• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 478
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 3
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 486
  • 486
  • 272
  • 182
  • 88
  • 64
  • 64
  • 49
  • 45
  • 43
  • 42
  • 40
  • 40
  • 40
  • 39
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
51

O efeito do controle da placa supragengival sobre parâmetros clínicos periodontais em pacientes que fumam e que nunca fumaram

Piccinin, Flavia Benetti January 2005 (has links)
O presente ensaio clínico comparou a resposta dos parâmetros clínicos supragengivais e subgengivais durante o controle da placa supragengival em 25 pacientes que fumam (F), com média de 46 anos de idade (variando de 33 - 57), 19,44 + 11,63 cigarros por dia durante 24,84 + 8,50 anos, e 25 pacientes que nunca fumaram (NF), com média de 46,80 anos de idade (variando de 34 - 59). Os exames, baseline, 30, 90 e 180 dias, foram realizados por uma examinadora calibrada, que avaliou o Índice de Placa Visível (IPV) e de Sangramento Gengival (ISG), Profundidade de Sondagem (PS), Nível de Inserção Clínica (NIC) e Sangramento Subgengival (SS). O controle da placa supragengival consistiu inicialmente de raspagem, alisamento e polimento coronário, limitado ao ambiente supragengival seguido por sessões semanais, por um período de seis meses, de instrução e monitoramento individualizado do controle de placa. As médias por indivíduo foram analisados pelo Teste de Friedman e pelo Teste de U de Mann-Whitney (p≤0,05). Foram observadas reduções significativas em todos os parâmetros para fumantes e nunca fumantes. O IPV reduziu de 90,96% para 8,29% (NF) e de 88,09% para 6,10% (F), sem diferenças entre os grupos. O ISG foi reduzido de 78,95% para 2,12% e de 70,48% para 0,28% nos mesmos grupos, porém com diferenças significativas entre os grupos a partir dos 30 dias. Reduções do SS também foram significativas, para nunca fumantes de 94,05% para 21,75%, e em fumantes de 94,05% para 23,71%, sem diferenças entre os grupos. Significativas reduções na PS foram observadas para nunca fumantes de 3,67mm para 2,60mm e em fumantes de 3,93mm para 2,77mm. Alterações no NIC foram significativas, de 3,43mm para 3,02mm (NF) e de 4,20mm para 3,68mm(F). Houve uma significativa redução do percentual de sítios com PS inicial maior ou igual a 7mm e um aumento no percentual de sítios de 0-3mm. Conclui-se que o controle de placa supragengival executado reduziu significativamente os sinais clínicos da doença periodontal em paciente que fumam e que nunca fumaram.
52

Associação entre parâmetros periodontais, proteína C reativa, perfil lipídico e glicêmico em pacientes com doença arterial coronariana crônica : resultados preliminares

