• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 299
  • 8
  • 2
  • Tagged with
  • 312
  • 234
  • 90
  • 78
  • 33
  • 32
  • 24
  • 23
  • 21
  • 20
  • 19
  • 19
  • 19
  • 18
  • 18
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Caracterização da barita e do vidro cristal como atenuadores na blindagem das radiações X e Gama

Teles Marques, Ariosto January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:16:48Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9063_1.pdf: 2825451 bytes, checksum: 2332e421599949a7e73f4f80d9e1a1b9 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2005 / A utilização de radiação ionizante, como ferramenta auxiliar na indução de mutação, tem sido efetiva no melhoramento de plantas, em todo o mundo. Assim, o presente estudo avalia a radiossensitividade gama de três variedades (branca maior, branca menor e rajada) de fava (Vicia faba L.) para determinar as doses de radiação que possibilitem alterações sem levar à destruição das plantas (letalidade) e estabelecer uma faixa de dose que reduza a altura de plantas com o mínimo de efeitos deletérios, objetivando o melhoramento destas variedades. Em laboratório, avaliou-se a germinação de sementes destas variedades, não irradiadas (0 Gy, controle) e submetidas aos raios gama do 60Co (100, 200, 300 e 400Gy). Como a radiação não interferiu na germinação, em laboratório, foi montado em casa de vegetação um experimento fatorial 5x3, compreendendo as combinações entre doses de radiação (0, 100, 200, 300 e 400Gy) e variedades de fava (branca maior, branca menor, e rajada), em delineamento inteiramente casualizado, com 4 repetições. Os parâmetros avaliados foram o percentual de germinação e a altura de planta. Os dados indicaram percentual de germinação baixo (< 25%) nas doses de 300 e 400Gy. Nas doses de 100 e 200Gy, a germinação foi acima de 50%. Os resultados de altura de planta sugeriram a faixa de dose que evidencia a redução de altura com o mínimo de danos para as plantas (que se estabeleceu entre 140-160Gy). Um experimento fatorial 3x3, compreendendo as combinações entre doses de radiação (0, 140 e 160Gy) e variedades (as mesmas utilizadas), em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições, foi instalado em campo. Os parâmetros avaliados incluíram: percentual de germinação, velocidade de germinação, altura de plantas, produção de biomassa e de vagens. Os resultados mostram que não houve redução na germinação ou na velocidade de germinação em relação ao controle (0 Gy). A altura de planta foi reduzida a 36, 42 e 45% nas variedades branca menor, branca maior e rajada, respectivamente. Não houve variação no número de dias até a floração. Observou-se aumento na biomassa na dose de 140Gy e redução na dose de 160Gy. A produção de vagens teve redução média de 57,7% (na dose de 140Gy) e de 52,4% (na dose de 160Gy) nas três variedades estudadas
2

Efeitos da irradiação gama da descontaminação do jerked beff comercializando em Recife-Pe

de Albuquerque Silva, Márcio 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:17:19Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9491_1.pdf: 3715021 bytes, checksum: 5467ecffe19f4234a02c9fd42e40d60a (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Ao longo dos séculos, técnicas de preservação de alimentos foram se aprimorando com o aumento do desenvolvimento científico. Estes métodos incluem a salga, o congelamento, a secagem, o enlatamento, a pasteurização e a irradiação que estão sendo empregados e bem aceitos em alguns países, visando tornar os alimentos os mais estáveis possíveis por mais tempo, e evitar as doenças de origem alimentar que são um dos principais problemas de saúde em todo o mundo. Em todas as fases do processamento tecnológico do Jerked beef a carne é exposta a contaminações. Objetivou-se verificar quais das doses de radiação entre 2, 4 e 6kGy seria eficaz na descontaminação do produto comercializado em uma grande rede de supermercados do Recife. Foram adquiridas amostras de Jerked beef sendo estas divididas em três lotes. Em condições estéreis, a carne foi cortada e pesada. Sub-amostras foram destinadas ao grupo controle e a irradiação com fonte de cobalto-60. As sub-amostras foram adicionadas em um Erlenmeyer com água destilada esterilizada e foram agitadas gerando uma água de lavagem, e outras ficaram em repouso havendo a formação de uma água de dessalga. Alíquotas dessas águas foram semeadas em placas e as mesmas incubadas para contagem da população microbiana. Usando a metodologia da água de lavagem não houve observação de crescimento em nenhuma placa. Para a água de dessalga os resultados foram: Para o primeiro lote o grupo controle apresentou contagens variando de 5,0x105 -9,6x108 UFC/g e as amostras irradiadas apresentaram crescimento variando de 1,7x105-3,3x105 UFC/g para a dose de 2kGy, 0 a 6x104 UFC/g para a dose de 4kGy e não apresentou crescimento para a dose de 6kGy. Do lote dois obtiveram-se as seguintes contagens 2,3x109- 4,1x109 UFC/g para o controle, 6,6x107- 1,1x109 UFC/g; 1,8x105-1,7x106 UFC/g; 0 a 1,3x105 UFC/g para as doses de 2kGy, 4 kGy, 6 kGy respectivamente. O lote três apresentou um maior índice de contaminação, apresentando contagens no grupo controle variando de 5x1011-5x1016UFC/g , na dose de 2kGy a variação foi de 8,1x109-1,1x1012 UFC/g , para a dose de 4kGy foram 2,0x106-9,0x1010 UFC/g e a dose de 6kGy apresentou a variação de 5,5104 a 1,3x105. As provas de susceptibilidade a antibióticos foram realizadas segundo o CLSI (Clinical Laboratory Standard Institute). Os resultados revelaram contaminação em todos os lotes de jerked beef analisados mesmo irradiados, sendo as doses de 4kGy e 6kGy as que se apresentaram mais eficazes na redução microbiana
3

