• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 85
  • 9
  • 9
  • 9
  • 9
  • 6
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 85
  • 23
  • 17
  • 16
  • 14
  • 12
  • 12
  • 12
  • 11
  • 11
  • 10
  • 10
  • 9
  • 9
  • 8
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo biomecânico da articulação do joelho

Mata, Helder Tiago Carriço January 2009 (has links)
Tese de mestrado integrado. Engenharia Macânica. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2009
2

Comparação da função muscular, marcha e funcionalidade entre idosas com e sem osteoartrite de joelho

Wolf, Renata January 2015 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Paulo Cesar Barauce Bento / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 20/03/2015 / Inclui referências : f. 68-81 / Área de concentração: Exercício e esporte / Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar a função muscular, a marcha e a funcionalidade entre idosas com diagnóstico de osteoartrite de joelho e idosas assintomáticas. Trinta idosas voluntárias do estudo foram alocadas em dois grupos, o grupo osteoartrite (GOA) (n=16, 66,9±5,5 anos, 74,7±10 kg, 1,57±0,09 m) e o grupo assintomático (GAS) (n=14, 68,8±5,8 anos, 68,9±10,5 kg, 1,58±0,06 m). A função muscular foi avaliada pelo pico de torque (PT) e da taxa de desenvolvimento de torque (TDT) nas velocidades de 60º/s e 180º/s por meio de um dinamômetro isocinético. A análise cinemática e cinética da marcha foi realizada por um sistema tridimensional dos membros inferiores e de uma plataforma de força. A funcionalidade foi avaliada com a bateria de testes funcionais Short Physical Performance Battery (SPPB), do Timed Up and Go Test (TUG) e do Teste de Caminhada de 6 Minutos (TC6). A qualidade de vida foi avaliada pelo questionário de saúde geral (SF-36) para ambos os grupos e do Western Ontario and McMaster Universities Osteoarthritis Index (WOMAC), somente para o GOA. O Teste t-Student foi aplicado para comparar as médias das variáveis de distribuição normal entre os grupos e entre o membro inferior sintomático e assintomático do grupo com osteoartrite. O teste U de Mann-Whitney foi aplicado na variável discreta SF-36. Os dados do questionário WOMAC foram apresentados por mediana e intervalo interquartil. Foi utilizada a correlação de Pearson para correlacionar as variáveis PT e TDT com as variáveis cinemáticas e cinéticas da marcha e com a funcionalidade, além de correlacionar o deslocamento angular do joelho e a cinética. Os testes estatísticos assumiram significância de p<0,05. O PT foi menor para o GOA em relação ao GAS nas duas velocidades (p<0,05), porém não houve diferença na TDT entre os grupos nas duas velocidades (p>0,05). Foram encontradas diferenças entre o GOA e o GAS nas variáveis espaço-temporais da marcha (p<0,05). O deslocamento angular do joelho e a força de reação do solo vertical não diferiram entre os grupos (p>0,05). O GOA apresentou pior desempenho funcional em todos os testes quando comparado ao GAS (p>0,05). A qualidade de vida foi pior para o GOA nos domínios de capacidade funcional, limitações de aspectos físicos, dor e saúde mental do questionário SF-36 (p<0,05). O PT e a TDT nas duas velocidades foram menores no membro inferior sintomático em relação ao assintomático do GOA (p<0,05). O deslocamento angular do joelho e a força de reação do solo vertical não diferiram entre o membro inferior sintomático e assintomático do GOA (p>0,05). Não foi identificada correlação entre as variáveis espaço-temporais da marcha e o PT e a TDT no GOA (p>0,05), porém no GAS houve correlação entre a TDT na velocidade de 180º/s com as variáveis espaço-temporais da marcha (p<0,05) Não houve correlação entre o PT e a TDT e a funcionalidade nos dois grupos testados (p>0,05). Não foi observada correlação entre o deslocamento angular do joelho e o pico da força de reação solo em ambos os grupos (p>0,05). Portanto, as idosas com osteoartrite de joelho leve a moderada apresentaram declínio na função muscular, na marcha e na funcionalidade quando comparadas às idosas assintomáticas para a doença. Além disso, as idosas com osteoartrite de joelho apresentaram assimetria de função muscular entre o membro sintomático e assintomático. / Abstract: The aim of this study was to compare muscular function, gait parameters and physical function in older women with knee osteoarthritis and asymptomatic for this disease. Thirty older women were allocated in two groups, the osteoarthritis group (GOA) (n=16, 66,9±5,5 years, 74,7±10 kg, 1,57±0,09 m) and the asymptomatic group (GAS) (n=14, 68,8±5,8 years, 68,9±10,5 kg, 1,58±0,06 m). The muscular function was evaluated with an isokinetic dynamometer at the velocities of 60º/s and 180º/s of both legs. The kinematic and kinetic analysis of gait was made with a threedimensional system and a force platform. Physical function was assessed by a battery of functional tasks Short Physical Performance Battery (SPPB), the Timed Up and Go Test (TUG) and 6-minute Walking Test (TC6). Quality of life was measured with an questionnaire about general healthy in both groups and a the Western Ontario and McMaster Universities Osteoarthritis Index (WOMAC) was applied only for GOA. T-student's test was applied to compare muscular function, gait variables and physical function between groups and between the symptomatic and asymptomatic limb. Mann-Whitney U test was applied for SF-36. WOMAC data were presented as median and interquartile range. Pearson's correlation was used to correlate PT and TDT with gait parameters and physical function, knee angular displacement with ground reaction force. PT at both velocities were different between groups (p<0,05), however TDT was not different between GOA and GAS (p>0.05). Differences between GOA and GAS were found in all gait parameters (p<0,05). Knee angular displacement and ground reaction force were not different between groups (p>0,05). The GOA presented worst physical function in all tests compared with GAS (p<0,05). Quality of life was worst for GOA in four domains of SF-36 questionnaire (p<0,05). PT and TDT in both velocities were smaller on the symptomatic limb of GOA (p<0,05). Knee angular displacement and ground reaction force did not differ between the symptomatic and asymptomatic limb (p>0,05). There was no correlations between PT and TDT with gait parameters in GOA (0>0,05), however there were correlations between TDT at both velocities and gait parameter in GAS (p<0,05). There was no correlation between PT and TDT and physical function for both groups (p>0,05). There was no correlation between knee angular displacement and ground reaction force for both groups (p>0,05). Therefore, older women with mild to moderate knee osteoarthritis showed decline in muscle function, gait and physical function when were compared to older women asymptomatic for the disease, also older women with knee osteoarthritis showed asymmetry between the symptomatic and asymptomatic limb.
3

