• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 24
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 25
  • 25
  • 25
  • 25
  • 11
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Adesão ao tratamento da hipertensão arterial por idosos usuários da unidade básica de saúde Princesa Isabel em Cacoal-RO

Plaster, Wilson 19 July 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2006. / Submitted by mariana castro (nanacastro0107@hotmail.com) on 2009-12-01T18:30:55Z No. of bitstreams: 1 Dissert_ Wilson Plaster.pdf: 639152 bytes, checksum: b3b0d2f19c266f88da56f7b224edbfc3 (MD5) / Rejected by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br), reason: Resumo incompleto e falta abstract. on 2010-01-14T22:20:23Z (GMT) / Submitted by mariana castro (nanacastro0107@hotmail.com) on 2010-01-16T15:29:15Z No. of bitstreams: 1 Dissert_ Wilson Plaster.pdf: 639152 bytes, checksum: b3b0d2f19c266f88da56f7b224edbfc3 (MD5) / Rejected by Joanita Pereira(joanita), reason: Favor adicionar as informações adicionais. Joanita on 2010-01-18T17:13:08Z (GMT) / Submitted by mariana castro (nanacastro0107@hotmail.com) on 2010-01-20T22:48:28Z No. of bitstreams: 1 Dissert_ Wilson Plaster.pdf: 639152 bytes, checksum: b3b0d2f19c266f88da56f7b224edbfc3 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-01-21T22:57:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissert_ Wilson Plaster.pdf: 639152 bytes, checksum: b3b0d2f19c266f88da56f7b224edbfc3 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-21T22:57:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissert_ Wilson Plaster.pdf: 639152 bytes, checksum: b3b0d2f19c266f88da56f7b224edbfc3 (MD5) Previous issue date: 2006-07-19 / Este estudo teve como objetivo identificar a taxa de adesão do idoso hipertenso ao tratamento de hipertensão arterial no Centro de Saúde Princesa Izabel de Cacoal-Rondônia e descrever as suas possíveis dificuldades.Foram estudados 142 pacientes de 60 anos por meio de estudo transversal descrito, cadastrados no programa HIPERDIA e aderentesao serviço. os sujeitos foram entrevistados em uma única sessãoe tinha as seguintes características: 61% das mulheres tinham média de 69,4% +- 7 anos, 72,6% migrantes da região sudeste, 52% brancos, 53% residentes na zona rural, 34,5% analfabetos e 36% alfabetizados, 71% convivem com companheiros, 90% aponsentados, 35,2% se encontravam entre 3 e 5anos de tratamento. Utilizando a classificação da pressão arterial segundo os critérios da Sociedade Brasileira de Hipertensão, 34,5% dos indivíduos estudados apresentaram níveis pressóricos sob controle, 12% dos pacientes apresentaram Pressão Sistólica Isolada. Verificou- se a relação entre a idade e o aumento da pressão arterial. O resultado do Teste Morisky- Green, apresentou 29,6% de aderentes ao tratamento medicamentoso, considerando os pacinentes que apresentaram escore 4. Não foi significativa a relação de adesão medicamentoso com o controle pressórico. Os indicadores de adesão ao tratamento não medicamentoso demonstraram que 64% dos pacientes estavam com excesso de peso, 81% não praticavam atividade física com regularidade, 95,1% não tabagista e 86% ingestão alcoólica, 94% informaram adesão a dieta hipossódica. Conclui-se que a maioria dos pacientes não é aderente ao tratamento tanto medicamentoso como não mendicamentoso e não estão com os níveis pressóricos sob controle. Tais indicadores demonstram que esta população apresenta riscos significativos para os órgãos alvos e consequente perda de qualidade de vida e aumento dos custos medicossociais, requerendo melhor planejamento nos investimentos preventivos da Hipertensão Arterial. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study aimed to identify the rate of compliance in the elderly hypertensive treatment of hypertension in the Health Center of Princess Izabel Cacoal-Rondonia and describe its possible dificuldades.Foram studied 142 patients 60 years through cross-sectional study described registrations and at the HIPERDIA aderentesao service. the subjects were interviewed in a single sessãoe had the following characteristics: 61% of women had an average of 69.4% + - 7 years, 72.6% of migrants from the Southeast, 52% white, 53% living in rural areas, 34 , 5% illiterate and 36% literate, 71% live with partners, 90% aponsentados, 35.2% were between 3 and 5years of treatment. Using the classification of blood pressure according to the criteria of the Brazilian Society of Hypertension, 34.5% of subjects studied had blood pressure under control, 12% of patients had isolated systolic pressure. It was the relationship between age and blood pressure increase. The result of the Morisky-Green test, showed 29.6% of members to drug treatment, considering the pacinentes who had a score 4. There was no significant relationship of medication adherence with blood pressure control. Indicators of adherence to non-pharmacological treatment showed that 64% of patients were overweight, 81% did not exercise regularly, not smoking 95.1% and 86% alcohol intake, 94% reported adherence to low sodium diet. Concluded that most patients are not adherent to medication and treatment not mendicamentoso and not with blood pressure under control. These indicators show that this population presents significant risks to the target organs and loss of quality of life and increased costs medicossociais, requiring better planning investments in prevention of Hypertension.
2

Avaliação de risco de queda em população idosa institucionalizada / Fall risk assessment in an institutionalized elderly population / Evaluación de riesgo de caídas en una población anciana institucionalizada