Degradação por radiação de resíduos biológicos (aflatoxinas) produzidos em laboratório de alimentos / RADIATION DEGRADATION OF BIOLOGICAL WASTE (AFLATOXINS) PRODUCED IN FOOD LABORATORY

Vladimir Dias Rogovschi 22 October 2009 (has links)
Muitos fungos filamentosos podem produzir metabólitos secundários, denominados micotoxinas, podendo ser encontradas em produtos alimentícios e produtos agrícolas. Um dos principais gêneros de fungos micotoxigênicos relacionados à cadeia alimentar é o Aspergillus spp. Existem mais de 400 micotoxinas descritas na literatura, sendo as mais comuns as aflatoxinas B1, B2, G1 e G2. As micotoxinas são frequentemente encontradas em alimentos e são consideradas como um dos mais perigosos contaminantes, sendo a aflatoxina B1 classificada no Grupo 1 pela International Agency of Research on Cancer. As aflatoxinas são termorresistentes, resistindo por mais de uma hora em autoclave, fazendo-se necessário outro meio de degradação dessas toxinas. Este trabalho teve como objetivo observar os efeitos da radiação gama de 60Co e de feixes de elétrons na degradação das aflatoxinas e comparar os danos causados na morfologia do fungo Aspergillus flavus. O fungo foi cultivado em agar batata dextrose (PDA) por 10 dias e posteriormente foi transferido para o meio agar coco, sendo mantido por 14 dias à 25 °C. Após esta etapa o agar coco foi triturado até se tornar um meio pastoso homogêneo e foi irradiado com doses de 2,5, 5,0, 10 e 20 kGy. As amostras utilizadas na microscopia eletrônica de varredura foram irradiadas com as doses de 0, 2,5, 5,0, 10 e 20 kGy com fontes de 60Co e de feixes de elétrons. A irradiação com acelerador de elétrons apresentou uma degradação ligeiramente superior à radiação gama, reduzindo 29,93 %, 34,50 %, 52,63 % e 72,30 % para as doses de 2,5, 5,0, 10 e 20 kGy, respectivamente. A microscopia eletrônica de varredura demonstrou que as doses de 2,5 até 10 kGy não causaram danos no fungo, porém com a dose de 20 kGy pode-se observar danos nas estruturas fúngicas. / Many filamentous fungi can produce secondary metabolites, called mycotoxins, which can be found in food and agricultural products. One of the main genera of mycotoxigenic fungi related to the food chain is the Aspergillus spp. There are over 400 mycotoxins described in the literature, the most common the aflatoxins B1, B2, G1 and G2. The mycotoxins are commonly found in foods and are considered one of the most dangerous contaminants. The aflatoxin B1 is classified in group one by the International Agency of Research on Cancer. Aflatoxins resisting for more than one hour in autoclave making it necessary to other means of degradation of these toxins. This work aimed to observe the effects of gamma radiation of 60Co and electron beams in the degradation of aflatoxins and compare the damage caused on the morphology of the Aspergillus flavus. The fungus was grown on potato dextrose agar (PDA) for 10 days and was subsequently transferred to coconut agar medium, and maintained for 14 days at 25 °C. After this step the coconut agar was ground to become a homogeneous pasty and was irradiated with doses of 2.5, 5.0, 10 and 20 kGy. The samples used in scanning electron microscopy were irradiated with doses of 0, 2.5, 5.0, 10 and 20 kGy with sources of 60Co and electron beams. Irradiation with electron accelerator showed a slightly higher degradation to gamma radiation, reducing 29.93 %, 34.50 %, 52.63 % and 72.30 % for doses of 2.5, 5.0, 10 and 20 kGy, respectively. The Scanning Electron Microscopy showed that doses of 2.5 to 10 kGy did not cause damage to the fungus, but with a dose of 20 kGy it can be observed fungal damage to structures. SUMÁRIO
4

