• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 214
  • Tagged with
  • 217
  • 217
  • 151
  • 139
  • 57
  • 55
  • 52
  • 43
  • 40
  • 31
  • 28
  • 26
  • 24
  • 21
  • 20
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Helicoverpa armigera (Hübner) (Lepidoptera: Noctuidae): táticas para o manejo integrado / Helicoverpa armigera (Hübner) (Lepidoptera: Noctuidae): tactics for integrated management

Laurentis, Valéria Lucas de [UNESP] 24 January 2017 (has links)
Submitted by VALÉRIA LUCAS DE LAURENTIS null (valaurentis@hotmail.com) on 2017-02-23T17:49:06Z No. of bitstreams: 1 Tese_Valéria_Lucas_de_Laurentis.pdf: 1331261 bytes, checksum: 4a05f3ddbe91dd538e07d6ca5383f6a9 (MD5) / Approved for entry into archive by Juliano Benedito Ferreira (julianoferreira@reitoria.unesp.br) on 2017-02-24T18:43:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 laurentis_vl_dr_bot.pdf: 1331261 bytes, checksum: 4a05f3ddbe91dd538e07d6ca5383f6a9 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-24T18:43:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 laurentis_vl_dr_bot.pdf: 1331261 bytes, checksum: 4a05f3ddbe91dd538e07d6ca5383f6a9 (MD5) Previous issue date: 2017-01-24 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / O objetivo desta pesquisa foi estudar algumas estratégias para o manejo de Helicoverpa armigera (Hübner) (Lep.: Noctuidae), como o uso de inseticidas químicos (clorantraniliprole, clorfenapir e zeta-cipermetrina) e biológicos (Bacillus thuringiensis kurstaki, Bacillus thuringiensis aizawai e VPN-HzSNPV), o uso do parasitoide de ovos Trichogramma pretiosum Riley (Hymenoptera: Trichogrammatidae), além da compatibilidade entre estas ferramentas, em condições de laboratório. Para os testes de toxicidade foi avaliada a mortalidade das lagartas de segundo ínstar via ingestão e contato, e estimada a CL50, via ingestão, dos inseticidas. Por ingestão, todos os produtos testados, exceto VPN-HzSNPV, provocaram 100% de mortalidade. Por contato, os produtos clorfenapir e clorantraniliprole mataram 100% dos insetos. Clorfenapir matou as lagartas em menos tempo. Dentre os produtos químicos, zeta-cipermetrina foi o que demorou mais tempo para matar os insetos. Clorantraniliprole (0,00031 g i.a./L) e VPN-HzSNPV (0,001293 g i.a./L) apresentam os menores valores de CL50. Nos testes com T. pretiosum, comparados com Corcyra cephalonica (Staiton) (Lep.: Pyralidae), foi estudado o parasitismo, a emergência e o período de ovo a adulto, com 24 e 48 h de exposição do parasitoide aos ovos de H. armigera; a longevidade dos descendentes com 24 h de exposição; o parasitismo e a emergência em ovos de diferentes idades e diferentes dias de oviposição dos lepidópteros; e a preferência hospedeira. O parasitismo foi maior em C. cephalonica após 24 e 48 h de exposição (57,4% e 84,6%, respectivamente). Nos diferentes dias de oviposição, em ovos de C. cephalonica o parasitismo foi maior no segundo dia (76,2%), e em H. armigera, no terceiro (71,1%). Em relação às idades dos ovos, o parasitismo foi menor em C. cephalonica com dois dias (63,3%) e H. armigera com três (41,3%). No teste com chance de escolha, T. pretiosum preferiu H. armigera. No teste sem chance de escolha não houve diferença na preferência. Para os experimentos de seletividade, ovos hospedeiros foram mergulhados nos inseticidas antes e depois do parasitismo. Os adultos foram expostos ao resíduo seco dos inseticidas em tubos de vidro e utilizando a metodologia da Organização Internacional de Controle Biológico (IOBC). Quando os ovos foram tratados antes do parasitismo, zeta-cipermetrina e clorfenapir foram moderadamente nocivos aos adultos em relação ao parasitismo e nocivos em relação à emergência. Com relação à fase imatura de T. pretiosum, quando os ovos foram tratados com dois dias após o parasitismo, zeta-cipermetrina foi moderadamente nocivo para a emergência. Após quatro dias do parasitismo, para a emergência, zeta-cipermetrina e clorfenapir foram moderadamente nocivos. Clorfenapir impediu a emergência dos adultos quando os hospedeiros foram tratados após seis dias do parasitismo, sendo considerado nocivo, enquanto zeta-cipermetrina foi moderadamente nocivo. Após 24, 48 e 72 horas de exposição dos adultos aos inseticidas de acordo com a metodologia da IOBC, zeta-cipermetrina e clorfenapir não permitiram o parasitismo, sendo classificados como nocivos. Nos testes de compatibilidade, os inseticidas sintéticos foram adicionados ao meio de cultura ágar nutriente, e sobre o meio foram inoculados 5,0 μL de cada suspensão de B. thuringiensis. As áreas das colônias foram medidas e contabilizado o número de esporos, e depois as suspensões foram utilizadas no teste de patogenicidade. Zeta-cipermetrina foi muito tóxico aos dois bioinseticidas. Clorfenapir foi moderadamente tóxico para Bt aizawai e compatível para Bt kurstaki. Clorantraniliprole foi compatível aos dois biológicos. Bt kurstaki e Bt aizawai, crescidos em meio contendo os inseticidas clorantraniliprone e clorfenapir, causaram 100% de mortalidade nas lagartas.
2

