• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 227
  • 17
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 250
  • 250
  • 101
  • 31
  • 30
  • 24
  • 23
  • 23
  • 21
  • 21
  • 21
  • 21
  • 20
  • 19
  • 17
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Efeito da deficiência dietética em ácido ascórbico sobre parâmetros morfológicos e funcionais da reprodução em cobaios (Cavia parcellus) machos adultos

FERREIRA JÚNIOR, João Batista January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:52:55Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo5108_1.pdf: 4356374 bytes, checksum: 821d83f4d72de4ed3c01344036390c23 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / O presente trabalho estudou o efeito da deficiência em ácido ascórbico (AA) em cobaios machos adultos, durante 21 dias, sobre o peso e a histoarquitetura (histologia e histometria) do testículo e cauda do epidídimo, sobre a qualidade (número, motilidade e morfologia) dos espermatozóides e sobre os níveis plasmáticos de testosterona e a resposta secretória das células intersticiais testiculares ao estímulo gonadotrófico com hCG e ao tratamento in vitro com AA. A deficiência em AA causou diminuição de 32 % no peso corporal O peso absoluto do testículo foi reduzido em 30,5 % enquanto o seu peso relativo não foi modificado pela deficiência em AA. O peso absoluto e relativo da cauda do epidídimo diminuiram em 44,8 % e 25,2 %, respectivamente. A histoarquitetura dos dois órgãos foi alterada pela carência em AA. O parênquima do testículo apresentou alterações do epitélio germinativo dos túbulos seminíferos. A cauda do epidídimo apresentou diminuição na altura do epitélio colunar de revestimento e do número de espermatozóides na luz tubular. O número e motilidade dos espermatozóides diminuiram (73 % e 27,5 %, respectivamente), como também sua morfologia foi alterada pela deficiência em AA. Os níveis plasmáticos de testosterona foram reduzidos em 72,6 % nos animais deficientes em AA. A produção de testosterona pelas células intersticiais testiculares estimulada com uma dose elevada de hCG (10 mUI/ml) in vitro foi menor nos animais deficientes em AA. O tratamento com uma dose alta de AA (100 μM) in vitro não modificou a secreção basal de testosterona em nenhum dos grupos de animais, mas inibiu a secreção estimulada pelohCG no grupo controle, não modificando a secreção no grupo deficiente em AA. Nossos estudos confirmam prévias referências e fornecem evidências adicionais da importância do AA na manutenção da integridade estrutural e funcional do testículo e epidídimo. Os resultados também indicam que o efeito primário da deficiência em AA parece estar no testículo, reduzindo a produção de testosterona e, conseqüentemente, privando desse hormônio os órgãos da reprodução
2

Influência da desidratação por spray dryng sobre o teor ácido ascórbico no suco de acerola (Malpighia ssp)

Tanaka, Deise Luciane [UNESP] 28 June 2007 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:23:34Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2007-06-28Bitstream added on 2014-06-13T18:50:51Z : No. of bitstreams: 1 tanaka_dl_me_arafcf.pdf: 277161 bytes, checksum: 4dc52a9a55dd2ed10c8d9bb28c2b5cb5 (MD5) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / Nos últimos anos é notável a crescente utilização de alimentos desidratados. A desidratação por atomização gera produtos de maior valor nutritivo, estáveis e versáteis, podendo ser utilizados como aromatizantes, corantes, edulcorantes, vitaminas, minerais, acidulantes, temperos, medicamentos, etc. A microencapsulação de substâncias sensíveis através da desidratação por atomização possibilita protegê-las contra evaporação, oxidação e outras reações químicas. Além disso, tem como um dos seus principais objetivos o refinamento do alimento e, consequentemente, a oferta de um novo produto no mercado. A acerola é conhecida pelo seu valor nutritivo decorrente do alto teor de vitamina C, que é de 30 a 40 vezes superior ao da laranja. Por este motivo, é uma das principais frutas tropicais que têm uma grande importância comercial no Brasil. Sua participação em milhões de dólares por hectare plantado já superou a da laranja. A presente pesquisa estudou a influência da desidratação do suco de acerola por atomização sobre o teor de ácido ascórbico, atendendo às necessidades de uma empresa produtora. A formulação foi a mesma utilizada pela empresa na fabricação do suco de acerola. Foram realizadas análises químicas (ácido ascórbico) e físicoquímicas nas amostras durante as três etapas do processo de suco de acerola, mistura (suco e maltodextrina) e suco microencapsulado. Através do método de quantificação de ácido ascórbico por CLAE (Cromatografia Líquida de Alta Eficiência) verificou-se que a perda dessa vitamina do início ao fim do processo foi de 80,65%. Já a análise realizada no produto após 90 dias mostrou que a perda de ácido ascórbico foi de 5,61%. Neste estudo de estabilidade utilizou-se como referência suco de acerola liofilizado, sem agente encapsulante. A microencapsulação sugeriu estabilidade superior à do produto liofilizado. / In recent years the increasing use of dehydrated food is notable. The dehydration by atomization generates products of higher nutritional value, more stable, and versatile, been passive of been used as flavorings, food dyes, sweeteners, vitamins, minerals, acidulous substances, seasoning, medicine, etc. The micro-encapsulation of sensible substances through dehydration by atomization allows the protection of these sensible substances against evaporation, oxidation, and other chemical reactions. Besides, it has as its main objectives, the refinement of food products and consequently, the offering of a new product to the market. Acerola is known for its nutritious value due to the high vitamin C content which is 30 to 40 times higher than that of orange. Thus, it is one of the main tropical fruits of great commercial importance in Brazil. Its participation in millions of dollars per hectare has surpassed that of orange. The present research studied the influence of acerola juice dehydration by atomization on the stability of ascorbic acid in order to attend to the necessities of a producer company. The formulation was the same used by the company in the manufacture of acerola juice powder. Chemical analysis (ascorbic acid) and physicalchemical analysis were realized in the samples during the three phases of the process: acerola juice, mix (juice and maltodextrin) and micro-encapsulated juice. The method to quantificate ascorbic acid by HPLC (High Performance Liquid Chromatography) verified that the loss of this vitamin from the beginning to the end of the process was 80.65%. The analysis carried through in the product after 90 days, showed that the loss of ascorbic acid was of 5.61%. In this stability study, we used as a reference, freeze dried acerola juice without encapsulation agents. The microencapsulation suggested a superior stability when compared to the freeze dried product.
3

