• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 208
  • 6
  • Tagged with
  • 215
  • 91
  • 51
  • 34
  • 30
  • 28
  • 26
  • 22
  • 22
  • 21
  • 19
  • 18
  • 17
  • 17
  • 15
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Suicídios e suas tentativas no Porto : estatística 1900-1915

Machado, António Ferreira 1919 (has links)
No description available.
2

Tentativas de suicídio e suicídios em profissionais de segurança pública do Estado do Ceará: magnitude, perfil e fatores associados Suicide attempts and suicides in public safety professionals: magnitude, profile and associated factors, 2000 to 2014

Sousa, José Edir Paixao de Sousa 26 August 2016 (has links)
SOUSA, J. E. P. Tentativas de suicídio e suicídios em profissionais de segurança pública do Estado do Ceará: magnitude, perfil e fatores associados. 2016. 199 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-01-18T15:19:18Z No. of bitstreams: 1 2016_jepsousa.pdf: 2394144 bytes, checksum: 9aee9b784485038a8c0460d8fa8a1655 (MD5) Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-01-18T15:19:34Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_jepsousa.pdf: 2394144 bytes, checksum: 9aee9b784485038a8c0460d8fa8a1655 (MD5) Made available in DSpace on 2017-01-18T15:19:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_jepsousa.pdf: 2394144 bytes, checksum: 9aee9b784485038a8c0460d8fa8a1655 (MD5) Previous issue date: 2016-08-26 The objective of this study was to characterize the magnitude, profile and potential factors associated with suicide and suicide attempts, practiced by public security professionals from the State of Ceará. The research method was to identify the cases of suicides of these professionals from the State of Ceará between 2000 and 2014 (fifteen years) and to elaborate a historical series, to calculate the suicide rates, the potential years of life lost and to describe the distribution of frequency. For the suicide attempts, the period was from 2010 to 2014 (five years), in addition to the survey of attempts of these professionals in a series of cases, there was the description of frequency distribution, calculation of trial rates and statistical associations for multiple Cases and cases (suicides). The results of the survey indicated n = 57 suicides in the period studied, a suicide rate in public security professionals (per 100 thousand), standardized by males and the adult age of 23.9 while the standardized rate of the population of Ceará, also for the Males and adults was 14.4, a statistically significant difference, p = 0.03. For general (non-standard) rates, the relative risk of average suicide in the period was RR = 4.2 times higher for public security professionals compared to the population of the state of Ceará. In relation to the standardized suicide rate, RR = 1.7. The profile of public security suicides was: married 35 (61.4%), middle age 36 (63.2%), men 56 (98.2%), low schooling 36 (63.2%), low income 43 (75.4%), military police 50 (87.7%), low patent 43 (75.4%), operational service 37 (64.8%), firearm as a suicide instrument 42 (73.7% ). For suicide attempts there were n = 173 attempts practiced by 107 professionals. That's because some professionals tried suicide more than once in the period. The association for multiple attempts had significant variables: personality disorder p = 0.01 RR = 2.7, hospitalized in a psychiatric hospital p = 0.01 RR 1.8, addiction p = 0.02 RR 2.0 and depression p = 0.00 RR = 4.3. The association for consumed suicide showed significant: elderly p = 0.00 RR 6.5, low income p = 0.03 RR = 2.5, reserve / retirement p = 0.00 RR = 6.1, firearm p = 0.00 RR 3.9. However, higher education