• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 13
  • Tagged with
  • 14
  • 14
  • 9
  • 9
  • 7
  • 7
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A geopolítica na história e no ensino da geografia portuguesa : 1910-1960

Teles, Pedro Francisco Figueiredo Cabral 2000 (has links)
A evolução epistemológica e conceptual da Geografia Política e da Geopolítica segundo investigadores das diversas Escolas de Geografia Política da europa. O enquadramento histórico das Escolas de Geografia Política de Lisboa e coimbra. A Escola de Geografia de Lisboa, projecção nacional e internacional. Análise das concepções de Geografia Política em Silva Telles, L. Schwalbach (análise biobibliográfica deste autor) e Orlando Ribeiro. A Escola de Geografia de Coimbra, projecção nacional e internacional dos trabalhos de Geografia Política desenvolvidos por A. Amorim Girão. Influência dos geógrafos estrangeiros na Geografia Política Portuguesa.
2

Alienação e uso corporativo do teriitorio paulista : incentivos territoriais e investimentos privados

2005 (has links)
Orientador: Marcio Antonio Cataia Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias Made available in DSpace on 2017-03-28T18:33:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva, Clayton Luiz.pdf: 3663921 bytes, checksum: 13c0f424328232390959ff6673f82964 (MD5) Previous issue date: 2005 Made available in DSpace on 2017-06-13T12:53:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva_ClaytonLuizda_M.pdf: 3663921 bytes, checksum: 13c0f424328232390959ff6673f82964 (MD5) Previous issue date: 2005 Resumo: As atuais modernizações, forjadas no contexto da globalização econômica, modificam a organização interna dos territórios criando a necessidade de nova regulação. Diante disto, o presente trabalho busca analisar a influência sobre o território paulista dos investimentos privados nacionais e estrangeiros, procurando discutir o uso pelos governos municipais de incentivos de atração de investimentos. A ação internacional de grandes empresas toma forma nos lugares, de modo que a competição pelos seus investimentos leva a uma batalha entre eles. No estado de São Paulo, os investimentos privados têm atraído as políticas públicas, que passam a ser guiadas em direção aos interesses minoritários hegemônicos. No entanto, tem-se observado que os investimentos privados se dão de forma concentrada nas principais cidades paulistas, deixando claro que não são todos os municípios que os podem atrair. Veritica-se ainda que os investimentos privados se concentram nos lugares mais bem preparados, mostrando mais nitidamente 'lue as empresas têm no território pontos ou manchas de seu interesse que são usados por elas como recurso. O território, compreendido em sua totalidade, demonstra que no encontro entre políticas públicas e interesses corporativos, o Estado vem negligenciando-se de procurar possibilidades que tornem a chamada globalização econômica mais próxima dos interesses da maioria da população. Esta, penalizada por escolhas enviesadas, tem sofrido as conseqüências de não ter seu território preparado para atender seus interesses imediatos e futuros, cujos desdobramentos têm levado ao aprofundamento da alienação do território Abstract: The current modernizations, forged in the context of the world economy, modify the internal organization of the territories creating the need of new regulation. Before this, the present work search to analyze the influence on the territory from São Paulo of the national and foreign private investments, trying to clicks the use for the municipal governments of incentives of attraction of investments. The international action of great companies takes form in the places, so that the competition for its investments recruitment to a bated among them. 1n the state of São Paulo, the private investments have been attracting the public politics that become guided in direction to the preponderance intcrests minority. However, ir has bccn observing that the cleprivcd investments give 1n the main cities from São Paulo in a concentrated way, leaving clear that are not ali the municipal districts that can attract them. It is verifiecl although the private investments concentrate better on the places preparecl, showing more sharply than the companies have in the territory points or stains of its interest that are used by them as resource. The territory, understood in its totality, demonstrates that in the encounter among publíc policies and interest corporatc, thc Statc comcs bcing ncglectcd of scckíng possibilicics that tum doser world cconomy of thc intcrcsts of most of thc population. This, paincd by such choiccs, it has bccn suffcring thc eonscquenccs of not having its prcparcd territory to assist its immediate and future interests, whose unfolding have been washing the amplification of the alienation of the territory Mestrado Mestre em Geografia
3