Epidemiologia e controle de fuligem e sujeira de mosca em macieiras (Malus x domestica Borkh) no Sul do Brasil / Epidemiology and control of sooth blotch and flyspeck on apples (Malus x domestica Borkh.) in southern Brazil

Spolti, Piérri January 2009 (has links)
A cultura da macieira no Brasil ocupa uma área de 35 mil hectares, concentrada nos estados do Sul do país. Apesar do alto patamar técnico atingido, a cultura sofre o ataque e perdas por inúmeras doenças, dentre as quais, incluem-se a Fuligem e a Sujeira de Mosca (F&SM). Classificadas como doenças secundárias, reduzem o valor de comercialização dos frutos in natura, pela formação de manchas escuras na epiderme dos frutos como resultado da colonização epífita por fungos na superfície das maçãs. No Brasil, dados referentes à biologia de F&SM restringem-se a testes de eficiência de fungicidas ou provêm de estudos com outros patossistemas. O objetivo deste trabalho foi o de elucidar aspectos epidemiológicos destas doenças, fornecendo as bases para o manejo integrado. Foram realizados estudos de disponibilidade, dinâmica e controle de inóculo, de análise de distribuição espacial, de modelagem do progresso temporal e uma avaliação de um modelo de previsão de F&SM na região Nordeste do Rio Grande do Sul. As pesquisas foram realizadas nos ciclos 2006/07 e 2007/08 em Vacaria-RS. Foi verificado que o inóculo de F&SM esteve disponível durante todo o período de formação dos frutos, sugerindo que ciclos secundários são responsáveis pelo incremento da doença. A incidência de F&SM apresentou relação positiva com a intensidade das chuvas (mm/chuva e mm/h), e com o somatório de horas de molhamento foliar (R2≥0,85; P<0,05), sendo que as primeiras infecções foram estabelecidas desde os 30 primeiros dias após a queda das pétalas. A utilização de oxicloreto de cobre (0,5%) e hidróxido de cobre (0,5%) no período dormente de macieiras ‘Pink Lady®’ reduziu os danos de F&SM no momento da colheita, com controle de 33% e 53%, respectivamente. O regime pluviométrico nos três meses que antecederam à colheita influenciou a incidência de F&SM sem, no entanto, afetar o padrão agregado destas doenças (D>1). O modelo monomolecular apresentou o melhor ajuste ao progresso temporal, com R*2>0,90 independentemente do ciclo ou tratamento. Aplicações de tiofanato metílico + captana seguindo o critério do sistema de alerta, em combinação com o uso de poda verde, possibilitou, no ciclo 2007/08, uma redução de 66% no número de aplicações com fungicidas, sem afetar o controle quando comparado aos tratamentos preventivos. / Apple production in Brazil is located at the southern states and comprises an area of around 35 thousand hectares. In spite of the advanced technology in use, crop physiological stresses and disease are responsible to severe economical losses, in which Sooty Blotch and Flyspeck (SBFS) are of secondary importance, among other diseases. Losses by SBFS are due to fruit blemishes that are caused by growth of the fungi on the apple cuticule. In Brazil, epidemiological knowledge on SBFS is very limited and restricted to fungicide testing studies. The aim of this work was to study key epidemiological aspects and management strategies for SBFS control at the conditions of northeastern production of Rio Grande do Sul State. Field experiments were conducted in 2006/07 and 2007/08 seasons at Vacaria, RS. A series of experiments were planned to study inoculum and infections dynamics driven by environmental conditions, disease reduction by winter treatments, disease spatial patterns and assessment of management strategies for disease control by evaluating usefulness of a warning system and effect of cultural practices and fungicide treatments. Disease incidence was observed in fruits exposed during all infection windows demonstrating inoculum availability during all fruits stages. Disease incidence showed a linear relationship with precipitation rates (mm/rain and mm/h) and leaf wetness duration (R²≥0,85; P=0,05) measured during each window. The use of cooper oxycloret (0,5%) or cooper hydroxid (0,5%) sprays during dormant stages allowed reduction of 33% and 53%, respectively, in the SBFS incidence at harvest. Spatial analysis using beta-nominal distribution and geoestatistics showed disease aggregation among samplins units, being stronger aggregated when decreasing the number of plants in the sampling units. The monomolecular model best described SBFS incidence temporal progress (R*²>0,90) regardless of the fungicides treatments or season. Fungicide applications with a mix of thiophanate-methyl and captana following a disease warning system, in association with summer pruning allowed reduction of 66% in the number of sprays when compared to preventive treatment with the same control efficiency.
3

