• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 798
  • 73
  • 73
  • 73
  • 65
  • 48
  • 25
  • 15
  • 15
  • 8
  • 8
  • 8
  • 5
  • 4
  • 3
  • Tagged with
  • 846
  • 846
  • 497
  • 409
  • 268
  • 249
  • 211
  • 208
  • 206
  • 199
  • 181
  • 162
  • 155
  • 147
  • 118
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Instituição ou instituído? : análise de uma prática escolar de inclusão /

Abrantes, Aline Reck Padilha. January 2007 (has links)
Orientador: Maria Cristina Bergonzoni Stefanini / Banca: Luci Regina Muzzeti / Banca: Taciana Mirna Sandrano / Resumo: A experiência profissional e os impasses enfrentados no cotidiano de trabalho atual, quando se trata de crianças com algum diagnóstico a serem incluídas na escola regular, instigaramnos a realizar o presente estudo. Partindo do princípio de que a inclusão implica no trabalho de toda instituição escolar é que buscamos na Pedagogia Institucional sustentação para nossa pesquisa. A Pedagogia Institucional, corpo de conhecimentos teóricos que, articulado a prática pedagógica, transforma a classe num laboratório de trabalho constante vem a ser a perspectiva da leitura da prática da Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental Centro Integrado de Desenvolvimento - CID. Os sujeitos foram todos os profissionais e professores desta escola, os alunos do último ano da educação infantil, alunos da primeira série e alunos da última série do ensino fundamental, os pais e uma profissional da Escola Nossa Senhora do Bom Conselho, escola que recebe alunos egressos do CID. Os dados coletados constituíram os seguintes focos de análise: 1. A escola como promotora da unidade. 2. A escola como promotora da autonomia. 3. A troca com os pais. 4. A escola como promotora do diálogo com a sociedade. 5. O trabalho em grupo. 6. A escuta como exercício da ética. 7. A equipe interdisciplinar como suporte. 8. A prática da avaliação. Após analise e discussão reflexiva, consideramos que o cerne da inclusão é a prática instituída no cotidiano da escola e, pensamos que a relevância desta pesquisa está na possibilidade de contribuir com aqueles setores que pretendem instituir a inclusão. / Abstract: Professional experience and difficulties faced in the routine of current work, concerning children with some kind of diagnostic to be included in the regular school, encouraged us to accomplish the present work. Our work is supported by Institutional Pedagogy for we think that inclusion is the work of the whole school institution. Institutional Pedagogy, theoretical knowledge which when related to pedagogical practice turns the classroom into a laboratory of constant work, is the perspective from what practiced is understood at the Elementary and Middle school CID (Centro Integrado de Desenvolvimento). The subjects were all professionals and teachers from this school, students from the last grade of elementary school and from the first and last grade of middle school, parents and one professional from Bom Conselho school, which admits students from CIC. The collected data were related to the following focus of analysis: 1. The school as unity provider; 2. The school as autonomy provider; 3. Connections between parents and school; 4. The school as dialogue provider in the society; 5. The group work; 6. Hearing as ethics exercise; 7. The interdisciplinary team as support and 8. Evaluation practice. After the analysis and discussion, we have considered the practice instituted in the school routine the key for the inclusion. We think that the relevance of this study is in the possibility of contributing to those sectors which intend to institute the inclusion. / Mestre
2

