• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 45
  • Tagged with
  • 45
  • 45
  • 39
  • 36
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Influência da estacionalidade nos padrões de muda e reprodução de aves de sub-bosque em um fragmento de mata atlântica no estado de Pernambuco, Brasil

SOUZA, Jonathas Lins de 27 July 2017 (has links)
Submitted by Mario BC (mario@bc.ufrpe.br) on 2018-09-13T15:46:16Z No. of bitstreams: 1 Jonathas Lins de Souza.pdf: 2000907 bytes, checksum: 89145f17add202471293531673b62154 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-09-13T15:46:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Jonathas Lins de Souza.pdf: 2000907 bytes, checksum: 89145f17add202471293531673b62154 (MD5) Previous issue date: 2017-07-27 / The environmental conditions of the various and different biogeographic spaces act regulating processes in organisms that live there, and can cause animals and plants to regulate or adjust their cycles in function of seasonal and seasonal factors. Among the fundamental life cycles of birds, it is worth mentioning the reproductive and feathering cycles, by the importance and energy investment. Such direct and indirect influence has been well understood in temperate regions due to the stability of the local environmental variables, however, there are few works with the same aspect in the tropical region, being very limited knowledge about the environment, reproduction and mutation, even more in seasonal Atlantic Forest fragments. In this sense, the objective of the present work was to investigate the influence of the environmental variables of the dry and rainy season with the reproduction and changes of the birds. For that, the fragment was chosen Wildlife Refuge Mata do Camucim, where for one year birds were captured using mist nets. These birds were marked with individual Banding supplied by CEMAVE. moulting and reproduction data were collected and monthly data of temperature, precipitation and local relative humidity were collected from the APAC database. To test the normality of the data, the Shapiro test was used and to verify the capture power of the bird samples, the Chao2 and Jacknife richness indices were used, as well as the Spearman correlation to verify the relationship between environmental variables and physiological cycles mutation and reproduction. According to data of monthly precipitation in the year of study, the period from March 2016 to June 2017 was considered to be rainy season, and the period from July to February 2017 as considered a dry season. 151 specimens of birds were captured, which was considered sufficient as a sample of the bird community. This assembly reproduced and changed feathers throughout the study period and presented considerable peaks during the end of the dry season and during the rainy season in which the two physiological cycles overlap. Spearman correlation showed a significant relationship between reproduction and monthly precipitation, as well as between moulting and monthly precipitation, which shows that in seasonal forests evolution or adaptation may be moving the physiological cycles of these organisms to favorable periods under conditions or availability of resources. During the research the presence of a new migratory taxon of the Turdidae family for the State of Pernambuco, Turdus flavipes, was recorded and together with the photographic record of the species Catharus fuscescens, in the municipality of Petrolina, make the second chapter of this research and show the need for more fieldwork, because new records for the state are important since they can serve as a basis for studies on biogeography, natural history, ecology and conservation of birds and the environment. / As condições ambientais dos diversos e diferentes espaços biogeográficos atuam regulando processos em organismos que ali habitam, podendo fazer com que animais e vegetais regulem ou ajustem seus ciclos em função de fatores estacionais e sazonais. Dentre os ciclos fundamentais da vida das aves destaca-se o de muda de penas e o reprodutivo, pela importância e investimento energético. Tal influência direta e indireta tem sido bem compreendida em regiões temperadas devido à estabilidade das variáveis ambientais locais, entretanto, são poucos trabalhos com o mesmo aspecto na região tropical, sendo o conhecimento sobre a relação ambiente, muda e principalmente reprodução bastante limitado, ainda mais em fragmentos de Mata Atlântica estacionais. Neste sentido, o objetivo do presente trabalho foi investigar a influência das variáveis ambientais da estação seca e chuvosa com a reprodução e muda das aves. Para tal, foi escolhido o fragmento Refúgio de Vida Silvestre Mata do Camucim, onde por um ano foram capturadas aves utilizando redes de neblina. Essas aves foram marcadas com anilhas individuais cedidas pelo CEMAVE. Foram coletados dados de muda e reprodução e retirados dados mensais de temperatura, precipitação e umidade relativa local do banco de dados da APAC. Para testar a normalidade dos dados, foram utilizados o teste de Shapiro e para verificar o poder de captura das amostras de aves foram utilizados os índices de riqueza Chao2 e Jacknife, além da correlação de Spearman para verificar a relação entre variáveis ambientais e os ciclos fisiológicos de muda e reprodução. Conforme dados de precipitação mensal no ano de estudo foi considerada estação chuvosa o período que compreende os meses de março de 2016 a junho de 2017, e como estação seca o período de julho a fevereiro de 2017. Foram capturadas 151 espécimes de aves, o que foi considerado suficiente enquanto amostra da comunidade de aves. Tal assembleia reproduziu e mudou as penas durante todo período de estudo e apresentou picos consideráveis durante o final da estação seca e durante a estação chuvosa, no qual os dois ciclos fisiológicos se sobreporam. A correlação de Spearman mostrou relação significativa entre reprodução e precipitação mensal, assim como entre muda de penas e precipitação mensal, o que mostra que em florestas estacionais a evolução ou a adaptação pode estar movendo os ciclos fisiológicos desses organismos para períodos favoráveis em condições ou disponibilidade de recurso. Durante a pesquisa foi registrada a presença de um novo táxon migratório da família Turdidae para o Estado de Pernambuco, o Turdus flavipes e que unido ao registro fotográfico da espécie Catharus fuscescens realizada no município de Petrolina compõem o segundo capitulo dessa pesquisa, mostrando a necessidade de mais trabalhos de campo, pois novos registros para o estado são importantes, pois podem servir de base para estudos sobre a biogeografia, história natural, ecologia e conservação de aves e do meio ambiente.
2

