• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 33
  • Tagged with
  • 33
  • 33
  • 23
  • 18
  • 18
  • 16
  • 12
  • 8
  • 8
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

“Quando a menina enjoa da boneca....” : ensaio sobre o Complexo de Édipo e a construção do feminino

Costa, Kelen Santana da 10 August 2009 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, 2009. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2010-03-31T21:04:45Z No. of bitstreams: 1 2009_KelenSantanadaCosta.pdf: 702280 bytes, checksum: e8dffb87e08facbdfee1c9ed00352eee (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-05-17T20:42:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_KelenSantanadaCosta.pdf: 702280 bytes, checksum: e8dffb87e08facbdfee1c9ed00352eee (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-17T20:42:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_KelenSantanadaCosta.pdf: 702280 bytes, checksum: e8dffb87e08facbdfee1c9ed00352eee (MD5) Previous issue date: 2009-08-10 / Este trabalho investiga as vicissitudes do complexo de Édipo da menina e sua relação com a construção da feminilidade na teoria de Freud, a partir de uma incursão teórica referente ao assunto em sua obra. Foram utilizadas também algumas contribuições de autores contemporâneos, com destaque a Jacques Lacan, que enfatiza a noção de falta de objeto como central na estruturação do psiquismo. A pesquisa inicia com a abordagem da (re)descoberta da sexualidade infantil por Freud, mais especificamente do texto Três ensaios sobre a sexualidade, no qual Freud já antecipa a noção de um tornar-se mulher. Examina ainda o trajeto freudiano no desenvolvimento do constructo do Complexo de Édipo, que se tornou um dos mais importantes e controversos da teoria psicanalítica. E verificou que as especificidades do complexo edipiano da menina foram gradualmente descobertas a partir do gradual abandono da crença na existência de uma simetria nos complexos de meninos e meninas. Foi averiguado que o resultado proeminente do complexo de Édipo, tanto para meninos e meninas, é uma identificação à imagem fálica paterna. A pesquisa prossegue investigando a descoberta freudiana da existência de uma longa e forte relação pré-edipiana da menina com a mãe, que representou uma verdadeira revolução nos estudos da sexualidade feminina. O trabalho mostra, por fim, que a travessia do complexo edipiano na menina é fundamental no sentido de fornecer-lhe as bases para o advento como sujeito e uma identificação sexual, mas não garante a saída rumo à feminilidade. Daí a conclusão de que a feminilidade é um percurso repleto de meandros, um devir, um tornar-se, em constante construção. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This research investigates the vicissitudes of the Oedipus complex of the girl and its relationship with the construction of femininity in Freud’s theory, from a theoretical study of this subject in his works. It also uses some contributions from contemporary authors, especially Jacques Lacan, which emphasizes the notion of lack of object as central in the structuring of the psyche. The research begins with the approach of the (re)discovery of infantile sexuality, more specifically of the text Three Essays on the Theory of Sexuality, in which Freud anticipates the notion of becoming a woman. It also examines the path of Freud in the developmente of the concept of the Oedipus complex, which became one of the most important and controversial subjects of psychoanalytic theory. The specificities of the girl´s Oedipal complex were perceived by Freud as he gradually abandoned the belief in the existence of a simmetry in the complexes of boys and girls. It was found that the outstanding result of the Oedipus complex, for both boys and girls, is an identification with the paternal phallic image. The research continues investigating the Freudian discovery of the existence of a long and strong pre-Oedipal relation of the girl with her mother, which represented a revolution in the studies of female sexuality. At last, this work demonstrates that the passage through the Oedipus complex is crucial to provide the girl with the foundations for the emergence as a subject and with a sexual identity, but it does not guarantee an exit toward femininity. Hence, it concludes that femininity is a journey full of intricacies, a ‘becoming’, in constant construction.
2

Adolescência e abuso sexual intrafamiliar : avaliação dos impactos psicológicos e reajustes identitários-identificatórios com métodos projetivos / Adolescence and intrafamiliar sexual abuse : psychological impacts and identity-identificatory adjustments

