• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3372
  • 63
  • 63
  • 61
  • 56
  • 37
  • 26
  • 24
  • 17
  • 15
  • 14
  • 14
  • 14
  • 8
  • 6
  • Tagged with
  • 3449
  • 3449
  • 1320
  • 1241
  • 714
  • 662
  • 652
  • 546
  • 528
  • 458
  • 323
  • 319
  • 304
  • 293
  • 264
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Evidenciação ambiental

Ribeiro, Alex Mussoi 24 October 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Contabilidade, Florianópolis, 2009. / Made available in DSpace on 2012-10-24T11:02:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 271982.pdf: 1351530 bytes, checksum: 1d03c4ba1e9af4ce21ebbe763ca62210 (MD5) / Apesar da forte ascensão das práticas de evidenciação ambiental nas últimas décadas, ainda existem muitas críticas sobre a sua forma e, principalmente, sobre o conteúdo ambiental que é divulgado nos relatórios corporativos. As principais falhas detectadas em trabalhos anteriores estão relacionadas com a falta de uniformidade, profundidade, objetividade, continuidade e credibilidade das informações ambientais divulgadas no meio corporativo (GRAY; BEBBINGTON, 2001; COSTA; MARION, 2007; DEEGAN; GORDON, 1996; SKILLIUS; WENNBERG, 1998; DEEGAN; RANKIN, 1996). Diversos autores defendem que uma maneira para transpor essas limitações seria regulamentar a divulgação de informações ambientais nos relatórios corporativos (GRAY; BEBBINGTON, 2001; GRAY et al, 1996; MALTBY, 1997; NYQUIST, 1997; BEETS; SOUTHER, 1999; HARTE; OWEN, 1991; JAFFE et al, 1995). As companhias, por sua vez, se respaldam na teoria do stakeholder e afirmam que a regulamentação iria, apenas, aumentar seus custos de divulgação, além de dificultar a sua competitividade externa (GRAY et al, 1993; COOPER, 1992). Baseado nessa discussão entre tornar o disclosure ambiental obrigatório ou não, o objetivo desta pesquisa foi, primeiro, verificar se as práticas de evidenciação ambiental das companhias reagem aos diferentes estímulos regulatórios e, se a resposta fosse positiva, de que forma isso acontece. Para o desenho metodológico optou-se por uma abordagem descritiva de cunho predominantemente quantitativo. A amostra foi selecionada de empresas do setor de petróleo e gás natural de quatro países com similaridades culturais: os Estados Unidos, o Canadá, a Inglaterra e a Austrália. Os dados analisados foram coletados nos relatórios anuais no ano de 2007. Para classificar os dados ambientais utilizou-se uma escala adaptada de dois trabalhos consagrados no meio de evidenciação ambiental, o estudo de Clarkson et al (2008) e o de Wiseman (1982). Os resultados mostraram que a evidenciação ambiental obrigatória é positiva, com algumas ressalvas. O teste estatístico comprovou que existem diferenças significativas entre os países mais regulados em comparação com os menos regulados e essas diferenças foram maiores nos itens de divulgação obrigatória e isso comprova que os países reagem a diferentes estímulos regulatórios. Quanto aos aspectos qualitativos, as informações ambientais obrigatórias se mostraram coerentes com o padrão regulatório de cada país e foram mais objetivas e uniformes se comparadas com as informações voluntárias. Nas informações ambientais coletadas nas demonstrações contábeis o resultado foi similar ao do outro grupo de informações. As principais conclusões desta pesquisa foram: as companhias do setor de petróleo analisadas reagem aos diferentes estímulos regulatórios de evidenciação ambiental e existem pontos positivos (maior uniformidade e maior objetividade) e negativos (foco na conformidade e mecanismos de coerção ineficazes) no disclosure ambiental obrigatório. / In spite of a significant increase in environmental reporting practices over the past decade, there are still many flaws within the disclosure process of environmental information, and also in the format in which the data is published in the corporate reports. The main flaws detected in previous works are related to a lack of uniformity, depth, objectivity, continuity and credibility of the environmental information disclosed in the corporate world (GRAY; BEBBINGTON, 2001; COSTA; MARION, 2006; DEEGAN; GORDON, 1996; SKILLIUS; WENNBERG, 1998; DEEGAN; RANKIN, 1996). Many authors have suggested that the way to reduce these limitations would be to standardize or regulate the disclosure of environmental information in the corporate reports (GRAY; BEBBINGTON, 2001; GRAY et al, 1996; MALTBY, 1997; NYQUIST, 1997; BEETS; SOUTHER, 1999; JAFFE et al, 1995). The companies, in turn, rely on the stakeholders theory, which claims that mandatory environmental disclosure would not only increase the companys production costs but also hinder its ability to compete (GRAY et al, 1993; COOPER, 1992). Based on different opinions concerning the need for mandatory environmental disclosure, the main purpose of this research will be twofold: (1) to verify whether or not the companys environmental reporting practices react to different regulatory stimuli, and (2) to see how these practices might be implemented in the event that the reaction to a regulatory stimulus is positive. The method of research chosen was of a descriptive and predominantly quantitative nature. The companies selected as samples were from the oil and natural gas sectors from four different countries who share cultural similarities, such as the United States, Canada, England and Australia. The environmental information was collected from annual reports year ended 2007. In order to classify the environmental data used, a suitable comparative analysis of two consecrated works was used - the study of Clarkson et al (2008) and the study of Wiseman (1982). The results of these studies showed that mandatory environmental disclosure is a positive event, but with a few reservations. The statistical tests proved that there are significant differences between the regulated and the unregulated countries, and the greatest differences were found when mandatory disclosure was utilized, thus proving that countries can indeed react to different regulatory stimuli. As for the qualitative aspects of this research, the mandatory environmental information seemed to be more consistent and coherent with the regulatory standards of each country, with the data being more objective and uniform when compared with the information which was released voluntarily. Within the environmental information collected from the accounting reports, the results were similar when compared to the other reported information. The two main conclusions of this research were that: (1) the oil sector companies analyzed did indeed react to the different regulatory environmental disclosures, and (2) that there were positive aspects (more consistent uniformity and greater objectivity) and negative aspects (a focus on the conformity and inefficiency of the coercion mechanisms) of these mandatory environmental disclosure practices.
2