Reis, Karine Marques Costa dos 22 August 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2014-11-04T12:02:37Z No. of bitstreams: 1 2014_KarineMarquesCostadosReis.pdf: 2369594 bytes, checksum: c230a65e71f49cc18f34e0ede4df47cd (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-11-12T12:30:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_KarineMarquesCostadosReis.pdf: 2369594 bytes, checksum: c230a65e71f49cc18f34e0ede4df47cd (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-12T12:30:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_KarineMarquesCostadosReis.pdf: 2369594 bytes, checksum: c230a65e71f49cc18f34e0ede4df47cd (MD5) / INTRODUÇÃO: O aumento da expectativa de vida nos países em desenvolvimento tem provocado grande preocupação para os governos e sistema de saúde. Entre os fatores, entretanto que tem contribuído para agravar as condições de saúde e de vida da população idosa são as quedas. A queda em idosos acontece devido a alterações decorrentes da senescência além de condições extrínsecas. A queda está associada ao aumento da morbimortalidade, redução da capacidade funcional e institucionalização precoce. A identificação dos fatores de risco e a sistematização da assistência de enfermagem é condição importante para a prevenção de queda em idosos institucionalizados. OBJETIVOS: Identificar os aspectos que envolvem as quedas em idosos institucionalizados, quanto os fatores de risco, circunstâncias envolvidas e consequências.MATERIAIS E MÉTODOS:Trata-se de um estudo de natureza quantitativa, sendo um delineamento de coorte concorrente ou prospectivo. Realizada avaliação de 271 idosos institucionalizados em cinco instituições do Distrito Federal, onde os critérios de inclusão foram: assinatura do consentimento informado, idade acima de 60 anos e morar em instituição de longa permanência por mais de seis meses. Foram utilizados a Taxonomia II da NANDA-I e instrumentos para avaliação da função cognitiva, funcionalidade, marcha e equilíbrio. Para a definição das variáveis independentes e de outros fatores intrínsecos também foram utilizados instrumentos validados e questionário estruturado. Todos os idosos foram acompanhados por seis meses, identificando-se os idosos que apresentaram o evento queda durante o acompanhamento. Para a definição do fator de risco para queda e queda recorrente, foi realizada análise de significância multivariada. Além da identificação de causalidade, foram determinadastambém às circunstâncias da queda e consequências para o idoso. A análise estatística das variáveis categóricas foi realizada pelo teste Qui-quadrado. Para o cálculo de oddsratio e valor do p correspondente foramutilizados o modelo de regressão logística.RESULTADOS: Os resultados mostraramque o idoso institucionalizado presente no estudo apresenta um perfil multidimensional de grande fragilidade, com dependência forte para as atividades de vida diária (53,1%), comprometimento da mobilidade física (81,1%) e da cognição (87,2%), além de inúmeras comorbidades e a polifarmácia (69,7%). Todas essas características levaram a incidência de queda de 41%, onde dos 271 idosos avaliados houve 111 quedas no período de acompanhamento. Quanto à circunstância da queda, os dados também ratificaram o perfil funcional vulnerável desse grupo de idosos, onde houve maior prevalência de queda no quarto (52,2%) e em atividades básicas como ao se levantar (45,9%) e deambular (44,1%). As principais consequências físicas e psicológicas decorrentes da queda nos indivíduos estudados foram as escoriações (47,7%), com trauma nos membros inferiores (30,6%) e o medo pós-queda (52,2%); Entre os fatores de risco presentes na Taxonomia da NANDA-I que apresentaram forte correlação com a queda estão: presença de Acidente Vascular Encefálico com suas sequelas (OR:1.82, IC 95% 1.01-3.28 e p=0.045), apresentar mais de cinco doenças crônico-degenerativas (OR: 2.82, IC 95% 1.43-5,56 e p=0,0028), problema nos pés (OR: 2.45, IC 95% 1.35-4.44 e p=0.0033) e marcha (OR:2.04, IC 95% 1.15-3.61 e p=0,0145). A fim de avaliar a efetividade da Taxonomia em detectar o idoso com risco de queda, agruparam-se as variáveis, que apresentaram significância. As variáveis agrupadas apresentaram sensibilidade de 55% e especificidade de 79% com ponto de corte em 0.337 e quando associadas demonstraram a probabilidade dos idosos institucionalizados caírem com tais características foi de 29% no período de seis meses. CONCLUSÃO: Conclui-se que a Taxonomia II da NANDA-I tem ampla validade quanto à detecção do idoso sem risco de queda, em virtude de sua alta especificidade. A escala, entretanto deve ser aplicada constantemente na pratica clínica do enfermeiro em conjunto com outros instrumentos para garantir maior efetividade da prática clínica. A identificação do idoso de risco para o evento queda permite abordagens de tratamento ou reabilitação, consequentemente, pode ser o primeiro passo promissor no desenvolvimento de programas de prevenção de quedas direcionados aos idosos institucionalizados. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / INTRODUCTION: The increase in life expectancy has caused great concern for governments and health system. Among the factors that contribute to worsening health conditions and life of the elderly are falls. The decrease is associated with increased morbidity and mortality, reduced functional capacity and premature institutionalization. OBJECTIVES: To identify aspects that involve falls among institutionalized elderly, as the risk factors, consequences and circumstances involved. MATERIALS AND METHODS: This was a prospective cohort design. We evaluated 271 elderly institutionalized in five institutions of the Federal District, the inclusion criteria were: age over 60 years and live in long-stay institutions for more than six months. We used the NANDA Taxonomy II-I and instruments for assessment of cognitive function, functionality, gait and balance. All of them were