showed to be protective factor p = 0.01 RR = 0.13. It is concluded that public security professionals formed a vulnerable group for suicide during the period studied, that this vulnerability affects public health and public safety, that the risk factors for suicide are similar to those of the world population, except for the state The use of firearms and age. It was suggested that actions to prevent suicide cases should be carried out, such as lectures on the subject, strengthening public health health sectors, monitoring of suicides and attempts with urgent and interlinked notification to the health surveillance sectors of the state and Of the federation. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a magnitude, perfil e os potenciais fatores associados a suicídios e tentativas de suicídio, praticados por profissionais de segurança pública do Estado do Ceará. O método de pesquisa foi identificar os casos de suicídios desses profissionais ocorridos do Estado do Ceará no período de 2000 a 2014 (quinze anos) e elaborar uma série histórica, calcular as taxas de suicídio, os anos potenciais de vida perdidos e descrever a distribuição de frequência. Para as tentativas de suicídio, o período foi de 2010 a 2014 (cinco anos), além do levantamento de tentativas desses profissionais em uma série de casos, houve a descrição de distribuição de frequência, os cálculos de taxas de tentativas e associações estatísticas para múltiplos casos e casos consumados (suicídios). Os resultados da pesquisa indicaram n=57 suicídios no período estudado, uma taxa de suicídios nos profissionais de segurança pública (por 100mil), padronizada por sexo masculino e faixa etária adulta de 23,9 enquanto a taxa padronizada da população cearense, também para o sexo masculino e adultos foi de 14,4, diferença estatisticamente significativa, p = 0,03. Para as taxas gerais (não padronizadas), o risco relativo de suicídio médio do período foi RR= 4,2 vezes maior para os profissionais de segurança pública frente à população do Estado do Ceará. Em relação à taxa padronizada de suicídios o RR = 1,7. O perfil de suicidas da Segurança Pública foi: casados 35 (61,4%), meia idade 36 (63,2%), homens 56 (98,2%), baixa escolaridade 36 (63,2%), baixa renda 43 (75,4%), policial militar 50 (87,7%), baixa patente 43 (75,4%), serviço operacional 37 (64,8%), arma de fogo como instrumento de suicídio 42 (73,7%). Para tentativas de suicídio houve n=173 tentativas praticadas por 107 profissionais. Isso porque alguns profissionais tentaram suicídio mais de uma vez no período. A associação para múltiplas tentativas apresentou variáveis significativas: transtorno de personalidade p = 0,01 RR = 2,7, internado em hospital psiquiátrico p=0,01 RR 1,8, adicção p=0,02 RR 2,0 e depressão p=0,00 RR=4,3. A associação para suicídio consumado mostrou significativas: idoso p=0,00 RR 6,5, baixa renda p=0,03 RR=2,5, reserva/aposentadoria p=0,00 RR =6,1, arma de fogo p=0,00 RR 3,9. No entanto, o ensino superior mostrou ser fator protetivo p=0,01 RR = 0,13. Conclui-se que os profissionais de segurança pública formaram um grupo vulnerável para o suicídio no período estudado, que essa vulnerabilidade afeta a saúde pública e a segurança pública, que os fatores de risco para o suicídio são semelhantes aos da população mundial, exceção ao estado civil, ao uso de arma de fogo e à idade. Sugeriu-se que ações de prevenção aos casos de suicídio devem ser executadas tais como palestras sobre o tema, fortalecimento dos setores de saúde da segurança pública, monitoramento dos suicídios e das tentativas com notificação urgente e interligada aos setores de vigilância em saúde do estado e da federação.
3

