• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 37
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 37
  • 37
  • 11
  • 9
  • 8
  • 8
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Densidade mineral óssea de adolescentes do sexo feminino e suas relaçoes com biomarcadores ósseos

Fortes, Cristina Maria Teixeira [UNESP] 08 August 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:39Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-08-08Bitstream added on 2014-06-13T20:26:36Z : No. of bitstreams: 1 fortes_cmt_dr_botfm.pdf: 449970 bytes, checksum: cf9a515e701de84fc74bf709ced669d9 (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / A osteoporose é uma doença que desperta grande interesse dos órgãos de saúde pública devido ao aumento de fraturas por fragilidade dela decorrentes e aos gastos envolvidos em sua reparação. Apresenta prevalência superior a 30% nas mulheres a partir dos 50 anos de idade. Alguns autores relatam que a evidência da osteoporose é resultante do não alcance de um adequado pico de massa óssea obtido nos últimos anos da adolescência. Avaliar a densidade mineral óssea (DMO) de adolescentes do sexo feminino, observando seus valores para cada uma das faixas etárias (FE), idade óssea (IO), estágio de desenvolvimento mamário (M) relacionando-os aos níveis séricos de osteocalcina (OC), fosfatase alcalina óssea (FAO) e telopeptideo carboxiterminal (s-CTX). Estudo transversal prospectivo realizado com 72 adolescentes saudáveis, do sexo feminino, na faixa etária de 9 a 20 anos incompletos e residentes no município de Botucatu-SP. As variáveis estudadas foram: peso, estatura, índice de massa corpórea (IMC), M, IO, ingestão de cálcio, DMO e níveis séricos dos marcadores bioquímicos de remodelação óssea (OC, FAO e s-CTX), coletados no período entre 08h00min e 10h00min, após 12h de jejum. A massa óssea foi mensurada através da DMO, pelo método de Densitometria Óssea por Atenuação de Raios X de Dupla Energia (DXA), realizado em regiões da coluna lombar (L1-L4), fêmur proximal e corpo total. As diferenças estatísticas foram avaliadas utilizando teste ANOVA e Bonferroni com valor de p < 0,05. Para a correlação entre as variáveis DMO, OC, FAO, s-CTX, IC (idade cronológica), IO e IMC foi utilizados o teste de correlação linear de Spearman. A DMO demonstrou incrementos em todas as regiões estudadas coluna lombar, fêmur proximal e corpo total com o avançar da idade cronológica, sendo as médias respectivamente... / Osteoporosis is an illness that raises great interest of the public health offices due to the increase in fractures due to fragility and the expenses involved in its healing. There is a prevalence of more than 30% in women from 50 years old on. Some authors report that osteoporosis evidence is a result of lacking the adequate peak of bone mass obtained in the late adolescence years. To evaluate bone mineral density (BMD) of female adolescents, observing its values for each one of the age groups (AG), bone age (BA), breast development stage (M) relating them to serum Osteocalcin (OC), Bone Alkaline Phosphatase (BAP) and e Carboxi-terminal Telopeptide (s-CTX). A prospective transversal Study performed in 72 female healthy adolescents, group age from 9 to 20 years and dwelling in Botucatu-SP. Studied variables were: weight, height, body mass index, (BMI), M, IO, calcium intake, DMO and serum levels of biochemical markers of bone remodeling (OC, FAO e s-CTX), collected during the morning between 8 a.m. to 10 a.m. after 12h of fast. Body mass was measured using DMO by Bone Densitometry method by dual energy X-ray absorptiometry (DXA), performed in regions of lumbar spine (L1-L4), proximal femur and total body. Statistical differences were evaluated using ANOVA and Bonferroni tests with values of < 0, 05. For the correlation between variables DMO, OC, FAO, s-CTX, IC, IO and IMC Spearman linear correlation test were used. DMO showed increases in all studied regions; lumbar spine, proximal femur and total body as chronological age advanced and the averages respectively observed in FE1: 0,631, 0,692, 0,798 g/cm 2; in FE2: 0,698, 0,763, 0,840 g/cm 2; in FE3: 0,865, 0,889, 0,972 g/cm 2; in FE4: 0,902,0,922,1,013 g/cm 2 and for FE5: 0,944, 0,929, 1,35 g/cm 2, indicating significant differences from 13 to 14 years of age (FE3) and... (Complete abstract click electronic access below)
2