Tratamento de lesões osteocondrais em joelho pela aplicação do gel de plaquetas /

Danieli, Marcus Vinicius. January 2012 (has links)
Orientador: Elenice Deffune / Banca: Hamilton da Rosa Pereira / Banca: Marco Antonio Batista / Resumo: Foi realizado estudo experimental em coelhos para avaliar o efeito da aplicação do gel de plaquetas no reparo de lesões osteocondrais, comparada com o mesmo tipo de lesão não tratada. Foram utilizados 30 coelhos machos com idade mínima de três meses e peso acima de 2kg. Foi colhido sangue dos animais para preparo do gel de plaquetas e depois estes foram operados para realização de uma lesão osteocondral, com trefina, no côndilo femoral medial, de ambos os joelhos, de 3,5mm de diâmetro e 4,0mm de profundidade. A lesão do joelho esquerdo foi preenchida com o gel de plaquetas e o joelho direito foi usado como controle, sem tratamento. Após 180 dias realizou-se a eutanásia dos animais. As peças foram analisadas e seu tecido de reparo classificado macroscopicamente e depois histologicamente. Utilizou-se uma tabela de escore histológico que avalia os seguintes critérios: morfologia celular, regularidade da superfície, metacromasia, espessura condral e integração do tecido de reparo ao tecido normal. Foi observado que o grupo tratado com gel de plaquetas obteve uma melhor cicatriz na avaliação macroscópica, e na avaliação histológica o único critério que não apresentou diferença estatística foi a metacromasia, sendo que o grupo tratado com gel foi melhor em todos os outros, inclusive no escore total. Desta forma conclui-se que o grupo tratado com gel de plaquetas obteve melhor reparo macroscópica e histologicamente, com 180 dias, quando comparado com o mesmo tipo de lesão não tratada / Abstract: An experimental study was performed on rabbits to evaluate the application effects of Platelet Gel for the repair of osteochondral injuries compared to the same, yet not treated, type of injuries. Thirty male rabbits were used, with minimum age of 3 months and weight over 2kg. The animals' blood was collected to prepare the Platelet Gel; afterwards, these animals were operated in order to make an osteochondral injury with 3.5mm in diameter and 4.0mm in depth, with trephine, at the medial condyle of femur of both knees. The left knee injury was filled with the Platelet Gel and the right knee was used as control, without treatment. After 180 days, euthanasia was performed on the animals. The pieces were analyzed and the repair tissue was macroscopically and, subsequently, histologically classified. One has used a Histological Grading Scale, which evaluates the following criteria: cell morphology, surface regularity, metachromasy, chondral thickness, and repair tissue integration with the normal tissue. It was observed that the group treated with Platelet Gel obtained better repair tissue under macroscopic evaluation; and, under histologic evaluation, the only criteria which did not present statistical difference was the metachromasy, being that the group treated with gel was better at all others, including the total score. Thus, one concludes that the group treated with Platelet Gel obtained better repair, macroscopically and histologically, after 180 days, in comparison to the same non-treated type of injury / Mestre
4

