• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 450
  • 9
  • Tagged with
  • 466
  • 231
  • 77
  • 71
  • 63
  • 57
  • 52
  • 51
  • 51
  • 46
  • 38
  • 37
  • 35
  • 32
  • 32
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A cultura " Psi" das revistas femininas (1970-90)

1998 (has links)
Orientador: Luzia Margareth Rago Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas Made available in DSpace on 2017-03-21T23:32:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Borges, Dulcina Tereza Bonati_M.pdf: 15361246 bytes, checksum: fc8abf44fed24629698c0b863395ec18 (MD5) Previous issue date: 1998 Made available in DSpace on 2017-07-14T20:09:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Borges_DulcinaTerezaBonati_M.pdf: 15361246 bytes, checksum: fc8abf44fed24629698c0b863395ec18 (MD5) Previous issue date: 1998 Resumo: Não informado Abstract: Not informed Mestrado Mestre em Historia
2

A herança psíquica e suas vicissitudes : considerações psicanalíticas THE PSYCHIC HERITAGE AND ITS CHANGES: PSYCHOANALITIC CONSIDERATIONS (Inglês)

25 September 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2018-02-02T23:39:35Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-09-25 The former work aims to examine how, since Freud, the notion of psychic heritage interpose itself to psychoanalytic theory, offering subsidies to think the constitution of the subject in its articulation with the inherited and the hindrances deriving from that. It seeks to understand as well, based on psychoanalysis, the possibilities to board the impasses caused by the psychic transmission. On the first chapter we explain the theme in the Freudian work, presenting three lines of articulation: the psychic heritage on formation of symptoms; the psychic heritage and the formation of the self; the psychic heritage on the constitution of the culture. On the second chapter, we point to the outspreads of the conception of psychic heritage on the works of more actual authors, contrasting, from those formulations, that the psychic transmission can have a subjectivating character and a Non-structural character. The third chapter is the moment to present the effects of the psychic transmission on the constitution of the subject and the formation of his symptoms, based on the analysis of the book Por que sou gorda, mamãe?, of Cíntia Moscovich. Key words: Psychic heritage and psychoanalysis. Psychic transmission. Biographical narrative-fictional. Psychoanalysis and narrative. Constitution of the subject. O presente trabalho visa examinar como, a partir de Freud, a noção de herança psíquica se interpõe à teoria psicanalítica, oferecendo subsídios para pensar a constituição do sujeito em sua articulação com o herdado e os entraves daí decorrentes. Busca entender ainda, com base na psicanálise, as possibilidades de abordar os impasses provocados pela transmissão psíquica. No primeiro capítulo faz-se uma explanação do tema na obra freudiana, apresentando três linhas de articulação: a herança psíquica na formação de sintomas; a herança psíquica e a formação do eu; a herança psíquica na constituição da cultura. No segundo capítulo, apontam-se os desdobramentos da concepção de herança psíquica nos trabalhos de autores atuais, destacando-se, a partir destas formulações, que a transmissão psíquica pode ter um caráter subjetivante e um caráter não-estruturante. O terceiro capítulo é o momento de apresentar os efeitos da transmissão psíquica sobre a constituição do sujeito e a formação de seus sintomas, tendo por base a análise do livro Por que sou gorda, mamãe?, de Cíntia Moscovich. Palavras-chave: Herança psíquica e psicanálise. Transmissão psíquica. Narrativa biográfica-ficcional. Psicanálise e narratividade. Constituição do sujeito
3

Os efeitos da biopolítica para a função sujeito THE EFFECTS OF BIOPOLITICS TO THE FUNCTION SUBJECT (Inglês)