followed up for six months, identifying the elderly with the fall event during follow-up. To define the risk for recurrent falls and fall factor, multivariate analysis of significance was performed. Besides the identification of causality, were also determined the circumstances and consequences of falling for the elderly. The statistical analysis of categorical variables was performed by chi-square test. To calculate odds ratios and corresponding p value of the logistic regression model were used. RESULTS: The results showed that the institutionalized elderly in this study presents a multidimensional profile of great fragility, with strong dependence in activities of daily living (53.1%), impaired physical mobility (81.1%) and cognition (87.2%), along with numerous comorbidities and polypharmacy (69.7%). The incidence of falls was 41%. As for the circumstances of the fall, it ratified the functional profile of this vulnerable group of older people with higher prevalence of falls in the fourth (52.2%) and basic activities as the rise (45.9%) and walking (44, 1%). The main physical and psychological consequences of the fall were abrasions (47.7%) and the post-fall fear (52.2%); Among the risk factors present in the taxonomy of NANDA-I showed strong correlation with the fall are: presence of Stroke with its sequelae (OR: 1.82, 95% CI 1:01 to 3:28 p = 0.045), presented more than five diseases chronic degenerative (OR: 2.82, 95% CI = 0.0028 and p 1.43-5,56), foot problem (OR: 2.45, 95% CI 1:35 to 4:44 p = 0.0033) and gait (OR: 2.04, CI 95 1.15-3.61%, p = 0.0145). In order to evaluate the effectiveness of Taxonomy in detecting the elderly at risk of falling, grouped the variables which were significant. Grouped variables had sensitivity of 55% and specificity of 79% with a cutoff in 0337 and when combined with the demonstrated likelihood of institutionalized seniors fall with such characteristics was 29% in six months. CONCLUSION: We conclude that the NANDA Taxonomy II-I have wide validity as to the detection of the elderly without risk of falling, because of its high specificity. Identifying the elderly at risk for fall event allows approaches to treatment or rehabilitation, promising step in the development of fall prevention programs targeted to the elderly institutionalized. ______________________________________________________________________________ RESUMEN / INTRODUCCIÓN: El aumento de la esperanza de vida ha causado gran preocupación para los gobiernos y del sistema de salud. Entre los factores que contribuyen al empeoramiento de las condiciones de salud y vida de las personas mayores son las caídas. La disminución se asocia con una mayor morbilidad y mortalidad, la capacidad funcional reducida y la institucionalización prematura. OBJETIVOS: Identificar los aspectos que involucran caídas entre los ancianos, como los factores de riesgo, consecuencias y circunstancias del caso. MATERIALES Y MÉTODOS: Se realizó un diseño de cohorte prospectivo. Se evaluaron 271 ancianos institucionalizados en cinco instituciones del Distrito Federal, los criterios de inclusión fueron: edad mayor de 60 años y que viven en instituciones de larga estadía por más de seis meses. Utilizamos la NANDA-I y los instrumentos para la evaluación de la función cognitiva, la funcionalidad, la marcha y el equilibrio. Todos ellos fueron seguidos durante seis meses, la identificación de las personas mayores con el acontecimiento de la caída durante el seguimiento. Para definir el riesgo de caídas recurrentes y caer los factores, se realizó un análisis multivariado de importancia. Además de la identificación de la causalidad, también se determinaron las circunstancias y consecuencias de la caída de los ancianos. El análisis estadístico de las variables categóricas se realizó mediante la prueba de chi-cuadrado. Para calcular la odds ratio y el valor p correspondiente del modelo de regresión logística se utilizaron. RESULTADOS: Los resultados mostraron que la población institucionalizada en este estudio presenta un perfil multidimensional de gran fragilidad, con una fuerte dependencia en las actividades de la vida diaria (53,1%), movilidad física perjudicada (81,1%) y la cognición (87,2%), junto con numerosas comorbilidades y la polifarmacia (69,7%). La incidencia de caídas fue de 41%. En cuanto a las circunstancias de la caída, que ratificó el perfil funcional de este grupo vulnerable de las personas mayores con una mayor prevalencia de caídas en el cuarto (52,2%) y las actividades básicas como el aumento (45,9%) y caminar (44, 1%). Las principales consecuencias físicas y psicológicas de la caída fueron abrasiones (47,7%) y el miedo post-caída (52,2%); Entre los factores de riesgo presentes en la taxonomía de NANDA-I mostró una fuerte correlación con la caída son: presencia de Carrera con sus secuelas (OR: 1,82, IC del 95%: 01:01-03:28 p = 0,045), presentado más de cinco enfermedades degenerativa (OR: 2.82, IC 95% = 0,0028 yp 1.43-5,56) crónica, problema en el pie (OR: 2,45, IC del 95%: 01:35-04:44 p = 0,0033) y la marcha (OR: 2,04, IC del 95 1,15 a 3,61%, p = 0,0145). Con el fin de evaluar la efectividad de la taxonomía en la detección de las personas mayores en riesgo de caer, agrupado las xii variables que resultaron significativas. Variables agrupadas tenían sensibilidad de 55% y una especificidad del 79% con un punto de corte en 0337 y cuando se combina con la probabilidad de los adultos mayores institucionalizados demostrado caen con tales características fue del 29% en seis meses. CONCLUSIÓN: Se concluye que la NANDA-Tengo validez amplia en cuanto a la detección de las personas mayores sin riesgo de caídas, debido a su alta especificidad. La identificación de las personas mayores en riesgo de evento de otoño permite enfoques de tratamiento o rehabilitación, prometiendo paso en el desarrollo de programas de prevención de caídas dirigidos a las personas mayores institucionalizadas.
3

