• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 690
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 697
  • 697
  • 467
  • 466
  • 283
  • 243
  • 237
  • 234
  • 231
  • 214
  • 209
  • 205
  • 201
  • 199
  • 168
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Por uma clínica do impessoal : articulações entre o corpo e o tempo

Debenetti, Carmen Ines January 2006 (has links)
Este trabalho tem o objetivo de ampliar conceitualmente a clínica, não para formular um modelo clínico, mas para promover uma forma de pensar sobre a intervenção clínica. Diz de um ponto de vista, que corresponde a substituição da noção de origem e de retorno à origem, que seria a valorização da representação, para dar relevância à expressão do corpo, como apreensão das forças existentes. Sustenta-se na linguagem corporal como constitutiva, que contrapõe o corpo como afecção ao corpo dos afetos e dos sentimentos, trazendo à tona a comunicação, que está associada ao originário, ao impessoal, onde o corpo é mudo, onde ele ainda não é; operando, portanto, uma fundação primeira. Nesta concepção, o corpo ganha um novo sentido. É o grande personagem conceitual, com função de ferramenta que opera como um heterônimo. Recoloca-se o corpo no plano da impessoalidade do ser; tratar-se-ia de esquecer a história do eu para dar passagem ao pré-individual e ao impessoal que já está e se potencializa no encontro dos afectos. Privilegia a região do pré-representativo, como um fundo indeterminado, que funciona como tendências, marcas, traços dos sujeitos; o tempo como duração que potencializa virtualidades no encontro. A produção de sentido desliza da origem para o entre os sujeitos. É na relação que se engendra o sujeito. No entre, onde há apenas o vazio, o não-ser, emergirá o sujeito na sua singularidade. A escuta clínica sustentar-se-ia nessa linguagem do corpo, um inconsciente que não conhece palavras, porque é corporal, indizível e invisível. Aquilo que não remete a nenhum significado, requer uma outra relação com a clínica, que se daria naquilo que não temos para pensar, mas antes, dando passagem ao que não tem nome, ao impensável, ao inominável, e que, ao fazê-lo produz o sentido.
2

Por uma clínica do impessoal : articulações entre o corpo e o tempo

Debenetti, Carmen Ines January 2006 (has links)
Este trabalho tem o objetivo de ampliar conceitualmente a clínica, não para formular um modelo clínico, mas para promover uma forma de pensar sobre a intervenção clínica. Diz de um ponto de vista, que corresponde a substituição da noção de origem e de retorno à origem, que seria a valorização da representação, para dar relevância à expressão do corpo, como apreensão das forças existentes. Sustenta-se na linguagem corporal como constitutiva, que contrapõe o corpo como afecção ao corpo dos afetos e dos sentimentos, trazendo à tona a comunicação, que está associada ao originário, ao impessoal, onde o corpo é mudo, onde ele ainda não é; operando, portanto, uma fundação primeira. Nesta concepção, o corpo ganha um novo sentido. É o grande personagem conceitual, com função de ferramenta que opera como um heterônimo. Recoloca-se o corpo no plano da impessoalidade do ser; tratar-se-ia de esquecer a história do eu para dar passagem ao pré-individual e ao impessoal que já está e se potencializa no encontro dos afectos. Privilegia a região do pré-representativo, como um fundo indeterminado, que funciona como tendências, marcas, traços dos sujeitos; o tempo como duração que potencializa virtualidades no encontro. A produção de sentido desliza da origem para o entre os sujeitos. É na relação que se engendra o sujeito. No entre, onde há apenas o vazio, o não-ser, emergirá o sujeito na sua singularidade. A escuta clínica sustentar-se-ia nessa linguagem do corpo, um inconsciente que não conhece palavras, porque é corporal, indizível e invisível. Aquilo que não remete a nenhum significado, requer uma outra relação com a clínica, que se daria naquilo que não temos para pensar, mas antes, dando passagem ao que não tem nome, ao impensável, ao inominável, e que, ao fazê-lo produz o sentido.
3