Tratamento de lesões osteocondrais em joelho pela aplicação do gel de plaquetas

Danieli, Marcus Vinicius [UNESP] 27 January 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:23:07Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-01-27Bitstream added on 2014-06-13T20:50:03Z : No. of bitstreams: 1 danieli_mv_me_botfm.pdf: 410656 bytes, checksum: 2c3ee8db9f55397380d6e42d6d5b5ebc (MD5) / Foi realizado estudo experimental em coelhos para avaliar o efeito da aplicação do gel de plaquetas no reparo de lesões osteocondrais, comparada com o mesmo tipo de lesão não tratada. Foram utilizados 30 coelhos machos com idade mínima de três meses e peso acima de 2kg. Foi colhido sangue dos animais para preparo do gel de plaquetas e depois estes foram operados para realização de uma lesão osteocondral, com trefina, no côndilo femoral medial, de ambos os joelhos, de 3,5mm de diâmetro e 4,0mm de profundidade. A lesão do joelho esquerdo foi preenchida com o gel de plaquetas e o joelho direito foi usado como controle, sem tratamento. Após 180 dias realizou-se a eutanásia dos animais. As peças foram analisadas e seu tecido de reparo classificado macroscopicamente e depois histologicamente. Utilizou-se uma tabela de escore histológico que avalia os seguintes critérios: morfologia celular, regularidade da superfície, metacromasia, espessura condral e integração do tecido de reparo ao tecido normal. Foi observado que o grupo tratado com gel de plaquetas obteve uma melhor cicatriz na avaliação macroscópica, e na avaliação histológica o único critério que não apresentou diferença estatística foi a metacromasia, sendo que o grupo tratado com gel foi melhor em todos os outros, inclusive no escore total. Desta forma conclui-se que o grupo tratado com gel de plaquetas obteve melhor reparo macroscópica e histologicamente, com 180 dias, quando comparado com o mesmo tipo de lesão não tratada / An experimental study was performed on rabbits to evaluate the application effects of Platelet Gel for the repair of osteochondral injuries compared to the same, yet not treated, type of injuries. Thirty male rabbits were used, with minimum age of 3 months and weight over 2kg. The animals’ blood was collected to prepare the Platelet Gel; afterwards, these animals were operated in order to make an osteochondral injury with 3.5mm in diameter and 4.0mm in depth, with trephine, at the medial condyle of femur of both knees. The left knee injury was filled with the Platelet Gel and the right knee was used as control, without treatment. After 180 days, euthanasia was performed on the animals. The pieces were analyzed and the repair tissue was macroscopically and, subsequently, histologically classified. One has used a Histological Grading Scale, which evaluates the following criteria: cell morphology, surface regularity, metachromasy, chondral thickness, and repair tissue integration with the normal tissue. It was observed that the group treated with Platelet Gel obtained better repair tissue under macroscopic evaluation; and, under histologic evaluation, the only criteria which did not present statistical difference was the metachromasy, being that the group treated with gel was better at all others, including the total score. Thus, one concludes that the group treated with Platelet Gel obtained better repair, macroscopically and histologically, after 180 days, in comparison to the same non-treated type of injury
5