Valoração de danos a ecossistemas florestais naturais em perícias criminais ambientais no estado da Bahia

Klotz, Alexandre Otto January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Perícias Criminais Ambientais, Florianópolis, 2016 / Made available in DSpace on 2016-09-20T04:44:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 339952.pdf: 1424321 bytes, checksum: ad0238d78fe1746c28e6be426f259fe2 (MD5) Previous issue date: 2016 / A valoração ambiental é tema complexo cada vez mais discutido tanto no meio acadêmico como nos órgãos responsáveis pelas perícias criminais. A valoração de danos contra o meio ambiente desempenha papel de grande importância no laudo pericial, pois, além de atender exigência legal, dá subsídios ao juízo e à sociedade para conhecer qual é o impacto monetário ocasionado pelas atividades antrópicas ilícitas perniciosas ao meio ambiente. Este trabalho propõe adaptação de metodologia de valoração baseado no método dos custos de reposição para determinação do valor de uso direto e o método da capitalização da renda para determinação do valor de uso indireto. Foi desenvolvida fórmula matemática para agregar esses dois valores a fim de se determinar o valor de dano ao ecossistema florestal (VDEF). Os custos de reposição empregados foram baseados nos custos de restauração florestal para tipologias vegetais dos três biomas ocorrentes no Estado da Bahia: Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga. Esses custos foram inseridos em planilha eletrônica e foram atrelados à formula de cálculo do VDEF, o que permite sua atualização ao longo do tempo. A utilização do método proposto foi avaliada mediante a aplicação de estudos de caso. Os resultados demonstraram que o método atende aos critérios de objetividade, simplicidade e justiça, pois está baseado em conceitos de ecologia florestal bastante conhecidos pela ciência, não exigindo levantamentos demasiadamente demorados e dispendiosos em campo e atribuindo a florestas em estágios sucessionais mais avançados valores maiores de uso direto e indireto. <br> / Abstract : Environmental valuation is a complex topic increasingly discussed both in academic circles and in the institutions responsible for forensic expertise analysis. The valuation of damage to the environment plays major role in the expert report because, in addition to meeting legal requirements, it gives subsidies to the judgment and to the society to know what is the monetary impact caused by the illegal human activities harmful to the environment. This project proposes adaptation of environmental valuation based on replacement cost method for determining the direct use value and the income capitalization approach for determining the indirect use value. Mathematical formula were developed to add these two values in order to determine the damage to the forest ecosystem value (VDEF). Replacement costs were based on forest restoration costs for the three biomes occurring in the state of Bahia: Mata Atlântica, Cerrado and Caatinga. These costs have been entered into an electronic spreadsheet and have been linked to the formula for calculating the damage to the forest ecosystem value, allowing updates over time. The use of the proposed method has been carried out by applying case studies. The results showed that the method meets the standards of objectivity, simplicity and justice, as it is based on forest ecology concepts well-known to science, it does not require timeconsuming and costly field surveys and it assigns forests in later successional stages higher direct and indirect use values.
3

Aplicação do método da eletrorresistividade na investigação e mapeamento da contaminação por cemitérios : o exemplo do cemitério da Vila Rezende, Piracicaba/SP /