Avaliação dos efeitos da radiação gama em vegetais da espécie Brassica olareaceae minimamente processados / EVALUATION OF THE EFFECTS OF GAMMA RADIATION ON THE VEGELABLES OF Brassica oleracea SPECIES MINIMALLY PROCESSED

Thaise Cristine Fernandes Nunes 23 October 2009 (has links)
O consumo de couve-manteiga (Brassica oleracea cv. acephala) e brócolis (Brassica oleracea L. var. italica) tem sido inversamente associado à morbidade e mortalidade causadas por doenças degenerativas. Estas espécies são altamente consumidas no Brasil, o que viabiliza o seu uso como minimamente processado (MP). A crescente preocupação mundial com a estocagem, qualidade nutricional e segurança microbiológica dos alimentos tem levado a muitos estudos visando à análise microbiológica, vitamínica e tempo de vida de prateleira. No intuito de melhorar a qualidade destes produtos, o processamento por radiação em baixas doses é eficiente na manutenção da qualidade do produto, em alguns casos não comprometendo seus valores nutricionais e sensoriais. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia da radiação gama de 60Co com doses de 0, 1,0 e 1,5 kGy na redução da microbiota presente nestes vegetais, assim como analisar suas características nutricionais e sensoriais. A metodologia empregada neste trabalho foram as análises microbiológicas, análise colorimétrica, análise dos compostos fenólicos, análise antioxidante e análise sensorial. A análise microbiológica mostrou uma diminuição no desenvolvimento de populações de microrganismos aeróbios, psicrotróficos e bolores e leveduras com doses de radiação crescentes. A análise sensorial não mostrou diferença significativa entre os diferentes tempos de cocção analisados. Quanto à análise de fenólicos totais, houve diferença significativa entre as amostras, sugerindo que com o aumento da dose de irradiação houve um aumento na quantidade de fenólicos totais encontrado em couve e brócolis MP. Pode-se observar que a amostra de couve controle apresentou alta atividade antioxidante e para as amostras tratadas por irradiação houve um decréscimo de percentual. Em contrapartida as amostras de brócolis apresentam um aumento na percentagem de sequestro de DPPH proporcional ao aumento da dose de radiação. As análises colorimétricas revelaram que para as amostras de couve MP e floretes de brócolis não houve diferenças significativas, entretanto para as amostras de talos de brócolis houve diferença significativa quanto ao amarelecimento durante a estocagem. Concluise que o processamento de couve-manteiga e brócolis por radiação gama pode ser uma alternativa viável para as indústrias, uma vez que houve redução da população de microrganismos, sem alterações nas qualidades sensoriais e com mínimas alterações nas características que conferem poder antioxidante. / The consumption of collard greens (Brassica oleracea cv. acephala) and broccoli (Brassica oleracea L. var. italica) has been inversely associated with morbidity and mortality caused by degenerative diseases. These species are highly consumed in Brazil, which enables its use as minimally processed (MP). The growing worldwide concern with the storage, nutritional quality and microbiological safety of food has led to many studies aimed at microbiological analysis, vitamin and shelf life. To improve the quality of these products, radiation processing can be effective in maintaining the quality of the product, rather compromising their nutritional values and sensory. The aim of this study was to evaluate the effectiveness of gamma radiation from 60Co at doses of 0, 1.0 and 1.5 kGy on the reduction of microbiota in these plants, and analyze their nutritional and sensory characteristics. The methodology used in this study was microbiological analysis, colorimetric analysis, analysis of phenolic compounds, antioxidant analysis and sensory analysis. The microbiological analysis showed a decrease in the development of populations of aerobic microorganisms, psychrotrophic and yeast and mold with increasing doses of radiation. The sensory analysis showed no significant difference between different times of cooking analyzed. The analysis of phenolic compounds, significant differences between the samples, suggesting that with increasing dose of irradiation was an increase in the amount of phenolic compounds found in broccoli and collard greens MP. It can be observed that the sample of control collard greens showed high antioxidant activity and for the samples treated by irradiation was a decrease of percentage. In contrast the samples of broccoli show an increase in the rate of scavenging DPPH with increase of the dose of radiation. The colorimetric analysis revealed that for samples of MP collard greens and broccoli foil of no significant differences, but for samples of stems of broccoli significant difference on the yellowing during storage. It is concluded that the processing of collard greens and broccoli butter by gamma radiation may be a viable alternative to the industry, since there was a reduction of the population of microorganisms, without changes in the sensory qualities and with minimum changes in the characteristics that confer antioxidant power.
5