Densidade mineral óssea de adolescentes do sexo feminino e suas relaçoes com biomarcadores ósseos /

Fortes, Cristina Maria Teixeira. January 2012 (has links)
Orientador: Tamara Beres Lederer Goldberg / Coorientador: Cilmery Suemi Kurokawa / Banca: Francisco J. A. de Paula / Banca: Andréa A. C. Rodrigues / Banca: Glaucia M. F. da Siva / Banca: Eiana Ap. Nahás / Resumo: A osteoporose é uma doença que desperta grande interesse dos órgãos de saúde pública devido ao aumento de fraturas por fragilidade dela decorrentes e aos gastos envolvidos em sua reparação. Apresenta prevalência superior a 30% nas mulheres a partir dos 50 anos de idade. Alguns autores relatam que a evidência da osteoporose é resultante do não alcance de um adequado pico de massa óssea obtido nos últimos anos da adolescência. Avaliar a densidade mineral óssea (DMO) de adolescentes do sexo feminino, observando seus valores para cada uma das faixas etárias (FE), idade óssea (IO), estágio de desenvolvimento mamário (M) relacionando-os aos níveis séricos de osteocalcina (OC), fosfatase alcalina óssea (FAO) e telopeptideo carboxiterminal (s-CTX). Estudo transversal prospectivo realizado com 72 adolescentes saudáveis, do sexo feminino, na faixa etária de 9 a 20 anos incompletos e residentes no município de Botucatu-SP. As variáveis estudadas foram: peso, estatura, índice de massa corpórea (IMC), M, IO, ingestão de cálcio, DMO e níveis séricos dos marcadores bioquímicos de remodelação óssea (OC, FAO e s-CTX), coletados no período entre 08h00min e 10h00min, após 12h de jejum. A massa óssea foi mensurada através da DMO, pelo método de Densitometria Óssea por Atenuação de Raios X de Dupla Energia (DXA), realizado em regiões da coluna lombar (L1-L4), fêmur proximal e corpo total. As diferenças estatísticas foram avaliadas utilizando teste ANOVA e Bonferroni com valor de p < 0,05. Para a correlação entre as variáveis DMO, OC, FAO, s-CTX, IC (idade cronológica), IO e IMC foi utilizados o teste de correlação linear de Spearman. A DMO demonstrou incrementos em todas as regiões estudadas coluna lombar, fêmur proximal e corpo total com o avançar da idade cronológica, sendo as médias respectivamente... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Osteoporosis is an illness that raises great interest of the public health offices due to the increase in fractures due to fragility and the expenses involved in its healing. There is a prevalence of more than 30% in women from 50 years old on. Some authors report that osteoporosis evidence is a result of lacking the adequate peak of bone mass obtained in the late adolescence years. To evaluate bone mineral density (BMD) of female adolescents, observing its values for each one of the age groups (AG), bone age (BA), breast development stage (M) relating them to serum Osteocalcin (OC), Bone Alkaline Phosphatase (BAP) and e Carboxi-terminal Telopeptide (s-CTX). A prospective transversal Study performed in 72 female healthy adolescents, group age from 9 to 20 years and dwelling in Botucatu-SP. Studied variables were: weight, height, body mass index, (BMI), M, IO, calcium intake, DMO and serum levels of biochemical markers of bone remodeling (OC, FAO e s-CTX), collected during the morning between 8 a.m. to 10 a.m. after 12h of fast. Body mass was measured using DMO by Bone Densitometry method by dual energy X-ray absorptiometry (DXA), performed in regions of lumbar spine (L1-L4), proximal femur and total body. Statistical differences were evaluated using ANOVA and Bonferroni tests with values of < 0, 05. For the correlation between variables DMO, OC, FAO, s-CTX, IC, IO and IMC Spearman linear correlation test were used. DMO showed increases in all studied regions; lumbar spine, proximal femur and total body as chronological age advanced and the averages respectively observed in FE1: 0,631, 0,692, 0,798 g/cm 2; in FE2: 0,698, 0,763, 0,840 g/cm 2; in FE3: 0,865, 0,889, 0,972 g/cm 2; in FE4: 0,902,0,922,1,013 g/cm 2 and for FE5: 0,944, 0,929, 1,35 g/cm 2, indicating significant differences from 13 to 14 years of age (FE3) and... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
3