14 March 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2018-02-02T23:45:29Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-03-14 This dissertation is a discussion regarding the current hegemony of biopolítical discourse and its effects on the subject function. Our problematic concerns the consequences of biopolitics in relation to their desubjectivation effects. The research, which is bibliographical, made use of and dialogued with authors engaged to the study of various areas of knowledge, but our methodological approach aims primarily to psychoanalysis and politics. With regard to psychoanalysis, this appears as a base and as a guide, which allows us a specific reading of the subject, singular, pervading the whole work. The first chapter is devoted to the bibliographic notion of subject developed by psychoanalysis. We traverse a path that leads from the discovery of the Freudian unconscious to the Lacanian subject, making a brief dialogue with biopolitics. In chapter two, we go through some aspects of the work of Michel Foucault, that interest us since problematize aspects of reality, taking biopolitics as a discourse, as a space of materialization of language, and as a producer of meanings and subjectivities. In the third and final chapter we work primarily with the reflections of Giorgio Agamben, which corroborate our hypothesis. To him, the modern biopolítical paradigm is the concentration camp, and we have, at the core of our society, the presence of mechanisms, devices, of which the subjects are factors and products that bear a normalizing and naturalizing violence that deprives the subject of his ability to delimit their malaise in civilization by symbolic means and creates knowledge alternatives and desubjectivating interventions, not determining, but opening wide roads, posing a position of subject perilously distant from that denatured by language. Keywords: psychoanalysis; subject; biopolitics; bare life. O presente trabalho trata de uma discussão acerca da atual hegemonia do discurso biopolítico e seus efeitos para a função sujeito. Nossa problemática diz respeito aos desdobramentos da biopolítica no que se refere aos seus efeitos de dessubjetivação. A pesquisa, que é de caráter bibliográfico, utilizou-se de e dialogou com autores que se dedicam ao estudo de diversas áreas do saber, mas nosso recorte metodológico aponta prioritariamente para a psicanálise e a política. No que diz respeito à psicanálise, esta aparece como base e como fio condutor, que nos possibilita uma leitura específica do sujeito, singular, que perpassa todo o trabalho. O primeiro capítulo é dedicado ao levantamento bibliográfico da noção de sujeito tal e qual trabalhada pela psicanálise. Percorremos um caminho que leva desde a descoberta do inconsciente freudiano até o sujeito lacaniano, fazendo um breve diálogo com a biopolítica. No segundo capítulo, percorremos alguns aspectos da obra de Michel Foucault, que nos interessam uma vez que problematizam os aspectos da realidade, que tomam a biopolítica como discurso, como espaço de materialização da linguagem, e como produtora de sentidos e subjetividades. No terceiro e último capitulo trabalhamos prioritariamente com as reflexões de Giorgio Agamben, que corroboram com nossa hipótese. Para ele, o paradigma biopolítico moderno é o campo de concentração, e temos no bojo de nossa sociedade a presença de mecanismos, de dispositivos, dos quais os sujeitos são fatores e produtos, que carregam consigo uma violência normatizadora e naturalizante que despoja o sujeito da sua capacidade de balizar seu mal-estar na civilização pela via do simbólico e cria alternativas de saberes e intervenções dessubjetivantes, não determinando, mas abrindo largas vias, suscitando uma posição de sujeito perigosamente distante daquela desnaturalizada pela linguagem. Palavras-chave: psicanálise; sujeito; biopolítica; vida nua.
4