Gestão do SUAS e rede socioassistencial: uma análise do serviço de acolhimento de idosos em Vitória de Santo Antão-PE

SANTOS, Fernanda Maria de Lima 30 July 2017 (has links)
Submitted by Pedro Barros (pedro.silvabarros@ufpe.br) on 2018-08-22T22:42:19Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Fernanda Maria de Lima Santos.pdf: 2370242 bytes, checksum: c8fb2f94289a1c098242036294955ed7 (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-08-29T21:04:20Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Fernanda Maria de Lima Santos.pdf: 2370242 bytes, checksum: c8fb2f94289a1c098242036294955ed7 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-08-29T21:04:20Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Fernanda Maria de Lima Santos.pdf: 2370242 bytes, checksum: c8fb2f94289a1c098242036294955ed7 (MD5) Previous issue date: 2017-07-30 / CNPq / Esta dissertação tem como objetivo analisar os processos sociais e políticos implicados no atendimento à qualificação da oferta dos serviços de acolhimento de idosos, a partir das interações estabelecidas entre a Secretaria responsável pela gestão municipal do SUAS, as instituições da sociedade civil prestadoras dessa modalidade de atenção protetiva e o Conselho de Assistência Social no município de Vitória de Santo Antão-PE. Analisa-se as negociações e consensos, as contradições e as correlações de forças políticas, como elementos integrantes dos processos sociais e políticos. Para proceder com a captação desses aspectos, foram aplicadas entrevistas semiestruturadas ao representante da gestão municipal do SUAS, aos coordenadores das instituições e aos conselheiros municipais de assistência social. Foram coletadas informações a partir da análise documental sobre os registros e sistematizações do CMAS, concernentes às conferências de assistência social realizadas em Vitória de Santo Antão nos anos de 2013 e 2015, como também foi utilizado o recurso a banco de dados de acesso e uso público nos sites oficiais do MDSA, do IBGE e da Agência CONDEPE/FIDEM para obtenção de informações socioeconômicas do referido município. Na análise das informações coletadas nesta pesquisa de enfoque qualitativo, de natureza explicativa e, do ponto de vista teórico-metodológico, orientada pelo método crítico dialético, buscou-se articular os elementos observados na realidade concreta do município com os subsídios teóricos obtidos na revisão da literatura sobre a temática, de modo a possibilitar a elucidação fundamentada do fenômeno estudado. Os resultados da pesquisa apontam que a qualificação da oferta dos serviços de acolhimento de idosos, na perspectiva da NOB-SUAS/2012, ainda não é uma realidade concretizada no município. Identifica-se que os processos sociais e políticos envolvidos na ausência de materialização da proposta em Vitória de Santo Antão, podem ser captados tanto no nível mais geral quanto no nível mais específico do contexto em que a política de assistência social e a proteção social à pessoa idosa se desenvolvem. Os desafios da proteção social aos idosos em situação de acolhimento institucional são diversos. As possibilidades diante dessa realidade que afeta a proteção social aos idosos em situação de acolhimento se apresentam no campo da participação política dos usuários do SUAS. A constituição de uma prática política em que os usuários tenham garantida a participação nas decisões do SUAS é essencial para o atendimento das necessidades e dos interesses dos diversos segmentos sociais. / The purpose of this dissertation is to analyze the social and political processes involved in providing care to the qualification of the provision of services for the elderly, based on the interactions established between the Secretariat responsible for the municipal management of SUAS, the civil society institutions that provide this type of care And the Social Assistance Council in the city of Vitória de Santo Antão-PE. Negotiations and consensus, contradictions and correlations of political forces are analyzed as integral elements of social and political processes. In order to proceed with the capture of these aspects, semi-structured interviews were applied to the representative of the municipal management of SUAS, to the coordinators of the institutions and to the municipal councilors of social assistance. Information was also collected from the documentary analysis on the records and systematizations of the CMAS, concerning the social assistance conferences held in Vitória de Santo Antão in the years of 2013 and 2015, as well as the use of a database of access and use Official websites of MDSA, IBGE and CONDEPE / FIDEM Agency to obtain socioeconomic information from said municipality. In the analysis of the information collected in this research, with a qualitative approach, of an explanatory nature and, from a theoretical and methodological point of view, guided by the critical dialectic method, the aim was to articulate the elements observed in the concrete reality of the municipality with the theoretical subsidies obtained in the review Of the literature on the subject, in order to enable a reasoned elucidation of the phenomenon studied. The qualification of the offer of services for the elderly in the perspective of NOB-SUAS / 2012, is not yet a reality materialized in the municipality. It is identified that the social and political processes involved in the lack of materialization of the proposal in Vitória de Santo Antão can be captured both at the more general level and at the more specific level of the context in which social assistance policy and social protection to the person Elderly people develop. The challenges of social protection to the elderly in an institutional reception situation are diverse. The possibilities faced by this reality that affects the social protection to the elderly in a host situation are presented in the field of political participation of users of SUAS. The constitution of a political practice in which the users have guaranteed their participation in the decisions of the SUAS is essential for meeting the needs and interests of the different social segments.
4

Analise dos fatores de risco de quedas em idosos : estudo exploratorio em instituição de longa permanencia no municipio de Campinas

