• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 122
  • 14
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 139
  • 68
  • 60
  • 37
  • 34
  • 34
  • 34
  • 32
  • 29
  • 25
  • 23
  • 21
  • 21
  • 21
  • 19
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Festa e política: o festivo na gênese da esquerda brasileira (1889 - 1930)

Rodolfo Alexandre Cascão Inácio 29 September 1995 (has links)
Este trabalho e um reestudo do movimento anarquista brasileiro do inicio do seculo e o seu contraponto corn outros ativismos libertarios - Contestado, Cangaço, Socialistas, Cornunistas e Modemistas - do periodo encerrado na Primeira República, procurando investigar neles a dimensão festiva. Por meio de uma pesquisa historica analiso as conexaes entre festa e politica na gênese da esqueda republicanas e os respectivos nexos e disjunções com a cultura popular brasileira. A dissertação - ligada ao campo da antropologia politica - aponta para uma revisso dessa relaciona as praticas atuais da esquerda modema, especialmente aquela vinculada a uma tradição marxista-leninista
2

Movimientos Populares (Siglos XIX-XX): Política libertaria y movimiento anarquista en Santiago, 1917-1927

Bastías Carvacho, Ignacio Gabriel 2007 (has links)
Este trabajo busca asumir el estudio del anarquismo santiaguino en tanto movimiento político, entre el año de 1917, cuando se vive un resurgir del movimiento ácrata reflejado en la multiplicación de organizaciones libertarias, especialmente desde el año 1919 con la fundación de la central sindical I.W.W. (Industrial Workers of the World, o Trabajadores Industriales del Mundo), y el año de 1927, fecha en que según diversos autores, este movimiento comienza su fase de decadencia.
3

Oreste Ristori : uma aventura anarquista

Carlo Romani 1998 (has links)
Resumo: Não informado Abstract: Not informed
4

A imagem rebelde : a trajetoria libertaria de Avelino Foscolo

Regina Horta Duarte 1988 (has links)
Resumo: Não informado Abstract: Not informed
5

Libertarios no teatro

Luiza Faccio 1991 (has links)
Resumo: Não informado Abstract: Not informed
6

Libertad sin Estado: En miras de una sociedad anarquista en la consecución de la libertad

Consales Núñez, Rocío 2008 (has links)
Es necesario, ante todo, poseer una base de nuestros pensamientos. Es indispensable que podamos saber los fundamentos que mueven nuestro actuar y decir, y, con ello, también es vital que analicemos y juzguemos lo que pensamos, que busquemos distintos matices, puntos y objeciones, que de verdad podamos tener una discusión franca y abierta sobre todo aquello que alguna vez hemos considerado esencial, dudar toda esta esencialidad, y negar todo lo que sabemos para poder volver a formularlo, con bases nuevas y sólidas, dejando atrás todo aquello que se ha ido derrumbando con nuestro paso. Eliminar creencias, ideas, y todo significado que alguna vez se encontró ambiguo en nuestra mente. Poder reformular cada cariz de nuestro conocimiento es esencial para poder poseer aunque sea solo una única y pequeña verdad, que pueda mantenernos en camino de la búsqueda de una creencia concreta que consideremos válida, sea ésta la búsqueda de nuestra propia realización o el conocimiento de nosotros mismos o cualquier otra búsqueda. Por eso la base para el planteamiento de este trabajo es una y muy simple: conseguir la restauración de significados, que aunque son básicos, siempre han sido fundamentales. Poder, por fin, delimitarlos y traerlos nuevamente a la luz, porque de tanto usarlos ya han perdido cualquier significación para nosotros o meramente los hemos deformado sin más.
7

Anarquismo em verso e prosa : literatura e propaganda na imprensa libertaria em São Paulo (1900-1916)

Claudia Feierabend Baeta Leal 1999 (has links)
No description available.
8

Movimiento populares, siglos XIX y XX. La diversidad anarquista: Santiago, 1990-2005.

