas implementados em COBOL. FAROOL se preocupa com duas fases, em especial, no processo de engenharia reversa orientada a objetos. A primeira fase é a de Elaboração do Modelo de Análise do Sistema Atual (MASA), quando um modelo pseudoorientado a objetos é criado a partir do sistema legado. A segunda fase é a de Elaboração do Modelo de Análise do Sistema (MAS), quando um modelo totalmente orientado a objetos é criado, abstraindo-se o modelo anterior (MASA). Através da FAROOL, os engenheiros de software são guiados para que o processo de engenharia reversa se concretize. Primeiramente, é feita a preparação do sistema, com auxílio da ferramenta CASE Legacy Aid, integrada à FAROOL através de macros. Seguem a determinação das classes, dos atributos e dos métodos candidatos do modelo MASA, que podem se tornar classes, atributos e métodos, respectivamente, do modelo MAS. Heurísticas especiais são seguidas para a confecção dos relacionamentos entre as classes no modelo orientado a objetos. Todas as informações são armazenadas em um banco de dados relacional, facilitando a tarefa do engenheiro de software no processo de engenharia reversa. O ambiente Delphi; o banco de dados relacional Interbase e a ferramenta Legacy Aid foram utilizadas na elaboração da FAROOL.
4

Apoio computacional para auxiliar a reengenharia de sistemas legados Java para AspectJ.

Kawakami, Daniel 24 August 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:05:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissDK.pdf: 983134 bytes, checksum: 0166a552182054c029a6c11c0e6034d0 (MD5) Previous issue date: 2007-08-24 / Guidelines that conduce the reengineering from legacy systems implemented in Java language to Aspect-Oriented language, AspectJ, preserving the original functionality, was proposed in the Aspecting method. Some case studies based on Aspecting was performed and it inferred that the reduction of efforts could be observed if computational support had been created previously and used. The List of Indications (of aspects) originally specified in Aspecting used lexical analysis for identification of crosscutting concerns found in Java code. Therefore, an Indication Model was presented in this paper in order to perform identification of crosscutting concerns in legacy code by syntactic analysis, using AST (Abstract Syntax Tree) and reorganization of Java code to AspectJ. The resulting system has enhancements in its internal structure, due to the separation of crosscutting concerns and elimination of problems related to scattering and tangling of code, observing better modularization, legibility and maintenance of system. A computational support that automates some of guidelines of system reengineering makes this migration process possible. Thus computational support called ReJAsp (apoio computacional para Reengenharia de sistemas Java para AspectJ) was built as plug-in of Integrated Development Environment Eclipse. The evaluation of ReJAsp was performed as case studies using systems written in Java, one of them found at Internet and others developed by students of computer science course of UFSCar. / Diretrizes para conduzir a reengenharia de sistemas legados implementados em linguagem Java para linguagem orientada a aspectos, AspectJ, preservando a funcionalidade original, foram propostas na abordagem Aspecting. A partir de estudos de caso realizados com essa abordagem, inferiu-se que poderia haver redução de esforços se um apoio computacional fosse criado. A Lista de Indícios (candidatos a aspectos) originalmente criada na Aspecting usava análise léxica para a identificação de interesses transversais no código legado Java. Assim, um Modelo de Indícios foi criado neste trabalho, para identificação de interesses transversais em códigos legados com base em análise sintática, por meio de AST (Abstract Syntax Tree) e para reestruturação do código Java para AspectJ. O sistema resultante apresenta melhorias em sua estrutura interna, devido à separação de interesses transversais e eliminação de problemas de espalhamento e de entrelaçamento em código, refletindo em um sistema mais modular, legível e manutenível. Um apoio computacional que automatiza parte das diretrizes envolvidas na reengenharia do sistema foi criado para viabilizar esse processo de reengenharia. Esse apoio computacional é denominado ReJAsp (apoio computacional para Reengenharia de sistemas Java para AspectJ) e foi construído como um plug-in do ambiente de desenvolvimento integrado Eclipse. Para avaliação do ReJAsp foram conduzidos estudos de caso a partir de sistemas implementados em Java da Internet e outros desenvolvidos em disciplinas de cursos de graduação da UFSCar.
5

Reengenharia de interfaces utilizando Wrapping.

Affonso, Frank José 05 September 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:05:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissFJA.pdf: 3257954 bytes, checksum: 6cf58fbd124ba9dd6b97f1f8ea5b6b2a (MD5) Previous issue date: 2003-09-05 / With the technological evolution and the increasing utilization of the Internet, companies and governmental institutions have been looking for modern solution to replace and improve their legacy systems. These kind of solutions require high investments, being able to use the reengineering process in these cases. A maner to modify these systems is through reengineering of their interfaces, by wrapping of their logic. This technique preserves the native environment of system and its functionalities, reducing in time and cost the reengineering process. To support the migration of legacies systems in a general way, there is an Interface Reengineering Process (IRP), whose accomplish the wrapping of its functionalities and connect them with a new user Web interface. This Web interface connects itself with the identified components of the legacy system following the special resources that they offer. The IRP is summarized by the study of the interface and logic of the system. In this way, it possible to accomplish the system organization for the wrapping to be done, which is composed by the legacies functionalities covered by a new software layer. This new layer makes possible the communication with the new user interface, which has developed according to the usability criteria. The systems used as case studies were developed using Delphi environment, with or without object orientation characteristics. In this work only systems developed without object orientation characteristics are presented in details. With the use of the new process proposed here, the interface can be developed in any paradigm, while the legacy code remains as the original, simplyfing the system maintenance. / Com a evolução tecnológica e com a crescente utilização da Internet, empresas e instituições governamentais desejam migrar seus sistemas desenvolvidos com recursos computacionais antigos (legados) para mais modernos. No entanto, essa é uma tarefa que requer investimentos elevados, podendo o processo de reengenharia ser utilizado nesses casos. Uma forma de modificar esses sistemas é por meio da reengenharia da sua interface, através do empacotamento de sua lógica (wrapping). Essa técnica preserva o ambiente nativo do sistema e suas funcionalidades, reduzindo em tempo e custo o processo de reengenharia. Para apoiar a migração de sistemas legados propõe-se um Processo de Reengenharia de Interface (PRI) que apóia a migração de sistemas legados de maneira geral, realizando o empacotamento de suas funcionalidades e acoplando uma nova interface do usuário para Web. A nova interface do usuário será disponibilizada para Web, que se comunica com os componentes identificados no sistema legado de acordo com os recursos especiais que eles oferecem. O PRI resume-se no estudo da interface e da lógica do sistema. Com isso, pode-se realizar a organização do sistema para que seja realizado seu empacotamento, que corresponde ao revestimento das funcionalidades legadas por uma camada de software, viabilizando a comunicação com a nova interface do usuário, desenvolvida segundo critérios de usabilidade. Os sistemas utilizados como estudo de casos são desenvolvidos no ambiente Delphi com ou sem características da orientação a objetos. Neste trabalho somente os desenvolvidos sem características da orientação a objetos são apresentados em detalhes. Com a aplicação desse processo, somente a interface passa a ser desenvolvida em um outro paradigma, mas o código legado permanece como o original, facilitando a tarefa dos mantenedores do sistema.

Page generated in 0.0818 seconds