Por uma clínica do impessoal : articulações entre o corpo e o tempo

Debenetti, Carmen Ines January 2006 (has links)
Este trabalho tem o objetivo de ampliar conceitualmente a clínica, não para formular um modelo clínico, mas para promover uma forma de pensar sobre a intervenção clínica. Diz de um ponto de vista, que corresponde a substituição da noção de origem e de retorno à origem, que seria a valorização da representação, para dar relevância à expressão do corpo, como apreensão das forças existentes. Sustenta-se na linguagem corporal como constitutiva, que contrapõe o corpo como afecção ao corpo dos afetos e dos sentimentos, trazendo à tona a comunicação, que está associada ao originário, ao impessoal, onde o corpo é mudo, onde ele ainda não é; operando, portanto, uma fundação primeira. Nesta concepção, o corpo ganha um novo sentido. É o grande personagem conceitual, com função de ferramenta que opera como um heterônimo. Recoloca-se o corpo no plano da impessoalidade do ser; tratar-se-ia de esquecer a história do eu para dar passagem ao pré-individual e ao impessoal que já está e se potencializa no encontro dos afectos. Privilegia a região do pré-representativo, como um fundo indeterminado, que funciona como tendências, marcas, traços dos sujeitos; o tempo como duração que potencializa virtualidades no encontro. A produção de sentido desliza da origem para o entre os sujeitos. É na relação que se engendra o sujeito. No entre, onde há apenas o vazio, o não-ser, emergirá o sujeito na sua singularidade. A escuta clínica sustentar-se-ia nessa linguagem do corpo, um inconsciente que não conhece palavras, porque é corporal, indizível e invisível. Aquilo que não remete a nenhum significado, requer uma outra relação com a clínica, que se daria naquilo que não temos para pensar, mas antes, dando passagem ao que não tem nome, ao impensável, ao inominável, e que, ao fazê-lo produz o sentido.
4

A atitude clínica no plantão psicológico : composição da fotografia experimental do terapeuta-sherpa

Vasconcelos, Ticiana Paiva de 26 October 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:24:00Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-10-26 / Esta pesquisa objetivou elucidar as atitudes clínicas desenvolvidas e sustentadas pelo psicoterapeuta que atende no Plantão Psicológico. A modalidade clínica denominada Plantão Psicológico, quando praticada sob o referencial da Abordagem Centrada na Pessoa, propõe que o plantonista adote a tríade de condições facilitadoras ao crescimento (empatia, congruência e apreço positivo incondicional) e possibilite um campo de atualização para a pessoa em emergência emocional. A Atitude Clínica, que seria o conjunto de características, capacidades e proficiências que são pertinentes ao atendente de Plantão, referem-se ao posicionamento global em relação ao outro, ao modo de se inclinar ao sofrimento do outro. Através do método heurístico, pode-se adentrar a experiência de ser um terapeuta no universo do Plantão, sorvendo sentidos e possibilitando a recriação e apreensão da experiência. Althea, plantonista colaboradora desta pesquisa, foi acompanhada por mim em oito turnos de Plantão. Assim, elucidou-se três dimensões pertinentes a atitude clínica do plantonista: intra-subjetiva (o plantonista em relação a si, descrevendo aspectos da constituição de sua congruência); inter-subjetiva (a relação dele com o outro, desvelando aspectos da relação de cuidado) e trans-subjetiva (para além do plantonista, explorando porções formativas pertinentes ao atendimento). Desta forma, pode-se constituir a fotografia experiencial da atitude clínica do plantonista, desbravando as nuances e contornos do terapeuta-sherpa. Conclui-se que é necessário investigar e construir novas fotografias experienciais para uma compreensão global do Plantão Psicológico enquanto uma modalidade de intervenção psicológica, bem como desenvolver novas metodologias para a formação de terapeutas-sherpas. Palavras-chave: 1. plantão psicológico; 2. atitude clínica; 3. método heurístico; 4. abordagem centrada na pessoa; 5. atendimento de emergência
5

El contrato psicoterapéutico como herramienta de cambio de los impulsores y resolutivo de la demanda inicial