Alterações do epitelio germinativo masculino, celulas endocrinas testiculares e celulas gonadotropicas durante o ciclo reprodutivo de Serrasalmus spilopleura (Kner, 1859) e Pimelodus maculatus (Lacepede, 1803) / Changes in the male germinal epithelium, testicular endocrine cells and gonadotropic cells during the reproductive cycle of Serrasalmus spilopleura (Kner, 1859) and Pimelodus maculates (Lacepede, 1803)

Nobrega, Rafael Henrique 19 June 2006 (has links)
Orientadores: Irani Quagio-Grassiotto, Maria Ines Borella / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-06T21:58:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Nobrega_RafaelHenrique_M.pdf: 10312793 bytes, checksum: 13a65bc78504251ac2368131cd7f57fd (MD5) Previous issue date: 2006 / Resumo: Nos peixes teleósteos, a unidade morfofuncional da espermatogênese é o espenrmatocisto ou cisto, constituído por células germinativas, em desenvolvimento sincrônico, envoltas perifericamente pelas células de Sertoli. Em função da cinética da espermatogênese e do tipo de reprodução (contínua ou sazonal), o epitélio germinativo pode se desenvolver de forma constante ou sofrer modificações cíclicas durante o ciclo reprodutivo. O presente trabalho teve como objetivo analisar, através de parâmetros histológicos, ultra-estruturais e imuno-histoquímicos, as alterações do epitélio germinativo em duas espécies de ciclos reprodutivos diferentes (Serrasalmus spilopleura - reprodução contínua e Pimelodus maculatus - reprodução sazonal) e correlacioná-las com as células esteroidogênicas e as células gonadotrópicas, no intuito de melhor compreender a fisiologia reprodutiva dos teleósteos tropicais de água doce. Em S. spilopleura, o epitélio germinativo organiza-se em cistos basais de espermatogônias e cistos apicais de células germinativas em desenvolvimento mais avançado. As espermatogônias basais apresentam intensa atividade proliferativa durante todo o ciclo reprodutivo. As células de Sertoli proliferam no intuito de acompanhar o crescimento dos cistos e aumentar o tamanho do testículo a cada ciclo reprodutivo. Quanto à esteroidogênese, a atividade 3"beta"-HSD é maior na região espermatogênica do que na região relacionada à espermiação. Em relação às células gonadotrópicas, as células LH são requeridas durante a espermatogênese e na espermiação, enquanto que as células FSH são mais ativas na liberação dos espermatozóides e provavelmente na proliferação das células sle Sertoli. Em P. maculatus, o epitélio germinativo passa por modificações morfofuncionais, categorizadas em quatro classes reprodutivas: regredida, maturação, maturação final e regressão. A proliferação das espermatogônias é intensa durante a maturação e depois diminui na maturação final e regressão. As células de Sertoli proliferam em maior freqüência na classe regredida, o que contribui para o crescimento do testículo durante o ciclo reprodutivo. A atividade 3"beta"-HSD é intensa na maturação e na maturação final, e depois diminui na regressão e na classe regredida. Os processos de espermatogênese e liberação de espermatozóides são dependentes de andrógenos. As células LH e FSH estão em maior quantidade durante a maturação e a maturação final, e depois diminuem na regressão e na classe regredida. A espermatogênese e a liberação dos espermatozóides são mais dependentes da atividade gonadotrópica do que os processos de proliferação espermatogonial e regressão testicular / Abstract: In teleost fish, the morphofuncional unit of the spermatogenesis is the spermatocyst or cyst, which are constituded by synchronous developmental germ cells surrounded by Sertoli cells. Depending on the spermatogenesis kinetics and the type of reproduction (continuous/non-seazonal or seazonal), the germinal epithelium may be constant or undego cyclical changes during the reproductive cyc1e. The aim, of the present work is to analyze, through histological, ultrastructural and immunohistochemical evaluation, the changes of the germinal epithelium in two different reproductive cycles (Serrasalmus spilopleura continuous/non-seazonal reproduction and Pimelodus maculatus - seazonal reproduction) and to correlate them with steroidogenic cells and gonadotropic cells, for a better knowledge on the reproductive physiology of the tropical fresh water teleosts. In S. spilopleura, the germinal epithelium was organized in basal cysts of spermatogonia and apical cysts of more advanced developmental germ cells. The basal spermatogonia had intense proliferative activity during the whole reproductive cycle. Sertoli cells proliferation occured in order to accompany the cyst growth and to increase the testis size during each reproductive cycle. For steroidogenic activity, 3"beta"-HSD was stronger in the spermatogenic area than in the area related to spermiation. In re1ation to gonadotropic cells, LH cells were requ~sted during spermatogenesis and spermiation, whereas FSH cells were more active in spermatozoa liberation and probably in the Sertoli celI proliferation. In P. maculatus, the germinal epithelium undergoes morphological changes, classified in 4 reproductive classes: regressed, maturation, final maturation and regression. The spermatogonial prolif~ration was intense during maturation and decreased in final maturation and regression. Sertoli cells proliferated more in regressed class, contributing to testis growth during the reproductive cycle. The 3"beta"-HSD activity was strong in maturation and final maturation, and decreased in regression and in regressed class. Then, spermatogenesis processes and spermatozoa release are dependent of androgenic. LH and FSH cells were in large number during maturation and final maturation, and decreased in regression and in regressed class. In P. maculatus, spermatogenesis and spermatozoa release are more dependent of the gonadotropic activity than the processes such as spermatogonial proliferation and testicular regression / Mestrado / Biologia Celular / Mestre em Biologia Celular e Estrutural
3

