• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 979
  • 81
  • 81
  • 80
  • 62
  • 58
  • 22
  • 11
  • 11
  • 10
  • 10
  • 10
  • 5
  • 5
  • 3
  • Tagged with
  • 1004
  • 451
  • 220
  • 202
  • 198
  • 180
  • 169
  • 168
  • 155
  • 149
  • 139
  • 123
  • 123
  • 116
  • 115
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Deficiência e preconceito : a visão do deficiente

Campos, Penélope Machado Ximenes 07 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2008. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2009-09-24T20:16:52Z No. of bitstreams: 1 2008_PenelopeMXCampos.pdf: 317113 bytes, checksum: 2ac976c1fdde906e52a5f8f0bbdfa85a (MD5) / Approved for entry into archive by Gomes Neide(nagomes2005@gmail.com) on 2011-01-05T17:20:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_PenelopeMXCampos.pdf: 317113 bytes, checksum: 2ac976c1fdde906e52a5f8f0bbdfa85a (MD5) / Made available in DSpace on 2011-01-05T17:20:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_PenelopeMXCampos.pdf: 317113 bytes, checksum: 2ac976c1fdde906e52a5f8f0bbdfa85a (MD5) Previous issue date: 2008-07 / O presente trabalho teve como objetivo investigar se uma pessoa com deficiência admite e manifesta o preconceito em relação à própria deficiência. Examina-se como historicamente o conceito de deficiência foi sendo construído como uma forma de estabelecimento do preconceito, demonstrando como essa construção institui o olhar para o deficiente como um ser incapaz e sem responsabilidade, dotado apenas de direitos. Examinam-se ainda os diversos modos de manifestação do preconceito da deficiência. Com base nessa caracterização, em um segundo momento, de caráter empírico, foi realizada uma análise comparativa entre grupos de deficientes auditivos, físicos, mentais e visuais a fim de verificar se é possível reconhecer, na fala dessas pessoas, se elas sentem preconceito em relação à sua própria deficiência. Os dados foram obtidos por meio de um questionário. Ao final da pesquisa, constatou-se que de um modo geral, o deficiente sente preconceito em relação à deficiência. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The objective of this study is to apprehend if one person with deficiency admit and manifest a prejudice in concern to own deficiency. Analyze how historically the concept of deficiency was constructed like a way to establishment of prejudice, pointing as this construction establishing look for the deficient as a being incapable and without responsibility, endowed just of rights. Examines yet the various modes of manifestation of deficiency prejudice. Based in this characterization, in a second time, of empirical character, we conduct a comparative analysis between groups of deaf people, physical deficient, mentally deficient and blind people to check if is possible recognize, in speech of this people, if they feel prejudice regarding their own deficiency. The data were obtained through of a questionnaire. In the end of search, we found in general, that the deficient feel prejudice regarding a deficiency.
2

Incapacidade física durante o tratamento poliquimioterápico dos pacientes de hanseníase no Brasil nas coortes de cura de casos novos dos anos de 2010 e 2011

