• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 517
  • 40
  • 7
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 570
  • 570
  • 291
  • 270
  • 257
  • 250
  • 161
  • 115
  • 100
  • 88
  • 87
  • 85
  • 73
  • 64
  • 61
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Análise e previsão dos recolhimentos compulsórios sobre recursos à vista

Silveira, Alexandre Moody January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, 2008. / Submitted by Ruthléa Nascimento (ruthlea@bce.unb.br) on 2008-10-22T14:50:47Z No. of bitstreams: 1 2008_AlexandreMoodySilveira.pdf: 1043272 bytes, checksum: 21f4d43a30fb59cd42347b2bcb44a120 (MD5) / Approved for entry into archive by Georgia Fernandes(georgia@bce.unb.br) on 2008-11-12T16:48:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_AlexandreMoodySilveira.pdf: 1043272 bytes, checksum: 21f4d43a30fb59cd42347b2bcb44a120 (MD5) / Made available in DSpace on 2008-11-12T16:48:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_AlexandreMoodySilveira.pdf: 1043272 bytes, checksum: 21f4d43a30fb59cd42347b2bcb44a120 (MD5) / Essa dissertação aborda os Recolhimentos Compulsórios sobre Recursos à Vista no Brasil. Ela analisa e faz a previsão das cinco maiores séries temporais que compõem a base deste recolhimento. Um modelo VARMAX, com componentes autoregressivo, médias móveis e variáveis exógenas, é utilizado. A taxa de juros Selic, a taxa de Câmbio R$/US$, o volume de vendas no comércio, o consumo e a renda são as variáveis exógenas. Um modelo GARCH Multivariado BEKK diagonal é usado para tratar a heteroscedasticidade dos resíduos. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This dissertation discusses the reserves requirements in Brazil. It analyses and forecasts the top five time series that form these requirements. A VARMAX model with autoregressives lags, moving averages and exogenous variables is used. The interest rate Selic, exchange rate BRL/USD, commerce sales, consumption and income are the exogenous variables. A BEKK diagonal Multivariate GARCH model is used to treat the errors heteroscedasticity.
2

A regra de Taylor e a recente política monetária brasileira

Freire, Leonardo Porto January 2004 (has links)
FREIRE, Leonardo Porto. A regra de Taylor e a recente política monetária brasileira. 2004. 69f. Dissertação (Mestrado)- Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza, 2006. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-01T17:47:13Z No. of bitstreams: 1 2004_dissert_lpfreire.pdf: 606223 bytes, checksum: e56f11343b1c5c8542b5e57f4b305c20 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-01T17:47:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2004_dissert_lpfreire.pdf: 606223 bytes, checksum: e56f11343b1c5c8542b5e57f4b305c20 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-01T17:47:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2004_dissert_lpfreire.pdf: 606223 bytes, checksum: e56f11343b1c5c8542b5e57f4b305c20 (MD5) Previous issue date: 2004 / The present study was trying to analyze if the practice of the recent brazilian monetary policy could be explained by the Taylor’s Rule, that recommends a target for the basic interest rate of the economy based on four factors: the current inflation rate; the equilibrium real interest rate; an inflation gap adjustment factor based on the gap between the inflation rate and one given target for inflation; and an output gap adjustment factor based on the gap between the real output and the potential real output. The studied period was from 1995/07 to 2003/12, and the three following analyses were established: a) on Level I – on this analysis were verified the relation between the series of the effective levels of the Selic Interesting rate, and series of this rate purposed by Taylor-type rules quite close to the original proposal;b) Dynamics – on this second analysis were estimated equations based on a Dynamic Model of the Taylor’s Rule, and verified the power of explanation, of those to the effective variations on the Selic rate; and c) on Level II – on this last analysis were estimated equations based on Taylor’s structure, and were verified the explanation power, of those to the effective level of the Selic rate. The results of the referred analyses point to an Idea that Taylor’s Rule, in spite of treating of a simple rule of monetary politics, would have in its scope important elements to explain the Brazilian Monetary Policy on the analyzed period. / Este estudo buscou analisar se a prática da recente política monetária brasileira poderia ser explicada pela Regra de Taylor, que recomenda uma meta, para a taxa de juros básica da economia, baseada em quatro fatores: a taxa de inflação corrente; a taxa de juros real de equilíbrio; um fator de ajuste do desvio da inflação, baseado na diferença entre a taxa de inflação e a meta para inflação; e um fator de ajuste do desvio do produto, baseado na diferença entre o produto real e o produto real potencial. O Período observado foi de 1995/07 a 2003/12, e foram estabelecidas as três seguintes análises : a) Em Nível I – verificaram-se as relações entre séries dos níveis efetivos da Selic e séries dessa Taxa sugerida por regras do tipo Taylor bem próximas da proposição original; b) Dinâmica- estimaram-se equações com base em um modelo Dinâmico da Regra de Taylor e verificou-se o poder de explicação dessas quanto às variações efetivas da Taxa Selic; e c) Em Nível II- estimaram-se equações com base na estrutura de Taylor e verificou-se o poder de explicação dessas quanto aos níveis efetivos da Taxa Selic. Os resultados apontam para a idéia de que a Regra de Taylor, apesar de tratar-se de uma regra simples de política monetária, teria, em seu escopo, elementos importantes para explicar a política monetária brasileira no período analisado.
3