Morfologia do joelho da paca (Cuniculus paca, Linnaeus 1766) /

Silva, Alessandra. January 2012 (has links)
Orientador: Márcia Rita Fernandes Machado / Banca: Sheila Canevese Rahal / Banca: Carlos Roberto Teixeira / Banca: Bruno Watanabe Minto / Banca: Taís Harumi de Castro Sasahara / Resumo: A descrição morfológica da paca pode facilitar sua exploração econômica racional e preservação da espécie. Além disso, devido ao interesse dos pesquisadores por novos modelos experimentais de cirurgia, em especial para reconstrução das estruturas do joelho, objetivou-se com o presente estudo, descrever a anatomia do joelho da paca. Neste contexto, a articulação do joelho foi dissecada para identificar as estruturas presentes; foi verificada a ocorrência de tecido ósseo nos meniscos, e realizada análise histológica e ultraestrutural dos ligamentos colaterais e meniscos. No joelho da paca foram identificados os ligamentos cruzados cranial e caudal; o ligamento meniscofemoral; os ligamentos colaterais lateral e medial; os ligamentos meniscotibiais craniais dos meniscos medial e lateral; o ligamento meniscotibial caudal do menisco medial; o ligamento patelar; a patela; os ossos sesamóides do músculo gastrocnêmio lateral e medial, e os meniscos lateral e medial. Os ligamentos colaterais são constituídos por feixes de fibras colágenas arranjadas paralelamente e com trajeto ondulado. Os fibroblastos formavam fileiras paralelas às fibras colágenas, dos ligamentos colaterais, com citoplasma imperceptível à avaliação por microscopia de luz, mas, em análise ultraestrutural verificou-se vários prolongamentos citoplasmáticos. Os meniscos destes animais são fibrocartilaginosos e apresentam na região cranial uma ossificação. As estruturas presentes no joelho da paca assemelham-se aos dos animais domésticos, roedores e lagomorfos. Os ligamentos colaterais e os meniscos são estruturalmente semelhantes aos ligamentos e meniscos do joelho dos animais domésticos, roedores e lagomorfos. Porém, o menisco da paca apresenta lúnula / Abstract: Paca morphological description may facilitate their rational economical exploitation and specie preservation. The researches interest by novel surgical experimental models, focus specially by joint stifle reconstruction, also motivated the present study in describing the anatomy of the paca stifle. In this context, the stifle joint was dissected in order to identify the structures. It was observed tissue bone in meniscus and the histological and ultrastructural analysis of collateral ligament and menisci were performed. The cranial and caudal cruciate ligaments; the meniscofemoral ligament; the lateral and medial collateral ligaments; cranial meniscotibial ligaments of the medial and lateral menisci; caudal meniscotibial ligament of the medial meniscus; patellar ligament; patella, the lateral and medial sesamoid bones of the gastrocnemius muscle and the lateral and medial menisci. The collateral ligaments are composed of crimp collagen fiber bundles arranged in parallel. The fibroblasts were aligned with the collagen fibers. The cytoplasm was unable to be noticed by light microscopy, but ultrastructural analysis showed a large amount of citoplasmatic projections. The menisci of these animals are fibrocartilaginous with bone tissue cranially. The paca stifle joint structures are similar to the domestic animals, rodents and lagomorphs. Collateral ligaments and menisci are structurally similar to the domestic animals, rodents and lagomorphs. However the paca meniscus has lunula / Doutor
6

Morfologia do joelho da paca (Cuniculus paca, Linnaeus 1766)