Refrigerantes de acerola produzidos a partir de suco desidratado e extrato seco da fruta : análise química, sensorial e econômica /

Barnabé, Daniela, 1976- January 2003 (has links)
Orientador: Waldemar Gastoni Venturini Filho / Resumo: O objetivo desse trabalho foi o desenvolvimento de refrigerante a base de suco desidratado e de extrato seco de acerola, com características químicas e sensoriais compatíveis com os refrigerantes tradicionais. O suco desidratado é produzido com acerolas maduras e o extrato seco a partir do suco concentrado ultraclarificado com alta porcentagem de frutos verdes. Os refrigerantes tiveram sua acidez fixada (0,15 %) e o teor de sólidos solúveis foi variável (10, 11 e 12 ºBrix). A proporção de suco desidratado, extrato seco de acerola, aromatizante, corantes, acidulante e CO2 foi determinada através de pré-testes. A produção dos refrigerantes foi realizada em planta piloto.O experimento foi conduzido com seis tratamentos e três repetições, o que resultou em 18 parcelas experimentais. Os resultados das análises físico-químicas das bebidas foram comparados através do teste de Tukey. A análise sensorial foi realizada através dos testes de escala hedônica e triangular. Foi realizada uma avaliação econômica através do cálculo do custo médio de produção dos refrigerantes. O teor médio de vitamina C foi igual a 12,40 mg de ácido ascórbico / 100 mL para os refrigerantes produzidos com suco desidratado e 112,58 mg de ácido ascórbico / 100 mL para aqueles produzidos com extrato seco de acerola. Durante o período de armazenagem (150 dias), as bebidas apresentaram um aumento pronunciado no teor de acidez e mudanças na coloração. As perdas médias de vitamina C foram maiores para os refrigerantes de suco desidratado (15,17 %) em relação aos de extrato seco de acerola (9,30 %). Os testes de escala hedônica demonstraram que as bebidas com 12 °Brix apresentaram maior aceitabilidade, independentemente da fonte de acerola utilizada. Nos testes triangulares, os provadores foram capazes de diferenciar os refrigerantes produzidos... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: The objective of this study was the development of a soft drink based on dehydrated West Indian cherry juice and dry extract, with chemical and sensory characteristics compatible with traditional soft drinks. Dehydrated juice is produced with mature fruit and dry extract using concentrated ultra clarified juice with a high percentage of green fruits. The soft drinks had their acidity fixed (0.15 %) and the soluble solids content was variable (10, 11 and 12 °Brix). The proportions of dehydrated juice, West Indian cherry dry extract, flavoring, coloring, acidulant and CO2 were determined from preliminary tests. The soft drink production was realized in a pilot plant. The experiment was conducted with six treatments and three repetitions, giving a total of 18 experimental trials. The results of the physical-chemical analysis of the drinks were compared using the Tukey test. The sensory analyses were carried out using a hedonic scale and triangular test. An economic evaluation of the average cost of the soft drink production was realized. The average vitamin C content was equal to 12.40 mg ascorbic acid / 100 mL for the soft drinks produced with dehydrated juice and 112.58 mg of ascorbic acid / 100 mL for those produced with the dry extract. During the storage period (150 days) the drinks presented a considerable increase in acidity and color changes. The average loss of vitamin C was higher for the dehydrated juice soft drinks (15.17 %) in relation to the acerola dry extract (9.30 %). The hedonic scale tests showed that the sensory panel awarded higher acceptance to the drinks with 12 °Brix, independent of the West Indian cherry source used. The judges were able to differentiate the soft drinks produced with dehydrated juice from those made with dry extract, in the triangular tests, although they gave similar scores for both products... (Complete abstract, click electronic address below). / Mestre
4