Silva, Robson Willians da Costa. January 2008 (has links)
Orientador: Walter Malagutti Filho / Banca: Antonio Celso de Oliveira Braga / Banca: Alberto Pacheco / Resumo: Este trabalho investigou e mapeou a contaminação por necrochorume da água subterrânea no aqüífero freático do cemitério de Vila Rezende, situado na zona norte do município de Piracicaba - São Paulo, Brasil. Para tanto, foi aplicado o método da eletrorresistividade, por meio das técnicas de sondagem elétrica vertical (SEV) e imageameanto elétrico (2D), arranjos schlumberger e dipolo-dipolo respectivamente, sendo a primeira com objetivo de estudar a distribuição do parâmetro resistividade elétrica verticalmente (1D) e a outra verticalmente e horizontalmente (2D e 3D). Os resultados da SEV indicam uma profundidade do nível freático entre 3,1 e 5,1 m na época de estiagem, com dois sentidos de fluxo subterrâneo, sendo um sentido a SW e o outro a SE. A subsuperfície do cemitério apresenta uma camada pouco espessa de aterro com sedimentos de textura arenosa, predominando logo abaixo sedimentos argilosos da Formação Corumbataí e diabásio das Intrusivas Básicas respectivamente. O cemitério apresenta condições fisico-químicas dos materiais em subsuperfície desfavoráveis para percolação do necrochorume, mas facilita o fenômeno de saponificação dos cadáveres. Os resultados obtidos das linhas de imageamento elétrico (2D) indicam duas prováveis plumas de contaminante em zona não-saturada, uma na direção SW e outra a SE, ambas seguindo a direção do fluxo subterrâneo. Mas em zona saturada predomina uma pluma a SE sob as quadras Q - 08, 04 e 01, e também fora dos limites do cemitério. As áreas com baixa resistividade (anomalia condutiva), apresentadas nas seções geoelétricas e nos mapas de resistividade elétrica, demonstram que a contaminação tem ligação com a profundidade do nível freático e com o tempo de sepultamento. Por meio dos resultados obtidos, como localização e expansão das prováveis plumas, foram locados seis poços de monitoramento. / Abstract: This work investigated and mapped the contamination for necrochorume of the groundwater in the freatic aquifer of Vila Rezende's cemetery, located in the north area from Piracicaba - São Paulo, Brazil. For that, electrical resistivity method was applied using vertical electric sounding (VES) and 2D electrical imaging techniques, schlumberger and dipole-dipole arrays respectively, being the first with the objective to investigate the electric resistivity vertically (1D) and the other vertically and horizontally (2D and 3D). The results of VES indicate a depth of water table among 3,1 and 5,1 m in drought, with two flow directions, being a the SW and another the SE. Cemetery underground presents a fine layer of embankment with sediments of sandy texture, prevailing soon lowers clayey sediments of the Corumbataí Formation and diabase of the Basic Intrusive respectively. The cemetery presents physicalchemistry geological conditions unfavorable for percolation of the necrochorume, but facilitates the phenomenon of human corpse saponification. The obtained results of the lines of electrical imaging (2D) indicate two probable contamination plume in unsaturated zone, a in SW and another to SE direction, both following the groundwater flow. But in saturated zone prevails a plume at SE under the blocks Q - 08, 04 and 01, and also out of the cemetery of the limits. The areas with low resistivity (conductive anomaly), presented in the geoelectrical sections and in the electrical resistivity maps, demonstrate that the contamination has connection with the depth of the water table and time of burial. Through the obtained results, as location and expansion of the probable plumes, were suggested six monitoring wells. The applied methods in this work demonstrated as an important indirect instrument for evaluation of the environmental quality in cemeteries. / Mestre
4

A temática ambiental nas séries iniciais do ensino fundamental : concepções reveladas no discurso de professoras sobre sua prática /

Manzano, Maria Anastácia. January 2003 (has links)
Orientador : Renato Eugênio da Silva Diniz / Banca: Denise de Freitas / Banca: Renato Eugênio da Silva Diniz / Resumo: O objetivo do presente trabalho foi investigar as concepções de professores, das séries iniciais do Ensino Fundamental do Município de Botucatu - SP, sobre a temática do meio ambiente, procurando conhecer a importância atribuída a esse tema, avaliar como esses profissionais estão interagindo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), e caracterizar as atividades de educação ambiental desenvolvidas por eles. Para tanto, foram realizadas entrevistas com 21 professoras das séries iniciais de Escolas Estaduais do município de Botucatu - SP, onde foram levantadas questões sobre meio ambiente e atividades relacionadas a esse tem. Foram determinados quatro eixos de análise: 1) informações sobre a caracterização geral das professoras entrevistadas, e a parte referente ao tema meio ambiente na formação inicial e continuada de professores; 2) a importância do tema meio ambiente na escola, e o papel da escola na discussão desse tema; 3) resultados e as discussões sobre a posição das professoras com relação aos PCN; 4) abordagens, em sala de aula, do tema meio ambiente, onde estão contidos dados sobre os assuntos tratados e sobre as atividades desenvolvidas, além das dificuldades e das fontes de informação sobre o tema. Considerando esse quarto eixo, estabelecemos três perspectivas para as professoras entrevistadas: 1) Perspectiva Conteudista - o meio ambiente é visto como um simples tema, como outros que compõem as disciplinas, cabendo dentro do currículo, com dia e hora certa para ser tratado; 2) Perspectiva Crítica - professoras que tratam o tema meio ambiente dentro de uma questão ambiental mais ampla, fazendo parte de condutas do dia-a-dia e participando da formação de valores e atitudes; 3) Perspectiva Intermediária - entre as anteriores, professoras que parecem ser "conscientes" em relação aos... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The objective of this study was to investigate the teachers concepts of early grounds of Elementary School about environmental subject. The specific objectives were: to recognize the importance that teachers attributed to environmental subject, evaluated how these teachers are interacting with the National Curricular Parameters (PCN) and to characterize the activities of environmental education developed by these teachers. Interviews were taken with 21 teachers of early grounds from public schools in Botucatu city - São Paulo state - Brazil, and questions about environmental and related activities were made. The analyses conduct us to four big axles: 1) general characterization of the interviewed teachers and how environmental themes were studied in their initial and continuous instruction, 2) importance of environmental issues from school and the school's participation about this theme, 3) results and discussions about teachers positions about PCN, and 4) environmental approach in classroom, where information about it are found and the activities developed in classroom as soon as difficulties and source of information about the theme. Three conceptual perspectives were established: 1) Thematic Perspective - where the environmental is as a simple theme, like many others issues inserted at curriculum, with exact day and time established to be discussed, 2) Critical Perspective - at the extreme opposite side, where teachers treat the Environmental theme inside a environmental matter, being a part of daily acts and development of values and attitudes, and 3) Intermediary Perspective - between the two others perspectives, where teachers seams to have a "conscience" about the environmental problems and citizenship, but their actions reduced the theme to a few activities in classroom, as lectures... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
5

Geração de energia elétrica fotovoltaica distribuída por pequenos consumidores domésticos no Paraná : potencialidades e aspectos sócio-ambientais