Família e comportamento suicida : um estudo exploratório de dinâmicas familiares

Nunes, Marcela Favarini 23 August 2007 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2007. Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-04-22T15:23:54Z No. of bitstreams: 1 2007_MarcelaFavariniNunes.pdf: 780423 bytes, checksum: 53095881cf0dd1b5e47a1eece3400a63 (MD5) Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-04-22T21:11:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_MarcelaFavariniNunes.pdf: 780423 bytes, checksum: 53095881cf0dd1b5e47a1eece3400a63 (MD5) Made available in DSpace on 2016-04-22T21:11:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_MarcelaFavariniNunes.pdf: 780423 bytes, checksum: 53095881cf0dd1b5e47a1eece3400a63 (MD5) Os comportamentos suicidas representam um grave problema de saúde pública. O suicídio encontra-se entre as três maiores causas de morte no mundo na população compreendida entre 15 e 44 anos. A tentativa de suicídio pode ser considerada como um sintoma, ou seja, uma comunicação de que tanto o indivíduo quanto sua família estão em sofrimento. Torna-se fundamental, portanto, a participação da mesma no processo terapêutico. O presente trabalho teve como objetivos compreender o funcionamento de duas famílias em que um de seus membros tentou suicídio e identificar dinâmicas familiares que poderiam estar associados ao risco. As informações foram adquiridas por meio de sessões de terapia familiar. A metodologia utilizada foi o estudo de caso, tendo como base as proposições teóricas da terapia familiar sistêmica. Na primeira família apresentada, uma mulher tentou suicídio. Na segunda, a tentativa de suicídio foi realizada por um homem. Em ambos os casos, tratava-se de adultos jovens. Nas duas famílias foi possível observar a existência de dinâmicas familiares disfuncionais, como isolamento social e familiar, dificuldades de comunicação, fronteiras emaranhadas e triangulação. Eventos adversos, vivenciados ao longo da história de cada família, também foram encontrados, como divórcios, casos de dependência química, de doença mental e, sobretudo o contexto de nascimento conturbado dos dois jovens que tentaram suicídio. Constatou-se ainda dificuldade em lidar com transições entre fases do ciclo vital e com a ética relacional em ambas as famílias. Além dessas características, foram identificados elementos considerados na literatura como fatores de risco de suicídio, como fácil acesso aos métodos de suicídio e impulsividade. A relação entre gênero e suicídio foi também discutida. A compreensão de características de famílias com casos de tentativas de suicídio é fundamental para que os profissionais de saúde possam reconhecer e atuar de forma preventiva em situações de risco. _______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT Suicidal behaviors represent a serious problem of public health. The suicide is among the three larger death causes in the world in the population understood between 15 and 44 years old. The suicide attempt can be considered as a symptom, in other words, a communication that both the person and the family are in suffering. Becomes fundamental, therefore, the participation of the latter in the therapeutic process. The present study’s goals are to understand the functioning of two families in which, one of the members tried suicide, and identify the presenting family dynamics that can be related to the risk. The informations were acquired by means of family therapy sessions. The used methodology was the case study, based in the systemic family therapy theorical propositions. In the first presented family, a woman tried suicide. In the second, the suicide was attempted by a man. Both the cases, the attempters were youngsters. In both families, it was possible to observe the existence of dysfunctional family dynamics, as isolations from society and family, troubles in communication, enmeshment boundaries and triangulation. Adverse life events, experienced during the history of each family were also found, as divorces, cases of drug addiction, mental health issues, and above all, the two attempters’ troubled birth. It was found the families’ difficulty in dealing with transitions between phases of the life cycle and with relational ethics. Besides those characteristics, there were identified elements considered by the literature as indicators of suicide risk, such as easy access to suicide methods and impulsivity. The relation between gender and suicide was also discussed. The understanding of the characteristics of families with cases of attempted suicides is fundamental so that the health care professionals can recognize and act in a preventive way when facing the risk situations.
4