Sellarés Biel, Enriqueta 11 July 2012 (has links)
El Contracte Psicoterapeutic i els Impulsors són ambdós conceptes de 1'Análisi Transaccional, corrent iniciada per Eric Berne per abordar les temátiques portades pels seus pacients. Tenint en compte els cinc Impulsors diferents que Taibi Kahler va descriure i la formulació d'un Contracte Psicoterapeutic basat en les teories de 1'Análisi Transaccional, s'han estudiat 150 casos identificant l'lmpulsor primari de cada pacient amb el qüestionari del Guió de Vida de Holloway, establint un objectiu de Contracte Psicoterapeutic i així comprovant si la demanda inicial del pacient es resolia una vegada canviat l'lmpulsor. Els resultats de l'estudi acompanyen la hipotesi, demostrant que fent servir el Contracte Psicoterapeutic s'aconsegueix canviar l'Impulsor primari del pacient i canviant l'Impulsor s'aconsegueix resoldre la demanda inicial. / El Contracto Psicoterapéutico y los Impulsores son ambos conceptos del Análisis Transaccional, corriente iniciada por Eric Beme para abordar las temáticas traídas por sus pacientes. Teniendo en cuenta los cinco Impulsores diferentes que Taibi Kahler describió y la formulación de un Contrato Psicoterapéutico basado en las teorías del Análisis Transaccional, se han estudiado 150 casos identificando el Impulsor primario de cada paciente con el cuestionario del Guión de Vida de Holloway, estableciendo un objetivo de Contrato Psicoterapéutico y así comprobando si la demanda inicial del paciente se resolvía una vez cambiado el Impulsor. Los resultados del estudio acompañan la hipótesis, demostrando que usando el Contrato Psicoterapéutico se logra cambiar el Impulsor primario del paciente y cambiando el Impulsor se logra resolver la demanda inicial. / The Psychotherapeutic Contract and Drivers are both concepts of Transactional Analysis, theory initiated by Eric Beme to solve the problems his clients had. Taking into consideration the five different Drivers that Taibi Kahler described and using a Psychotherapeutic Contract based on the Transactional Analysis theories, 150 cases have been studied, identifying the basic Driver of each patient with Holloway's Life Script Questionnaire, establishing a Psychotherapeutic Contract objective and checking out if the patient's initial demand was solved once the Driver was changed. The results of the study showed how using the Psychotherapeutic Contract, Drivers can be changed and by changing the basic Driver, the patient's initial demand can also be solved.
6