Instituição ou instituído?: análise de uma prática escolar de inclusão

Abrantes, Aline Reck Padilha [UNESP] January 2007 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:24:35Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2007Bitstream added on 2014-06-13T18:52:17Z : No. of bitstreams: 1 abrantes_arp_me_arafcl.pdf: 1339063 bytes, checksum: 0c43029d6cd0e8789c9643246eb866b7 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A experiência profissional e os impasses enfrentados no cotidiano de trabalho atual, quando se trata de crianças com algum diagnóstico a serem incluídas na escola regular, instigaramnos a realizar o presente estudo. Partindo do princípio de que a inclusão implica no trabalho de toda instituição escolar é que buscamos na Pedagogia Institucional sustentação para nossa pesquisa. A Pedagogia Institucional, corpo de conhecimentos teóricos que, articulado a prática pedagógica, transforma a classe num laboratório de trabalho constante vem a ser a perspectiva da leitura da prática da Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental Centro Integrado de Desenvolvimento - CID. Os sujeitos foram todos os profissionais e professores desta escola, os alunos do último ano da educação infantil, alunos da primeira série e alunos da última série do ensino fundamental, os pais e uma profissional da Escola Nossa Senhora do Bom Conselho, escola que recebe alunos egressos do CID. Os dados coletados constituíram os seguintes focos de análise: 1. A escola como promotora da unidade. 2. A escola como promotora da autonomia. 3. A troca com os pais. 4. A escola como promotora do diálogo com a sociedade. 5. O trabalho em grupo. 6. A escuta como exercício da ética. 7. A equipe interdisciplinar como suporte. 8. A prática da avaliação. Após analise e discussão reflexiva, consideramos que o cerne da inclusão é a prática instituída no cotidiano da escola e, pensamos que a relevância desta pesquisa está na possibilidade de contribuir com aqueles setores que pretendem instituir a inclusão. / Professional experience and difficulties faced in the routine of current work, concerning children with some kind of diagnostic to be included in the regular school, encouraged us to accomplish the present work. Our work is supported by Institutional Pedagogy for we think that inclusion is the work of the whole school institution. Institutional Pedagogy, theoretical knowledge which when related to pedagogical practice turns the classroom into a laboratory of constant work, is the perspective from what practiced is understood at the Elementary and Middle school CID (Centro Integrado de Desenvolvimento). The subjects were all professionals and teachers from this school, students from the last grade of elementary school and from the first and last grade of middle school, parents and one professional from Bom Conselho school, which admits students from CIC. The collected data were related to the following focus of analysis: 1. The school as unity provider; 2. The school as autonomy provider; 3. Connections between parents and school; 4. The school as dialogue provider in the society; 5. The group work; 6. Hearing as ethics exercise; 7. The interdisciplinary team as support and 8. Evaluation practice. After the analysis and discussion, we have considered the practice instituted in the school routine the key for the inclusion. We think that the relevance of this study is in the possibility of contributing to those sectors which intend to institute the inclusion.
3

Cultura Tecnológica, Juventude e Educação : representações de jovens e adultos sobre inclusão educacional mediada pelas tecnologias.