Fatores de risco para condiloma do colo uterino em adolescentes

Derchain, Sophie Françoise Mauricette, 1959- 26 August 1992 (has links)
Orientadores: Jesse de Paula Neves Jorge , João Luiz Carvalho Pinto e Silva / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-16T00:55:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Derchain_SophieFrancoiseMauricette_M.pdf: 1436986 bytes, checksum: 051956e3b7aa309359f09b0812932ea9 (MD5) Previous issue date: 1992 / Resumo: O câncer do colo uterino é a neoplasia ginecológica de maior prevalência no Brasil. Os fatores de risco mais frequentemente associados a doença são o início precoce da atividade sexual e a infecão por papiloma vírus humano na adolescência. Com o objetivo de estudar alguns fatores de risco para condiloma do colo uterino num grupo de adolescentes sexualmente ativas da região de Campinas, foram comparadas aquelas com e sem condiloma do colo em relação a algumas variáveis sociodemográficas, tocoginecológicas e do comportamento sexual¿Observação: O resumo, na íntegra poderá ser visualizado no texto completo da tese digital. / Abstract: Cervical cancer is the gynecological neopIasia of greatest prevalence in Brazil. Risk factors most commonly associated with it are early start of sexual activity and infection by the papilloma virus in the adolescence. With the objective of studying risk factors for cervical condyloma in sexually active adolescents in the region of Campinas, adolescents with and without the disease were compared with respect to socio-demographical-gynecological/obstetrical and sexual-behavioral variables...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations. / Mestrado / Mestre em Medicina
4

Corpos e saberes em movimento: as jovens dançarinas de funk da Barra do Ceará / Bodies and knowledges in movement: the young funk dancers of Barra do Ceará