Brandão, Jurema Guerrieri 22 August 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Saúde Coletiva, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-11-27T13:04:18Z No. of bitstreams: 1 2013_JuremaGuerrieriBrandao.pdf: 1275847 bytes, checksum: 6541c91dbcbfed0813c894d61b8a5544 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-11-27T13:11:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_JuremaGuerrieriBrandao.pdf: 1275847 bytes, checksum: 6541c91dbcbfed0813c894d61b8a5544 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-11-27T13:11:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_JuremaGuerrieriBrandao.pdf: 1275847 bytes, checksum: 6541c91dbcbfed0813c894d61b8a5544 (MD5) / Estima-se que mais de três milhões de pessoas no mundo vivam com algum tipo de incapacidade ocasionada pela hanseníase, sendo esse acumulado responsável pela manutenção do estigma da doença e por interferir psicológica e socialmente na vida dos indivíduos, família e sociedade. O estudo teve como objetivo identificar os fatores associados ao surgimento de incapacidade física durante o tratamento poliquimioterápico dos casos novos de hanseníase notificados no Brasil no período de 2008 a 2010. Trata-se de estudo retrospectivo com dados de 38.045 casos novos de hanseníase notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) com avaliação do Grau de Incapacidade Física - GIF no diagnóstico e na alta. Para o processamento dos dados, utilizou-se o software TabWin versão 3 (DATASUS). Os resultados foram analisados utilizando-se o pacote estatístico SPSS e software Epi-Info windows. Entre os casos paucibacilares (PB) e multibacilares (MB) que tiveram registro de grau de incapacidade no diagnóstico e na alta, observou-se maior predominância de casos na faixa etária de 20 a 59 anos, cor/raça parda e ensino fundamental incompleto. Nos casos PB prevaleceu o modo de detecção por demanda espontânea e nos casos MB o encaminhamento. A forma clínica dimorfa foi mais frequente entre os casos novos diagnosticados, seguida da forma tuberculóide. Verificou-se que 3,7% dos pacientes PB tiveram uma piora na evolução do GIF enquanto nos MB esse percentual foi de 7,8%. A chance de desenvolver incapacidades para os casos PB foi 4,6 vezes maior quando se identificou a presença de reação durante o tratamento, e 3,0 vezes maior para os casos MB com reação. A faixa etária acima de 15 anos apresentou maior chance para surgimento de incapacidades tanto para a forma PB quanto para a forma MB, com razão de prevalência de 2,3 e 2 respectivamente. Os resultados deste estudo colaboram para o conhecimento dos fatores que podem estar associados ao surgimento de incapacidades físicas durante o tratamento e evidenciam a necessidade de adoção de novas práticas direcionadas ao acompanhamento do paciente com maior potencial para desenvolver incapacidade, minimizando sua ocorrência ou reduzindo sua gravidade. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / It is estimated that over three million people worldwide live with a disability caused by leprosy, and this accumulated responsible for maintaining the stigma of the disease and interfere psychologically and socially in the lives of individuals, families and society. The study aimed to identify factors associated with the onset of disability during polychemotherapy of leprosy cases reported in Brazil in the period 2008-2010. I is cross-sectional study with data from 38,045 new cases of leprosy reported in the Information System for Notifiable Diseases (Sinan) with evaluation of Disability Gradee Physics diagnosis and high. For data processing, we used the software TabWin version 3 (DATASUS). The results were analyzed using the SPSS and Epi -Info windows. Among the cases paucibacillary (PB) and multibacillary (MB) that have had record degree of disability at diagnosis and high, there was a predominance of cases in the age group 20-59 years color / mulatto and elementary education. Where PB prevailed detection mode through spontaneous and referral MB cases. The clinical borderline was more frequent among new cases diagnosed, then the tuberculoid form. It was found that 3.7% of PB patients had a worsening in the evolution of the MB GIF while this percentage was 7.8 %. The chance of developing disabilities for PB cases was 4.6 times greater when it has identified the presence of reaction during treatment, and 3.0 times higher for MB cases with reaction. Age above 15 years had chance to emergence of disability for both the form PB as to the way MB, with a prevalence ratio of 2.3 and 2 respectively. The results of this study collaborate for knowledge of risk factors associated with the onset of physical disabilities during treatment, highlighting the need to adopt new practices aimed at the monitoring of the patient with the greatest potential to develop disability, minimizing their occurrence or reducing its severity. Key words: leprosy; polychemotherapy; incapacity degree.
3

O empregado com deficiencia segundo o conceito empregador da pequena, media e grande empresa da cidade de Campinas

Aloisi, Hilda Maria 24 July 2018 (has links)
Orientador: Maria Teresa Eglér Mantoan / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-24T18:50:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Aloisi_HildaMaria_D.pdf: 674429 bytes, checksum: 3709c3178c33daafbf6a51f5f5e8fcfb (MD5) Previous issue date: 1999 / Doutorado
4

Avaliação da prática esportiva como fator de socialização com deficientes auditivos a partir do teste sociométrico de Jacob Levy Moreno

