• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1078
  • 11
  • 3
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 1095
  • 1095
  • 238
  • 187
  • 167
  • 167
  • 152
  • 146
  • 124
  • 123
  • 122
  • 117
  • 111
  • 107
  • 106
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

O presente de Prometeu

Silva, Érica Quináglia January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social / Made available in DSpace on 2012-10-23T23:49:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 251260.pdf: 15056468 bytes, checksum: 9c08fd5aca796c733088e9ed847c55a4 (MD5) / A despeito e a partir da morte das imagens na antropologia, as imagens da morte possibilitam reflexão e problematização antropológicas. A morte permeia a vida simbólica, social e historicamente. E aponta para o fim como princípio. Ser não ser, eis a questão que esta Dissertação, ancorada nos filmes Flores e E a tristeza nem pode pensar em chegar..., (des)vela. O presente de Prometeu trata-se, destarte, de uma contribuição a uma antropologia da morte (e da vida). Despite of and from the death of the images in anthropology, the images of the death allow anthropologic reflection and investigation. Death crosses life symbolically, socially and historically. And points out to the end as the beginning. To be not to be, that is the question that this Dissertation, anchored by the films Flowers and And the sadness cannot even think of arriving#, (un)veils. The present of Prometheus is, thus, a contribution to an anthropology of death (and life).
22

Para uma etnografia da casa panteneira

Ayala, Caroline Himmelreich January 2005 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-graduação em Antropologia Social / Made available in DSpace on 2013-07-16T01:36:36Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Os colonenses são um povo pantaneiro que há quatro gerações interagem em um mesmo território regido pela variação sazoneira. Através da etnografia de três sítios e suas respectivas casas - representativos do universo doméstico da Colônia São Domingos - busco apreende rsuas relações socioespaciais no cotidiano. Por vicissitudes históricas e pela maleabilidade do território pantaneiro, a casa colonense vai sendo produzida e reproduzida nos diversos usos esignificados espaciais. Assim, pode-se dizer que o conceito cultural de casa opera na constituição, invenção e reprodução dos padrões morais, da reciprocidade e da identidade socioétnica - do ethos - que conforma o grupo local. Esta produção e reprodução no cotidiano é o próprio sistema colonense - o modo de vida - que se concretiza histórica e socialmente através das redes de relações de casas e entre casas. Deste modo, o estudo antropológico do espaço permite compreender que a concepção de mundo para o colonense está regulada em uma relação mútua, não apenas pelo convívio familiar e social, mas também através das relações com o próprio território, em sua sazonalidade. The colonenses are a specific group of people from the Pantanal region who have for four generations inhabited and interacted in the same territory controlled by seasonal variation. Through the ethnography of three sites and their respective houses - representing the domestic universe of the São Domingos colony - I tried to capture their everyday social-spatial relations. Due to historical reasons and malleability of the Pantanal territory, the colonense house has been produced and reproduced in various uses and spatial meanings. Thus one can say that the cultural concept of house works through the constitution, invention and reproduction of moral patterns, reciprocity and social-ethnic identity (ethos), which form the local group. This production and reproduction of daily lives is the colonense system itself - their lifestyle - which is historically and socially solidified through a network of relations of houses and between houses. Therefore, the anthropologic study of the space makes it possible to understand that the world concept to the colonense is regulated in a mutual relation involving not only the family and social interactions, but also the relation with the territory itself and its seasonal character.
23