As privatizações e a viabilização do territorio com recurso

2005 (has links)
Orientador: Marcio Antonio Cataia Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias Made available in DSpace on 2017-03-28T13:01:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tozi, F?bio.pdf: 5465067 bytes, checksum: 917f1a94f552f6cc3a9a80395eefbfb6 (MD5) Previous issue date: 2005 Made available in DSpace on 2017-06-13T12:53:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tozi_Fabio_M.pdf: 5465067 bytes, checksum: 917f1a94f552f6cc3a9a80395eefbfb6 (MD5) Previous issue date: 2005 Resumo: A internacionalização do território brasileiro se intensifica no atual período histórico, convivendo contraditoriamente com as potencialidades e perversidades da globalização. A alienação de empresas estatais brasileiras de telecomunicações ocorrida nas últimas décadas fundamenta uma reflexão que objetiva discutir o incentivo estatal aos usos corporativos do território brasileiro, concomitantemente ao abandono do território como abrigo. Propomos que a privatização de empresas não é uma política setorial, mas uma ação nacional vinculada a interesses internacionais que impõem a todo o território um projeto de alteração da realidade, devendo ser apreendida simultaneamente em sua dimensão técnica e política. A partir da primeira discute-se a organização do território e a transferência das redes estatais às empresas privadas. Já no seu aspecto político, trata- se de discutir as mudanças normativas implementadas pelo Estado no território nacional. No entanto, a alienação das empresas incluiu um artifício também fundamental, que foi a criação de uma psicoesfera que disseminou os ideários que convenciam que a privatização era a única escolha possível, o melhor projeto para todo o território. Assim, partimos do espaço geográfico como totalidade, ou seja, como a indissociabilidade de objetos e ações, permitindo a constituição de uma visão crítica ao discurso hegemônico da privatização. Trata-se, finalmente, de discutir a própria privatização do território, ou seja, sua organização, regulação e uso solidarizados para promover o benefício da reprodução do capital, coroando uma política pública direcionada às empresas e esquecida das necessidades da totalidade dos lugares, que incorpora o território como um recurso, e não como abrigo. A privatização é imposta como um modelo para toda a sociedade a partir dos interesses da reprodução do capital. Mas, como o território não é um dado inerte da vida, tal projeto tem que se ver com as dinâmicas de todos os agentes usando o território. Dessa relação dialética resultam sucessivas crises que, combinando as possibilidades do período, podem caminhar tanto para um rearranjo das estruturas hegemônicas como também podem dar existência a outros projetos possíveis, que surjam das necessidades da vida e que se fundamentem não no capital, mas na Política, a partir do respeito ao território usado Abstract: The alienation of the Brazilian¿s communication enterprises occurred in the last decade justify a reflection that intend to discuss the government incentive to the corporative uses of the Brazilian territory, concomitant to the renounce of the territory as a shelter. Regarding to this, it is essential to demystify the hegemonic discourse which insists to consider the privatization process as a politics restricted to isolated economic sectors. The privatization of the enterprises will be analyzed as a national action connected to international interests, imposing to the whole territory a project that modifies its situation in their technical and political dimensions. From the technical dimension we can discuss the preparation of the territory with the constitution of networks that are transferred to the private enterprises. From the political dimension, it¿s based in discussing the normative changes introduced by the state to the national territory. Meanwhile, there was also a fundamental artifice: the creation of a psycho-sphere that disseminated the ideals of the privatization process as the only possible choice to make ¿ and the best one ¿ to the whole territory. This way, we consider the geographic space as a totality, or else, the impossible dissociation between objects and actions, allowing the constitution of a critical view to the hegemonic privatization discourse. This is about, therefore, discussing the own privatization of the Brazilian territory. The privatization process is imposed from the interests of capital reproduction, as a model to the whole society. But considering that the territory is not an inert part of life, this imposed project must be seen along with the dynamics of all agents using the territory. This dialectical relation results in successive crises the can lead as much to the rearrange of the hegemonic structure as to the existence of other projects, which respect the needs of life and the solidarity of the subspaces Mestrado Analise Ambiental e Dinamica Territorial Mestre em Geografia
4