Incidência de cancro cítrico (Xanthomonas citri pv. citri) em pomar de laranjeiras 'Valência' sob concentrações e freqüências de pulverizações cúpricas

Theisen, Sergiomar January 2004 (has links)
O objetivo deste trabalho foi de buscar alternativas para aumentar a eficiência do controle do cancro cítrico (Xanthomonas citri pv. citri) nos pomares do Rio Grande do Sul, avaliando o efeito de concentrações de três bactericidas cúpricos e de duas freqüências de pulverização nas fases de intensa brotação.
4

Epidemiologia e controle de fuligem e sujeira de mosca em macieiras (Malus x domestica Borkh) no Sul do Brasil / Epidemiology and control of sooth blotch and flyspeck on apples (Malus x domestica Borkh.) in southern Brazil

Spolti, Piérri January 2009 (has links)
A cultura da macieira no Brasil ocupa uma área de 35 mil hectares, concentrada nos estados do Sul do país. Apesar do alto patamar técnico atingido, a cultura sofre o ataque e perdas por inúmeras doenças, dentre as quais, incluem-se a Fuligem e a Sujeira de Mosca (F&SM). Classificadas como doenças secundárias, reduzem o valor de comercialização dos frutos in natura, pela formação de manchas escuras na epiderme dos frutos como resultado da colonização epífita por fungos na superfície das maçãs. No Brasil, dados referentes à biologia de F&SM restringem-se a testes de eficiência de fungicidas ou provêm de estudos com outros patossistemas. O objetivo deste trabalho foi o de elucidar aspectos epidemiológicos destas doenças, fornecendo as bases para o manejo integrado. Foram realizados estudos de disponibilidade, dinâmica e controle de inóculo, de análise de distribuição espacial, de modelagem do progresso temporal e uma avaliação de um modelo de previsão de F&SM na região Nordeste do Rio Grande do Sul. As pesquisas foram realizadas nos ciclos 2006/07 e 2007/08 em Vacaria-RS. Foi verificado que o inóculo de F&SM esteve disponível durante todo o período de formação dos frutos, sugerindo que ciclos secundários são responsáveis pelo incremento da doença. A incidência de F&SM apresentou relação positiva com a intensidade das chuvas (mm/chuva e mm/h), e com o somatório de horas de molhamento foliar (R2≥0,85; P<0,05), sendo que as primeiras infecções foram estabelecidas desde os 30 primeiros dias após a queda das pétalas. A utilização de oxicloreto de cobre (0,5%) e hidróxido de cobre (0,5%) no período dormente de macieiras ‘Pink Lady®’ reduziu os danos de F&SM no momento da colheita, com controle de 33% e 53%, respectivamente. O regime pluviométrico nos três meses que antecederam à colheita influenciou a incidência de F&SM sem, no entanto, afetar o padrão agregado destas doenças (D>1). O modelo monomolecular apresentou o melhor ajuste ao progresso temporal, com R*2>0,90 independentemente do ciclo ou tratamento. Aplicações de tiofanato metílico + captana seguindo o critério do sistema de alerta, em combinação com o uso de poda verde, possibilitou, no ciclo 2007/08, uma redução de 66% no número de aplicações com fungicidas, sem afetar o controle quando comparado aos tratamentos preventivos. / Apple production in Brazil is located at the southern states and comprises an area of around 35 thousand hectares. In spite of the advanced technology in use, crop physiological stresses and disease are responsible to severe economical losses, in which Sooty Blotch and Flyspeck (SBFS) are of secondary importance, among other diseases. Losses by SBFS are due to fruit blemishes that are caused by growth of the fungi on the apple cuticule. In Brazil, epidemiological knowledge on SBFS is very limited and restricted to fungicide testing studies. The aim of this work was to study key epidemiological aspects and management strategies for SBFS control at the conditions of northeastern production of Rio Grande do Sul State. Field experiments were conducted in 2006/07 and 2007/08 seasons at Vacaria, RS. A series of experiments were planned to study inoculum and infections dynamics driven by environmental conditions, disease reduction by winter treatments, disease spatial patterns and assessment of management strategies for disease control by evaluating usefulness of a warning system and effect of cultural practices and fungicide treatments. Disease incidence was observed in fruits exposed during all infection windows demonstrating inoculum availability during all fruits stages. Disease incidence showed a linear relationship with precipitation rates (mm/rain and mm/h) and leaf wetness duration (R²≥0,85; P=0,05) measured during each window. The use of cooper oxycloret (0,5%) or cooper hydroxid (0,5%) sprays during dormant stages allowed reduction of 33% and 53%, respectively, in the SBFS incidence at harvest. Spatial analysis using beta-nominal distribution and geoestatistics showed disease aggregation among samplins units, being stronger aggregated when decreasing the number of plants in the sampling units. The monomolecular model best described SBFS incidence temporal progress (R*²>0,90) regardless of the fungicides treatments or season. Fungicide applications with a mix of thiophanate-methyl and captana following a disease warning system, in association with summer pruning allowed reduction of 66% in the number of sprays when compared to preventive treatment with the same control efficiency.
5