Refrigerantes de acerola produzidos a partir de suco desidratado e extrato seco da fruta: análise química, sensorial e econômica

Barnabé, Daniela [UNESP] 01 1900 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:24:41Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2003-01Bitstream added on 2014-06-13T20:31:58Z : No. of bitstreams: 1 barnabe_d_me_botfca.pdf: 481406 bytes, checksum: 8cbc628d39c949dc65144c57b2dd0dcb (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / O objetivo desse trabalho foi o desenvolvimento de refrigerante a base de suco desidratado e de extrato seco de acerola, com características químicas e sensoriais compatíveis com os refrigerantes tradicionais. O suco desidratado é produzido com acerolas maduras e o extrato seco a partir do suco concentrado ultraclarificado com alta porcentagem de frutos verdes. Os refrigerantes tiveram sua acidez fixada (0,15 %) e o teor de sólidos solúveis foi variável (10, 11 e 12 ºBrix). A proporção de suco desidratado, extrato seco de acerola, aromatizante, corantes, acidulante e CO2 foi determinada através de pré-testes. A produção dos refrigerantes foi realizada em planta piloto.O experimento foi conduzido com seis tratamentos e três repetições, o que resultou em 18 parcelas experimentais. Os resultados das análises físico-químicas das bebidas foram comparados através do teste de Tukey. A análise sensorial foi realizada através dos testes de escala hedônica e triangular. Foi realizada uma avaliação econômica através do cálculo do custo médio de produção dos refrigerantes. O teor médio de vitamina C foi igual a 12,40 mg de ácido ascórbico / 100 mL para os refrigerantes produzidos com suco desidratado e 112,58 mg de ácido ascórbico / 100 mL para aqueles produzidos com extrato seco de acerola. Durante o período de armazenagem (150 dias), as bebidas apresentaram um aumento pronunciado no teor de acidez e mudanças na coloração. As perdas médias de vitamina C foram maiores para os refrigerantes de suco desidratado (15,17 %) em relação aos de extrato seco de acerola (9,30 %). Os testes de escala hedônica demonstraram que as bebidas com 12 °Brix apresentaram maior aceitabilidade, independentemente da fonte de acerola utilizada. Nos testes triangulares, os provadores foram capazes de diferenciar os refrigerantes produzidos... . / The objective of this study was the development of a soft drink based on dehydrated West Indian cherry juice and dry extract, with chemical and sensory characteristics compatible with traditional soft drinks. Dehydrated juice is produced with mature fruit and dry extract using concentrated ultra clarified juice with a high percentage of green fruits. The soft drinks had their acidity fixed (0.15 %) and the soluble solids content was variable (10, 11 and 12 °Brix). The proportions of dehydrated juice, West Indian cherry dry extract, flavoring, coloring, acidulant and CO2 were determined from preliminary tests. The soft drink production was realized in a pilot plant. The experiment was conducted with six treatments and three repetitions, giving a total of 18 experimental trials. The results of the physical-chemical analysis of the drinks were compared using the Tukey test. The sensory analyses were carried out using a hedonic scale and triangular test. An economic evaluation of the average cost of the soft drink production was realized. The average vitamin C content was equal to 12.40 mg ascorbic acid / 100 mL for the soft drinks produced with dehydrated juice and 112.58 mg of ascorbic acid / 100 mL for those produced with the dry extract. During the storage period (150 days) the drinks presented a considerable increase in acidity and color changes. The average loss of vitamin C was higher for the dehydrated juice soft drinks (15.17 %) in relation to the acerola dry extract (9.30 %). The hedonic scale tests showed that the sensory panel awarded higher acceptance to the drinks with 12 °Brix, independent of the West Indian cherry source used. The judges were able to differentiate the soft drinks produced with dehydrated juice from those made with dry extract, in the triangular tests, although they gave similar scores for both products... (Complete abstract, click electronic address below).
5