Avaliação das funções executivas no dependente do álcool

Feldens, Alessandra Cecília Miguel January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:07:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000411475-Texto+Completo-0.pdf: 665618 bytes, checksum: 11df969439f0de8d1d3ba55daa985442 (MD5) Previous issue date: 2009 / CONTEXT: The Alcohol Dependence Syndrome can be diagnosed by means of narrowing the substance use repertoire, the primacy of the effect of such substance over any of its other attributes, tolerance increase, abstinence symptoms, relief or avoidance of abstinence symptoms due to the increase of usage, subjective perception of the compulsion to use it, and reset after abstinence. People with this syndrome present physiological, behavioral and cognitive modifications. Among the cognitive functions modified by the use of alcohol, there are the Executive Functions, responsible for verbal reasoning, solving problems, planning, sequencing, ability to hold the attention, resistance and interferences, feedback use, multitasking, cognitive flexibility and the ability to deal with something new. OBJECTIVE: Evaluating the Executive Functions in subjects with Alcohol Dependence Syndrome (ADS) by means of Wisconsin Card Sorting Test (WCST). METHOD: A quantitative, transversal study has been carried out, with a 90-patient sample by convenience, who were hospitalized to alcohol detoxication. The instruments used were: Social and demographic data Questionnaire, Brazilian Criterion of Economic Classification, SADD Questionnaire (Short Alcohol Dependence Data), Cognitive Screening – Wechsler Adult Intelligence Scale - WAIS – III, at Vocabulary, Cubes and Codes subtests, Rey Complex Figure Test, Beck’s Anxiety Inventory (BAI), Beck’s Depression Inventory (BDIII), Wisconsin Card Sorting Test - WCST. RESULTS: Results showed cognitive impairment related to Completed Categories, Total Number of Errors, Perseverative Errors, Trials to Complete the 1st Category, Non-Perseverative Errors, Failure to Keep the Context and Learning to Learn the WCST. Correlations have also been observed concerning BDI-II, as well as with Rey Complex Figure Test, either related to the copy task or the memory task. CONCLUSION: With this study, we can conclude that alcoholics present endangerment of the Executive Functions, mostly referred to response inhibition, making a greater number of errors and persevering more on them. It has also been observed difficulty in learning a particular task while doing it. / CONTEXTO: A Síndrome de Dependência do Álcool pode ser diagnosticada por estreitamento do repertório, saliência do uso, aumento da tolerância, sintomas de abstinência, alívio ou evitação dos sintomas de abstinência pelo aumento do uso, percepção subjetiva da compulsão para o uso e reinstalação após abstinência As pessoas com esta síndrome apresentam alterações fisiológicas, comportamentais e cognitivas. Dentre as funções cognitivas alteradas pelo uso do álcool estão as Funções Executivas, responsáveis pelo raciocínio verbal, resolução de problemas, planejamento, sequenciação, capacidade para sustentar a atenção, resistência a interferências, utilização de feedback, multitarefa, flexibilidade cognitiva e a habilidade para lidar com o novo. OBJETIVO: Avaliar as Funções Executivas em indivíduos com Síndrome de Dependência do Álcool (SDA) por meio do Teste Wisconsin de Classificação de Cartas (WCST). MÉTODO: Foi realizado um estudo quantitativo, transversal, com uma amostra por conveniência de 90 pacientes internados para desintoxicação do álcool. Os instrumentos utilizados foram: Questionário de Dados Sócio-demográficos, Critério Brasil de Classificação Econômica, Questionário SADD (Short Alcohol Dependence Data), Screening Cognitivo – Escala de Inteligência Wechsler para Adultos - WAIS – III, nos subtestes Vocabulário, Cubos e Códigos, Teste de Figuras Complexas de Rey, Inventário Beck de Ansiedade (BAI), Inventário Beck de Depressão (BDI-II), Teste Wisconsin de Classificação de Cartas (Wisconsin Card Sorting Test - WCST).RESULTADOS: Os resultados mostraram comprometimento cognitivo no que se refere a Categorias Completadas, Número Total de Erros, Erros Perseverativos, Ensaios para Completar a 1ª Categoria, Erros Não-Perseverativos, Fracasso em Manter o Contexto e Aprendendo a Aprender do WCST. Foram observadas também, correlações com o BDI-II, com teste de Figuras Complexas de Rey, tanto na tarefa cópia quanto na tarefa memória. CONCLUSÃO: Pode-se concluir com este estudo que os alcoolistas apresentam comprometimento das Funções Executivas, principalmente no que se refere à inibição de respostas, fazendo um número maior de erros e perseverando mais nestes erros. Também observou-se uma dificuldade em aprender com a tarefa durante a execução da mesma.
7

Passeio da tarde : um estudo sobre o "setting clínico ambulante" do acompanhamento terapêutico de grupo

França, Demétrius Alves de 03 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2009. / Submitted by Allan Wanick Motta (allan_wanick@hotmail.com) on 2010-03-11T19:29:51Z No. of bitstreams: 1 2009_DemetriusAlvesdeFranca.pdf: 377899 bytes, checksum: ad9c1ca5b80ef4d520b54ec45249d6ec (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-04-06T19:18:33Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_DemetriusAlvesdeFranca.pdf: 377899 bytes, checksum: ad9c1ca5b80ef4d520b54ec45249d6ec (MD5) / Made available in DSpace on 2010-04-06T19:18:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_DemetriusAlvesdeFranca.pdf: 377899 bytes, checksum: ad9c1ca5b80ef4d520b54ec45249d6ec (MD5) Previous issue date: 2009-03 / Esta dissertação visa articular e sistematizar diversos aspectos da teoria e da prática do acompanhante terapêutico dentro de um trabalho de grupo desenvolvido em um hospital-dia particular de Brasília – DF. O setting terapêutico ambulante proporciona situações e possibilidades terapêuticas auxiliares ou alternativas no tratamento em saúde mental ainda desconhecidas pelos profissionais da área, mostrando-se como campo aberto para o desenvolvimento de uma produção intelectual ainda incipiente como atividade de grupo. Utilizei a fenomenologia de Minkowski como referencial para descrever e analisar dois estudos de caso que apresento e no qual procuro articular a experiência e a percepção do tempo e do espaço vividos na psicopatologia. Por outro lado, na medida em que os casos estudados envolveram a atividade desses sujeitos em situação grupal, eu descrevo o campo social e os fenômenos de gênese e dinâmica de grupo onde as atividades foram desenvolvidas utilizando os trabalho de Kurt Lewin e a pesquisa-ação de Gérald Mailhiot. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This dissertation aims to articulate and discuss the various aspects of theory and practice of therapeutic companion within a work group developed in a day-hospital in Brasília - DF. The therapeutic setting provides mobile situations and possibilities or alternative therapies to treat mental health professionals still unknown by the area and it is open to the development of intellectual production as yet ignorant of group activity. I used the phenomenology of Minkowski as a reference to describe and analyze two case studies that present and which seek to articulate experience and perception of lived time and space in psychopathology. Moreover, the cases involved the activity of those subjects in group situation, I describe the field of social phenomena and the genesis and dynamics of group where the activities were developed using the research of Kurt Lewin and the action-research of Gérald Mailhiot.
8

