• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 110
  • 10
  • Tagged with
  • 120
  • 57
  • 37
  • 33
  • 23
  • 18
  • 18
  • 17
  • 17
  • 17
  • 17
  • 14
  • 12
  • 10
  • 9
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo e análise da acústica de ambientes submetidos a sistemas de áudio

Rocha, Leonardo Zanetti January 2004 (has links)
O crescente aprimoramento tecnológico ocorrido nos últimos anos principalmente nas áreas de eletrônica analógica e digital, proporcionou um grande desenvolvimento dos equipamentos destinados à captação, registro e reprodução sonora - componentes dos sistemas de áudio – tornando-os muito mais sofisticados e complexos. Por sua vez, estes sistemas de áudio encontram-se cada vez mais presentes em diversos tipos de ambientes tais como teatros, casa de shows e auditórios, cumprindo um papel fundamental na programação do recinto. Entretanto, o projeto acústico destes ambientes, em sua grande maioria, não tem levado em consideração as características do sistema de áudio a ser instalado, resultando em prejuízo do desempenho acústico do ambiente e conseqüente insatisfação dos usuários. Somado a este fato, tem-se dado pouca atenção aos parâmetros de qualidade acústica de ambientes destinados à reprodução musical, inicialmente desenvolvidas por Beraneck, 1962, abrindo-se mão, portanto, de ótimas ferramentas de análise que poderiam servir para melhorar o desempenho acústico destes ambientes. Como conseqüência destes resultados, vem crescendo a idéia entre os profissionais da área de acústica e de áudio que o ideal é otimizar o sistema de som com o ambiente para que os melhores resultados sejam alcançados É neste cenário que o presente trabalho se propõe a discutir as questões acústicas juntamente com as questões de áudio com o objetivo de apresentar os principais conce itos, técnicas e procedimentos referentes ao projeto e análise da acústica de ambientes e de sistemas de áudio. Para tanto, foi realizada uma revisão bibliográfica que apresenta os parâmetros objetivos de qualidade acústica ambiental juntamente com um método de avaliação da qualidade acústica de salas, proposta por Arau, 1999. Também apresenta os principais conceitos que norteiam o projeto de sistemas de áudio, mostrando os principais equipamentos envolvidos e suas características técnicas. Ainda foi realizado um estudo sobre as diversas técnicas de medição de resposta impulsiva com as quais os sistemas, tanto acústico quanto de áudio, podem ser caracterizados chegando a conclusão que a técnica de varredura logarítmica de seno é aquela que mais se adapta às medições acústicas por apresentar melhor relação sinal/ruído e imunidade à distorções inerentes aos transdutores eletromecânicos utilizados nestes tipo de medição Para concretizar os conceitos apresentados no trabalho é realizada uma análise do sistema som-ambiente do Salão de Atos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Como resultado desta análise conclui-se que a amplificação eletrônica, apesar de ser adequada para atender às necessidades da aplicação, tem sua capacidade limitada pelas caixas acústicas. Estas por sua vez, em conjunto com as características do ambiente, são capazes de proporcionar boa inteligibilidade de voz na área de cobertura.Também conclui-se que o ambiente de Salão de Atos possui absorção excessiva em médias-altas freqüências e baixa audibilidade nas posições mais distantes do palco. Ainda, é mostrado que, devido ao posicionamento das caixas acústicas no palco, existem regiões na área da platéia que são atingidas pelo efeito de eco.
2

Estudo de modelos de propagação sonora no oceano para calculo da perda de transmissão a longa distancia em lamina de aguas rasas