Efeitos reais da transmissão de política monetária: comparação empírica entre Brasil e Argentina

Matsumoto, Kensuke 31 July 2000 (has links)
Made available in DSpace on 2008-05-13T13:16:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 1437.pdf: 269011 bytes, checksum: 6c1990d65e1c15bca24ad8f390368a09 (MD5) Previous issue date: 2000-07-31 / Partindo-se do pressuposto de que uma grande distinção entre as respostas de duas economias a um determinado choque monetário seria um obstáculo à adoção de uma moeda única para ambas, a dissertação consta de um estudo comparativo dos efeitos reais da transmissão de política monetária entre os dois principais países membros do Mercosul – Argentina e Brasil. Para tanto, foi adotada a técnica econométrica da autoregressão vetorial – VAR, com identificação recursiva de Cholesky. O trabalho está dividido em três partes. As duas iniciais tratam, respectivamente, das conceituações do mecanismo de transmissão de política monetária e das possíveis fontes de divergência entre países quanto à ocorrência dos efeitos reais. A terceira parte reproduz a análise empírica e os resultados correspondentes. Os resultados indicam mecanismo de transmissão de política monetária mais atuante na Argentina. Para um choque monetário contracionista de um desvio padrão, a taxa de variação do PIB real cairia cerca de 0,77 pontos percentuais, em dois trimestres, nesse país, contra aproximadamente 0,24 pontos, em três trimestres, no Brasil. Quanto à variação da taxa de inflação, no momento inicial haveria manifestação do efeito pricepuzzle, que chegaria a 3,7 pontos na Argentina e 1,2 no Brasil, ambos em cerca de dois trimestres. A queda nos preços somente atingiria a resposta máxima no sétimo trimestre, na Argentina, com 1,2 pontos, e no quinto, no Brasil, com 0,5. Conclui-se que as duas economias apresentam semelhanças no aspecto qualitativo dos efeitos reais da transmissão monetária, ou seja, no sentido do efeito produzido e no intervalo de tempo necessário à verificação da resposta máxima. Porém, em termos quantitativos, nota-se um grau de sensibilidade cerca de três vezes superior na economia argentina, a um choque monetário de igual intensidade relativa.
4

Um estudo empírico sobre o regime de metas de inflação / Inflation targeting: an empirical essay