Estudo da ação da radiação Gama de 60Co  sobre  Salmonella spp, Escherichia coli ATCC 8739 e Alicyclobacillus acidoterrestris em polpa de manga congelada / STUDY OF THE ACTION OF 60Co GAMMA RADIATION ON Salmonella poona, Escherichia coli AND Alicyclobacillus acidoterrestris IN MANGO PULP

Marco Antonio dos Santos Pereira 16 April 2009 (has links)
A aplicação de tratamentos não-térmicos têm se mostrado eficiente na inibição de bactérias como Salmonella spp e Escherichia coli. A manga é uma fruta de consumo nacional que possui grande potencial de exportação. Entretanto, surtos de doenças transmitidas por alimentos relacionados a essa fruta provocaram desconfiança sobre o grau de segurança alimentar oferecido pelo produto. O objetivo deste trabalho foi determinar a radiorresistência das bactérias Escherichia coli, Salmonella poona e Alicyclobacillus acidoterrestris na polpa de manga através do cálculo do valor D10 e conhecer o efeito da radiação gama sobre as características organolépticas de polpa de manga. Foi também estabelecido o perfil microbiológico de polpas de manga congeladas disponíveis no mercado utilizando métodos convencionais de plaqueamento e Número Mais Provável (NMP). As polpas contaminadas experimentalmente com as bactérias citadas acima foram irradiadas com doses de 0, 1, 2, 3, 4 e 5 kGy, em fonte de 60Co. A análise sensorial foi feita utilizando dose de 5 kGy, aplicando o teste triangular e o teste de aceitação com escala hedônica. Os resultados deste trabalho mostram que a qualidade das polpas de manga comercializadas não é satisfatória de acordo com os padrões estabelecidos pela lei brasileira e pela literatura, mostrando a necessidade da implantação de outras ferramentas para se alcançar níveis de qualidade aceitáveis. Os valores de D10 obtidos se situaram entre 1,01 e 1,09kGy para E. coli ATCC 8739, entre 0,6 e 0,98kGy para S. poona e entre 0,72 e 0,88kGy para A. acidoterrestris respectivamente. A análise sensorial mostrou que a dose de 5kGy alterou as características sensoriais da polpa de manga. Entretanto, quando a polpa irradiada foi utilizada como ingrediente, o produto obteve boa aceitação nos atributos de aparência geral, sabor e aroma. / The application of non-thermal treatments has proven effective in inhibiting bacteria such as Salmonella and Escherichia coli. Mango is a fruit of national consumption with a great exportation potential. Meanwhile, outbreaks of foodborne disease related to mango consumption caused mistrust on the degree of food security offered by the product. The objective of this work was to establish the radioresistance of bacteria Escherichia coli, Salmonella Poona and Alicyclobacillus acidoterrestris on the mango pulp by the calculation of the D10 values and to know the radiation effect on the sensory characteristics of the fruit pulp. The microbiological profile of frozen mango pulp available at the local market was also established using conventional methods of plating and Most Probable Number (MPN). The pulps experimentally inoculated with the bacteria listed above were irradiated with doses of 0, 1, 2, 3, 4 and 5kGy in a 60Co source. The sensory analysis was performed using a dose of 5 kGy, using the triangular test and the test of acceptance with hedonic scale. The results of this study show that the quality of mango pulp sell in the local market is not satisfactory in accordance with the standards established by the Brazilian law and the literature, showing the need of using other tools to achieve acceptable levels of quality. The D10 values obtained are in the range of 1.01 and 1.09kGy for E. coli ATCC 8739, 0.60 and 0.98kGy for S. poona and 0.72 e 0.88kGy for A. acidoterrestris respectively. The triangular test showed that a 5kGy radiation dose changed the sensory characteristics of mango pulp. Nevertheless, sensory analysis of a food product prepared with the irradiated pulp obtained good acceptance in the attributes of global appearance, flavor and aroma. .
6