Reinas, Joseval January 1993 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico / Made available in DSpace on 2016-01-08T18:23:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 95665.pdf: 2025512 bytes, checksum: 033155096cd76fc6781fa06681c82f61 (MD5) Previous issue date: 1993 / A propagação de ondas sonoras em águas oceânicas é objeto de estudo de vários segmentos de pesquisadores no âmbito mundial. De importância fundamental, o desenvolvimento de modelos de propagação viabiliza a otimização de experimentos em campo, bem como possibilitam a análise dos resultados de medições e, portanto, a obtenção de parâmetros relevantes na área de acústica submarina. O conhecimento de uma normalização ou classificação geral de modelos é necessária para efeito de comparação com desenvolvimentos já obtidos pela comunidade científica internacional. Um desses tipos de modelos denomina-se Modos Normais e fornece o campo de pressão sonora em função da distância através da soma dos modos acústicos na lâmina de água. Na simulação do ambiente de propagação, os sedimentos são modelados como diversas camadas com diferentes características. Neste modelo, através do estudo das curvas de dispersão, é possível identificar freqüências de anti-ressonância e quasi-ressonantes como sendo, respectivamente, máximas e mínimas velocidades de grupo, esta definida como a razão entre o fluxo médio de energia entre dois planos separados por um comprimento de onda e a densidade média de energia contida nesta região. É também possível o estudo de coeficientes modais de atenuação para as condições ambientais no momento da medição.
3

Modelagem numérica e medições acústicas de protetores auditivos para ruídos impulsivos

Miranda, Erasmo Felipe Vergara January 1999 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. / Made available in DSpace on 2012-10-18T19:37:37Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-09T04:37:56Z : No. of bitstreams: 1 50278.pdf: 26083934 bytes, checksum: a6919cf20a0ed140ca6f9c42e595f62e (MD5) / O método REAT (Real Ear Attenuation at Threshold) usado pelas normas ISO e ANSI para a medição de protetores auditivos, não estabelece como determinar a atenuação dos protetores auditivos para ruídos impulsivos, já que mede subjetivamente a atenuação de baixos níveis de ruído em estado estacionário. A carência de técnicas de teste com ruídos impulsivos mostra a necessidade de métodos mais seguros, rápidos e de baixo custo para estimar a atenuação de protetores auditivos na presença de campos sonoros impulsivos.
4

Estudo e análise da acústica de ambientes submetidos a sistemas de áudio

Rocha, Leonardo Zanetti January 2004 (has links)
O crescente aprimoramento tecnológico ocorrido nos últimos anos principalmente nas áreas de eletrônica analógica e digital, proporcionou um grande desenvolvimento dos equipamentos destinados à captação, registro e reprodução sonora - componentes dos sistemas de áudio – tornando-os muito mais sofisticados e complexos. Por sua vez, estes sistemas de áudio encontram-se cada vez mais presentes em diversos tipos de ambientes tais como teatros, casa de shows e auditórios, cumprindo um papel fundamental na programação do recinto. Entretanto, o projeto acústico destes ambientes, em sua grande maioria, não tem levado em consideração as características do sistema de áudio a ser instalado, resultando em prejuízo do desempenho acústico do ambiente e conseqüente insatisfação dos usuários. Somado a este fato, tem-se dado pouca atenção aos parâmetros de qualidade acústica de ambientes destinados à reprodução musical, inicialmente desenvolvidas por Beraneck, 1962, abrindo-se mão, portanto, de ótimas ferramentas de análise que poderiam servir para melhorar o desempenho acústico destes ambientes. Como conseqüência destes resultados, vem crescendo a idéia entre os profissionais da área de acústica e de áudio que o ideal é otimizar o sistema de som com o ambiente para que os melhores resultados sejam alcançados É neste cenário que o presente trabalho se propõe a discutir as questões acústicas juntamente com as questões de áudio com o objetivo de apresentar os principais conce itos, técnicas e procedimentos referentes ao projeto e análise da acústica de ambientes e de sistemas de áudio. Para tanto, foi realizada uma revisão bibliográfica que apresenta os parâmetros objetivos de qualidade acústica ambiental juntamente com um método de avaliação da qualidade acústica de salas, proposta por Arau, 1999. Também apresenta os principais conceitos que norteiam o projeto de sistemas de áudio, mostrando os principais equipamentos envolvidos e suas características técnicas. Ainda foi realizado um estudo sobre as diversas técnicas de medição de resposta impulsiva com as quais os sistemas, tanto acústico quanto de áudio, podem ser caracterizados chegando a conclusão que a técnica de varredura logarítmica de seno é aquela que mais se adapta às medições acústicas por apresentar melhor relação sinal/ruído e imunidade à distorções inerentes aos transdutores eletromecânicos utilizados nestes tipo de medição Para concretizar os conceitos apresentados no trabalho é realizada uma análise do sistema som-ambiente do Salão de Atos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Como resultado desta análise conclui-se que a amplificação eletrônica, apesar de ser adequada para atender às necessidades da aplicação, tem sua capacidade limitada pelas caixas acústicas. Estas por sua vez, em conjunto com as características do ambiente, são capazes de proporcionar boa inteligibilidade de voz na área de cobertura.Também conclui-se que o ambiente de Salão de Atos possui absorção excessiva em médias-altas freqüências e baixa audibilidade nas posições mais distantes do palco. Ainda, é mostrado que, devido ao posicionamento das caixas acústicas no palco, existem regiões na área da platéia que são atingidas pelo efeito de eco.
5