Caminhos da cultura indígena

Borges, André Essenfelder January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-graduação em Antropologia Social / Made available in DSpace on 2012-10-22T08:23:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 230689.pdf: 1270589 bytes, checksum: 20da9c8d3cf70e4e6822cb8d8a6a7aac (MD5) / Englobando os atuais estados do sul do Brasil existem, ainda hoje, trechos preservados de um caminho muito peculiar que vem sendo interpretados como ramais do caminho do Peabiru. Segundo alguns cronistas, que passaram por ele durante o século XVI, o caminho formava um leito coberto por gramíneas e fazia a ligação entre o Oceano Atlântico e o Pacífico. Atualmente, autores acadêmicos falam dele como pertencente aos grupos Ge, outros argumentam ser de origem guarani. Fora do circuito acadêmico, o Peabiru aparece ora vinculado ao império incaico, ora vinculado a São Tomé ou Pai Zumé. Além destes, ainda outros grupos conectam discursos new age sobre exploração ecoturística e sustentabilidade ao mesmo caminho. Percebe-se que as interpretações sobre esta trilha são diversas e, a partir do contraste entre os discursos da oralidade popular e memória, história e escrita erudita faremos uma arqueologia do caminho, dos seus usos e significados em vários contextos, localizando durante o processo o local que ocupa o elemento indígena, a memória pessoal e a história de cada cidade e região. Portanto, não haveria nem respostas fechadas, nem uma busca pela verdade, mas pelas interpretações da realidade ou construções contextualizadas e como estas se compõem e se relacionam. As informações foram obtidas em quatro municípios que, em tese, estariam na trajetória do caminho. Inicialmente a cidade de Barra Velha (SC), depois os municípios de Pitanga e Campina da Lagoa, no centro do Estado do Paraná, e por fim, o município de Kuruguaty, no Paraguai. The vestiges of a peculiar trail, called the Peabiru Way, are often interpreted as reminiscences of an ancient road that extends between Peru and South Brazil. Historical writings of the sixteenth century describe the way as a grass covered trail linking the Atlantic to the Pacific. Informal conversations were held with inhabitants of four cities, between March and June of 2005, supposedly lying along the Peabiru Way. Starting in Barra Velha (SC), through Pitanga and Campina da Lagoa (PR), ending in Kuruguaty, Paraguay. Academics currently disagree about the origin of the Peabiru Way. Some attribute it to the linguistic group Gê, others to the Guarani. Passed the University walls, the Peabiru is sometimes mentioned in association with the Incaic Empire, and other times even to São Tomé or Pai Zumé (Saint Thomas). Others still explore it as, for example, eco-tourism, sustainable development or new age superstition. Clearly, interpretations are diverse. From the contrast between popular orality/memory, history/erudite writing, I have traced an archaeology of the Peabiru Way, its uses and meanings. The role of the indigenous elements, their personal memory and the history of each city and region, were recognized during the process. We stress that such a work provides neither closed answers, nor a search for truth; instead, it supplies a sort of interpretation of reality, which I shall define as a contextualized construction.
24

Capoeiragem In Between

Fernandes, Fábio Araújo January 2014 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:46:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 327638.pdf: 10312595 bytes, checksum: 1ae3e2ed87a5a059e7886d08b26a737f (MD5) Previous issue date: 2014 / Essa tese estudaa negociação cultural que a capoeiragem, enquanto universo dinâmico e inacabado do jogo da capoeira, instaurou através de sua prática no Brasil e Alemanha, a fim de promover uma maior dinamicidade e amplitude sobre o tema. Para isso, fez-se um debate crítico e reflexivo das produções acadêmicas vigentes sobre a capoeira, os movimentos pós-coloniais, as teorias sobre corpo e a influência metodológica e epistemológica do pesquisador, que é pesquisador e praticante de capoeira.Busca-se com issoentender o corpo-sujeito dos capoeiristas, inclusive do próprio pesquisador: um locus privilegiado de análise. A pesquisa etnográfica de dois anos entre as cidades de Freiburg, Munique, Bremen e Berlim teve como base as experiências pessoais e coletivas de alunos, professores e mestres, que permitiu identificar os diferentes momentos da capoeiragem na Alemanha e seus modos de subjetivação entre 1970 e 2013. Almejamos com seus resultados contribuir com novos questionamentos antropológicos sobre o tema da capoeira, entendendo-a como um movimento híbrido e rico em vertentes, estilos e modalidades; além de compreender esse universo de maneira in between, ou seja, entre mundos, e não mais de maneira polarizada.<br> / Abstract : This thesis studies the cultural negotiation which the capoeiragem - as a dynamic and unfinished universe, surrounding the game of capoeira - has established through its practice in Brazil and Germany. The thesis situates it between different historical contexts, as such envisaging to promote a greater dynamism and coverage for a better understanding of the subject. Therefore, a critical and reflective discussion was developed, regarding the prevailing academic productions and studies about the universe of capoeira. Also, is raised the importance to discuss the native anthropologist position of the researcher, being a capoeira teacher, and its methodological and epistemological influences. The approach is based upon the postcolonial theories, combined with theories about body, subject and embodiment. The intention is to understand the bodysubject of the agents, including the researcher himself, as a privileged locus of analysis. Besides, an ethnographic research of two years between the cities of Freiburg, Munich, Bremen and Berlin was done, observing the personal and collective experiences of capoeira students, teachers and masters since 1970 until 2013. In this way, it envisages to contribute to a new anthropological approach about the universe of capoeira, not understood as polarized but as an ?in between? worlds: a relational space that offers a multiplicity of hybrid options in sources, styles and forms to its practitioners.
25

