• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 177
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 182
  • 182
  • 83
  • 72
  • 51
  • 37
  • 31
  • 27
  • 25
  • 22
  • 22
  • 21
  • 20
  • 19
  • 19
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Uma análise da evasão fiscal nos municípios do estado de São Paulo : 1997-2004 /

Ferreira, Jean Carlo Ricieri. January 2009 (has links)
Orientador: Alexandre Sartoris Neto. / Banca: Rogério Gomes / Banca: Luiz Guilherme Dácar da Silva Scorzafave / Resumo: Utilizando-se dos pressupostos da teoria econômica do crime e da sonegação criou-se um modelo de dados em painel com efeitos dinâmicos para analise da evasão fiscal nos municípios do estado de São Paulo. Os principais pressupostos da teoria ficaram comprovados, a influência das variáveis sócio-econômicas na decisão individual de sonegação, bem como a influência da carga tributária, o que demonstra haver um espaço grande ainda para as autoridades fiscais reduzirem impostos e ainda contarem com uma externalidade positiva de redução de sonegadores. A influência da lei, bem como a eficiência da sociedade em combater o crime foi medida por uma variável próxi aqui chamada de taxa de impunidade, os resultados para está variável se mostraram satisfatórios somente quando a ela foi considerada conhecida pelo indivíduo. / Abstract: Not available. / Mestre
2

A análise comparativa do disclosure social de empresas brasileiras e inglesas / Comparative Analysis Based on Social Disclosure of Brazilian and UK Firms. (Inglês)