Breham, Marcos Alfred January 2014 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Elisandro Pires Frigo / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Defesa: Curitiba, 12/2014 / Inclui referências / Resumo: O principal objetivo do trabalho é analisar o panorama atual da micro geração fotovoltaica distribuída por pequenos consumidores no Estado do Paraná, para inferir se tal tecnologia seria viável como possível fonte geradora de energia. Para tanto, é realizada uma pesquisa bibliográfica sobre o tema, que evidencia a pouca representatividade dos sistemas de geração fotovoltaica distribuídas no Brasil e no mundo, e demonstra que este tipo de sistema: pode ser usado por pequenos consumidores; injeta energia na rede elétrica; não utiliza baterias; precisa ser combinado com outras formas de geração; está devidamente normatizado no Brasil; já começa a ser economicamente viável em algumas localidades brasileiras; causa pouco impacto ambiental. É então levantada uma lista com todos pedidos para ligação deste tipo de sistema à rede Elétrica no Paraná até Novembro de 2013 junto à empresa concessionária (COPEL), e estes somam dez solicitações no período de quase um ano de suporte normativo. A radiação solar incidente no Brasil se mostra especialmente intensa, inclusive na região paranaense, o que é evidenciado pelo resultado das seis simulações de geração de energia elétrica para um sistema estático de 1kWp realizadas a partir da posição das cidades: Curitiba, Fortaleza, Munique, Hamburgo, Sevilha e Santander. Aspectos como "custo social da energia" e de cálculo de eficiência energética começam a ter maior visibilidade em artigos científicos, e a conversão fotovoltaica apresenta boas características nesse sentido. No entanto, o atual planejamento energético Brasileiro prioriza a construção de novas grandes usinas ao invés de procurar melhorar a eficiência energética do sistema. Pode-se concluir que a tecnologia de micro geração fotovoltaica distribuída já se mostra viável em aspectos ambientais, técnicos, normativos e está muito próxima de se viabilizar economicamente no Brasil, no entanto poderia ser fomentada através de medidas como: tarifas "feed in", subsídios ao investimento inicial, incentivos à aquisição da energia produzida, planos de educação e treinamento na área, fundos de investimentos para aquisição de sistemas fotovoltaicos; e novos padrões em edificações sustentáveis. Faz-se necessário, assim, não somente que se aprofundem estudos acerca de novas tecnologias, eficiência, poluição, etc., mas que estes estudos efetivamente comecem a balizar estratégias políticas. Palavras chave: Energia fotovoltaica, viabilidade, Paraná, eficiência energética, complexidade. / Abstract: The main objective of this work is to analyze the status of micro on grid photovoltaic on grid generation by small energy consumers in the State of Paraná, to infer if this technology would be viable as possible source of energy. For this, a literature search on the subject is performed, which shows the modest representation of on grid photovoltaic generation systems in Brazil and the world, and shows that this type of system: can be used by small consumers; injects energy into the power grid; does not use batteries; must be combined with other forms of generation; is properly regulated by standards in Brazil; is beginning to be economically viable in some Brazilian cities; causes less environmental impact. It is then raised a list of all requests for connection of this type of system to the electrical grid in Paraná until November 2013 by the utility company (COPEL) , and it results in ten requests in the period of almost one year of regulatory support. The incident solar radiation in Brazil shows particularly intense , including the Paraná region , as evidenced by the results of the six energy generation simulations for a 1kWp static system executed assuming the position of the cities: Curitiba, Fortaleza, Munich, Hamburg, Seville and Santander. Aspects such as "social cost of energy " and energy efficiency calculation begin to have greater visibility in scientific articles , and the photovoltaic conversion has good features accordingly. However , the current Brazilian energy planning prioritizes new large hydroelectric power plants construction rather than seek to improve the energy efficiency of the system. It can be concluded that the on grid micro photovoltaic generation technology is already viable in aspects as: environmental, technical , regulatory and is very close to become economically viable in Brazil , however it could be encouraged by measures such as: feed in tariffs; initial investment subsidies, incentives for produced energy purchase, education and training plans in this segment, investment funds for the photovoltaic systems purchase; and new standards about sustainable buildings. It is necessary, therefore, not only more detailed studies about new technologies, efficiency, pollution, etc., but also more of these studies actually beginning to mark out political strategies. Keywords : Photovoltaics , viability , Paraná , energy efficiency , complexity.
6