Estudo e análise da acústica de ambientes submetidos a sistemas de áudio

Rocha, Leonardo Zanetti January 2004 (has links)
O crescente aprimoramento tecnológico ocorrido nos últimos anos principalmente nas áreas de eletrônica analógica e digital, proporcionou um grande desenvolvimento dos equipamentos destinados à captação, registro e reprodução sonora - componentes dos sistemas de áudio – tornando-os muito mais sofisticados e complexos. Por sua vez, estes sistemas de áudio encontram-se cada vez mais presentes em diversos tipos de ambientes tais como teatros, casa de shows e auditórios, cumprindo um papel fundamental na programação do recinto. Entretanto, o projeto acústico destes ambientes, em sua grande maioria, não tem levado em consideração as características do sistema de áudio a ser instalado, resultando em prejuízo do desempenho acústico do ambiente e conseqüente insatisfação dos usuários. Somado a este fato, tem-se dado pouca atenção aos parâmetros de qualidade acústica de ambientes destinados à reprodução musical, inicialmente desenvolvidas por Beraneck, 1962, abrindo-se mão, portanto, de ótimas ferramentas de análise que poderiam servir para melhorar o desempenho acústico destes ambientes. Como conseqüência destes resultados, vem crescendo a idéia entre os profissionais da área de acústica e de áudio que o ideal é otimizar o sistema de som com o ambiente para que os melhores resultados sejam alcançados É neste cenário que o presente trabalho se propõe a discutir as questões acústicas juntamente com as questões de áudio com o objetivo de apresentar os principais conce itos, técnicas e procedimentos referentes ao projeto e análise da acústica de ambientes e de sistemas de áudio. Para tanto, foi realizada uma revisão bibliográfica que apresenta os parâmetros objetivos de qualidade acústica ambiental juntamente com um método de avaliação da qualidade acústica de salas, proposta por Arau, 1999. Também apresenta os principais conceitos que norteiam o projeto de sistemas de áudio, mostrando os principais equipamentos envolvidos e suas características técnicas. Ainda foi realizado um estudo sobre as diversas técnicas de medição de resposta impulsiva com as quais os sistemas, tanto acústico quanto de áudio, podem ser caracterizados chegando a conclusão que a técnica de varredura logarítmica de seno é aquela que mais se adapta às medições acústicas por apresentar melhor relação sinal/ruído e imunidade à distorções inerentes aos transdutores eletromecânicos utilizados nestes tipo de medição Para concretizar os conceitos apresentados no trabalho é realizada uma análise do sistema som-ambiente do Salão de Atos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Como resultado desta análise conclui-se que a amplificação eletrônica, apesar de ser adequada para atender às necessidades da aplicação, tem sua capacidade limitada pelas caixas acústicas. Estas por sua vez, em conjunto com as características do ambiente, são capazes de proporcionar boa inteligibilidade de voz na área de cobertura.Também conclui-se que o ambiente de Salão de Atos possui absorção excessiva em médias-altas freqüências e baixa audibilidade nas posições mais distantes do palco. Ainda, é mostrado que, devido ao posicionamento das caixas acústicas no palco, existem regiões na área da platéia que são atingidas pelo efeito de eco.
6

