• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 4
  • Tagged with
  • 4
  • 4
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Um processo para customização de produtos de software

Martins Marques, Helena January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T16:01:12Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7178_1.pdf: 1473982 bytes, checksum: a80205c97e4d02bb017cd160eec998a0 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2005 / A evolução da indústria de software vem seguindo as tendências do mercado global, onde fatores como alta qualidade, baixo custo de produção e manutenção, uso efetivo de recursos e time-to-market ditam os objetivos dos negócios. Além destas demandas, um novo fator está sendo incorporado: a customização de produtos para atender às necessidades únicas de cada cliente. Apesar de novas estratégias terem surgido na indústria de software no sentido de sistematizar o desenvolvimento de produtos de software, ainda existem vários desafios em torno da necessidade de construir produtos modulares e que possuam um alto grau de flexibilidade, como, por exemplo, o amadurecimento de um processo para a construção sistemática de produtos customizáveis de software e a solução dos problemas em torno da instanciação destes produtos para atender às necessidades particulares de diversos clientes. Através de uma análise de processos de software existentes foi possível identificar as lacunas deixadas pelos processos RUP e XP, no âmbito da customização e implantação de produtos de software. As abordagens focam no desenvolvimento de produtos de software, seja ele um serviço para um cliente específico (software sob encomenda) ou um produto fechado. Como resultado deste estudo, foi definida uma abordagem de processo de software cujo objetivo é orientar e apoiar na condução de projetos cujo foco é a customização e implantação de produtos de software. As principais contribuições deste trabalho são a formalização de um processo eficaz para a customização e implantação de produtos de software e que, ao mesmo tempo, seja vantajoso em termos de tempo e custo em relação ao desenvolvimento tradicional de software
2

SLESS 2.0: uma evolução da abordagem de integração do Scrum e Lean Six Sigma para aplicações móveis / SLESS 2.0: an evolution of the Scrum and Lean Six Sigma integration approah for mobile applications

Cunha, Thiago Ferraz Vieira da January 2014 (has links)
CUNHA, Thiago Ferraz Vieira da. SLESS 2.0: uma evolução da abordagem de integração do Scrum e Lean Six Sigma para aplicações móveis. 2014. 133 f. Dissertação (Mestrado em ciência da computação)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2014. / Submitted by Elineudson Ribeiro (elineudsonr@gmail.com) on 2016-09-09T12:58:00Z No. of bitstreams: 1 2014_dis_tfvcunha.pdf: 6812261 bytes, checksum: 7c3baa3a45efc58b74f9cace46b1c01b (MD5) / Approved for entry into archive by Jairo Viana (jairo@ufc.br) on 2016-09-27T17:52:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dis_tfvcunha.pdf: 6812261 bytes, checksum: 7c3baa3a45efc58b74f9cace46b1c01b (MD5) / Made available in DSpace on 2016-09-27T17:52:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dis_tfvcunha.pdf: 6812261 bytes, checksum: 7c3baa3a45efc58b74f9cace46b1c01b (MD5) Previous issue date: 2014 / The software development for mobile devices such as mobile phones, smartphones and tablets requires knowledge not only of processes but also related to software and hardware technology platforms of these devices. Continuous improvement in the performance of these platforms and the increasing demand for a variety of applications require a high competitiveness and, therefore, high levels of productivity and quality. In this scenario, agile methodologies are used and fit well to frequently changing requirements and to time to market. Among these methodologies, Scrum is one of the most accepted and used, contributing to the improvement of project management, team productivity, product quality and increasing the probability of project success. On the other hand, there is an increasing adoption of quality management methodologies such as Lean Six Sigma in Information Technology and Communication (ICT) organizations due to their proven results in improving processes development and quality of services and products developed. Methodologies such as Scrum and Lean Six Sigma have different goals, however, they can contribute together in the development of software for mobile devices. In literature, there are studies that propose the integration of agile methodologies and software quality, however, they have gaps regarding the possibility of systematic reuse of this integration, as well as in evaluating the use of these integrated methodologies. Thus, this paper proposes an evolution of an existing approach, called SLeSS, that integrates Scrum to Lean Six Sigma and has been used in the software customization for mobile phones. The evolution of this approach is to add software development in addition to customization and improve integration mechanisms initially proposed with a focus on evaluation of the practices and principles of Scrum from the use of techniques of Lean Six Sigma. This new version is applied in seven actual projects that are related to software development and customization for mobile devices and their results are also discussed in this dissertation. / O desenvolvimento de software para dispositivos móveis como smartphones, celulares e tablets requer conhecimento dos processos e das tecnologias relacionadas às plataformas de software e de hardware desses dispositivos. A melhoria contínua no desempenho dessas plataformas e a demanda crescente por uma variedade de aplicações impõem uma alta competitividade e, por conseguinte, exigem níveis elevados de produtividade e de qualidade dos projetos de desenvolvimento. Nesse cenário, as metodologias ágeis são utilizadas por se adequarem bem às frequentes mudanças de requisitos e às demandas de prazo desse nicho de mercado. Dentre essas metodologias, o Scrum é uma das mais aceitas e utilizadas, contribuindo na melhoria da gestão de projetos, na produtividade do time, na qualidade dos produtos e no aumento da probabilidade de sucesso dos projetos. Por outro lado, há uma crescente adoção de metodologias de gestão da qualidade como o Lean Six Sigma por organizações da área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) devido aos seus resultados comprovados na melhoria dos processos de desenvolvimento e da qualidade dos serviços e dos produtos desenvolvidos. Metodologias como o Scrum e o Lean Six Sigma possuem objetivos distintos, entretanto, elas podem contribuir juntas no desenvolvimento de software para dispositivos móveis. Na literatura existem trabalhos que propõem a integração de metodologias ágeis e de qualidade de software, entretanto, esses trabalhos possuem lacunas no que tange a possibilidade de reuso sistemático das mesmas bem como a avaliação do uso dessas metodologias integradas. Este trabalho propõe então uma evolução de uma abordagem já existente, denominada SLeSS, que integra o Scrum ao Lean Six Sigma e que foi utilizada na customização de software para celulares. Essa evolução visa ampliar a abordagem tanto para o desenvolvimento de software além da customização quanto para melhorar os mecanismos de integração inicialmente propostos com um foco na avaliação das práticas e princípios do Scrum a partir do uso de técnicas do Lean Six Sigma. Para avaliar a nova versão, ela é aplicada em sete projetos reais de desenvolvimento e customização de software para dispositivos móveis e seus resultados são também discutidos nesta dissertação.
3