Flores, Manuela Furtado January 2011 (has links)
Objetivo: Avaliar a associação entre parâmetros clínicos periodontais, proteína C reativa (PCR), perfil lipídico e glicêmico em pacientes com Doença Arterial Coronariana crônica (DAC). Materiais e métodos: Este estudo consiste em uma análise preliminar de um estudo observacional transversal. Foram incluídos 71 indivíduos, consecutivamente, a partir de uma coorte de pacientes com DAC do Ambulatório de Cardiopatia Isquêmica Crônica (CPI) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Um questionário estruturado foi aplicado para acessar dados demográficos, socioeconômicos e comportamentais. Dados referentes à história médica tais como uso de medicamentos e presença de outras doenças, assim como peso, altura e pressão arterial foram obtidos no prontuário dos pacientes no HCPA. Os exames periodontais foram realizados por dois periodontistas calibrados, sendo registrados os índices de placa visível (IPV), sangramento gengival (ISG), profundidade de sondagem (PS), sangramento subgengival (SS) e perda de inserção (PI) em seis sítios por dente de todos os dentes presentes. Uma coleta sanguínea também foi realizada no momento do estudo para mensurar a concentração de diferentes marcadores inflamatórios e indicadores metabólicos. Para análise dos dados foram geradas as médias dos parâmetros periodontais para cada indivíduo. Modelos de regressão linear múltipla foram gerados para caracterizar a associação entre diferentes parâmetros periodontais e inflamatórios sanguíneos controlando para idade, gênero, índice de massa corporal (IMC) e diabetes. Resultados: De maneira geral, os pacientes apresentaram condição periodontal precária, com altos níveis de placa (68,98±19,85%), destruição periodontal (PI=6,02±1,70mm) e inflamação periodontal (SS=73,30±23,84%). Quando aplicaram-se modelos de regressão linear múltipla, foram encontradas associações positivas entre PCR com PS (p=0,02) e PI (p=0,006); Colesterol total com PS (p=0,02), PI ( p=0,05) e SS (p=0,008); lipoproteína não-HDL com SS (p=0,007) e também lipoproteína LDL com PS (p=0,03) e PI (p=0,005). Não foram observadas associações entre parâmetros periodontais e lipoproteína VLDL, HDL, glicose e pressão arterial. Conclusão: Levando-se em consideração as limitações desta análise preliminar, os parâmetros periodontais de PS, PI e SS parecem estar associados a alterações nos marcadores cardiovasculares como PCR, colesterol e lipoproteínas LDL e não-HDL. / Objective: To evaluate the association between periodontal clinical parameters, C-reactive protein (CRP), lipids and glucose levels in patients with chronic coronary artery disease (CAD). Materials and methods: This study consisted in a preliminary analysis of a cross-sectional observational study. The study included 71 patients, consecutively, from a cohort of patients with CAD from the Ambulatory of Chronic Ischemic Heart Disease (CPI) of the Hospital of Clinics of Porto Alegre. A structured questionnaire was used to access demographic, socioeconomic and behavioral factors. Data regarding medical history such as medication use and presence of other diseases, as well as weight, height and blood pressure were obtained from the records of patients at HCPA. The periodontal examinations were conducted by two calibrated periodontists that recorded visible plaque index (IPV), gingival bleeding (ISG), probing depth (PD), bleeding on probing (BOP) and periodontal attachment loss (PAL) at six sites per tooth of all teeth present. A blood sample was also collected at the time of the study to measure the concentration of different inflammatory markers and metabolic indicators. Individual averages were calculated for each periodontal parameter. Multiple linear regression models were generated to evaluate the association between different periodontal and blood parameters controlling for age, gender, body mass index (BMI) and diabetes. Results: Overall, patients had poor periodontal status, with high levels of plaque (68.98±19.85%), periodontal destruction (PAL=6.02±1.70mm) and periodontal inflammation (BOP=73,30±23.84%). When multiple linear regression models were applied, positive associations were found between CRP and PD (p=0.02) and PAL (p=0.006), total cholesterol and PD (p = 0.02), PAL (p=0,05) and BOP (p=0.008), non-HDL lipoproteins and BOP (p = 0.007), and LDL lipoprotein and PS (p = 0.03) and PAL (p = 0.005). No associations were observed between periodontal parameters and lipoprotein VLDL, HDL, glucose and blood pressure. Conclusion: Taking into account the limitations of this preliminary analysis, periodontal parameters of PD, PAL and BOP seem to be associated to changes in cardiovascular markers such as CRP, cholesterol, LDL and non-HDL.
53

Avaliação das condições periodontais de diabéticos do tipo 2 com diferentes níveis glicêmicos / Evaluation of periodontal condition of tipe 2 diabetic with different glycemic levels