Carvalho, Alexandre de 27 October 2006 (has links)
A presente tese é um estudo empírico sobre o regime de metas de inflação. Especificamente, concentramos o esforço de pesquisa na verificação da contribuição do regime de metas para a redução das taxas de sacrifício nos episódios de desinflação e na identificação das variáveis que determinam sua implementação, como estratégia de política monetária. A redução dos custos de desinflação é um dos benefícios atribuídos, em teoria, ao regime de metas de inflação. Os estudos empíricos anteriores a esse não encontraram, no entanto, evidências de redução das taxas de sacrifício nos episódios de desinflação realizados sob regime de metas. No capítulo um dessa tese examinamos a relação entre taxas de sacrifício e a presença do regime de metas utilizando uma amostra de 99 episódios de desinflação identificados nos países da OCDE e 46 episódios de desinflação identificados em países emergentes. Considerando-se os episódios de desinflação que se iniciaram pelo menos seis meses depois da implementação do regime, nossos resultados confirmaram os benefícios atribuídos em nível teórico ao regime de metas. Em 1990, a Nova Zelândia era o único país do mundo com regime de metas de inflação. Em 2006, vinte e dois países já haviam aderido ao sistema de metas. O crescimento do número de países que adotaram o regime de metas de inflação a partir de 1990 motivou uma pesquisa sobre os fatores determinantes para implementação dessa estratégia de política monetária, apresentada no capítulo dois. Considerando o grupo de países da OCDE, os resultados de um modelo de variável dependente binária indicaram que a taxa de inflação e a dívida pública como proporção do PIB alteram significativamente a probabilidade de adoção do regime de metas, enquanto que alternância de poder entre partidos e a volatilidade de choques de oferta não parecem ser fatores relevantes. Devido ao pequeno número de observações da amostra de países, utilizamos adicionalmente neste capítulo o método de boostrap paramétrico para a construção de intervalos de confiança e para os testes de especificação do modelo. Os resultados das simulações confirmaram os obtidos pela teoria assintótica. A análise do capitulo dois indicou que a opção pela estratégia do regime de metas não é aleatória. Uma conseqüência da violação da hipótese de exogeneidade na escolha do regime de metas - presente no estudo sobre metas de inflação e taxas de sacrifício no capítulo um - é que a possível correlação entre a razão de sacrifício e as variáveis que determinam a adoção ou não adoção do regime de metas de inflação pode levar à estimativas viesadas do efeito do regime de metas sobre as razões de sacrifício. No capítulo três examinamos os efeitos do regime de metas de inflação sobre as razões de sacrifício dos episódios de desinflação considerando endogeneidade na escolha do regime de metas, através de métodos de regressão baseados em propensity scores, para a correção de possíveis vieses no estimador dos efeitos. A análise dos episódios de desinflação nos países da OCDE confirma os benefícios teoricamente atribuídos ao regime de metas. / This doctoral thesis is an empirical essay about inflation targeting. The main objective is to verify the contribution of inflation targeting regime to diminish sacrifice ratios in disinflation episodes and identify the factors behind a country?s decision to choice this type of monetary policy strategy. The reduction of sacrifice ratios is one of the theoretically alleged benefits of inflation targeting. Previous empirical studies did not find, however, support to this result. In chapter one we examine the relation between sacrifice ratios and inflation targeting from a sample of 99 disinflation episodes identified in OECD countries and 46 episodes in emerging economies. Considering disinflation episodes starting at least six months after the adoption of inflation targeting regime, our results corroborate the theory. In 1990, New Zealand was the sole country worldwide with an inflation targeting regime in place. In 2006, twenty two countries had already adhered to this monetary policy modus operandi. Motivated by the impressive rise in the number of inflation targeters, we seek also to identify the factors that influence the implementation of inflation targeting. Running a Probit model for the set of OECD countries, we find that high past inflation and low debt levels increase the probability that a country will end up opting for the inflation targeting system, but the degree of political instability and incidence of external shocks do not seem to be important factors. Due to the small sample size, we construct additionally parametric boostrap confidence intervals and bootstrap specification tests. The results of simulations confirmed that obtained with asymptotic theory. The Probit model has revealed that the adoption of inflation targeting between countries is endogenous. As a consequence, the econometric model of chapter one can produce biased coefficient estimates. In chapter three we examine the effects of inflation targeting regime on sacrifice ratios considering endogenous choice of IT. We apply regression methods based on propensity scores to correct possible bias in the coefficient estimates of IT effects on sacrifice ratios. The results of OECD countries indicate that bringing down inflation entails much smaller output losses if the country inflation targets.
5

Comunicação em política monetária: uma abordagem ampliada e evidências para o Brasil