Piton, Danielle Alexandre 16 August 2004 (has links)
Orientador: Monica Rodrigues Perracini / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-08-04T00:42:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Piton_DanielleAlexandre_M.pdf: 619490 bytes, checksum: 0fab347cd09975418bd3be6526b5b1ad (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: O objetivo deste estudo é identificar a associação de fatores sócio-demográficos, clínicos e funcionais com relação ao risco de quedas: alto risco e médio-baixo risco e também o peso de cada um na determinação do mesmo. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal, retrospectivo com 50 idosos de 65 anos ou mais, de ambos os sexos, residentes no Lar dos Velhinhos situado na cidade de Campinas. Utilizou-se um questionário contendo dados sócio-demográficos; dados clínico-funcionais, dados sobre quedas e os testes BOMFAQ, Escala de Depressão Geriátrica, Mini-Exame do Estado Mental, Timed Up & Go Test e Berg Balance Scale. Determinou-se a divisão de dois grupos: o primeiro com alto risco para quedas, composto por idosos que sofreram dois ou mais eventos de quedas no período de um ano ou apenas um evento, porém com lesão grave e o segundo com médio-baixo risco de quedas, o qual foi composto por idosos que não sofreram quedas no período de um ano ou que sofreram apenas um evento, porém sem lesões graves. Para análise dos dados, utilizou-se o teste Qui-Quadrado; o teste não paramétrico de Mann-Whitney, para comparação das variáveis entre os grupos de alto e médio-baixo risco e a análise de regressão logística multivariada tipo Stepwise, com nível de significância p<0.05, por meio do SAS®, versão 6.12. RESULTADOS: Na análise de regressão logística univariada, as razões de chance para pertencer ao grupo de alto risco de quedas foram: sexo feminino (OR= 14.64; 95% IC= 2.82-75.95); elevada escolaridade (OR= 5.48; 95% IC= 1.04-28.88); fazer uso de dispositivo de auxílio à marcha (OR= 7.27; 95% IC= 1.23-43.00) e apresentar alteração de equilíbrio com relação à Berg Balance Scale (OR= 5.80; 95% IC= 1.48-22.69). O modelo final da análise de regressão logística multivariada apontou como variáveis associadas ao alto risco de quedas: ser mulher, tendo 50.30 vezes uma maior possibilidade quando comparada ao sexo masculino (95% IC= 3.41-741.3), ter nível de escolaridade elevado, com 18.48 vezes a chance quando comparado aos de baixa escolaridade (95% IC= 1.24-275.7) e fazer uso de dispositivo de auxílio à marcha com 24.02 vezes maior oportunidade quando comparados aos que não utilizava dispositivo (95% IC= 1.38-418.0). CONCLUSÃO: Esta pesquisa identificou, à semelhança do que aponta a literatura, que pertencer ao sexo feminino e fazer uso de dispositivo de auxílio à marcha são fatores que estão associados a uma maior chance de pertencer ao grupo de alto risco, determinado pelo fato de ter caído recorrentemente e ou ter sofrido uma queda com lesão grave no último ano. O modelo final evidenciou também que os idosos com elevada escolaridade tiveram maior chance de pertencer ao grupo de alto risco e que apresentar déficit na mobilidade foi um fator determinante para pertencer a este grupo de risco / Abstract: The objective of this study is to identify the association of social-demographic, clinical and functional factors related to the risk of falls: high risk and medium-low risk and identify the importance of each factor in the determination of risk. METHOD: It is a transversal study, restrospective, with 50 elders of 65 years or more, of both genders, residents in the ¿Lar dos Velhinhos¿, in the city of Campinas. It was used a questionnaire containing social demographic data; clinical-functional data; data on falls and the BOMFAQ tests, Geriatric Depression Scale, Mini-mental State Examination, Timed Up & Go Test and the Berg Balance Scale. It was determined the division into two groups, the high risk group for falls, composed of elders who suffered two or more fall events in the period of a year or only one event but with serious injury, and the medium-low group for the risk of falls, which was composed of elders who didn't suffer falls in the period of a year or who suffered only one event but without serious injury. For the analysis of the data, it was used the ¿Qui-Square¿, the non-parametric test of Mann-Whitney, for the comparison of variables between the high risk and medium-low risk groups, and the analysis of multivaried logistic regression type Stepwise, with a meaning level p<0.05, using SAS® , version 6.12. RESULTS: In the analysis of the univaried logistic regression, the ratio of chance for belonging to the high risk group for falls were: female gender (OR=14.64; 95% IC=2.82-75.95), high educational level (OR=5.48;95% IC=1.04-28.88), use of a walking aid device (OR=7.27;95% IC=1.23-43.00) and to present change in the balance of the Berg Balance Scale (OR=5.80; 95% IC=1.48-22.69). The final model of the analysis of the multivaried logistic regression showed as variables associated with the high risk of falls: to be a woman, 50.30 times the chance when compared with the male gender (95% IC=3.41-741.3), to have a high educational level, 18.48 times the chance when compared to the ones with low educational level (95% IC=1.24-275.7) and to use a walking aid device, 24.2 times the chance when compared to those who didn't use a device (95% IC=1.38-418.0). CONCLUSION: This research identified, similarly to what shows the specialized literature, that belonging to the female gender and to make use of a walking aid device are factors which are associated to a higher chance of belonging to a high risk group, determined by the fact of recurring falls and or have suffered a fall with a serious injury in the last year. The final model also showed that the elders with high educational level had a higher chance of belonging to the high risk grou / Mestrado / Mestre em Gerontologia
5

Prevalência e fatores de risco para carreamento de Staphylococcus aureus resistente à meticilina em idosos institucionalizados na cidade de Bauru-SP /

Silveira, Mônica da. January 2013 (has links)
Orientador: Carlos Magno Castelo Branco Fortaleza / Banca: Antônio Carlos Campos Pignatari / Banca: Rosely Moralez de Figueiredo / Resumo: O aumento recente da incidência e gravidade de Staphylococcus aureus tem suscitado diversos estudos abordando sua epidemiologia em instituições fechadas. Isolados de S. aureus resistentes à meticilina (methicillin resistant S. aureus, MRSA) são agentes comuns de infecção em hospitais. Nos últimos anos, a atenção dos epidemiologistas e clínicos tem se voltado aos MRSA de origem comunitária, associados a infecções graves de pele e trato respiratório. Nesse contexto, as Casas de repouso representam espaços de especial interesse, já que são instituições intermediárias entre a comunidade e os serviços de saúde. Não há dados sobre prevalência de S. aureus e MRSA em Casas de repouso no Brasil, um país onde somente 0,8% da população idosa são institucionalizadas. O presente estudo teve delineamento transversal e objetivou identificar a prevalência e fatores de risco para colonização por S. aureus como um todo e MRSA em particular. Foram incluídos 300 idosos vivendo em Casas de repouso no município de Bauru (SP). A colonização foi analisada através de coleta de swabs nasais dos sujeitos da pesquisa. Estes foram cultivados, e nos casos de isolamento de S. aureus, foi realizada a caracterização molecular da resistência à meticilina. Adicionalmente, os isolados de MRSA foram submetidos à genotipagem por Pulsed-Field Gel Electrophoresis (PFGE). Para análises de fatores de risco, foram levantados os prontuários dos sujeitos de pesquisa. Dados demográficos, internações, procedimentos e uso de antimicrobianos foram identificados. Análises univariadas e multivariadas (regressão logística) foram aplicadas. As prevalências identificadas para S. aureus e MRSA foram 17,7% e 3,7%, respectivamente. A idade avançada e a internação recente em hospitais foram preditores independentes para colonização por S. aureus como um todo. Os fatores associados à colonização por MRSA foram à residência em instituições de ... / Abstract: The recent increase in the incidence and severity of Staphylococcus aureus gave rise to many studies on its epidemiology in closed institutions. Isolates of methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) are usual agents of infection in hospitals. In recent years, the attention of epidemiologists and clinicians has turned to MRSA of community origin, associated with severe infections of skin and respiratory tract. In this context, nursing homes represent areas of special interest, since they are intermediary institutions between the community and health services. No data on the prevalence of S. aureus and MRSA in nursing homes in Brazil, a country where only 0.8% of the elderly population is institutionalized. This cross-sectional study aimed to identify the prevalence and risk factors for colonization by S. aureus as a whole and MRSA in particular. We enrolled 300 elderly living in nursing homes in the city of Bauru, São Paulo State, Brazil. Colonization was analyzed by collecting nasal swabs of research subjects. Whenever S. aureus was isolated, we performed molecular characterization of methicillin resistance. Additionally, MRSA isolates underwent genotyping by pulsed-field gel electrophoresis (PFGE). For analysis of risk factors, we reviewed the charts of research subjects. Demographics, hospitalizations, procedures and uses of antimicrobials were identified. Univariate and multivariate (logistic regression) were applied. The prevalence identified for S. aureus and MRSA were 17.7% and 3.7%, respectively. Old age and recent hospitalization in hospitals were independent predictors of colonization with S. aureus as a whole, while small or medium-sized facilities and recent hospital admission were associated with carriage of MRSA. In the molecular analysis of 11 MRSA isolates, six were identified as carriers of chromosome cassette SCCmec type II (typically hospital), and two as carriers of SCCmec IV (associated with the community). ... / Mestre
6