Costa, Katia Linhares Lima January 2009 (has links)
COSTA, Kátia Linhares Lima. Avaliação das condições periodontais de diabéticos do tipo 2 com diferentes níveis glicêmicos. 2009. 53 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2011-12-14T12:53:46Z No. of bitstreams: 1 2009_dis_kllcosta.pdf: 711629 bytes, checksum: a0ae197300b9307e55496cbceb80d24c (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-02-01T12:59:21Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_dis_kllcosta.pdf: 711629 bytes, checksum: a0ae197300b9307e55496cbceb80d24c (MD5) / Made available in DSpace on 2012-02-01T12:59:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_dis_kllcosta.pdf: 711629 bytes, checksum: a0ae197300b9307e55496cbceb80d24c (MD5) Previous issue date: 2009 / Diabetes is a significant risk factor for the occurrence of periodontal diseases. Studying the relationship of both diseases in different populations with heterogeneous characteristics are still necessary to better understand them. The aim of this cross-sectional study was to evaluate the clinical periodontal parameters of type 2 diabetes patients with different levels of glycemic control. There were selected type 2 diabetics residing in the urban area of Sobral, Ceara. They must be non-smokers, aging 40 years or more and presenting at least and 6 teeth in their mouth. All had to be using any medication to control the glycemic level. Subjects were assigned to three groups based on their respective glycated hemoglobin levels - Hb1Ac (Control - C: Hb1Ac ≤ 7%, n=103; Moderate control - M: 7,1% ≤ Hb1Ac ≤ 9%, n= 60; Poor control = P: Hb1Ac ≥ 9,1%, n=22). The following clinical data were obtained from all patients: Plaque Index (PI), Gingival Index (GI), bleeding on probing (BOP), probing depth (PD) and gingival recession (GR). The mean age, number of teeth, PI, GI and BOP did not show any significance between groups. But this was observed for Hb1Ac mean levels and time of diabetes diagnosis. The presence of at least one periodontal site with PD ≥ 6 mm was considered for the diagnosis of periodontitis. There was no association between the increase of the glycemic level and the presence of periodontitis. However, data from patients presenting at least 20 teeth showed a significant association between periodontal diseases and higher glycemic levels. It can be concluded that the poor glycemic control was associated to the presence of periodontitis only in subjects with high number of teeth. / A diabetes é considerada um fator de risco significativo para a ocorrência de doenças periodontais. Entretanto, é necessário que estudos a respeito deste assunto seja realizado em diferentes populações, com diferentes características. O objetivo deste estudo transversal foi avaliar os parâmetros clínicos periodontais de diabéticos do tipo 2 com diferentes padrões de controle glicêmico. Foram selecionados portadores desta doença, de ambos os gêneros, residentes na sede do município de Sobral - Ceará. Estes deveriam ser não-fumantes, com idade igual ou superior a 40 anos, possuir pelo menos 6 dentes na arcada dentária e fazer uso de medicação hipoglicemiante. Os indivíduos foram submetidos ao exame clínico periodontal: Índice de placa visível (IP), sangramento gengival (IG), sangramento à sondagem (SS), profundidade de sondagem (PS) e recessão gengival (RG), realizado por um examinador previamente calibrado. Os indivíduos foram divididos em três grupos de acordo os níveis de hemoglobina glicada – Hb1Ac (Controlados - C: Hb1Ac ≤ 7%, n=103; Descontrolados - D: 7,1% ≤ Hb1Ac ≤ 9%, n= 60; Elevado Descontrole = E: Hb1Ac ≥ 9,1%, n=22). Não foram observadas diferenças significantes em relação às médias de idade em anos, média de dentes presentes, IP, IG e SS. Verificou-se diferença significante entre os grupos para as médias de Hb1Ac e tempo de diagnóstico da doença. Não foi verificada associação estatisticamente significante entre elevados níveis glicêmicos e a maior presença de dentes e de sítios periodontais com PS ≥ 6 mm. Entretanto quando foram analisados apenas os indivíduos que apresentaram 20 ou mais dentes isso foi observado. Assim, pôde-se concluir que o pobre controle glicêmico dos diabéticos do tipo 2, foi associado a maior presença de periodontite apenas nos indivíduos com elevado número de dentes.
54

Impacto da condição periodontal nos níveis séricos de marcadores inflamatórios e no processo de reparo muscular de ratos Wistar treinados e sedentários / Periodontal impact of condition in serum and inflammatory markers in the process of repair muscle of Winstar rats trained and sedentary