Pereira, Robson Rodrigues 23 March 2005 (has links)
Nos últimos anos, a literatura vem destacando de forma crescente a interação entre bancos centrais (BCs) e mercados financeiros, o que é explicado principalmente pelo papel destes últimos como canal de transmissão da política monetária. Uma vez que o BC não tem controle direto sobre as variáveis financeiras que são relevantes para as decisões de consumo e de investimento do setor privado, os gestores de política têm de influenciar tais variáveis, em direção e magnitude compatíveis para que determinados objetivos sejam alcançados. Ao mesmo tempo, o BC necessita obter informações e compartilhar idéias com o setor privado. É sob esse contexto que a questão da comunicação em política monetária emerge como tema de relevância crescente. A comunicação, contudo, é um fenômeno humano e, como tal, está sujeita a limitações e à ocorrência de falhas, o que, para os propósitos da política monetária, pode gerar redução de efetividade. Esta dissertação tem como objetivo incorporar elementos da área de Comunicação, de modo que se possa avançar no entendimento dos fatores condicionantes do processo comunicacional entre BCs e mercados. Ao se avançar nessa área, os conceitos tradicionalmente utilizados para definir transparência de BCs devem ser ampliados. Um fator crucial para os resultados da comunicação é a percepção que cada parte envolvida tem em relação à outra parte e em relação à informação compartilhada. Mesmo um BC adepto das práticas comunicacionais mais modernas existentes está sujeito a resultados indesejados, caso as percepções privadas sejam distorcidas. Este estudo inova ao propor uma pesquisa de campo sob formato de questionário, cujo objetivo é captar, junto ao mercado financeiro brasileiro, sua percepção em relação à comunicação do Banco Central do Brasil (BCB). De um modo geral, não existe a percepção de que a comunicação do BCB apresenta grandes problemas. Entretanto, o questionário capta algumas informações relevantes que podem constituir sugestões de aperfeiçoamento da comunicação em política monetária no Brasil.
6

Comunicação em política monetária: uma abordagem ampliada e evidências para o Brasil

Robson Rodrigues Pereira 23 March 2005 (has links)
Nos últimos anos, a literatura vem destacando de forma crescente a interação entre bancos centrais (BCs) e mercados financeiros, o que é explicado principalmente pelo papel destes últimos como canal de transmissão da política monetária. Uma vez que o BC não tem controle direto sobre as variáveis financeiras que são relevantes para as decisões de consumo e de investimento do setor privado, os gestores de política têm de influenciar tais variáveis, em direção e magnitude compatíveis para que determinados objetivos sejam alcançados. Ao mesmo tempo, o BC necessita obter informações e compartilhar idéias com o setor privado. É sob esse contexto que a questão da comunicação em política monetária emerge como tema de relevância crescente. A comunicação, contudo, é um fenômeno humano e, como tal, está sujeita a limitações e à ocorrência de falhas, o que, para os propósitos da política monetária, pode gerar redução de efetividade. Esta dissertação tem como objetivo incorporar elementos da área de Comunicação, de modo que se possa avançar no entendimento dos fatores condicionantes do processo comunicacional entre BCs e mercados. Ao se avançar nessa área, os conceitos tradicionalmente utilizados para definir transparência de BCs devem ser ampliados. Um fator crucial para os resultados da comunicação é a percepção que cada parte envolvida tem em relação à outra parte e em relação à informação compartilhada. Mesmo um BC adepto das práticas comunicacionais mais modernas existentes está sujeito a resultados indesejados, caso as percepções privadas sejam distorcidas. Este estudo inova ao propor uma pesquisa de campo sob formato de questionário, cujo objetivo é captar, junto ao mercado financeiro brasileiro, sua percepção em relação à comunicação do Banco Central do Brasil (BCB). De um modo geral, não existe a percepção de que a comunicação do BCB apresenta grandes problemas. Entretanto, o questionário capta algumas informações relevantes que podem constituir sugestões de aperfeiçoamento da comunicação em política monetária no Brasil.
7

O sentimento de consumidores e o valor de mercado das empresas brasileiras de capital aberto