Araújo Júnior, Jonas Ferreira 29 August 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:32:32Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-08-29 / This paper seeks to answer the following research problem: What are explanations to social disclosure of the Brazilian and British companies in the light of the theories? The general objective, according to the social indicators in the Guidance on Corporate Responsibility Indicators in Annual Reports of UN (Guidance on Corporate Responsibility Indicators in Annual Reports), the main features of the disclosure of social information of the 30 major Brazilian and British companies, classified according to the ranking of the Forbes Global 2000 ( which lists the 2000 largest companies in the world), taking into account sales, profits, assets, and market value), registered in the Stock Market in their countries, and possible explanations to the data obtained in the light of the theories. The six groups of social indicator and sixteen indicators, themselves, which have the company reports recommended by UN, in this research, they represent the categories and subcategories of analyses. It is an exploratory study; the research was bibliographical and literary base, examining the annual reports, social reports, management reports, and the opinions of independent auditors of the companies surveyed; as well as various theories in the search for explanations for the results. This research was based on the qualitative and quantitative studies by use of both non-probabilistic evidence and the relationship between the variables such as size and country of origin of the companies which were analyzed and the disclosure of the content of social information, utilizing technique such as analyses of content and descriptive statistical tools. Analyzing the data, it is clear that the biggest disclosure of the indicator total gross revenues can be explained from the regulative pillar of Institutional Theory; and the indicator voluntary contributions to civil society, from the Theory of Legitimacy. Similarly, the wide disclosure of the indicator voluntary contributions to civil society can also be explained by the cognitive pillar of Institutional Theory. The greatest release of the indicator new investments is assigned to the weight of stakeholders group to whom the information is intended. To the least disclosed, we have the indicator local purchases and number of convictions for violations of law or regulations related to corruption and the indicator the amount of paid or payable fines. Analyzing the data, both from the point of view of quantitative and qualitative, there was no relevant difference of social disclosure due to the variable country of origin or the variable size of the company. This result is consistent with the arguments of Institutional Theory which handles the immediate institutionalism and mimetic isomorphism and is backed on the considerations observed in the Institutional Theories of the stakeholders and Legitimacy. The limitations of this study refer to the small number of companies surveyed, only 60, 30 from each country and the possibilities for analyses, sine the data collected allow analysis in relation to various aspects unverified. It is suggested to reply it, comparing data from global and local Brazilian companies as well as companies from other countries, mainly in South American. Keywords: Disclosure of social information. RSE indicators UN. Institutional theory. stakeholder theory. Theory of legitimacy. / Este trabalho busca responder o seguinte problema de pesquisa: quais as explicações para o disclosure social de empresas brasileiras e inglesas à luz das teorias? O objetivo geral é investigar, segundo os indicadores sociais do Guia de Elaboração de Indicadores de Responsabilidade Corporativa em Relatórios Anuais da ONU (Guidance on Corporate Resposibility Indicators in Annual Reports), as principais características da divulgação de informações sociais das 30 maiores empresas brasileiras e inglesas, classificadas segundo o ranking The Global 2000 da Forbes (que lista as 2000 maiores empresas do mundo, levando em consideração vendas, lucros, patrimônio e valor de mercado), cadastradas em Bolsa de Valores de seus países e as possíveis explicações para os dados obtidos à luz das teorias. Os seis grupos e dezesseis indicadores, propriamente ditos, cuja divulgação nos relatórios das empresas é recomendada pela ONU, representaram, nesta pesquisa, as categorias e subcategorias de análise. Trata-se de um estudo exploratório, em que foram procedidas pesquisas do tipo bibliográfica e documental, examinando-se os relatórios anuais, os relatórios sociais, o relatório da administração e os pareceres dos auditores independentes das companhias pesquisadas, bem como diversas teorias na busca das explicações para os resultados obtidos. Quanto à natureza, trata-se de estudo quantitativo e qualitativo pela utilização tanto de evidências não probabilísticas quanto por procurar estabelecer uma relação entre variáveis como tamanho e país de origem das companhias e o conteúdo das informações sociais divulgadas, utilizando-se nesses casos, de técnicas como a análise de conteúdo e de ferramentas da estatística descritiva. Analisando-se os dados, percebe-se que a maior divulgação do indicador faturamento total bruto, pode ser explicado a partir do pilar regulativo da Teoria Institucional e do indicador contribuições voluntárias à sociedade civil, a partir da Teoria da Legitimidade. Da mesma forma, a grande divulgação do indicador contribuições voluntárias à sociedade civil também pode ser explicado pelo pilar cognitivo da Teoria Institucional. Já a grande divulgação do indicador novos investimentos atribui-se ao peso do grupo de stakehoders, a quem a informação se destina. Quanto aos indicadores menos divulgados, têm-se o de compras locais e o indicador de número de condenações por violações de leis ou de regulamentos relacionados à corrupção e o de valor de multas pagas e ou a pagar. Analisando-se os dados, observou-se que apesar de, do ponto de vista qualitativo, não se ter observado diferença acentuada, as análises estatísticas apontaram para a existência de diferenças significativas. O nível de divulgação das empresas brasileiras e inglesas ficou próximo na análise qualitativa, não se verificando indicação de que a variável país tenha sido causa de uma diferença no comportamento das companhias. Entretanto, nas análises quantitativas observou-se diferença tanto quando se comparou as 60 empresas da amostra como quando se comparou a 15 maiores empresas dos dois países. Esse resultado condiz com as argumentações da Teoria Institucional que tratam do institucionalismo imediato e do isomorfismo mimético, bem como está lastreado nas considerações observadas nas teorias Institucional, dos stakeholders e Legitimidade. As limitações dessa pesquisa se referem ao número reduzido de companhias pesquisadas, apenas 60, sendo 30 de cada país e às possibilidades de análises, uma vez que os dados coletados possibilitam análises em relação a vários aspectos não verificados. Por fim, sugere-se replicar essa pesquisa, comparando-se dados de empresas brasileiras globais e locais, assim como com empresas de outros países, principalmente da América do Sul. Palavras-chave: Divulgação de informações sociais. Indicadores de RSC da ONU. Teoria institucional. Teoria dos stakeholders. Teoria da legitimidade.
3

Os determinantes dos indicadores sociais dos municípios cearenses: annálises para o período de 1991 A 2010