Souza, Bárbara Kunzler January 2013 (has links)
O objetivo do estudo foi analisar as alterações no perfil inflamatório causado pela associação da doença periodontal e o exercício físico, em condições fisiológicas, e o papel desta interação sobre o processo de reparo muscular. Para isso, foram utilizados 24 ratos Wistar machos divididos em quatro grupos experimentais: Controle saudável e sedentário (SS); Controle saudável e treinado (TS); Com doença periodontal e sedentário (SC) e Com doença periodontal e treinado (TC). Foi realizada a indução de doença periodontal pela técnica de ligadura nos grupos SC e TC. Os grupos TS e TC realizaram um protocolo de exercício físico intenso em esteira rolante, durante 8 semanas. Ao longo das semanas do experimento, foram realizadas coletas de sangue para análise dos níveis séricos de citocinas inflamatórias e de leucócitos circulantes. Ao final do protocolo de exercício, foi realizada a indução de lesão muscular, por criolesão, nos músculos tibial anterior e gastrocnêmio de todos os animais, sendo os ratos sacrificados 3 dias após a criolesão. Foram realizadas análises morfológicas dos músculos com lesão induzida e dos músculos contralaterais, além do timo. Os dados foram analisados utilizando o pacote estatístico SPSS versão 17.0 para Windows. Para realizar a comparação das médias entre os grupos, nos diferentes momentos analisados, foi utilizando o teste One-Way ANOVA e teste Post-Hoc de Tukey, com nível de significância de 0,05%. A doença periodontal foi capaz de modificar células e mediadores inflamatórios sistêmicos, tendo uma ação indireta no catabolismo muscular e no processo de reparo tecidual após lesão, sendo seu efeito potencializado, quando associada ao exercício físico. / The aim of the study was to analyze the changes in the inflammatory profile caused by the association of periodontal disease and exercise, under physiological conditions, and the role of this interaction on the process of muscle repair. For this, it was used 24 male Wistar rats which were randomly divided into four groups: healthy and sedentary (SS), healthy trained (TS); sedentary with periodontal disease (SC) and trained with periodontal disease (TC). Periodontal disease induction was performed in the SC and TC groups. TS and TC groups underwent a protocol of intense exercise on a treadmill for 8 weeks. Over the weeks of the experiment, blood samples were taken for analysis of serum inflammatory cytokines and circulating leukocytes. At the end of the exercise protocol it was induced muscle damage at the tibialis anterior and gastrocnemius muscles of all animals by cryoinjury, and the ratswere sacrificed 3 days after the cryoinjury. Morphological analyzes were performed with muscle injury induced, undamaged contralateral muscles, and thymus. Data were analyzed using SPSS version 17.0 for Windows. To perform the comparison of means between groups in different time points analyzed, it was used One-Way ANOVA and post-hoc Tukey test with a significance level of 0.05%. It was obseved that periodontal disease was able to modify white blood cells count and the systemic levels of inflammatory mediators, with an indirect action in muscle catabolism and tissue repair after injury, and its action is potentiated when combined with exercise.
55

Bactérias subgengivais em gestantes : uma resposta ao tratamento periodontal e associação com prematuridade e baixo peso ao nascer

Rocha, José Mariano da January 2014 (has links)
Tem sido proposto na literatura que infecções distantes à unidade fetoplacentária como as doenças periodontais, poderiam estar associadas a desfechos gestacionais adversos. Para tanto, duas possíveis vias têm sido propostas: uma por via direta, na qual bactérias periodontopatógenas presentes na cavidade oral poderiam se disseminar sistemicamente através da corrente sanguinea até a região feto-placental estimulando uma resposta inflamatória local e com isso desencadear o parto prematuro; outra por via indireta, através do desafio inflamatório causado pelas doencas periodontais que causaria um estado pró-inflamatório no qual o aumento de mediadores inflamatórios locais e sistêmicos desencadearia desfechos gestacionais adversos. Dentro desses possíveis mecanismos propostos, algumas questões ainda não estão completamente esclarecidas, como, por exemplo, o perfil microbiológico de gestantes e o efeito do tratamento periodontal durante a gestação sobre a microbiota subgengival. Baseado nisso, esta tese busca responder essas questões. A presente tese é composta de uma revisão das evidências recentes e de dois estudos apresentados na forma de artigos científicos. O primeiro artigo, com um desenho de caso-controle, procura elucidar as correlações entre parâmetros clínicos, microbiológicos e immunológicos (locais e sistêmicos) em gestantes com parto prematuro e/ou baixo peso e gestantes com parto a termo e bebês com peso normal. O segundo artigo visa avaliar parâmetros microbiológicos durante a gestação e qual o efeito do tratamento periodontal sobre os microorganismos avaliados. Entre as principais conclusões destes estudos estão: 1 - Mulheres que gestantes com parto prematuro e/ou baixo peso não apresentaram diferenças nos parâmetros clínicos, microbiológicos e imunologicos avaliados em relação a gestantes com parto a termo e bebês com peso normal 2 - A inflamação local não parece se traduzir em um aumento de marcadores inflamatórios sistêmicos 3 - O tratamento periodontal não cirurgico reduz parâmetros clínicos inflamatórios e a contagem de P. gingivalis durante a gestação.
56