Biologia reprodutiva de três espécies simpátricas de lagartos da família Gymnophthalmidae na região das Dunas do Rio São Francisco, BA / Reproductive biology of three sympatric species of lizards of Gymnophthalmidae in the region of sand dunes of São Francisco River, BA

Carolina Nisa Ramiro 26 May 2015 (has links)
Embora os Squamata representem um grupo bastante diverso, pouco se conhece sobre sua biologia reprodutiva e caracterização química de secreções glandulares e cloacais, principalmente no que se diz respeito à fauna neotropical. A família Gymnophthalmidae reúne lagartos neotropicais, pequenos e com ampla diversidade morfológica e de habitats. Apesar de serem alvos de estudos moleculares recentes, o conhecimento acerca de sua biologia reprodutiva e composição química de feromônios é praticamente nulo em especial para as espécies serpentiformes. Calyptommatus leiolepis, Nothobachia ablephara e Procellosaurinus tetradactylus são gimnoftalmídeos simpátricos para os quais não há dados reprodutivos e químicos. Foram analisados 388 indivíduos de C. leiolepis, 180 de N. ablephara e 47 de P. tetradactylus do campo de dunas de Alagoado, Bahia. As três espécies apresentaram reprodução bastante prolongada, possivelmente contínua. Apenas machos de C. leiolepis apresentaram variação mensal no volume testicular com menores volumes entre agosto e dezembro, porém foi detectada produção de espermatozoides dentro deste período. Cópula e fertilização ocorrem simultaneamente. Todas as desovas apresentaram número fixo de 2 ovos e não há correlação entre número ou tamanho dos ovos com o CRC das fêmeas para as três espécies. Há evidências de múltiplas desovas apenas em C. leiolepis. O período de incubação das três espécies é relativamente curto e a maturação é precoce, ocorrendo provavelmente no primeiro ano de vida. As condições ambientais de temperatura e umidade relativa do ar não são restritivas ao ciclo reprodutivo, mas estão relacionadas com os picos reprodutivos das fêmeas de C. leiolepis e N. ablephara. Fêmeas são maiores do que os machos e não há dimorfismo sexual para a forma da cabeça. Entre os compostos químicos detectados em secreções de machos e fêmeas de C. leiolepis e N. ablephara há alcanos e derivados, ácidos graxos e derivados, um esteroide e diversos compostos não identificados. As principais diferenças intra e interespecíficas estão relacionadas com a porcentagem relativa dos compostos. Os ácidos graxos encontram-se em sua forma éster, típica de espécies de climas quentes e secos. / Squamata represents a very diverse group but little is known about their reproductive biology and chemical characterization of glandular and cloacal secretions, particularly concerning the Neotropical fauna. Gymnophthalmidae is a Neotropical family that comprises small to medium-sized lizards (microteiids) and shows a huge diversity of morphologies and habitats. Although targeted by recent molecular studies the knowledge of their reproductive biology and pheromone characterization is poorly known, especially for fossorial species. Calyptommatus leiolepis, Nothobachia ablephara and Procellosaurinus tetradactylus are sympatric and there are no data about their reproductive strategies and chemical composition of cloacal and glandular secretions. Gonads of 388 specimens of C. leiolepis, 180 specimens of N. ablephara and 47 specimens of P. tetradactylus from Alagoado sand dune, Bahia were analyzed. The three species showed a very extended reproduction, possibly continuous. Variation of testis volume was observed only in males of C. leiolepis with lower values between August and December but sperm production was detected within this period. Clutch size always comprised two eggs and there is no correlation between the number or size of the eggs with female SVL. Only female of C. leiolepis showed evidence of more than one clutch per year. The incubation period of the three species is relatively short and early maturation is likely occurring in the first year of life. The environmental conditions of temperature and relative humidity are not restrictive to reproductive activity, but are related to the reproductive peaks of females of C. leiolepis and N. ablephara. Females are larger than males and there is no sexual dimorphism in head shape. Among the chemical compounds detected in secretions of male and female of C. leiolepis and N. ablephara there are alkanes and derivatives, fatty acids and derivatives, a steroid and several unidentified compounds. The intra and interspecifics differences are mostly related to the relative percentages of the compounds. Fatty acids are found in its ester form, typical of species that lives in hot and dry climates.
4

Biologia reprodutiva de Leposternon microcephalum (Squamata, Amphisbaenidae) do Sudeste do Brasil / Reproductive biology of Leposternon microcephalum (Squamata, Amphisbaenia) from Southeastern Brazil