Efeito do resveratrol e do ácido ascórbico na criopreservação de sêmen humano

Garcez, Márcia Esteves Silva 16 December 2011 (has links)
A criopreservação de sêmen humano é de grande importância para a medicina reprodutiva, porém esse processo pode causar danos ao espermatozóide devido, entre outros aspectos, à produção de espécies reativas de oxigênio, as quais podem lesar as biomoléculas. Tanto o resveratrol quanto o ácido ascórbico são compostos com reconhecida capacidade antioxidante, porém ainda pouco estudados em relação à prevenção de criodanos em espermatozóides humanos. Desta forma, o objetivo deste estudo foi analisar marcadores de danos oxidativos e parâmetros seminais antes e após a criopreservação de sêmen humano em presença e ausência de resveratrol e ácido ascórbico. Foram analisadas amostras de sêmen de 20 homens inférteis e 10 doadores com fertilidade comprovada. Indivíduos com azoospermia(ausência de espermatozoides), leucocitospermia (aumento da contagem de leucócitos seminais) ou sob uso de suplementação antioxidante foram excluídos do estudo. Os marcadores de estresse oxidativo incluíram a avaliação dos produtos reativos ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e a atividade das enzimas superóxido dismutase (Sod) e catalase (Cat). Os danos ao DNA foram quantificados pelo ensaio Cometa. Após a análise seminal padrão as amostras foram divididas em alíquotas, quais sejam: sem a adição de antioxidantes (controle), com 0,1 mM, 1,0 mM, e 10,0 mM de resveratrol e 10,0 mM de ácido ascórbico. Após uma hora de incubação as alíquotas foram criopreservadas em nitrogênio líquido a - 196°C, empregando-se o TEST-Yolk buffer como agente crioprotetor. Paralelamente, foram avaliados, ainda, os parâmetros séricos para TBARS, Sod, Cat e níveis de ácido úrico em homens inférteis e férteis. Os resultados mostraram que o uso de ácido ascórbico e resveratrol não causou nenhuma alteração na concentração e morfologia dos espermatozóides, porém nenhum dos antioxidantes foi capaz de prevenir a diminuição da motilidade induzida pelo processo de criopreservação. A criopreservação induziu uma diminuição na atividade da Sod em indivíduos inférteis e um aumento nos níveis de TBARS nas amostras de homens férteis e inférteis. Observou-se uma correlação negativa entre motilidade espermática e os valores de TBARS em homens inférteis, tanto em amostras pré-congelamento (-0,868, p<0,05) quanto em amostras pós-congelamento (-0,897, p<0,05). A adição de resveratrol às amostras, previamente ao processo de criopreservação, preveniu a diminuição da atividade da Sod em indivíduos inférteis e diminuiu os níveis de TBARS tanto em homens férteis como em inférteis. O ácido ascórbico foi capaz de minimizar os danos oxidativos a lipídios causados pela criopreservação, porém somente em sêmen de homens inférteis. Observou-se ainda que a criopreservação induziu um significativo aumento de danos ao DNA (principalmente dos tipos 2, 3 e 4) em homens férteis e inférteis. A adição de ácido ascórbico ao espermatozóide reduziu os danos ao DNA em homens inférteis, mas não em homens férteis. Por outro lado, o resveratrol foi capaz de reduzir os danos ao DNA tanto em homens férteis como em inférteis. Salienta-se, ainda, que o uso de 10,0mM de resveratrol foi capaz de evitar todos os danos ao DNA induzidos pela criopreservação em homens inférteis. Observou-se, também, que os indivíduos inférteis apresentaram níveis séricos mais elevados de TBARS, ácido úrico e atividade de Sod. Embora outros estudos sejam necessários, os dados apresentados neste trabalho indicam a possibilidade da utilização do resveratrol e ácido ascórbico em procedimentos de criopreservação de sêmen humano, principalmente naqueles onde a motilidade não seja essencial para ocorrer a fecundação como, por exemplo, a ICSI (injeção intracitoplasmática de espermatozóide). / Submitted by Marcelo Teixeira (mvteixeira@ucs.br) on 2014-06-17T12:17:41Z No. of bitstreams: 1 Tese Márcia Esteves Silva Garcez.pdf: 2973862 bytes, checksum: e8fd732e0138084fef17eacaadbb9e22 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-06-17T12:17:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese Márcia Esteves Silva Garcez.pdf: 2973862 bytes, checksum: e8fd732e0138084fef17eacaadbb9e22 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Cryopreservation of human semen is very important in reproductive medicine, but it may cause damages to the spermatozoa, probably due to the production of reactive oxygen species (ROS), which may cause structural damage to the biomolecules. Resveratrol and ascorbic acid are important antioxidants, however, until now, there are only few studies about its use in cryopreservation process. Therefore, the aim of this study was to analyze the oxidative stress markers and seminal standard parameters before and after the cryopreservation of human semen with and without these antioxidants. Ejaculated semen from 20 infertile men and 10 fertile donors, with proven fertility, were examined. Individuals with azoospermia, leukocytospermia or under antioxidant supplementation were excluded from the study. Oxidative stress markers including the determination of the levels of thiobarbituric acid reactive species (TBARS) and the activity of the antioxidant enzymes superoxide dismutase (Sod) and catalase (Cat). DNA damages were quantified by comet assay. After the evaluation of standard seminal assays, semen samples were divided into 5 aliquots, which were treated as follows: (a) without antioxidants; (b) with 0.1 mM of resveratrol; (c) with 1.0 mM of resveratrol; (d) with 10.0 mM of resveratrol and (e) with 10.0 mM of ascorbic acid. Samples were incubated for 1 hour and, then, they were cryopreserved in liquid nitrogen at -196°C. The TEST-Yolk buffer was used as cryoprotector agent in all the samples. Besides, it was evaluated, also, the seric values of TBARS, Sod, Cat and uric acid both in infertile and fertile men. The results showed that the use of ascorbic acid or resveratrol did not change the concentration and morphology of the spermatozoids. However, none of the antioxidants were able to prevent the decrease in the mobility induced by the cryopreservation process. Cryopreservation causes a decrease in Sod activity in infertile men and an increase of TBARS levels, both in infertile and fertile men. It was observed a negative correlation between spermatozoa motility and TBARS levels in infertile men, both before (-0, 868, p<0,05) and after (-0, 897, p<0,05) the cryopreservation process. Resveratrol was able to avoid the decrease in Sod activity in infertile men and the increase in TBARS levels both in infertile and fertile men samples. Ascorbic acid was able to reduce the oxidative lipid damages induced by cryopreservation only in infertile men. It was also observed that the cryopreservation process induced a significant increase of DNA damages (mainly types 2, 3 and 4) in infertile and fertile men. The addition of ascorbic acid reduces DNA damages only in infertile men. On the other hand, resveratrol was capable to reduce DNA damages both in infertile and fertile men. In fact, the use of 10.0mM of resveratrol was able to avoid all the DNA damages induced by the cryopreservation in infertile men. Infertile men showed high seric levels of TBARS, uric acid and Sod activity than the fertile men. Although other studies are necessary, the data presented in this work suggests the possibility to use resveratrol and ascorbic acid in human cryopreservation procedures, both for fertile and infertile men, at least, for ICSI (Intracytoplasmic Sperm Injection), as it does not need motile sperm for achieving pregnancy.
6