Exercícios para liberação da tensão e do trauma : aplicação a situações de violência conjugal

Macedo, Danielle Soares de 13 September 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2013. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2013-11-22T19:47:43Z No. of bitstreams: 1 2013_DanielleSoaresDeMacedo.pdf: 2607513 bytes, checksum: 3946876ba1dc71cd8022698eca1c29c9 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-11-25T12:29:56Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_DanielleSoaresDeMacedo.pdf: 2607513 bytes, checksum: 3946876ba1dc71cd8022698eca1c29c9 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-11-25T12:29:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_DanielleSoaresDeMacedo.pdf: 2607513 bytes, checksum: 3946876ba1dc71cd8022698eca1c29c9 (MD5) / A violência conjugal tem sido considerada um grave problema de saúde pública. Reflete diferenças de poder entre homens e mulheres nas esferas privada e social. Está relacionada também ao uso de formas comunicacionais e de resolução de conflitos violentas. As condutas violentas constituem uma resposta extremada ao estresse e são também produtoras de estresse, trazendo consequências físicas e emocionais deletérias a todas as pessoas envolvidas. O foco deste trabalho foi conhecer relações entre estresse, gênero e violência, de forma a contribuir para o delineamento de intervenções inovadoras e eficazes. O objetivo geral foi avaliar os efeitos da aplicação dos Exercícios para Liberação da Tensão e do Trauma (TRE) em homens e mulheres em situação de violência conjugal, quanto aos níveis de estresse e enfrentamento à situação de violência. Participaram da pesquisa 14 mulheres e 15 homens envolvidos em processos judiciais do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios devido às denúncias de mulheres vítimas de violência em seu relacionamento conjugal. As/os participantes foram divididas/os em dois Grupos de Intervenção – um de homens e um de mulheres – e em dois Grupos de Comparação – um de homens e um de mulheres. Aos Grupos Intervenção foi aplicada a técnica TRE e demais procedimentos da pesquisa. Nos Grupos Comparação foram aplicados todos os procedimentos de pesquisa, com exceção da técnica TRE. A técnica TRE mostrou-se adequada e eficaz como ferramenta interventiva nos casos de violência contra a mulher. As mulheres e os homens que receberam a intervenção demonstraram menos sinais de anestesia emocional, ampliaram sua capacidade de percepção de sinais corporais de estresse, fizeram uma avaliação mais acurada dos riscos de reincidência da violência e da tensão e estresse relacional e passaram a adotar estratégias mais ativas de prevenção a novos episódios de violência. A continuidade da prática regular de TRE mostrou-se fundamental para manutenção, consolidação e ampliação dos benefícios da técnica para todos os casos. Os resultados evidenciaram também uma clara relação entre as categorias gênero, estresse e violência. A comparação entre homens e mulheres, tanto dos Grupos Intervenção quanto dos Grupos Comparação, revelou que as experiências subjetivas de homens e mulheres em situação de violência são bastante distintas. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Marital violence has been considered a serious public health issue. It reflects the power differences between men and women in the private and social spheres. It is also related to the use of violent communications and conflict resolutions strategies. The violent behaviors constitute an extreme reaction to stress and are, at the same time, stress producers, generating deleterious physical and emotional consequences to everyone involved. The focus of this research was to understand the relationships between stress, gender and violence in order to contribute to the design of innovative and effective interventions. The general objective was to evaluate the effects of the application of Tension and Trauma Releasing Exercises (TRE) in the levels of stress and in the strategies used to deal with violence of men and women leaving in marital violent relationships. Participated in the research 15 men and 14 women involved in a domestic violence judicial process at the Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, related to a legal complaint made by women victims. The participants were assigned to two Intervention Groups - one of women and the other of men - and two Control Groups - one of women and the other of men. The participants of the Intervention Groups received the TRE technique and other research procedures; the Control Groups participants went through the research procedures only. The TRE technique proved to be an adequate intervention technique to be used in domestic violence cases. Men and women who were exposed to the intervention diminished their levels of emotional anesthesia, heightened their levels of perception of corporal stress signs, were able to give a more accurate evaluation of the level of risk of recidivism of violence and relational stress and tension and were able to adopt more active strategies to prevent new episodes of violence. The continuity of a regular practice of the TRE exercises was essential for the maintenance, consolidation and expansion of the benefits of the technique for all cases. The results also showed a clear relationship between gender, stress and violence. The comparison between men and women who participated in the Intervention Groups or in the Control Groups revealed that the subjective experiences of men and women who are part of a violent relationship are very distinct.
9