Monteiro, Marcelo de Sousa January 2014 (has links)
MONTEIRO, Marcelo de Sousa. Os determinantes dos indicadores sociais dos municípios cearenses: análises para o período de 1991 a 2010/ Marcelo de Sousa Monteiro. - 2014. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza, 2014. 82f. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2016-08-29T19:20:55Z No. of bitstreams: 1 2014_dis_msmonteiro.pdf: 904847 bytes, checksum: 400f30941678ee9cc9d647024e15c4b3 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2016-08-29T19:21:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dis_msmonteiro.pdf: 904847 bytes, checksum: 400f30941678ee9cc9d647024e15c4b3 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-29T19:21:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dis_msmonteiro.pdf: 904847 bytes, checksum: 400f30941678ee9cc9d647024e15c4b3 (MD5) Previous issue date: 2014 / The motto of public policies in Brazil has been guided by the search for overcoming poverty rates and improvement of living conditions of the population. In this sense, the verification of the effectiveness of such policies have focused on evaluating indicators such as health, education and income, individually or consolidated, as viewed from the human development indicator. This study aims to evaluate the situation of social indicators, mainly health and life expectancy at birth, infant mortality and the Municipal Human Development Index (IDHM), using data from 184 municipalities in Ceara State, with information from demographic census, conducted by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) in the years of 1991, 2000 and 2010, extracted from the Atlas of Human Development in Brazil 2013. The descriptive analysis of the data, indicated, a priori, that the municipalities of Ceara showed a significant improvement in social indicators, as well as a reduction in the disparity. Regarding the econometric models, in general, estimated by fixed effects, it was found that the main determinant is education, or the lack of it, with emphasis on adult illiteracy. / O mote de políticas públicas no Brasil tem se pautado pela busca da superação dos índices de pobreza e pela melhoria das condições de vida da população. Neste sentido, a verificação da efetividade de tais políticas têm se focado na avaliação de indicadores, tais como os de saúde, educação e renda, vistos individualmente ou de forma consolidada a partir do indicador de desenvolvimento humano. Este trabalho visa avaliar a situação dos indicadores sociais, principalmente, de saúde, como a esperança de vida ao nascer, a mortalidade na infância e infantil, bem como o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) dos municípios do Estado do Ceará a partir das informações dos Censos Demográficos realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nos anos de 1991, 2000 a 2010, extraídas do Atlas de Desenvolvimento Humano no Brasil de 2013. A análise descritiva dos dados indicou, a priori, que os municípios cearenses apresentaram uma melhora significativa em seus indicadores sociais, bem como uma redução na disparidade. Em relação aos modelos econométricos, de uma maneira geral, estimados por efeitos fixos, verificou-se que o principal determinante é a educação, ou a falta dela, com ênfase no analfabetismo adulto.
4

Tuberculose e condições de vida: uma análise do estado do Rio de Janeiro, Brasil, 2000 a 2002 / Tuberculosis and conditions of life: an analysis of the state of Rio de Janeiro, Brazil, from 2000 to 2002