Caracterização das alterações teciduais em dois modelos de indução de doença periodontal experimental em camundongos

Mascarenhas, Vinicius Ibiapina [UNESP] 17 March 2014 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-12-02T11:16:37Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-03-17Bitstream added on 2014-12-02T11:21:07Z : No. of bitstreams: 1 000797888.pdf: 1027279 bytes, checksum: 2fe62cd498b6b6353a422667db05f592 (MD5) / A periodontite é uma doença infecciosa caracterizada por um processo inflamatório crônico do periodonto mediada e modulada pelo hospedeiro. Esta patologia resulta na destruição do tecido conjuntivo gengival e dos tecidos de suporte dos dentes. De modo a avaliar tanto a patogênese da doença periodontal quanto as diversas modalidades de tratamento, diferentes modelos animais de periodontite experimental têm sido propostos e utilizados. O benefício do uso destes modelos resulta no fato de que eles permitem uma avaliação da doença de uma forma longitudinal, com características de início e progressão semelhantes em diversos animais. O objetivo deste estudo foi caracterizar e avaliar comparativamente as alterações teciduais provocadas por dois modelos de doença periodontal experimental em camundongos: ligadura e gavagem oral. Para isto, foram utilizados 48 camundongos C57/BL6 wild type (WT), divididos em 4 grupos: Grupo C - Controle negativo, Grupo L – Ligadura (indução da doença periodontal por meio de ligaduras), Grupo G-Pg – Gavagem de Porphyromonas gingivalis (indução por meio de inoculações de Pg) e Grupo G-PgFn – Gavagem de Porphyromonas gingivalis + Fusobacterium nucleatum. Os animais foram sacrificados em dois períodos experimentais: 45 e 60 dias após o início da indução da doença periodontal. Observou-se perda óssea alveolar significativa apenas no grupo L, por meio de análise estereométrica, microtomografia computadorizada(μCT) e imunohistoquímica. A colonização bacteriana nos grupos de gavagem foi confirmada por meio de PCR em tempo real. Concluímos que o modelo de ligadura foi efetivo em induzir a doença periodontal nos parâmetros utilizados ao contrário da gavagem oral. / Periodontitis is an infectious disease characterized by a chronic inflammatory process of periodontal mediated and modulated by the host. This disease results in the destruction of conective tissue and supporting tissues of the teeth. In order to evaluate both the pathogenesis of periodontal disease and the various treatment modalities, different animal models of experimental periodontitis have been proposed and used. The benefit of using these models results in the fact that they allow an evaluation of a longitudinal disease with similar characteristics of start and progression in several animals. The aim of this study was to characterize and evaluate tissue changes caused by two models of experimental periodontal disease in mice: ligature and oral gavage. For this, 48 C57/BL6 mice wild type (WT) mice were divided into 4 groups: Group C - Negative Control, Group L - Ligature (induction of periodontal disease by ligatures), Group G-Pg - Porphyromonas gingivalis Gavage (induction by Pg inoculations) and Group G-PgFn - Porphyromonas gingivalis + Fusobacterium nucleatum Gavage. The animals were sacrificed at two experimental periods: 45 and 60 days after the induction onset of periodontal disease. Significant bone loss only in the group L by means of stereometric analysis, computed microtomography (μCT) and immunohistochemistry was observed. The bacterial colonization in groups of gavage was confirmed by PCR in real time. We conclude that the model of ligature was effective in inducing periodontal disease parameters used in contrast to oral gavage.
57

Avaliação dos efeitos da terapia fotodinâmica antimicrobiana com o fotossensibilizador ftalocianina-glucamina como terapia adjunta no tratamento da doença periodontal induzida em ratos