Subsídios para monitoramento e manejo da resistência de Bemisia tabaci (Gennadius) (Hemiptera: Aleyrodidae) a inseticidas. / Subsides for monitoramento and resistance manajemente of Bemisia tabaci (Gennadius) (Hemiptera: Aleyrodidae)the perticides.

Silva, Leonardo Dantas da January 2006 (has links)
SILVA, L. D. Subsídios para monitoramento e manejo da resistência de Bemisia tabaci (Gennadius) (Hemiptera: Aleyrodidae) a inseticidas. 2006. 86 f. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2006. / Submitted by Francisco Lacerda (lacerda@ufc.br) on 2014-07-22T21:24:38Z No. of bitstreams: 1 2006_tese_ldsilva.pdf: 397009 bytes, checksum: 004ec4bef730acbac2be590b9ec007a0 (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa(jairo@ufc.br) on 2014-08-06T21:30:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_tese_ldsilva.pdf: 397009 bytes, checksum: 004ec4bef730acbac2be590b9ec007a0 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-08-06T21:30:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_tese_ldsilva.pdf: 397009 bytes, checksum: 004ec4bef730acbac2be590b9ec007a0 (MD5) Previous issue date: 2006 / The use of pesticides has been the major strategy to control the whitefly, Bemisia tabaci (Gennadius). The intensive use of these products has resulted in the development of whitefly resistance all around the world. Because of lack of studies in this subject in Brazil, the objectives of this research were: validate a bioassay technique to characterize the baseline susceptibility and evaluate the genetic variability of B. tabaci populations to some pesticides in Brazil. A residual contact bioassay by using foliar discs of Canavalia ensiformis L.. The effect of cotton and soybean plants on susceptibility of the rearing B. tabaci to acetamiprid, imidacloprid, thiamethoxan, chlorpyrifos, endosulfan and pyridaben was evaluated. Four whitefly populations, two from the Goiás state (GO-1and GO-2) e two from Bahia state (BA-1 and BA-2), were tested against a susceptible reference one (SusIAC). The foliar discs were treated by immersion on the chemical solutions and; then, they were transferred onto an agar-water solution in the bottom of a glass vial. Adult insect of unknown age and sex were transferred to the vials with treated foliar discs. Evaluations were performed after 24 h for endosulfan and 48 h for the other chemicals. The characterization of the baseline susceptibility of B. tabaci to the tested pesticides was more consistent when whiteflies were reared on cotton than on soybean plants. Significant differences in the susceptibility to pesticides were detected among B. tabaci populations. The population GO-2 was significantly less susceptible to tested pesticides than SusIAC, mainly to neonicotinoids. The most critical whitefly resistance situation was detected to thiamethoxan, followed by imidacloprid. / O uso de inseticidas tem sido a principal estratégia de controle da mosca-branca, Bemisia tabaci (Gennadius). O uso intensivo desses produtos tem levado ao aparecimento de problemas de resistência da mosca-branca aos mesmos em todo o mundo. Devido à carência de estudos nessa área no Brasil, os objetivos desta pesquisa foram: validar uma técnica de bioensaio para a caracterização de linhas-básicas de suscetibilidade de B. tabaci a inseticidas e verificar a variabilidade genética de populações de B. tabaci quanto à suscetibilidade a alguns inseticidas no Brasil. A técnica de bioensaio testada foi uma do tipo contato residual mediante o uso de discos foliares de feijão-de-porco como substrato. A influência de plantas de algodão e soja sobre a suscetibilidade da criação de B. tabaci foi também avaliada para a definição dos procedimentos de bioensaio. Os inseticidas usados na pesquisa foram acetamiprido, imidacloprido, tiametoxam, clorpirifós, endosulfan e piridabem. Quatro populações de mosca-branca foram testadas em relação a uma população suscetível de referência (SusIAC), sendo duas oriundas do Estado de Goiás (GO-1 e GO-2) e outras duas do Estado da Bahia (BA-1 e BA-2). Os discos foram tratados por imersão em solução inseticida e, posteriormente, foram colocados sobre uma camada de solução ágar-água no fundo de tubo de vidro. Insetos adultos não separados por sexo e nem por idade foram transferidos para o tubo contendo o disco tratado. As avaliações foram realizadas após 24 h da infestação de mosca-branca para o endosulfan e 48 h para os demais produtos. As caracterizações das linhas-básicas de suscetibilidade de B. tabaci a inseticidas testados foram mais consistentes quando esse inseto foi criado em plantas de algodão ao invés de soja. Foram detectadas diferenças significativas quanto à suscetibilidade de mosca-branca aos inseticidas. A população GO-2 foi significativamente menos suscetível aos inseticidas testados do que a SusIAC, principalmente em relação aos neonicotinóides (acetamiprido, imidacloprido, tiametoxam). A situação mais crítica de resistência de mosca-branca ocorreu com tiametoxam, seguida pelo imidacloprido.
6