Fasca, Sheila Fagundes January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-06T01:11:34Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 1106.pdf: 1520303 bytes, checksum: 98356ee459805099b1f18bfcbc3b2f18 (MD5) Previous issue date: 2008 / A tuberculose é uma enfermidade conhecida tradicionalmente como um marcador de condições de vida precárias das populações. Assim, acreditava-se que com o desenvolvimento sócio-econômico das sociedades, a doença seria controlada. Contudo, a endemia no Brasil se constitui em problema de grande magnitude, um desafio para os serviços de saúde, para o conhecimento científico e para as políticas públicas. No estado do Rio de Janeiro (ERJ), a incidência da doença, de 80 por 100.000 habitantes em 2005, é uma das taxas mais elevadas registradas no país, e quase o dobro da média nacional (43,8 por 100.000 hab). No entanto, dados relativos a indicadores de condições econômicas, de vida e mortalidade demonstram situação favorável deste estado em relação a outros estados do Brasil. O ERJ registrou, em 2005, um dos maiores PIB p/c do Brasil (R$ 16.052,00). No que tange a indicadores de condição de vida, classificou-se na 5ª melhor posição no ranking do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) no ano 2000. Dados relativos à mortalidade também apontam o estado em melhor situação. Enquanto o coeficiente de mortalidade infantil no ERJ em 2004 era de 17,24/1000 hab nascidos vivos, no estado de Alagoas este coeficiente era de 47,1. O objetivo deste estudo foi analisar a distribuição espacial da tuberculose no ERJ relacionada com as condições de vida, no período 2000-2002, buscando compreender, no nível coletivo, a distribuição espacial desta endemia nesta unidade territorial.Para tanto, foi realizado um estudo ecológico no qual as unidades territoriais de análise foram os 91 municípios do ERJ no ano 2000. Para algumas análises preliminares estes municípios foram agrupados segundo áreas de concentração populacional. Os dados coletados são provenientes do SINAN/RJ, DATASUS, Censo demográfico de 2000 (IBGE), CIDE/RJ , IPEA e PNUD. Foram selecionados alguns indicadores de condição de vida (IDH-M, proporção de pobres, índice de Gini e densidade de pobres). / Para analisar a relação entre a incidência média de tuberculose e as condições de vida, no nível agregado de município, foram utilizadas técnicas de análise de regressão linear simples, e múltipla e, também de geoprocessamento.Os resultados preliminares apontam as áreas MRJ e RM como aquelas em que a doença mais incide. No que se refere aos resultados relativos a associação entre tuberculose e indicadores de condição de vida e AIDS, observou-se correlações significativas entre tuberculose e proporção de pobres, índice de Gini Renda, Log da densidade de pobres, e incidência média de AIDS 2000-02. A análise de regressão linear simples apontou que a AIDS explica cerca de um terço da variação total da tuberculose neste período, enquanto os resultados da análise de regressão linear múltipla demonstram que 50 por cento da variação da incidência da tuberculose pôde ser explicada por um conjunto de indicadores (índice de Gini, densidade de pobres e taxa de incidência média de AIDS). Nos resultados da análise espacial verifica-se que a tuberculose no período estudado, esteve mais concentrada nas áreas MRJ e RM. A distribuição espacial da densidade de pobres por sua vez , mostrou um padrão de distribuição de justaposição em relação à tuberculose, no que tange as áreas MRJ e RM. Estes resultados demonstram que, a dinâmica de transmissão da tuberculose no ERJ, no intervalo analisado, se constitui em um problema de saúde de áreas urbanas, com alta concentração populacional, mas, sobretudo, com alta densidade de pobres, onde a presença de indivíduos suscetíveis à doença é muito acentuada. O padrão epidemiológico evidenciado aponta indiretamente o segmento dos vulneráveis, como o grupo social que está mais exposto à doença.
5

Relação entre indicadores do ensino superior e indicadores das contas públicas e sociais nos municípios do estado do Paraná /

Marcello, Idair Edson, 1971-, Scarpin, Jorge Eduardo, 1977-, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. January 2012 (has links) (PDF)
Orientador: Jorge Eduardo Scarpin. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis.
6

Avaliação econômica e social de projetos de irrigação : o caso do nordeste brasileiro

Araujo, Orlando de 08 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Economia, 2001. / Submitted by Debora Freitas de Sousa (deborahera@gmail.com) on 2009-07-23T14:16:05Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao_Clayton_Andreoni_Batista.pdf: 829557 bytes, checksum: 9e5e975ffa856f3387a36b598e361d38 (MD5) / Rejected by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br), reason: Débora, O arquivo incluído é de outro autor. Por favor, substitua o arquivo pelo o Orlando. Obrigada! Jacqueline on 2009-07-24T14:48:31Z (GMT) / Submitted by Debora Freitas de Sousa (deborahera@gmail.com) on 2009-07-24T14:52:24Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao_Orlando_Araujo.pdf: 508995 bytes, checksum: dd438b81deb1d85fbf899b926eeda769 (MD5) / Approved for entry into archive by Tania Milca Carvalho Malheiros(tania@bce.unb.br) on 2009-07-27T14:30:31Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertacao_Orlando_Araujo.pdf: 508995 bytes, checksum: dd438b81deb1d85fbf899b926eeda769 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-07-27T14:30:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao_Orlando_Araujo.pdf: 508995 bytes, checksum: dd438b81deb1d85fbf899b926eeda769 (MD5) Previous issue date: 2001-08 / Este trabalho aborda aspectos relacionados a irrigação no nordeste do Brasil, com foco nos processos econômicos e sociais. Inicialmente, é feita uma descrição do papel da irrigação nesta região justificando a avaliação dos projetos irrigatórios. Segue-se fazendo uma síntese do custo-benefício de tais empreendimentos. Num outro momento, através de indicadores de produção e produtividade, avalia-se se o crescimento econômico-social naquela região foi satisfatório. Conclui-se apresentando as principais consequências das análises realizadas no decorrer do trabalho.
7