Feliciano, Daniel Alves January 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2010. / Submitted by Luanna Maia (luanna@bce.unb.br) on 2011-06-01T13:31:00Z No. of bitstreams: 1 2010_DanielAlvesFeliciano.pdf: 3087024 bytes, checksum: 11d2ac8549968a6643a23008a34fab4b (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-06-01T13:32:16Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_DanielAlvesFeliciano.pdf: 3087024 bytes, checksum: 11d2ac8549968a6643a23008a34fab4b (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-01T13:32:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_DanielAlvesFeliciano.pdf: 3087024 bytes, checksum: 11d2ac8549968a6643a23008a34fab4b (MD5) / Quando aproximamos de uma praça de esportes, é normal a presença de jovens e adolescentes praticando alguma modalidade esportiva, seja coletiva ou individualmente. Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da atividade esportiva como recurso de interação entre um grupo de deficientes auditivos com um de pessoas ouvintes, em quatro partidas de futsal, mediante a quantificação do número de passes e escolha do líder. Para o desenvolvimento do tema, foi realizada uma pesquisa de campo, com intervenção que constitui na avaliação de jovens masculinos ouvintes e não ouvintes, variando entre 16 e 30 anos, com média de idade de 23,6 anos (±5,0). Todos os sujeitos pesquisados são solteiros, estudantes e residentes na cidade de Rio Verde-GO. O teste sociométrico foi aplicado para escolher um possível líder antes e depois dos jogos para cada participante ouvinte e não ouvinte que não tiveram nenhum contato, anteriormente, antes da pesquisa. Durante as atividades, notamos o desenvolvimento gradativo dos integrantes, aumentando o número de passes entre ouvintes e DAs. Na primeira atividade, constatou, no geral, com 118 passes e, na última, com 254, assim, a diferença de percentual entre a primeira e última foi significativa, com diferença de 115% de aumento no número de passes. Para calcular o aproveitamento do número de passes, durante as partidas, foi utilizada a ANOVA, a um nível de significação de P < 0,05, foi alcançado o resultado de P= 0,066. Concluí-se que, após a avaliação de desempenho dos DAs e ouvintes nas atividades realizadas, ficou comprovada a importância da atividade desportiva, nesse caso representada pelo futsal e, sobretudo, a participação na socialização, dando mais qualidade e motivação de vida aos integrantes do grupo. Nesse contexto, destaca-se a importância da inclusão social dos deficientes auditivos e, através das atividades esportivas realizadas, foi possível constatar resultados positivos sobre o desempenho e integração dos mesmos, comprovando, com isso, a capacidade que eles têm para desenvolver aptidões e adequar-se ao ambiente em que estão inseridos. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / When approaching a sports arena, it is normal to have children and young people practicing some sport, either collectively or individually. The mainly objective of this assignment is to evaluate the effects of the sport activity to the interaction among a group of people that presents hearing deficiency with a group of listener people in four matches of a five-a-side football through the quantity of the number of passes and the choice of the leader. It was achieved a field work, with intervention that constitutes in the evaluation of young listener and not listener among 16 and 30 years old with the average year 23; 6 years (±50). All of them single and students resident in Rio Verde – GO. It was applied a sociometrical test in order to choose a possible leader before and after the championship to each one listener or not listener participant that didn´t obtain any contact before the survey. In the activities, observed the gradual development of the members increasing the number of passes between listeners and DAS. At the first activity that consists in general with 118 passes and in the last one with 254, so, the percentual difference between the first and the last was significant with a difference of 115% of increasing the number of passes. Evaluating the recovery of the number of the passes during the game ANOVA was used at a significance level of P<0.05, the result was reached P=0.066. In conclusion, we know that after the performance evaluation of DAs and listeners in the activities, it was proven the importance of sport activity, in this case represented by five-a-side football, and especially participation in socialization, motivation and higher quality of life for members of group. In this context, we highlight the importance of social inclusion of deaf people, and through sporting activities undertaken, it was possible to see positive results on the performance and integration of these, proving thereby that they have the ability to develop skills and adapt to the environment in which they live.
5

Pessoas com deficiência : a trajetória de um tema na agenda pública

Monteiro, Adriana Resende 27 May 2010 (has links)
Dissertação (Mestrado)- Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, 2010. / Submitted by Clarissa Pêgas e Souza (clarissapegas@hotmail.com) on 2011-09-02T12:47:33Z No. of bitstreams: 1 2010_AdrianaResendeMonteiro.pdf: 1228124 bytes, checksum: 9ba4dca7b13c9ae9700faef998923e55 (MD5) / Rejected by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com), reason: on 2011-09-02T13:10:19Z (GMT) / Submitted by Clarissa Pêgas e Souza (clarissapegas@hotmail.com) on 2011-09-02T13:12:35Z No. of bitstreams: 1 2010_AdrianaResendeMonteiro.pdf: 1228124 bytes, checksum: 9ba4dca7b13c9ae9700faef998923e55 (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-10-03T12:42:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_AdrianaResendeMonteiro.pdf: 1228124 bytes, checksum: 9ba4dca7b13c9ae9700faef998923e55 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-10-03T12:42:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_AdrianaResendeMonteiro.pdf: 1228124 bytes, checksum: 9ba4dca7b13c9ae9700faef998923e55 (MD5) / Considerando-se a temática da deficiência como um subtema dos direitos humanos, esta dissertação de Mestrado tem por objetivo identificar de que forma e quem são os atores que influenciam a inserção do tema da deficiência nas agendas pública, política e go-vernamental. Os principais referenciais teóricos são as teorias de análise de políticas públicas, as teorias do chamado agenda-setting, as teorias sobre cidadania e os modelos biomédico e social da deficiência. São realizadas entrevistas com atores ligados ao te-ma, entre parlamentares, agentes governamentais e representantes da sociedade civil engajados na luta pelos direitos das pessoas com deficiência. O estudo analisa notícias publicadas pela Agência Câmara de Notícias entre 2000 e 2008, ano da ratificação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, firmada pela ONU em 2006 e ratificada pelo Brasil em 2008. Mais uma vez, o objetivo é identificar em que momen-tos questões sobre deficiência são debatidas e que atores influenciam o debate. A pes-quisa mostra que a discussão se dá por influência de alguns grupos: as próprias pessoas com deficiências, seus familiares ou profissionais ligados ao seu cuidado. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Considering the subject of disability as a subtheme of human rights, this Master‘s degree thesis aims to identify how and who are the actors influencing the inclusion of the issue of disability in public, political and governmental agendas. The main theoretical frameworks are the theories of public policy analysis, theories of so-called agenda-setting, theories of citizenship and the biomedical and social models of disability. There are interviews with actors who are related to the subject, among parliamentarians, government officials and civil society representatives who are commited in the struggle for the rights of disabled people. The study analyzes news that are published by the Chamber News Agency between 2000 and 2008, the year of ratification of the Convention on the Rights of Persons with Disabilities, signed by the UN in 2006 and ratified by Brazil in 2008. Again, the goal is to identify moments in which disability issues are discussed and actors that influence the debate. Research shows that the debate is influenced by some groups: persons with disabilities, their families or professionals involved in their care.
6