Silva, Alessandra [UNESP] 15 June 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:31:07Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-06-15Bitstream added on 2014-06-13T19:20:09Z : No. of bitstreams: 1 silva_a_dr_jabo.pdf: 565683 bytes, checksum: 80bdf869b7e9328e066b0dd4ffc4fdf6 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A descrição morfológica da paca pode facilitar sua exploração econômica racional e preservação da espécie. Além disso, devido ao interesse dos pesquisadores por novos modelos experimentais de cirurgia, em especial para reconstrução das estruturas do joelho, objetivou-se com o presente estudo, descrever a anatomia do joelho da paca. Neste contexto, a articulação do joelho foi dissecada para identificar as estruturas presentes; foi verificada a ocorrência de tecido ósseo nos meniscos, e realizada análise histológica e ultraestrutural dos ligamentos colaterais e meniscos. No joelho da paca foram identificados os ligamentos cruzados cranial e caudal; o ligamento meniscofemoral; os ligamentos colaterais lateral e medial; os ligamentos meniscotibiais craniais dos meniscos medial e lateral; o ligamento meniscotibial caudal do menisco medial; o ligamento patelar; a patela; os ossos sesamóides do músculo gastrocnêmio lateral e medial, e os meniscos lateral e medial. Os ligamentos colaterais são constituídos por feixes de fibras colágenas arranjadas paralelamente e com trajeto ondulado. Os fibroblastos formavam fileiras paralelas às fibras colágenas, dos ligamentos colaterais, com citoplasma imperceptível à avaliação por microscopia de luz, mas, em análise ultraestrutural verificou-se vários prolongamentos citoplasmáticos. Os meniscos destes animais são fibrocartilaginosos e apresentam na região cranial uma ossificação. As estruturas presentes no joelho da paca assemelham-se aos dos animais domésticos, roedores e lagomorfos. Os ligamentos colaterais e os meniscos são estruturalmente semelhantes aos ligamentos e meniscos do joelho dos animais domésticos, roedores e lagomorfos. Porém, o menisco da paca apresenta lúnula / Paca morphological description may facilitate their rational economical exploitation and specie preservation. The researches interest by novel surgical experimental models, focus specially by joint stifle reconstruction, also motivated the present study in describing the anatomy of the paca stifle. In this context, the stifle joint was dissected in order to identify the structures. It was observed tissue bone in meniscus and the histological and ultrastructural analysis of collateral ligament and menisci were performed. The cranial and caudal cruciate ligaments; the meniscofemoral ligament; the lateral and medial collateral ligaments; cranial meniscotibial ligaments of the medial and lateral menisci; caudal meniscotibial ligament of the medial meniscus; patellar ligament; patella, the lateral and medial sesamoid bones of the gastrocnemius muscle and the lateral and medial menisci. The collateral ligaments are composed of crimp collagen fiber bundles arranged in parallel. The fibroblasts were aligned with the collagen fibers. The cytoplasm was unable to be noticed by light microscopy, but ultrastructural analysis showed a large amount of citoplasmatic projections. The menisci of these animals are fibrocartilaginous with bone tissue cranially. The paca stifle joint structures are similar to the domestic animals, rodents and lagomorphs. Collateral ligaments and menisci are structurally similar to the domestic animals, rodents and lagomorphs. However the paca meniscus has lunula
7

Mensuração do torque nos movimento de flexão e extensão do joelho submetido a uma resistência: Fabricio Duarte de Almeida. -

