• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 5343
  • 1296
  • 171
  • 36
  • 27
  • 22
  • 2
  • Tagged with
  • 7046
  • 2852
  • 2499
  • 1475
  • 1228
  • 873
  • 848
  • 838
  • 818
  • 799
  • 774
  • 755
  • 747
  • 689
  • 581
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Bahia: tempo, cidade e arquitetura - em torno das transformações da nova Bahia

Cordiviola, Alberto 8 August 2013 (has links)
Submitted by Francisco Costa (xcosta@ufba.br) on 2013-07-26T13:35:18Z No. of bitstreams: 1 tese.pdf: 9171883 bytes, checksum: e2f13a181d76c134f52aaecd0337074b (MD5) Approved for entry into archive by Eleonora Guimaraes(esilva@ufba.br) on 2013-08-08T18:12:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 tese.pdf: 9171883 bytes, checksum: e2f13a181d76c134f52aaecd0337074b (MD5) Made available in DSpace on 2013-08-08T18:12:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese.pdf: 9171883 bytes, checksum: e2f13a181d76c134f52aaecd0337074b (MD5) Contribuição à análise de conceitos básicos, que interferem na ação sobre a sociedade urbana, no intuito de pôr em evidência os mecanismo de poder que encerram. A partir do slogan político, surgido no início dos anos 70 do século passado – Aqui a Bahia constrói o seu futuro sem destruir o seu passado – que serve como mote das radicais transformações na estrutura urbana de Salvador nas três décadas finais do século, analisam-se em profundidade os conceitos de Tempo e Cidade. Símbolos conceituais de um alto nível de síntese e instrumentos de pouca ou nenhuma possibilidade de modelagem por parte das pessoas comuns que a eles se submetem cotidianamente, constituem, portanto, instrumentos privilegiados como operadores culturais e ferramentas de poder. Por outra parte, analisa-se a arquitetura como arte que, por uma parte, outorga materialidade aos discursos de transformação da cidade e, por outra, funda os novos cenários dessas transformações. A análise sobre os conceitos Tempo e Cidade iniciam, respectivamente, com as Confissões e a Cidade de Deus de Santo Agostinho, obras que formularam, magistralmente, o conceito do Tempo linear da Divina Providência e a Cidade Ideal como Cidade Celestial. Estuda-se a transformação histórica do tempo da Providência para o tempo do Progresso e da Cidade Celestial para a Cidade Ideal da modernidade e a sua técnica específica: o urbanismo. A aproximação ao conceito da Arquitetura compreende uma análise das discussões das últimas décadas do século XX. Estas análises são, finalmente, utilizadas na construção de uma visão das transformações recentes de Salvador – desde a década de 70 ao final do século – como instauração de uma dinastia de poder que utiliza Tempo, Cidade e Arquitetura como seus instrumentos. Salvador
2

Antonio Acevedo Hernández y la cueca: Llave interpretativa en Cardo Negro y Árbol Viejo

Moya Marchant, Catalina Andrea 2014 (has links)
actriz La formulación del objetivo de esta memoria surge con el fin de estudiar la obra dramática de Antonio Acevedo Hernández por medio de la observación de la Cueca, elemento que se presenta de manera recurrente en su dramaturgia y que además, nutre parte de sus investigaciones folklóricas. Centrándonos en descifrar y reflexionar en torno a los imaginarios sociales que plantea el autor por medio de este elemento en las obras “Cardo Negro” y “Árbol viejo”, proponiendo un análisis interpretativo de las mismas.
3

Réquiem para o romance de casamento: a paródia em A Trama do Casamento, de Jeffrey Eugenides

Louzada, Laura da Cunha 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-30T14:06:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000467546-Texto+Completo-0.pdf: 446242 bytes, checksum: e1633525e592a274be1e156d89cea0a0 (MD5) Previous issue date: 2015 This thesis analyzes the Anglo-American tradition of courtship novels focusing on three works from different periods : Pride and Prejudice, by Jane Austen, Jane Eyre, by Charlotte Brontë, and The House of Mirth, by Edith Wharton. After going through this recapitulation of the novelistic tradition involving the passage from adolescence to adulthood in the life of a woman, there is a comparative study of those novels and Marriage Plot, by Jeffrey Eugenides. This novel is seen as a modern parody, following Linda Hutcheon‘s Theory of Parody. Este trabalho analisa a tradição anglo-americana dos romances de casamento com foco em três obras de períodos diferentes: Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, Jane Eyre, de Charlotte Brontë, e The House of Mirth, de Edith Wharton. Após esta recaptulação da tradição romanesca de obras voltadas para a passagem da adolescência para a vida adulta da mulher, é feito um estudo comparativo com o romance A trama do casamento, de Jeffrey Eugenides. A obra é lida como uma paródia moderna, seguindo os conceitos de Linda Hutcheon.
4