Torres, Marck de Souza 10 December 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-05-07T17:55:53Z No. of bitstreams: 1 2014_MarckdeSouzaTorres.pdf: 1189843 bytes, checksum: 47756ae56b1a14d9dd0b7df1bf28c564 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2015-05-11T11:31:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_MarckdeSouzaTorres.pdf: 1189843 bytes, checksum: 47756ae56b1a14d9dd0b7df1bf28c564 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-11T11:31:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_MarckdeSouzaTorres.pdf: 1189843 bytes, checksum: 47756ae56b1a14d9dd0b7df1bf28c564 (MD5) / Este estudo tem por objetivo investigar os impactos do abuso sexual intrafamiliar para a problemática identitária-identificatória na adolescência. Tendo como partida a concepção da adolescência enquanto corolário do Complexo de Édipo, já que sua inscrição só acontecerá no segundo tempo de sua reatulização, o que permitirá ao sujeito a diferenciação eu/outro, a fantasmatização da diferenciação sexual entre masculino/feminino, ou seja, a possibilidade do sujeito remanejar a sexualidade infantil, para que possa integra sua genitalidade e desejar outros objetos, que não as figuras parentais. Variadas pesquisas tem contribuído para a compreensão das consequências do incesto na constituição psíquica de crianças e adolescentes, no entanto, poucas pesquisas tem sido realizada com enfoque psicanalítico e com técnicas projetivas, cuja compreensão seja o impacto no psiquismo da experiência incestuosa. Ferenczi contribui com a temática nos propondo que a criança que vivência a violência sexual, utiliza a clivagem e a identificação com o agressor, possibilitando a sobrevivência psíquica. O método utilizado foi o estudo com grupo único, no qual prevê a construção de um grupo delimitado por uma problemática específica e os estudos de casos nas suas variações. Participaram da pesquisa quatro adolescentes com idades entre 12 e 17 anos, vítimas de violência sexual. Os instrumentos utilizados foram entrevistas clínicas e métodos projetivos para compreensão do funcionamento psíquico. As técnicas projetivas utilizadas foram o Procedimento Desenho Família com Estórias e o Teste de Apercepção Temática – TAT na abordagem francesa, e tinham como objetivo compreender o funcionamento do sujeito no ambiente familiar, e o funcionamento das relações de objeto, respectivamente. A partir da análise dos protocolos, podemos perceber que as adolescentes apresentavam uma fratura no Complexo de Édipo precoce, o que dificultava o estabelecimento de uma diferenciação eu/outro que não permitiria uma estruturação do eixo identitário. Para essas adolescentes as vicissitudes de sua identificação, a utilização da identificação narcísica, e com uso da clivagem ficavam presas na questão da identificação narcísica, e com o uso da clivagem. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study aims at investigating the impacts of intrafamiliar sexual abuse for identificatory troublesomeness in adolescence. Taking as starting point the conception of adolescence as a corollary of the Oedipus complex, since its inscription will only happen in the second moment of its reactualization, which might allow the subject to differentiate self/other, the fantasizing of sexual differentiation between male/female, i.e. the possibility of the subject to relocate the infantile sexuality, so one can integrate one’s genitality and to desired objects, other than parental figures. Several researches have been contributing to the understanding of the consequences of incest in the psyche constitution of children and adolescents, however, just a few ones have been conducted in psychoanalysis focusing on the impact on the psyche of the incestuous experience. Ferenczi contributes to the theme in suggesting that children who experience sexual violence, using cleavage and identification with the aggressor, enable the psychic survival. The method used was the study with a single group, in which it is presupposed the use of projective methods for understanding certain mental functioning, while allowing several case studies. Four teenagers aged between 12 and 17 years, victims of sexual violence, were evaluated. The techniques used were the Family Drawing with Stories Procedure and the French approach of Thematic Apperception Test. The purpose of the tests was respectively to understand the functioning of the subject in the family environment and the functioning of the object relations of the victims. From the analysis of the protocols, we can see that the teenagers showed a fracture in the early Oedipus complex, making it difficult to establish a differentiation of self/other that would not allow a structuring of the identity axis. And in the case of the teenage girls the vicissitudes of their identification were a matter of narcissistic identification, and with the use of cleavage.
3