Atividades aquaticas para crianças portadoras de deficiencias : uma proposta de adaptação ao meio-liquido

Souza, Joslei Viana de 08 October 1999 (has links)
Orientador: Edison Duarte / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Fisica / Made available in DSpace on 2018-07-26T13:06:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Souza_JosleiVianade_M.pdf: 3349820 bytes, checksum: 7c122d08f54c903595ff327fa8ca7a19 (MD5) Previous issue date: 2000 / Resumo: A presente pesquisa, fundada nos pressupostos teóricos existentes e em nossa prática, teve como objetivo elaborar uma proposta de atividades aquáticas para crianças portadoras de deficiências com crianças normais, propiciando a adaptação ao meio-líquido. Para a realização deste estudo selecionamos 4 crianças portadoras de deficiência: 1 menino e 1 menina portadores da síndrome de Down, 2 meninos com paralisia cerebral e 3 meninos normais. Este estudo apresentou como característica a inclusão social do portador de deficiência, por meio da participação das crianças portadoras de deficiência juntamente com crianças normais. Como pré-requisitos, exigiram-se tivemos a participação dos pais (PM) das crianças e o fato de nenhuma delas ter participado anteriormente de programa de atividades aquáticas.As aulas foram realizadas durante oito meses e observaram os resultados através de vídeos e anotações em fichas. Utilizamos a pesquisa qualitativa através de um estudo de caso, como abordagem metodológica. Os resultados mostraram a participação de crianças normais com crianças portadoras de deficiência e respectivos pais (PM), numa dinâmica interpessoal que acreditamos ser importante no processo de inclusão social de crianças portadoras de deficiência. Como resultado ainda destacou-se a passagem pelas várias etapas propostas tanto pelas crianças normais como pelas portadoras de deficiência, demonstrando a viabilidade do método proposto. Concluímos que é possível elaborar um programa de atividades aquáticas para crianças portadoras de deficiência juntamente com crianças normais, desde que respeitemos a individualidade de cada um / Abstract: This search aims at elaborating a proposal of aquatic activities for children with disabilities along with normal children, propitiating the adaptation to the water basead on existent smooth theorical and on our practice. In order to do the accomplishment of this research we select four children with disabilities: one boy and one girl along Down's syndrome; two boys along with cerebral palsy and three normal boys. This study presented as one of its characteristics the social inclusion of disabilitie personal by the participation of disabilitie children with the nonnal children. As pre-requisites we had the children' parents (FM) participation and no previores participation in a program of aquatic activities. The classes were given in eigth months and the results were observed through video and annotations in cards . We use the qualitative search through a case study , as the methodological approach. The results showed that the participation of normal children along with disabilities and their respective parents (FM) is na interpersonal dynamics that we believe to be important to process of the social inclusion of the disabilitie children. As result it' s possible to mention the crossing by the proposed steps by normal children as well as by the disabilitie children, showing the viability of the proposed method. We conclude that it was possible to elaborate a program of aquatic activities for disabilitie children along with normal children since that we respect the individuality of every one / Mestrado / Atividade Fisica e Adaptação / Mestre em Educação Física
7

Sucesso de pessoas portadoras de deficiencia atraves da pratica esportiva : um estudo de caso