SOUSA, Francisca Lidiane Araújo de January 2014 (has links)
SOUSA, Francisca Lidiane Araújo de. Corpos e saberes em movimento: as jovens dançarinas de funk da Barra do Ceará. 2014. 133f – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2014. / Submitted by Márcia Araújo (marcia_m_bezerra@yahoo.com.br) on 2014-09-02T12:08:24Z No. of bitstreams: 1 2014_dis_flasousa.pdf: 2313713 bytes, checksum: 3f3a6ca515795f596122e2f89057e683 (MD5) / Approved for entry into archive by Márcia Araújo(marcia_m_bezerra@yahoo.com.br) on 2014-09-02T13:02:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dis_flasousa.pdf: 2313713 bytes, checksum: 3f3a6ca515795f596122e2f89057e683 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-09-02T13:02:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dis_flasousa.pdf: 2313713 bytes, checksum: 3f3a6ca515795f596122e2f89057e683 (MD5) Previous issue date: 2014 / This work aims to understand how young dancers of a funk music group experience their body, gender and sexuality and how their knowledge is built in this process through the social practices experienced by this group. The investigative process was based on qualitative research and ethnography as a way of being close to the researched reality. Observation, field note writing, interviews and group discussion sections were important tools to understand the young dancers’ speech, perceptions and their comprehension of their own actions. I perceived, by investigating their lives, that the way the young dancers experience their body, gender and sexuality is intimately linked to funk music and the social context where they are inserted, including marks of gender, race and social class. Funk music influence the young dancers’ way of life and is determined in the way how they comprehend and produce their bodies and how they build their learning about sexuality. Gender relations and sexual-affective experiences lived by the young dancers, as well as funk, are permeated by paradoxical tensions, since although the young dancers subvert hegemonic gender standards and ways of experiencing the sexuality, they present a speech endorsed by social gender standards. The young dancers show liberal sexual morality, since they experience sexual-affective practices that are considered deviant by our society such as early sexual initiation, the intensification of affective exchanges and parallel sexual practices. The funk music group is also an option for leisure time, sociability and future perspective, in view of the few possibilities that they have. They build and share knowledge about the body and sexuality through the sociability. / Este trabalho tem como objetivo compreender como as jovens dançarinas de um grupo de funk vivenciam suas experiências com o corpo, com o gênero e com a sexualidade e como neste processo as aprendizagens são construídas mediante as práticas sociais vivenciadas por este grupo. O percurso trilhado durante o processo investigativo teve como base os preceitos da pesquisa qualitativa e a etnografia como o método de aproximação da realidade pesquisada. Nesta trajetória, a observação, o registro no diário de campo, as entrevistas e o grupo de discussão foram importantes para apreender as falas, as percepções e a compreensão das jovens sobre suas ações. Ao investigar a vida das jovens funkeiras, percebi que os modos como estas vivenciam suas experiências com o corpo, com o gênero e com a sexualidade estão intimamente relacionadas com o funk e com o contexto social onde se encontram inseridas, incluindo aqui as marcas de gênero, de raça e de classe social. O funk influencia os estilos de vida das jovens, sendo determinante na forma como compreendem e produzem os seus corpos e também na construção de aprendizagens sobre a sexualidade. As relações de gênero e as experiências afetivo-sexuais vivenciadas pelas jovens, assim como o próprio funk, são permeados por tensões paradoxais, uma vez que apesar de subverterem normas hegemônicas de gênero e de modos de viver a sexualidade, apresentam um discurso respaldado por padrões sociais de gênero. As jovens apresentam uma moralidade sexual liberal quando vivenciam uma diversidade de experiências e de práticas afetivo-sexuais consideradas desviantes pela sociedade como a iniciação precoce, a intensificação de trocas afetivas e práticas sexuais paralelas. O grupo de funk também se apresenta para estas jovens como uma opção de lazer, de sociabilidade e de perspectivas para o futuro, dadas as poucas possibilidades de que dispõem. É na sociabilidade do grupo que elas constroem e compartilham saberes sobre o corpo e a sexualidade.
5

Sequência didática para o ensino do conteúdo ciclo menstrual: uma experiência com alunos do 6º ano do ensino fundamental

Franzão, Jeanine Albieri Kiszka 02 October 2013 (has links)
Acompanha: Sequência didática para o ensino do ciclo menstrual. / Este estudo teve como objetivo propor uma sequência didática para o ensino do ciclo menstrual 6º ano do ensino fundamental. Para isso, a pesquisa embasou-se nos documentos norteadores da educação no ensino fundamental Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) e Temas Transversais. Buscou-se também subsídios teóricos acerca dos conceitos relacionados ao ciclo menstrual (FOX, 2007; MOORE, DALLEY, 2001; BERENSTEIN, 2001; COUTINHO, 1996). Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de natureza interpretativa. O trabalho se desenvolveu em uma escola da rede estadual de ensino da cidade de Ponta Grossa/PR, junto a vinte e cinco alunos do 6º ano do ensino fundamental. A coleta de dados se deu por meio de registros fotográficos, gravações em áudio, protocolo de observação participante e registros das atividades desenvolvidas. Os dados foram obtidos por meio da seguinte sequência didática composta pela apresentação da situação; produção inicial, que ocorreu por meio de um questionário, a fim de levantar os conceitos prévios dos alunos sobre o tema; seis módulos que abordam sobre os diversos aspectos do ciclo menstrual; e a produção final realizada com aplicação de um jogo. Os resultados apontaram que as atividades desenvolvidas durante a aplicação dos módulos da sequência didática contribuíram para a reestruturação dos conceitos prévios dos alunos sobre o assunto, bem como na aquisição de novos conceitos sobre ciclo menstrual, além de fornecer um espaço único de discussões acerca da sexualidade, oportunizando momentos de discussão, troca de experiências e ideias. A fim de compartilhar as atividades desenvolvidas por meio desse trabalho, foi elaborado, como produto final, um caderno pedagógico contendo a fundamentação teórica sobre o ciclo menstrual e sequências didáticas, assim como as atividades propostas e sugestões de material para diversificação das aulas. / The aim of this study is to propose an instructional sequence for teaching the menstrual cycle. For this, the research was based on the guiding documents to education in elementary school National Curriculum Parameters (PCN) and Cross Cutting Themes. It also sought theoretical support about the concepts related to the menstrual cycle (FOX, 2007; Moore, Dalley, 2001; BERENSTEIN, 2001; Coutinho, 1996). This is a qualitative, interpretive nature. The work was developed in a state school education in the city of Ponta Grossa / Pr, with twenty-five students in the 6th grade of elementary school. Data collection occurred through photographic records, audio recordings, protocol of observation participant, records of activities. By applying the instructional sequence data were obtained (through a questionnaire in order to raise the students' preconceptions about the subject, about six modules that address various aspects of the menstrual cycle, and the final production, performed with application of a game). The results indicate that the activities developed during the implementation of the instructional sequence modules contributed to the restructuring of students' preconceptions about the subject as well as the acquisition of new concepts about the menstrual cycle, and provide a unique space for discussions about sexuality , providing opportunities for moments of discussion, exchange of experiences and ideas. In order to share the activities developed through this work, was prepared as a final product, a notebook containing the theoretical teaching of the menstrual cycle and didactic sequences, as well as the proposed activities and suggestions for material for diversification of classes.
6