Planos de emergência integrados para terminais portuários de contêineres

Stüpp, Diogo Ramon Garcia January 2013 (has links)
Orientadora : Profª. Drª. Arislete Dantas de Aquino / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente Urbano e Industrial. Defesa: Curitiba, 20/12/2013 / Inclui referências / Resumo: Os terminais portuários de contêineres possuem cenários emergenciais que podem gerar acidentes com grandes impactos à integridade física de trabalhadores, comunidades de entorno, danos às instalações e ao meio ambiente. Os portos brasileiros são carentes de ferramentas de gestão e recursos para o gerenciamento de aspectos de segurança do trabalho e meio ambiente. Aproximadamente 50% dos portos públicos brasileiros não possuem Planos de Controle de Emergência - PCE para acidentes com foco em segurança do trabalho e Plano de Emergência Individual - PEI para vazamento de óleo no mar. A quantidade de requisitos legais e normativos que dispõem sobre a elaboração de planos de emergência para portos, com focos diferenciados (meio ambiente ou segurança do trabalho), pode dificultar a operacionalização dos planos de emergência pelos gestores dos terminais portuários. O objetivo desta dissertação foi elaborar uma proposta de Plano de Emergência Integrado para Terminais Portuários de Contêineres, que abranja requisitos de meio ambiente e segurança do trabalho, integrando as duas áreas. A metodologia teve por base a identificação e sistematização de requisitos legais, normativos, técnicos e científicos referentes à elaboração de planos de emergência para portos. Com base nos requisitos identificados e sistematizados foi elaborada uma proposta de Plano de Emergência Integrado para Terminais Portuários de Contêineres, que foi estruturada da seguinte maneira: localização e caracterização das instalações, análise de risco, cenários acidentais, análise de vulnerabilidade ambiental, estrutura organizacional e recursos humanos, recursos materiais, procedimentos para combate e emergência, treinamentos, exercícios simulados, integração com outros planos de emergência, interação com a comunidade de entorno, divulgação do plano, revisão, atualização e manutenção do plano, o responsável técnico e os anexos. De maneira complementar foi criada uma ferramenta de avaliação (check list), com base na proposta de Plano de Emergência Integrado para Terminais Portuários de Contêineres, que pode ser usada em auditorias para avaliação de planos já existentes ou auxiliar na implantação de planos integrados. Palavras-chave: Planos de Emergência. Portos. Gestão Integrada. Prevenção da Poluição. / Abstract: The container ports have emergency scenarios that may cause accidents with major impacts to the physical integrity of workers, surrounding communities, damage to plants and the environment. Brazilian ports require management tools and resources for managing the aspects of safety and environment. About 50% of Brazilians public ports don't have Emergency Plans - for accidents with a focus on safety and Oil Spill Plan for oil spill in the sea. The amount of legal and regulatory requirements that provide for the preparation of emergency plans for ports, with different focus (environment and safety), can hinder the operation of emergency plans by the managers of the port terminals. The objective of this dissertation is to develop a proposal for Integrated Emergency Plan for Container Port Terminals, covering environmental requirements and safety by integrating the two themes. The methodology was based on the identification and systematization of legal, regulatory, scientific and technical requirements related to the preparation of ports emergency plans. Based on the requirements identified and systematized was drafted proposed Integrated Emergency Plan for Container Port Terminals, which has the following structure: localization and characterization facilities, risk analysis, accident scenarios, environment vulnerability analysis, organizational structure and human resources, material resources for emergency procedures, training, drills, integration with other plans, interaction with the surrounding community and the dissemination of the plan, reviewing, updating and maintaining the plan, responsible technical and attachments. Addition was created assessment tool (checklist), based on the proposed Integrated Emergency Plan for Container Port Terminals, which can be used in audits to assess existing plans or assist in the implementation of integrated plans. Keywords: Emergency Plan. Ports. Integrated Management. Prevention of pollution.
7

Turismo de base comunitária e desenvolvimento local em unidades de conservação : estudo de caso na área de proteção ambiental de Guaraqueçaba e no Parque Nacional do Superagüi, Guaraqueçaba - Paraná