Proposta de uma entrevista semi-estruturada para autopsia psicologica em casos de suicidio

Werlang, Blanca Susana Guevara 2000 (has links)
Orientador: Neury Jose Botega Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas Made available in DSpace on 2018-07-27T18:37:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Werlang_BlancaSusanaGuevara_D.pdf: 7390061 bytes, checksum: fd517377349011876a9ec32ed79236e4 (MD5) Previous issue date: 2000 Resumo: Pela literatura, sabe-se que a avaliação retrospectiva parece ser uma maneira científica de colher dados. Nos casos em que é necessário investigar o modo de morte, a avaliação retrospectiva costuma ser denominada autópsia psicológica, realizando a coleta de dados necessários através de entrevistas com pessoas que conheciam a vítima. Os pontos chaves de uma autópsia psicológica para casos de suicídio são: precipitadores e/ou estressores, motivação, letalidade e intencionalidade. Os autores, ainda que salientem a importância da experiência clinica para autópsia psicológica, não mencionam estratégias definidas, mas tão somente algumas listas, sugerindo áreas ou tópicos de investigação. Um instrumento para autópsia psicológica deveria fornecer informações adequadas e suficientes para permitir um grau razoável de concordância entre avaliadores. A Entrevista Semiestruturada para Autópsia Psicológica proposta neste trabalho ficou constituída por quatro módulos para avaliação dos temas chaves associados ao suicídio. Critérios para inclusão dos sujeitos na pesquisa foram identificados através de um estudo-piloto. Para avaliar a aplicabilidade do instrumento, foi utilizada uma amostra de 42 sujeitos, de alguma forma associados com 21 casos de suicídio, sendo realizadas 25 entrevistas, gravadas em áudio e posteriormente transcritas. O material correspondente, bem como os dados do inquérito policial, foram apresentados a quatro juízes. A avaliação das informações foi realizada com o auxílio de um formulário para a tomada de decisão, em quatro módulos: precipitadores e/ou estressores, motivação, letalidade e intencionalidade. O processamento dos dados, sempre que possível, foi feito através da estatística kappa do programa STATA. Quando não foi utilizada a estatística kappa, foi examinado o percentual de concordância. Os resultados deste estudo demonstraram que: é possível usar um instrumento semi-estruturado para autópsia psicológica, em casos de suicídio; a Entrevista Semi-estruturada para Autópsia Psicológica (ESAP) para casos de suicídio, elaborada com base teórica em quatro temas chaves, é aplicável, porque fornece informações que permitem um grau marcante de concordância entre avaliadores, verificado em 120 mensurações de julgamentos de quatro juízes, isto é: a) em três módulos do esquema decisório, houve concordância entre os juízes, em grau estatisticamente significante em todos os passos, exceto em um em cada módulo, mas que não comprometeu a concordância final sobre a avaliação de precipitadores e/ou estressores, motivação e intencionalidade; b) no módulo relativo à avaliação da letalidade, houve 100,0% de concordância entre juízes; c) os julgamentos dos quatro avaliadores, nos quatro módulos, permitiu chegar à concordância final quanto ao modo de morte como suicídio Abstract: From the literature, it is well known the retrospective evaluation seems to be a scientific way to collect data. In cases that require mode of death investigation, the retrospective evaluation is usually called psychological autopsy. Data collection has been done through interviews with people who knew the victim. The key items to a psychological autopsy for suicide cases are: precipitants and/or stressores, motivation, lethality, and intentionality. Although the authors point out the importance of the clinic experience for psychological autopsy, they do not mention definite strategies, but just some lists, suggesting areas or topics of investigation. An instrument to evaluate psychological autopsy should provide enough, and suitable information in order to allow a reasonable degree of agreement among evaluators. The Semi-Structured interview for Psychological Autopsy proposed in this paper consists of four evaluation modules to evaluate key topics associated to suicide. Criteria for choosing the subjects for the research have been identified through a pilot study. In order to evaluate the instrument applicability, a sample formed by 42 subjects related to 21 suicide cases has been used. Twenty-five (25) interviews have been tape recorded first, and then transcribed. The related material as well as the police inquiry data investigation have been presented to four judges. Evaluation of information has been carried out with the help of a four-module formulary for decision taken: precjpitants and/or stressores, motivation, lethality, and intentionality. Data processing, whenever possible, has been done through kappa statistics, from STATA software. Every time when kappa statistics was not possible to beutilized, agreement percentage has been used. The results of this study have shown that: a) it is possible to use a semi-structured instrument for psychological autopsy, in suicide cases; b) the Semi-Structured Interview for Psychological Autopsy (SSIP A) in suicide cases, theoretically based on four key topics, is applicable because it provides information containing a significant degree of agreement among evaluators, found in one hundred twenty measurements of judgements made by four judges. That is to say: a) there has been significant statistics agreement among the judges three modules of the model for decision, except in one step ftom each module, which did not interfere in the final agreement on the present evaluation; b) in the lethality evaluation module, there has been a 100% agreement among judges; c) the judgements made by four evaluators on the four modules have allowed to reach a final agreement related to suicide mode Doutorado Saude Mental Doutor em Ciências Médicas
5