Estudo da resposta em altas frequencias de uma estrutura tipo caixa um campo acustico difuso por analise estatistica energetica

Bonilha, Murilo Weingarten January 1991 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnologico / Made available in DSpace on 2012-10-16T04:47:02Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T17:21:25Z : No. of bitstreams: 1 82427.pdf: 3250391 bytes, checksum: 81ad90ff0f85aaba9758728a0afad0a9 (MD5) / O presente trabalho está relacionado ao estudo da resposta de estruturas complexas excitadas acusticamente. A excitação acústica é muito importante no caso de satélites, os quais são submetidos, durante o lançamento, a campos acústicos com altos níveis de potência sonora e espectros cujas componentes de freqüência atingem alguns khz. Os campos acústicos gerados em torno de um satélite atuam, principalmente, na região de freqüências onde a alta densidade modal da estrutura inviabiliza uma análise através de métodos numéricos clássicos, como por exemplo, o método dos elementos finitos. A análise Estatística Energética (SEA) é uma abordagem alternativa para esse tipo de estudo já que analisa grupos de modos de vibração ao invés de modos isolados. Essa abordagem foi aplicada para o estudo da resposta de uma estrutura tipo caixa a um campo acústico difuso. Esta estrutura foi construída de modo a apresentar valores de fator de perda e de fator de acoplamento similares aos normalmente encontrados em satélites construídos com placas "honeycomb". Os parâmetros estruturais necessários para a aplicação deste método foram determinados tanto analítica quanto experimentalmente. Os métodos experimentais utilizados mostraram-se confiáveis dentro da região de aplicação do modelo SEA.
7

Análise paramétrica da relação entre massa edificada e níveis sonoros no ambiente urbano por simulação computacional

Brioschi, Rosangela January 2011 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-25T19:53:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 295467.pdf: 20460820 bytes, checksum: 6a0c8d69fd3b7017bf9548c275591236 (MD5) / O fenômeno da aglomeração populacional em áreas urbanas é intimamente ligado ao adensamento de edificações e ao aumento do número de veículos. Esses fatores elevam o ruído nas cidades, principalmente o proveniente do tráfego rodoviário, acarretando efeitos adversos na saúde humana e contribuindo para a diminuição da qualidade dos espaços abertos utilizados pela população. Considerando-se que os edifícios são elementos significativos na trajetória da propagação sonora urbana, torna-se essencial investigar como a distribuição da massa edificada e sua interação com o entorno contribuem nesse cenário de crescimento da poluição sonora. Assim, o objetivo desta pesquisa é identificar a relação entre parâmetros da massa edificada e a configuração de diferentes ambientes sonoros urbanos, sob o ponto de vista do usuário dos espaços abertos da cidade. Cenários urbanos foram elaborados considerando-se variações nos parâmetros foco do estudo: afastamentos laterais, altura das edificações, distância entre fachadas frontais e proporção da via. O efeito das alterações nas variáveis foi analisado computacionalmente, através de mapeamentos sonoros produzidos pelo programa SoundPlan. A comparação entre os mapas sonoros indicam tendências de comportamento entre os parâmetros da forma urbana e os níveis sonoros para os indivíduos no ambiente urbano. O aumento dos afastamentos laterais provocou manutenção ou redução nos níveis sonoros para os usuários localizados em frente aos edifícios, enquanto que houve acréscimo no nível sonoro para os indivíduos situados nos fundos do lote. O acréscimo da distância entre fachadas frontais ocasionou diminuição no nível sonoro para o sujeito em frente aos prédios, enquanto houve aumento para aqueles nos fundos do lote. A ampliação da altura dos edifícios e o estreitamento da proporção da via acarretaram aumento no nível sonoro para todas as localizações de usuário avaliadas, sendo que houve interferência da variação conjunta entre afastamento lateral e altura de edifícios nos resultados encontrados. / The population agglomeration phenomenon in urban areas is tightly related to building densification and the increase of vehicles. These factors raise the noise level in cities, specially the portion due to road traffic, leading to adverse effects in human health and contributing to quality reduction of open spaces used by people. Taking into consideration that buildings are significant elements in urban sound propagation, it is essential to investigate how buildings distribution and its interaction with the environment act in the scenario of growing noise pollution. Thus, the objective of this research is to identify the relation between built mass parameters and the configuration of different urban sound environments under pedestrians' point of view. Urban scenarios were elaborated considering variations in some parameters focused by this study, namely, lateral distance between building and lot limit, building height, front distance between building and lot limit and road proportion. The effects of these changes in the parameters were evaluated through the analysis of sound maps generated by the software SoundPlan. The comparisons between sound maps indicate trends of behavior relating the urban form parameters to the sound levels perceived by people in the urban environment. The increase in lateral distance between building and lot limit caused reduction in sound level for the user in front of the building and caused elevation in sound level for those located in the back of the lot. The increment in front distances between building and lot limit led to reduction in sound level for the individual in front of the building, but led to increase in sound level for those in the back of the lot. Higher buildings and thinner proportions of road sections produced increase in sound level for all individuals positions evaluated, but that was interference from the joint variation of lateral distance and buildings height in the results.
8