Couto, Fausta Porto 25 March 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2011. / Submitted by Gabriela Ribeiro (gaby_ribeiro87@hotmail.com) on 2011-06-27T18:09:06Z No. of bitstreams: 1 2011_FaustaPortoCouto.pdf: 2057237 bytes, checksum: 5178b9eefa1bd338516a0cc477f68e7d (MD5) / Approved for entry into archive by Guilherme Lourenço Machado(gui.admin@gmail.com) on 2011-06-28T12:13:09Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_FaustaPortoCouto.pdf: 2057237 bytes, checksum: 5178b9eefa1bd338516a0cc477f68e7d (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-28T12:13:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_FaustaPortoCouto.pdf: 2057237 bytes, checksum: 5178b9eefa1bd338516a0cc477f68e7d (MD5) / Este trabalho teve por objetivo analisar e compreender o potencial das Novas Tecnologias de Informação, Comunicação e Expressão (NTICE) na promoção da inclusão educacional de jovens e de adultos. Para a compreensão desse processo, este estudo foi desenvolvido no âmbito do Projeto Transiarte, implantado como projeto piloto em escola pública localizada na Região Administrativa de Ceilândia, no Distrito Federal. Para tanto, foi adotada a perspectiva metodológica da pesquisa participante, realizada a partir de entrevistas e de registros em diários de anotações (2009/2010), com o objetivo de explicitar representações sociais dos atores do referido projeto. Os resultados da investigação mostram que os alunos participantes do projeto consideraram que o mesmo consiste em um novo processo de aprender; de se relacionar; de dialogar; de participar do processo formativo, interagindo na construção coletiva colaborativa, tudo isso mediado pelas NTICE. Em suas falas, eles evidenciam, ainda, a construção de uma auto-estima elevada pela própria percepção de si e de seu entusiasmo para a obtenção de êxito em seus projetos, que vão desde fazer um curso técnico, um curso superior e/ou aprofundar conhecimentos até educar os filhos. Por fim, reconhecem a escola como um importante espaço de socialização e de possibilidade de ampliação de conhecimentos, mas tecem críticas às condições dos processos formativos tradicionais por não atenderem às suas expectativas como sujeitos inseridos na sociedade da informação. A investigação também considerou a avaliação dos professores e suas perspectivas relacionadas aos resultados do Projeto Transiarte, no que tange à inclusão educacional dos jovens e adultos. Nas falas dos professores, foi possível identificar seu encantamento com a proposta do Transiarte, em função de suas características que propiciam o surgimento de um processo criativo artístico, na construção coletiva, na participação efetiva do aluno, no desafio de propor algo novo: o encontro de duas gerações de modo construtivo e dialógico; alunos jovens e adultos, sujeitos ainda invisíveis para a escola. A pesquisa realizada nos permite refletir sobre a importância da integração das tecnologias à educação, como importante instrumento de capacitação educacional e também profissional de jovens e de adultos, facilitando sua inserção no mundo de trabalho e estabelecendo com o conhecimento uma relação em que eles se percebem como sujeitos do conhecimento. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study aimed to analyze and understand the potential of New Information Technologies, Communication and Expression (ICTs) in promoting educational inclusion of youth and adults. To understand this process, this study took as its model the Transiarte Project, implemented as a pilot project in a public school located in the Administrative Region of Ceilândia the Federal District. To that end, we adopted methodological approach of participatory research, conducted through interviews and records in daily notes (2009/2010). This analysis was performed under two basic aspects: the first who considered the social representations of young students and adults in terms of their educational inclusion as it participated in the Project Transiarte. For these students, the survey results showed that they considered that this project is a new process to learn, to relate, to dialogue, to participate in the training process, interacting in a collective collaborative, all mediated by the NTICE. In their speech they show also the acquisition of a high self-esteem by their own perceptions of themselves, their enthusiasm to achieve success in their projects, ranging from making a technical course, doing a degree and / or deepen knowledge and educate their children, and finally recognize the school as an important area of socialization and opportunities to increase their knowledge, but criticize the conditions of traditional training processes for not meeting your expectations as a subject included in the information society. The second aspect of this research participants felt the evaluation of teachers and their perspectives related to the results of Project Transiarte, with regard to the educational inclusion of youth and adults. In the speech of the teachers were able to identify his enchantment with the proposal of Transiarte, due to its characteristics that foster the emergence of a creative artistic process, the collective building, effective participation of the student, the challenge of proposing something new: the encounter of two generations of constructive and dialogical; students and young adults, subjects still invisible to the school. Moreover, the research allows us to reflect on the importance of integrating technology education as an important educational tool for training and also training for young people and adults, facilitating their integration into the labor market.
4