A dimensão subjetiva da queixa de dificuldades de aprendizagem escolar

18 August 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2017. Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-10-27T20:47:26Z No. of bitstreams: 1 2017_TelmaSilvaSantanaLopes.pdf: 3730266 bytes, checksum: 1c9f0a87f5350fb0bed3333c41041cf8 (MD5) Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-01-04T21:15:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_TelmaSilvaSantanaLopes.pdf: 3730266 bytes, checksum: 1c9f0a87f5350fb0bed3333c41041cf8 (MD5) Made available in DSpace on 2018-01-04T21:15:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_TelmaSilvaSantanaLopes.pdf: 3730266 bytes, checksum: 1c9f0a87f5350fb0bed3333c41041cf8 (MD5) Previous issue date: 2018-01-04 O presente trabalho teve como objetivo principal investigar como a subjetividade de professores e estudantes se relaciona com a queixa de dificuldades de aprendizagem escolar. Com base no referencial teórico da Teoria da Subjetividade de González Rey em uma perspectiva cultural-histórica, a pesquisa foi realizada em uma escola pública do Distrito Federal. Desenvolvida por meio da metodologia construtivo-interpretativa, teve por atividades a análise de documentos, as dinâmicas conversacionais e outros indutores que possibilitaram a participação e expressão dos envolvidos — três professoras e quatro estudantes que compunham suas turmas. A análise possibilitou ampliar a compreensão da educação e aprendizagem como processos complexos. Diante de um cenário educacional em que as dificuldades escolares colaboram para o fenômeno do fracasso escolar, impõem-se como necessários e urgentes estudos, reflexões, mudanças de concepções e análises acerca de aspectos singulares que afetam o desenvolvimento humano. Tal desenvolvimento não se restringe a aspectos biológicos, mas, ao contrário, acontece em contextos diversos, tendo como base os processos relacionais que favorecem a constituição da subjetividade, bem como a emergência do sujeito. Nesse sentido, a pesquisa revelou que as configurações subjetivas e a emergência do sujeito são processos orientados pelas produções de sentidos subjetivos que norteiam as concepções de ensino, desenvolvimento e aprendizagem, ao mesmo tempo, também as ações e relações pedagógicas e aprendentes no contexto escolar, o que é imprescindível para o reconhecimento da dimensão subjetiva envolvida na educação. The main objective of this study was to investigate the subjectivity of teachers and students relates to the complaint of difficulties in school learning. Based on the theoretical reference of González Rey's Theory of Subjectivity in a cultural-historical perspective, the research was carried out in a Federal District public school. Developed through the constructive-interpretative methodology, had for activities used were document analysis, conversational dynamics and other inductors that allowed the participation and expression of those involved – three teachers and four students who made up their classes. The analysis allowed to broaden the understanding of education and learning as complex processes. Facing an educational setting in which school difficulties contribute to the phenomenon of school failure, are imposed as necessary and urgent studies, reflections, changes of conceptions and analyzes about singular aspects that affect human development. This development is not restricted to biological aspects, but, on the contrary, occurs in various contexts, based on the relational processes that favors the constitution of subjectivity, as well as the emergence of the subject. In this way, the research revealed that the subjective configurations and the emergence of the subject are guided by processes with productions of meanings that guiding the teaching concepts, development and learning, at the same time, also the actions and pedagogical relationships and learners in the school context, which is indispensable for the recognition of the subjective dimension involved in education.
5

Duas diferentes perspectivas para o estudo da consciência na Filosofia contemporânea da mente