Psicanálise com crianças : rumo ao fantasma : do outro ao a

Costa, Marcelo Pio da 10 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2012. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-07-23T11:54:38Z No. of bitstreams: 1 2012_MarceloPiodaCosta.pdf: 1387785 bytes, checksum: cc00a02fa8e43b07a2775e43d24001a3 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2013-07-26T14:56:47Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_MarceloPiodaCosta.pdf: 1387785 bytes, checksum: cc00a02fa8e43b07a2775e43d24001a3 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-26T14:56:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_MarceloPiodaCosta.pdf: 1387785 bytes, checksum: cc00a02fa8e43b07a2775e43d24001a3 (MD5) / Esta tese defende a ideia de que a psicanálise com crianças, a partir de seu arcabouço teórico e de suas intervenções clínicas, opera a instalação do fantasma fundamental proposto por Lacan, levando a criança rumo à normalidade psíquica tal como Freud a concebe. Operações como recalque, alienação e separação, instaladas ao longo do processo de estruturação do sujeito pela linguagem, são responsáveis pela determinação do sujeito frente ao enigma do desejo do Outro e encontram na fantasia, decorrente da existência do fantasma, uma ficção sobre esta pergunta. A instalação do Outro, como lugar de encontro da linguagem com o organismo neonatal, e a posição de objeto causa de desejo, pequeno a, são lugares possíveis para o analista na condução das análises das crianças com transtornos no processo de estruturação. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This thesis defends the idea that psychoanalysis with children, based on its theoretical framework and its clinical interventions, brings about the installation of the fundamental phantasm proposed by Lacan, taking the child to psychological normality as conceived by Freud. Operations such as compression, alienation and separation, when they install themselves during the process of the subject's structuring by language, are responsible for the determination of the subject vis à vis the enigma of the desire for the Other and find in phantasy, as a consequence of the existence of the phantasm, a fiction about this question. The installation of the Other, as the meeting point of the language with the neo-natal organism, and the position of the object that causes desire, small a, are possible places for the analyst in conducting analyses of children with disturbances in their structuration process.
4

Xadrez, Édipo e símbolo : considerações sobre os sentidos de um jogo edipiano

Rua, Átila 16 December 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, 2010. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-02-22T12:39:44Z No. of bitstreams: 1 2010_AtilaRua.pdf: 2184271 bytes, checksum: 6e5dc448e199d483713ba33dc52e8910 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2011-03-01T10:49:45Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_AtilaRua.pdf: 2184271 bytes, checksum: 6e5dc448e199d483713ba33dc52e8910 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-03-01T10:49:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_AtilaRua.pdf: 2184271 bytes, checksum: 6e5dc448e199d483713ba33dc52e8910 (MD5) / Este trabalho cita as elaborações psicanalíticas clássicas acerca do xadrez com o intento de propor mudanças quanto ao entendimento do componente edipiano do jogo. O destaque recai sobre a insuficiência das teorias do simbolismo para retratar integralmente a extensão do Édipo enxadrístico, posto que omitem a importância singular da função paterna como executora de atos de nomeação. Verifica-se que a representação do símbolo enxadrístico, a regra que cria as jogadas, detém distinta composição, comparada ao símbolo contido na língua e nas teorias mencionadas acima. As especificidades da rede simbólica do jogo possibilitam numerosos entrelaçamentos com a linguagem, que originam símiles e metáforas relevantes para a compreensão do posicionamento do sujeito. As coincidências conceituais entre os sistemas epistemológicos da filosofia da linguagem ordinária, da psicanálise, da semiótica, das teorias sobre os jogos e do xadrez recebem detalhamento que visa a diferenciar entre o que se imagina acerca do xadrez, e o que factualmente caracteriza este jogo. A exposição dos detalhes aponta a necessidade da construção de uma semiologia própria dos atos enxadrísticos, e as mudanças na definição do símbolo terão conseqüência direta sobre a origem da concepção edipiana para o xadrez. Assim, constata-se que o Édipo não é onipresente na execução do jogo, conforme supunham os psicanalistas neo-freudianos, mas se propaga pelas ações dos enxadristas. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This writing goes through the classical psychoanalytical elaborations about chess to propose changes to the understanding of the Oedipian component of the game. The highlight goes to the insufficiency of symbolism theories to integrally portray the extension of chess’ Oedipus, since they omit the singular importance of the father function as executor of naming acts. It becomes evident that the representation of the chess symbol, the rule which creates the moves within the game, presents a different composition, compared to tongue-specific symbols and to that created by those aforementioned theories. The specificities of the symbolic net of the game make possible to bring numerous interlocks with language, which creates similes and metaphors relevant to comprehend the subject position. The conceptual coincidences between epistemological systems such as ordinary language philosophy, psychoanalysis, semiotics, theories about games, and chess receive detailed description in order to distinguish between what is commonly thought about chess and what actually the game is. The exposition of the details calls for the necessity of construct a proper semiology of chess acts, and it is clear that changes to definitions of the symbol bring direct consequences about the Oedipian understanding in chess. Thus, it is shown that Oedipus is not omnipresent in chess playing, in the way thought by neo-freudian psychoanalysts, although it is disseminated through the actions of the players.
5