Um modelo de avaliação de programa de inclusão digital e social

Brandão, Maria de Fátima Ramos 01 1900 (has links)
136 f. : il.Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2009. / Submitted by Raquel Viana (tempestade_b@hotmail.com) on 2010-04-19T18:02:37Z No. of bitstreams: 1 2009_MariaFatimaRamosBrandao.pdf: 2665312 bytes, checksum: 598ee8b77b5de2ad6ce8d4acb5b3f6da (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-04-30T22:31:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_MariaFatimaRamosBrandao.pdf: 2665312 bytes, checksum: 598ee8b77b5de2ad6ce8d4acb5b3f6da (MD5) / Made available in DSpace on 2010-04-30T22:31:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_MariaFatimaRamosBrandao.pdf: 2665312 bytes, checksum: 598ee8b77b5de2ad6ce8d4acb5b3f6da (MD5) Previous issue date: 2009-01 / Esta tese propõe um Modelo de Avaliação de Programa de Inclusão Digital e Social, denominado MAPIDS, segundo abordagem educacional e participante, com suporte das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs). Tal modelo pressupõe a avaliação por gestores e agentes; a formação em avaliação; a definição colaborativa das variáveis e indicadores (de insumos, processos, resultados e impactos) e das análises descritivas, normativas e explicativas, com um portal na internet para integrar as redes sociais de avaliação. A avaliação das habilidades de uso das TICs é sugerida por um Indicador de Alfabetização Digital e Social (IADS), com quatro dimensões: uso pessoal e lazer; uso autônomo; uso social colaborativo; e uso inovador sustentável. A pesquisa aplicada ao Projeto Casa Brasil utilizou métodos empíricos e qualitativos para analisar as potencialidades do modelo. Resultados preliminares sugerem a viabilidade e utilidade do MAPIDS como uma abordagem prática de avaliação em rede. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This thesis proposes an evaluation model for social and digital inclusion programs, called MAPIDS, based on an educational and participant approach, with support of Information and Communication Technologies (ICTs). The model proposes the evaluation by managers and agents; training in evaluation; collaborative definition of variables and indicators (of inputs, processes, results and impacts) and descriptive, normative and explicative analyses; and the creation of an internet portal in order to integrate the evaluation social networks. The ICTs usage evaluation is suggested by a Social and Digital Literacy Indicator (IADS), with four dimensions: for entertainment and personal use; for autonomous and professional use; for social and collaborative use; and for innovative and sustainable use of ICTs. The research used empiric and qualitative methods applied in the Project Casa Brasil to analyse the potential of the model. Preliminary results suggest the feasibility and usefulness of MAPIDS as a practical approach for networked evaluation.
5

Interfaces da educação inclusiva e dos princípios de bioética e sua aplicação em escolas públicas do Distrito Federal