Qualidade de vida no envelhecimento : situação dos idosos assistidos em unidades de saúde da família do município do interior paulista /

Carazzai, Elisabete Manieri. January 2014 (has links)
Orientador: Regina Célia Popim / Banca: Silvia Cristina Mangini Bocchi / Banca: Stael Silvana Bano Eleutério da Silva / Resumo: O envelhecimento da população tem se tornando um dos maiores desafios das últimas décadas, principalmente no que diz respeito à saúde pública, em países em desenvolvimento, como o Brasil. Objetivou se avaliar a qualidade de vida, saúde mental, autonomia funcional, risco de quedas de idosos que frequentam as Unidades Saúde da Família na cidade de Nova Campina. Trata-se de um estudo transversal descritivo, no qual foram aplicados instrumentos de avaliação geriátrica, validados para a população idosa, em 250 indivíduos cadastrados nos serviços de saúde do município. A análise revelou que as mulheres foram a maioria e com maior fragilidade. Mesmo os idosos referindo uma ou mais doenças consideram seu estado de saúde bom. O impedimento físico não alterou suas atividades básicas da vida diária, mas houve interferência significativa nas atividades instrumentais. A saúde mental apresentou-se preservada, o escore diminuído deveu-se ao fato da baixa escolaridade, não caracterizando distúrbio. Sentem-se felizes com a vida que vivem. Sinalizo que foi fator protetor para saúde mental, morar com algum familiar e viver em sua própria casa. Em relação marcha e equilíbrio observou-se que os idosos conseguem se movimentar livremente, chamando atenção para as mulheres que apresentaram maior lentidão na execução dos testes, em especial Time Up and Go, não apresentando riscos acentuados para quedas. A maioria referiu ter sofrido queda no ultimo ano e 14,94% sofreu fratura, em especial as mulheres. Os dados analisados possibilitaram identificar a condição real de saúde desses indivíduos inseridos na comunidade. Chama atenção para a importância de se implantar políticas municipais que garanta o acesso aos serviços de saúde, bem como ações de cuidados integrais, de acordo com as demandas de cada indivíduo, nas suas necessidades comprometidas. Atenção especial deve se dar ... / Abstract: The aging of the population is becoming one of the biggest challenges in decades, particularly with regard to public health in developing countries like Brazil. Aimed to evaluate the quality of life, mental health, functional autonomy , risk of falls in patients attending Family Health Units in the City of New Campina. This is a descriptive cross-sectional study in which geriatric assessment instruments validated for the elderly population , in 250 enrolled in health services in the municipality individuals were applied. The analysis revealed that women were the majority and more fragile. Even the elderly referring to one or more diseases consider their health good. The physical impairment did not alter their basic activities of daily life, but there was significant interference in instrumental activities. Mental health was preserved, the score decreased was due to the fact of low education level, featuring disorder. Are happy with the life you live. I signal that was a protective factor for mental health, living with a family and live in your own home. In relation gait and balance it was observed that the elderly can move freely, calling attention to the women who had greater slowdown in the execution of tests, in particular Time Up and Go, showing no pronounced risks for falls. The majority reported having been dropped in the past year and 14.94 % suffered fractures, particularly women. The data analyzed possible to identify the actual health status of these individuals within the community. Calls attention to the importance of implementing municipal policies that ensure access to health services as well as comprehensive care actions, according to the demands of each individual in their needs compromised. Special attention should be given to professional training, on the topic aging and quality of life of persons assisted, especially the elderly. Also draws attention to the trainers of health bodies to this issue of elder ... / Mestre
7

Instituições de longa permanência e o cuidado de pessoas idosas em situação de dependência funcional