Betti, Patrícia January 2014 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Valdir Frigo Denardin / Co-orientadora: Profª Drª Camila Gonçalves de Oliveira Rodrigues / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Defesa: Curitiba, 30/05/2014 / Inclui referências / Resumo: O modelo hegemônico de desenvolvimento tem provocado desequilíbrio ambiental e grandes desigualdades sociais, inclusive no acesso e partilha dos recursos naturais, privando-se as maiorias dos benefícios de um autêntico desenvolvimento. Em seu formato de conservação da natureza, os serviços ambientais gerados por Unidades de Conservação (UCs) estendem-se globalmente, mas são as populações locais as impactadas diretamente por restrições decorrentes de sua criação. Na medida em que o uso turístico de UCs públicas favorece grupos externos e minoritários, como nos casos das grandes concessões, em detrimento de incentivo à organização do turismo de base endógena, a injustiça ambiental se acentua, distribuindo-se ônus e bônus de maneira desigual entre grupos sociais. Nesse contexto, utilizando-se o estudo de caso como método, o objetivo geral da pesquisa é investigar formas de organização denominadas Turismo de Base Comunitária (TBC) enquanto modelo alternativo de turismo em UCs para o desenvolvimento local em duas unidades federais: no Parque Nacional do Superagüi (proteção integral) e na Área de Proteção Ambiental de Guaraqueçaba (uso sustentável), localizadas no município de Guaraqueçaba, litoral norte do estado do Paraná. Como objetivos específicos delimitaram-se inicialmente analisar o contexto atual do TBC em ambas as UCs, a partir da compreensão de como diferentes atores do território entendem essa modalidade de turismo e da identificação de iniciativas comunitárias a ela relacionadas. Posteriormente, dentre duas das experiências identificadas, analisar quais pressupostos do TBC são atendidos e se estas contribuem para o desenvolvimento local. Por fim, visou-se indicar perspectivas para o planejamento e a gestão do TBC nas unidades de conservação estudadas. Foram identificadas oito iniciativas solidárias, destas, selecionadas a Cooperativa de Artesãos Arte Nossa e o Restaurante Ilha das Peças. Por meio de entrevistas, atividades em Círculos de Cultura e observação direta analisou-se o atendimento aos seguintes pressupostos: a) base endógena da iniciativa; b) participação e protagonismo social no planejamento, implementação e avaliação de projetos; c) escala limitada e impactos sociais e ambientais controlados; d) geração de benefícios diretos à população local; e) afirmação cultural e interculturalidade a partir do encontro. Os resultados demonstraram que para haver desenvolvimento é fundamental a promoção de justiça ambiental, integrando-se questões sociais às ambientais também na atividade turística, ao contemplar as diferentes formas de acesso aos serviços e benefícios provenientes dos recursos naturais. Desse modo, o TBC configura-se como alternativa na medida em que privilegia a organização das populações e gera outros benefícios localmente. Nas UCs estudadas o TBC ainda é incipiente, no entanto, as iniciativas analisadas têm contribuído para a consolidação de múltiplas dimensões: social, cultural, econômica, ambiental e humana e da própria expressão da dimensão simbólica da vida em sociedade, favorecendo o desenvolvimento local. Quanto às perspectivas para o TBC, a gestão do Parque Nacional do Superagüi o está inserindo na elaboração de seu plano de manejo, e a gestão da Área de Proteção Ambiental de Guaraqueçaba lhe é favorável, todavia não há ações ou planejamento nesse sentido. Há diferentes interpretações sobre o TBC entre os agentes que atuam na região, indicando a importância de aproximá-los para que sejam discutidos e acordados conceitos e metodologias a serem utilizados no desenvolvimento dessa modalidade de turismo em ambas UCs. PALAVRAS-CHAVE: turismo de base comunitária, unidades de conservação, desenvolvimento local, justiça ambiental, Guaraqueçaba - PR. / Abstract: The dominant model of development has caused environmental imbalance and great social inequalities related to access to and use of natural resources, depriving the majority of the benefits of an authentic development. In this model, environmental services generated by protected areas (PAs) are extended globally, but local populations are impacted directly by restrictions on use. To the extent that the tourist use of public PAs favors outside groups, as occurs in large concessions at the expense of encouraging the organization of community-based tourism, environmental injustice increases, distributing burdens and benefits unevenly between social groups. In this sense, using the case study method, the objective of the research is to analyze ways of organization called community-based tourism (CBT) as an alternative model of tourism in protected areas for local development in two federal areas of Guaraqueçaba, located on the north coast of Paraná: Superagui National Park (full protection) and Guaraqueçaba Environmental Protection Area (sustainable use). Specific objectives delimited are: analyze the current context of CBT in both PAs from the understanding of how different actors in the territory understand this type of tourism and the identification of community initiatives related to it; in two initiatives analyze which presuppositions of CBT are followed and if they are contributing to local development; and indicate prospects for the planning and management of CBT in the studied protected areas. Eight initiatives were identified, of these, Arte Nossa Artisans Cooperative and Ilha das Peças Restaurant were selected. Interviews, group activities and direct observation were used to analyze compliance with the following presuppositions: a) endogenous basis of the initiative; b) participation and social involvement in the planning, implementation and evaluation of projects; c) protection of local people and natural environment; d) generating direct benefits to the local population and e) cultural affirmation and interculturalism from the encounter between visitors and visited. Results showed there is no development without promoting environmental justice, integrating social and environmental issues in tourism, contemplating the different forms of access to services and benefits from natural resources. Therefore, CBT is configured as an alternative that favors the organization of populations and generates other benefits locally. In the studied PAs, CBT is still incipient. However, the analyzed initiatives have contributed to the consolidation of multiple social, cultural, economic, environmental, human and symbolic dimension of life in a society that favors local development. The management of the Superagüi National Park is including the CBT in the development of its management plan. The management of Guaraqueçaba Environmental Protection Area is favorable to CBT; however there are no actions or planning. There are different interpretations of CBT between agents operating in the region, indicating the importance of approaching to discus and agree upon concepts and methodologies to be used in the development of this type of tourism in both PAs. KEYWORDS: community-based tourism, protected areas, local development, environmental justice, Guaraqueçaba - PR.
8

O papel da Rede Gestora no planejamento do Corredor da Biodiversidade do Rio Paraná

Limont, Marcelo January 2014 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Carlos Alberto Cioce Sampaio / Co-orientadora: Profª Drª Cristina Frutuoso Teixeira / Tese (doutorado) - Universidade de Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Defesa: Brasilia, 06/05/2014 / Inclui referências / Resumo: A tensão entre as questões ambientais e de desenvolvimento, figurada pelas relações históricas de uso e conservação dos recursos naturais é referência interdisciplinar da presente pesquisa, caracterizada como aplicada e relatada como estudo de caso. A porção sul do Bioma Mata Atlântica e sua transição com o Cerrado brasileiro sustenta uma complexidade de relações sociais e características ambientais singulares que referendam a escolha desse território como base da análise empírica. O processo de planejamento do Corredor de Biodiversidade do Rio Paraná a partir dessa referência territorial foi conduzido pela sua Rede Gestora, a qual buscou diminuir o distanciamento entre Estado e sociedade civil organizada. Analisar a atuação desse arranjo institucional sob a perspectiva da governança territorial foi o objetivo da pesquisa. Os resultados mostram limites e possibilidades que, na medida em que são observados pelos tomadores de decisão, podem qualificar ações de intervenção no sentido de conciliar conservação da diversidade biológica com desenvolvimento social e econômico. Buscar a conectividade de habitas sem alinhamento a estratégias político-institucionais é um desses limites, o qual compromete sua sustentação. Da mesma forma, o aparato administrativo que temos hoje não possui as prerrogativas dialógicas e estruturais para tratar uma política pública de forma transversal e integrada em todas as etapas. Nesse sentido, a Rede Gestora se mostra um instrumento eficaz em promover diálogo e articulação institucional. Seu arranjo criou momentos de reflexão sobre a construção social do território, destacando seu aprendizado sobre a governança. Portanto, o planejamento territorial deve ser encarado de forma processual, sendo capaz de transpor a fragmentação das políticas públicas e as barreiras institucionais que acabam por comprometer a construção de agendas compartilhadas. Palavras-chave: planejamento territorial, corredor de biodiversidade, redes e governança. / Abstract: The tension between environmental and development issues, figured by the historical relations of use and conservation of natural resources is interdisciplinary reference to this research, characterized as applied and reported as a case study. The southern portion of the Atlantic Forest biome and its transition to the Brazilian Savannah holds a complexity of social relations and unique environmental characteristics that endorse the choice of this territory as a base of empirical analysis. The planning process of the Biodiversity Corridor of the Paraná River from that territorial reference was led by its Management Network, which sought to reduce the distance between the state and civil society organization. Analyze the performance of this institutional arrangement from the perspective of territorial governance was the objective of the research. The results show limits and possibilities, as they are observed by decision makers, may qualify intervention actions to reconcile conservation of biological diversity with social and economic development. Search the connectivity of habitats without aligning the political-institutional strategies is one of these limits, which committed their support. Similarly, the administrative apparatus we have today does not have the dialogic and structural prerogatives to address a public policy in a transversal or integrated manner at all stages. In this sense, the Management Network proves an effective tool to promote dialogue and institutional integration. Your arrangement created moments of reflection on the social construction of the territory, highlighting their learning on governance. Therefore, territorial planning should be seen procedurally, being able to overcome the fragmentation of public policies and institutional barriers that end up compromising the construction of shared agendas. Keywords: territorial planning, biodiversity corridor, networks and governance.
9