Matias, Clara Pinto January 2015 (has links)
MATIAS, Clara Pinto. O sentimento de consumidores e o valor de mercado das empresas brasileiras de capital aberto / Clara Pinto Matias. - 2015. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza, 2015. 36f. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2016-08-29T19:42:44Z No. of bitstreams: 1 2015_dis_cpmatias.pdf: 1076200 bytes, checksum: 09fcf84d869e10148b0298052ddb89e5 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2016-08-29T19:43:01Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_dis_cpmatias.pdf: 1076200 bytes, checksum: 09fcf84d869e10148b0298052ddb89e5 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-29T19:43:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_dis_cpmatias.pdf: 1076200 bytes, checksum: 09fcf84d869e10148b0298052ddb89e5 (MD5) Previous issue date: 2015 / Considering the importance and relevance in traditional international studies of qualitative variables on market indicators, the study investigates the dynamics of the Consumer Trust Index (ICC) of the Getulio Vargas Foundation in a comparison with the index of the São Paulo Stock Market for publicly traded companies in Brazil. In particular, it applies one autoregressive model with threshold value following the proposal of Caner and Hansen (2001), the two versions of the ICC in accordance with the income of consumers and the index of the São Paulo Ibovespa Stock Market. The results allow us to conclude that although the Trust Indices are important qualitative variables in the international literature as a study of market fluctuations, in developing countries like Brazil, even with a high degree of association with the market index, its high volatility and the dynamics arising from the difference exacerbated optimism or misperception of consumers shown as the biggest obstacle to the implementation of an accurate forecasting exercise. / Considerando a importância e tradicional relevância em estudos internacionais das variáveis qualitativas sobre os indicadores de mercado, o estudo investiga a dinâmica do Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas em um comparativo com o Índice da Bolsa de Valores de São Paulo para as empresas de capital aberto no Brasil. Em particular, aplica-se um modelo autorregressivo com valor limite seguindo a proposta de Caner e Hansen (2001) a duas versões do ICC de acordo com a renda dos consumidores e ao Índice da Bolsa de Valores de São Paulo IBOVESPA. Os resultados obtidos permitem inferir que muito embora os Índices de Confiança sejam variáveis qualitativas importantes na literatura internacional quando de um estudo das flutuações do mercado, em países em desenvolvimento como o Brasil, mesmo com elevado grau de associação com o índice de mercado, sua elevada volatilidade e a diferença de dinâmica advinda do otimismo exacerbado ou percepção equivocada dos consumidores se mostra como o maior entrave à realização de um exercício de previsão acurado.
8

Mecanismo de transmissão na política monetária sobre os preços dos ativos no Brasil

Lima, Danilo Araujo Rennó January 2003 (has links)
LIMA, Danilo Araújo Rennó. Mecanismo de transmissão da política monetária sobre os preços dos ativos no Brasil. Fortaleza,, 2003.. 150f. Dissertação (Mestrado)- Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2003. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-06-24T16:46:06Z No. of bitstreams: 1 2003_dissert_darlima.pdf: 625330 bytes, checksum: 74ad712b22a1aefc37c99ea7923f5ae3 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-06-24T16:46:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2003_dissert_darlima.pdf: 625330 bytes, checksum: 74ad712b22a1aefc37c99ea7923f5ae3 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-06-24T16:46:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2003_dissert_darlima.pdf: 625330 bytes, checksum: 74ad712b22a1aefc37c99ea7923f5ae3 (MD5) Previous issue date: 2003
9