Determinação de voláteis produzidos durante o processamento por radiação em ervas alimentícias e medicinais / DETERMINATION OF VOLATILES PRODUCED DURING RADIATION PROCESSING IN FOOD AND MEDICINAL HERBS

Débora Christina Salum 12 December 2008 (has links)
Com o intuito de proteger o alimento de microorganismos patogênicos, como também aumentar a vida de prateleira preservando propriedades sensoriais (ex. odor e paladar), uma vez que essas propriedades são as mais requisitadas pelo consumidor, é necessário analisar a formação dos voláteis de especiarias e ervas medicinais após a irradiação. O objetivo do presente trabalho foi analisar a formação de voláteis após irradiação de Laurus Cinnamomum, Piper Nigrum, Origanum Vulgare e Myristica Fragans. Possíveis mudanças no odor dessas especiarias através de diferentes doses de radiação foram avaliadas com o intuito de melhorar a aplicação desta tecnologia. As amostras foram irradiadas em embalagens plásticas em um irradiador de 60Co. Doses de radiação de 0, 5, 10, 15, 20 e 25 kGy foram testadas. Laurus Cinnamomum obteve perda de 56 a 89,5% de voláteis, quando comparada à amostra não-irradiada. Diferentemente das demais especiarias, a irradiação de Myristica Fragans apresentou aumento de compostos voláteis, com exceção do 4-terpineol. A miristicina (substância tóxica em concentrações altas) apresentou aumento médio de 80%. Origanum Vulgare e Piper Nigrum apresentaram perda de compostos, principalmente quando submetidas à dose de 25kGy. Em geral, os resultados indicaram perda na qualidade sensorial das especiarias. / In order to protect food from pathogenic microorganisms as well as to increase its shelf life while keeping sensorial properties (e.g. odor and taste), once the latter are one of the main properties required by spice buyers, it is necessary to analyze volatile formation from irradiation of medicinal and food herbs. The aim of the present study was to analyze volatile formation from 60Co irradiation of Laurus Cinnamomum, Piper Nigrum, Origanum Vulgare and Myristica Fragans. Possible changes on the odor of these herbs are evaluated by characterizing different radiation doses and effects on sensorial properties in order to allow better application of irradiation technology. The samples have been irradiated in plastic packages by making use of a 60Co Gamma irradiator. Irradiation doses of 0, 5, 10, 15, 20 and 25kGy have been tested. For the analysis of the samples, SPME has been applied, while for the analysis of volatile compounds, CG/MS. Spice irradiation has promoted mostly decrease in volatile compounds when doses of 5, 10, 15, 20 and 25kGy were used. For Laurus cinnamomum, the irradiation decreased volatile by nearly 56% and 89.5% respectively, comparing to volatile from a sample which has not been previously irradiated. Differently from other spices analyzed, irradiation on Myristica Fragans has increased volatile compounds except for 4-terpineol. The miristicine (toxic substance when in large quantities, commonly mentioned as narcotic) has increased by nearly 80%. For Origanum Vulgare and Piper Nigrum, significant decrease in volatile compounds have been found, mainly when it comes to 25 kGy irradiation. In general, results indicate loss of sensorial quality of spices.
7

Efeito do processamento por radiação de 60Co na Erva-mate (Ilex paraguariensis) / EFFECT OF 60CO RADIATION PROCESSING IN MATÉ (Ilex paraguariensis)