Sisson, Daya 13 December 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2010. / Submitted by Shayane Marques Zica (marquacizh@uol.com.br) on 2011-07-08T19:16:32Z No. of bitstreams: 1 2010_DayaSisson.pdf: 3669052 bytes, checksum: 7da13a7faad2f798da6228da6dd0c5a6 (MD5) / Approved for entry into archive by Elna Araújo(elna@bce.unb.br) on 2011-07-13T19:05:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_DayaSisson.pdf: 3669052 bytes, checksum: 7da13a7faad2f798da6228da6dd0c5a6 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-07-13T19:05:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_DayaSisson.pdf: 3669052 bytes, checksum: 7da13a7faad2f798da6228da6dd0c5a6 (MD5) / A proposta da Educação Inclusiva surge fundamentada no direito de todos os alunos, não somente aqueles com deficiências, estarem juntos, aprendendo e participando, sem qualquer tipo de discriminação. No Brasil, atualmente, ela se estabeleceu como um paradigma da educação pública. Porém, a aplicação da inclusão tem sido permeada por diversos problemas, como: a preocupação em incluir somente categorias específicas de alunos; a falta de qualificação dos professores e de estruturação das escolas, e o seu não-direcionamento por valores morais. Assume-se que a Educação e a Saúde têm diversas co-relações e interdependências e são identificadas estratégias intersetoriais, em curso no Brasil, visando a promoção da saúde no ambiente escolar. A Bioética é um campo interdisciplinar do conhecimento que se encontra em desenvolvimento e, em especial nos países do Hemisfério Sul, urge a busca de respostas práticas e éticas para a superação de disparidades e desigualdades sociais. Embasando-se, principalmente, nas teorias da Ética Cívica, da Ética da Libertação e da Bioética de Intervenção este trabalho objetiva analisar as correlações entre os princípios da Educação Inclusiva e da Bioética, e observar a aplicação de tais princípios correlatos em escolas do Distrito Federal. O presente estudo, de natureza quanti-qualitativa, caracteriza-se por utilizar a triangulação de dados, de teorias e de métodos. Inicialmente, efetuou-se uma pesquisa documental, utilizando a Análise de Conteúdo, com abordagem quantitativa, para identificação de convergências e divergências entre documentos da Educação Inclusiva de âmbitos: mundial, da América Latina, nacional e do Distrito Federal. Foram definidas categorias de análise derivadas da Bioética de Intervenção, como representante de uma proposta latina, preocupada com a solução de dilemas bioéticos persistentes, e categorias provenientes da Declaração Universal de Bioética e Direitos Humanos, que foram aceitas por aclamação por todos os países-membro da Organização das Nações Unidas. Na segunda etapa, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com sujeitos-chave e pesquisados os Projetos Políticos Pedagógicos das escolas buscando a tradução das legislações na realidade da Educação Inclusiva. Destacam-se entre os resultados: uma vasta interface entre a Educação Inclusiva e a Bioética; uma diminuição na frequência e na variedade de categorias bioéticas nos documentos nacionais em comparação aos documentos internacionais e uma realidade escolar permeada por diversos conflitos éticos. A aplicação de categorias bioéticas no cotidiano da escola está, predominantemente, relacionada a iniciativas individuais, e não por ações do Estado. Defende-se a incorporação de valores morais nos documentos oficiais que regulam a educação e a aproximação entre educação e bioética e entre educação e saúde, de forma a contribuir para a construção de uma política educacional pública de melhor qualidade e que favoreça a promoção da equidade. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The Inclusive Education proposal was conceived based on the right of all students, not only those with disabilities, to be together, learning and participating, without any kind of discrimination. Nowadays, it is recognized as a paradigm of the public education system in Brazil. However, its implementation has been marked by diverse problems such as: the concern regarding the inclusion of only certain specific categories of students; inadequate professional training for teachers, inadequate structure in schools and lack of directional moral values. It’s assumed that Education and Health have several co-relations and interdependencies and, in accordance, different intersectoral strategies seeking to promote health at the school environment have been currently applied in Brazil. Bioethics is an interdisciplinary field of knowledge still in development that, especially in the South Hemisphere countries, urges the search for practical and ethical answers to overcome social discrepancies and inequities. The theories of Civic Ethics, Liberation Ethics and Intervention Bioethics ground this work that aims to analyze the correlations between the Inclusive Education and the Bioethics principles, as well as to observe the application of those correlated principles at schools located in Distrito Federal. This mixed methods study is categorized for its use of triangulation of data, theories and methods. Initially a documental research was done, using a quantitative approach for content analysis, to identify convergences and differences between Inclusive Education documents from worldwide, Latin American, national and local documents. Categories for analysis were defined based on the Intervention Ethics, as representative of a Latin theory, centered in solving bioethical persistent dilemmas, and other categories derived from the Universal Declaration on Bioethics and Human Rights, that were accepted by acclamation by all the United Nations Member States. At a second stage, semi-structured interviews were performed with key subjects and the school’s Political Pedagogic Projects were analyzed to identify the translation of legislative proceedings into the reality of Inclusive Education. The following results should be highlighted: the identification of a wide interface between Inclusive Education and Bioethics; a reduction in the frequency and variety of bioethical categories in the national documents in comparison to the international ones; and a school reality permeated with several ethical conflicts. The application of bioethical categories in school’s daily practice is, predominantly, determined by individual initiatives instead of State actions. In conclusion, it is argued that the incorporation of moral values in the official documents that regulate Education as well as the approximation between Education and Bioethics and between Education and Health, may contribute to the construction of improved public education politics and in favor of the promotion of equity.
6

O atendimento educacional especializado e o processo de escolarização dos alunos com deficiência