Sistemas de movimentos no territorio brasileiro : os novos circuitos espaciais produtivos da soja

2004 (has links)
Orientador : Ricardo Abid Castillo Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias Made available in DSpace on 2017-03-28T07:43:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Frederico, Samuel.pdf: 7584793 bytes, checksum: 61c0d6bd60695e4224c253e3d52cc57d (MD5) Previous issue date: 2004 Made available in DSpace on 2017-06-13T12:42:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Frederico_Samuel_M.pdf: 7584793 bytes, checksum: 61c0d6bd60695e4224c253e3d52cc57d (MD5) Previous issue date: 2004 Resumo: Nas duas últimas décadas tem-se observado um deslocamento do front da soja em direção aos estados do Norte, Nordeste e sobretudo Centro-Oeste. Entretanto, estas novas regiões produtoras possuem um grande problema ligado à logística, principalmente com relação à precariedade dos meios de transporte. Devido a isso, o governo brasileiro, em parceria com a iniciativa privada, tem proposto e viabilizado projetos de grande porte para melhorar a mobilidade dessas áreas, através da criação sistemas de movimentos para a exportação da soja. Este trabalho verifica como se constituem os novos circuitos espaciais produtivos da soja e os sistemas de movimentos de três Eixos de exportação: o Eixo Noroeste; o Eixo CentroNorte e o Eixo Sudeste. A criação e ampliação desses meios de transporte disponibilizam uma fluidez territorial e uma nova concepção de logística para as grandes empresas exportadoras, possibilitando, a essas, um uso corporativo do território e sua apropriação como recurso. Essas políticas territoriais realizadas tanto pelo Estado como pelas empresas, por um lado, tem como objetivos aumentar a competitividade e a velocidade dos agentes hegemônicos, mas por outro lado, são fatores de desagregação e ingovernabilidade. Essas características denotam a falta de um projeto nacional que privilegie o território brasileiro a despeito dos imperativos perversos da "internacionalização do mercado". Portanto, toma-se necessária, a substituição dessas redes extravertidas, por redes intravertidas que sirvam para atender a um projeto integrador do território e que dinamize o mercado interno, através da criação de uma complementaridade produtiva regional, redistribuição fundiária e incentivo a novas produções Abstract: It has been observed, in the last two decades, that there is a displacement of the soybean's front toward the States of North, Northeast and mainly to the Middle-West of Brazil. However, the new productive regions have a great problem concerned to the logistic, main1y those related to the inefficiency in means of transport. So, the Brazilian government, jointly with a privacy association, has recommended, and maybe it has been visualizing, important projects to become much better the mobility of these areas by creating moving systems in order to export soybean. These kinds of work check how the new soybean productive spatial circles could be established and the Three Axis exporting moving systems: the Northwest Axis; Middle North Axis and the Southeast Axis. The raising and the enlargement of these new means of transport facilitate another running county and a new pattern of logistic for the major exporting companies, giving to those companies a corporative usage of the county and its appropriation as resource. Those county policies rea1ized as much by the State but also by the companies and they have as objective, otherwise, to increase the hegemonic agents competition and velocity and on the other hand they have ungovernable and disaggregated factors. Those characteristics indicate the lack of a national project that could privilege the Brazilian county despite the bad imperatives of the 'market internationalization'. Thus it becomes a necessity, the replacement of these outside nets by inside nets that could attend on a county integration project which could increase the inside market through the production of a regional productive supplementary, agrarian redistribution and an increase for new productions Mestrado Geologia e Recursos Naturais Mestre em Geografia
5