Rosadas, Sidney de Carvalho, 1948- 28 April 2000 (has links)
Orientador: Edison Duarte / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Fisica / Made available in DSpace on 2018-07-26T13:34:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Rosadas_SidneydeCarvalho_D.pdf: 4721357 bytes, checksum: 223b780023a26778bff7b50984bb02f6 (MD5) Previous issue date: 2000 / Resumo: o presente trabalho tem como objetivo aprofundar no conhecimento da realidade do que motivou a prática do esporte por portadores de deficiência; das barreiras por eles encontradas; e das percepções sobre o esporte e o sucesso encontrado nele. Realizamos um Estudo de Caso, com um grupo de nove atletas portadores de deficiências, que obtiveram sucesso e reconhecimento nacional e internacional na prática de suas modalidades esportivas. Recorremos à revisão de literatura no campo do esporte para os portadores de deficiências, obtendo dados sobre sua história, o desenvolvimento e a organização do esporte, descrevendo, para tanto, os movimentos que vieram a ocorrer a partir das duas últimas décadas, e que contribuíram para o surgimento das associações de desporto de pessoas portadoras de deficiências em nosso país. Utilizamos a coleta de dados sob a forma de entrevistas semi - estruturadas, com a utilização de questões de suporte que nos permitiram estimular tanto os relatos lineares, quanto a falta de estrutura que muitas vezes ocorre na emoção dos discursos. Quanto à técnica de seleção dos atletas entrevistados, optamos pela escolha por tipicidade, e consideramos o grupo selecionado representativo da população. Optamos, quanto a análise dos dados, pela análise qualitativa, tendo em vista a possibilidade de perceber, em nossos entrevistados, suas opiniões quanto aos estímulos e barreiras que encontraram, e como percebem a atividade esportiva e o sucesso desta em suas vidas. Os dados fornecidos possibilitaram maior conhecimento em relação aos benefícios do esporte para a pessoa portadora de deficiência, e pudemos estruturar onze recomendações finais, dentre elas: "desenvolver diretrizes que objetivem o encaminhamento e a conscientização das pessoas portadoras de deficiência para a importância da prática do esporte, no seu processo de reabilitação e inserção social" e "desenvolver procedimentos mais efetivos direcionados à integração entre organizações voltadas para o desenvolvimento do esporte adaptado, organizações esportivas públicas e privadas, e a população leiga, em geral" / Abstract: The aim of this piece of work is to go deep in the knowledge of de real reasons which motivated the practice of sporting activities by persons with disabilities; the barriers these individuals met with; their perception about the sport they played and their success in practicing it. We performed a Case Study with a group of nine athletes with disabilities, who were well - succeeded and acknowledged both at national and intemational level, in the practice of their sporting categories. We made use of literature in the field of sport for the disabled, collecting data about its history, its development and its organization, describing the changes occurred in the last two decades which contributed for the emergence in our country of sport associations for persons with disabilities. These data were collected during semi - structured interviews in which supporting questions were asked to allow us to stimulate, not only linear reports, but also the lack -Of -Stmcture that frequent1y DCCurS, due to emotion, during the delivering of a speeclL W e. used the techniqueby tipicity to Belect the athletes to be interviewed1U1d we. considered. the-WOUP selected representative of their population. Concerning dataM1alYBis we decided on the qnalit:ltive one aiming at the possibility of perceiving our interviewees opinion as to the stimule and the barriers they found, the way they see the role played by sporting activities in their lives, .and how success fuI these activities have been. The data collected, not only provided us with a better knowledge ofthe benefits.ofsport for the handicapped, but also allowed us to structure eleven final recommendations, among them: "to develop guidelines with the objective of referring individuals with disabilities as well as of raising their awareness to the importance of playing sports during their process of rehabilitation and of their social insertion" and "to develop more effective procedures directed to the integration among the organi zat1ons tumed to the improvement of adapted sports, public and private sport organizations and the lay population in general as well" / Doutorado / Atividade Fisica e Adaptação / Doutor em Educação Física
8

Acessibilidade e usabilidade em curso online : um desafio para as escolas de governo