Influência da desidratação por spray dryng sobre o teor ácido ascórbico no suco de acerola (Malpighia ssp) /

Tanaka, Deise Luciane. January 2007 (has links)
Orientador: José Pachoal Batistuti / Banca: Célia Maria de Sylos / Banca: Alceu Afonso Jordão Júnior / Resumo: Nos últimos anos é notável a crescente utilização de alimentos desidratados. A desidratação por atomização gera produtos de maior valor nutritivo, estáveis e versáteis, podendo ser utilizados como aromatizantes, corantes, edulcorantes, vitaminas, minerais, acidulantes, temperos, medicamentos, etc. A microencapsulação de substâncias sensíveis através da desidratação por atomização possibilita protegê-las contra evaporação, oxidação e outras reações químicas. Além disso, tem como um dos seus principais objetivos o refinamento do alimento e, consequentemente, a oferta de um novo produto no mercado. A acerola é conhecida pelo seu valor nutritivo decorrente do alto teor de vitamina C, que é de 30 a 40 vezes superior ao da laranja. Por este motivo, é uma das principais frutas tropicais que têm uma grande importância comercial no Brasil. Sua participação em milhões de dólares por hectare plantado já superou a da laranja. A presente pesquisa estudou a influência da desidratação do suco de acerola por atomização sobre o teor de ácido ascórbico, atendendo às necessidades de uma empresa produtora. A formulação foi a mesma utilizada pela empresa na fabricação do suco de acerola. Foram realizadas análises químicas (ácido ascórbico) e físicoquímicas nas amostras durante as três etapas do processo de suco de acerola, mistura (suco e maltodextrina) e suco microencapsulado. Através do método de quantificação de ácido ascórbico por CLAE (Cromatografia Líquida de Alta Eficiência) verificou-se que a perda dessa vitamina do início ao fim do processo foi de 80,65%. Já a análise realizada no produto após 90 dias mostrou que a perda de ácido ascórbico foi de 5,61%. Neste estudo de estabilidade utilizou-se como referência suco de acerola liofilizado, sem agente encapsulante. A microencapsulação sugeriu estabilidade superior à do produto liofilizado. / Abstract: In recent years the increasing use of dehydrated food is notable. The dehydration by atomization generates products of higher nutritional value, more stable, and versatile, been passive of been used as flavorings, food dyes, sweeteners, vitamins, minerals, acidulous substances, seasoning, medicine, etc. The micro-encapsulation of sensible substances through dehydration by atomization allows the protection of these sensible substances against evaporation, oxidation, and other chemical reactions. Besides, it has as its main objectives, the refinement of food products and consequently, the offering of a new product to the market. Acerola is known for its nutritious value due to the high vitamin C content which is 30 to 40 times higher than that of orange. Thus, it is one of the main tropical fruits of great commercial importance in Brazil. Its participation in millions of dollars per hectare has surpassed that of orange. The present research studied the influence of acerola juice dehydration by atomization on the stability of ascorbic acid in order to attend to the necessities of a producer company. The formulation was the same used by the company in the manufacture of acerola juice powder. Chemical analysis (ascorbic acid) and physicalchemical analysis were realized in the samples during the three phases of the process: acerola juice, mix (juice and maltodextrin) and micro-encapsulated juice. The method to quantificate ascorbic acid by HPLC (High Performance Liquid Chromatography) verified that the loss of this vitamin from the beginning to the end of the process was 80.65%. The analysis carried through in the product after 90 days, showed that the loss of ascorbic acid was of 5.61%. In this stability study, we used as a reference, freeze dried acerola juice without encapsulation agents. The microencapsulation suggested a superior stability when compared to the freeze dried product. / Mestre
7