Lívia Cristina dos Santos 02 February 2009 (has links)
Os Amphisbaenia (cobras de duas cabeças) têm sua biologia reprodutiva pouco conhecida, em parte devido à dificuldade de observações em campo e de coleta desses animais, que possuem hábitos fossórios. Leposternon microcephalum, da família Amphisbaenidae, é uma espécie amplamente distribuída no Brasil. Este trabalho teve como objetivo estudar aspectos da biologia reprodutiva de L. microcephalum do Sudeste do Brasil, tais como fecundidade, época de recrutamento, a ocorrência de oviposturas em formigueiros, tamanho de maturidade sexual, sintopia das gônadas, e dimorfismo sexual de comprimento e diâmetro do corpo, bem como analisar os ciclos folicular e espermatogênico e caracterizar a morfologia das gônadas e vias genitais. Para tanto, foram utilizados espécimes de coleção coletados em diferentes meses do ano para análise e medidas dos testículos, ductos deferentes, folículos ovarianos e ovidutos. Tais órgãos foram ainda analisados sob microscopia de luz, visando à descrição de sua estrutura e um estudo mais aprofundado do ciclo reprodutivo. Foram ainda escavados formigueiros para procura de ovos. Observou-se que o ciclo reprodutivo da fêmea dura pelo menos dois anos, sendo que o depósito mais substancial de vitelo é do tipo vernal (pré-nupcial), concentrado nos três meses que precedem a ovulação. Essa se dá provavelmente na mesma época da cópula, entre Novembro e Dezembro. A espermatogênese é do tipo misto, e o pico de produção de espermatozóides ocorre cerca de dois meses antes da cópula, havendo pequena fase de estocagem de esperma nos ductos deferentes. Nessa época, o epitélio desses ductos torna-se secretor. Após a fase espermatogênica, há uma acentuada involução dos testículos. O número de ovos produzido por fêmea provavelmente varia entre dois e seis. Os ovidutos dividem-se, segundo sua estrutura observada sob microscópio de luz, em vagina, útero, infundíbulo posterior e infundíbulo anterior. A maturidade sexual dos espécimes pode ser inferida com base na opacidade dos ductos genitais, e é atingida provavelmente aos três anos de idade. A gônada direita é normalmente mais cranial em relação à esquerda, e há uma região de sobreposição, na qual ambas se dispõem lado a lado. Não foi observado dimorfismo sexual, e a ovipostura em formigueiros não parece ser obrigatória. / The reproductive biology of the Amphisbaenia (worm lizards) is poorly known, in part because of their fossorial habits, which make difficult studies on the field and their capture. Leposternon microcephalum is a species widespread in Brazil, and accommodates in the family Amphisbaenidae. This work aimed to study features of the reproductive biology of L. microcephalum from Southeastern Brazil, such as fecundity, time of hatching, occurrence of oviposition in ant nests, size of sexual maturity, gonadal sintopy and sexual dimorphism on body length and width. It also aimed to analyze follicular and testicular cycles and to characterize the morphology of gonads and genital ducts. For that, museum specimens collected on different months of the year were used for analyses and measurements of testes, vas deferens, ovarian follicles and oviducts. Those organs were also analyzed histologically by light microscopy, to describe theirs structure and to better characterize the sexual cycle. Ant nests were excavated to look for eggs. The female reproductive cycle were estimated to take at least two years. The most part of yolk deposition occurs during the last three months before ovulation, and it is of the vernal type (pre-nuptial). Ovulation takes place approximately at the same time as mating, between November and December. Spermatogenesis is of the mixed type (type II B), and the peak of spermatozoa production occurs approximately two months before mating. There is a short phase of sperm storage in vas deferens. By that time, vas deferens epithelium becomes secretory. After the spermatogenesis, there is a great involution of testes. The number of eggs produced by each female probably varies between two and six. According to the structure seen under light microscope, the oviducts are divided in four regions: vagina, uterus, anterior infundibulum and posterior infundibulum. Sexual maturity can be inferred from the opacity of genital ducts, and it is probably attained in three years. The right gonad is usually anterior to the left one, and there is an overlapping region, in which the two gonads are arranged side by side. Sexual dimorphism was not observed, and oviposition in ant nests does not seem to be obligatory.
5

Biologia reprodutiva e qualidade do sêmen de reprodutores de curimbatá, Prochilodus lineatus, em condições distintas de manejo

Souza, Thiago Gonçalves de [UNESP] 30 August 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:22:22Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-08-30Bitstream added on 2014-06-13T20:48:48Z : No. of bitstreams: 1 souza_tg_me_jabo.pdf: 556522 bytes, checksum: 10d9f685779dd6eaf31aa9ddefd870ec (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / A reprodução de peixes migradores nativos apesar de já apresentar relativo sucesso, ainda apresenta diversos obstáculos. Entre eles podemos destacar as variações nas taxas de fertilidade, eclosão e sobrevivência de larvas entre desovas. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar de forma inédita se o manejo pode interferir neste processo em machos de P. lineatus. Os resultados mostraram que os machos mantidos em tanques-rede (TR) com água de baixa qualidade durante 18 meses apresentam encurtamento do ciclo reprodutivo; redução significativa no IGS e no diâmetro de túbulos seminíferos (p<0,05) quando comparados com machos mantidos em viveiros escavados (VE). A concentração espermática e as taxas de fertilidade obtidas com o sêmen dos machos de TR foram inferiores às obtidas com o sêmen dos machos em VE (p<0,05). Além disso, os espermatozoides de TR apresentaram maior frequência de danos de DNA, mesmo apresentando taxas similares de motilidade e sobrevivência que os de VE (p<0,05). Os resultados mostraram de forma inédita que o manejo inadequado pode interferir na gametogênese e na qualidade de gametas masculinos nesta espécie. Além disso, demonstramos que práticas inadequadas de manejo podem prejudicar a função testicular ainda nos meses de inverno, muito antes dos meses de reprodução / The reproduction of native migratory fish still presents several obstacles. Among them we can highlight the changes in fertility rates, hatching and survival of larvae among spawning. Thus, the objective of this study was to evaluate in an unprecedented way if the reproductive management can interfere in this process in males of P. lineatus. The results showed that males kept in cages (C) for 18 months have their reproductive cycle shortened; significant reduction in the GSI and in the diameter of seminiferous tubules (p<0.05) compared with males kept in earths ponds (EP). The sperm concentration and fertility rates obtained with semen from males of Cs were lower than those obtained with semen EP (p<0.05). In addition, the sperm of males maintained in Cs had higher frequency of DNA damage, even with similar rates of survival and motility of the EPs (p<0.05). The results showed by unprecedented manner that the improper management can interfere with gametogenesis and quality of male gametes in this species. Furthermore, we demonstrate inadequate management practices can affect the testicular development even in the winter months, long before the breeding season
6

Aspectos reprodutivos de três espécies de peixes silvestres sob a influência de uma piscicultura em tanques-rede, no rio Grande, reservatório de Ilha Solteira, SP/MS.