Avaliação da insegurança alimentar e nutricional em um consórcio de segurança alimentar e desenvolvimento local CONSAD na Bahia.

Ribeiro, Joelma Cláudia Silveira 07 May 2013 (has links)
Submitted by Hiolanda Rêgo (hiolandar@gmail.com) on 2013-05-07T16:48:45Z No. of bitstreams: 1 Dissertação_Nut_ Joelma Ribeiro.pdf: 1306722 bytes, checksum: a060a5eeab050a410e5b0ccfc2e2b751 (MD5) / Approved for entry into archive by Flávia Ferreira(flaviaccf@yahoo.com.br) on 2013-05-07T19:18:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação_Nut_ Joelma Ribeiro.pdf: 1306722 bytes, checksum: a060a5eeab050a410e5b0ccfc2e2b751 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-05-07T19:18:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação_Nut_ Joelma Ribeiro.pdf: 1306722 bytes, checksum: a060a5eeab050a410e5b0ccfc2e2b751 (MD5) / CAPES / O Brasil conta na atualidade com marco legal para a promoção e garantia da Segurança alimentar e nutricional - SAN, integrando a criação do sistema de segurança alimentar – SISAN em todos os níveis de governo e a política nacional de SAN. O desafio de construir um sistema de SAN municipal envolve informações e conhecimento sobre a situação a ser enfrentada e seus determinantes, e estes são geralmente deficientes ou inexistem em municípios menores. No Brasil, por outro lado, há uma tendência de focalizar os territórios no enfrentamento de problemas sociais, entendendo-se ser esta uma forma de promover maior impacto na alteração das condições de vida das pessoas. A criação dos Consórcios de Segurança Alimentar e Desenvolvimento Local – CONSADs atende a este objetivo. Este estudo, avaliou a situação de segurança alimentar e seus determinantes em municípios baianos integrantes do CONSAD Vale do Jiquiriçá, contemplando uma metodologia direta, pela aplicação em domicílios da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar – EBIA e de um questionário sócio-econômico. A amostra domiciliar constituiu-se de 2.002 domicílios, em oito municípios do CONSAD. Encontrou-se insegurança alimentar em 70,3% dos domicílios, com predomínio da insegurança grave e moderada (36,0%). A IA mostrou-se fortemente associada as variáveis, renda familiar per capita, número de moradores por domicílios, indicador ambiental. Conclui-se que com as avaliações realizadas compôs-se um quadro capaz de orientar a ação pública na direção da SAN de uma forma geral, para todo o município, e considerando as condições de vida nos domicílios particulares, conformando também uma base para o desenho do SISAN e possibilitando o acompanhamento e avaliação do realizado. / Salvador
8

Condicionantes socioambientais com influência da urbanização na transmissão de dengue: impactos à saúde pública / With environmental constraints influence of urbanization on the transmission of dengue: public health impacts