O gesto autodestrutivo : um estudo psiquiatrico da tentativa de suicidio por ingestço de corrosivos

Herrmann, Fabio Antonio 1976 (has links)
Orientador : Anibal Silveira Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciencias Medicas Made available in DSpace on 2018-07-15T14:50:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Herrmann_FabioAntonio_D.pdf: 5632643 bytes, checksum: a75deb483c972e8c8dfa76b3960f406c (MD5) Previous issue date: 1976 Resumo: Não informado. Abstract: Not informed. Doutorado Doutor em Ciências Médicas
6

Estudo sobre tentativa de suicídio por envenenamento no Recife PE, Brasil

Cláudia da Cruz Pires, Maria 31 January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T22:57:05Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo1348_1.pdf: 8868847 bytes, checksum: 128c5419d919dd55ed66cafa66e7620e (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2010 Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior As tentativas e os suicídios têm se tornado um problema de saúde pública, sendo o autoenvenenamento um dos métodos mais utilizados de atentar contra a própria vida. Este estudo foi realizado em pacientes que tentaram suicídio por envenenamento (TSE) e foram atendidos na Restauração, o maior hospital público de Pernambuco. Objetivo: descrever o perfil sociodemográfico; identificar os principais agentes utilizados; apontar alguns estressores associados à TSE e analisar as diferenças de gênero. Método: o estudo quantitativo, descritivo, analítico, do tipo corte transversal, que avaliou 110 pacientes, com idades entre 14 e 78 anos, atendidos com TSE, no período de janeiro a agosto de 2009. Os instrumentos de avaliação utilizados foram a entrevista padronizada Mini International Neuropsychiatric Interview Brazilian, versão 5.0.0 (MINI), e formulário de entrevista especialmente desenvolvido para o estudo. Resultados: do total, 70% eram mulheres; idade média de 28,8 anos; 58,2% entre 14 e 28 anos; 63,6% encontravam-se sem convívio conjugal; 54,5% estavam desempregados; 85,5% sem profissão; 75,5% declararam-se dependentes de terceiros financeiramente; 67,3% admitiram ter uma crença religiosa; 98,2% com pelo menos um transtorno psiquiátrico. Dentre os estressores, 71,8% dos entrevistados atribuíram como a causa para cometer TSE os conflitos interpessoais (sendo 47,3% afetivos e 24,5% familiares do 1o grau); 80% relataram ideação suicida; 30,9%, TS anterior; 52,7% admitiram ter planejado o ato; 90,9% relataram doença mental na família; 62,7% alegaram fatos traumáticos ao longo da vida; 26,4%, abuso sexual e 17,3% ocorridos na infância; 61,8% declararam estar aliviados por não terem morrido. Em relação a outras variáveis, ressaltam-se 98,2% com um ou mais Transtornos Psiquiátricos; 71,8% falam do Transtorno Depressivo; 28,2% com uso nocivo de bebidas alcoólicas; 27,8% com TAG; 64,5% com comorbidade psiquiátricas; 90,9% com a doença mental na família, e 20% com tentativa de suicídio entre os familiares. Dos agentes declarados, 50,9% foram por ingesta de medicamentos; 45,5% agrotóxicos e 33,6% declararam estar sob efeito de bebidas alcoólicas no momento do envenenamento. Na comparação de gênero, a idade variou de DP=8,4 para os homens e DP=11,55 para as mulheres. As diferenças significativas foram: abuso sexual na infância, sendo 22,1% das mulheres e 6,1% dos homens; transtornos decorrentes de bebidas alcoólicas, 42,4% dos homens e 22,1% das mulheres. Admitiram estar sob efeito de bebidas alcoólicas 51,5% dos homens e 26% das mulheres. Conclusões: os resultados confirmaram outros estudos da literatura: idade média de 28,8 anos; quase três vezes mais mulheres; vida marcada por conflitos afetivo-familiares; precárias condições de autogestão (instrução deficiente, sem profissão, desemprego), por alto índice de transtornos mentais (destacando-se depressivos e alcoolismo) e suporte familiar e social precários. Restou evidente o impacto dos problemas presentes como fortes estressores. Esses dados apontam para a necessidade de planejamento de programas preventivos mais efetivos, em especial para a população mais vulnerável
7

O julgamento clínico do risco de suicídio

Parente, Beatriz Montenegro Franco de Souza 2012 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2012. Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-07-04T11:05:41Z No. of bitstreams: 1 2012_BeatrizMontenegroFrancodeSouzaParente.pdf: 962654 bytes, checksum: 6ed9cd2c2cfcf262d3c1856f6bedc280 (MD5) Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-07-04T12:18:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_BeatrizMontenegroFrancodeSouzaParente.pdf: 962654 bytes, checksum: 6ed9cd2c2cfcf262d3c1856f6bedc280 (MD5) Made available in DSpace on 2013-07-04T12:18:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_BeatrizMontenegroFrancodeSouzaParente.pdf: 962654 bytes, checksum: 6ed9cd2c2cfcf262d3c1856f6bedc280 (MD5) A avaliação do risco de suicídio e a formulação de um julgamento clínico são demandas constantes da prática clínica em saúde mental. Diante da complexidade do fenômeno e da ampla gama de variáveis associadas ao risco de suicídio, essa tarefa é considerada um grande desafio para a maior parte dos profissionais da área. Nesse contexto, a identificação dos fatores que contribuem principalmente para a formulação do julgamento clínico do risco de suicídio é de fundamental importância para o delineamento de uma conduta clínica adequada. O presente trabalho tem como objetivo identificar e discutir os fatores associados ao risco de suicídio que contribuem para o julgamento clínico, especialmente àqueles associados ao risco agudo de suicídio. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT Suicide risk assessment and clinical judgment of suicidal risk are frequent and challenging demands on mental health clinical practice. There are too many factor associated to suicidal risk that increases the complexity of risk assessment processes. The identification of the most relevant factors for clinical judgment formulation of suicide risk contributes to a better and safer clinical decisions based on these factors. For this, we aim to identify and discuss specially suicide risk factors related to imminent and acute suicide risk.
8

Esquemas disfuncionais em tentativa de suicídio: análise de sobreviventes por intoxicação exógena de um hospital público do Recife.