Efeito do resveratrol e do ácido ascórbico na criopreservação de sêmen humano

Garcez, Márcia Esteves Silva 16 December 2011 (has links)
A criopreservação de sêmen humano é de grande importância para a medicina reprodutiva, porém esse processo pode causar danos ao espermatozóide devido, entre outros aspectos, à produção de espécies reativas de oxigênio, as quais podem lesar as biomoléculas. Tanto o resveratrol quanto o ácido ascórbico são compostos com reconhecida capacidade antioxidante, porém ainda pouco estudados em relação à prevenção de criodanos em espermatozóides humanos. Desta forma, o objetivo deste estudo foi analisar marcadores de danos oxidativos e parâmetros seminais antes e após a criopreservação de sêmen humano em presença e ausência de resveratrol e ácido ascórbico. Foram analisadas amostras de sêmen de 20 homens inférteis e 10 doadores com fertilidade comprovada. Indivíduos com azoospermia(ausência de espermatozoides), leucocitospermia (aumento da contagem de leucócitos seminais) ou sob uso de suplementação antioxidante foram excluídos do estudo. Os marcadores de estresse oxidativo incluíram a avaliação dos produtos reativos ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e a atividade das enzimas superóxido dismutase (Sod) e catalase (Cat). Os danos ao DNA foram quantificados pelo ensaio Cometa. Após a análise seminal padrão as amostras foram divididas em alíquotas, quais sejam: sem a adição de antioxidantes (controle), com 0,1 mM, 1,0 mM, e 10,0 mM de resveratrol e 10,0 mM de ácido ascórbico. Após uma hora de incubação as alíquotas foram criopreservadas em nitrogênio líquido a - 196°C, empregando-se o TEST-Yolk buffer como agente crioprotetor. Paralelamente, foram avaliados, ainda, os parâmetros séricos para TBARS, Sod, Cat e níveis de ácido úrico em homens inférteis e férteis. Os resultados mostraram que o uso de ácido ascórbico e resveratrol não causou nenhuma alteração na concentração e morfologia dos espermatozóides, porém nenhum dos antioxidantes foi capaz de prevenir a diminuição da motilidade induzida pelo processo de criopreservação. A criopreservação induziu uma diminuição na atividade da Sod em indivíduos inférteis e um aumento nos níveis de TBARS nas amostras de homens férteis e inférteis. Observou-se uma correlação negativa entre motilidade espermática e os valores de TBARS em homens inférteis, tanto em amostras pré-congelamento (-0,868, p<0,05) quanto em amostras pós-congelamento (-0,897, p<0,05). A adição de resveratrol às amostras, previamente ao processo de criopreservação, preveniu a diminuição da atividade da Sod em indivíduos inférteis e diminuiu os níveis de TBARS tanto em homens férteis como em inférteis. O ácido ascórbico foi capaz de minimizar os danos oxidativos a lipídios causados pela criopreservação, porém somente em sêmen de homens inférteis. Observou-se ainda que a criopreservação induziu um significativo aumento de danos ao DNA (principalmente dos tipos 2, 3 e 4) em homens férteis e inférteis. A adição de ácido ascórbico ao espermatozóide reduziu os danos ao DNA em homens inférteis, mas não em homens férteis. Por outro lado, o resveratrol foi capaz de reduzir os danos ao DNA tanto em homens férteis como em inférteis. Salienta-se, ainda, que o uso de 10,0mM de resveratrol foi capaz de evitar todos os danos ao DNA induzidos pela criopreservação em homens inférteis. Observou-se, também, que os indivíduos inférteis apresentaram níveis séricos mais elevados de TBARS, ácido úrico e atividade de Sod. Embora outros estudos sejam necessários, os dados apresentados neste trabalho indicam a possibilidade da utilização do resveratrol e ácido ascórbico em procedimentos de criopreservação de sêmen humano, principalmente naqueles onde a motilidade não seja essencial para ocorrer a fecundação como, por exemplo, a ICSI (injeção intracitoplasmática de espermatozóide). / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Cryopreservation of human semen is very important in reproductive medicine, but it may cause damages to the spermatozoa, probably due to the production of reactive oxygen species (ROS), which may