Horta, Marco Aurélio Pereira January 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2014-05-29T12:01:37Z (GMT). No. of bitstreams: 4 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 0000043.pdf: 3328107 bytes, checksum: e9d4b39c67512fe008765e25d8d616ed (MD5) 0000043.pdf.txt: 247417 bytes, checksum: e59f7b9045e5f686c912c822216a6f58 (MD5) 0000043.pdf.jpg: 1199 bytes, checksum: 1a019edbe6f4ff02d0f7d9103a01cc7c (MD5) Previous issue date: 2013 / A presente dissertação engloba seis estudos que enfocam os fatores socioambientais que influenciam a vulnerabilidade local à dengue. Métodos estatísticos foram aplicados para analisar por um período de 14 anos (1999-2013), com destaque para 2008 e 2009, a incidência cumulativa de todos os casos de dengue registrados na população de Coronel Fabriciano, Minas Gerais, Brasil. Dados socioeconômicos e sociodemográficos, e variáveis, tais como, tamanho da população, educação, ocupação, riqueza e as condições de vida, complementaram a coleta de dados. Estes foram mapeados por incidência de dengue para comparar o padrão espacial global da doença por meio de ferramentas de análise espacial. Os resultados deste estudo mostram que a expansão urbana pode exercer um efeito sobre as taxas de dengue na região, de modo que aqueles locais com crescimento recente e desordenado, sem ainda condições ideais de infraestrutura urbana, podem se tornar hotspots de distribuição de casos, aumentando assim o risco de novas epidemias. Os regimes pluviométricos e de temperatura da região podem determinar o risco de dengue uma vez que as chuvas propiciam condições ideais para a formação de criadouros para o mosquito vetor Aedes aegypti. Os resultados mostram que existe um período de tempo ótimo até a aparecimento da epidemia, dado que a chuva e a temperatura influenciam diretamente o período de incubação intrínseca e extrínseca do vírus da dengue. As epidemias de dengue verificadas ao longo dos anos se fazem de modo exponencial, com um grande aumento no número de casos em um breve período de tempo. / Esse crescimento pode influenciar a força de infecção da doença, ou seja, a taxa com que o vírus é passado das pessoas susceptíveis para o vetor, e novamente para a população susceptível, sustentando assim a epidemia. Os dados sugerem o efeito de variáveis socioeconômicas sobre as taxas de incidência de dengue e sua distribuição no espaço, além de encontrar relações com aqueles locais que experimentou aumento ou redução da doença. Os resultados mostraram a complexidade dos fatores associados à incidência de dengue no município de Coronel Fabriciano, que envolve fatores socioambientais urbanos, em diferentes escalas espaciais e temporais.
9

Análise das escolhas do curso superior pelos certificandos participantes do ENEM, que ingressaram em uma IES, por meio do SISU, no período 2012-2014

Paula, Teófilo Francisco de January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Métodos e Gestão em Avaliação, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2015-11-10T03:08:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 336055.pdf: 1617802 bytes, checksum: 76c7f0da47896ab162fdcbcc239929ba (MD5) Previous issue date: 2015 / A presente pesquisa apresenta uma análise do perfil dos certificandos do Ensino Médio por meio do ENEM, que conseguiram ingressar em uma das Instituições de Ensino Superior através do SISU, no período entre 2012 a 2014, visando ampliar as discussões sobre políticas públicas para essa parcela da população. Foi considerada a influência dos capitais socioeconômico, cultural e escolar nessas escolhas, levando-se em conta a teoria disposicionalista, de Pierre Bourdieu e da teoria racionalista, segundo Raymond Boudon. A base desse estudo é composta por dados socioeconômicos dos questionários do ENEM (edições de 2011 a 2013), disponibilizadas pelo INEP, e de dados sobre as matrículas, segundo o SISU/MEC. Foram desenvolvidas as técnicas estatísticas de análise exploratória de dados, análises de correspondência e regressão logística multinomial visando atingir o objetivo principal desse estudo. São apresentadas probabilidades da escolha de cursos em diversos cenários, indicando o comportamento das variáveis no contexto dessas escolhas. Foi observado, por exemplo, que, indivíduos com renda familiar mais baixa têm mais probabilidades de escolher cursos de tradicionais, supostamente de menor prestígio, como da área educacional, e aqueles que possuem renda familiar mais alta têm maiores probabilidades para optar por cursos supostamente mais prestigiados, como os da área de Engenharia, Produção e Construção.<br> / Abstract : This research presents an analysis of the certificated students profiles from the high school through ENEM, who managed to join one of the Higher Education Institutions through the SISU, between 2012 to 2014, aiming to expand discussions on public policies for this segment of the population. It was taken into consideration the influence of socioeco-nomic, cultural and academic perspectives in these choices, taking into account the dispositionalist theory of Pierre Bourdieu and rationalist theory according to Raymond Boudon. The basis of this study consists of socioeconomic data ENEM questionnaires (editions 2011 to 2013), made available by INEP, and data on enrollment, according to the SISU / MEC. Statistical techniques of exploratory data analysis, correspond-ence analysis and multinomial logistic regression were developed aim-ing to achieve the main goal of this study. The probabilities of major choices are presented in different scenarios, indicating the behavior of the variables in the context of those choices. It was observed, for exam-ple, that individuals with lower family income are more likely to choose traditional majors, supposedly less prestigious, such as the educational field, and those with higher household income are more likely to opt for allegedly more prestigious majors, such as Engineering, Production and Construction fields.
10