Quiroga Venegas, Pamela 2005 (has links)
Informe de Seminario para optar al grado de Licenciado en Historia.
9

A presença rebelde na cidade sorriso : contribuição ao estudo do anarquismo em Curitiba, 1890-1920

Silza Maria Pazello Valente 1992 (has links)
Resumo: Este trabalho pretendeu rtesgatar a presença anarquista, em Curitibva, durante o período de 1890-1920. Centrou-se o mesmo em três evidências: a Colônia Cecília, uma experiência de cunho comunista anárquico, colocada em prática no Sul do Paraná, na região denominada Campos Gerais, os períodicos anarquistas, editados em Curitiba e as ações encetadas pelos trabalhadores curitibanos: fundação de Associações e realização de "meetings", boicotes e greves. A pesquisa realizada evidenciou que Curitiba, a exemplo de São Paulo, Santos e Rio de Janeiro, sofria, na época, uma grande influência anarquista e que a educação política do trabalhador curitibano e o desenvolvimento de sua consciência crítica muito deveram à presença do anarquismo, na Cidade Sorriso. Abstraact: Not informed.
10

Entre camaleões e cristalizados : os anarco-bolcheviques Rioplatenses, 1917-1930

Andreas L. Doeswijk 1998 (has links)
Resumo: A Revolução Russa causou grande impacto e gerou uma corrente de opinião favorável entre todos os revolucionários da região do Rio de La Plata, principalmente entre os anarquistas, mas também entre os sindicalistas e setores do Partido Socialista. Nos anos seguintes a 1917, gradualmente, foram se dividindo as águas, em um processo que se definiu em 1921. Continuaram aderidos à Revolução Russa um grupo de anarquistas que foram chamados de anarco-bolcheviques e que se posicionaram entre os anarquistas cristalizados e os sindicalistas camaleões. Esse grupo não só editava jornais como Bandera Roja, EI Comunista, EI Trabajo, EI Libertario e La Rebelión, mas foram protagonistas sociais durante o Triênio Vermelho que transcorreu entre janeiro de 1919 e dezembro de 1921. Lideraram movimentos como o do verão de 1919-20 e a Greve das Bombas; seus membros foram os principais ativistas na fundação da central anarco-sindicalista USA e os fundadores de uma federação de grupos de afinidade, a Aliança Libertária Argentina. Apesar do fracasso duplo desse movimento -tanto historicamente quanto em termos da permanência na memória coletiva- a sua história foi parte de uma experiência de luta social na região. Ainda que na aparência, seu legado não pareça muito relevante, eles lutaram para estabelecer uma sociedade nova a que -mediante uma ditadura transitória- instauraria o Reino da Liberdade. A sua recusa em integrar a estrutura do Partido Comunista, revela a força da tradição libertária. Sua história merece ser resgatada, tanto do esquecimento como da condescendência da posteridade. Abstract: The Russian Revolution provoked a great impact and a favorable influence among all revolutionaries by the region of Rio de La Plata, not only to the anarchists but even so to the syndicalists and sectors of the Socialist Party. The following years from 1917, this impact was gradually decreasing and a divisor between these members was consolidate in 1921. A group of anarchists call1ed. known as anarcho-bolsheviks still closely identified with the Russian Revolutionary process, set up between the crystallized anarchists and the syndcalists chamaleons. This group not only edited engaged newspaper as Bandera Roja, EI Comunista, EI Trabajo, EI Libertario and La Rebelión, but they were protagonists during the Red Triennium occured from January 1919 to December 1921. They led movements as the one of the summer of 1919/20 and Strike of the Bombs. Their members were the main activists in the central anarcho-syndicalist's foundation - USA (Unión Sindical Argentina), created a federation of anarchists groups named Alianza Libertaria Argentina - ALA. In spite of the double failure of this movement concerning to historical level and collective memory, its history was part of social fights experience over that region. Although by the appearance its legacy seems to be not important enough, it was a great effort and fight to set up a new society, that even so a transitory dictatorship, their intention was to establish the Kingdom of Freedom. Their refusal to integrate the Communist Party's structure reveals their power and resistance in name of their libertarian tradition. The memory of their fights deserves to be rescued from omission and oversight as well as the condescension of posterity.

Page generated in 0.0376 seconds