O ordálio na psicose : um estudo psicanalítico teórico clínico

Coelho, Elisa Araújo 11 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2014-02-17T13:12:19Z No. of bitstreams: 1 2013_ElisaAraujoCoelho.pdf: 1061200 bytes, checksum: a76718511a2418740b06d9b4cefa17e8 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-02-17T13:59:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_ElisaAraujoCoelho.pdf: 1061200 bytes, checksum: a76718511a2418740b06d9b4cefa17e8 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-02-17T13:59:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_ElisaAraujoCoelho.pdf: 1061200 bytes, checksum: a76718511a2418740b06d9b4cefa17e8 (MD5) / A presente dissertação propõe-se a verificar se fantasias ordálicas infantis se atualizam no contexto que leva à irrupção de uma crise psicótica. Neste trabalho, pensaremos em ordálio como prova de linhagem, remetendo ao campo originário da pessoa. A prova ordálica muitas vezes constitui um ritual de passagem, o qual busca marcar de forma simbólica a passagem de um estado para um outro. Buscamos compreender como se dá a vivência de pessoas psicóticas no que tange a mudança de papéis sociais. Para tanto, realizaremos o estudo de dois casos clínicos de psicose: um caso de esquizofrenia e outro de paranoia, os quais nos permitirão levar em conta especificidades dos quadros na análise. A partir desta investigação, refletimos sobre como se deu a vivência do complexo de Édipo e de castração nestes casos de psicose, buscando verificar se houve a ocorrência ou não de provas ordálicas na infância dos sujeitos. Questionamos se o psicótico foi submetido a certas idealizações em sua infância as quais, posteriormente, se tornam fantasias ordálicas que se atualizam no contexto que precede uma crise psicótica. Após a análise dos casos clínicos, pudemos verificar que em ambos os casos houve a vivência de provas ordálicas no momento que antecedeu o surto psicótico. Ficou inconclusiva a questão da ocorrência de um ordálio real na infância de futuros psicóticos. Verificamos em ambos os casos, como constatado no caso Schreber, que as fantasias ordálicas atualizadas no momento da crise remetem ao complexo paterno, devido a não identificação com a figura do pai. Também verificamos que o delírio constituído posteriormente tem como papel uma tentativa de cura ao narcisismo ferido devido ao fracasso da prova ordálica. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study aims to verify whether ordalic fantasies from childhood are updated in the context that leads to the irruption of a psychotic break. In this work, we will think of ordeal as proof of lineage, leading us back to the original backgrounds of a person. An ordealic proof often constitutes a rite of passage, which seeks to symbolically mark the passage from one state to another. We seek to understand how the experience of a psychotic person is when it comes to shifting social roles. For this aim, we will accomplish two case studies of psychosis: a case of schizophrenia and another of paranoia, which will allow us to take into account specificities of the disorders in the analysis. From this investigation, we reflect on how was the experience of the Oedipus complex and castration in these cases of psychosis seeking to verify if there was the presence or absence of ordalic experiences in the person’s childhood. We question whether the psychotic underwent certain idealizations in its infancy, which subsequently become ordalic fantasies that are updated in the context that precedes a psychotic break. After the analysis of clinical cases, we observed that in both cases there was evidence of ordalic experience on the moment that preceded the psychotic break. It was inconclusive the question of the occurrence of a real ordeal in the childhood of the future psychotic. We verified in both cases, as found in the Schreber case, that the ordalic fantasies updated at the moment of the crisis refer to the father complex, due to non-identification with the father figure. We also verified that the delusion that emerges after the psychotic break is an attempt to cure the wounded narcissism due to the failure of the ordalic proof.
6