Sequência didática para o ensino do conteúdo ciclo menstrual: uma experiência com alunos do 6º ano do ensino fundamental

Franzão, Jeanine Albieri Kiszka 02 October 2013 (has links)
Acompanha: Sequência didática para o ensino do ciclo menstrual. / Este estudo teve como objetivo propor uma sequência didática para o ensino do ciclo menstrual 6º ano do ensino fundamental. Para isso, a pesquisa embasou-se nos documentos norteadores da educação no ensino fundamental Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) e Temas Transversais. Buscou-se também subsídios teóricos acerca dos conceitos relacionados ao ciclo menstrual (FOX, 2007; MOORE, DALLEY, 2001; BERENSTEIN, 2001; COUTINHO, 1996). Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de natureza interpretativa. O trabalho se desenvolveu em uma escola da rede estadual de ensino da cidade de Ponta Grossa/PR, junto a vinte e cinco alunos do 6º ano do ensino fundamental. A coleta de dados se deu por meio de registros fotográficos, gravações em áudio, protocolo de observação participante e registros das atividades desenvolvidas. Os dados foram obtidos por meio da seguinte sequência didática composta pela apresentação da situação; produção inicial, que ocorreu por meio de um questionário, a fim de levantar os conceitos prévios dos alunos sobre o tema; seis módulos que abordam sobre os diversos aspectos do ciclo menstrual; e a produção final realizada com aplicação de um jogo. Os resultados apontaram que as atividades desenvolvidas durante a aplicação dos módulos da sequência didática contribuíram para a reestruturação dos conceitos prévios dos alunos sobre o assunto, bem como na aquisição de novos conceitos sobre ciclo menstrual, além de fornecer um espaço único de discussões acerca da sexualidade, oportunizando momentos de discussão, troca de experiências e ideias. A fim de compartilhar as atividades desenvolvidas por meio desse trabalho, foi elaborado, como produto final, um caderno pedagógico contendo a fundamentação teórica sobre o ciclo menstrual e sequências didáticas, assim como as atividades propostas e sugestões de material para diversificação das aulas. / The aim of this study is to propose an instructional sequence for teaching the menstrual cycle. For this, the research was based on the guiding documents to education in elementary school National Curriculum Parameters (PCN) and Cross Cutting Themes. It also sought theoretical support about the concepts related to the menstrual cycle (FOX, 2007; Moore, Dalley, 2001; BERENSTEIN, 2001; Coutinho, 1996). This is a qualitative, interpretive nature. The work was developed in a state school education in the city of Ponta Grossa / Pr, with twenty-five students in the 6th grade of elementary school. Data collection occurred through photographic records, audio recordings, protocol of observation participant, records of activities. By applying the instructional sequence data were obtained (through a questionnaire in order to raise the students' preconceptions about the subject, about six modules that address various aspects of the menstrual cycle, and the final production, performed with application of a game). The results indicate that the activities developed during the implementation of the instructional sequence modules contributed to the restructuring of students' preconceptions about the subject as well as the acquisition of new concepts about the menstrual cycle, and provide a unique space for discussions about sexuality , providing opportunities for moments of discussion, exchange of experiences and ideas. In order to share the activities developed through this work, was prepared as a final product, a notebook containing the theoretical teaching of the menstrual cycle and didactic sequences, as well as the proposed activities and suggestions for material for diversification of classes.
7