Análise teórica e experimental do processo de medição in situ da impedância acústica

Carneiro, Eric Brandão 25 October 2012 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-25T22:42:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 293196.pdf: 15781075 bytes, checksum: 17ba56064d4daee8d5890a3f048bc3dd (MD5) / A medição in situ da impedância acústica possui uma série de vantagens em relação à medição da impedância em tubo de impedância e à medição do coeficiente de absorção em câmara reverberante. Entre essas vantagens, destacam-se o fato de a medição in situ ser um método não destrutivo e que leva em conta condições realistas de montagem da amostra, os efeitos de acúmulo de sujeira e a não necessidade de um ambiente especial para a medição. Entre os métodos de medição in situ mais comumente usados, destaca-se a técnica baseada na medição da função de transferência entre dois microfones (PP), posicionados próximos à amostra. As principais desvantagens desse método são suas limitações em baixas e altas frequências, devido à distância finita entre os microfones. A sonda PU, que integra um sensor de pressão (microfone) e um de velocidade de partícula não sofre essa limitação já que os dois sensores ocupam aproximadamente a mesma posição no espaço. A medição in situ requer, no entanto, devido à complexidade física do problema, a modelagem precisa do campo acústico em frente à amostra que se deseja caracterizar, especialmente porque em aplicações típicas a fonte sonora e a sonda PU estão próximas uma da outra e não se pode considerar que o campo acústico seja composto por ondas planas. A influência do algoritmo de dedução da impedância de superfície é a primeira fronteira explorada neste trabalho. A partir da escolha do melhor método de dedução da impedância de superfície, uma estimativa da incerteza de medição foi feita através do método de Monte Carlo. E já que as aplicações da técnica PU se destinam à medição de amostras de dimensões tipicamente limitadas, a influência do tamanho da amostra é investigada com um modelo em elemento de contorno (BEM) da medição. Após a verificação de que os resultados experimentais corroboram o modelo numérico, a influência de vários parâmetros em relação ao tamanho finito da amostra foi investigada e estratégias propostas para minimizar o erro encontrado. Como a principal estratégia de dedução da impedância de superfície se destina à medição de amostras localmente reativas, a medição de amostras não-localmente reativas também foi avaliada. Neste caso, um modelo analítico foi utilizado para simular a medição in situ com boa concordância em relação aos dados experimentais. Para amostras que não podem ser consideradas como localmente reativas, dois novos algoritmos de dedução foram propostos. O primeiro baseia-se na minimização do erro da resposta em frequência, usado com sucesso em diversos casos, e o segundo em mínimos quadrados, que se mostrou menos robusto. Finalmente a técnica PU foi contrastada com a técnica PP em algumas condições de medição in situ realistas, o que permitiu estabelecer algumas das vantagens e desvantagens de ambas.
9