A noção de pai em psicanálise do declínio ao pai morto

Cherer, Evandro de Quadros 17 August 2018 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2018. / Às voltas com as mudanças familiares na sociedade vienense, no final do século XIX, e com a sexualidade histérica, Sigmund Freud atentou-se para a questão do pai, inserindo-a no campo da psicanálise. A propósito disso, o presente estudo consiste em uma proposta de investigação teórica sobre a questão do pai à luz da psicanálise, tendo como objetivo investigar a noção de pai, redimensionando-a no campo da psicanálise. Particularmente, buscou-se que os operadores conceituais da psicanálise fossem reconsiderados, fundamentalmente no que diz respeito à questão do pai em relação ao declínio da imago paterna e suas eventuais repercussões na constituição subjetiva. Acerca disso, percorreu-se como a noção de pai surgiu, desenvolveu-se e foi trabalhada na obra freudiana. De início, o pai foi apreendido enquanto sedutor e associado à etiologia das neuroses. Entretanto, a teoria da sexualidade infantil promoveu uma torção, deslocando o pai para o complexo de Édipo. Nesse, o pai seria o interditor do objeto de desejo e, simultaneamente, o ideal, na medida em que detém para si a mãe ao possuir o falo. Essa relação ambivalente, ou seja, de rivalidade e idealização, foi nomeada de complexo paterno, aspecto fundamental na noção de pai. Situando essa questão nas origens da humanidade, Freud formulou o mito do parricídio inaugural. O Urvater, o pai primordial, foi assassinado pelos filhos e, mesmo morto, tornou-se mais forte que se vivo estivesse. Semelhantemente, Moisés teria sido assassinado pelos judeus ao conduzi-los à terra prometida. Nas três principais versões freudianas do pai (Édipo, Urvater e Moisés), o parricídio está presente. O pai, o Um da exceção, é, a rigor, o pai morto, aquele cujo lugar ninguém está efetivamente à altura. De modo semelhante, investigou-se o declínio do pai e a problemática de suas eventuais repercussões na obra do jovem Lacan, na qual repercussões foram tributadas ao declínio da família paternalista, bem como eventuais falhas na constituição subjetiva atribuídas ao pai no seio familiar. Foi visto que essa lógica da contração familiar como prejudicial à constituição subjetiva está presente mesmo atualmente. Contrapondo-se a essa perspectiva, a problemática do pai também foi considerada em o “retorno a Freud” feito por Lacan, período no qual a noção de pai passou a ser apreendida a partir do caráter linguajeiro, sendo cunhado o conceito de Nome-do-Pai enquanto suporte da função simbólica. Distanciando-se do familialismo, é numa função lógica que o pai foi situado. Com isso, esta tese procurou investigar o que é o pai em psicanálise, essencialmente na teoria freudiana e nas (re)leituras produzidas por Lacan, contrapondo-se ao uso que se faz atualmente das noções de “enfraquecimento” ou “declínio” da função paterna, redimensionando essas questões no campo da psicanálise e defendendo a hipótese segunda a qual há uma radical distinção entre os pais, que estão sempre aquém, e a função paterna enquanto tal. / In view of family changes in Viennese society at the end of the nineteenth century, and with hysterical sexuality, Sigmund Freud occupied himself at the question of the father, inserting it into the field of psychoanalysis. In this regard, the present study consists of a theoretical research on the question of the father in the light of psychoanalysis, aiming to investigate the notion of father, redimensioning it in the field of psychoanalysis. Particularly, it has tried to reconsider the conceptual operators of psychoanalysis, fundamentally what it comes to the question of the father in relation to the decline of paternal imago and its possible repercussions on subjective constitution. Regarding this, it was studied how the idea of father arose, developed and was worked out in Freudian literature. At first, the father was apprehended as seductive and associated with the etiology of the neuroses. However, childhood sexuality promoted a twist, shifting the father to the Oedipus complex, in which the father would be the interdictor of the object of desire and, simultaneously, the ideal, considering that he holds for himself the mother as he possesses the phallus. This ambivalent relation, that is, of rivalry and idealization, was named paternal complex, fundamental aspect in the notion of father. Contextualizing this question in the origins of humanity, Freud formulated the myth of the inaugural parricide. Urvater, the primordial father, was murdered by his sons and, even dead, became stronger than if he were alive. Similarly, Moses have been murdered by the Jews when leading them to the promised land. In the three major Freudian versions of father (Oedipus, Urvater, and Moses), parricide is present. The father, the One of the exception, is, strictly speaking, the dead father, the one whose place no one is effectively up to. In a similar way, the present study also investigated father's decline and the problematic of its eventual repercussions in the work of young Lacan, in which repercussions were tributed to the decline of the paternalistic family, as well as possible failures in the subjective constitution attributed to the father within the family. It has been seen that this logic of family contraction as detrimental to the subjective constitution is present even today. In contrast to this perspective, the father's problematic was also considered in Lacan's "return to Freud", a period in which the notion of father became apprehended by the character of langage, and the concept of the Name-of-Father was coined as support of the symbolic function. Distancing itself from familialism, it was in a logical function that the father was placed. Thus, this thesis sought to investigate what the father is in psychoanalysis, essentially in Freud's theory and in the (re)readings produced by Lacan, in opposition to the current use of notions of "weakening" or "decline" of function paternal, redimensioning these issues in the field of psychoanalysis and defending the hypothesis according which there is a radical distinction between the fathers, who always fall short, and the paternal function.
7

Situações triangulares em gêmeos durante o primeiro ano de vida : conjecturas sobre o complexo de Édipo / Triangular situations in twins during the first year of life : conjectures about the Oedipus complex