De corredor a mosaico : estratégias de diferentes governos para um mesmo fim?

Fischer, Dailey January 2014 (has links)
Orientadora: Profª. Drª. Cristina Frutuoso Teixeira / Co-orientadores: Prof. Dr. José Milton Andriguetto Filho, Prof. Dr. Mario Procopiuck / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Defesa: Curitiba, 11/07/2014 / Inclui referências / Resumo: O presente estudo se propõe a identificar e analisar as justificativas, convergências, dissonâncias e possíveis implicações na adoção dos "corredores" e "mosaicos" como estratégias para o planejamento e a gestão territorial voltadas à conservação da biodiversidade no Brasil. Ambas foram concebidas visando minimizar os efeitos da acelerada conversão de áreas de vegetação nativa em áreas antropizadas, motivados principalmente pelo processo de desconsideração histórica em relação à forma como o território brasileiro foi sendo ocupado, e do consequente isolamento das áreas protegidas nessa nova paisagem. As áreas protegidas são a principal forma adotada no país para proteger amostras de ecossistemas naturais e seminaturais, sendo consideradas mundialmente também fundamentais para a manutenção da diversidade biológica. No entanto, o modelo brasileiro é excessivamente centrado na tipologia unidades de conservação e essas áreas isoladas, em longo prazo, estão fadadas a perder sua função principal de salvaguardar porções de ecossistemas. Isso, porque são inúmeros os conflitos e tensões envolvendo essas ilhas de conservação, com destaque para a fragmentação da paisagem nas quais estão inseridas as unidades de conservação e o consequente isolamento delas. Buscando minimizar os efeitos dessas ameaças, o governo brasileiro, por influência internacional, a partir da década de 1990, começou a olhar para fora das unidades de conservação e a buscar formas de integrá-las ao desenvolvimento dos territórios onde estão inseridas. O primeiro modelo adotado para esse fim, no Brasil, foram as reservas da biosfera, uma categoria internacional. Em sequência, foram concebidos internamente dois modelos, os corredores ecológicos regionais ou de biodiversidade e os mosaicos de áreas protegidas. Ainda que ambos apresentem similaridades e complementaridades, ocuparam lugar de destaque diferenciado na agenda dos governos Fernando Henrique Cardoso (Presidente FHC – 1995-2003) e Luiz Inácio Lula da Silva (Presidente Lula – 2003-2011). Para elucidar o que levou a essa diferenciação, a presente pesquisa centrou-se em documentação oral e escrita e na abordagem teórica oferecida pela análise de políticas públicas, com foco nos processos pré-decisórios da formulação delas. O modelo Multiple Streams (KINGDON, 1984) fundamentou as análises e permitiu a identificação de um policy entrepreneur como principal responsável pela ascensão dos mosaicos como uma das alternativas ao combate ao isolamento de áreas naturais ou seminaturais. Palavras-chave: Corredores. Mosaicos. Políticas públicas. Conservação da biodiversidade. / Abstract: This study aims to identify and to analyze the reasons, convergences, dissonances and possible implications in the adoption of the "corridors" and "mosaics" as strategies for planning and land management for Brazilian biodiversity conservation. Both were designed to minimize the effects of accelerated conversion of native vegetation areas into anthropic areas, mainly motivated by the historical slight process regarding Brazilian territory occupation and the consequent isolation of protected areas in this new landscape. Protected areas are the main pattern adopted in the Country to protect natural and semi-natural ecosystems samples also worldwide considered fundamental to biological diversity maintenance. However, the Brazilian model is overly focused on the typology conservation areas and these isolated areas in the long term, are doomed to lose their primary function of protecting ecosystems sections. That is because there are numberless conflicts and tensions involving these conservation islands, highlighting the landscape fragmentation in which conservation areas operate and the consequent isolation of them. Seeking to minimize the threats effects, the Brazilian government, by international influence, since the 1990s, began to look outside of the protected areas and to search ways to integrate them into the territorial development where they are introduced. The first model adopted for that purpose, in Brazil, were the biosphere reserves, an international category. In following, two models internally were designed: regional ecological corridors or biodiversity and protected areas mosaics. Although both models show similarities and complementarities, they occupied a prominent place in Fernando Henrique Cardoso (FHC President – 1995-2003) and Luiz Inácio Lula da Silva (Lula President – 2003-2011) government agenda. This research elucidates this differentiation focusing on oral and written documentation and on the theoretical approach according to public policy analysis, focusing on pre-decision processes. The Multiple Streams (KINGDON, 1984) model based the analyzes and allowed the a policy entrepreneur identification as the main responsible for the mosaics rise as an alternative to combat of natural or semi-natural areas isolation. Keywords: Corridors. Mosaics. Public policy. Biodiversity conservation.
10

