• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 8931
  • 660
  • 647
  • 647
  • 563
  • 549
  • 401
  • 176
  • 98
  • 45
  • 41
  • 41
  • 40
  • 17
  • 15
  • Tagged with
  • 9763
  • 3584
  • 2876
  • 1970
  • 1780
  • 1733
  • 1450
  • 1398
  • 1318
  • 1318
  • 1316
  • 1287
  • 1266
  • 1019
  • 954
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Prova matemática, verdade e axiomática : um olhar sobre Frege e Hilbert

Silva, Ana Cristina Marques January 2006 (has links)
No description available.
22

Combinatória de sons

Mano, Vasco Moço January 2007 (has links)
No description available.
23

Discussão sobre morfismos irredutíveis nas categorias dos complexos e de homotopia / Discussion about irreducible morphisms in categories of complexes and of homotopy

Silva, Rafael Cazal 25 February 2016 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2016-08-09T11:35:29Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 846245 bytes, checksum: b2859e4035cb798499a19329af43039f (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-09T11:35:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 846245 bytes, checksum: b2859e4035cb798499a19329af43039f (MD5) Previous issue date: 2016-02-25 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Neste trabalho, caracterizamos e apresentamos algumas propriedades dos morfismos irredutíveis na categoria de complexos CI (P) e na categoria homotópica K− (P), onde P é a categoria dos módulos projetivos finitamente gerados sobre uma álgebra de Artin Λ e I é o ideal de P formado pelos morfismos radicais, de acordo com o artigo [9]. Com base no artigo [1], caracterizamos um certo tipo de triângulo distinguido em K− (P) com os dois primeiros morfismos irredutíveis na categoria triangulada K− (P). Estudamos também alguns resultados apresentados em [14] sobre morfismos irredutíveis na categoria homotópica K b (Λ), sendo Λ uma álgebra de dimensão global finita. / In this work, we characterize and present some properties of morphisms irreducible in complexes category CI (P) and in homotopic category K− (P), where P is the category of finitely generated projective modules over an Artin algebra Λ and I is the ideal of P formed by radical morphisms, according with article [9]. Based on article [1], we characterize a certain type of distinguished triangle in K− (P) with the two first irreducible morphisms in the triangulated category K− (P). We also study some results presented in [14] about irreducible morphisms in homotopic category Kb (Λ), being Λ an algebra of finite global dimension.
24

Diferenciação em Rn e o teorema da função implícita com aplicações

Husein, Muhamad Subhi Mahmud Hasan January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-Graduação em Matemática, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T21:15:20Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014
25

Uma teoria de conjugação simplificada para funções semicontínuas inferiormente e uma generalização da desigualdade forte de Fitzpatrick

Elias, Leonardo Moreto 28 August 2017 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Gaduação em Matemática, Curitiba, 2016. / Made available in DSpace on 2017-08-28T16:18:55Z (GMT). No. of bitstreams: 0
26

Ensino de matematica ou educação matematica : concepções e contradições dos professores de matematica em Santa Catarina

Cunha, Marcos Flavio da January 1997 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias da Educação / Made available in DSpace on 2016-01-08T22:22:34Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1997 / O presente estudo teve como meta central, pesquisar as concepções de Matemática dos professores da rede pública estadual de Santa Catarina, e ao mesmo tempo buscar na Educação de Matemática, uma possibilidade de mudança, para que o ensino desta disciplina se apresente como uma alternativa de transformações como prevê a Proposta Curricular de Santa Catarina. A pesquisa desenvolveu-se com os professores de Matemática de Ensino Fundamental e Médio, pertencentes às vinte e duas CREs, (Cordenadorias Regionais de Educações), e possibilitou a verificação da concepção de Matemática mais presente nesta disciplina, como também as principais contradições.
27