Corbi, Sâmara Cruz Tfaile [UNESP] 24 March 2014 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-03-03T11:52:34Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-03-24Bitstream added on 2015-03-03T12:06:26Z : No. of bitstreams: 1 000806647_20170324.pdf: 196182 bytes, checksum: 763008db7102b02d0429742db959bfb2 (MD5) Bitstreams deleted on 2017-03-24T12:04:47Z: 000806647_20170324.pdf,. Added 1 bitstream(s) on 2017-03-24T12:05:39Z : No. of bitstreams: 1 000806647.pdf: 2195734 bytes, checksum: 6a77f9f36608edf41dbadc0645b019e9 (MD5) / A Terapia Fotodinâmica Antimicrobiana (aTFD), é uma terapia que utiliza fonte de luz e fotossensibilizador (FTS) na fotoinativação de microrganismos. O objetivo deste trabalho foi avaliar, in vivo, respostas teciduais da aplicação da aTFD utilizando ftalocianina-glucamina, cujo pico de absorção coincide com o comprimento de onda da cor vermelha, no tratamento da doença periodontal (DP) induzida em ratos, pelas avaliações: microtomográfica, histométrica e histológica. Ligaduras foram inseridas nos sulcos dos segundos molares superiores para indução da DP. Os animais foram distribuídos em 4 grupos: GI: DP (Somente indução da doença, sem tratamento); GII: RAR (Indução e tratamento básico periodontal); GIII: TFD (Indução e aplicação da terapia fotodinâmica); GIV: RAR+TFD (Indução, aplicação da terapia fotodinâmica e tratamento básico periodontal). Após 15 dias, as ligaduras foram removidas e os animais eutanaziados após 7, 15 e 30 dias do tratamento. Como todos os dados apresentaram-se normais (Kolmogorov-Smirnov), aplicou-se o teste paramétrico ANOVA, seguida do pós-teste de Tukey. Na histometria, não encontraram diferenças estatistísticas; a análise microtomográfica mostrou diferenças significantes em todos períodos para o grupo TFD nas proximais e região de furca, assim como o grupo RAR+TFD. No período de 30 dias, entre os grupos DP e TFD na região de furca, como também em 7 dias, além dos grupos DP e RAR+TFD; na histologia, mostrou que não houve danos aos tecidos. Podese concluir que a aTFD com ftalocianina-glucamina foi efetiva tanto quanto a RAR no tratamento da DP induzida, porém mais estudos são necessários para elucidar os efeitos deste fotossensibilizador na aTFD. / Antimicrobial Photodynamic Therapy (aPDT) is a therapy which uses a light source and photosensitizer (PS) in the microorganisms photoinativation. The aim of this study was to evaluate, in vivo, tissue response application of aPDT using phthalocyanineglucamine, with its peak absorption spectrum of color in red wavelength, in the treatment of induced PD in rats, by the microtomographic, histometric and histological analyses. Ligatures were inserted into the grooves of the upper second molars to induce PD. The animals were divided into 4 groups: GI: PD (only induction of PD, no treatment); GII: SRP (Induction and periodontal basic treatment); GIII: PDT (Induction and application of photodynamic therapy); GIV: SRP+PDT (induction, application of photodynamic therapy and periodontal basic treatment). After 15 days, the ligatures were removed and the animals were euthanized after 7, 15 and 30 days of treatment. Since all data were normal (Kolmogorov-Smirnov test), we used the parametric test ANOVA followed by Tukey post-test. Histometric, no differences were found; microtomographic, showed significant differences in all periods for the PDT group in the proximal and furcation area, as well as the SRP+PDT group. In the period of 30 days between PD and PDT groups in the furcation region as well as in 7 days, in addition to the PD and SRP+PDT groups; histological , showed no tissue damage. It can be concluded that the aPDT with phthalocyanine-glucamine was effective as much as the SRP in treatment induced PD, but more studies are needed to elucidate the effects of this PS in aPDT.
58

O efeito do controle da placa supragengival sobre parâmetros clínicos periodontais em pacientes que fumam e que nunca fumaram