Almeida, Fabricio Duarte de [UNESP] January 2006 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:28:35Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2006Bitstream added on 2014-06-13T19:16:38Z : No. of bitstreams: 1 almeida_fd_me_guara.pdf: 1139748 bytes, checksum: 725c9f2e59c64e577a3d7de4c87f51f4 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Os conseqüentes avanços na medicina esportiva incluem a busca por novos métodos tecnológicos que viabilizam uma melhor e mais eficaz avaliação muscular e articular no corpo humano. Associados a isso, a grande ocorrência de lesões de membros inferiores em especial aquelas da articulação do joelho, faz com que a procura por novos métodos de avaliação seja incentivada. Um recurso valioso consiste num método auxiliar de avaliação das lesões esportivas onde o exame deverá ser realizado através da aplicação de uma resistência constante. Na prática esportiva, há por um lado a importância da proporção do equilíbrio muscular agonista/antagonista, ou seja, do equilíbrio flexor/extensor representado, respectivamente, pelos isquiotibiais/quadríceps da coxa. De outro, a comparação dos valores absolutos da função muscular dos membros inferiores, quer seja para o quadríceps, ou para os isquiotibiais. Resultados alterados podem estar relacionados às lesões esportivas ou suas seqüelas. De interesse para o atleta e para a equipe multidisciplinar é poder dispor de um método de avaliação funcional muscular objetivo e seguro, que forneça dados confiáveis e reprodutíveis. Neste contexto um estudo foi desenvolvido objetivando-se a avaliação dos valores de torque bidirecional (flexão-extensão), potência, tempo e trabalho muscular do joelho quando submetido a uma resistência constante. Para tanto um dispositivo capaz de avaliar esses parâmetros foi desenvolvido no laboratório de biomecânica do Departamento de Mecânica da Unesp de Guaratinguetá, para gerar dados que caracterizem o estado físico e o desempenho dos indivíduos avaliados. Foram utilizados no estudo 19 voluntários do sexo masculino com idade entre 20-30 anos sem histórico de lesão na articulação do joelho, que foram submetidos a exercícios de flexão e extensão com amplitude de movimentos de 90 a 180° durante 40 segundos. / The consequent advances in sports medicine include the search for new technological methods that permit a more efficient evaluation of the musculature and joints of the human body. The search for new methods of evaluation has been stimulated by the increased occurrence of injuries to inferior members and in particular knee articulation. A valuable approach consists of an auxiliary method of evaluation of sportive injuries. This examination is carried out through the application of a constant resistance. In sports practice, the agonist / antagonist muscle balance, that is, the flexor/extensor balance represented, respectively, by the hamstring muscle/quadriceps femuris, plays an important role. On the other hand, the comparison between the absolute values of the inferior members is also relevant. Changed results usually relate to sports lesions or their sequels. The development of an objective and safe method to evaluate muscular functionality will provide for reliable and reproducible results of the utmost importance to athletes and multidisciplinary teams. Therefore, a study was carried out proposing to evaluate values of bi-directional torque (flexion-extension), power, time and muscular effort of the knee when submitted to a constant resistance. To accomplish this, a device capable of evaluating these parameters was developed in the biomechanics laboratory of the Department of Mechanics at UNESP - Guaratinguetá. This device generated data that characterized the physical state and performance of the evaluated individuals. The apparatus was used in the study of 19 male volunteers, 20 - 30 years old without pathological history of joint injuries. These volunteers performed flexion and extension exercises during 40 seconds, with an amplitude of movements from 90 to 180°. From these results, a minimum performance standard was determined that characterized good performance among individuals evaluated by the system.
8

Desenvolvimento de prótese transfemural robótica : projeto mecânico e de atuação

Rocha, Thiago Silva 08 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2015. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-06-10T13:32:58Z No. of bitstreams: 1 2015_ThiagoSilvaRocha.pdf: 20554940 bytes, checksum: 2701d95c9ddf48364064f9c84f3ffbc3 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2017-01-18T20:15:35Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_ThiagoSilvaRocha.pdf: 20554940 bytes, checksum: 2701d95c9ddf48364064f9c84f3ffbc3 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-18T20:15:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_ThiagoSilvaRocha.pdf: 20554940 bytes, checksum: 2701d95c9ddf48364064f9c84f3ffbc3 (MD5) / A presente dissertação de mestrado descreve o projeto e o desenvolvimento de uma prótese transfemural robótica, em especial o design mecânico e o sistema de atuação. O mecanismo do joelho, construído para apresentar uma movimentação policêntrica, foi baseado em um arranjo de quatro barras, pemitindo um posicionamento conveniente do centro instantâneo de rotação durante a as diversas fases marcha. Essa configuração confere maior estabilidade e controlabilidade ao usuário e maior conforto em movimento. O sistema de atuação consiste de um pistão magnetoreológico que funciona como amortecedor de amortecimento variável controlável por corrente elétrica. São apresentados também a eletrônica embarcada no dispositivo e os sensores instalados para a medição de diversas variáveis da marcha. Os experimentos realizados com um voluntário amputado, também aqui apresentados, permitem concluir que o dispositivo confeccionado é funcional como prótese e capaz de possibilitar ao usuário marcha confortável ao usuário, com maior dinamismo e segurança para o usuário. Os experimentos também apontam diversas possibilidades de aprimoramento do dispositivo. / This master thesis describes the design and development of a transfemoral robotic prosthesis, especially the mechanical design and the actuation system. The knee mechanism, built to present a polycentric movement, was based in a four bar linkage, enabling a convenient positioning of the instantaneous center of rotation during the different phases of gait. This configuration provides greater stability and controllability to the user and greater comfort in motion. The actuation system consists of a magnetorheological piston which acts as damper with variable damping controllable by electrical current. The paper also presents the embedded electronics and the sensor system for measuring different gait variables. The experiments carried out with an amputated volunteer, also presented here, demonstrates that the built device is functional as a prosthesis and grants to the user comfortable gait with greater dynamism and safety. The experiments also point to several device enhancement possibilities.
9