Avaliação e modelagem de qualidade sonora em aeromaves comerciais

Paul, Stephan January 2009 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica / Made available in DSpace on 2012-10-24T07:49:39Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Em aeronaves modernas a qualidade vibro-acústica dentro da cabine tem implicações, tanto para o conforto e saúde dos passageiros e da tripulação, quanto na conquista de clientes pelas companhias aéreas. Entretanto, ainda há pouco conhecimento quanto aos aspectos mais importantes para a qualidade sonora em aeronaves, e a necessidade de se abordar o assunto sob um olhar multidisciplinar dificulta avanços consideráveis. O presente trabalho envolveu dois estudos principais: (i) o desenvolvimento de um diferencial semântico para avaliação subjetiva do conforto acústico em aeronaves comerciais com motores turbo-fan e (ii) modelos matemáticos de ``conforto acústico'' e ``preferência''. Além disso, diferentes estudos e ferramentas auxiliares foram desenvolvidos, entre elas, (i) uma lista de descritores em português do Brasil para ruídos no interior de aeronaves, (ii) interfaces a serem utilizadas pelos participantes das avaliações subjetivas, (iii) um estudos sobre as implementações do modelo de intensidade de flutuação, (iv) um estudo da sensação de ``aspereza'' e dos modelos de roughness, e (v) a modelagem probabilística de dados ordinais.Para desenvolver o diferencial semântico foram coletados 207 descritores semânticos diferentes para ruído em aeronaves, sendo que a maioria dos descritores está relacionado a aspectos afetivos, e apenas um número reduzido de descritores descrevem as características dos sons. A partir dos descritores desenvolveu-se, pela primeira vez no Brasil, um diferencial semântico para avaliação de ruídos no interior de aeronaves comerciais com motores turbo-fan, considerando itens do português falado no Brasil. O diferencial semântico desenvolvido é composto por 18 itens agrupados em 4 fatores (F1: ``apreciação'', F2: ``adequação'', F3: ``estrutura temporal'', F4: ``intensidade''), diferenciando-se parcialmente dos diferenciais semânticos desenvolvidos em outras línguas, por não possuir itens que caracterizem dimensões perceptivas complexas. Evidenciou-se que alguns descritores comumente utilizados na caracterização de ruídos em outras línguas não possuem tradução adequada para o português do Brasil como, por exemplo, o termo roughness, que não deve ser traduzido como aspereza, pelo fato da sensação auditiva de aspereza ser de natureza diferente da sensação auditiva de roughness. As interfaces desenvolvidas para a avaliação dos ruídos de aeronaves mediante o diferencial semântico e a comparação pareada consideraram aspectos importantes, como a adaptação fisiológica aos estímulos sonoros e a adaptação psicológica à situação de vôo, funções inéditas em interfaces para avaliação de estímulos sonoros. Demonstrou-se que a adaptação, principalmente a adaptação fisiológica ao volume do som, desempenha um papel importante nas avaliações dos estímulos sonoros e pode levar a diferenças estatisticamente significativas. Foi realizado também um estudo sobre a diferença no limite do observável quanto à proeminência de tons de baixa freqüência e demonstrou-se que ela diminui com o aumento da amplitude do tom em relação ao noise-floor. Por meio do diferencial semântico desenvolvido mediu-se o conforto acústico devido a diferentes ruídos do interior de aeronaves em ensaios subjetivos em um mock-up. Além disso, foi avaliada a preferência por meio de comparações pareadas, cujos dados foram representados em uma escala linear por meio de modelagem probabilística. O grau de conforto, representado pelo escore do fator de segunda ordem ``conforto'', e a preferência em escala linear, foram modelados a partir de variáveis que descrevem as sensações auditivas de agudeza, intensidade de flutuação e tonalidade. Demonstrou-se que a estrutura temporal dos ruídos no interior de aeronaves comerciais como motores turbo-fan, bem como a composição do espectro, desempenham um papel fundamental na avaliação subjetiva, e que o volume percebido (loudness) é de importância secundária quando da realização de adaptação fisiológica. Na determinação das variáveis (modelos psicoacústicos), evidenciou-se que uma avaliação da adequação teórica e das implementações dos modelos nos software comerciais faz-se necessária, antes da determinação dos parâmetros psicoacústicos para o fenômeno acústico sob investigação.
10