SANTOS, Marília Suzi Pereira dos 6 May 2011 (has links)
Submitted by Alexandra Feitosa (alexandra.feitosa@ufpe.br) on 2017-07-27T13:35:42Z No. of bitstreams: 1 2011-dissertação-MaríliaSuziPereiraSantos.pdf: 1962522 bytes, checksum: bd119cd656f557d15b14f06dd1867ae0 (MD5) Made available in DSpace on 2017-07-27T13:35:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011-dissertação-MaríliaSuziPereiraSantos.pdf: 1962522 bytes, checksum: bd119cd656f557d15b14f06dd1867ae0 (MD5) Previous issue date: 2011-05-06 Todos os anos aproximadamente um milhão de pessoas cometesuicídio no mundo e 10 a 20 milhões empreendem tentativas de suicídio.Dentreos métodos utilizados nas tentativas de suicídio com sobrevivência,o mais comum são as intoxicações exógenas. Estudos preliminares sugerem aspectos cognitivos semelhantes em indivíduos com comportamentos suicidas, mas não estabelecem ainda as características dos pensamentos mais freqüentes nesses tipos de processamento cognitivo. Diante disso, o objetivo geral do presente estudo foiidentificar asinstâncias anterioresao pensamento(esquemas), que estivessem possivelmente associados à tentativa de suicídio. A amostra foiconstituída por 240 pacientes de ambos os sexos, com idade entre 18 a68anos, 120 pacientes estavam internados no Hospital da Restauração, mediante atendimento clínico (grupo controle) e outros 120 foramadmitidosmediante tentativa de suicídio (grupo experimental). Os instrumentosutilizadosforamum questionário sóciobiodemográfico, oMini International Neuropsychiatric Interview (M.I.N.I.) e o questionário de esquemasde Young. Os resultadosforamprocessadose analisados estatisticamente através de técnicas de estatística descritiva, alémdos testes estatísticosQui-quadrado de Mc-Nemar, Qui-quadrado de Pearson ou o teste Exato de Fisher quando as condições para utilização do teste Qui-quadrado não foram verificadas (técnicas de estatística inferencial). A margem de erro utilizada na decisão dos testes estatísticos foi 5,0%. Os principais resultados encontrados demonstram semelhança entre os grupos estudados quanto ao perfil sóciobiodemográfico, maior presença de estressores no grupo experimental, sendo os principais a vivência de uma separação afetiva e a existência de conflitos familiares, a condição psiquiátrica mais identificada na população foi o transtorno de ansiedade generalizadae a mais associada ao comportamento suicida foi a depressão maior. Os esquemas mais associados à tentativa de suicídio foram abandono, padrões inflexíveis, privação emocional, vulnerabilidade a dores e doenças, autocontrole e autodisciplina insuficientes, desconfiança e abuso, isolamento social, fracasso, dependência e incompetência, merecimento, defectividade e vergonha e inibição emocional. A presente pesquisa conclui que o aspecto mais associado ao comportamento suicida na população estudada foi a presença de determinados esquemas disfuncionais. Every year throughout the world, approximately one million people commit suicide and 10 to 20 millions make attempts to do that. Among the methods used in suicide attempts, the most common is the exogenic poisoning. Previous studies suggest similar cognitive aspects in individuals with suicide behavior. On the other hand, these studies do not yet characterize the most frequent thoughts of people who have these types of cognitive processing. Given this, the main goal of the present study was to identify the dysfunctional schemes which were probably associated to the suicide attempts.The sample was 240 patients of both gender, between 18 and 68 years of age. 120 patients were admitted at „Hospital da Restauração‟ by clinical attendance (control group) and theothers 120 were admitted by suicide attempt (experimental group). The instruments used were a sociobiodemographic questionnaire, the Mini International Neuropsychiatric Interview (M.N.I) and the Young‟s schemes questionnaire. The results were processed and statistically analyzed using descriptive satistical techniques. Besides this, the Chi-square Mc-Nemar and the Pearson‟s Chi-square test were used. The Fisher Exact test was employed when the conditions for using the chi-square test were not verified (techniques of inferential statistics). The margin of error used on the decision of the statistical test was 5,0%. The main outcome showed a similar picture regarding the sociobiodemographic profile in both of the groups studied. In addition, there were more stressors on the experimental group than the control group. Among these stressors, the main ones were the experience of an affective separation and the existence of family conflicts. The psychiatric condition most identifyed in the population was the TAG,and major depression was the most one associated with suicidal behavior. The schemes most related to suicide attempts were abandon, uncompromising standards, emotional deprivation, vulnerabilitytopainand to sickness, insufficient self-control and self-disciplin, distrust and abuse, social isolation, failure, dependence and incompetence, deserving, defectiveness and shame, emotional inhibition. The present research conclude that the aspect most associated with suicidal behavior in the studied population was the presence of such dysfunctional schemes.
9