Co-movimento entre política monetária e fiscal e ciclos econômicos no Brasil

Silva, Thiberio Mota da January 2011 (has links)
SILVA, Thiberio Mota da; FERREIRA, Roberto Tatiwa. Co-movimento entre política monetária e fiscal e ciclos de crescimento no Brasil. 2011. 35f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE, 2011. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-15T17:56:05Z No. of bitstreams: 1 2011_dissert_tmsilva.pdf: 430728 bytes, checksum: 0e3e149fa17504ec3e4e29fcc5d0de45 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-07-15T17:56:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_dissert_tmsilva.pdf: 430728 bytes, checksum: 0e3e149fa17504ec3e4e29fcc5d0de45 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-15T17:56:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_dissert_tmsilva.pdf: 430728 bytes, checksum: 0e3e149fa17504ec3e4e29fcc5d0de45 (MD5) Previous issue date: 2011 / The aim of this paper is to verify the existence of a dynamic relationship between monetary and fiscal policy in Brazil, considering the possibility of economic cycles, from monthly data for the period 1997 to 2011. The analysis of co-movement between interest rate and the primary outcome/GDP is based on a vector autoregressive model with Markov changes (MSVAR) proposed by Hamilton (1989) and perfected by Krolzig (1997), a since the relationship between these policies may not be constant throughout the different phases of the economy. The empirical results show a positive correlation between interest rate and the primary outcome, the empirical evidence in favor of and monetary authorities share common goals. / O objetivo deste trabalho foi o de verificar a existência de uma relação dinâmica entre a política monetária e fiscal no Brasil, considerando a possibilidade de ciclos econômicos, a partir de dados mensais para o período de 1997 a 2011. A análise das interações entre da taxa de juros e do resultado primário como proporção do PIB baseia-se em um modelo de vetor autoregressivo com mudanças de Markov (MS-VAR) proposto por Hamilton (1989) e aperfeiçoado por Krolzig (1997), uma vez que a relação entre essas políticas pode não ser constantes ao longo das diferentes fases da economia. Os resultados empíricos mostram uma correlação positiva entre a taxa de juros e o resultado primário, evidência empírica em favor de que as autoridades fiscal e monetária compartilham objetivos comuns.
10

Análise do impacto da classificação de risco no mercado de crédito brasileiro

Costa, João Henrique Lemos January 2009 (has links)
COSTA, João Henrique Lemos. Análise do impacto da classificação de risco no mercado de crédito brasileiro. 2009. 40f. Dissertação (mestrado profissional) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Ceará, 2009. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-08-22T18:45:44Z No. of bitstreams: 1 2009_dissert_jhlcosta.pdf: 206421 bytes, checksum: 1938ef136985240969a4faae859c80be (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-08-22T18:45:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_dissert_jhlcosta.pdf: 206421 bytes, checksum: 1938ef136985240969a4faae859c80be (MD5) / Made available in DSpace on 2013-08-22T18:45:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_dissert_jhlcosta.pdf: 206421 bytes, checksum: 1938ef136985240969a4faae859c80be (MD5) Previous issue date: 2009 / In this article, we analyze the rating impact on credit volume and the long-run equilibrium relationship between Gross Domestic Product (GDP), deposits and credit for the most relevant player in Brazilian financial system, under the monetary structural framework developed by Bernanke and Blinder (1988), which models the credit supply as a function of some idiosyncratic and macroeconomic key-variables. The results obtained from linear regressions and from an error-correction Engle and Ganger (1987) approach enables us to evidence the credit channel relevance as a monetary policy transmission instrument, emphasizing the relevance in observing the bank assets rubric. Based on the well-succeed benchmark model performance, we are able to measure the positive and significant impact of the investment grade, according to Moody´s agency, while intermediary rating changes do not seem to be so relevant. We also have evidences about the insignificant impact of interest rate changes on GDP growth rate. / Este artigo analisa o impacto das classificações de risco no volume de crédito e as relações de longo prazo entre Produto Interno Bruto (PIB), depósitos e crédito para o mais relevante agente no mercado financeiro brasileiro, sob um arcabouço monetário estrutural desenvolvido por Bernanke e Blinder (1988), o qual modela a oferta de crédito como uma função de variáveis idiossincráticas e macroeconômicas. Os resultados obtidos via Regressões Lineares e através do Método de Correção de Erros a la Engle e Ganger (1987) permitem evidenciar a relevância do canal de crédito como instrumento de transmissão da política monetária, enfatizando a importância de se acompanhar as rubricas bancárias. Baseado na bem sucedida performance do modelo benchmark, é possível mensurar o efeito significativamente positivo da obtenção do grau de investimento de acordo com a agência Moody´s no crédito, enquanto mudanças intermediárias na avaliação de risco não parecem ser tão relevantes. Há também evidências do efeito insignificante dos juros no crescimento do PIB.

Page generated in 0.1601 seconds