Silva, Amanda Pereira dos Santos. January 2018 (has links)
Orientador: Rosicleire Veríssimo Silveira / Resumo: A atividade de piscicultura em tanques-rede encontra-se em expansão nas represas brasileiras, entretanto, esta prática pode alterar a biologia reprodutiva das espécies que vivem ao seu entorno. Deste modo, pretendeu-se avaliar a influência de pisciculturas em tanques-rede na reprodução de espécies de peixes, (mandi) Pimelodus cf. platicirris, (corvina) Plagioscion squamosissimus e (porquinho) Geophagus proximus, comparando dois pontos. As coletas foram realizadas em dois pontos no reservatório de Ilha Solteira, rio Grande. Um ponto denominado Área Tanque (AT), uma piscicultura em tanques-rede no munícipio de Santa Clara D’Oeste – SP, no braço Can-Can do reservatório de Ilha Solteira, rio Parana e um segundo ponto, Área Controle (AC) a aproximadamente 10 km, a montante. Os espécimes foram coletados bimestralmente com auxílio de dois lotes de redes com malhas 3, 4, 5, 6 e 7 cm e um lote de redes com malhas 7, 8, 10, 12 e 14 cm, no período de Dez/2014 a Dez/2016). Realizou-se a caracterização morfológica da gametogênese e do ciclo reprodutivo das espécies, além do uso do Ìndice gonadossomático e medida do diâmetro dos oócitos maduros nas diferentes áreas. A frequencia sexual foi similar em P. squamosissimus espécie sedentária e G. proximus territorialista e um pouco discrepante para P. cf. platicirris, espécie migratória, mas se mostrou um dado constante não havendo interferência da piscicultura. A proporção de femeas na fase de apto a desova foi similar para as três espécies, r... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The fish farming activity in net cages is in expansion in Brazilian dams, however, this practice may modify the biology of the species which live around it. This way, this work aimed to evaluate the influence of fish farming in net cages in the reproductive biology of fish species such as (mandi) Pimelodus cf. platicirris, (corvina) Plagioscion squamosissimus and (porquinho) Geophagus proximus, comparing the Net Cage Areas (NCA) to Control Areas (CA). The samples were collected at two points at Ilha Solteira reservoir, Rio Grande. One of them named Net Cage Area (NCA), a fish farm with Net Cages in the County of Santa Clara D’Oeste – SP, at the Can-Can arm of Ilha Solteira reservoir, Parana River and the other one, Control Area, (CA) at about 10 km upstream. The specimens were collected bimonthly with the use of two lots of nets with mesh of 3, 4, 5, 6 e 7 cm and one lot of net with mesh of 7, 8, 10, 12 e 14 cm, between December/2014 and December/2016. Besides the morphological characterization of gametogenesis and the reproductive cycle of the species, the Gonadosomatic index and the measurement of mature oocytes diameter at different areas were made. The sexual frequency was similar in P. squamosissimus secondary species and G. proximus territorialist and with a little discrepancy to P. cf. platicirris, migratory species, but it showed constant data not having interference from the fish farm. The proportion of females, which were suitable for spawning, was similar for the t... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
7

Morfologia do útero e ovários de Artibeus planirostris (Phyllostomidae: Chiroptera) durante as fases do ciclo reprodutivo / Morphology of uterus and ovaries of Artibeus planirostris (Phyllostomidae: Chiroptera) during phases of the reproductive cycle