Oliveira, Simone Moreira de 01 April 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-06-03T17:16:03Z No. of bitstreams: 1 2016_SimoneMoreiradeOliveira.pdf: 2709406 bytes, checksum: 82c23481d31114b491ed5022ae412c1d (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-06-21T15:58:48Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_SimoneMoreiradeOliveira.pdf: 2709406 bytes, checksum: 82c23481d31114b491ed5022ae412c1d (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-21T15:58:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_SimoneMoreiradeOliveira.pdf: 2709406 bytes, checksum: 82c23481d31114b491ed5022ae412c1d (MD5) / Frenteà constatação de que existem aproximadamente 45,6 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência, vários deles servidores públicos, somado ao reconhecimento de que a Educação é para todos, foi realizada a presente pesquisa,de caráterqualitativa, por meio de estudo de caso em pesquisa participante, de um curso oferecido online por uma escola de governo. Inspirado por uma concepção filosófica reivindicatória/participatória, o estudo tevepor objetivo analisar as condições de acessibilidade de um curso oferecido online por uma escola de governo no Distrito Federal, por meio da percepção de pessoas cegas e de pessoas surdas. Para isso, foram utilizadas estratégiasque permitiram a triangulação de dados, como análise documental, entrevista semiestruturada eobservação. Os dados foram analisados e interpretados de acordo com as áreas e diretrizes estabelecidas pelo Departamento de Governo Eletrônico brasileiro para adaptação de conteúdos digitais no governo federal de modo a promover o acesso a todas as pessoas. Como principais resultados desse estudo, constatou-se que, mesmo após a análise do ambiente virtual e a intervenção com aplicação de melhorias, os sujeitos cegos ainda enfrentavam algumas dificuldades de acessibilidade e de usabilidade; somente por meio da participação direta de pessoas com necessidades específicas na avaliação do curso, é possível identificar todas as falhas a serem sanadas; cuidados com acessibilidade e usabilidade beneficiam a todas as pessoas e não somente àqueles que demandam atendimentos específicos. _______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Facing the fact that there are approximately 45.6 million Brazilians with some kind of disability, many of them public agents, and also the recognition that education must be offered for all, this research was carried out, with a qualitative character through a study case and participatory research concerning an online course offered by a school of government. Inspired by a vindicatory/ participatory philosophical conception, the study aimed to analyze the conditions of accessibility of an online course offered by a school of government in Brasília, Distrito Federal, through the perception of blind and deaf subjects.With this objective, strategies have been used to permit triangulation of data such as documents analysis, semi-structured interview and observation. The data were analyzed and interpreted according to the areas and guidelines established by the Brazilian Electronic Government Department for adaptation of digital content in the federal government in order to promote access to all. As main results of this study, it was found that even after the analysis of the virtual environment and the implementation of improvements, the blind subjects still faced some difficulties of accessibility and usability; only through the direct participation of people with special needs in evaluation of the courseit is possible to identify any faults to be remedied; care accessibility and usability do benefit all people and not only those that require specific care.
9

Atenção à família com necessidades especiais : perspectivas de gestores, profissionais e familiares