Uso do território e federalismo como evento : a difusão regional de Infraestruturas Analisadas a partir das Transferências Intergovernamentais Voluntárias entre União e municípios Use of territory and federalism as an event : the regional diffusion of infrastructure analyzed from Voluntary Intergovernmental Transfers between and

2011 (has links)
Orientador: Marcio Antonio Cataia Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências Made available in DSpace on 2017-04-01T00:59:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Gallo, Fabricio_D.pdf: 3321850 bytes, checksum: cacf4aa52c17882d6c3e172fb77ef96f (MD5) Previous issue date: 2011 Made available in DSpace on 2017-06-13T12:50:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Gallo_Fabricio_D.pdf: 3321850 bytes, checksum: cacf4aa52c17882d6c3e172fb77ef96f (MD5) Previous issue date: 2011 Resumo: A evolução do federalismo brasileiro (fruto da influência e do poder das elites oligárquicas, dos diferentes textos constitucionais elaborados e das políticas de arrecadação de impostos) aponta uma das formas de como o Estado brasileiro usa o território para efetivar o exercício do poder. No país, este uso se realiza por meio da imposição de normas que regulam e geram tensões entre os entes, sendo que os mecanismos de distribuição e de redistribuição de recursos entre os entes federados adquirem grande importância por permitirem uma maior ou menor autonomia na administração pública. Sendo os entes federados portadores de poder legiferante desde a Constituição de 1988, estão sempre em tensão e novos arranjos políticos entre eles sempre ocorre tendo em vista que os orçamentos municipais (principalmente nas pequenas e médias municipalidades) são limitados, tornando-os dependentes das transferências dos estados-membros e, principalmente, da União. A análise das transferências através de Convênios federais aponta que parcelas do território recebem mais recursos do que outras proporcionando, assim, uma difusão seletiva do meio técnico-científico-informacional no território Abstract: The evolution of Brazilian federalism (result of the influence and power of oligarchic elites, the different constitutional texts made and policies designed to collect taxes) shows one of the forms of how the Brazilian government uses the territory to effect the exercise of power. In the country, this use takes place by the imposition of rules that regulate and create tension among the entities, and mechanisms of distribution and redistribution of resources among federal agencies acquire great importance because they allow a bigger or lesser autonomy in public administration. Being the federal agencies holders of legislating power since the Constitution of 1988, they are always in tension and new political arrangements among them are always given, regarding that municipal budgets (especially in small and medium municipalities) are limited making them dependent on transfers from member states and, particularly, the Union. The analysis of transfers through federal Covenants indicates that portions of land receive more resources than others, therefore providing a selective diffusion of the technicalscientific- informational territory Doutorado Analise Ambiental e Dinamica Territorial Doutor em Geografia
6

Analise sistemica, turismo de natureza e planejamento ambiental de Brotas : proposta metodologica Systems it analyzes, tourism of nature and environmental planning in Brotas : methodological proposed.

2006 (has links)
Orientador: Archimedes Perez Filho Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias Made available in DSpace on 2017-03-29T07:58:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva, Charlei Aparecido da.pdf: 5595911 bytes, checksum: c33cc68a2f9dfcb4263882392ab0db71 (MD5) Previous issue date: 2006 Made available in DSpace on 2017-06-13T12:51:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva_CharleiAparecidoda_D.pdf: 5595911 bytes, checksum: c33cc68a2f9dfcb4263882392ab0db71 (MD5) Previous issue date: 2006 Doutorado Analise Ambiental e Dinamica Territorial Doutor em Geografia
7

Novos usos do território no semiárido nordestino : implantação de parques eólicos e valorização seletiva nos municípios de Caetité (BA) e João Câmara (RN) New uses of territory in the semiarid of Brazil : instalation of wind farms and selective valorization of Caetité (BA) and Joâo Câmara (RN)