Silva, Mara Cristina Fortuna da January 2015 (has links)
Submitted by Jeferson Rodrigues de Lima (jeferson.lima@uffs.edu.br) on 2017-07-10T17:37:56Z No. of bitstreams: 1 SILVA, Mara.pdf: 3041261 bytes, checksum: d5e14693cc4e7ac8f0805e5f8eeca999 (MD5) / Approved for entry into archive by Diego dos Santos Borba (dborba@uffs.edu.br) on 2017-07-10T18:14:12Z (GMT) No. of bitstreams: 1 SILVA, Mara.pdf: 3041261 bytes, checksum: d5e14693cc4e7ac8f0805e5f8eeca999 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-10T18:14:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 SILVA, Mara.pdf: 3041261 bytes, checksum: d5e14693cc4e7ac8f0805e5f8eeca999 (MD5) Previous issue date: 2015 / Esta investigação tem como objetivo compreender o papel do Atendimento Educacional Especializado (AEE) no processo de escolarização de alunos com deficiência nas escolas regulares, na perspectiva dos professores deste atendimento. Esta investigação esta amparada na Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (2008) e fundamentada na abordagem da Psicologia Histórico-Cultural, através dos estudos de Vigotski (2010). A pesquisa foi realizada com 31 professoras do Serviço de Atendimento Educacional Especializado (SAEDE) das escolas estaduais do Município de Chapecó/SC, por meio de aplicação de questionários estruturados com questões abertas, fechadas e mistas, além de cinco entrevistas orais, com cinco professoras do AEE de cinco escolas sorteadas da rede estadual de ensino. Os dados coletados foram analisados através de análise de conteúdo, na perspectiva de Bardin (1994, 2009, 2011). Os resultados apontam que a maioria das professoras são licenciada em Pedagogia e admitida por contratos temporários, sendo este tipo de admissão, um dos fatores que as impedem de prosseguirem com o desenvolvimento da aprendizagem dos alunos que frequentam o AEE, além deste tipo de contratação, indicar sinais de secundarização, pois há prioridades para concursos para professores da rede regular de ensino. Os dados também demonstram que a maiorias das professoras não reconhecem o papel do AEE como um meio de desenvolver as funções psicológicas superiores dos alunos com deficiência, apesar de indicarem a realização de atividades com esta proposta. No entanto, consideram que neste atendimento se focam nas potencialidades e não na deficiência do aluno. Outro fator de destaque apontado pelas professoras são as dificuldades encontradas para que se efetivem o desenvolvimento da aprendizagem dos alunos com deficiência, entre eles: falta de apoio da equipe escolar e dos professores, a resistência dos professores em receber assessoria da professora do AEE, o número elevado de atendimento a alunos diagnosticados com Transtornos do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e atendidos no AEE. As constatações encontradas nesta investigação sinalizam que o papel do AEE vai além da complementação à aprendizagem escolar dos alunos com deficiência, mas colabora no sentido global deste aluno. Todavia, ainda nos indica uma grande necessidade de maiores esclarecimentos e conhecimentos em relação ao trabalho realizado no AEE, como contribuinte no processo de escolarização dos alunos com deficiência. / This research aims to understand the role of the Educational Service Specialist (ESA) in the educational process of students with disabilities in regular schools, from the perspective of teachers in this service. This research supported this in the National Policy for Special Education in the Perspective of Inclusive Education (2008) and based on the approach of Historical-Cultural Psychology, through Vygotsky's studies (2010). The survey was conducted with 31 teachers from Educational Service Specialized Service (SAEDE) of state schools in the city of Chapecó / SC, through application of structured questionnaires with open questions, closed and mixed, and five oral interviews with five teachers the AEE five selected schools from state schools. The collected data were analyzed using content analysis with a view to Bardin (1994, 2009, 2011). The results show that most teachers are licensed in Pedagogy and admitted by temporary contracts, and this type of admission, one of the factors that prevent them from pursuing the development of learning of students in the ESA, in addition to this type of contract, indicate signs sidelined as there are priorities for competitions for teachers of regular schools. The data also show that the majority of teachers do not recognize the role of ESA as a means of developing the higher psychological functions of students with disabilities, while indicating the completion of activities with this proposal. However, consider that this service focus on capabilities and not on the student's disability. Another factor highlighted appointed by the teachers are the difficulties encountered so to take effect the development of student learning disabled, including: lack of support from school staff and teachers, teachers' resistance in receiving advice of ESA's teacher, the high number of services to students diagnosed with Deficit Hyperactivity Attention Disorders (ADHD) and treated at ESA. The findings found in this research indicate that the role of the EEA goes beyond complement to school learning of students with disabilities, but collaborate at a global sense of this student. However, it still indicates a great need for further information and knowledge regarding the work done at ESA, as a taxpayer in the process of education of students with disabilities.
7