Silva, Simone Cerqueira da 30 March 2011 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento, 2011. / Submitted by Rafael Barcelos Santos (rafabarcelosdf@hotmail.com) on 2011-06-29T16:22:25Z No. of bitstreams: 1 2011_SimoneCerqueiradaSilva.pdf: 2188007 bytes, checksum: 90e8ff153507bdb16716bf0b3fb4ac2b (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(tempestade_b@hotmail.com) on 2011-07-03T20:48:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_SimoneCerqueiradaSilva.pdf: 2188007 bytes, checksum: 90e8ff153507bdb16716bf0b3fb4ac2b (MD5) / Made available in DSpace on 2011-07-03T20:48:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_SimoneCerqueiradaSilva.pdf: 2188007 bytes, checksum: 90e8ff153507bdb16716bf0b3fb4ac2b (MD5) / Os atendimentos familiares têm sido recomendados, especialmente para famílias de crianças com deficiência, tendo em vista as implicações que a deficiência da criança traz para o seu próprio desenvolvimento e para todo o grupo familiar. A despeito disso, a literatura científica carece de estudos empíricos e teóricos a respeito dos atendimentos, particularmente no que se refere à avaliação da eficácia dos programas de intervenção familiar. Este estudo investigou os serviços e atendimentos oferecidos às famílias com necessidades especiais, sob o enfoque das políticas públicas, dos programas, dos serviços e da participação e envolvimento dos familiares e dos profissionais. Quatro foram os eixos norteadores deste trabalho descritivo: (a) a identificação da estrutura e funcionamento das famílias de crianças com deficiência auditiva, física, intelectual, visual e múltipla; (b) descrição e avaliação dos serviços e atendimentos voltados às famílias de crianças com deficiência, na perspectiva da clientela atendida e dos profissionais (das instituições e das escolas); (c) a identificação do nível de participação e envolvimento da família e dos profissionais (das instituições e das escolas) no atendimento dispensado às famílias; e (d) análise das políticas públicas brasileiras destinadas às famílias de crianças com deficiência. Com base no Modelo Bioecológico de Bronfenbrenner, este estudo coletou dados com 176 participantes, sendo eles: (a) 5 gestores das instituições de atendimento; (b) 5 coordenadores técnicos das instituições de atendimento; (c) 16 profissionais da equipe técnica das instituições de atendimento; (c) 16 famílias (pai, mãe e irmão) de crianças com deficiência, totalizando 38 participantes; (d) 16 crianças com deficiência (4 com deficiência auditiva, 4 com deficiência física, 4 com deficiência intelectual, 2 com deficiência múltipla e 2 com deficiência visual); (e) 3 gestores responsáveis pelas políticas públicas voltadas às famílias de crianças com deficiência; (f) 30 dirigentes da educação especial; e (g) 63 professores especialistas. A coleta de dados incluiu 13 instrumentos: sete roteiros de entrevista, um questionário de caracterização do sistema familiar, um questionário de caracterização do atendimento familiar e quatro checklists. Os resultados indicam que as famílias de crianças com deficiência percebem a si próprias como diferentes das outras famílias, principalmente, no que concerne ao preconceito que vivenciam em função da deficiência da criança. No entanto, a qualidade das relações fraternas e conjugais foram descritas como harmoniosas ou conflituosas, no que tange às relações parentais foram verbalizadas práticas educativas tanto coercitivas quanto indutivas, e quanto à coparentalidade foram identificados negociação ou conflitos, não havendo prevalência de um relato sobre o outro. Apesar da diversidade de ações e atendimentos disponibilizados pelas instituições, elas oferecem um tipo de serviço e de atendimento centrado na criança e não em sua família. A participação dos familiares e dos profissionais evidenciou uma relação de passividade e submissão típicas de um modelo de atendimento centrado nos profissionais. Ao mesmo tempo em que os profissionais relatam a importância da participação da família, a própria instituição não prioriza os serviços e atendimentos familiares. As políticas públicas nas esferas da saúde e da educação enfatizam a importância de se trabalhar com as famílias, mas não oferecem subsídios que possam nortear o seu planejamento e, tampouco, apresentam ações intersetoriais com foco na família com necessidades especiais - NE. Os dados deste estudo sugerem a necessidade de se envidar esforços para a melhoria da qualidade do atendimento às famílias NE em todas as esferas dos serviços de educação e saúde. Faz-se necessário também que se implemente Programas de Educação Familiar visando o fortalecimento da autonomia das famílias NE e de sua rede social de apoio. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Intervention has been especially recommended for families with disabled children, given its implications on the disabled child´s development as well as on the entire family. However, scientific literature lacks empirical and theoretical studies on such cases, particularly regarding the assessment of the effectiveness of family intervention programs. This study investigated the assistance to families with special needs, in regard to public policies, programs and services, and also in regard to the participation and the involvement of family members and professionals. The four guiding principles of this descriptive study were: (a) identifying the structure and functioning of families with children with hearing, physical, intellectual, visual and/or multiple disabilities, (b) describing and evaluating services and treatments directed towards families with children with disabilities, considering the family and the professionals’ (institutions and schools) point of view; (c) identifying the level of participation and involvement of families and professionals (institutions and schools) in providing assistance to families, and (d) analyzing the Brazilian public policies for families with children with disabilities. Based on Bronfenbrenner’s Bioecological Model, this study collected data with 176 participants, namely: (a) 5 managers of service institutions, (b) 5 technical coordinators from assistance institutions, (c) 16 professional staff from assistance institutions, (c) 16 family members (father, mother and sibling) of children with disabilities, totalizing 38 participants, (d) 16 children with disabilities (4 with hearing loss, 4 with physical disabilities, 4 with intellectual disabilities, 2 with multiple disabilities and 2 visually impaired), (e) 3 managers of public health policies related to families with children with disabilities, (f) 30 directors of special needs education, and (g) 63 teachers specialized in this kind of education. Data collection included 13 instruments: seven interview scripts, a questionnaire of the family system, a questionnaire of family care, and four checklists. Results indicate that families of children with disabilities perceive themselves as different from other families especially in relation to the prejudice suffered due to the child´s disability. However, the quality of siblings and marital relationships were described as harmonious or conflicting, but in the parental relationships, both coercive and inductive educational practices were mentioned, without the prevalence of any. Despite the diversity of actions and care provided by institutions, they offer a type of service and assistance for the child and not the family. The participation of family members and professionals showed a passive and submissive pattern of relationship that is typical of Professionally Centered Models. At the same time that the professionals relate the importance of the participation of the family, the institution itself does not prioritize family services and treatments. Public policies in health and education emphasize the importance of working with families, but they neither offer subsidies for planning nor present intersectoral actions that focus on families with special needs(SN). Data collected from this study suggests the need to strive for the improvement of the quality of care to SN families in all spheres of the health and educational services. It is also necessary to implement Family Educational Programs in order to strengthen the autonomy of families with special needs and their social support network.
10