cause structural damage to the biomolecules. Resveratrol and ascorbic acid are important antioxidants, however, until now, there are only few studies about its use in cryopreservation process. Therefore, the aim of this study was to analyze the oxidative stress markers and seminal standard parameters before and after the cryopreservation of human semen with and without these antioxidants. Ejaculated semen from 20 infertile men and 10 fertile donors, with proven fertility, were examined. Individuals with azoospermia, leukocytospermia or under antioxidant supplementation were excluded from the study. Oxidative stress markers including the determination of the levels of thiobarbituric acid reactive species (TBARS) and the activity of the antioxidant enzymes superoxide dismutase (Sod) and catalase (Cat). DNA damages were quantified by comet assay. After the evaluation of standard seminal assays, semen samples were divided into 5 aliquots, which were treated as follows: (a) without antioxidants; (b) with 0.1 mM of resveratrol; (c) with 1.0 mM of resveratrol; (d) with 10.0 mM of resveratrol and (e) with 10.0 mM of ascorbic acid. Samples were incubated for 1 hour and, then, they were cryopreserved in liquid nitrogen at -196°C. The TEST-Yolk buffer was used as cryoprotector agent in all the samples. Besides, it was evaluated, also, the seric values of TBARS, Sod, Cat and uric acid both in infertile and fertile men. The results showed that the use of ascorbic acid or resveratrol did not change the concentration and morphology of the spermatozoids. However, none of the antioxidants were able to prevent the decrease in the mobility induced by the cryopreservation process. Cryopreservation causes a decrease in Sod activity in infertile men and an increase of TBARS levels, both in infertile and fertile men. It was observed a negative correlation between spermatozoa motility and TBARS levels in infertile men, both before (-0, 868, p<0,05) and after (-0, 897, p<0,05) the cryopreservation process. Resveratrol was able to avoid the decrease in Sod activity in infertile men and the increase in TBARS levels both in infertile and fertile men samples. Ascorbic acid was able to reduce the oxidative lipid damages induced by cryopreservation only in infertile men. It was also observed that the cryopreservation process induced a significant increase of DNA damages (mainly types 2, 3 and 4) in infertile and fertile men. The addition of ascorbic acid reduces DNA damages only in infertile men. On the other hand, resveratrol was capable to reduce DNA damages both in infertile and fertile men. In fact, the use of 10.0mM of resveratrol was able to avoid all the DNA damages induced by the cryopreservation in infertile men. Infertile men showed high seric levels of TBARS, uric acid and Sod activity than the fertile men. Although other studies are necessary, the data presented in this work suggests the possibility to use resveratrol and ascorbic acid in human cryopreservation procedures, both for fertile and infertile men, at least, for ICSI (Intracytoplasmic Sperm Injection), as it does not need motile sperm for achieving pregnancy.
8

Produção de um licor de acerola

Penha, Edmar das Merces 26 July 2018 (has links)
Orientador: Roberto Herminio Moretti / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-26T02:25:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Penha_EdmardasMerces_D.pdf: 24280975 bytes, checksum: b736c499a31446589d6f76607686dba7 (MD5) Previous issue date: 2000 / Resumo: O resumo podera ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: The abstract is available with the full electronic digital document / Doutorado / Doutor em Tecnologia de Alimentos
9

Aplicações analiticas do estudo da reação quimiluminescente de luminol

Ferreira, Ernesto Correa 29 July 2018 (has links)
Orientador: Adriana Vitorino Rossi / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-29T00:35:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ferreira_ErnestoCorrea_M.pdf: 9028675 bytes, checksum: 4ccf14e6e8170fa15ddc2014692d5de0 (MD5) Previous issue date: 2001 / Mestrado
10