Paulo, Gustavo Vargas de. 2012 (has links)
Orientador: Mariana Claudia Broens Banca: João de Fernandes Teixeira Banca: Alfredo Pereira Junior Resumo: O objetivo desta dissertação é propor um estudo comparativo envolvendo duas diferentes perspectivas teóricas para o estudo da consciência situadas no contexto da Filosofia Contemporânea da Mente e das Ciências Cognitivas. Analisaremos criticamente seus pressupostos, suas divergências e o alcance de suas propostas considerando os filósofos da mente John R. Searle e Daniel C. Dennett como paradigmas representantes de cada uma das duas perspectivas. A filosofia da mente de John Searle caracteriza-se por levar em consideração os aspectos subjetivos dos estados conscientes em uma perspectiva que nunca permite dispensar ou desconsiderar os dados de primeira pessoa no estudo da consciência. Estes dados geralmente dizem respeito às experiências conscientes e às peculiares impressões e sensações internas tais como os qualia. Por outro lado, Daniel Dennett adota a perspectiva de terceira pessoa no estudo da consciência, buscando critérios científicos para o desenvolvimento deste estudo sustentado por dados publicamente observáveis e intersubjetivamente definíveis. Estes dados levam em conta as evidências comportamentais, informacionais ou neurofisiológicas que remetem a aspectos mentais, tentando assim estabelecer uma relação explicativa destes com o que se entende por consciência. No atual campo de pesquisas da Filosofia da Mente junto às Ciências Cognitivas não há consenso sobre o método mais adequado para o estudo da consciência sendo, ao contrário disso, composto por várias divergências. Por este motivo, consideramos relevante uma confrontação entre as principais perspectivas utilizadas no estudo do assunto. Buscaremos realizar esta tarefa analisando as contribuições das teorias estudadas para a elucidação da relação subjetividade/objetividade dos estados conscientes Abstract: This research is a comparative study of two different theoretical perspectives on the study of the consciousness, in the context of the contemporary philosophy of mind and the cognitive sciences. We analyze their presuppositions, their differences, and the reach of the two proposals, considering the philosophers of mind John R. Searle and Daniel C. Dennett as paradigmatic representatives of each of the two perspectives. The philosophy of mind of John Searle is characterized by the taking into consideration of the subjective aspects of conscious states, in a perspective that never allows the discarding or ignoring of first person data. These data generally have to do with conscious experiences and with specific impressions and internal sensations such as qualia. Daniel Dennett, on the other hand, adopts the third person perspective in the study of the consciousness, seeking scientific criteria that are supported by publicly observable and intersubjectively definable data. These data take into account behavioral, informational, or neurophysiological evidence that refers to mental aspects, thus attempting to establish an explanatory relation between these aspects and what is understood as consciousness. In the current field of research in philosophy of the mind, as well as in the Cognitive Sciences, there is no consensus on the most adequate method for the study of the conscience, and in fact various tendencies exist within the field. For this reason, we consider it relevant to compare the two main perspectives in the study of the subject. We attempt to carry out this task by analyzing the contributions of the theories under consideration, in order to elucidate the subjectivity/objectivity relationship in conscious states Mestre
6

A casa dos homens : passos de uma mulher entre as masculinidades na prisão

Santos, Cíntia Helena dos. 2013 (has links)
Orientador: Wiliam Siqueira Peres Banca: Sônia Regina Vargas Mansano Banca: Leonardo Lemos de Souza Banca: Fernando Silva Teixeira Filho Banca: Sandra Maria da Mata Azevedo Resumo: Este estudo trata da articulação entre os processos de subjetivação contemporâneos, as relações de poder e as formas sutis com que as tecnologias de gênero naturalizam e perpetuam ações nas relações, parcerias e lutas diárias que ocorrem em uma Penitenciária. Partindo da genealogia foucaultiana, como matriz epistemológica e metodológica, colocamos em análise documentos institucionais e entrevistas realizadas com funcionários do Sistema Penitenciário do Paraná, que atuam na cidade de Londrina. O entrelaçamento destas falas e forças engendra o impacto das tecnologias de gênero, em especial das masculinidades, na dinâmica das relações de poder e de resistência entre os que habitam a prisão. A forma como são caladas e/ou adequadas às diversidades humanas e às maquinarias que compõem os rígidos processos de subjetivação admitidos no cárcere e entre "carcereiros", apresentaram-nos aprisionamentos mais precisos e danosos que as grades. Para além destas, apresentam-nos os modos de aprisionamentos de si e do outro, que cristalizam e empobrecem os corpos e suas possibilidades de novos encontros e afetações. De modo geral, apontam-nos para processos de subjetivação disciplinares e normalizadores. A problematização destas grades biopolitícas binárias tem permitido outros fluxos, no sentido de ampliar a percepção e superação das grades de ferro e de si mesmos. Esta pesquisa caracteriza-se pela decisão de fazer e manter algumas questões quanto aos processos de subjetivação daqueles que representam o Estado perante as pessoas presas, a partir dos passos de uma mulher entre as masculinidades. Em todo seu percurso, esta escolha mostrou-nos ser o caminho possível para o surgimento de linhas de fuga que possibilitam existências mais potentes e, assim, apontam para a concretização da proposta... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Abstract: This study addresses the link between the processes of contemporary subjectification, the power association and the subtle ways in which the gender technologies naturalize and perpetuate actions in the relations, partnerships and daily struggles that take place in a penitentiary. From the Foucault‟s genealogy as an epistemological and methodological matrix, we analyze institutional documents and interviews performed with officials of the Penitentiary System of Paraná, in the city of Londrina. The intertwining of these speeches and forces engenders the impact of the technologies of gender - in especial of the masculinities, in the dynamics of the relations of power and resistance among those who inhabit prison. The way they are silenced and adequate to human diversity and to the machinery that make up the rigid processes of subjectivation allowed in prison and between "jailers", showed us more effective and injurious incarcerations than the bars. Beyond that, they present us the ways of the self-incarcerations and the other‟s incarcerations that solidify and deplete their bodies and their chances of new findings and affectations. In general, they lead us to processes of disciplinary and normalizing subjectification. The problematization of these biopolitics, binary grids has allowed other fluxes, in the sense of broadening perception and overcoming the iron bars and themselves. This research is characterized by the decision of raising and keeping a few questions about the processes of subjectification of those who represent the State in the presence of the prisoners, and from the moves of a woman among the masculinities. Throughout its course, this choice proved to be the a possible way for the raise of escape lines that enable more powerful existence and thus leading to the completion of the proposed intention to make of the criminal... (Complete abstract click electronic access below) Doutor
7