A ideologia na legislação da educação inclusiva

Assunção, Candice Aparecida Rodrigues 12 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Classicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2007. / Submitted by Luis Felipe Souza (luis_felas@globo.com) on 2008-11-20T18:29:45Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao_2007_CandiceAparecidaAssuncao.pdf: 1016609 bytes, checksum: 60e0d4dc77a3707ed896f4446453ba1f (MD5) / Approved for entry into archive by Georgia Fernandes(georgia@bce.unb.br) on 2009-02-04T18:36:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertacao_2007_CandiceAparecidaAssuncao.pdf: 1016609 bytes, checksum: 60e0d4dc77a3707ed896f4446453ba1f (MD5) / Made available in DSpace on 2009-02-04T18:36:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao_2007_CandiceAparecidaAssuncao.pdf: 1016609 bytes, checksum: 60e0d4dc77a3707ed896f4446453ba1f (MD5) / Este trabalho analisa a ideologia presente em alguns marcos legais da Educação Inclusiva e no discurso de alguns professores acerca dessa proposta de Ensino. Partimos de dados históricos da Educação Inclusiva, a fim de verificar a ordem discursiva pré-existente e a nova ordem implantada e, conseqüentemente, entender a mudança discursiva que é construída e, ao mesmo tempo, constrói uma transformação social. Esta pesquisa se apóia na metodologia qualitativa, utilizando-se das teorias e dos métodos de Análise de Discurso Crítica de Fairclough (2001 e 2003), bem como da teoria sobre ideologia de Thompson (1995). Essas abordagens se entrelaçam e servem aqui como ponto de apoio para entender a elaboração e a interpretação do texto legal que fundamenta a Educação Inclusiva. Este trabalho busca, principalmente, entender as razões da resistência à execução da perspectiva inclusiva. Assim sendo, ao analisar a ideologia presente nesses textos legais e no discurso de professores sobre a Educação Inclusiva, pretende-se aqui provocar uma reflexão sobre as dificuldades da implantação dessa proposta. As nossas conclusões mostram que, na construção discursiva dos textos legais e das entrevistas, o discurso assumido é o elemento constitutivo das práticas sociais, atuando como um veículo da ideologia contrária à Educação Inclusiva. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / In this work, we analyze the Ideology present in some legal landmarks of the Inclusive Education and the discourse of some teachers about this perspective in Education. We will start from historical data of the Inclusive Education, in order to compare the preexisting and the new implanted discoursive order, and consequently to understand the discourse that is constructed and at the same time constructs a social transformation. This research is based on the qualitative methods and use the theories and the methods of analysis of the speech of Fairclough (2001 and 2003), as well as the theories on Ideology of Thompson (1995). These approaches interact and serve here as a support to understand the elaboration and the interpretation of the legal text that provides the foundations of the Inclusive Education. This work tries to understand the reasons of the resistance in the execution of the inclusive perspective. Thus being, when analyzing the present ideology in these legal texts is intended here to promote a reflection on the difficulties of the implantation of this proposal. The conclusions show that, in the discursive construction of the legal texts and the interviews of teachers, the language is assumed as an element in the social practice which is a vehicle of the Ideology against the Inclusive Education.
8

Um olhar fenomenológico existencial para os docentes do IFES diante das dificuldades de aprendizagem de seus alunos: desvelando a inclusão dos incluídos