Incidência de cancro cítrico (Xanthomonas citri pv. citri) em pomar de laranjeiras 'Valência' sob concentrações e freqüências de pulverizações cúpricas

Theisen, Sergiomar January 2004 (has links)
O objetivo deste trabalho foi de buscar alternativas para aumentar a eficiência do controle do cancro cítrico (Xanthomonas citri pv. citri) nos pomares do Rio Grande do Sul, avaliando o efeito de concentrações de três bactericidas cúpricos e de duas freqüências de pulverização nas fases de intensa brotação.
7

Atividade fungicida de triazóis obtidos a partir de glicerol sobre Colletotrichum gloeosporioides

Gomes, Ediellen Mayara Corrêa 16 September 2014 (has links)
Submitted by Elizabete Silva (elizabete.silva@ufes.br) on 2015-02-25T18:00:30Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Dissertacao.Ediellen Mayara Correa Gomes.pdf: 1382176 bytes, checksum: 7ee509b7be0a5c00fb5119e1f5f0bdcc (MD5) / Approved for entry into archive by Elizabete Silva (elizabete.silva@ufes.br) on 2015-03-23T18:46:17Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Dissertacao.Ediellen Mayara Correa Gomes.pdf: 1382176 bytes, checksum: 7ee509b7be0a5c00fb5119e1f5f0bdcc (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-23T18:46:17Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Dissertacao.Ediellen Mayara Correa Gomes.pdf: 1382176 bytes, checksum: 7ee509b7be0a5c00fb5119e1f5f0bdcc (MD5) Previous issue date: 2014 / A antracnose é responsável por significativos danos no pós-colheita em frutos de mamão, ocasionando expressivas perdas aos produtores. Desta forma, objetivou-se avaliar a eficiência de novas moléculas fungicidas do grupo dos triazóis obtidas a partir de glicerol no manejo in vitro de Colletotrichum gloeosporioides. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 18x5+1 (17 moléculas inéditas de triazóis (T1 a T17), 1 fungicida comercial (tebuconazol), cinco concentrações e uma testemunha adicional, com cinco repetições por tratamento. Para avaliar o efeito das moléculas no crescimento micelial e esporulação do fungo foi empregado o método de incorporação de cada molécula ao meio de cultura batata-dextrose-ágar nas concentrações de 1, 10, 100, 500 e 1000 ppm. Com base nos resultados obtidos foi observada diferença significativa entre os tratamentos e concentrações tanto para o crescimento micelial quanto esporulação, sendo que quanto maior a concentração testada maior o efeito fungistático e/ou fungicida dos compostos triazólicos. O efeito inibitório dos fungicidas foi maior sobre a esporulação do que no crescimento micelial, sendo os triazóis T12 e T14 os mais eficazes, havendo inibição completa do patógeno a partir das concentrações de 414,17 e 393,79 ppm, respectivamente. É válido ressaltar que além destes os triazóis T11, T16 e T17 também apresentaram completa inibição do patógeno em concentrações acima de 500 ppm, merecendo ser também estudados em experimentos futuros in vivo. Os valores médios de ED50 e ED100 foram menores para esporulação em relação ao crescimento micelial, demonstrando a eficiência antiesporulante dos novos triazóis sintetizados a partir do glicerol. Assim, conclui-se que compostos com anel 1,2,3-triazol sintetizados a partir do glicerol possuem atividade fungicida sobre C. gloeosporioides, sendo promissores para o manejo da antracnose em mamoeiro. / Anthracnose is responsible for significant damage in the post-harvest fruit papaya, causing significant economic losses to producers. So, it was evaluated the efficiency of new molecules triazole fungicides group derived from glycerol on in vitro handling of Colletotrichum gloeosporioides. The experiment was conducted in a completely randomized design in a factorial 18x5 + 1 (17 unreleased triazole molecules (T1 to T17), 1 commercial fungicide (tebuconazole), five concentrations and an additional treatment, with five repetitions for treatment. In order to evaluate the effect of the molecules on fungal mycelial growth and sporulation was applied the method of incorporation of each molecule to growth medium potato dextrose agar in concentrations of 1, 10, 100, 500 and 1000 ppm. Based on the results obtained, it was observed significant difference between treatments and concentrations for both the mycelial growth and sporulation, the higher was the highest concentration tested fungistatic effect and / or the fungicidal triazole compounds. The inhibitory effect of fungicides on sporulation was higher than in mycelial growth, with the most effective T12 and T14 triazoles, with complete inhibition of the pathogen from the concentrations of 414.17 and 393.79 ppm, respectively. It is worth noting that the addition of these T11, T16, T17 triazoles also showed complete inhibition of the pathogen at concentrations above 500 ppm, also deserve to be studied in future in vivo experiments. Mean ED50 ED100 and sporulation were lower relative to the mycelial growth, demonstrating the efficiency of the new triazoles antisporulant synthesized from glycerol. Thus, it is concluded that compounds with 1,2,3-triazole ring synthesized from glycerol possess fungicidal activity of C. gloeosporioides, being promising for the management of anthracnose on papaya.
8

Atividade Fungicida de Triazóis Obtidos a Partir de Glicerol Sobre Colletotrichum Gloeosporioides

GOMES, E. M. C. 16 September 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:36:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_7175_Ediellen Mayara Correa Gomes.pdf: 1382510 bytes, checksum: 85586281e8a571d4f2e635e8880f4234 (MD5) Previous issue date: 2014-09-16 / A antracnose é responsável por significativos danos no pós-colheita em frutos de mamão, ocasionando expressivas perdas aos produtores. Desta forma, objetivou-se avaliar a eficiência de novas moléculas fungicidas do grupo dos triazóis obtidas a partir de glicerol no manejo in vitro de Colletotrichum gloeosporioides. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 18x5+1 (17 moléculas inéditas de triazóis (T1 a T17), 1 fungicida comercial (tebuconazol), cinco concentrações e uma testemunha adicional, com cinco repetições por tratamento. Para avaliar o efeito das moléculas no crescimento micelial e esporulação do fungo foi empregado o método de incorporação de cada molécula ao meio de cultura batata-dextrose-ágar nas concentrações de 1, 10, 100, 500 e 1000 ppm. Com base nos resultados obtidos foi observada diferença significativa entre os tratamentos e concentrações tanto para o crescimento micelial quanto esporulação, sendo que quanto maior a concentração testada maior o efeito fungistático e/ou fungicida dos compostos triazólicos. O efeito inibitório dos fungicidas foi maior sobre a esporulação do que no crescimento micelial, sendo os triazóis T12 e T14 os mais eficazes, havendo inibição completa do patógeno a partir das concentrações de 414,17 e 393,79 ppm, respectivamente. É válido ressaltar que além destes os triazóis T11, T16 e T17 também apresentaram completa inibição do patógeno em concentrações acima de 500 ppm, merecendo ser também estudados em experimentos futuros in vivo. Os valores médios de ED50 e ED100 foram menores para esporulação em relação ao crescimento micelial, demonstrando a eficiência antiesporulante dos novos triazóis sintetizados a partir do glicerol. Assim, conclui-se que compostos com anel 1,2,3-triazol sintetizados a partir do glicerol possuem atividade fungicida sobre C. gloeosporioides, sendo promissores para o manejo da antracnose em mamoeiro. Palavras-chave: Carica papaya, antracnose, controle químico, fungicidas
9