Distribuição espacial e determinantes sociais de saúde na população com AIDS no Ceará / Spatial distribution and social determinants of health in the population with aids in Ceará

Paiva, Simone de Sousa January 2013 (has links)
PAIVA, Simone de Sousa. Distribuição espacial e determinantes sociais de saúde na população com AIDS no Ceará. 2013. 147 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2013. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2013-11-27T12:21:56Z No. of bitstreams: 1 2013_tese_sspaiva.pdf: 4153666 bytes, checksum: 2a9f20bb46c0f49d0167456612fa265e (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2013-11-27T12:22:48Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_tese_sspaiva.pdf: 4153666 bytes, checksum: 2a9f20bb46c0f49d0167456612fa265e (MD5) / Made available in DSpace on 2013-11-27T12:22:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_tese_sspaiva.pdf: 4153666 bytes, checksum: 2a9f20bb46c0f49d0167456612fa265e (MD5) Previous issue date: 2013 / Despite scientific advances in HIV treatment and the specific public policy for the infected population, aids represents a severe health problem that affects more vulnerable groups. Therefore, when treating HIV-positive people, the social determinants of the health-disease process need to be taken into account. The goal is to analyze the spatial distribution of aids patients in the State of Ceará, Brazil, and its association with social determinants of health. In this cross-sectional ecological study, individuals with aids aged 13 years or older were considered, who lived in Ceará and had been notified between 2001 and 2011 in the Brazilian Case Registry Database. Sociodemographic variables were used that were collected from the State Health Secretary; socioeconomic, environmental and health data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics, from the Informatics Department of the Brazilian Unified Health System and from the Primary Healthcare Department. Epidemiological and social indicators were constructed based on the Theoretical Model of Social Determination suggested by Whitehead and Dahlgren. For individual data analysis, SPSS 20.0 software was employed. Tests were applied for comparison of proportions (Fisher’s exact or Pearson’s chi-square), comparison of means (Student’s t), correlation between dependent variable and its regressor variables (Pearson) and a test to verify the normality of the dependent variable (Shapiro-Wilk). Inferential analyses with ρ inferior to 0.05 were considered statistically significant. For socio-environmental and health data, geoprocessing and geo-analysis methods were used. To identify spatial clusters, the mean aids rate for the period was calculated and related to the vector map of Ceará, using the software ArcGis10.1. Spatial self-correlation was verified through Moran’s index. The Global Linear Regression Model was useful for multivariate analysis. Risk maps were constructed for the formation of aids clusters throughout the time series. Approval was obtained from the Ethics Committee of the State Health Secretary under protocol 203.911. Aids is increasing in Ceará, with a mostly male, adult population living in the state capital. It was observed that the epidemic is expanding among women, young people and in the interior of the state. Drugs use prevails among young people and people with low education levels. A growing trend of the disease is observed among people with seven to 11 years of education, with a statistically significant difference between the sexes. The Social Support and Specialized Health Network for aids is concentrated in the Metropolitan Region of the State. Aids clusters with high rates were verified in the Coastal Region and in areas close to the border with the State of Piauí, probably linked to tourism and migration processes. The aids rates were associated with most of the socioeconomic