Camilo Furgeri 19 March 2009 (has links)
A erva-mate (Ilex paraguariensis), espécie nativa da América do Sul, é consumida principalmente na forma de bebidas típicas denominadas chimarrão e tererê. Um problema que tem afligido este setor é a contaminação fúngica responsável por afetar suas qualidades físicas, sanitárias e nutricionais. No intuito de melhorar a qualidade deste produto, o processamento por radiação pode ser eficiente no combate de agentes patogênicos, pouco comprometendo seus valores nutricionais e propriedades sensoriais. O objetivo desse estudo foi avaliar a eficácia da radiação gama de 60Co em doses de 0, 3, 5, 7 e 10kGy na redução da microbiota fúngica presentes na erva-mate, assim como analisar suas características nutricionais e sensoriais. Este trabalho teve como metodologia: análise de bolores e leveduras, compostos fenólicos totais, análise antioxidante, quantificação de compostos fenólicos e xantinas através de cromatografia líquida e análise sensorial. A análise microbiológica mostrou uma diminuição no desenvolvimento de bolores e leveduras com doses de radiação crescentes. Independentemente da dose de radiação aplicada não houve diminuição de compostos fenólicos totais em ambas as infusões. Ocorreu um decréscimo na capacidade de seqüestrar radicais livres (DPPH) nas doses de 7 e 10kGy para o chimarrão, já para o tererê, a diferença não foi significativa. Quanto ao perfil cromatográfico do chimarrão, não foi observado variações das xantinas, porém ocorreu alteração no perfil quantitativo de compostos fenólicos na dose de 10kGy. No tererê não foi observada diferença significativa para nenhum dos compostos analisados. A análise sensorial não mostrou diferença significativa entre o produto irradiado e não irradiado. Conclui-se que o processamento de erva-mate por radiação gama pode ser uma alternativa viável para as indústrias, uma vez que houve a redução da contaminação fúngica, sem alterações das qualidades sensoriais e com mínimas alterações no perfil qualiquantitativo dos compostos bioativos. / The maté (Ilex paraguariensis), a native species from South America, is mainly consumed as typical beverage called chimarrão and tererê. An important problem that has been afflicting this product since a long time is its natural fungal contamination responsible to affect its physical, health and nutritional qualities. In order to improve this product quality, radiation processing can be effective in reducing pathogens levels, with minimal nutritional and sensory changes. The aim of this study was to evaluate the effectiveness of gamma radiation from 60Co at doses 0, 3, 5, 7 and 10kGy in reducing fungal contamination in mate, as well as analyze its nutritional and sensory characteristics. The following methodologies were applied: analysis of yeast and mold, total phenolic compounds analysis, antioxidant analysis, quantification of phenolic compounds and xanthines by liquid chromatography and sensory analysis. Microbiological analysis showed a decreasing molds and yeasts growth with increasing radiation doses. Regardless of the radiation dose applied there were no decrease of total phenolic compounds in both infusions. Chimarrão samples irradiated with 7 and 10kGy showed a decrease in the DPPH radical-scavenger activity, nevertheless for tererê samples, there were no significant difference. Chimarrão chromatographic profile did not show a variation on xanthines quantification, however a 10kGy radiation dose caused a change to phenolic compounds quantitative profile. Tererê samples did not show any significant difference to any analyzed compounds. Sensory analysis did not exhibit a significant difference between irradiated and non irradiated chimarrão samples, as well as between irradiated and non irradiated tererê samples. It could be concluded that gamma radiation processing of mate may be a feasible alternative to industry, since there was a reduction on fungal contamination, without changes in sensory qualities and with minimum alterations in quantitative and qualitative profile of bioactive compounds.
8

Efeito da radiação ionizante na formação de voláteis em chás da planta Camellia sinensis (L) / Ioninzing radiation effects on volatiles formation in Camellia sinensis (L) teas