Histórias possíveis : as narrativas sobre Artemisia Gentileschi

Fé, Rachel Nóbrega Santa 7 August 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2014. Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2014-12-15T19:16:18Z No. of bitstreams: 1 2014_RachelNobregaSantaFe.pdf: 1004021 bytes, checksum: bb8fd4f1eec17499c463c4fc47aa2eb3 (MD5) Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2014-12-18T13:49:18Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_RachelNobregaSantaFe.pdf: 1004021 bytes, checksum: bb8fd4f1eec17499c463c4fc47aa2eb3 (MD5) Made available in DSpace on 2014-12-18T13:49:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_RachelNobregaSantaFe.pdf: 1004021 bytes, checksum: bb8fd4f1eec17499c463c4fc47aa2eb3 (MD5) Como bem nos lembra Virginia Woolf (2000), a história das mulheres precisa não apenas ser descoberta mas também inventada. Essa motivação tem permitido a produção de romances contemporâneos que, através de uma voz autoral feminina, criam personagens capazes de contar suas próprias histórias, reconstruindo ficcionalmente a biografia de mulheres fascinantes, contribuindo, cada vez mais, para a visibilidade das mulheres. Esquecida pela historiografia tradicional, a pintora renascentista italiana Artemisia Gentileschi foi representada de maneira distorcida e sua genialidade artística foi ignorada, de forma que a autoria de suas obras foram atribuídas a outros artistas e a seu pai. A recente (re) descoberta e o reconhecimento da pintora têm motivado riquíssimos estudos, além de três romances e um filme. A partir das contribuições dos estudos feministas e da metaficção historiográfica, analiso em meu trabalho algumas dessas representações literárias e não-ficcionais da artista, com ênfase no romance The Passion of Artemisia (2000) da escritora contemporânea estadunidense Susan Vreeland; enfatizamos a impossibilidade de reconstituição da “verdade” histórica sobre a vida de Artemisia Gentileschi. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT Virginia Woolf says women’s history has to be discovered and invented. With this motivation, female writers have been producing contemporary novels from a female perspective that register their own version of the story. They reconstruct, fictionally, the biography of fascinating women, silenced by process of exclusion and silence, contributing to this women’s visibility. For centuries, Artemisia Gentileschi was represented in a distorted way and her artistic genius was ignored. Her recent (re)discovery and recognition have been motivating relevant studies, one film and three novels. From the perspective of feminist studies and the contributions related to historiographic metafiction, my dissertation aims to analyse literary and non-fictional representations of the painter, specially the novel The Passion of Artemisia (2000), by the contemporary north-american author Susan Vreeland. We emphasize the impossible reconstitution of the historical “truth” about Artemisia Gentileschi’s life.
5