Violência escolar e a expectativa de comportamento feminino : percepções de professores/as e diretores/as presentes nos registros de cadernos de ocorrência /

Herminio, Ana Beatriz. January 2014 (has links)
Orientador: Joyce Mary Adam de Paula e Silva / Banca: Claudia Pereira Vianna / Banca: Debora Cristina Fonseca / Resumo: É certo que a violência presente nas instituições de ensino tem sido motivo de preocupação e discussões por parte dos atores da escola e pesquisadores em educação. O caderno de ocorrências se torna um material rico para se entender o cotidiano da escola, suas relações interpessoais e como corpo docente e Direção o utilizam a fim de tentar garantir a disciplina e harmonia nesse ambiente. Nesse contexto, a questão do gênero tem aparecido com bastante força no cotidiano escolar seja pela questão curricular que mantém padrões sociais diferenciando meninos de meninas seja nas expectativas de papeis e dos modos como a instituição escolar espera que eles se portem. Sendo assim, esta pesquisa tem por objetivo compreender a violência escolar com meninas como protagonistas a partir dos registros em cadernos de ocorrência e da expectativa de comportamento feminino por parte dos professores que mais registram nesses livros. Esta pesquisa se utiliza da abordagem qualitativa, com cunho na pesquisa documental, análise de conteúdo e teve como instrumento as entrevistas. Ela se deu em duas escolas públicas de ensino fundamental ciclo II de uma cidade do interior paulista e utilizou 22 cadernos de ocorrência nos anos de 2011 e 2012, porém, manteve o foco em registros de violência física e psicológica, com meninas como protagonistas, entre o 7º e 9º ano. Foram entrevistadas 14 pessoas, sendo 4 professoras e 3 integrantes da Direção da Escola 1 e 3 professoras, 1 professor e 3 integrantes da Direção da Escola 2 / Abstract: The truth is that the violence, in educational institutions, has been one of the biggest concerns and has produced a lot of discussion through the school's actors and education researchers. The "occurrence book", becomes a rich material to understand the school routine, its interpersonal relationships and how the teachers and the Board use it to try to ensure discipline and harmony on this environment. In this context, the issue of gender has tightly appeared on school routine either by curricular programme, (that keeps the social standard differences between boys and girls), or by the expectations and the way that teaching institutions expect them to behave. Thus, this research aims to understand school violence with girls as protagonists, according to the reports on occurrences books and the expectation of female behavior by teachers who most register on these books. This research uses:qualitative approach (with stamp in the documentary research), content analysis and took the interviews as an instrument. This, was realized within two public elementary schools cycle II (1and 2) from a city in the countryside of São Paulo and used 22 occurrence books during 2011 and 2012, but kept focus in physical and psychological violence records with girls as protagonists between the 7th and 9th grade. 14 people were interviewed, 4 teachers and 3 members of School Board 1 and 4 teachers and 3 members of School Board 2 / Mestre
8

Violência escolar e a expectativa de comportamento feminino: percepções de professores/as e diretores/as presentes nos registros de cadernos de ocorrência