Avaliação de técnicas de Linha de Produto de Software no processo de adaptação e manutenção de sistemas customizáveis

Passos, Fernanda Almeida 24 September 2014 (has links)
Customization of open source software systems, such as the development of specific artifacts that meet their functional and non-functional requirements, can be licensed to acquiring organizations. However, it brings future problems to system maintenance, which in parallel is in constant evolution by their creators. The biggest challenge on this scenery is handling the evolutions of the original system made by their creators, which usually impact the acquiring organizations artifacts. In this context, the application of Software Product Lines (SPL) techniques emerges as a proposal to provide support in customizing acquired software. This study aims to evaluate in a real context and through controlled experiments the process of adaptation and maintenance of customized systems by comparing the approach currently used in the customizations, performed directly on the base code of the original system with the LPS techniques AspectJ, FeatureHouse and XVCL. The selection of those techniques for evaluation was based on a comparative analysis of the techniques raised on a systematic study that was realized, taking as a premise the possibility of creating customizable artifacts and the implementation of the variations apart of the base code, keeping it intact. Finally, after the experiment proposed in this study, quantitative and qualitative results regarding the usage of the SPL techniques AspectJ, FeatureHouse and XVCL in the adaptation and maintenance of customizable systems were obtained. These results show that FeatureHouse and XVCL were considered equivalent to each other and to the current approach. AspectJ, though it proved feasible, requires a steep learning curve. However, the adoption of one of those SPL techniques brings qualitative gains due to the possibility of creating customizable software artifacts and to the separation of the variations from the system base code. / Customizações em sistema de software open-source, tais como o desenvolvimento de artefatos específicos que atendam seus requisitos funcionais e não funcionais, pode ser licenciada às organizações adquirentes. Contudo, traz problemas futuros à manutenção do sistema, o qual paralelamente está em constante evolução pelos seus criadores. O maior desafio neste cenário é lidar com as evoluções do sistema original realizadas pelos criadores, que normalmente impactam os artefatos das organizações adquirentes. Neste contexto, a aplicação de técnicas de Linha de Produto de Software (LPS) surge como uma proposta para prover suporte na customização de software adquirido. Este estudo objetiva avaliar em um contexto real e através de experimentos controlados, o processo de adaptação e manutenção de sistemas customizados, comparando a abordagem atualmente usada nas customizações realizadas diretamente no código base do sistema original com as técnicas LPS AspectJ, FeatureHouse e XVCL. A seleção dessas técnicas para avaliação foi baseada em uma análise comparativa das técnicas levantadas no estudo sistemático realizado, tomando como premissa a possibilidade de criação de artefatos customizáveis e a implementação das variações separada do código base, mantendo-o intacto. Finalmente, após o experimento proposto neste estudo, resultados quantitativos e qualitativos sobre o uso das técnicas de LPS AspectJ, FeatureHouse e XVCL na adaptação e manutenção de sistemas customizáveis foram obtidos. Estes resultados mostram que FeatureHouse e XVCL foram consideradas equivalentes entre si e à abordagem atual. AspectJ, embora tenha se provado viável, demanda uma acentuada curva de aprendizado. Entretanto, a adoção de uma destas técnicas de LPS traz ganhos qualitativos devido à possibilidade de criar artefatos de software customizáveis e a separação das variações do código base do sistema.
4