2014 (has links)
Orientador: Márcio Antonio Cataia Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências Made available in DSpace on 2017-04-02T10:53:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Traldi, Mariana_M.pdf: 8306872 bytes, checksum: f0539783d4d01e556881bd2991c1b6c2 (MD5) Previous issue date: 2014 Made available in DSpace on 2017-06-13T12:52:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Traldi_Mariana_M.pdf: 8306872 bytes, checksum: f0539783d4d01e556881bd2991c1b6c2 (MD5) Previous issue date: 2014 Resumo: Desde 2004 no Brasil tem havido uma crescente expansão da instalação de parques eólicos para geração de energia elétrica. No Brasil a fonte hegemônica na produção de energia elétrica sempre foi à hídrica. Contudo, a partir da crise do Apagão de 2001, que resultou no déficit na oferta de energia no macrossistema elétrico brasileiro o Estado tem buscado aumentar a oferta de energia elétrica através da diversificação da matriz elétrica nacional. Entre as fontes que vem ganhando importância está a fonte eólica. Desta forma, apresentamos nesta dissertação um panorama dos novos usos do território que resultam da instalação dos parques eólicos nos municípios de João Câmara (RN) e Caetité (BA), localizados no semiárido brasileiro. Buscamos desmistificar afirmações que sustentam serem os parques eólicos promotores do desenvolvimento local e grandes vetores de incremento na arrecadação de tributos municipais e estaduais. Identificamos assim os nexos entre a instalação dos parques eólicos e as necessidades impostas aos lugares pelo macrossistema elétrico brasileiro Abstract: Although, the hegemonic power in the production of electricity has always been hydroeletric, since 2004 has been an increasing expansion of the installation of wind farms for power generation. The crisis known as Blackout 2001 resulted in a deficit of energy supply in the Brazilian large technological system. As a solution the Brazilian state has decided to increase the supply of electricity through the diversification of the national energy matrix. Among the sources that is gaining importance is wind power. Thus, we present in this paper an overview of the new uses of the territory resulting from the installation of wind farms in João Câmara (RN) and Caetité (BA) located in the Brazilian semiarid region. We seek to debunk claims that support wind farms being promoters of local development and large increment vectors in the collection of state and local taxes. Thus identify the links between the installation of wind farms and the needs imposed by the Brazilian technological large system Mestrado Analise Ambiental e Dinamica Territorial Mestra em Geografia
8

Territórios de estratégia autonômica = os auto-governos rebeldes e a política zapatista Territories of the autonomic strategy : the rebels self-governments and the zapatista politicy

2011 (has links)
Orientador: Andréia Galvão Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas Made available in DSpace on 2017-04-03T18:08:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Spinelli, Lucas Gebara_M.pdf: 1034854 bytes, checksum: c1328a827c1a59dc47733b2c8d729043 (MD5) Previous issue date: 2011 Made available in DSpace on 2017-07-14T19:57:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Spinelli_LucasGebara_M.pdf: 1034854 bytes, checksum: c1328a827c1a59dc47733b2c8d729043 (MD5) Previous issue date: 2011 Resumo: Esse estudo pretende abordar o surgimento da autonomia como eixo do discurso e da prática zapatista. Desde o levante armado de 1º de janeiro de 1994, em que tomou sete prefeituras do estado de Chiapas, sul do México, o Exército Zapatista de Libertação Nacional passou por constantes reformulações de sua estratégia, de forma a possibilitar a sua sobrevivência e a autonomia do movimento diante do Estado. Considerado um exército popular e apoiado por uma ampla base social não-militarizada, o EZLN sustenta até os dias de hoje um discurso de autonomia total contra todas as formas de exercício do poder e regulação social advindas do Estado. Nessa perspectiva buscamos analizar as origens dessa autonomia radical, que não apenas busca criar dentro das comunidades zapatistas e no EZLN, instâncias políticas de decisão independentes do Estado, mas que, vinculadas à tomada dos meios de produção e à reapropriação do trabalho produtivo em nível local e regional, adquirem o aspecto da auto-gestão produtiva, necessária à liberação material de militantes nos rumos de uma estratégia política que visa recriar relações sociais Abstract: This work tries to make an aproach on the zapatistas's practical and discursive axis of autonomy. Since the armed uprising on the first january of 1994, when the it has assaulted into seven municipal townhouses of Chiapas, south Mexico, the Zapatista National Liberation Army has undergone constant reformulation of its strategy, to enable its survival and the autonomy of movement before the State. Considered a popular army and backed by a broad base of social non-militarized, the EZLN maintains to this day a speech of total autonomy against all forms of exercise of power and social regulation stemming from the State. From this perspective we analyse the origins of this radical autonomy, which not only create search within Zapatista communities and the EZLN, political bodies, independent decision of the State, but which, linked to the means of production and the reowning of productive work in local and regional level, acquire the appearance of auto-productive management needed to release material from militants in the direction of a political strategy that aims to rebuild social relationships Mestrado Trabalho, Movimentos Sociais, Cultura e Politica Mestre em Ciência Política
9