Maria Elizabeth Barreto de Pinho Tavares 04 December 2007 (has links)
Na literatura psicológica, encontramos pesquisas realizadas com gêmeos visando estudar a influência de fatores genéticos versus ambientais na estruturação da personalidade e também no campo da psicopatologia. Entretanto, existem poucos relatos de pesquisas voltados para a interação intra-par de gêmeos e entre os gêmeos e seus cuidadores, especialmente em relação às questões edípicas. O fenômeno, tão estudado pela psicanálise, tem sido pouco investigado na vivência de situações triangulares entre os co-gêmeos e seus pais. O método de Observação Psicanalítica modelo Esther Bick inspirou o planejamento desta tese, que tem como objetivos: observar e descrever as relações objetais triangulares entre os gêmeos e seus pais durante o primeiro ano de vida; analisar a possibilidade de a triangulação edípica ocorrer prioritariamente entre o par de gêmeos; verificar se a \"presença real\" do co-gêmeo poderia exacerbar a vivência como \"terceiro excluído\" entre os gêmeos. Participaram cinco pares de gêmeos recém-nascidos e suas respectivas famílias, sendo dois pares masculinos(monozigoto e dizigoto), dois pares femininos (monozigoto e dizigoto) e um par de sexos diferentes. Foram realizadas visitas semanais com duração de uma hora cada, às residências dos gêmeos, durante o primeiro ano de vida, a fim de observar os gêmeos e seus cuidadores. A observadora pode presenciar o que se passava na relação intra-par de gêmeos, bem como entre os gêmeos e demais pessoas presentes. Após cada sessão de observação foi elaborado um relatório constando os comportamentos observados e as percepções da observadora em relação aos fatos. Foram estudados especialmente os seguintes fenômenos observados nas famílias de gêmeos: atendimento individual mãe-gêmeos; atendimento conjunto mãe-gêmeos; disputa de colo/atenção materna; atendimento pai-gêmeos; relacionamento intra-par de gêmeos. As relações triangulares envolvendo os co-gêmeos e seus pais foram analisadas, tendo como subsídio as teorias de Freud e Klein a respeito das questões edípicas. Foram percebidas quatro formas de relação triangular além do triângulo edípico filho-mãe-pai nas famílias estudadas. / In the psychological literature, we have found researches performed with twins where the aim was to study the influence of genetic factors versus environmental ones in the structuring of the personality and also in the field of the psychology. However, there are few reports of researches related to the twins\' intra-pair interaction and between the twins and their caretakers, especially in relation to the oedipal issues. The phenomenon, so studied by the psychoanalysis, has been little investigated in the experience of triangular situations between the co-twins and their parents. Esther Bick method of Psychoanalytic Observation model inspired the planning of this thesis, which has as its objectives: to observe and to describe the oppose triangular relationships between the twins and their parents during the first year of life; to analyze the possibility that the oedipal triangulation may happen essentially between the pair of twins; to verify if the \"real presence\" of the co-twin could exacerbate the existence as a \"third excluded\" between the twins. Five pairs of just born twins and their respective families participated in the study; among them we have two male pairs (monozygotic and dizygotic twins), two female pairs (monozygotic and dizygotic twins) and a pair of different sexes. Weekly visits were carried out with an hour duration each, to the twins\' residences, during the first year of life, in order to observe the twins and their caretakers. The observer could witness what happened in the twins\' intra-pair relationship, as well as between the twins and among the other people present. After each observation session a report was elaborated including the observed behaviors and the observer\'s perceptions related to the facts. The following observed phenomena were specially studied in the twins\' families: individual attendance mother-twin; pair attendance mother-twins; dispute of mother\'s holding/attention; father-twins attendance; twins\' intra-pair relationship. The triangular relationships involving the co-twins and their parents were analyzed, having as its subsidy Freud\'s and Klein\'s theories regarding to oedipal relations. It has been noticed four triangular relationship forms besides the triangle son-mother-father oedipal one in the studied families.
8

Incesto e desenvolvimento humano: considerações a partir de uma abordagem psicanalítica / Incest and Human Development: Considerations From a Psychoanalytical Approach