Qualidade sonora através da modelagem numérica e ensaios experimentais no Centro de Convenções "Centro Sul" de Florianópolis-SC

Custódio, Marcelo Felipe January 2004 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica. / Made available in DSpace on 2012-10-22T04:12:49Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Para se investigar a qualidade sonora de um ambiente de grandes dimensões, com reverberação e contaminado por ruído de fundo, necessita-se de um sistema de medição de resposta impulsiva com alta resolução, exatidão e confiável, que alcance alto valor de relação sinal ruído e que seja imune às distorções harmônicas e resistente a variâncias no tempo. Os métodos que utilizam o sinal de excitação seqüência de comprimento máximo e o de varreduras logarítmicas de seno são os que mais se aproximam destas características nos dias atuais. A importância da medição de uma resposta impulsiva é que os principais atributos objetivos que representam as impressões subjetivas de qualidade acústica de um ambiente podem ser derivados desta. Simular numericamente a acústica de um ambiente, através dos métodos disponíveis atualmente, da acústica geométrica, estatística e ondulatória, de maneira a representar o comportamento real de um espaço com as características descritas acima, ainda é um desafio dos pesquisadores. O foco das atenções é poder simular fontes sonoras, receptores e os fenômenos de propagação, absorção, reflexão especular e difusa (espalhamento) com a aplicação do potencial que cada método apresenta. Esse tem sido o caminho adotado para poder desenvolver um algoritmo numérico (software) que simule, numericamente, todo o comportamento acústico dentro de uma sala. Neste trabalho efetuou-se a medição da resposta impulsiva por meio de um sistema de medição baseado em seqüências de máximo comprimento do espaço multiuso (salão A) do Centro de Convenções de Florianópolis para alguns pontos, utilizando-se uma fonte sonora direcional (utilizada nos sistemas amplificados) em algumas combinações de pontos de geração (fonte sonora) e recepção (ouvinte) freqüentemente aplicadas na prática. Em seguida, foram derivados os valores dos principais parâmetros objetivos de qualidade, procurando-se caracterizar a acústica do espaço. Finalmente, aplicou-se o software comercial Raynoise Rev 3.1, baseado na acústica geométrica, para simular numericamente o comportamento acústico nestas combinações de fontes e receptores, comparando os resultados obtidos com os resultados da medição. Os resultados obtidos na medição foram a composição dos resultados da sala com o ruído ambiente devido tráfego de veículos na avenida ao lado do Centro de Convenções. Em geral a sala mostrou-se com baixa qualidade sonora em termos de reverberação para todas as bandas de freqüência de oitava e com pouca Claridade e Definição nas baixas freqüências e com boa Inteligibilidade para a fala nas freqüências de 2 e 4 kHz. Os resultados da medição aproximaram-se, com boa concordância aos resultados da simulação nas freqüências acima de 500 Hz para os parâmetros de energia Claridade, Definição e Centro de Gravidade, o mesmo não acontecendo para os parâmetros de Tempo de Reverberação de Tempo de Decaimento Inicial.

Page generated in 0.1062 seconds