Uso do território e federação brasileira = os casos das compensações financeiras associadas ao petróleo e gás natural (royalties), recursos minerais (CFEM) e recursos hídricos (CFURH) Use of territory and Brazilian federation : the cases of financial compensation of petroleum and natural gas (royalties), mineral resources (CFEM) and water resources (CFURH)

2011 (has links)
Orientador: Marcio Antonio Cataia Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências Made available in DSpace on 2017-04-01T05:17:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Farias, Andr? Rodrigo_M.pdf: 5142420 bytes, checksum: 553f93db0a1851c3814c4b2a2fab3fdb (MD5) Previous issue date: 2011 Made available in DSpace on 2017-06-13T12:47:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Farias_AndreRodrigo_M.pdf: 5142420 bytes, checksum: 553f93db0a1851c3814c4b2a2fab3fdb (MD5) Previous issue date: 2011 Resumo; O texto objetiva discutir as questões relativas às transferências intergovernamentais constitucionais realizadas entre a União, os estados e os municípios no que se refere às compensações financeiras por exploração de recursos hídricos, recursos minerais e royalties advindos da exploração de petróleo e gás natural. Esses aportes financeiros estruturam um importante viés da capacidade de organização dos entes federativos nacionais, influenciando de maneira significativa em suas configurações sócio-territoriais, bem como condicionando a própria conformação e desenvolvimento da federação brasileira enquanto modo de organização política do Estado nacional. O repasse e distribuição dessas transferências entre os entes federativos, previsto na Constituição Federal, são realizados mediante o atendimento de diversos critérios legais por parte dos agentes envolvidos, adequando-se a um amplo sistema normativo cuja incumbência principal é fornecer a regulação necessária para a continuidade e aperfeiçoamento desses instrumentos de transferência de recursos públicos. Entre as inúmeras variáveis geradas a partir dessa base legal de repasse de finanças governamentais, um atributo fundamental à análise refere-se às formas específicas e seletivas com que esses recursos são distribuídos pelo território nacional, impactando significativamente as estratégias de desenvolvimento regional. Nesse sentido, a pesquisa problematiza os aspectos principais dessa modalidade de transferência intergovernamental constitucional, compreendendo a forma e relevância em que se apresentam para a organização da federação brasileira, bem como no conjunto do território nacional, destacando seus principais aspectos legais, políticos, econômicos e, sobretudo, territoriais Abstract: The text aims to discuss issues relating to constitutional intergovernmental transfers made between Union, states and municipalities that regards to financial compensation for exploitation of water resources, mineral resources and royalties arising from petroleum and natural gas. These financial contributions structure a significant bias of the capacity of organization of national federative entities, influencing significantly in their socio-territorial settings, as well as conditioning its own conformation and development of the Brazilian federation as a mode of political organization of the national State. The repass and distribution of this transfers between the federal entities foreseen in the Constitution, are performed with the assistance of several legal criterions by the agents involved, adapting itself to a wide regulatory system whose main incumbency is to provide the necessary regulation to the continuity and improvement of these instruments of transfer of public resources. Among the many variables generated from this legal basis for the transfer of government finances, a key attribute of the analysis refers to the selective and specific ways in which these resources are distributed throughout the country, significantly impacting the regional development strategies. Therein, the survey discusses the main aspects of this type of constitutional intergovernmental transfers, comprehending the manner and relevance that are presented to the organization of the Brazilian federation, as well as in the set of the national territory, highlighting its major legal, political, economic and mainly territorial aspects Mestrado Analise Ambiental e Dinamica Territorial Mestre em Geografia
10