Ideologia linguística em questões de prova de vestibular

Foscaches, Gabriel Valdez 22 July 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2016. Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-12-05T12:52:36Z No. of bitstreams: 1 2016_GabrielValdezFoscaches.pdf: 1777652 bytes, checksum: 83dc3801fd996362fadd49606b1a159f (MD5) Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2017-01-06T18:01:18Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_GabrielValdezFoscaches.pdf: 1777652 bytes, checksum: 83dc3801fd996362fadd49606b1a159f (MD5) Made available in DSpace on 2017-01-06T18:01:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_GabrielValdezFoscaches.pdf: 1777652 bytes, checksum: 83dc3801fd996362fadd49606b1a159f (MD5) Nesta pesquisa temos por escopo a análise de ideologias nas questões de prova de vestibular, mais especificamente a análise daquilo que chamaremos de “ideologia de adequação linguística”. Basicamente, podemos definir essa ideologia como um discurso – uma forma discriminatória de representar o mundo – que promove a exclusão linguística e social de grupos linguísticos desempoderados. Mostraremos em nossa pesquisa que nesse discurso a diferença linguística é representada de forma a escamotear a relação de dominação que existe entre os/as falantes da língua brasileira. Acreditamos que essa ideologia merece uma análise aprofundada por dois motivos: 1) o discurso de adequação linguística é sustentado por muitos/as linguistas; logo, trata-se de uma ideologia com autoridade científica; e 2) o discurso de adequação vem sendo disseminado em questões de prova de vestibular; logo, trata-se de um discurso legitimado por um poderoso instrumento de controle social. Tendo como recorte a ordem do discurso dos exames de vestibular, mostraremos como discurso de adequação linguística – que constitui uma forma ideológica de representar o mundo – é concretizado no gênero discursivo questão de prova de vestibular – que constitui uma forma de agir linguisticamente – e como ele pode ser inculcado nas identidades das pessoas – que constituem as formas de ser dos atores sociais. A fim de estudarmos a maneira particular como o discurso de adequação linguística se manifesta nas questões de prova de vestibular, adotaremos teorias que permitem uma sólida Análise de Discurso Textualmente Orientada: Linguística Sistêmico-Funcional, Teoria da Representação dos Atores Sociais e Teoria da Avaliatividade. Para sustentar a pesquisa em bases ontológicas e epistemológicas sólidas, adotaremos os pressupostos científicos do Realismo Crítico. Usando a teoria-metodologia da Análise de Discurso Crítica, mostraremos como a discriminação linguística pode ocorrer em questões de prova de vestibular sobre linguagem. Dessa forma, esperamos conscientizar as pessoas, especialmente os/as linguistas, sobre um novo discurso discriminatório acerca da linguagem que está se disseminando em nossa sociedade. __________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT In this research, we show the analysis of ideologies in “vestibular” test questions, more specifically the analysis of what we will call “ideology of linguistic adequacy”. Basically, we can define this ideology as a type of discourse – a prejudicial way of representing the world – which promotes the linguistic and social exclusion of disempowered linguistic groups. We will show in our research that in such discourse the linguistic difference is represented in a way as to pilfer the dominative relation existent amongst Brazilian Portuguese speakers. We believe that this ideology deserves deep analysis for two reasons: 1) the linguistic adequacy discourse is sustained by many linguists; therefore, it is an ideology with scientific authority; and 2) the adequacy discourse has been widely used in “vestibular” tests; and therefore it is a speech that is legitimated by a powerful instrument of social control. Having as our specific topic the order of discourse of “vestibular” exams, we will show how the linguistic adequacy discourse – which constitutes an ideological way of representing the world – is concretized in the genre “vestibular questions” – which constitutes a way of acting linguistically – and how it can be engrained in people’s identities, which in turn constitute the ways of being of the social actors. With the purpose of studying the particular way that the linguistic adequacy discourse manifests in “vestibular” questions, we will adopt theories that allow a solid Textually Oriented Discourse Analysis: Systemic Functional Linguistics, Social Actors Representation Theory and Evaluation Theory. In order to hold the research onto solid epistemological and ontological bases, we will adopt the scientific assumptions of Critical Realism. Using the theory-methodology of Critical Discourse Analysis, we will show how linguistic prejudice may occur in “vestibular” questions about language. Thus, we aim to raise awareness in people, especially linguists, over a new prejudicial discourse about language that is being disseminated in our society.
6