Deficiência e Justiça : um estudo de caso sobre a visão monocular

Queiroz, Arryanne Vieira 03 November 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2011. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2012-03-22T13:35:20Z No. of bitstreams: 1 2011_ArryanneVieiraQueiroz.pdf: 521030 bytes, checksum: 15cc674a42596d68fb47f7c5dab76b11 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2012-03-22T20:17:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_ArryanneVieiraQueiroz.pdf: 521030 bytes, checksum: 15cc674a42596d68fb47f7c5dab76b11 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-03-22T20:17:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_ArryanneVieiraQueiroz.pdf: 521030 bytes, checksum: 15cc674a42596d68fb47f7c5dab76b11 (MD5) / Esta dissertação investiga como o Superior Tribunal de Justiça (STJ) chegou à conclusão de que pessoas com o impedimento corporal da visão monocular podem concorrer em concursos públicos dentro da margem reservada de vagas para deficientes. Ao formular o enunciado nº 377, em 5 de maio de 2009, esse tribunal superior decidiu em sentido oposto à legislação em vigor, o Decreto nº 3.298/1999. Essa norma federal, que regulamenta a Política Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência no Brasil, traçou um conceito legal para deficiência visual no qual a visão monocular não se enquadra. A reserva de vagas em concursos públicos é uma política de ação afirmativa, que segrega para promover a inclusão de deficientes no mercado de trabalho, aqui visto como uma possibilidade de promoção da saúde humana. Ser deficiente é condição para pleitear o benefício; porém, nem todos os impedimentos corporais geram desvantagem social, ou seja, restrição de participação social. Deficiência é um conceito complexo que reconhece o corpo com impedimentos, mas que denuncia a estrutura social que aparta do convívio social a pessoa deficiente. A construção desse conceito decorre do extenso debate internacional sobre deficiência, marcado pelo modelo médico e pelo modelo social. Entre esses dois modelos teóricos há uma mudança na lógica da causalidade da deficiência: para o modelo médico, a causa da deficiência está no indivíduo; para o social, está nos arranjos da sociedade, hostil à diversidade corporal. A metodologia escolhida nesta pesquisa foi o estudo de caso, que viabilizou a análise de cada um dos sete julgamentos que precederam à edição do enunciado nº 377. À luz dos estudos sobre deficiência (disability studies) e orientada pela perspectiva fraseriana de justiça, que considera que o não reconhecimento significa subordinação social e privação de participar como um igual na vida social, a análise dos argumentos dos julgadores mostrou que a Justiça brasileira, representada pelo STJ e pelo Supremo Tribunal Federal (STF), não enfrentou a controvérsia de que a visão monocular é um caso-limite para a deficiência; que a cultura da normalidade e o modelo médico da deficiência dominaram a fundamentação judicial; e que os estudos sobre deficiência (disability studies), aliados à noção fraseriana de justiça, foram ignorados nesse processo decisório. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This dissertation investigates how the Brazilian Superior Court of Justice came to the conclusion that people with the physical disability of monocular vision could participate in public service examinations using the quota reserved for the disabled. The Supreme Court reversed the current legislation, Decree 3.298/1999, on May 5, 2009 when they formulated Statement 377. This federal norm, which rules the National Policy for the Integration of the Physically Disabled in Brazil, legally defined visual impairment in such a way that monocular vision no longer qualified. The quota for positions in public service examinations is an affirmative action policy that segregates in order to encourage the inclusion of the disabled in the labor market, which is seen as a possibility for improving human health. Being disabled is a condition to claim for this benefit; however, not every physical impairment causes social disadvantages, that is, restriction on social participation. Disability is a complex concept that recognizes the body with impairments, but which denounces the social structure that separates people with disabilities from social life. The construction of this concept is the result of an extensive international debate on disability, which distinguishes the medical model of disability from the social model of disability. These two models propose different causes for disability: for the medical model, the cause of the disability resides in the individual, while for the social model it resides in the social arrangement, which is hostile to corporal diversity. Case study was the methodology chosen in this research, which analyzed each of the seven judgments that were precedents for the manner in which Statement 377 was written. In light of disability studies and guided by Fraser’s perspective of justice, which considers that the lack of recognition means social subordination and privation of equal participation in social life, the analysis of the judgment arguments showed that Brazilian justice, as represented by the Superior Court of Justice and the Supreme Court, did not deal with the controversy that monocular vision is a borderline case for disability; that the culture of normality and the medical model of disability dominate the judicial foundation; and that the disability studies, allied with Fraser’s notion of justice, were ignored in this decision-making process.

Page generated in 0.0791 seconds