Vínculo a pais e pares e comportamento suicida em adolescentes

Henrique, Vilma Valéria Dias Couto 10 August 2017 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2017. Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-10-26T15:19:02Z No. of bitstreams: 1 2017_VilmaValériaDiasCoutoHenrique.pdf: 2433704 bytes, checksum: 5b70808bd6d9198461ddfb6ea315ed7b (MD5) Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-01-16T15:13:10Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_VilmaValériaDiasCoutoHenrique.pdf: 2433704 bytes, checksum: 5b70808bd6d9198461ddfb6ea315ed7b (MD5) Made available in DSpace on 2018-01-16T15:13:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_VilmaValériaDiasCoutoHenrique.pdf: 2433704 bytes, checksum: 5b70808bd6d9198461ddfb6ea315ed7b (MD5) Previous issue date: 2018-01-16 A identificação de fatores de risco e de proteção do suicídio é um passo importante para a prevenção do suicídio de adolescentes e jovens. O objetivo geral do estudo foi analisar a influência dos vínculos com pais e pares, problemas emocionais e indicadores diretos de comportamento suicida como preditores do risco de suicídio em uma amostra de estudantes do ensino médio. É uma pesquisa exploratória que fez uso de métodos quantitativo e qualitativo. A Teoria do Apego forneceu o suporte empírico e teórico para investigar a relação entre apego e risco de suicídio. O trabalho foi organizado em quatro capítulos, apresentados nos formatos de manuscritos. Os dois primeiros retrataram o trabalho de revisão da literatura conduzido pela pesquisadora. O primeiro ofereceu um panorama sobre epidemiologia, definições e principais preditores de comportamento suicida em adolescentes. Verificou-se que ideação suicida, tentativa de suicídio e presença de psicopatologia são fortes preditores de suicídio. Diferentes fatores relacionados às dinâmicas interpessoais também foram associados a comportamento suicida na adolescência. O segundo capítulo analisou as pesquisas que investigaram a relação entre apego e comportamento suicida em adolescentes, publicadas nos últimos 20 anos. A maioria dos artigos revisados indicou relação entre apego inseguro ou vínculo parental ruim e comportamento suicida, principalmente em relação ao vínculo com a mãe. O terceiro capítulo relatou a pesquisa com 453 estudantes do ensino médio. Teve o objetivo de verificar a contribuição do apego com pais e pares, problemas emocionais e fatores diretamente relacionados a comportamento suicida como preditores do risco de suicídio. Foi aplicado um questionário de autorrelato composto de escalas padronizadas. Trinta adolescentes apresentaram risco de suicídio. Análise de regressão logística mostrou que pensamento negativo, proteção interna contra o suicídio e confiança no pai foram os preditores mais significativos do risco de suicídio. Esses preditores explicaram 50% do risco de suicídio, sendo a ideação suicida o principal preditor, seguido da capacidade de resistir a pensamento suicida e do vínculo com o pai. Este trabalho respalda a inclusão de indicadores de vínculo parentais em protocolos de avaliação precoce do risco de suicídio em estudantes. O quarto capítulo apresentou os estudos de casos de três adolescentes, selecionados em função de indicação de maior risco de suicídio no instrumento aplicado na escola. Teve os objetivos de caracterizar o apego e avaliar a gravidade do risco de suicídio. Os três entrevistados apresentaram características de apego distintas, discriminadas nos padrões: inseguro ansioso, inseguro evitativo e desorganizado. A indicação de grave risco de suicídio foi confirmada para dois adolescentes. Na conclusão geral, destacou-se o potencial do apego para a identificação precoce de adolescentes em risco de suicídio no contexto escolar, as principais limitações do estudo e recomendações de futuras pesquisas. Este trabalho pode ajudar a nortear intervenções em situações de risco e projetos de prevenção do suicídio com foco no fortelecimento dos vínculos. The identification of risk factors and protection of suicide is an important step in the prevention of suicide in adolescents and young people. The overall objective of the study was to analyze the influence of parent and peer attachments, emotional problems and direct indicators of suicidal behavior as predictors of suicide risk in a sample of high school students. It is an exploratory research that made use of quantitative and qualitative methods. The attachment theory provided empirical and theoretical support for investigating the relationship between attachment and suicide risk. The work was organized in four chapters, presented in manuscript formats. The first two chapters are literature reviews made by the researcher. The first one provided an overview of epidemiology, definitions and major predictors of suicidal behavior in adolescents. It was found that suicidal ideation, suicide attempt and presence of psychopathology are strong predictors of suicide. Different factors concerning interpersonal dynamics have been also associated with suicidal behavior in adolescence. The researchs that investigated the relationship between attachment and suicidal behavior in adolescents published in the last 20 years were analysed in second chapter. Most of the articles reviewed has indicated a relationship between insecure attachment or poor parental attachment and suicidal behavior, especially concerning mother attachment. The third chapter reported the research with 453 high school students. The objective of this chapter was to verify the contribution of parent and peer attachment, emotional problems and factors directly related to suicidal behavior as predictors of suicide risk. A self-report questionnaire composed of standardized scales was applied. Thirty adolescents were at risk for suicide. Logistic regression analysis showed negative thinking, internal protection against suicide, and trust in the father were the most significant predictors of suicide risk. These predictors have explained 50% of suicide risk. The suicidal ideation was the main predictor followed by the ability to resist suicidal thinking and father attachment. This work supports the inclusion of parental attachment indicators in protocols for the early assessment of suicide risk in students. The fourth chapter presented three case studies of three adolescents, chosen due to the indication of higher risk of suicide in the instrument applied at school. This chapter had the objective of characterizing the attachment and assessing the severity of the suicide risk. The three interviewees presented distinct attachment characteristics, discriminated in patterns: insecure anxious, insecure avoidant and disorganized. The indication of severe suicide risk has been confirmed for two adolescents. In the general conclusion, the potential of attachment for the early identification of adolescents at risk of suicide in the school context, the main limitations of the study and recommendations for future research were highlighted. This work can help to guide interventions at risk and suicide prevention projects with a focus on strengthening of attachments.
10