Burille, Stephanie Natalie 22 June 2018 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2018. / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). / O aumento da expectativa de vida dos brasileiros e as mudanças sociais ocorridas nos arranjos familiares nas últimas décadas têm influenciado diretamente nos usos do tempo destinado ao cuidado dos idosos. Por essa razão, as Instituições de Longa Permanência (ILPIs) têm sido a alternativa que muitas famílias encontram para inserirem seus idosos. Contudo, o investimento do poder público nestas instituições ainda é pouco expressivo. O objetivo do presente estudo é compreender de que forma as políticas de cuidado atendem as demandas de pessoas idosas em situação de dependência funcional no contexto das Instituições de Longa Permanência do Distrito Federal. A partir de uma prévia pesquisa bibliográfica e o levantamento das políticas públicas voltadas para as ILPIs, foram construídos os questionamentos propostos para a investigação. Realizou-se pesquisa de campo em uma ILPI de natureza filantrópica, entre os meses de setembro a novembro de 2017. Foram aplicadas 13 entrevistas semiestruturadas com diferentes sujeitos envolvidos com a política de cuidado, tanto no âmbito da gestão quanto do seu usufruto. Documentos e registros institucionais também contribuíram para a sistematização dos resultados. A proposta de análise foi organizada em dois eixos. No primeiro momento, foram identificados os trâmites de acesso à política, suas etapas e fluxos até o aporte nas instituições. Posteriormente, avaliou-se a concretude das políticas na dinâmica institucional, no trabalho dos cuidadores e nas interações entre os sujeitos protagonistas do cuidado. Esta análise perpassa a questão de gênero vinculada à divisão sexual do trabalho, à reprodução social, e ao processo de envelhecimento. O resultado do estudo revelou que a política de cuidado não tem sido suficiente no provimento de recursos repassados às ILPIs, dificultando, sobretudo, o acesso de pessoas com graus mais elevados de dependência. A dinâmica institucional, pautada no controle e vigilância dos corpos dependentes, é marcada por uma organização do trabalho do cuidado que reproduz uma visão homogênea do processo de envelhecimento dos idosos dependentes. / The increase in the life expectancy of Brazilians and the social changes that occurred in family arrangements in the last decades have directly influenced the use of time spent caring for the elderly. For this reason, Long-Term Care Institutions (LTCIs) have been the alternative that many families find to insert their elders. However, the investment of the public power in these institutions is still not very expressive. The objective of the present study is to understand how care policies meet the demands of elderly people in situations of functional dependence in the context of the Long Stay Institutions of the Federal District. From a previous bibliographical research and the survey of the public policies directed to the LTCIs, the proposed questions for the investigation were constructed. Field research was carried out in a philanthropic LTCI between September and November 2017. Twelve semi-structured interviews were applied with different subjects involved in the care policy, both in terms of management and their usufruct. Documents and institutional records also contributed to the systematization of results. The analysis proposal was organized in two axes. In the first moment, the procedures of access to the policy, its stages and flows to the contribution in the institutions were identified. Posteriorly, the concreteness of the policies in the institutional dynamics, in the work of the caregivers and in the interactions among the subjects protagonists of the care was evaluated. This analysis pervades the gender issue linked to the sexual division of labor, social reproduction, and the aging process. The result of the study revealed that the policy of care has not been enough to provide resources passed on to the LTCIs, hindering, above all, the access of people with higher degrees of dependency. The institutional dynamics are marked by an organization of care work that reproduces a homogeneous view of the aging process of the dependent elderly.
8

Prevalência e fatores de risco para carreamento de Staphylococcus aureus resistente à meticilina em idosos institucionalizados na cidade de Bauru-SP

Silveira, Mônica da [UNESP] 29 November 2013 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-08-13T14:50:42Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-11-29Bitstream added on 2014-08-13T18:00:57Z : No. of bitstreams: 1 000750035.pdf: 2030515 bytes, checksum: 03239f5573eff2a95bc9a82c9eec449d (MD5) / O aumento recente da incidência e gravidade de Staphylococcus aureus tem suscitado diversos estudos abordando sua epidemiologia em instituições fechadas. Isolados de S. aureus resistentes à meticilina (methicillin resistant S. aureus, MRSA) são agentes comuns de infecção em hospitais. Nos últimos anos, a atenção dos epidemiologistas e clínicos tem se voltado aos MRSA de origem comunitária, associados a infecções graves de pele e trato respiratório. Nesse contexto, as Casas de repouso representam espaços de especial interesse, já que são instituições intermediárias entre a comunidade e os serviços de saúde. Não há dados sobre prevalência de S. aureus e MRSA em Casas de repouso no Brasil, um país onde somente 0,8% da população idosa são institucionalizadas. O presente estudo teve delineamento transversal e objetivou identificar a prevalência e fatores de risco para colonização por S. aureus como um todo e MRSA em particular. Foram incluídos 300 idosos vivendo em Casas de repouso no município de Bauru (SP). A colonização foi analisada através de coleta de swabs nasais dos sujeitos da pesquisa. Estes foram cultivados, e nos casos de isolamento de S. aureus, foi realizada a caracterização molecular da resistência à meticilina. Adicionalmente, os isolados de MRSA foram submetidos à genotipagem por Pulsed-Field Gel Electrophoresis (PFGE). Para análises de fatores de risco, foram levantados os prontuários dos sujeitos de pesquisa. Dados demográficos, internações, procedimentos e uso de antimicrobianos foram identificados. Análises univariadas e multivariadas (regressão logística) foram aplicadas. As prevalências identificadas para S. aureus e MRSA foram 17,7% e 3,7%, respectivamente. A idade avançada e a internação recente em hospitais foram preditores independentes para colonização por S. aureus como um todo. Os fatores associados à colonização por MRSA foram à residência em instituições de ... / The recent increase in the incidence and severity of Staphylococcus aureus gave rise to many studies on its epidemiology in closed institutions. Isolates of methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) are usual agents of infection in hospitals. In recent years, the attention of epidemiologists and clinicians has turned to MRSA of community origin, associated with severe infections of skin and respiratory tract. In this context, nursing homes represent areas of special interest, since they are intermediary institutions between the community and health services. No data on the prevalence of S. aureus and MRSA in nursing homes in Brazil, a country where only 0.8% of the elderly population is institutionalized. This cross-sectional study aimed to identify the prevalence and risk factors for colonization by S. aureus as a whole and MRSA in particular. We enrolled 300 elderly living in nursing homes in the city of Bauru, São Paulo State, Brazil. Colonization was analyzed by collecting nasal swabs of research subjects. Whenever S. aureus was isolated, we performed molecular characterization of methicillin resistance. Additionally, MRSA isolates underwent genotyping by pulsed-field gel electrophoresis (PFGE). For analysis of risk factors, we reviewed the charts of research subjects. Demographics, hospitalizations, procedures and uses of antimicrobials were identified. Univariate and multivariate (logistic regression) were applied. The prevalence identified for S. aureus and MRSA were 17.7% and 3.7%, respectively. Old age and recent hospitalization in hospitals were independent predictors of colonization with S. aureus as a whole, while small or medium-sized facilities and recent hospital admission were associated with carriage of MRSA. In the molecular analysis of 11 MRSA isolates, six were identified as carriers of chromosome cassette SCCmec type II (typically hospital), and two as carriers of SCCmec IV (associated with the community). ...
9