Carla Julia Segre Faiman 19 May 2003 (has links)
O presente trabalho consiste em um estudo do incesto entre pai e filha (ou padrasto e enteada) a partir de um enfoque psicanalítico. A prática clínica serve como ponto de partida para a reflexão, que se desenvolve através da aplicação da psicanálise na compreensão dos aspectos emocionais presentes nas situações em questão. A interdição ao incesto é considerada um elemento fundamental no desenvolvimento do ser humano, tanto no nível individual ou familiar, como no que se refere ao aspecto social. O incesto entre pai e filha transgride esta norma, denunciando uma falha ou distorção no exercício das funções parentais, que são referências básicas para o desenvolvimento emocional. Os conceitos de narcisismo e de superego são utilizados na compreensão da dinâmica psicológica envolvida na violência sexual incestuosa cometida por pais. Esta pode, em alguns casos, denotar um nível de angústia que ameaça o funcionamento psíquico, para o qual a única resposta que se afigura, para determinado perfil de pessoas, é a atuação violenta. A concretização do incesto corresponde à realização dos impulsos proibidos identificados como a base do complexo de Édipo. No entanto, a prática clínica demostra que a atuação incestuosa geralmente não corresponde à simples satisfação direta destes impulsos, o que se confirma na ampla variabilidade de configurações emocionais presentes em diferentes famílias com ocorrência de incesto. Diversos contextos e diferentes repercussões associam-se a cada vivência de incesto, que deve ser analisada em sua complexidade e em sua particularidade / This work is a study of the incest between father and daughter (or step father and step daughter) under the light of the Psychoanalysis. The clinical practice helps as a starting point in this reflection, that develops itself through the applied psychoanalysis for the understanding of the existing emotional aspects in the observed situations . The interdiction of the incest is considered to be a fundamental element for human development, at a personal level, at a family level, and even as a social aspect. The incest between father and daughter infringes this rule, denouncing a failure or distortion within the parental duty, which is very important on ones emotional growth. This research uses concepts of narcissism and superego to understand the psychological dynamics involved in incestuous sexual abuse practiced by the father. In some cases, such actions denote a high anguish level, which threatens the proper mental functioning in a way that the only possible response, to a certain profile of people, is through violent actions. The incest act relates to the acting out of forbidden impulses identified as the basis for the Oedipus complex. However, the clinical practice demonstrates that the incestuous attitude doesnt relate simply to the direct satisfaction of these impulses. The wide variability of emotional configurations in each of the different families with incestuous history, confirms that. Diverse family environments and different repercussions relate to each incestuous experience. Each occurrence should be evaluated within its complexity and peculiarity
9

Situações triangulares em gêmeos durante o primeiro ano de vida : conjecturas sobre o complexo de Édipo / Triangular situations in twins during the first year of life : conjectures about the Oedipus complex

Tavares, Maria Elizabeth Barreto de Pinho 04 December 2007 (has links)
Na literatura psicológica, encontramos pesquisas realizadas com gêmeos visando estudar a influência de fatores genéticos versus ambientais na estruturação da personalidade e também no campo da psicopatologia. Entretanto, existem poucos relatos de pesquisas voltados para a interação intra-par de gêmeos e entre os gêmeos e seus cuidadores, especialmente em relação às questões edípicas. O fenômeno, tão estudado pela psicanálise, tem sido pouco investigado na vivência de situações triangulares entre os co-gêmeos e seus pais. O método de Observação Psicanalítica modelo Esther Bick inspirou o planejamento desta tese, que tem como objetivos: observar e descrever as relações objetais triangulares entre os gêmeos e seus pais durante o primeiro ano de vida; analisar a possibilidade de a triangulação edípica ocorrer prioritariamente entre o par de gêmeos; verificar se a \"presença real\" do co-gêmeo poderia exacerbar a vivência como \"terceiro excluído\" entre os gêmeos. Participaram cinco pares de gêmeos recém-nascidos e suas respectivas famílias, sendo dois pares masculinos(monozigoto e dizigoto), dois pares femininos (monozigoto e dizigoto) e um par de sexos diferentes. Foram realizadas visitas semanais com duração de uma hora cada, às residências dos gêmeos, durante o primeiro ano de vida, a fim de observar os gêmeos e seus cuidadores. A observadora pode presenciar o que se passava na relação intra-par de gêmeos, bem como entre os gêmeos e demais pessoas presentes. Após cada sessão de observação foi elaborado um relatório constando os comportamentos observados e as percepções da observadora em relação aos fatos. Foram estudados especialmente os seguintes fenômenos observados nas famílias de gêmeos: atendimento individual mãe-gêmeos; atendimento conjunto mãe-gêmeos; disputa de colo/atenção materna; atendimento pai-gêmeos; relacionamento intra-par de gêmeos. As relações triangulares envolvendo os co-gêmeos e seus pais foram analisadas, tendo como subsídio as teorias de Freud e Klein a respeito das questões edípicas. Foram percebidas quatro formas de relação triangular além do triângulo edípico filho-mãe-pai nas famílias estudadas. / In the psychological literature, we have found researches performed with twins where the aim was to study the influence of genetic factors versus environmental ones in the structuring of the personality and also in the field of the psychology. However, there are few reports of researches related to the twins\' intra-pair interaction and between the twins and their caretakers, especially in relation to the oedipal issues. The phenomenon, so studied by the psychoanalysis, has been little investigated in the experience of triangular situations between the co-twins and their parents. Esther Bick method of Psychoanalytic Observation model inspired the planning of this thesis, which has as its objectives: to observe and to describe the oppose triangular relationships between the twins and their parents during the first year of life; to analyze the possibility that the oedipal triangulation may happen essentially between the pair of twins; to verify if the \"real presence\" of the co-twin could exacerbate the existence as a \"third excluded\" between the twins. Five pairs of just born twins and their respective families participated in the study; among them we have two male pairs (monozygotic and dizygotic twins), two female pairs (monozygotic and dizygotic twins) and a pair of different sexes. Weekly visits were carried out with an hour duration each, to the twins\' residences, during the first year of life, in order to observe the twins and their caretakers. The observer could witness what happened in the twins\' intra-pair relationship, as well as between the twins and among the other people present. After each observation session a report was elaborated including the observed behaviors and the observer\'s perceptions related to the facts. The following observed phenomena were specially studied in the twins\' families: individual attendance mother-twin; pair attendance mother-twins; dispute of mother\'s holding/attention; father-twins attendance; twins\' intra-pair relationship. The triangular relationships involving the co-twins and their parents were analyzed, having as its subsidy Freud\'s and Klein\'s theories regarding to oedipal relations. It has been noticed four triangular relationship forms besides the triangle son-mother-father oedipal one in the studied families.
10