Gustavo Bernardes Fanaro 24 March 2009 (has links)
O objetivo desse estudo foi avaliar os efeitos da radiação na formação de voláteis nos chás branco, verde, oolong e preto. As amostras foram irradiadas em temperatura ambiente na fonte de 60Co Gammacel 220 (A.E.C. Ltda) nas doses de 0, 5, 10, 15 e 20kGy. Os compostos orgânicos voláteis foram extraídos por hidrodestilação e os extratos foram separados e identificados por análise em cromatografia a gás acoplado ao espectrômetro de massas (CG/EM). Os resultados mostraram que a formação de voláteis foi diretamente proporcional ao aumento de dose de radiação. O chá branco foi o chá que mostrou sofrer menor influência da radiação ionizante, pois 37,86% dos compostos foram estáveis a todas as doses de radiação e formou 47,53% de novos compostos após a irradiação. O chá verde foi o chá que sofreu a maior influência dos efeitos da radiação na formação de novos compostos, gerando um aumento de 66,12% de voláteis identificados em relação à amostra controle e apenas 21,77% dos voláteis encontrados naturalmente foram resistentes a todas as doses de radiação. O chá oolong apesar de sofrer um tratamento enzimático parcial, foi o segundo chá que sofreu a menor interferência da radiação no aumento da formação de novos voláteis. Nesse chá foi possível detectar 49,59% de novos compostos após a irradiação e 30,08% dos compostos encontrados naturalmente também foram encontrados depois da irradiação. O chá preto foi o segundo chá que sofreu a maior interferência da radiação na formação de novos voláteis (60,94%), porém foi o chá onde se obteve a menor quantidade de compostos estáveis à radiação. Apenas 17,97% do total de compostos identificados não foram degradados quando empregado à radiação ionizante. / The aim of this study was to evaluate the effects of radiation on volatile formation in white, green, oolong and black teas. Samples were irradiated in room temperature at 60Co source Gammacell 220 (A.E.C. Ltda) at doses of 0, 5, 10, 15 and 20kGy. The volatiles organic compound was extracted by hydrodestilation and the extract was separated and identified by gas chromatographymass spectrometry (GCMS) analysis. The results show that the volatiles formations are directly proportional to the increase of radiation dose. The white tea showed less influence of ionizing radiation, as 37.86% of the compounds were stable at all doses of radiation and formed 47.53% of new compounds after irradiation. The green tea was the tea that has the greatest influence of radiation effects, increasing 66.12% of volatiles identified in relation to the control sample and only 21.77% of volatiles found naturally were resistant to all doses of radiation. The oolong tea, despite suffering a partial enzymatic treatment, was the second tea that has least interference of radiation in increasing the formation of new volatile. From this tea, was able to detect 49.59% of new compounds after irradiation and 30.08% of the compounds found naturally were also found after irradiation. The black tea has the second greatest influence of radiation on formation of new volatile (60.94%) and only 17.97% of all identified compounds were not degraded after radiation.
9

Avaliação do palmito pupunha (Bactris gasipaes Kunth) processado  por radiação ionizante / EVALUATION OF PEACH PALM (Bactris gasipaes Kunth) PROCESSED BY RADIATION

Priscila Vieira da Silva 28 August 2009 (has links)
O palmito pode ser obtido de várias espécies de palmeiras, porém a pupunha vem despertado um grande interesse pelos produtores, pois apresenta características de precocidade, rusticidade e perfilhamento, gerando um palmito de ótima qualidade e se diferenciando dos demais palmitos pela sua cor amarelada e sabor adocicado. A irradiação de alimentos têm sido empregada como medida de tratamento para garantir a segurança microbiológica destes produtos evitando infecções alimentares. Seu uso combinado com o processamento mínimo poderia aumentar a segurança e qualidade dos vegetais minimamente processados. Os objetivos deste trabalho foram avaliar o efeito da radiação gama e em feixes de elétrons no controle de bactérias; avaliar as características físicas através de análises de cor e textura em palmito pupunha in natura e minimamente processados submetidos a radiações ionizantes, armazenados sob refrigeração à 8º C, assim como também avaliar as características sensoriais. Os resultados nas análises microbiológicas mostraram que a radiação ionizante promove diminuição da carga microbiana em ambos os tratamentos. Nas análises de cor podemos concluir que entre todos os tratamentos a amostra de 1,5 kGy apresentou mais diferença em relação as outras amostras analisadas. Nas características de textura, observamos que a radiação gama modificou a textura do palmito, ao contrário do tratamento por feixes de elétrons que não demonstrou diferença entre as amostras analisadas. Em relação à análise sensorial, a radiação gama na dose de 1,5 kGy, induziu alterações nas propriedades sensoriais para os atributos globais e de aparência. A dose de 1 kGy não causou diferença significativa, sendo assim uma dose recomendável para a irradiação do produto estudado. / The peach palm can be obtained from several species of palms, but the peach palm has attracted great interest by producers, as has characteristics of precocity, rusticity and tillering, producing a palm-quality differentiating it from other palmettos for their sweet flavor and yellowish . The food irradiation has been used as a treatment to ensure microbiological food safety of products to avoid infection. Its use combined with minimal processing could increase the safety and quality of minimally processed vegetables. We aimed at evaluating the effect of gamma radiation and electron beams to control bacteria; assess the physical characteristics through analysis of color and texture in peach palm in natura minimally processed and subjected to ionizing radiation stored at 8°C as well as evaluating the sensory characteristics. The results in the microbiological analysis showed that ionizing radiation promotes reduction of microbial load in both treatments. In the analysis of color we can conclude that among all the treatments the sample irradiated with 1.5 kGy showed more differences when compared with the other samples. Observing texture characteristics we could conclude that irradiation changed the texture of the palm, unlike the treatment by electron beams that showed no difference between samples. For the sensory analysis, the gamma radiation with dose of 1.5 kGy, induced changes in sensory properties to the attributes and overall appearance. The dose of 1 kGy caused no significant difference, so a recommended dose for the irradiation of the studied product.
10