Sulfentrazone no controle de plantas daninhas na fase inicial da cultura do eucalipto

RIBEIRO, J. R. D. 15 December 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T23:26:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_10516_Jackson Ribeiro.pdf: 1370853 bytes, checksum: b766c231cff914e01336dfe079c9a9be (MD5) Previous issue date: 2016-12-15 / O método químico é largamente utilizado no controle de plantas daninhas em plantios de eucalipto, principalmente no primeiro ano de cultivo. O presente trabalho teve como objetivo os seguintes objetivos: avaliar o comportamento do espectro de gotas da ponta TTI 110025, utilizada nas aplicações de herbicidas em plantios de eucalipto, exposta a diferentes pressões operacionais, compondo o primeiro capítulo; avaliar a sensibilidade do clone (Eucalyptus grandis x E. urophylla) ao sulfentrazone e os reflexos no seu desenvolvimento, descritos no segundo capítulo; determinar volume de pulverização e dose do herbicida sulfentrazone adequados para o controle de plantas daninhas na cultura do eucalipto, compondo o terceiro capítulo. No primeiro capítulo, empregou-se um delineamento inteiramente casualizado, representados pelas pressões 200, 300, 400, 500 e 600 kPa, com quatro repetições. As variáveis técnicas analisadas foram Dv0,1, Dv0,5, Dv0,9, amplitude relativa (AR), % V < 100 &#956;m e % V > 500 &#956;m. A ponta TTI 110025 apresentou os melhores resultados devido a diminuição das variáveis Dv0,1, Dv0,5, Dv0,9 e % V > 500 &#956;m à medida que aumentou a pressão de trabalho. O baixo valor reduzido da variável % V < 100 &#956;m indicou baixo risco de deriva e o elevado valor % V > 500 &#956;m sinalizou alto potencial de escorrimentos em aplicações pós-emergentes. Nos segundo e terceiro capítulos, empregou-se um delineamento em blocos casualizados de arranjo fatorial 2 x 5 + 2, sendo: dois volumes de calda (150 e 200 L ha-1), cinco doses do herbicida sulfentrazone (400, 500, 600, 700 e 800 g ha-1) + tratamento com o herbicida flumioxazina (padrão) + testemunha sem aplicação (controle). No segundo capítulo, avaliou-se a porcentagem de fitotoxidez nas plantas aos 15, 30, 45 e 60 dias após a aplicação (DAA), o seu diâmetro do caule e altura aos 90 DAA. O clone foi sensível ao sulfentrazone na dose de 800 g ha-1, o que refletiu maior intensidade de necroses, deformações nas brotações novas e perda ix de dominância apical. Os volumes de calda 150 e 200 L ha-1 não tiveram efeitos estimulantes na fitotoxidez e no desenvolvimento das plantas. No terceiro capítulo, foram realizadas avaliações do controle de plantas daninhas aos 45, 60, 75 e 115 DAA e seus valores de massa seca (dicotiledônea e monocotiledônea) aos 60 e 115 DAA. O efeito do controle entre as doses do sulfentrazone foi prejudicado pela redução de precipitação refletindo similaridade de controle entre as doses, tendo destaque a dose de 800 g ha-1. O volume de calda não interferiu no controle de plantas daninhas, sugere-se a utilização do menor volume nas aplicações. Aos 115 DAA somente a dose de 800 g ha-1 do sulfentrazone apresentou conceito de controle bom (71 a 80%), demais doses conceito suficiente (61 a 70%).
10

Controle de plantas daninhas em pré e pós-emergência com diferentes volumes de aplicação e concentração de calda, na cultura da cana-de-açúcar / Pre and post - emergency control of weeds with different volumes of application and product concentration in sugarcane cultivation