Caun, Dianelli Lisboa [UNESP] 25 February 2016 (has links)
Submitted by Dianelli Lisboa Caun null (dianellicaun@gmail.com) on 2016-03-31T03:58:32Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Mestrado _ Dianelli Lisboa Caun!.pdf: 3828104 bytes, checksum: 90229c28752bb69884ad8a4a0b1595eb (MD5) / Rejected by Ana Paula Grisoto (grisotoana@reitoria.unesp.br), reason: Solicitamos que realize uma nova submissão seguindo as orientações abaixo: No campo “Versão a ser disponibilizada online imediatamente” foi informado que seria disponibilizado o texto completo porém no campo “Data para a disponibilização do texto completo” foi informado que o texto completo deverá ser disponibilizado apenas 6 meses após a defesa. Caso opte pela disponibilização do texto completo apenas 6 meses após a defesa selecione no campo “Versão a ser disponibilizada online imediatamente” a opção “Texto parcial”. Esta opção é utilizada caso você tenha planos de publicar seu trabalho em periódicos científicos ou em formato de livro, por exemplo e fará com que apenas as páginas pré-textuais, introdução, considerações e referências sejam disponibilizadas. Se optar por disponibilizar o texto completo de seu trabalho imediatamente selecione no campo “Data para a disponibilização do texto completo” a opção “Não se aplica (texto completo)”. Isso fará com que seu trabalho seja disponibilizado na íntegra no Repositório Institucional UNESP. Por favor, corrija esta informação realizando uma nova submissão. Agradecemos a compreensão. on 2016-04-01T12:25:24Z (GMT) / Submitted by Dianelli Lisboa Caun null (dianellicaun@gmail.com) on 2016-04-01T13:56:46Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Mestrado _ Dianelli Lisboa Caun!.pdf: 3828104 bytes, checksum: 90229c28752bb69884ad8a4a0b1595eb (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Paula Grisoto (grisotoana@reitoria.unesp.br) on 2016-04-05T14:39:50Z (GMT) No. of bitstreams: 1 caun_dl_me_sjrp.pdf: 3828104 bytes, checksum: 90229c28752bb69884ad8a4a0b1595eb (MD5) / Made available in DSpace on 2016-04-05T14:39:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 caun_dl_me_sjrp.pdf: 3828104 bytes, checksum: 90229c28752bb69884ad8a4a0b1595eb (MD5) Previous issue date: 2016-02-25 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Apesar das diferentes estratégias reprodutivas apresentadas pelos morcegos, relativamente pouca atenção tem sido dada aos estudos morfológicos das estruturas reprodutivas nesses animais. Com o intuito de gerar informações que propiciem uma descrição mais detalhada dos aspectos reprodutivos em Chiroptera, o objetivo do presente estudo foi descrever a morfologia dos órgãos reprodutivos (útero e ovários) das fêmeas de Artibeus planirostris (Phyllostomidae) durante quatro fases do ciclo reprodutivo e analisar o processo de foliculogênese. As fêmeas de A. planirostris possuem um útero simples de histologia semelhante ao padrão geral dos mamíferos, com a parede uterina sendo composta por três camadas, na qual a mais interna, o endométrio, demonstrou um processo de descamação e necrose, que ao ser associada com sangramento, caracteriza a menstruação. Artibeus planirostris produz apenas um filhote por gestação e exibe um padrão poliéstrico, evidenciado pela captura de fêmeas concomitantemente grávidas e lactantes, demonstrando a existência de um estro pós-parto. Os ovários de A. planirostris, apresentaram uma polaridade aparente, com os folículos primordiais restritos a uma zona localizada em apenas um lado do ovário, a partir da qual os folículos são recrutados para posterior crescimento e desenvolvimento. Ambos os ovários são funcionais, confirmados pela presença do corpo lúteo, mas constatamos que eles não podem ser considerados bilateralmente simétricos, uma vez que o corpo lúteo foi encontrado preferencialmente no ovário esquerdo (76,2%). Os ovários durante a gravidez apresentam diferenças significativas entre si, evidenciando um processo de regressão por parte do ovário sem corpo lúteo, que apresenta grandes quantidades de folículos atrésicos, e valores de diâmetro, área e volume significativamente menores do que o ovário que ovulou (com corpo lúteo). Quanto ao processo de foliculogênese, A. planirostris segue o padrão básico dos mamíferos e outros morcegos, tendo início com o recrutamento de folículos primordiais, visando seu crescimento e desenvolvimento, podendo se tornar um folículo maduro (de Graaf) ou morrer por um processo de atresia. Com esses resultados, fornecemos detalhes sobre o ciclo reprodutivo de A. planirostris, evidenciando características reprodutivas típicas dessa espécie. / Despite the many reproductive strategies employed by bats, there is not enough attention being given to the morphological studies of reproductive structures of the Chiroptera. Aiming to generate informations that enable a more detailed explanation of the reproductive aspects of Chiroptera, the purpose of this study is to describe the morphology of the reproductive organs (uterus and ovaries) of female Artibeus planirostris (Phyllostomidae) during four phases of the reproductive cycle and analyse the folliculogenesis. The A. planirostis female has a simple uterus, histologically similar to the mammalian general pattern, uterine wall formed by three layers, of which, the inner layer, the endometrium, has showed process of necrosis and scaling that, when combined with bleeding, typifies menstruation. Artibeus planirostis produces only one offspring per gestation and presents a poliestric pattern, corroborated by the capture of females concomitantly pregnant and lactating, desmonstrating the existence of a postpartum estrus. The ovaries of A. planirostis showed an apparent polarity, with the primary follicles restricted to an area located in only one side of the ovary, from which the follicles are recruited to the consequent growth and development. Both ovaries are functional, confirmed by the presence of the corpus luteum and it was found, however, that they can not be considered bilaterally simetrical, for the corpus luteum was predominantly found in the left ovary (76,2%). The ovaries, during pregnancy, showed significant differences among each other, evincing a regression process of the ovary that did not present corpus luteum and showing great quantity of atretic follicles, and with diameter, area and volume significantly smaller than the ovary which presented corpus luteum, i.e., which has ovulated. As for the folliculogenesis process, A. planirostis follows the basic mammalian pattern as well as other bats, starting with primary follicle recruiting, growing and developing it, and enabling it to become a mature follicle (graafian foliclle) or dying of a process of atresia. With such results, we provide details on the reproductive cycle of A. planirostis, evincing typical reproductive characteristics for this species.
8

Estratégia reprodutiva e gametogênese de Cassidulus mitis Krau, 1954 (Echinodermata : Echinoidea) / Reproductive strategy and gametogenesis of Cassidulus mitis Krau, 1954 (Echinodermata: Echinoidea)