As funções sociais e discursivas da #hashtag em seus diversos contextos de uso

Araujo, Christiane Tegethoff Motta de 7 December 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2017. Submitted by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-07-10T15:40:08Z No. of bitstreams: 1 2017_ChristianeTegethoffMottadeAraujo.pdf: 3363824 bytes, checksum: 8231a05bd0d937fa03e30d1163553599 (MD5) Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-07-14T16:43:44Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_ChristianeTegethoffMottadeAraujo.pdf: 3363824 bytes, checksum: 8231a05bd0d937fa03e30d1163553599 (MD5) Made available in DSpace on 2018-07-14T16:43:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_ChristianeTegethoffMottadeAraujo.pdf: 3363824 bytes, checksum: 8231a05bd0d937fa03e30d1163553599 (MD5) Previous issue date: 2018-07-10 Esta pesquisa tem como propósitos investigar o sinal gráfico # sob uma perspectiva linguística e social, elucidar os contextos de uso do símbolo e refletir sobre as suas funções sociais e discursivas. Ademais, o estudo procura compreender os motivos pelos quais os usuários utilizam a hashtag para compor mensagens. O corpus é formado por dezoito textos coletados aleatoriamente e extraídos do ambiente virtual e real. O referencial teórico teve como base a Análise de Discurso Crítica (ADC) de Fairclough (2001 e 2003), Chouliaraki e Fairclough (1999) e van Dijk (2011). A metodologia é qualitativa e apoiada em Bauer e Gaskell (2015). As categorias analíticas seguem a literatura da ADC, complementada pela Pragmática (AMENGAUD, 2006; WILSON, 2008; VOGT, 1980), pela Linguística Funcional Centrada no Uso (CEZÁRIO, 2013; MARTELLOTA, 2011; NEVES, 2013) e pelos estudos sobre ideologia de Thompson (1995). Os resultados revelaram que a hashtag é um recurso semiótico que pode ser selecionado de acordo com a conveniência do usuário em cada situação comunicativa. O recurso # pode desempenhar vários papéis no discurso. Mais especificamente, o símbolo hashtag: confere intensidade ao conteúdo semântico do texto, acrescenta contexto à mensagem, promove ambient affiliation, constrói as identidades dos indivíduos, sugere adesão à mobilização social, transforma ato ilocutório em ato perlocutório, dissimula estratégias de marketing, e, por fim, serve à sociedade hegemônica por meio da manipulação de informação. O uso da hashtag em textos indicia as mudanças pelas quais a sociedade tem passado no âmbito da comunicação e representa a aceitação e difusão de novas práticas sociais e discursivas contemporâneas. This research aims to investigate the graphic sign # under a linguistic and social perspective, to clarify the symbol’s utilization contexts, and to reflect on its social and discursive functions. Moreover, the study tries to understands the reasons why users choose hashtag to create messages. The corpus comprises eighteen randomly collected texts from virtual and real environments. The theoretical framework is based on Critical Discourse Analysis (CDA) as in Fairclough (2001 and 2003), Chouliaraki and Fairclough (1999), and van Dijk (2011). The methodology is qualitative and supported by Bauer and Gaskell (2015). The analytic categories follow the CDA literature, complemented by Pragmatics (AMENGAUD, 2006; WILSON, 2008; VOGT, 1980), Usage-Based Linguistics (CEZÁRIO, 2013; MARTELLOTA, 2011; NEVES, 2013) and the studies on ideology by Thompson (1995). Results show that the hashtag is a semiotic resource that can be chosen according to the user convenience in each communicative situation. The resource # may perform multiple roles in discourse. In particular, the hashtag symbol: intensifies the semantic content of the text, adds context to the message, promotes ambient affiliation, builds user identities, suggests that other people join social mobilization, changes illocutionary acts into perlocutionary acts, dissimulates marketing strategies, and finally, it serves the hegemonic society by manipulating information. The use of hashtag in texts is an evidence of the societal changes in communication and represents the acceptance and diffusion of new contemporary social and discursive practices.
7

Análise das atividades de leitura em língua inglesa na Rede Pública de Ensino Salvador