Soares, Alexsandro da Silva 04 December 2018 (has links)
Submitted by Alexsandro da Silva Soares (alexsandro.ifpa@yahoo.com.br) on 2019-01-31T18:49:09Z No. of bitstreams: 1 Dissertação - Alexsandro da Silva Soares.pdf: 1523379 bytes, checksum: 7567bfc32499d0ae8235536561e075d2 (MD5) / Approved for entry into archive by Tatiana Camila Gricio (tatiana.gricio@unesp.br) on 2019-02-01T10:04:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 soares_as_me_jabo.pdf: 1523379 bytes, checksum: 7567bfc32499d0ae8235536561e075d2 (MD5) / Made available in DSpace on 2019-02-01T10:04:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 soares_as_me_jabo.pdf: 1523379 bytes, checksum: 7567bfc32499d0ae8235536561e075d2 (MD5) Previous issue date: 2018-12-04 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A cana-de-açúcar é uma das culturas que possui expressiva representatividade para o Brasil em termos de produtividade. Mas existem limitações no seu desempenho, principalmente através da interferência imposta pelas plantas daninhas, podendo considerar perdas em até 85% quando não controladas de forma adequada. E o controle químico ainda é o mais utilizado devendo-se atentar aos conhecimentos e cuidados a serem tomados com a utilização dos herbicidas que serão aplicados como a dosagem, época de aplicação, estádio fenológico, condições fisiológicas e bioquímicas da cultura e das características das plantas daninhas. Nessa perspectiva, o objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia no controle de plantas daninhas em modalidades pré e pós-emergente com diferentes volumes de aplicação e concentrações de caldas, na cultura da cana-de-açúcar. Foram realizados dois experimentos em casa de vegetação. As plantas daninhas tomadas como alvos foram: IPOHF e PANMA na modalidade pré-emergente e ERICA e DIGIN pós-emergente, em vasos semeados com substrato. O produto utilizado foi o herbicida indaziflam e as aplicações foram realizadas através do delineamento experimental inteiramente ao acaso em esquema fatorial (4 x 2), quatro volumes (50, 75, 100 e 125 L/ha) e duas concentrações (150 e 200 mL/ha), além de uma testemunha sem aplicação, para as plantas pré-emergentes e quatro volumes (75, 100, 125 e 150 L/ha) com as mesmas concentrações do produto (150 e 200 mL/ha) e uma testemunha sem aplicação, para as plantas pós-emergentes. Foram realizadas avaliações visuais através de notas percentuais de controle aos 7, 14, 21, 28, 35 e 42 DAA, avaliações de crescimento e determinação do acúmulo de biomassa seca das plantas germinadas. Foram realizadas análises de estabilidade de caldas para obtenção dos efeitos de homogeneidade e heterogeneidade (floculação, sedimentação, separação de fases, formação de grumos e formação de cristais) e formação de espuma além de determinação da tensão superficial e ângulo de contato as caldas. Os resultados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 0,05 de significância. A utilização de indaziflam através da redução da dosagem e volume de aplicação foi eficaz no controle pré-emergente IPOHF e PANMA, mesmo com a aplicação da mínima dosagem de 150 mL e volumes a partir de 75 L. Para a aplicação em pós-emêrgencia no controle de ERICA e DIGIN o produto apresenta efeito com a utilização da máxima dosagens e volumes a partir de 100 L/ha. / Sugarcane is one of the most important crops for Brazil in terms of productivity. However, there are limitations for this crop when it comes to field performance, mainly due to interference imposed by weeds, resulting in production losses up to 85% when weeds are not adequately controlled. The chemical control is still the most efficient, with the use of herbicides, and attention should be paid to the dosage, application time, plant phenological stage, physiological and biochemical conditions of the crop, as well as the characteristics of the weeds. In this perspective, the objective of this work was to evaluate the efficacy in weed control in pre and post emergent modalities with different application volumes and product concentrations in the sugarcane crop. Two experiments were carried out under greenhouse conditions. Chosen weeds for this study were: IPOHF and PANMA in the pre-emergent modality and ERICA and DIGIN for the post-emergence control. Seeds were sown in pots with substrate. The indaziflam herbicide was used and the treatments were carried out in a completely randomized design in a factorial scheme (4 x 2). Four volumes (50, 75, 100 and 125 L/ha), two concentrations (150 and 200 mL/ha) and a control treatment without any application were used for the pre-emergent control, and four volumes (75, 100, 125 and 150 L/ha) with the same concentrations of the product (150 and 200 mL/ha), plus another control treatment without any application were used for the post-emergent control. Visual evaluations were done through percentage control scores at 7, 14, 21, 28, 35 and 42 days after application (DAA), as well as growth assessments and determination of dry biomass accumulation of germinated plants. Stability analyzes were carried out to obtain the effects of homogeneity and heterogeneity (flocculation, sedimentation, separation of phases, formation of clumps and formation of crystals) and formation of foam in addition to determination of surface tension and contact angle of the product dissolved. The results were submitted to analysis of variance and the means were compared by the Tukey test at 0.05 of significance. The use of indaziflam through with its reduction of dosage and application volume was effective in the pre-emergent control of IPOHF and PANMA, even with the application of the minimum dosage (150 mL) and volumes starting at 75 L. For the application in the post-emergence control of ERICA and DIGIN, the product presents effect with the use of the maximum dosages and volumes starting from 100 L/ha.

Page generated in 0.0678 seconds