Protocolo de Atendimento Psicológico em Saúde Orientado para o Problema (PAPO) : uma proposta para internação cirúrgica

Turra, Virginia Nunes 26 September 2012 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2012. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-01-04T13:04:29Z No. of bitstreams: 1 2012_VirginiaNunesTurra.pdf: 3975213 bytes, checksum: 54cda1f42ea11b12795a73a9eb37d625 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-01-21T10:40:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_VirginiaNunesTurra.pdf: 3975213 bytes, checksum: 54cda1f42ea11b12795a73a9eb37d625 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-01-21T10:40:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_VirginiaNunesTurra.pdf: 3975213 bytes, checksum: 54cda1f42ea11b12795a73a9eb37d625 (MD5) / Este trabalho tem como tema geral a assistência psicológica ao paciente cirúrgico internado, aqui delimitada no que tange à estruturação e sistematização de uma forma prática de prestar esta assistência. O problema circunscrito por este trabalho, uma vez que não há procedimentos estabelecidos como diretrizes regimentais da categoria ou formas de assistência psicológica à internação hospitalar com eficácia comprovada por níveis de evidência científica, é a necessidade de uma reflexão crítica da assistência atual à luz da literatura, em diálogo com a academia. Em termos de literatura, obteve-se, por meio de revisão sistemática, as recomendações para a assistência psicossocioeducacional ao paciente cirúrgico internado. Essas recomendações foram analisadas e, a partir dos produtos da análise da revisão sistemática da literatura, obteve-se parâmetros não existentes a priori, para embasamento e esenvolvimento dos objetivos do trabalho, que são, em termos gerais, propor uma estrutura prática de assistência psicossocioeducacional ao paciente cirúrgico internado, e, em termos específicos, descrever a assistência atual em funcionamento e avaliar criticamente os elementos desta assistência com base nos achados das recomendações da literatura. No que se refere aos resultados, a assistência atual é descrita em termos de contexto institucional e é analisada à luz dos produtos da literatura. Como proposta, define-se o Protocolo de Atendimento Psicológico em Saúde Orientado para o Problema (PAPO), descrito na prática em sete eixos: (1) atendimento com foco na internação, (2) caráter interdisciplinar, (3) suporte em pesquisa e autocrítica, (4) paciente como centro, (5) atenção à rede de apoio e à equipe, (6) uso de diagnóstico e avaliação e (7) escuta à subjetividade e à vivência. A discussão dos eixos abordou ponderações, trabalhos apurados na literatura, além de considerações sobre utilidade, limitações e sugestões de estudos e trabalhos futuros. Como considerações finais, algumas reflexões sobre os limites e possibilidades de atuação do Psicólogo, com o objetivo de esclarecer e integrar formas, a princípio divergentes, de assistência, considerando como metáfora um continuum que varia desde limites bem estabelecidos até limites abertos, tendo como pano de fundo, para dar sentido à assistência, a Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study has as its overall theme the psychological assistance to surgical hospitalized patients, here defined in terms of structuring and systematization of a practical way to provide this assistance. The problem restricted by this work, since there are no established procedures and guidelines of the regimental category or psychological forms of assistance to the hospital with proven efficacy and level of scientific evidence, is the need for a critical reflection of care in light of current literature in dialogue with the academia. In terms of literature, was obtained, through a systematic review, the recommendations for the psicossocioeducacional care of surgical hospitalized patients. These recommendations were analyzed and, thougth the analysis of the systematic literature review products, we obtained parameters that do not exist a priori, for the foundation and development of the objectives of the work that are, in general terms, to propose a practical psicossocioeducacional assistance to the surgical hospitalized patients and, in specific terms to describe the current assistance to critically evaluate the elements of this assistance based on the findings on the literature recommendations. In terms of results, the current assistance is described in institutional context terms and is examined in light of the literature products. As a proposal, the Problem Oriented Psychological Health Care Protocol (PAPO) is defined, and it described the practice in seven areas: (1) with a focus on the hopitalization, (2) interdisciplinarity, (3) support in research and self-criticism (4) patient as the center, (5) attention to the support network and staff, (6) use of diagnostic and evaluation and (7) listening to the subjectivity and experience. The discussion addressed the following ponderations, works published in the literature, as well as considerations of utility, limitations and suggestions for future studies and works. As conclusion, some reflections on the limits and possibilities of action of the psychologist, in order to clarify and integrate forms, differing in principle, of assistance, considering as a metaphor a continuum ranging from well-established limits to open boundaries, having as a background, to make sense in the assistance, the National Humanization Policy of the Ministry of Health.
10