Território e federação : renovação das materialidades e compensações financeiras pela exploração de recursos territoriais Territory and federation : renovation of materiality and financial compensation by explotation of land resources

2013 (has links)
Orientador: Márcio Antonio Cataia Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências Made available in DSpace on 2017-04-01T22:36:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva, Rodrigo Fernandes_M.pdf: 14810459 bytes, checksum: 6f4ad97861af14800fa8b5540191c4db (MD5) Previous issue date: 2013 Made available in DSpace on 2017-06-13T12:47:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva_RodrigoFernandes_M.pdf: 14810459 bytes, checksum: 6f4ad97861af14800fa8b5540191c4db (MD5) Previous issue date: 2013 Resumo: Esse trabalho visa discutir as questões atuais relativas às compensações financeiras pela exploração mineral (CFEM), hidrelétrica (CFURH) e petrolífera (royalties) nos municípios do Estado de São Paulo. Basicamente, onde efetivamente são realizadas as atividades econômicas é gerada uma "compensação", pelo fato da atividade esgotar os recursos em um prazo determinado. Assim, muito além do princípio de igualdade fática entre os entes federativos, verificamos que a expressão geográfica das compensações financeiras se comporta como elemento de sobreacumulação financeira em alguns municípios. Nesse sentido, a ideia das centrais de cálculo nos possibilita enquadrar as instâncias governamentais como elementos chave na rede de cooperação produtiva. Com isso, baseado nos dados das agências reguladoras, pode-se verificar como as obras de engenharia instaladas localmente desequilibram o pacto federativo, implicando na necessidade e revisão do conceito federativo. Todavia, é de suma importância a associação comparativa desses repasses com o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A pesquisa problematiza as questões relativas aos desequilíbrios federativos, evidenciando a necessidade de um enfoque geográfico mais amplo. Contudo, localizamos as compensações financeiras dentro dos atuais estudos espaciais dos circuitos espaciais da produção no espaço e dos círculos de cooperação, assim como as instalações das infraestruturas das atividades petrolíferas no Litoral Paulista e na Bacia de Santos Abstract: This thesis aims to discuss the current issues relating to financial compensation for exploration of mineral (CFEM), hydropower (CFURH) and oil (royalties) in the municipalities of Sao Paulo state. Basically, where these economic activities are realized is created"compensation", because these activities can deplete the natural resources in a given period. Thus, beyond the principle of equality among the Brazilian federation, was verified that, in some municipalities, the geographical expression of the financial compensation acts as an element of financial over accumulation. This way, the idea of central of calculation allows us to visualize the government bodies as key elements in the network of productive cooperation. Therefore, based on data from regulatory agencies, we can see how the engineering works installed locally disrupt the federal pact, and creates the need to review the federal concept. However, it is of paramount importance compare these financial transfers with the Municipalities Participation Fund (FPM). The research discusses issues relating to federal imbalances, highlighting the need for a broader geographic focus. Finally, we locate the financial compensation within the current spatial studies of spatial circuits of production space and circles of cooperation, as well as the infrastructure facilities of oil activities in the Paulista coast and in the Santos basin Mestrado Analise Ambiental e Dinamica Territorial Mestre em Geografia

Page generated in 0.1038 seconds