Travessias antropológicas do além-mar

Virgílio, Jefferson January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-09-20T04:48:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 339617.pdf: 2481808 bytes, checksum: a4d95d94eace398d4b663948481d3f18 (MD5) Previous issue date: 2016 / Esta dissertação apresenta a pesquisa realizada entre os anos de 2014 e 2015 sobre antropologias em Portugal. Tem como foco o período de 1980 à 2015. A pesquisa foi desenvolvida a partir de revisões bibliográficas, consulta a arquivos, entrevistas com antropólogas e antropólogos e observação participante em salas de aula e eventos acadêmicos. A dissertação tem como foco principal as relações estabelecidas entre as antropologias brasileiras e portuguesas nos últimos quarenta anos. O texto inicia com uma breve revisão histórica sobre a institucionalização da antropologia portuguesa e analisa as privilegiadas relações entre as antropologias brasileiras e portuguesas. Apresenta, a seguir, as instituições e agentes participantes de redes lusófonas desde os anos 1990, com foco nas relações entre antropologias produzidas no Brasil e em Portugal enquanto parte de processos póscoloniais de produção de saberes antropológicos.<br> / Abstract : This thesis presents the research carried out between the years 2014 and 2015 on anthropology in Portugal. It has focus on the period 1980 to 2015 and particularly in establishing relationships with anthropology practiced in Brazil. The methodology includes literature reviews, consulting archives, interviews with anthropologists and participant observation in classrooms and academic meetings. The text proposes approaches and reflections on the relations between Brazilian and Portuguese anthropologies in the last forty years. Produces brief historical review of the institutionalization of the Portuguese anthropology and analyses the privileged relations between the Brazilian and Portuguese anthropologies. There is a presentation of the participating institutions and agents of Lusophone networks being established since the 90s while focused on the relations between Brazil and Portugal as part of postcolonial processes of production of anthropological knowledge.
26

A teologia da opressão

Rubim, Christina de Rezende 21 November 1991 (has links)
Orientador : Carlos Rodrigues Brandão / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2018-07-14T01:19:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Rubim_ChristinadeRezende_M.pdf: 3913265 bytes, checksum: 02ffe88e10bb84a807d69ce696d70b18 (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed / Mestrado / Mestre em Antropologia Social
27

Travessias antropológicas do além-mar

Virgílio, Jefferson January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-05-24T17:57:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 339617.pdf: 2481808 bytes, checksum: a4d95d94eace398d4b663948481d3f18 (MD5) Previous issue date: 2016 / Esta dissertação apresenta a pesquisa realizada entre os anos de 2014 e 2015 sobre antropologias em Portugal. Tem como foco o período de 1980 à 2015. A pesquisa foi desenvolvida a partir de revisões bibliográficas, consulta a arquivos, entrevistas com antropólogas e antropólogos e observação participante em salas de aula e eventos acadêmicos. A dissertação tem como foco principal as relações estabelecidas entre as antropologias brasileiras e portuguesas nos últimos quarenta anos. O texto inicia com uma breve revisão histórica sobre a institucionalização da antropologia portuguesa e analisa as privilegiadas relações entre as antropologias brasileiras e portuguesas. Apresenta, a seguir, as instituições e agentes participantes de redes lusófonas desde os anos 1990, com foco nas relações entre antropologias produzidas no Brasil e em Portugal enquanto parte de processos póscoloniais de produção de saberes antropológicos.<br> / Abstract : This thesis presents the research carried out between the years 2014 and 2015 on anthropology in Portugal. It has focus on the period 1980 to 2015 and particularly in establishing relationships with anthropology practiced in Brazil. The methodology includes literature reviews, consulting archives, interviews with anthropologists and participant observation in classrooms and academic meetings. The text proposes approaches and reflections on the relations between Brazilian and Portuguese anthropologies in the last forty years. Produces brief historical review of the institutionalization of the Portuguese anthropology and analyses the privileged relations between the Brazilian and Portuguese anthropologies. There is a presentation of the participating institutions and agents of Lusophone networks being established since the 90s while focused on the relations between Brazil and Portugal as part of postcolonial processes of production of anthropological knowledge.
28