Mac Cord , Fábio Sá 11 April 2001 (has links)
Submitted by Alberto Vieira (martins_vieira@ibest.com.br) on 2018-01-18T21:48:47Z No. of bitstreams: 1 541875.pdf: 4255763 bytes, checksum: a22edc985359ae7ee17955cf71b2fdca (MD5) / Made available in DSpace on 2018-01-18T21:48:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 541875.pdf: 4255763 bytes, checksum: a22edc985359ae7ee17955cf71b2fdca (MD5) Previous issue date: 2001-04-11 / CAPES / A ordem Cassiduloida inclui todos os ouriços irregulares que apresentam petalóides, filódios e borrainas ( ou flósculo) (KIER, 1962). Eles possuem, ainda, espinhos curtos e um periprocto disposto posteriormente (MOOI, 1990a). Esta ordem chegou a ser representada por aproximadamente 800 espécies em 67 gêneros. Durante o Eoceno (50 milhões de anos atrás), 60% de todas as espécies de equinóides pertenciam a ordem Cassiduloida (KIER, 1962). Cassidulus mitis Krau é uma espécie endêmica do Rio de Janeiro. Para verificar seu ciclo reprodutivo foram feitas coletas mensais na Praia Vermelha de outubro de 1998 a abril de 2000. A razão sexual encontrada foi de 1:1 (x2= 1.48; a0.05=3.84; DF= l). A reprodução é contínua e não há sincronia entre os indivíduos. O índice gonadal dos machos foi superior ao das fêmeas (x2=18.33, a0.05=3.84). Os machos possuem cinco estágios de desenvolvimento gametogênico: Crescimento, Pré-maduro, Maduro, de Liberação e Estágio de liberação e crescimento concomitante. Os machos não apresentam os estágios de Recuperação e vazio que as fêmeas possuem. Já as fêmeas possuem seis estágios: Recuperação, Crescimento, Pré-maduro, Maduro, de Liberação e Vazio. Todavia, não apresentam o estágio de liberação e crescimento concomitante que ocorre nos machos. O diâmetro médio dos ovócitos foi de 382 μm (DP=49 μm). O número médio de juvenis por fêmea foi de 99.8 indivíduos (DP= l08.25; SE= 16.32). As gônadas anteriores são comumente menores que as posteriores e diferenças nos estágios gametogênicos foram encontradas entre elas. A primeira maturação ocorre em indivíduos a partir de 17mm de diâmetro. O peso úmido do intestino é aproximadamente duas ou três vezes maior que o peso úmido da carapaça. Isto significa que C. mitis utiliza seu intestino como um cinto de lastro para evitar seu deslocamento. / Cassidulus mitis Krau is an endemic species from Rio de Janeiro, Brazil. To verify its reproductive cycle, samples were taken from October 1998 to April 2000 at Vermelha Beach. Sex ratio of 1 (x2= 1.48; a0.05=3.84; DF= l) was found for C. mitis. Reproduction occurs overall the year. Gonadal index (GI) of males was greater than GI of females (x2= 18.33, a0.05=3.84). Reproduction is asynchronous. Males have five gametogenic stages: Early growth, Premature, Mature, Partially spawned and Early growth with partially spawned stage. There is no Spent or Recovery stage as in females. Females have six gametogenic stages: Recovery, Early growth, Premature, Mature, Partially spawned and Spent stage but there is no Early growth with partially spawned stage as in males. Mean diameter of oocytes was 382 μm ( DP=49 μm). Mean number of juveniles per female was 99.8 individuals (DP= 108.25; SE= l6.32). Anterior gonads are commonly smaller than posterior ones. Differences in gametogenic stages were found between anterior and posterior gonads. First sexual maturity occurs in individuals larger than 17 mm. Intestine wet weight is about two or three fold higher than test wet weight. It means that C. mitis uses its intestine as a weight belt to avoid displacement.
9

Ciclo reprodutivo, gametogênese e desenvolvimento larval de Asterina stellifera (Möbius, 1859) (Echinodermata : Asteroidea) na região de Cabo Frio, RJ / Reproductive cycle and larval development of Asterina stellifera (Möbius, 1859) (Echinodermata: Asteroidea) from two distincts habitats in Cabo Frio region, Brazil

Carvalho , Adriana Luiza Pimenta Sant'Iago de 07 April 2001 (has links)
Submitted by Alberto Vieira (martins_vieira@ibest.com.br) on 2018-01-19T13:52:39Z No. of bitstreams: 1 542893.pdf: 6816025 bytes, checksum: 6e417b1811f0c1b94a6b963c3e983658 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-01-19T13:52:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 542893.pdf: 6816025 bytes, checksum: 6e417b1811f0c1b94a6b963c3e983658 (MD5) Previous issue date: 2001-04-07 / A reprodução sexuada em Asteroidea envolve a produção de gametas. fertilização externa e o desenvolvimento de fases larvais. Uma grande variedade de estratégias reprodutivas pode ser observada nos asteróides da família Asterinidae, sendo observadas espécies que produzem ovos pequenos e larvas planctotróficas, de longa duração na coluna d'água, espécies que produzem ovos grandes e larvas lecitotróficas, de curta duração na coluna d'água e até mesmo espécies vivíparas. Muito pouco se sabe a respeito dos aspectos reprodutivos de Asteroidea no litoral brasileiro. No presente estudo, serão verificaclos e descritos os aspectos reprodutivos de A. stellifera em duas populações na região de Cabo Frio, incluindo o ciclo gonadal, a gametogênese e o desenvolvimento larval. A primeira população está na região entre-marés da Ilha do Japonês, junto às gramíneas marinhas. A outra população situa-se no infralitoral rochoso das Prainhas do Pontal, em Arraial do Cabo. O desenvolvimento larval foi descrito por intermédio de cultivo em laboratório. O ciclo reprodutivo foi estudado em intervalos mensais utilizando-se índice dos órgãos e exame histológico das gônadas. A. stellifera apresentou um desenvolvimento planctotrófico típico em asteróides, com dois estágios larvais sucessivos, uma larva bipinária e outra braquiolária. Foi verificado um padrão reprodutivo anual, com picos de desenvolvimento gonadal em agosto e setembro, nas duas populações. A periodicidade dos eventos reprodutivos foi idêntica nas duas populações, mas diferenças no índice gonadal (IG) e no índice dos cecos pilóricos (ICP) foram observadas. Na população do infralitoral rochoso os valores de IG foram maiores e foi observada uma menor variação nos valores de ICP. Foi observada uma relação inversa entre os valores de IG e ICP sendo que na população da região entre-marés esta relação foi mais evidente. As diferenças observadas podem estar associadas a fatores ambientais, como hidrodinamismo e disponibilidade alimentar. / The development and reproductive cycle of Asterina stellifera were studied from amples taken from populations in two distinct habitats from Cabo Frio. One is an intertidal seagrass flat at Japonês lsland ( 1994-1995); the second is a sublittoral rocky-shore at Pontal Beaches ( 1999-2000). Development pattern was described based on laboratory cultures. Reproductive cycle was studied at monthly intervals by organ indices and histological examinations of gonads. A. stellifera has a typical planktotrophic development with bipinnaria and brachiolaria stages. The periodicity of the annual reproductive cycle was similar for both populations, but the gonad índex (Gl) was higher and the pyloric caeca index (PCI) had less variation in the rocky-shore population. The Gl and PCI had an inverse relationship in both populations, but it was greater in the seagrass-flat population. Environmental factors like hydrodynamics and food availability are the most probable mechanisms for these differences.
10