CASTRO, M. G. L. 21 March 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T11:11:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_6460_DISSERTAÇÃO MIRELLA CASTRO.pdf: 5337420 bytes, checksum: 76591e3d18ab7243f57571290c48f6ba (MD5) Previous issue date: 2013-03-21 / Esta pesquisa tem por objetivo descrever fenomenológica e existencialmente os discursos de professores da área das Ciências físicas, químicas e biológicas do Ifes Campus Colatina, acerca de suas vivências com alunos e alunas com dificuldades de aprendizagem. O referencial teórico adotado foi baseado nos estudos de Paulo Freire e Elizabeth Polity, que enfatizam a perspectiva de desvelar no outro as vivências, trazendo uma compreensão dos dilemas de ser professor de alunos com dificuldades de aprendizagem, como relacionais a partir de seus contextos locais. A metodologia utilizada foi a fenomenologia existencial, inserida no âmbito da abordagem qualitativa da pesquisa. A coleta de dados deu-se por meio de entrevistas individuais que se configuraram em narrativas feitas por oito professores da área das Ciências físicas, químicas e biológicas do Ifes, Campus Colatina-ES. A análise, por sua vez, constituiu-se na construção de guias de sentido e análise interpretativa das narrativas dos sujeitos acerca do fenômeno estudado. Os resultados apontaram para a importância em se perceber o professor como sujeito que vivencia dúvidas e frustrações quando seus alunos não aprendem de acordo com suas idealizações. Apontam ainda para a necessidade de o educador reconhecer as características particulares de aprendizagem de seus alunos, buscando outras metodologias para desenvolvê-la em sala de aula. Nesse estudo, ficou claro o quanto os professores e professoras do Ifes necessitam conhecer mais sobre os processos relativos à inclusão escolar e vincular suas práticas cotidianas a eles.
9

As políticas de inclusão no âmbito da educação profissional e tecnológica: o caso do Instituto Federal do Espírito Santo.

ZAMPROGNO, M. B. 25 March 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T11:11:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_6670_MARISANGE BLANK ZAMPROGNO.pdf: 2386384 bytes, checksum: 3dd943c3ad739d2b607598a0772c456b (MD5) Previous issue date: 2013-03-25 / Apresenta a análise de um estudo de caso de abordagem qualitativa ancorado na linha de pesquisa Diversidade e práticas educacionais inclusivas, que investiga como têm sido delineadas as políticas de inclusão no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes). Como universo teórico, inspira-se em Freire e na contribuição da produção acadêmica nas áreas de inclusão e educação profissional para, com base na perspectiva inclusiva de educação, discutir a importância desse processo no âmbito dessa modalidade de ensino, tendo como fundamento a questão do direito à educação. Envolve os dezessete campi implantados no Espírito Santo e a reitoria do Ifes, com o intuito de apreender, nos seus documentos oficiais e no discurso de seus gestores, como a inclusão é pensada na Instituição, bem como de identificar os movimentos de desdobramento desse procedimento nesses espaços que possam remeter à concepção da educação inclusiva. A orientação teórico-metodológica delineia-se pelo paradigma indiciário proposto por Ginzburg e envolve as seguintes ações: visitas aos campi, revisão bibliográfica, aplicação de questionários e de entrevistas e análise documental. Nessa investigação, encontra indícios que conduzem ao levantamento de eixos temáticos, a saber: a inclusão das pessoas com deficiência, a inclusão social, a inclusão de jovens e adultos, a inclusão pela via da EaD, a inclusão referente às questões de etnia, gênero, cultura e religião, e os desafios dos campi pensando numa educação para todos. Constata a existência de algumas políticas, ações e movimentos no sentido da inclusão na Instituição, mas também de algumas dificuldades para efetivá-los. Constata também a necessidade de a Instituição envidar seus esforços na implantação de políticas mais estruturadas pensando na educação para todos.
10

"Quero ser cidadão" :O indivíduo com trissomia do 21 e a educação : seus dizeres e estratégias, novos paradigmas para a inclusão /

Chuffi, Fátima Cristina Cálippo, Pereira, Gilson Ricardo de Medeiros, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Educação. January 2006 (has links) (PDF)
Orientador: Gilson Ricardo de Medeiros Pereira. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação.

Page generated in 0.0764 seconds