Um estudo de caso da adoção da programação orientada a aspectos para melhoria do processo de manutenção e evolução de sistemas integrados de gestão

Santos, Lidiany Cerqueira 31 August 2015 (has links)
The complexity of maintenance and evolution of systems is increased whenever it is necessary to meet different customers and to include diverse requirements, involving customization and adaptation tasks to fix problems and add new features. Currently the development team of the Federal University of Sergipe is working with the customization and maintenance of Integrated Management Systems that automate fundamental operations for the academic and administrative management. Constant changes in the original system source code to meet the requirements of the university are needed. Because of that, it was required the creation and adoption of a process to manage this activity. However, this current approach is not showing to be adequate, since the changes made by the development team are tangled and also crosscutting the original code, complicating the identification and reaplication of the customizations in newer system versions, causing delays in the implementation of new features and maintenance of which are in production. This research presents a case study that evaluates the adoption of Aspect-Oriented Programming in adaptation, maintenance and evolution of customized systems in comparison to the process currently adopted by UFS. As a result, it was observed that it was possible to implement 99.68% of the types of variations using AOP, and a small number of errors were detected after the module update using AOP. However, these errors need to be carefully evaluated due to the occurrence of version conflicts. The results of the study indicate that there are benefits with the adoption of the AOP, but developers confirmed the existence of some obstacles that need to be addressed before the adoption of the POA in this cenario. / A necessidade de atender a diferentes clientes e incluir diferentes requisitos aumentam a complexidade da manutenção e evolução de sistemas, envolvendo tarefas de customização e adaptação para corrigir problemas e incluir novas funcionalidades. Atualmente a equipe de desenvolvimento da Universidade Federal de Sergipe vem trabalhando com a customização e manutenção de Sistemas Integrados de Gestão que informatizam operações fundamentais para a gestão acadêmica e administrativa. Para atender aos requisitos da universidade, são necessárias modificações constantes no código fonte original do sistema, isso demandou a criação de um processo adotado atualmente para gerenciar essa atividade. No entanto, a abordagem atual adotada pela UFS não vem se mostrando adequada, pois as adaptações introduzidas pela equipe de desenvolvimento estão espalhadas e entrelaçadas com o código original, dificultando as tarefas de identificar e reaplicar as customizações em novas versões, causando atrasos na implantação de novos recursos e na manutenção dos que estão em produção. Nesta pesquisa é apresentado um estudo de caso que avalia a adoção da Programação Orientada a Aspectos na adaptação, manutenção e evolução de sistemas customizados em comparação ao processo adotado atualmente na UFS. Como resultado, observou-se que foi possível implementar 99,68% dos tipos de variações utilizando a POA e um pequeno número de erros foi detectado após a reintrodução das variações com a POA. Contudo, esses erros precisam ser avaliados cuidadosamente devido à ocorrência de conflitos de versão. Os resultados obtidos com a avaliação do estudo indicam que há benefícios com a adoção da POA, porém os desenvolvedores confirmaram a existência de alguns obstáculos que precisam ser mitigados para adoção da POA no contexto avaliado.

Page generated in 0.1012 seconds