A fantasia na clínica psicanalítica : travessia e mais além

Seganfredo, Marcus 05 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, 2007. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2009-09-04T10:15:15Z No. of bitstreams: 1 2007_MarcusSeganfredo.pdf: 3776645 bytes, checksum: 13f81015cb8523a6aec4764eacc16ddd (MD5) / Approved for entry into archive by Tania Milca Carvalho Malheiros(tania@bce.unb.br) on 2009-09-04T15:03:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_MarcusSeganfredo.pdf: 3776645 bytes, checksum: 13f81015cb8523a6aec4764eacc16ddd (MD5) / Made available in DSpace on 2009-09-04T15:03:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_MarcusSeganfredo.pdf: 3776645 bytes, checksum: 13f81015cb8523a6aec4764eacc16ddd (MD5) Previous issue date: 2007-05 / O presente trabalho propõe-se a discutir o lugar e a função da fantasia na estrutura do sujeito e os efeitos produzidos pelo trabalho psicanalítico sobre os destinos do gozo que nela se encontra fixado. Defende-se a posição de que a travessia da fantasia é requisito indispensável para que uma análise possa chegar a seu final. Tomando por base o paradigma lacaniano do R.S.I., considera-se que, após tal travessia, um novo elo precisará ser acrescido à estrutura para que seu enlaçamento seja possível, o que é realizado pelo sinthome, invenção singular do sujeito. Defende-se, finalmente, a idéia de que o amor pode cumprir a função de laço sinthomático. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present study aims to discuss the place and the function of the fantasy in the structure of the subject, and the effects produced by the psychoanalytical work on the destinies of the jouissance, which is linked with it. The objective of this study is to justify that traversing the fantasy is an essential requisition to end an analyses. Based on the lacanian paradigm of R.S.I, it is considered that, after that traverse, a new link needs to be added to the structure in order to make it possible, and this is done by the sinthome, singular invention of the subject. Finally, the idea that the love can assume the function of sinthomatic tie is also supported. Key words: fantasy, jouissance, traversing the fantasy, end of analyses, neighbor, love, letter, sinthome.

Page generated in 0.0804 seconds