Ontem e hoje no salto da onça : a reconstrução do trabalho quando no tempo livre

Cortez, João Batista 13 July 2018 (has links)
Orientador: Carlos Rodrigues Brandão / Dissertação (mestrado)-Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filofia e Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2018-07-13T20:39:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cortez_JoaoBatista_M.pdf: 4498512 bytes, checksum: e30856c2169ddfdfb7abf0261e7b404f (MD5) Previous issue date: 1987 / Resumo: O presente trabalho, abordando as relações entre memória social e a reorganização da apropriação do trabalho no período de 60 a 80, marcado por projetos desenvolvimentistas no agreste do Rio Grande do Norte, buscou a compreensão da presença dos trabalhadores na história, mas principalmente sua própria visão dessa história. A opção por histórias de vidas se deveu ao fato de que, sendo uma das fontes da história de grupos sociais excluídos da história documentada, também por se constituir por um grupo, permitiu que esse mesmo se percebesse historicamente em seus próprios relatos. O grupo com que trabalhamos foi formado por 15 pessoas, antigos trabalhadores rurais, moradores da região há pelo menos 50 anos e todos com mais de 60 anos de idade. O sentido de rememorar dado pelo grupo permitiu que os fatos relevantes desse período fossem reconstruídos e que essas imagens do passado, espelhando as condições de vida e de trabalho do represente também contribuíssem para melhor entender as ações do presente, determinantes para a visao de classe do grupo em relação à sua própria história. A reconstrução desse período exigiu um retrospecto histórico dos programas eprojetos, especialmente do CRUTAC, ligado à Universidade, e das posturas desenvolvimentistas vigentes na época, principalmente em relação ao Nordeste Brasileiro. Se a memória coletiva desses trabalhadores, em suas articulações, traçou marcos divisórios sobre oprocesso histórico, a partir do que considerava seu espaço social, é a sua situação de classe que explicou essa divisão: a cidade como era e como é, seus costumes, sua educação, sua saúde dentro de um tempo que correspondeu à sua saída do sítio para a cidade, da fartura para o dinheiro que não dava para a feira. Ultrapassando os limites desses marcos divisórios, se percebiam por sua situação de classe, nos trabalhadores mais antigos, identificando-se com eles na escravidão que perdurava e no sofrimento de ter a força física de seu trabalho explorado ao máximo. O conjunto de valores e de representações que construíam em seus relatos, principalmente de festas, se referia à perda da reprodução de um modelo de organização social, onde o sentido era dado pela referência, a terra, como possibilidade de sobrevivência / Abstract: The present work, approaching the relationship between social memory and the reorganization of the appropriation of work in the period of time from 1960 to 1980 marked by develop mental projects in the "agreste" of the state of Rio Grande do Norte, searched for the comprehension of the presence of the workers in history, but mainly for their own view of such history. The option for histories of lives was due to the fact that,being one of the sources of the history of social groups excluded from documented history, and also for constituting a group,it allowed that this same group became aware of itself historically in its own reports. The group with which we have worked was formed by 15 people, old rural workers, inhabitants of the region for at least 50 years and alI of them with more than 60 years of age. The direction that the group gave to the act of remorating allowed that the relevant facts of that period were rememorat reconstructed and that these images of the past, mirroring the living and working conditions of the present, also contributed for the better understanding of the actions of the present, determinant for the group's view of class in relation to its own history. The reconstruction of that period required a historic retrospective of the programs and projects, mainly of the CRUTAC, linked to the University, and of the developmental postures in force at that time, mainly in relation to the Brazilian Northeast. If the collective memory of these workers, in its articulations, drew dividing marks on the historic process starting from what it considered its social space, it was their situation of class that explained such division: the city as it was and as it is, their habits, their education, their health within a time that corresponded to their exit form the small farm towards the city, from plenty to a situation where the money was not enough for the food. While reporting, they outreached the limitations of these dividing marks, and thus, became aware of each other through their situation of class, identifying themselves with the older workers in the slavery that lasted and in the suffering of having the physical strength of their work explored to ita maximum. The set af values and af representations which they constructed in their reports, rnainly of parties, referred to the 1055 of the reproduction of a rnodel of a social organization where the rneaning was given by the reference to the land as possibility of survival / Mestrado / Mestre em Antropologia Social
29

Glossolalia: o sentido da desordem: a simbologia do som na constituição do discurso pentecostal