Piccinin, Flavia Benetti January 2005 (has links)
O presente ensaio clínico comparou a resposta dos parâmetros clínicos supragengivais e subgengivais durante o controle da placa supragengival em 25 pacientes que fumam (F), com média de 46 anos de idade (variando de 33 - 57), 19,44 + 11,63 cigarros por dia durante 24,84 + 8,50 anos, e 25 pacientes que nunca fumaram (NF), com média de 46,80 anos de idade (variando de 34 - 59). Os exames, baseline, 30, 90 e 180 dias, foram realizados por uma examinadora calibrada, que avaliou o Índice de Placa Visível (IPV) e de Sangramento Gengival (ISG), Profundidade de Sondagem (PS), Nível de Inserção Clínica (NIC) e Sangramento Subgengival (SS). O controle da placa supragengival consistiu inicialmente de raspagem, alisamento e polimento coronário, limitado ao ambiente supragengival seguido por sessões semanais, por um período de seis meses, de instrução e monitoramento individualizado do controle de placa. As médias por indivíduo foram analisados pelo Teste de Friedman e pelo Teste de U de Mann-Whitney (p≤0,05). Foram observadas reduções significativas em todos os parâmetros para fumantes e nunca fumantes. O IPV reduziu de 90,96% para 8,29% (NF) e de 88,09% para 6,10% (F), sem diferenças entre os grupos. O ISG foi reduzido de 78,95% para 2,12% e de 70,48% para 0,28% nos mesmos grupos, porém com diferenças significativas entre os grupos a partir dos 30 dias. Reduções do SS também foram significativas, para nunca fumantes de 94,05% para 21,75%, e em fumantes de 94,05% para 23,71%, sem diferenças entre os grupos. Significativas reduções na PS foram observadas para nunca fumantes de 3,67mm para 2,60mm e em fumantes de 3,93mm para 2,77mm. Alterações no NIC foram significativas, de 3,43mm para 3,02mm (NF) e de 4,20mm para 3,68mm(F). Houve uma significativa redução do percentual de sítios com PS inicial maior ou igual a 7mm e um aumento no percentual de sítios de 0-3mm. Conclui-se que o controle de placa supragengival executado reduziu significativamente os sinais clínicos da doença periodontal em paciente que fumam e que nunca fumaram.
59

Avaliação dos efeitos da terapia fotodinâmica antimicrobiana com o fotossensibilizador ftalocianina-glucamina como terapia adjunta no tratamento da doença periodontal induzida em ratos /

Corbi, Sâmara Cruz Tfaile. January 2014 (has links)
Orientador: Rosemary Adriana Chiérici Marcantonio / Banca: Marcio Zaffalon Casati / Banca: Leticia Helena Theodoro / Resumo: A Terapia Fotodinâmica Antimicrobiana (aTFD), é uma terapia que utiliza fonte de luz e fotossensibilizador (FTS) na fotoinativação de microrganismos. O objetivo deste trabalho foi avaliar, in vivo, respostas teciduais da aplicação da aTFD utilizando ftalocianina-glucamina, cujo pico de absorção coincide com o comprimento de onda da cor vermelha, no tratamento da doença periodontal (DP) induzida em ratos, pelas avaliações: microtomográfica, histométrica e histológica. Ligaduras foram inseridas nos sulcos dos segundos molares superiores para indução da DP. Os animais foram distribuídos em 4 grupos: GI: DP (Somente indução da doença, sem tratamento); GII: RAR (Indução e tratamento básico periodontal); GIII: TFD (Indução e aplicação da terapia fotodinâmica); GIV: RAR+TFD (Indução, aplicação da terapia fotodinâmica e tratamento básico periodontal). Após 15 dias, as ligaduras foram removidas e os animais eutanaziados após 7, 15 e 30 dias do tratamento. Como todos os dados apresentaram-se normais (Kolmogorov-Smirnov), aplicou-se o teste paramétrico ANOVA, seguida do pós-teste de Tukey. Na histometria, não encontraram diferenças estatistísticas; a análise microtomográfica mostrou diferenças significantes em todos períodos para o grupo TFD nas proximais e região de furca, assim como o grupo RAR+TFD. No período de 30 dias, entre os grupos DP e TFD na região de furca, como também em 7 dias, além dos grupos DP e RAR+TFD; na histologia, mostrou que não houve danos aos tecidos. Podese concluir que a aTFD com ftalocianina-glucamina foi efetiva tanto quanto a RAR no tratamento da DP induzida, porém mais estudos são necessários para elucidar os efeitos deste fotossensibilizador na aTFD. / Abstract: Antimicrobial Photodynamic Therapy (aPDT) is a therapy which uses a light source and photosensitizer (PS) in the microorganisms photoinativation. The aim of this study was to evaluate, in vivo, tissue response application of aPDT using phthalocyanineglucamine, with its peak absorption spectrum of color in red wavelength, in the treatment of induced PD in rats, by the microtomographic, histometric and histological analyses. Ligatures were inserted into the grooves of the upper second molars to induce PD. The animals were divided into 4 groups: GI: PD (only induction of PD, no treatment); GII: SRP (Induction and periodontal basic treatment); GIII: PDT (Induction and application of photodynamic therapy); GIV: SRP+PDT (induction, application of photodynamic therapy and periodontal basic treatment). After 15 days, the ligatures were removed and the animals were euthanized after 7, 15 and 30 days of treatment. Since all data were normal (Kolmogorov-Smirnov test), we used the parametric test ANOVA followed by Tukey post-test. Histometric, no differences were found; microtomographic, showed significant differences in all periods for the PDT group in the proximal and furcation area, as well as the SRP+PDT group. In the period of 30 days between PD and PDT groups in the furcation region as well as in 7 days, in addition to the PD and SRP+PDT groups; histological , showed no tissue damage. It can be concluded that the aPDT with phthalocyanine-glucamine was effective as much as the SRP in treatment induced PD, but more studies are needed to elucidate the effects of this PS in aPDT. / Mestre
60