Noção de feminilidade em Melanie Klein : subjetivações para além de um registro fálico

Klipan, Marcos Leandro. 2015 (has links)
Orientador: Jorge Luís Ferreira Abrão Banca: Paulo José da Costa Banca: Audrey Setton Lopes de Souza Banca: Diana Pancini de Sá Antunes Ribeiro Banca: Walter José Martins Migliorini Resumo: Este trabalho pretende compreender as transformações do tema feminilidade na obra de Melanie Klein e com isso traçar um percurso histórico e epistemológico sobre o significado desta temática para o pensamento desta autora. De modo específico, também, objetivamos discutir e problematizar como a noção da feminilidade pode oferecer uma maneira inovadora na forma de ler e compreender o texto kleiniano. Além disso, acreditamos que esse tema permitira pensar outras trilhas subjetivas na contemporaneidade, o que repercutiria, posteriormente, na forma de compreender a Psicanálise deslocada do eixo fálico. Isso porque, desde o início dessa pesquisa nos pautamos na ideia de que haveria, como é defendida por alguns autores contemporâneos da Psicanálise e que já havia sido refletido por Freud ao final de sua obra, a possibilidade de compreender modos de subjetivação fora do registro fálico, ou seja, anteriores à estrutura tradicional do complexo de Édipo e herança de nossa cultura Ocidental. Feminilidade, então, seria esse modo de subjetivação em um tempo psíquico muito primitivo da criança com sua mãe, o que permitiria articulações subjetivas diferenciadas Abstract: This work intends to understand the theme of femininity changes in the work of Melanie Klein and then trace a historical and epistemological route on the significance of this issue to the thought of this author. Specifically, we also aim to discuss and question how the notion of femininity can offer an innovative way in order to read and understand the Kleinian text. Despite that, we believe that this issue will allow other subjective tracks to come up in contemporary times, what repercussions later in the way of understanding psychoanalysis displaced the phallic trait. In other words, since the beginning of this research we were based on the idea that there would be, as is advocated by some contemporary authors of psychoanalysis and that had been reflected by Freud at the end of his work, the ability to understand modes of subjectivity out of phallic trait i.e. prior to the traditional structure of the Oedipus complex and heritage of our Western culture. Femininity, so it would be this subjectivity so in a very primitive psychic time of the child with his mother, which would allow different subjective joints Doutor
8