Baptista, Selma 03 July 1989 (has links)
Orientador: Carlos Rodrigues Brandão / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas / Made available in DSpace on 2018-07-13T21:38:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Baptista_Selma_M.pdf: 5889521 bytes, checksum: 3b6cfd1af6bbc079e55f56abff83dd30 (MD5) Previous issue date: 1989 / Resumo: O objetivo desta tese é reconstituir o espaço discursivo dos pentecostais da Igreja do Evangelho Quadrangular para apreender o processo de formação da identidade do crente e o que esta representa no contexto geral da produção e reprodução das relações sociais. Neste sentido, a glossolália foi tomada como uma linguagem imaginária, componente essencial do processo ritual do batismo no (com, pelo) Espírito Santo, e, reveladora das formas simbólicas envolvidas neste processo. Analisada a partir da sua materialidade, esta forma lingüística foi pensada em termos da sua natureza e função no contexto mágico-religioso, bem como de sua eficácia simbólica. Enquanto parte de um ritual, foi também pensada como um intra-discurso, parte dinâmica da relação entre discurso e ideologia, revelando a interpelação do sujeito em sujeito ideológico. A característica fundamental da glossolália, ou seja, sua ausência de sentido semântico-lingüístico, aponta para a constituição de um sentido simultâneamente dentro e fora da linguagem, numa relação dialética e histórica dos conteúdos lingüísticos e extra-lingüísticos. Mergulhar no ponto de articulação destes planos, ou se a, do ruído e do silêncio, é buscar a semiose constitutiva do discurso pentecostal onde o som surge como propriedade específica. A relevância desta proposta está em que propõe estabelecer os limites da explicação lingüística estruturalista de um fenômeno lingüístico-religioso ao mesmo tempo em que busca esclarecer também as limitações de uma teoria antropológica que não leva em conta a materialidade desta "língua", propondo uma abordagem que, objetivando o estudo da elaboração das representações e práticas sociais, leva em consideração a especifidade da linguagem na prática religiosa / Abstract: Not informed / Mestrado / Mestre em Antropologia Social
30

O lago dos espelhos : um estudo antropologico das concepções de fronteira a partir do movimento dos indios em Tefe /AM

Faulhaber, Priscila 02 December 1992 (has links)
Orientador : Roberto Cardoso de Oliveira / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2018-07-17T09:34:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Faulhaber_Priscila_D.pdf: 8177882 bytes, checksum: 92bf1eabef61d79e826e2f65644f5d05 (MD5) Previous issue date: 1992 / Resumo: Nos propusemos a examinar, nesta tese, a concepção ,de fronteira étnica, definida a partir da manifestação da territorialidade indígena na situação produzida com ademarcação das áreas indígenas (A. I. ) no Médio Solimões. Estabelecemos um exame de diferentes momentos ao longo do tempo, .1985, 1989 e 1991 da organização territorial da A.I. da Barreira da Missão, onde vivem Cocamas, Cambebas e Ticunas Procuramos, a seguir, discutir as concepções, de fronteira nas ciências sociais no Brasil, e identificar como a noção de fronteira aparece no discurso dos atores sociais envolvidos na situação analisada. Considerando os discursos como engendrados em um campo de relações que se transforma historicamente, voltamos nossa reflexão aos documentos históricos e etnológicos que falam das fronteiras e das relações interétnicas na, região estudada, bem como para os relatos indígenas, que focalizamos construindo o nosso problema a partir de uma perspectiva de estudo histórico da antropologia no Brasil / Abstract: In this thesis we propose to examine the concept of ethnical frontier, defined on the basis of the manifestation of the indigenous territoriality as observed in the situation. Produced by the demarcation of the indigenous areas (A.I.) in the middle Solimões. We established an examination of the territorial organization of the A.I. of Barreira da Missão, where Cocamas, Cambebas and Ticunas live. Following we try to discuss the concepts of frontier in the social sciences in Brasil, and to identify how the notion of frontier appears in the speech of social actors involved in the situation analysed. Considering, the speeches as built up in a field of relations that transforms itself historically, we directed our considerations toward the historical and and ethnological documents that talk about frontiers and interethnical relations in the region studied, as wel as on the indigenous reports. These were used to analyse our problem from a perspective of the historical study of anthropology in Brazil / Doutorado / Doutor em Ciências Sociais

Page generated in 0.1541 seconds