Degradação por radiação de resíduos biológicos (aflatoxinas) produzidos em laboratório de alimentos / RADIATION DEGRADATION OF BIOLOGICAL WASTE (AFLATOXINS) PRODUCED IN FOOD LABORATORY

Rogovschi, Vladimir Dias 22 October 2009 (has links)
Muitos fungos filamentosos podem produzir metabólitos secundários, denominados micotoxinas, podendo ser encontradas em produtos alimentícios e produtos agrícolas. Um dos principais gêneros de fungos micotoxigênicos relacionados à cadeia alimentar é o Aspergillus spp. Existem mais de 400 micotoxinas descritas na literatura, sendo as mais comuns as aflatoxinas B1, B2, G1 e G2. As micotoxinas são frequentemente encontradas em alimentos e são consideradas como um dos mais perigosos contaminantes, sendo a aflatoxina B1 classificada no Grupo 1 pela International Agency of Research on Cancer. As aflatoxinas são termorresistentes, resistindo por mais de uma hora em autoclave, fazendo-se necessário outro meio de degradação dessas toxinas. Este trabalho teve como objetivo observar os efeitos da radiação gama de 60Co e de feixes de elétrons na degradação das aflatoxinas e comparar os danos causados na morfologia do fungo Aspergillus flavus. O fungo foi cultivado em agar batata dextrose (PDA) por 10 dias e posteriormente foi transferido para o meio agar coco, sendo mantido por 14 dias à 25 °C. Após esta etapa o agar coco foi triturado até se tornar um meio pastoso homogêneo e foi irradiado com doses de 2,5, 5,0, 10 e 20 kGy. As amostras utilizadas na microscopia eletrônica de varredura foram irradiadas com as doses de 0, 2,5, 5,0, 10 e 20 kGy com fontes de 60Co e de feixes de elétrons. A irradiação com acelerador de elétrons apresentou uma degradação ligeiramente superior à radiação gama, reduzindo 29,93 %, 34,50 %, 52,63 % e 72,30 % para as doses de 2,5, 5,0, 10 e 20 kGy, respectivamente. A microscopia eletrônica de varredura demonstrou que as doses de 2,5 até 10 kGy não causaram danos no fungo, porém com a dose de 20 kGy pode-se observar danos nas estruturas fúngicas. / Many filamentous fungi can produce secondary metabolites, called mycotoxins, which can be found in food and agricultural products. One of the main genera of mycotoxigenic fungi related to the food chain is the Aspergillus spp. There are over 400 mycotoxins described in the literature, the most common the aflatoxins B1, B2, G1 and G2. The mycotoxins are commonly found in foods and are considered one of the most dangerous contaminants. The aflatoxin B1 is classified in group one by the International Agency of Research on Cancer. Aflatoxins resisting for more than one hour in autoclave making it necessary to other means of degradation of these toxins. This work aimed to observe the effects of gamma radiation of 60Co and electron beams in the degradation of aflatoxins and compare the damage caused on the morphology of the Aspergillus flavus. The fungus was grown on potato dextrose agar (PDA) for 10 days and was subsequently transferred to coconut agar medium, and maintained for 14 days at 25 °C. After this step the coconut agar was ground to become a homogeneous pasty and was irradiated with doses of 2.5, 5.0, 10 and 20 kGy. The samples used in scanning electron microscopy were irradiated with doses of 0, 2.5, 5.0, 10 and 20 kGy with sources of 60Co and electron beams. Irradiation with electron accelerator showed a slightly higher degradation to gamma radiation, reducing 29.93 %, 34.50 %, 52.63 % and 72.30 % for doses of 2.5, 5.0, 10 and 20 kGy, respectively. The Scanning Electron Microscopy showed that doses of 2.5 to 10 kGy did not cause damage to the fungus, but with a dose of 20 kGy it can be observed fungal damage to structures. SUMÁRIO

Page generated in 0.1631 seconds