Entre as linhas do texto e o brilho da tela, uma rede e o leitor

2009 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2009. Submitted by Allan Wanick Motta (allan_wanick@hotmail.com) on 2010-03-09T18:09:04Z No. of bitstreams: 1 2009_ClaraEtieneLimadeSouza.pdf: 1823904 bytes, checksum: 485dacbb6616f5bef3ceb7823cef9810 (MD5) Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-04-07T13:53:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_ClaraEtieneLimadeSouza.pdf: 1823904 bytes, checksum: 485dacbb6616f5bef3ceb7823cef9810 (MD5) Made available in DSpace on 2010-04-07T13:53:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_ClaraEtieneLimadeSouza.pdf: 1823904 bytes, checksum: 485dacbb6616f5bef3ceb7823cef9810 (MD5) Previous issue date: 2009-09 O leitor contemporâneo é o centro de discussão desta tese. Nunca se leu tanto quanto nos dias atuais, uma vez que a sociedade em rede impõe ao sujeito a condição de ler, dada a grande quantidade de informações que circulam no século XXI. Nesse contexto surgem diferentes maneiras de atuação do leitor, por isso defende-se que a leitura deve ser pensada como um continuum de possibilidades leitoras, no qual a leitura da literatura desempenha um papel fundamental. A leitura literária, em um dos extremos desse continuum, por meio da experiência estética, proporciona processos de produção da subjetividade mais livres e autônomos. O desafio para o grande volume de leitores da atualidade, então, é conhecer e fazer uso de todas as possibilidades de leitura, sobretudo a leitura literária, pois essa promove experiências mais singulares de produção da subjetividade. Um leitor que se posicione na rede de informações e, ao mesmo tempo, usufrua o efeito estético, será competente para movimentar-se pelo continnum de possibilidades leitoras. Esse leitor crítico e autônomo será denominado como o verdadeiro hiperleitor. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT The contemporary reader is the core of this thesis discussion. People have never read so much as nowadays, once the web society imposes to the subject the condition for reading, with the enormous quantity of information available on the XXI century. On this context, the reader can act in different ways, and that is why it is defended that reading must be thought as a continuum of reading possibilities, in which the literature reading plays a fundamental role. The literary reading, in one of the extremity of this continuum, and through esthetic experience, provides freer and autonomous subjective production processes. The challenge for a big volume of current readers is know and use all of these reading possibilities, mainly the literary reading, because it provides unique experiences of producing subjectivity. A reader that places himself in the web information and, at the same time, makes use of the esthetic effect, will be capable of moving through the continnum of reading possibilities. This critic and autonomous reader will be named as the real hiper reader.
9

Acreditar no mundo : um estudo sobre cultura, educação e processos de subjetivação