Desempenho muscular isocinético dos extensores do joelho em indivíduos com Doença de Parkinson

Borges, Elisa Dornelas 14 August 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Física, 2012. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2012-11-23T12:24:49Z No. of bitstreams: 1 2012_ElisaDornelasBorges.pdf: 1168989 bytes, checksum: 1567329e76b503a41a39fffeff825e7c (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2012-11-28T10:23:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_ElisaDornelasBorges.pdf: 1168989 bytes, checksum: 1567329e76b503a41a39fffeff825e7c (MD5) / Made available in DSpace on 2012-11-28T10:23:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_ElisaDornelasBorges.pdf: 1168989 bytes, checksum: 1567329e76b503a41a39fffeff825e7c (MD5) / Introdução: A fraqueza muscular é uma queixa frequente entre os indivíduos com a Doença de Parkinson (DP) e tem sido apontada como um dos mais importantes sintomas motores associados. Apesar disso, o desempenho muscular na DP ainda foi pouco explorado e os resultados de investigações prévias são inconsistentes. Objetivo: Avaliar o desempenho muscular dos extensores do joelho, em um protocolo de treinamento isocinético, em indivíduos com Doença de Parkinson. Materiais e métodos: Fizeram parte do estudo 26 sujeitos, 13 do Grupo Parkinson (GP: 64,08 ± 6,87 anos; 73,82± 13,03Kg; 1,66 ± 0,07m;) e 13 do Grupo Controle, pareados para gênero e idade (GC: 62,73 ± 6,42 anos; 79,48 ± 11,40 kg; 1,71 ±0,07 m). As variáveis dependentes foram o Pico de Torque (PT) da sessão e de cada série, o Trabalho Total (TT) da sessão e de cada série, e a taxa de fadiga (TF). Foram considerados os dados referentes ao membro mais acometido pela doença (MMA) e membro menos acometido (Mma) do GP, bem como o membro inferior direito (MID) e membro inferior esquerdo (MIE) do GC. Utilizou-se o teste t de Student para comparar os valores médios do PT e TT da sessão e de cada série. Para a análise do comportamento do PT e TT, intragrupo e entre grupos, foi utilizada a análise de variância (ANOVA) com medidas repetidas (p<0,05). Resultados: O PT da sessão do MMA (119,29N.m) foi significativamente menor quando comparado com Mma (128,86N.m) e também quando comparado com o MID (145,15N.m) e MIE (149,12N.m) do GC. Os valores do TT da sessão dos membros do GP foram significativamente inferiores quando comparados com os membros do GC. Também Houve diferença significativa do TT em todas as séries, entre os dois grupos. Apenas o GC apresentou queda significativa do PT e TT ao longo das séries. A TF do GC (-9,07%) mostrou-se mais elevada que do GP (1,40%). Conclusão: Indivíduos com DP, com comprometimento leve a moderado, desenvolvem menor capacidade de produção de torque e de trabalho ao longo de uma sessão com séries múltiplas de contrações isocinéticas dos extensores do joelho, quando comparados com sujeitos sem a doença. Não há diferença do desempenho muscular do MMA e Mma na velocidade estudada. Os indivíduos com DP apresentam maior resistência à fadiga muscular dos extensores do joelho. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Introduction: Muscle weakness is a frequent complaint among patients with Parkinson's Disease (PD) and has been identified as one of the most important associated motor symptoms. Nevertheless, muscle performance in PD has been little explored and the results of previous investigations are inconsistent. Objective: To evaluate the performance of the knee extensor muscle in an isokinetic training protocol in patients with Parkinson's Disease. Materials and methods: Study participants consisted of 26 subjects, 13 of the Parkinson's Group (PG: 64.08 ± 6.87 years, 73.82 ± 13.03 kg, 1.66 ± 0.07 m) and 13 in the Control Group, matched for gender and age (CG: 62.73 ± 6.42 years, 79.48 ± 11.40 kg, 1.71 ± 0.07 m). The dependent variables were the peak torque (PT) of the session and each series, the total work (TW) of the session and each series, and the fatigue rate (FR). Data regarding the most affected limb by the disease (MAL) and the least affected limb (LAL) of the PG. as well as the right lower limb (RLL) and the left lower limb (LLL) of the CG were considered. Student's t-test was used to compare mean values of PT and TW of the session and each series. Analysis of variance (ANOVA) with repeated measures (p <0.05) was used to analyze the behavior of PT and TW, intra-group and between groups. Results: The PT of session of the MAL (119,29N.m) was significantly lower when compared to LAL (128,86N.m) and when compared with the RLL (145,15N.m) and the LLL (149.12N.m) of the control group. TW values of the session of PG members were significantly lower when compared to the CG members. There was significant difference of TW between the two groups in all series, as well. Only the CG showed a significant decrease of the PT and TT throughout the series The FR of CG (-9,07%) was higher than in the PG (1,40%). Conclusion: Individuals with PD with mild to moderate impairment, develop lower capacity to generate torque and work along a session of multiple sets of isokinetic contractions of the knee extensors, compared with subjects without the disease. There is no difference muscle performance of the MAL and LAL at the studied velocity. Individuals with PD are more resistant to muscle fatigue of the knee extensors.
10