Impacto da condição periodontal nos níveis séricos de marcadores inflamatórios e no processo de reparo muscular de ratos Wistar treinados e sedentários / Periodontal impact of condition in serum and inflammatory markers in the process of repair muscle of Winstar rats trained and sedentary

Souza, Bárbara Kunzler January 2013 (has links)
O objetivo do estudo foi analisar as alterações no perfil inflamatório causado pela associação da doença periodontal e o exercício físico, em condições fisiológicas, e o papel desta interação sobre o processo de reparo muscular. Para isso, foram utilizados 24 ratos Wistar machos divididos em quatro grupos experimentais: Controle saudável e sedentário (SS); Controle saudável e treinado (TS); Com doença periodontal e sedentário (SC) e Com doença periodontal e treinado (TC). Foi realizada a indução de doença periodontal pela técnica de ligadura nos grupos SC e TC. Os grupos TS e TC realizaram um protocolo de exercício físico intenso em esteira rolante, durante 8 semanas. Ao longo das semanas do experimento, foram realizadas coletas de sangue para análise dos níveis séricos de citocinas inflamatórias e de leucócitos circulantes. Ao final do protocolo de exercício, foi realizada a indução de lesão muscular, por criolesão, nos músculos tibial anterior e gastrocnêmio de todos os animais, sendo os ratos sacrificados 3 dias após a criolesão. Foram realizadas análises morfológicas dos músculos com lesão induzida e dos músculos contralaterais, além do timo. Os dados foram analisados utilizando o pacote estatístico SPSS versão 17.0 para Windows. Para realizar a comparação das médias entre os grupos, nos diferentes momentos analisados, foi utilizando o teste One-Way ANOVA e teste Post-Hoc de Tukey, com nível de significância de 0,05%. A doença periodontal foi capaz de modificar células e mediadores inflamatórios sistêmicos, tendo uma ação indireta no catabolismo muscular e no processo de reparo tecidual após lesão, sendo seu efeito potencializado, quando associada ao exercício físico. / The aim of the study was to analyze the changes in the inflammatory profile caused by the association of periodontal disease and exercise, under physiological conditions, and the role of this interaction on the process of muscle repair. For this, it was used 24 male Wistar rats which were randomly divided into four groups: healthy and sedentary (SS), healthy trained (TS); sedentary with periodontal disease (SC) and trained with periodontal disease (TC). Periodontal disease induction was performed in the SC and TC groups. TS and TC groups underwent a protocol of intense exercise on a treadmill for 8 weeks. Over the weeks of the experiment, blood samples were taken for analysis of serum inflammatory cytokines and circulating leukocytes. At the end of the exercise protocol it was induced muscle damage at the tibialis anterior and gastrocnemius muscles of all animals by cryoinjury, and the ratswere sacrificed 3 days after the cryoinjury. Morphological analyzes were performed with muscle injury induced, undamaged contralateral muscles, and thymus. Data were analyzed using SPSS version 17.0 for Windows. To perform the comparison of means between groups in different time points analyzed, it was used One-Way ANOVA and post-hoc Tukey test with a significance level of 0.05%. It was obseved that periodontal disease was able to modify white blood cells count and the systemic levels of inflammatory mediators, with an indirect action in muscle catabolism and tissue repair after injury, and its action is potentiated when combined with exercise.

Page generated in 0.072 seconds