Carvalho, Pedro Neves Gonçalves Franco de. 2015 (has links) (PDF)
Orientador: Romualdo Dias Banca: Dulcineia Fatima Ferreira Pereira Banca: Aldo Ambrozio Resumo: Apresentamos os resultados de nossa análise do projeto pedagógico da "Escola da Vida" (The School of Life) com sede em Londres e em funcionamento sob a orientação do filósofo suíço Alain de Botton. Analisamos o projeto pedagógico a partir do estudo do processo educacional e do material didático desta escola. O nosso ponto de partida se constitui pela hipótese de que nesta escola está em curso o programa de desenvolvimento de uma suposta "espiritualidade laica". Perguntamos sobre as implicações deste princípio para a chamada sociedade pósmoderna, concebida enquanto situada entre uma forma de vida secularizada e uma revanche do sagrado. Analisamos as propostas pedagógicas em um contexto no qual a garantia das condições materiais de sustentação da vida se apoia em uma economia ordenada sob o modelo do capitalismo neoliberal. Sintetizamos nossa inquietação formulada na hipótese de que o programa da escola se apresenta como uma ação educacional associada a um movimento, de maior amplitude social, enquanto uma nova modalidade de "colonização" que se faz sobre o "território da esperança" e sobre o "território do sentido". Traçamos um percurso de desenvolvimento de nossa hipótese por meio de um esforço inicial de demarcar o terreno que se constitui na bipolaridade da relação que cada sujeito estabelece com o mundo em uma atitude de crença. Entre a vivência de uma crença e a presença no mundo situamos um espaço constituído por dispositivos de intermediação diretamente relacionados com a forma de compreensão do sujeito sobre aquilo que acontece consigo mesmo e ao seu redor, com força suficiente para determinar sua condição de agir. Destacamos nestas formas de mediação o papel da filosofia, com o foco no trabalho do pensamento, o papel da literatura, com o foco na leitura e na escrita, e o papel da ficção, com o foco na relação entre imaginação e percepção Abstract: The present research analyses the pedagogical project of "The School of Life", based in London and under the guidance of Swiss philosopher Alain de Botton. As goal we wish to analyze the pedagogical project, the educational process and the teaching material used in this educational experiment. We start with the hypothesis that in this school there is a development programme of an alleged "secular spirituality" in course. We question the implications of this principle to the so-called post-modern society, conceived will situated among a secular style of life and a revenge of the sacred. We analyze these pedagogical proposals in a context where the guarantee of material conditions for the sustention of life leans on an economy based on the neoliberal capitalism model. We synthesize our inquietude on the hypothesis that the school‟s programme presents itself as an educational action associated with a movement, of larger social amplitude, of a new modality of "colonization" that takes place in the "territory of hope" and the "territory of sense". We traced a development of our hypothesis through an initial effort to delimit the territory that is constituted in the bipolarity of the relation that each subject establishes with the world in an attitude of belief. Between the living of a belief and the presence in the world we situate a space constituted by intermediation devices directly related to the subject‟s form of comprehension of what happens to himself and around him, with enough strength to determine his conditions of action. We highlight on these forms of mediation the role of philosophy, focusing on the work of thought, the role of literature, focusing on the reading and writing, and the role of fiction, focusing on the relation between imagination and perception Mestre
10

Subjetividade e argumentação no discurso das ciencias humanas : um estudo de caso

2000 (has links)
Orientador: Jonas de Araujo Romualdo Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem Made available in DSpace on 2017-03-22T09:37:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Albini, Maria Ivete.pdf: 3740431 bytes, checksum: 4aadcbcee5a48e8e558420a9be241183 (MD5) Previous issue date: 2000 Made available in DSpace on 2017-07-04T14:51:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Albini_MariaIvete_M.pdf: 3740431 bytes, checksum: 4aadcbcee5a48e8e558420a9be241183 (MD5) Previous issue date: 2000 Resumo: Tomando como base para a constituição do corpus a dissertação de mestrado em Antropologia intitulada "Projetos de vida - Um estudo das representações femininas do aborto", de Rosangela Di Giovanni, este trabalho tem como objetivo o estudo da subjetividade no discurso das ciências humanas, a partir da noção de sujeito defendida por Possenti. Dentro deste enfoque teórico, o sujeito do discurso não aparece como totalmente assujeitado. A presença da atividade de um sujeito é amplamente percebida, entre outros exemplos, no trabalho do sujeito com recursos como paráfrases e com discursos relatados. Os fenômenos associados à heterogeneidade discursiva aparecem, nesse enfoque, como subjetividade mostrada (Possenti). A atividade do sujeito claramente presente no texto de Di Giovanni foi relacionada a uma outra noção de igual relevância - a noção de argumentação, em que se destaca a importância do auditório Abstract: The Anthropology Essay entitled ¿Projetos de vida ¿ Um estudo das representações femininas do aborto¿, written by Rosangela Di Giovanni, has been taken as support to produce the corpus for this work, which has as objective the study of the subjectivity in the speech of the Human Sciences, starting grom subject¿s notion defended by Possenti. Inside of this theoretical focus, the subject of the speech doesn¿t appear as totally subjection. The presence of the activity of a subject is noticed throughly, among other examples, in the work of the subject with resources as paraphrases and with told speeches. The phenomenon associated to the discursive heterogeneity appear, in that focus, as shown subjectivity (Possenti). The subject¿s activity, clearly present in Giovanni¿s text, was related to another notion of the same reçevance ¿ the argument notion, tn that stands out the importance of the auditorium Mestrado Mestre em Linguistica

Page generated in 0.0717 seconds