Manutenção dos atributos de qualidade do camu-camu (Myrciaria dubia H.B.K. (Mc Vaugh)) desidratado, durante armazenamento

Arevalo Pinedo, Rosalinda 09 December 2002 (has links)
Orientador : Theo Guenter Kieckbusch / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Quimica / Made available in DSpace on 2018-08-02T08:39:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ArevaloPinedo_Rosalinda_M.pdf: 5078419 bytes, checksum: 5cfbfe91ac2aee99a72a7325ce961760 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: O camu-camu (Myrcíaria dubía) é um fruto nativo das várzeas amazônicas que se destaca pelo seu alto conteúdo em vitamina C, superior ao da acerola. Seu aproveitamento tecnológico está limitado à comercialização da polpa congelada, exportada, sobretudo pelo Peru, à paises asiáticos e da Europa. O cultivo do camu-camu está sendo introduzido no estado de São Paulo. A presente pesquisa utilizou camu-camu colhidos em Registro, SP, e objetivou desenvolver subsídios técnico-científicos para a conservação do camu-camu desidratado (casca e polpa). A casca, fonte de antocianinas e também de ácido ascórbico, foi desidratada com ar aquecido a 50°C e armazenada em ambientes com 11,3% e 43,7% de UR (umidade relativa), a 23°C. A cinética de secagem seguiu a Lei da difusão de Fick e a isoterma de sorção do produto seco foi ajustada pelo Modelo GAB, fornecendo um conteúdo de umidade da monocamada, Xm, de 0,045g/g massa seca. A casca armazenada com um conteúdo de umidade inferior a Xe (umidade de equilíbrio) manteve sua coloração vermelha (a* (intensidade de vermelho) positivo, indicativo da presença de antocianina)) por um período de 180 dias. A polpa foi liofilizada temperatura de -60°C e pressão de 0,1 mbar e foi armazenada a dois níveis de temperatura: 23°C (11,3%; 43,8% e 75,3%UR) e 35°C (11,3% e 43,8% UR) e sua cor e o conteúdo de vitamina C foram monitorados por até 180 dias. A isoterma GAB indicou um Xm igual a 0,045g/g massa seca. O produto liofilizado armazenado com umidade inferior a Xm sofreu apenas um pequeno decréscimo da intensidade da cor vermelha, e não foi influenciado pela temperatura de armazenamento. O conteúdo de ácido ascórbico, entretanto, sofreu um declineo progressivo, sendo mais influenciado pela atividade de água do que pela temperatura. Armazenado com (atividade de água) aw de 0,113, as perdas foram de cerca de 30% (a 23°C) e de 40% (a 35°C) em 90 dias / Abstract: Camu-camu (Myrciaria dubia) is a native fruit of the Amazonian floodplains, well known for its high Vitamin C content, which is higher than in acerola. It has been marketed only as frozen pulp, exported mainly by Peru to Asian countries and Europe. Camu-camu is now being cultivated in the State of São Paulo. This research used camu-camu harvested in Registro, São Paulo, and focused on the definition of technical-scientific preservation parameters of dehydrated camu-camu (pulp and peels). The peels, source of anthocyanins and ascorbic acid was dried with heated air at 50°C, and was stored in ambients of 11.3% and 43.8% RU (humidity relative), at 23°C. The drying kinetics followed Fick's law of Diffusion and the sorption isotherm of the dried product was adjusted by the GAB model, furnishing a monolayer water content, Xm, of 0.045 g/g dry matter. The peels stored with a moisture content lower than Xe (balance humidity) kept the red color (a* (red intensive) positive, indicative of anthocyanin preservation)) for 180 days. The pulp was freeze-dried at a temperature below -60°C and pressure of 0.1 mbar and was stored at two temperatures: 23°C (11.3%, 43.8% and 75.3% RU) and 35°C (11.3% and 43.8% relative humidity), and its color and Vitamin C content was monitored for a period of 180 days. The GAB isotherm indicated an Xm equal to 0.045g/g dry matter. The freeze-dried product stored with a water content lower than Xm exhibited only a slight decrease of the red color intensity, that was not affected by the storage temperature. The ascorbic acid content, however, decreased steadily, being more influenced by the water activity than the temperature. The storage at (water activity) aw = 0.113 produced losses in ascorbic acid of about 30% (at 23°C) and 40% (at 35°C, in 90 days. The camu-camu produced in São Paulo showed physical and chemical characteristics similar to the one obtained from the Amazonian basin / Mestrado / Engenharia de Processos / Mestre em Engenharia Química

Page generated in 0.0431 seconds