Vivência de violência doméstica em mulheres que tentaram suicídio

Correia, Cíntia Mesquita 6 April 2011 (has links)
Submitted by Samuel Real Mota (samuel.real@ufba.br) on 2013-08-09T18:02:17Z No. of bitstreams: 1 DISSER_PGENF_280_CINTIA (3).pdf: 785552 bytes, checksum: 5d59fc19d77353c0d97277a98a08d7f5 (MD5) Approved for entry into archive by Flávia Ferreira(flaviaccf@yahoo.com.br) on 2013-09-09T16:39:31Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISSER_PGENF_280_CINTIA (3).pdf: 785552 bytes, checksum: 5d59fc19d77353c0d97277a98a08d7f5 (MD5) Made available in DSpace on 2013-09-09T16:39:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSER_PGENF_280_CINTIA (3).pdf: 785552 bytes, checksum: 5d59fc19d77353c0d97277a98a08d7f5 (MD5) Previous issue date: 2011-04-06 Estudo descritivo e exploratório, de abordagem qualitativa, fundamentado na Teoria das Representações Sociais. A pesquisa teve como objeto de estudo as representações sociais do suicídio por mulheres com história de violência doméstica e tentativa de suicídio. Seu objetivo foi analisar a representação das mulheres com história de violência doméstica e tentativa de suicídio sobre o suicídio. Os sujeitos foram 30 mulheres que vivenciaram violência doméstica e tentaram suicídio. Teve como lócus um Centro de Informações Antiveneno, em Salvador (BA). Os métodos utilizados foram o Teste de Associação Livre de Palavras (TALP) e a entrevista. Foram considerados os aspectos éticos recomendados pela Resolução 196/96 do CNS. Os dados foram processados através do Excel, do software EVOC 2003 e organizados com base na análise temática de Bardin. Os sujeitos, em sua maioria, eram jovens, negras, com 1º grau completo, dependiam do marido/companheiro total ou parcialmente e apresentavam histórico de violência doméstica. A estrutura das representações sociais acerca do suicídio está sustentada pelos elementos do núcleo central que qualificam o suicídio (depressão e morte) e pelos elementos do sistema periférico: os termos impotência, mudança e libertação estão correlacionados com a violência vivenciada pelas mulheres ao longo de suas vidas. Os termos desamor, doença e rejeição guardam correlação com o adoecimento e se manifestam por meio dos sintomas depressivos. Os temas das entrevistas qualitativas (relações familiares, relação conjugal, adoecimento e atendimento no serviço de saúde) permitiram mostrar que a vivência de violência doméstica em mulheres ao longo da vida motivou a ocorrência de quadros depressivos que culminaram em tentativas de suicídio. O atendimento no serviço de saúde mostra o despreparo e a postura discriminatória do profissional de saúde em relação às mulheres que tentaram suicídio, agravando o sofrimento psíquico. Daí a necessidade de uma melhor compreensão acerca dos fenômenos da violência doméstica, da tentativa de suicídio e do suicídio, no sentido de lançar desafios para um atendimento de saúde pautado no cuidado ao outro em suas dimensões físicas, biológicas e psicossociais. Nesta perspectiva, a enfermagem ocupa posição privilegiada, no sentido de favorecer um processo de cuidar com base na relação sujeito-sujeito. Salvador

Page generated in 0.1443 seconds