A apropriação genética da agrobiodiversidade enquanto estratégia biopolítica dos impérios alimentares no contexto da resolução biotecnológica

Gasparini, Bruno January 2014 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Manoel Flores Lesama / Co-orientador: Prof. Dr. Carlos Alberto Cioce Sampaio / Co-orientadora: Profª. Drª. Katya Regina Isaguirre / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Defesa: Curitiba, 30/05/2014 / Inclui referências / Resumo: No contexto caracterizado pela economia de mercado, pela globalização geopolítica e pela era da informação, o desenvolvimento científico-tecnológico apresenta-se como ramo da atividade econômica cujo domínio e exercício pertence a poucos atores, fundamentalmente àqueles que conseguem transformar seus conhecimentos em direitos intelectuais e patrimoniais. Nessa conjuntura o risco é inerente à atividade empresarial, sendo compartilhado com toda a sociedade. O advento da Revolução Biotecnológica implicou na complexificação das relações entre essas categorias, ao possibilitar a apropriação da vida por meio dos recursos genéticos da agrobiodiversidade utilizados no desenvolvimento de novos produtos e processos biotecnológicos. Tal apropriação é promovida pelos Impérios Alimentares que se utilizam do Direito e da normatização enquanto estratégia Biopolítica que lhes garante a consecução de seus interesses privatísticos a partir de institutos jurídicos com as patentes e os registros. Para que se concretize, a apropriação é fundamentada por uma racionalidade econômico-tecnológica que determina os rumos do desenvolvimento científicotecnológico, dos modelos agrícolas de produção, das formas de comércio, distribuição e consumo dos produtos agrícolas, alijando racionalidades, saberes, conhecimentos, modelos produtivos, práticas comerciais e consumeristas que não se coadunam com suas premissas apropriacionistas e mercadológicas. Assim, a homogeneização de práticas e produtos por intermédio dos mercados e do consumo, incrementa os riscos socioambientais daqueles que se guiam por racionalidades alternativas, fato que remete à necessidade das ciências socioambientais e do Direito refundarem suas leituras sobre as relações entre a sociedade e a natureza, de modo a promover a resistência, a resiliência e a adaptabilidade dos sujeitos que foram tolhidos por essa lógica. Para tanto, há que se buscar o reequilíbrio das forças dos atores envolvidos nesse jogo, garantindo-se, por meio de políticas públicas efetivas, os direitos dos agricultores, dos movimentos sociais e da coletividade relacionados à democracia participativa e ao pluralismo jurídico comunitário, bem como a segurança dos Estados-nação no que se refere à soberania e autonomia, além da governança dos Organismos Multilaterais, sob pena de, em um cenário não tão distante, a soberania alimentar das diversas nações, bem como a segurança alimentar e nutricional de seus povos se tornar comprometida em razão das estratégias biopolíticas postas em prática pelos Impérios Alimentares. Palavras-chave: Revolução Biotecnológica. Impérios Alimentares. Biopolítica. Apropriação. Direito. Agrobiodiversidade. Patentes. / Abstract: In the context characterized by the market economy, geopolitical globalization and the information age, the scientific-technological development presents itself as a branch of economic activity whose domain and exercise belongs to few actors, primarily those who manage to turn their knowledge into intellectual property rights and equity. At this juncture the risk is inherent in business activities, being shared with the entire society. The advent of the Biotech Revolution resulted in the complexification of the relationships between these categories, to enable the appropriation of life by means of genetic resources of agricultural biodiversity used in the development of new biotechnology products and processes. Such ownership is promoted by the Food Empires that use of law and regulation as Biopolitics strategies which guarantee achieving their private interests from legal institutions such as patents and records. For that happens, the appropriation is underpinned by an economic-technological rationality that determines the direction of scientific and technological development, agricultural production models, forms of trade, distribution and consumption of agricultural products, jettisoning rationalities, knowledges, skills, production models, commercial and costumers practices that are inconsistent with their appropriationist and market assumptions. Thus, the homogenization of practices and products by markets and consumption, increases the social and environmental risks of those who are guided by alternative rationalities, a fact that points to the need of socioenvironmental sciences and law refound their readings about the relationship between society and nature in order to promote endurance, resilience and adaptability of the subjects who had been restrained by this logic. To do so, we must seek to rebalance the forces of the actors involved in this game, guaranteeing, through effective public policies, farmers' rights, social movements' rights and communities' rights related to participatory democracy and community legal pluralism and as the security of nation-states in relation to sovereignty and autonomy, and the governance of multilateral organizations, otherwise, in an not so distant scenario, the food sovereignty of the various nations, as well as food and nutrition security of its people become compromised because of biopolitical strategies implemented by Food Empires. Key-words: Biotech Revolution. Food Empires. Biopolitic. Appropriation. Law. Agricultural Biodiversity. Patents.

Page generated in 0.1007 seconds