Alonso, Márcio Carvalho 2011 (has links)
Submitted by Roberth Novaes (roberth.novaes@live.com) on 2018-09-13T12:50:58Z No. of bitstreams: 1 ALONSO, Márcio Carvalho. Análise das atividades de leitura e.pdf: 1155520 bytes, checksum: 3ce6c4cbdb9da8b4eec6ea9a1627a7cd (MD5) Approved for entry into archive by Setor de Periódicos (per_macedocosta@ufba.br) on 2018-09-13T20:29:00Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ALONSO, Márcio Carvalho. Análise das atividades de leitura e.pdf: 1155520 bytes, checksum: 3ce6c4cbdb9da8b4eec6ea9a1627a7cd (MD5) Made available in DSpace on 2018-09-13T20:29:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ALONSO, Márcio Carvalho. Análise das atividades de leitura e.pdf: 1155520 bytes, checksum: 3ce6c4cbdb9da8b4eec6ea9a1627a7cd (MD5) O objetivo dessa dissertação de Mestrado, fundamentada em perspectivas críticas do ensino de línguas, foi analisar as atividades de leitura utilizadas na rede pública de ensino do estado da Bahia. Para tanto, foi realizada uma pesquisa que mesclou aspectos do estudo etnográfico e da pesquisa de análise documental, considerando: como era feita a escolha dos textos que seriam levados para a sala de aula; se as questões de interpretação textual favoreciam o desenvolvimento da leitura crítica; se os temas escolhidos colaboravam para o desenvolvimento da consciência crítica dos estudantes. A análise das atividades, de sua utilização na sala de aula e dos questionários respondidos pelas professoras e pelos alunos, mostrou que, embora o tema do texto escolhido pelo professor sirva como ponto de partida para uma reflexão maior por parte do aluno, isso acaba sendo bloqueado por questões de interpretação, que se limitam a pedir a localização de informações, ou à identificação de aspectos gramaticais do texto, tendo como consequência a perpetuação de práticas leitoras reducionistas. Ao final, algumas atividades de leitura são sugeridas, a partir das quais os alunos poderão refletir criticamente sobre temas que fazem parte de sua realidade sociocultural. The purpose of the present Master’s thesis, based on critical perspectives of Language Teaching, was to analyze the reading activities practiced at public schools in the state of Bahia, Brazil. To this end, a survey was conducted, combining different aspects of Ethnographic Studies with researches on documentary analysis, considering the following aspects: how the selection of texts that would be brought to classroom was done; whether textual interpretation favored the critical reading practices; and, finally, whether the chosen themes would be collaborating with the improvement of the students critical thinking. The analysis of activities, its uses in classroom, and surveys answered by teachers and students showed that although the text’s theme chosen by teachers serves as a starting point for further reflection, they are rather blocked by interpretation matters that would simply require the students to identify and highlight information, or identify grammatical aspects, resulting in the perpetuation of reductive, poor reading practices. At the end of this analysis, some reading activities were proposed, in which students can reflect critically on issues that are part of their socio-cultural reality
8

Cenas Indisciplinadas: vertentes do pensamento crítico contemporâneo na ABRALIC

Hoisel, Iris de Carvalho Sá 2003 (has links)
Submitted by Suelen Reis (suziy.ellen@gmail.com) on 2013-05-13T17:54:19Z No. of bitstreams: 1 dissertacao Iris Hoisel.pdf: 531743 bytes, checksum: 58c7c7dc772327bbd6800a0cde3157e6 (MD5) Approved for entry into archive by Rodrigo Meirelles(rodrigomei@ufba.br) on 2013-05-16T17:05:36Z (GMT) No. of bitstreams: 1 dissertacao Iris Hoisel.pdf: 531743 bytes, checksum: 58c7c7dc772327bbd6800a0cde3157e6 (MD5) Made available in DSpace on 2013-05-16T17:05:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dissertacao Iris Hoisel.pdf: 531743 bytes, checksum: 58c7c7dc772327bbd6800a0cde3157e6 (MD5) Previous issue date: 2003 Esta dissertação procede a um mapeamento da produção crítica brasileira veiculada nos congressos da Associação Brasileira de Literatura Comparada - ABRALIC –, a partir dos resumos das comunicações propostas para os seis primeiros congressos da Associação, com vistas a dois objetivos. O primeiro consiste na identificação da emergência da crítica cultural contemporânea no âmbito da ABRALIC, o que se observa desde o 1º Congresso. O segundo corresponde à apreciação das forças que mobilizam diferentes partes do debate disciplinar, como conseqüência da progressiva proeminência da crítica cultural contemporânea no campo dos estudos literários. A leitura, o mapeamento e a classificação dos resumos serviram de base para a análise da atuação de diferentes vertentes críticas nos seis eventos focalizados. De posse dos dados, procedeu-se a uma apreciação da diversidade de abordagens, objetos e horizontes teóricos abrigados sob a rubrica da Literatura Comparada e das diferentes posturas de profissionais da área de Letras diante dessa diversidade. Salvador
9

Aprender a nada-r e Anatomia das feras, de Nivalda Costa : processo de construção dos textos e edição