Analise funcional dos estabilizadores da pateta : estudo eletromiografico

Grosso, Debora Bevilaqua 04 December 1998 (has links)
Orientador: Fausto Berzin / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-24T11:39:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Grosso_DeboraBevilaqua_D.pdf: 4183675 bytes, checksum: 73216f869750c4823f2b16cf37eb5249 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: A proposta deste trabalho foi analisar a atividade eletromiográfica dos músculos vasto lateral oblíquo (VlO) e vasto lateral longo (Vll) verificando se havia diferença de atividade entre estas porções relacionando com a atividade de outro importante estabilizador dinâmico da patela: o m. vasto medial oblíquo (VMO). Foram estudados 21 voluntários sendo 10 do sexo feminino e 11 do sexo masculino (idade X=23,3 s 2,9) sem história de disfunção osteomioarticular no joelho. Os sinais eletromiográficos foram coletados utilizando-se um eletromiográfo computadorizado VIKING li, de oito canais e três pares de mini eletrodos de superfície tipo Beckman. A atividade eletromiográfica foi obtida à partir de uma contração isométrica voluntária máxima (CIVM) nos ângulos de 15°, soa e 90a de flexão do joelho. Os dados foram submetidos à análise de variância e aplicado o teste do Intervalo de Confiança. Os resultados evidenciaram que os músculos Vll e VlO apresentam diferenças funcionais entre si especialmente na CIVM a 50° e 9oa. O VMO foi mais ativo em todos os ângulos estudados, porém a maior diferença de ativação com o Vll e VlO se deu nos ângulos de 50° e 9oa. Os músculos VMO e VlO apresentaram um comportamento semelhant~, sugerindo uma função antagonista na estabilização da patela. Os músculos Vll, VlO e VMO parecem desempenhar um importante papel no equilíbrio e tracionamento patelar, agindo como estabilizadores dinâmicos desta articulação / Abstract: The purpose of this paper was to analyse the electromyographic activity of the vastus lateralis oblique (VLO) and vastus lateralis longus (VLL) muscles and verify whether was any difference in activity between these portions related to the activity of the other important dynamic stabilizer of the patella: the vastus medialis oblique muscle (VMO). Were studied 21 voluntaries, of which 10 VJere females and 11 males (aged X:;:23,3 s 2,9) with no history of muscle skeletal dysfunction of the knee. The electromyographic signals VJere collected by using a computerized electromyograph VIKING li. with eigth channels and three pair of Beckman type mini surface electrodes. Electromyographic activity was obtained from a maximum voluntary isometric contraction (MVIC) at the knee flexion angle of 15°, 500 e 900. The data were submitted for variance analysis and confidence intervals test was applied. From the results it was evident that the VLL and VLO muscles showed functional differences between them especially at MVlC of 500 and 90°. The VMO was more active at ali the angles studied, however the greatest difference of activation of the VLL and VLO occurred at the angles of 500 and 900. The VMO and VLO muscles showed a similar behavior, suggesting an antagonistic function in stabilizing the patella. The VLL, VLO and VMO musales I seemed to play an important role in patellar balance and tractioning, acting' as dynamic stabilizers of this articulation / Doutorado / Anatomia / Doutor em Ciências

Page generated in 0.0409 seconds