Herminio, Ana Beatriz [UNESP] 01 September 2014 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-04-09T12:28:18Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-09-01Bitstream added on 2015-04-09T12:47:43Z : No. of bitstreams: 1 000807637.pdf: 562740 bytes, checksum: c3c66cff091023fded60df436b083614 (MD5) / É certo que a violência presente nas instituições de ensino tem sido motivo de preocupação e discussões por parte dos atores da escola e pesquisadores em educação. O caderno de ocorrências se torna um material rico para se entender o cotidiano da escola, suas relações interpessoais e como corpo docente e Direção o utilizam a fim de tentar garantir a disciplina e harmonia nesse ambiente. Nesse contexto, a questão do gênero tem aparecido com bastante força no cotidiano escolar seja pela questão curricular que mantém padrões sociais diferenciando meninos de meninas seja nas expectativas de papeis e dos modos como a instituição escolar espera que eles se portem. Sendo assim, esta pesquisa tem por objetivo compreender a violência escolar com meninas como protagonistas a partir dos registros em cadernos de ocorrência e da expectativa de comportamento feminino por parte dos professores que mais registram nesses livros. Esta pesquisa se utiliza da abordagem qualitativa, com cunho na pesquisa documental, análise de conteúdo e teve como instrumento as entrevistas. Ela se deu em duas escolas públicas de ensino fundamental ciclo II de uma cidade do interior paulista e utilizou 22 cadernos de ocorrência nos anos de 2011 e 2012, porém, manteve o foco em registros de violência física e psicológica, com meninas como protagonistas, entre o 7º e 9º ano. Foram entrevistadas 14 pessoas, sendo 4 professoras e 3 integrantes da Direção da Escola 1 e 3 professoras, 1 professor e 3 integrantes da Direção da Escola 2 / The truth is that the violence, in educational institutions, has been one of the biggest concerns and has produced a lot of discussion through the school's actors and education researchers. The ”occurrence book”, becomes a rich material to understand the school routine, its interpersonal relationships and how the teachers and the Board use it to try to ensure discipline and harmony on this environment. In this context, the issue of gender has tightly appeared on school routine either by curricular programme, (that keeps the social standard differences between boys and girls), or by the expectations and the way that teaching institutions expect them to behave. Thus, this research aims to understand school violence with girls as protagonists, according to the reports on occurrences books and the expectation of female behavior by teachers who most register on these books. This research uses:qualitative approach (with stamp in the documentary research), content analysis and took the interviews as an instrument. This, was realized within two public elementary schools cycle II (1and 2) from a city in the countryside of São Paulo and used 22 occurrence books during 2011 and 2012, but kept focus in physical and psychological violence records with girls as protagonists between the 7th and 9th grade. 14 people were interviewed, 4 teachers and 3 members of School Board 1 and 4 teachers and 3 members of School Board 2
9