Aspectos estruturais do hepatopâncreas, desenvolvimento ovocitário e caracterização hormonal de fêmeas de Macrobrachium amazonicum durante as fases de maturação gonadal

Ribeiro, Karina [UNESP] 29 September 2006 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:30Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2006-09-29Bitstream added on 2014-06-13T19:40:13Z : No. of bitstreams: 1 ribeiro_k_dr_jabo.pdf: 876100 bytes, checksum: b597a24953597a3c3b054ab257922bbb (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / O presente trabalho realizou o estudo dos aspectos estruturais do hepatopâncreas, ovários e da caracterização hormonal de fêmeas de Macrobrachium amazonicum, nos diferentes estágios de maturação gonadal. Para tanto utilizaram-se 150 fêmeas adultas subdivididas entre os cinco diferentes estágios de maturação ovariana. Após serem capturados os animais foram pesados e mortos por choque térmico. Ovários e hepatopâncreas foram coletados e pesados individualmente para obtenção dos índices gonadossomático (IGS) e hepatossomático (IHS). Para as análises de microscopia de luz e eletrônica de transmissão, ovários e hepatopâncreas foram fixados em solução de Karnovsky e seguiram os procedimentos de rotina de inclusão. Os ovários, hepatopâncreas e hemolinfa destinados à quantificação hormonal foram armazenados em ependorfes e preservados em nitrogênio líquido a -70ºC, para posterior processamento de radioimunoensaio visando avaliação das concentrações de estradiol, progesterona e testosterona. Os resultados relacionados ao IGS e IHS demonstram uma correlação inversa entre os ovários e o hepatopâncreas nos diferentes estágios de maturação gonadal. Em relação ao desenvolvimento ovariano, observa-se a distribuição de cinco tipos celulares ao longo dos cinco estágios de maturação gonadal. Desta forma encontram-se as ovogônias ou células germinativas mais jovens no estágio I de maturação ovariana. As células pré-vitelogênicas, observadas a partir do estágio II, apresentam vesículas de retículo endoplasmático rugoso. Essas vesículas são importantes nas fases de vitelogênese endógena e exógena. Os ovócitos em vitelogênese inicial, característicos do estágio III, apresentam a deposição de vitelo endógeno. As células em vitelogênese avançada, próprias do estágio IV de maturação gonadal, são o alvo principal da vitelogênese... / This study described the structural aspects of the hepatopancreas and ovaries, and the hormonal features of females of the freshwater prawn Macrobrachium amazonicum, during the reproductive cycle. The specimens were captured and killed by thermic chock. The gonadosomatic (GSI) and hepatosomatic (HSI) indices were calculated as the percentage of the weight of the gonad and hepatopancreas to total body weight, respectively. Ovaries and hepatopancreas were fixed in Karnovsky solution and destined to light and ultrastructural microscopy studies. Small portions of the ovary, hepatopancreas and hemolymph were frozen in liquid nitrogen, for later steroid quantification (estradiol, progesterone and testosterone). The relationships between GSI and HSI demonstrate an inverse correlation between ovary and hepatopancreas during the maturation cycle. The oocytes distribution is variable depending on the ovarian maturation degree. The ovary in stage I consists of oogonia. The ovary in stage II consists mainly by previtellogenic oocytes that possess vesicles of the endoplasmic reticulum. These vesicles are important to endogenous and exogenous vitelogenesis. Initial vitellogenic oocytes are mainly observed in the ovary in stage III and possess vitelline reserve, called as endogenous vitelogenesis. Ovary in stage IV is composed of late vitellogenic oocytes that uptake exogenous vitellogenin. Mature oocytes present a corion formation. The hepatopancreas is composed by tubules that are lined by a pseudostratified epithelium, which consists of five cell types, identified as E (embryonic), F (fibrillar), B (blisterlike), R (resorptive) and M (basal). These cells present relationships with digestion and nutrient storage, which are very important for the reproductive processes ...(Complete abstract, click electronic access below)

Page generated in 0.1643 seconds