indicators studies. A positive relation was observed between aids and economic inequalities. An inverse association was verified between the problem and primary care. The risk of clusters was verified primarily in the hinterland of the State and a greater relative risk in cities in the Northeast of Ceará throughout the time series. As concluded, aids in Ceará is marked by areas of spatial dependence and the disparities in socioeconomic and health access conditions produce preponderant determinations for illness caused by HIV. / Apesar de avanços científicos no tratamento ao HIV e de política pública específica à população infectada, a aids se constitui em sério problema de saúde, que acomete grupos mais vulneráveis. Desta forma, ao tratar de pessoas vivendo com HIV é necessário levar em conta os determinantes sociais relacionados ao processo de saúde-doença. Objetiva-se analisar a distribuição espacial de pacientes com aids no Estado do Ceará, Brasil, e sua associação com determinantes sociais de saúde. Estudo ecológico transversal, considerou-se indivíduos com aids, de idade igual ou superior a 13 anos, residentes no Ceará, notificados entre 2001 e 2011 pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Trabalhou-se com variáveis sociodemográficas obtidas na Secretaria da Saúde do Estado, dados socioeconômicos, ambientais e de saúde do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde do Brasil e do Departamento de Atenção Básica. Construíram-se indicadores epidemiológicos e sociais baseados no Modelo Teórico de Determinação Social sugerido por Whitehead e Dahlgren. Para análise dos dados individuais empregou-se o software SPSS 20.0. Testes foram aplicados para comparação das proporções (exato de Fisher ou qui-quadrado de Pearson), comparação de médias (t de Student), correlação entre variável dependente e suas regressoras (teste de Pearson) e teste para aferir a normalidade da variável dependente (Shapiro-Wilk). Foram consideradas estatisticamente significantes análises inferenciais de ρ inferior a 0,05. Para dados socioambientais e de saúde foram utilizados métodos de geoprocessamento e de geoanálise. Para identificação de aglomerados espaciais, calculou-se taxa média de aids do período e relacionada com o mapa vetorial do Ceará, através do programa ArcGis10.1. Autocorrelação espacial foi verificada pelo índice de Moran. O Modelo de Regressão Linear Global foi útil para análise multivariada. Foram construídos mapas do risco relativo à formação de aglomerados de aids ao longo da série temporal. Obteve-se aprovação do Comitê de Ética da Secretaria da Saúde do Estado, sob protocolo n° 203.911. A aids é crescente no Ceará, com maioria masculina, adulta, residente na Capital. Foi observado processo de feminização, juvenização e interiorização da epidemia. O uso de drogas é prevalente entre jovens e pessoas de baixa escolaridade. Ocorre tendência crescente da doença entre pessoas com sete a onze anos de estudo, e diferença estatística significativa entre os sexos. A Rede Social de Apoio e de Saúde Especializada para aids concentra-se na Região Metropolitana do Estado. Clusters de aids com altas taxas foi verificada na Região Litorânea e em áreas próximas à fronteira do Piauí, provavelmente vinculados ao turismo e aos processos migratórios. As taxas de aids foram associadas com a maioria dos indicadores socioeconômicos estudados. Observou-se relação positiva entre aids e desigualdades econômicas. Foi verificada associação inversa entre o agravo e a atenção primária. Constatou-se risco para clusters de aids primeiramente nos Sertões do Estado e maior risco relativo em municípios do Noroeste Cearense ao longo da série temporal. Segundo se conclui, a aids no Ceará possui áreas de dependência espacial e as disparidades socioeconômicas e de acesso à saúde geram determinações preponderantes ao adoecimento pelo HIV.

Page generated in 0.0679 seconds