Perfil epidemiológico de idosos residentes em instituições de longa permanência para idosos na cidade de Curitiba, a partir da modelagem de banco de dados / Regina Bueno Ribas Pinto ; orientador, Laudelino C. Bastos ; Samuel J. Moysés

Pinto, Regina Bueno Ribas January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2008 / Inclui bibliografias / O envelhecimento populacional, associado com a prevalência elevada de doenças crônicas, incapacidades e dependências em geral, são aspectos relevantes e determinantes na saúde e cuidados à população idosa. Como resultado, a necessidade de identificar cuid / The population aging, associated with the high prevalence of chronic diseases, incapacities and dependences in general, are relevant and decisive aspects in attention to elderly people. As a result of that, the need to identify caretakers and the difficul
10

Eficácia de medidas de higiene bucal sobre a microbiota oral potencialmente patogênica para pneumonia aspirativa em idosos residentes em instituições de longa permanência

Aguiar, Maria Cecília Azevedo de 31 October 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-30T10:50:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_3004_2006_MARIA CECILIA AGUIAR AZEVEDO AGUIAR.pdf: 739717 bytes, checksum: 2ed67eeca0fca615fac6284e1e19f5f0 (MD5) Previous issue date: 2008-10-31 / A pneumonia aspirativa é um importante problema de saúde pública, devido à alta prevalência, altos índices de morbidade, mortalidade, internações e custos financeiros resultantes, especialmente em indivíduos idosos e institucionalizados. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia in vivo da higiene bucal por meio de medidas mecânicas isoladas e em associação com clorexidina sobre a microbiota oral potencialmente patogênica para pneumonia aspirativa (bactérias aeróbias, Staphylococcus coagulase negativos e Staphylococcus aureus) e sobre o comportamento clínico da microbiota bucal, através da análise do acúmulo de saburra lingual, de idosos residentes em instituições de longa permanência. Para tanto, foi desenvolvido um estudo experimental com 108 sujeitos, divididos em dois grupos experimentais (A - higiene mecânica associada à aplicação tópica de gluconato de clorexidina e B - apenas higiene mecânica) e um grupo controle, no qual nenhuma intervenção foi realizada. No momento inicial, para os três grupos de estudo, foi avaliado o acúmulo de saburra lingual e aplicado um esfregaço com swab de gaze dos tecidos bucais, representativo da boca como um todo, para a realização de culturas e identificação bacteriana pelos procedimentos-padrão. No dia seguinte, foi iniciada a intervenção nos grupos A e B, com freqüência diária e duração de 15 dias. Ao final deste período, foram feitas novas avaliações, que se repetiram após 15 dias sem intervenção. Foram realizadas análises estatísticas descritivas e analíticas, com níveis de significância de 5% e intervalos de confiança de 95%. Ao final da intervenção, as medidas de higiene realizadas nos grupos A e B, em relação ao C, revelaram resultados semelhantes entre si, tendo eficácia estatisticamente significativa na redução da ocorrência de saburra lingual (freqüências em A, B e C, respectivamente, 33,3% X 22,6% X 90%, p < 0,001), de contagem total de aeróbios (medianas em A, B e C, respectivamente, 14,80 X 14,61 X 15,31, p = 0,004) e de Staphylococcus coagulase negativos (medianas em A, B e C, respectivamente, 2,54 X 2,17 X 3,60, p = 0,005), com retorno dessas variáveis próximo aos níveis iniciais após 15 dias do término do tratamento. Contudo, a intervenção não revelou eficácia antimicrobiana sobre S. aureus. Diante do exposto, conclui-se que não há evidências suficientes para indicar o uso da clorexidina nas práticas de higiene bucal com vistas à prevenção contra as pneumonias aspirativas em idosos residentes em instituições de longa permanência, sendo sugeridas, para tanto, as medidas de natureza mecânica. / Aspiratory pneumonia is an important public health problem, due to the high prevalence, high indices of morbidity, mortality, internment and financial costs, especially in institutionalized elderly patients. The objective of this study was to evaluate in vivo buccal hygiene efficacy, using isolated mechanic measures in association with chlorhexidine gluconate, on the oral microbiota potentially pathogenic to the aspiration pneumonia (aerobic bacteria, coagulase-negative staphylococcus and staphylococcus aureus) and the buccal microbiota clinical behavior, by the saburra accumulation analysis in elderly patients resident in longterm care institutions. It was developed an experimental study with 108 patients, divided in two experimental groups (A - mechanical hygiene associated to chlorhexidine gluconate topic application and B - only mechanical hygiene) and a control group, where no intervention was accomplished. At the initial it was evaluated the saburra accumulation and a gauze swab was applied in the oral tissues to carry out the cultures and bacterial identification by pattern-proceedings. In the next day, it was begun an intervention in groups A and B with a daily rate along 15 days. It was accomplished new evaluations, repeated at each 15 days without any intervention. It was carried out descriptive and analytic statistical analysis, with 5% significance level and 95% confidence interval. In the end of the hygiene measures, previously accomplished in groups A and B, revealed similar results when compared to results of group C, showing statistical efficacy in occurrence saburra reduction (frequencies A, B and C, were 33,3% x 22,6% x 90%, respectively, p<0,001), in aerobes total count (medians in A, B and C were 2,45 x 2,17 x 3,6, respectively, p=0,005). By 15 days after the end of the treatment, these variables returned to values near initial levels. However, the intervention did not reveal anti-microbial efficacy on S. aureus. Considering the above, there are not sufficient evidences to indicate the chlorhexidine gluconate use in buccal hygiene practices to aspiration pneumonia prevention in elderly patients resident in long-term care institutions, and mechanical measures should be suggested in these cases.

Page generated in 0.0785 seconds