Incesto e desenvolvimento humano: considerações a partir de uma abordagem psicanalítica / Incest and Human Development: Considerations From a Psychoanalytical Approach

Faiman, Carla Julia Segre 19 May 2003 (has links)
O presente trabalho consiste em um estudo do incesto entre pai e filha (ou padrasto e enteada) a partir de um enfoque psicanalítico. A prática clínica serve como ponto de partida para a reflexão, que se desenvolve através da aplicação da psicanálise na compreensão dos aspectos emocionais presentes nas situações em questão. A interdição ao incesto é considerada um elemento fundamental no desenvolvimento do ser humano, tanto no nível individual ou familiar, como no que se refere ao aspecto social. O incesto entre pai e filha transgride esta norma, denunciando uma falha ou distorção no exercício das funções parentais, que são referências básicas para o desenvolvimento emocional. Os conceitos de narcisismo e de superego são utilizados na compreensão da dinâmica psicológica envolvida na violência sexual incestuosa cometida por pais. Esta pode, em alguns casos, denotar um nível de angústia que ameaça o funcionamento psíquico, para o qual a única resposta que se afigura, para determinado perfil de pessoas, é a atuação violenta. A concretização do incesto corresponde à realização dos impulsos proibidos identificados como a base do complexo de Édipo. No entanto, a prática clínica demostra que a atuação incestuosa geralmente não corresponde à simples satisfação direta destes impulsos, o que se confirma na ampla variabilidade de configurações emocionais presentes em diferentes famílias com ocorrência de incesto. Diversos contextos e diferentes repercussões associam-se a cada vivência de incesto, que deve ser analisada em sua complexidade e em sua particularidade / This work is a study of the incest between father and daughter (or step father and step daughter) under the light of the Psychoanalysis. The clinical practice helps as a starting point in this reflection, that develops itself through the applied psychoanalysis for the understanding of the existing emotional aspects in the observed situations . The interdiction of the incest is considered to be a fundamental element for human development, at a personal level, at a family level, and even as a social aspect. The incest between father and daughter infringes this rule, denouncing a failure or distortion within the parental duty, which is very important on ones emotional growth. This research uses concepts of narcissism and superego to understand the psychological dynamics involved in incestuous sexual abuse practiced by the father. In some cases, such actions denote a high anguish level, which threatens the proper mental functioning in a way that the only possible response, to a certain profile of people, is through violent actions. The incest act relates to the acting out of forbidden impulses identified as the basis for the Oedipus complex. However, the clinical practice demonstrates that the incestuous attitude doesnt relate simply to the direct satisfaction of these impulses. The wide variability of emotional configurations in each of the different families with incestuous history, confirms that. Diverse family environments and different repercussions relate to each incestuous experience. Each occurrence should be evaluated within its complexity and peculiarity

Page generated in 0.0891 seconds