Mortalidade materna de adolescentes negras

Silva, Wagner Machado da January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-graduação em Saúde Pública / Made available in DSpace on 2012-10-22T11:56:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 245073.pdf: 463472 bytes, checksum: 0bfd39c7338e1e242e9fc0d3eb44c5ac (MD5) / O presente estudo analisou a mortalidade materna por causa entre adolescentes negras, adotando como população as mulheres cujos óbitos foram investigados pelo Comitê de Mortalidade Materna do Estado de Santa Catarina, no período compreendido entre os anos de 2002 e 2003; também foi realizada a verificação do registro da cor ou etnia dos afro-descendentes entre os caracteres epidemiológicos informados no Sistema de Registro de Nascidos Vivos (SINASC) e no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde. Na consulta das declarações de óbitos (DO) e dos registros do Comitê de Mortalidade Materna, relativas aos anos de 2002 e 2003, foram registradas 93 óbitos como Mortes Maternas, 10 destas eram mulheres com idades entre 10 a 19 anos. Das DO de mulheres com idades entre 10 a 19 anos, cuja cor estava registrada (9), verificou-se que três (3) foram registradas como negras, seis (6) como branca e uma adolescente sem a notificação da cor/raça. A magnitude da mortalidade materna em adolescentes negras foi excessivamente alta quando comparada com a tabela classificatória de Laurenti (1995) e o que é preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como valores aceitáveis. Além disso, embora não tenha sido adotado teste estatístico, o coeficiente de mortalidade materna de adolescentes pretas é muito maior que o coeficiente de mortalidade materna de adolescentes brancas, os achados revelam magnitude muito alta e sugerem riscos diferentes, ou seja, maior probabilidade da adolescente negra ter morte materna por cada 100.000 nascidos vivos de mãe adolescentes negras em relação às mortes maternas de adolescentes brancas. Esta mesma relação, aplicada à população de adolescentes Os dados não puderam ser coletados diretamente do banco de dados do SIM/SINASC pois o registro da cor ou etnia dos afrodescendente Não foi possível obter estes dados sobre a variável cor deste sistema para os grupos raciais nem pelo TabNet nem pelo TabWin, que são os aplicativos do Departamento de Processamento e Disseminação de Dados da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde (DATASUS) comumente empregados para a consulta das bases. Assim sendo a coleta de dados foi complementada nos bancos de dados do IBGE e da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. A mortalidade materna representa um indicador do status da mulher (OMS) e quando calculado o coeficiente específico para a mulher negra representa mais um recorte da realidade social, mas os Sistemas de Estatísticas Vitais do governo, como o SIM e o SINASC, não o registram e desta forma contribuem para a invisibilidade do negro na sociedade. Ressalte-se ainda que, a perspectiva de direito de igualdade, definida na Constituição, não é observada na prática, pois, o governo não garante que a variável "cor da pele" seja registrada nos sistemas oficiais de informação como as DOS, o SIM e o SINASC. Assim sendo, o processo saúde/doença entre pessoas afro-descendentes ainda não é conhecido em sua real magnitude e assim as ações são planejadas com base em projeções que nem sempre revelam a realidade. The present study analyzed maternal mortality for cause between black adolescents, adopting as it sample the deaths investigated for the Committee of Maternal Mortality of the Santa Catarina State, in the understood period it enters the years of 2002 and 2003; also the verification of the register of the color or ethnical of the afro-descendants between the characters was carried through epidemiologists informed in the Register of Live Birth System (SINASC) and on Mortality Information System (SIM) of the Health Ministry Department. In the consultation of the deaths declarations and the registers of the Committee of Maternal Mortality, relative to the years of 2002 and 2003, they had been registered 93 deaths as Maternal Deaths, 10 of these were women with ages between 10 - 19 years. Of the ones deaths declarations the ones of women with ages between 10 the 19 years, whose color was registered (9), six (6) as white and adolescent without the notification of the color verified itself that three (3) had been registered as black,/race. The magnitude of mortality materna in black adolescents excessively high when was compared with the classification table of Laurenti (1995) and what it is praised by the World Health Organization (WHO) as acceptable values. Moreover, he has even so not been adopted statistical test, the maternal mortality coefficient of black adolescents is very bigger who the maternal mortality coefficient of white adolescents, the findings discloses magnitude high and suggests risks very different, that is, greater probability of the black adolescent to have death materna for each 100,000 been born alive black adolescent from black mothers adolescents in relation to the maternal deaths of white adolescents. The data on the variable color could not directly have been collected of the data base of the SIM/SINASC therefore the register of the color or ethnical of afrodescendente is not enclosed was not possible to get these data on the variable color of this system for the racial groups or for the TabNet or for the TabWin, that are applicator of the Department of Processing and the Dissemination of Data of the Executive Secretariat of the Health Ministry (DATASUS) usually employed for the consultation of the bases. Thus being the collection of data it was complemented in the data bases of the IBGE and the State secretary of the Health of Santa Catarina. Thus being the collection of data it was complemented in the data bases of the IBGE and the Health State Secretary of Santa Catarina. Maternal mortality represents a pointer on the status of the woman and when calculated the specific coefficient for the black woman it represents plus a clipping of the social reality, but the Vital Statisticians Systems of the government, as SIM and the SINASC, do not register it and in this form they contribute for the invisibility of the black in the society. It is still stand out that, the perspective of right of equality, defined in the Constitution, is not observed in the practical one, therefore, the government does not guarantee that the variable "color of the skin" is registered in the official information systems as death certificate, SIM and the SINASC. Thus being, the process health/illness between afro-descendants people is still not known in its real magnitude and thus the actions are planned on the basis of projections that nor always disclose the reality.
10

Transtornos alimentares na visão de meninas adolescentes de Florianópolis

Nunes, Arlene Leite January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Nutrição. / Made available in DSpace on 2012-10-22T21:29:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 241118.pdf: 5699123 bytes, checksum: eeb16f04f01625961eccbee40070f5e0 (MD5)

Page generated in 0.1205 seconds