Souza, Débora de 19 February 2013 (has links)
Submitted by Cynthia Nascimento (cyngabe@ufba.br) on 2013-02-19T11:32:52Z No. of bitstreams: 1 Debora de Souza.pdf: 5049943 bytes, checksum: 0cd1c5a1b79321d0fe4374d25483a8b1 (MD5) Approved for entry into archive by Fatima Cleômenis Botelho Maria (botelho@ufba.br) on 2013-02-19T16:13:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Debora de Souza.pdf: 5049943 bytes, checksum: 0cd1c5a1b79321d0fe4374d25483a8b1 (MD5) Made available in DSpace on 2013-02-19T16:13:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Debora de Souza.pdf: 5049943 bytes, checksum: 0cd1c5a1b79321d0fe4374d25483a8b1 (MD5) No contexto social e histórico da ditadura militar, na Bahia, textos teatrais eram submetidos aos órgãos censórios, sendo avaliados por diferentes técnicos. No presente trabalho, propõe-se analisar o processo de construção dos textos teatrais censurados Aprender a nada-r e Anatomia das feras, de Nivalda Silva Costa, e editá-los. No campo dos estudos filológicos, conforme orientação das teorias de edição, que tomam os textos em perspectiva material e social, buscou-se apoio em outras ferramentas teóricas e metodológicas, sobretudo de crítica textual e de crítica genética, com o intuito de compreender o texto em seu processo de produção e de transmissão, levando-se em consideração a ação dos agentes mediadores, a dramaturga/diretora, o datilógrafo, os censores. Apresenta-se a edição dos textos selecionados em suporte papel e eletrônico. Justifica-se a realização desse trabalho pela possibilidade de oferecer à comunidade científica importante contribuição no que tange à prática editorial, oferecendo uma leitura de determinada escrita para o palco elaborada por uma mulher negra engajada com questões políticas, sociais e estéticas, permitindo-se pensar sobre a prática censória e sua consequência para produções teatrais baianas, bem como sobre a edição de textos teatrais. Universidade Federal da Bahia. Instituto de Letras. Salvador-Ba, 2012.
10

Pedagogia crítica aplicada à dança no ensino fundamental

Maçaneiro, Scheila Mara 2008 (has links)
121f. Submitted by Suelen Reis (suziy.ellen@gmail.com) on 2013-04-01T17:22:30Z No. of bitstreams: 1 ScheilaComSeg.pdf: 480412 bytes, checksum: cb0adfd158b1a83107f0eda002b5bace (MD5) Approved for entry into archive by Ednaide Gondim Magalhães(ednaide@ufba.br) on 2013-04-10T13:51:35Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ScheilaComSeg.pdf: 480412 bytes, checksum: cb0adfd158b1a83107f0eda002b5bace (MD5) Made available in DSpace on 2013-04-10T13:51:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ScheilaComSeg.pdf: 480412 bytes, checksum: cb0adfd158b1a83107f0eda002b5bace (MD5) Previous issue date: 2008 Esta dissertação é resultado de pesquisa desenvolvida no PPGAC-UFBA. Teve como objetivo analisar a Pedagogia Crítica como instrumento de fundamentação para a realização de aulas de Dança, na disciplina Artes, do Ensino Fundamental. Por meio do Estágio Supervisionado dos alunos do 3º ano do Curso de Dança da Faculdade de Artes do Paraná, buscamos conectar o ensino da Dança às questões da Educação e da Sociedade, de modo a instigar práticas reflexivas e contextualizadoras da vida escolar. A dissertação, inicialmente, apresenta um breve histórico da Arte na Educação Brasileira e a inserção da Dança como linguagem pertencente à disciplina Artes no ensino regular. Como mediador do pensamento reflexivo para a Dança na Educação, trazemos o referencial da Teoria Crítica, da Escola de Frankfurt, e sua influência para a Pedagogia Crítica e o ensino da Dança na Escola. Através desse encaminhamento, analisamos a aplicação desta teoria pelos estagiários em suas práticas pedagógicas. O estudo de caso é descrito a partir de questionários semi-estruturados, aplicados aos estagiários antes e depois da referência da Teoria Crítica, e a análise qualitativa dos dados é realizada na perspectiva da hermenêutica-dialética. Este estudo influenciou a compreensão de categorias de análises, que contribuíram de modo efetivo para a valorização da Dança na Escola, entre elas, a necessidade de investigação do contexto social para práticas que estimulem postura crítica e reflexiva como instrumento de comunicação e transformação, que pensamos serem significativas para novas possibilidades do ensino da Dança no contexto educacional. Salvador

Page generated in 0.1246 seconds