Categorias monoidais e o teorema de Mac Lane para a condição estrita

Andrade, Gabriel Samuel de January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-Graduação em Matemática Pura e Aplicada, Florianópolis, 2016. / Made available in DSpace on 2016-09-20T04:30:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 339469.pdf: 852789 bytes, checksum: a589d17328e7af67e511efd2639a691c (MD5) Previous issue date: 2016 / O presente trabalho tem como objetivo demonstrar o Teorema de Mac Lane para a condição estrita. Tal teorema afirma que toda categoria monoidal é monoidalmente equivalente a uma categoria monoidal estrita. Além disso, apresentamos categorias abelianas e demonstramos que toda categoria monoidal também é monoidalmente equivalente a uma categoria monoidal esquelética.Utilizamos como referência principal as notas de Una introdución a las categorías tensoriales y sus representaciones do Prof. Dr. Martín Mombelli.<br> / Abstract : The present work aims to demonstrate Mac Lane's Strictness Theorem. This theorem states that any monoidal category is monoidally equivalent to a strict monoidal category. Moreover, we present abelian categories and demonstrate that any monoidal category is monoidally equivalent to a skeletal monoidal category.We used as the main reference the class notes Una introdución a las categorías tensoriales y sus representaciones of the Prof. Dr. Martín Mombelli.
28

Teorema de unicidade das álgebras de Leavitt via produtos cruzados parciais

Dalla Costa, Ado Raimundo January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Programa de Pós-graduação em Matemática Pura e Aplicada, Florianópolis, 2016 / Made available in DSpace on 2016-09-20T04:41:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 339956.pdf: 613809 bytes, checksum: 14e80c293e00b6c09c7912ba32fc7d6d (MD5) Previous issue date: 2016 / Neste trabalho estudamos inicialmente ações parciais de grupo sobre um conjunto qualquer e estendemos este conceito, de um modo geral,para ações parciais de grupo sobre uma álgebra. Após isso, usufruímos dos resultados obtidos para construir um exemplo de uma ação parcial do grupo livre gerado pelas arestas de um grafo. A esta ação parcial, determinamos o produto cruzado parcial associado. Definimos a Álgebra de caminhos de Leavitt associada ao grafo e obtemos um isomorfismo entre a Álgebra de Leavitt e o produto cruzado parcial elaborado. Por último, demonstramos o Teorema de Unicidade de Cuntz-Kriegerpara a Álgebra de Leavitt e conseguimos obter, através dos sistemas de ramificação E-algébricos, a recíproca do teorema.<br> / Abstract: In this work, we study initially partial actions of group on arbitrary set and we extend this concept, in general, for partial actions of group on an algebra. After that, we used the results obtained to build an example of a partial action of the free group generated by the edges of the graph. With this partial action, we determined the partial skew group ring associated to it. We dene the Leavitt path algebras associated with the graph and we get an isomorphism between the Leavitt path algebra and the partial skew group ring produced. Finally, we prove the Cuntz-Krieger uniqueness theorem for Leavitt path algebra and managed to get, through the E-algebraic branching systems, the reciprocal of the theorem.
29

Matrizes que quase comutam e um teorema de Huaxin Lin

Leandro, Fernando January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-Graduação em Matemática e Computação Científica, Florianópolis, 2016. / Made available in DSpace on 2016-09-20T05:03:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 341769.pdf: 1063323 bytes, checksum: 14227bcd5ec1c06bfcf9f929f403ad6f (MD5) Previous issue date: 2016 / A partir da década de 70 tivemos um grande avanço na teoria de C*-álgebras e álgebra de operadores. No artigo (HALMOS, 1976), Paul Halmos perguntou se matrizes auto-adjuntas que quase comutam estavam próximas de matrizes auto-adjuntas que comutam. Durante 20 anos esta pergunta ficou sem resposta. Contudo, variações do problema original surgiram, e muitos trabalhos foram publicados. Huaxin Lin respondeu afirmativamente à pergunta de Paul Halmos em seu artigo (LIN, 1995) e o objetivo deste trabalho é demonstrar esse teorema e, também, apresentar uma variação do problema original.<br> / Abstract : From the decade of 1970 forward we had great advances in the theories of C*-algebras and operator algebras. In the article (HALMOS, 1976), Paul Halmos asked if almost commuting self-adjoint matrices were close to self-adjoint matrices that commute. For 20 years this question went unanswered. However, variations of the original problem arose and many papers have been published. Huaxin Lin answered affirmatively the question of Paul Halmos in his article (LIN, 1995) and the objective of this work is to demonstrate this theorem and also to present a variation of the original problem.
30

Comparação de técnicas de medição de potência reativa sob condições não-senoidais com ênfase na transformada Wavelet / Comparison of reactive power measurement techniques under non-sinusoidal conditions focused on wavelet transform

Vieira, Daniel 09 March 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Engenharia Elétrica, 2012. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2012-05-21T13:06:57Z No. of bitstreams: 1 2012_DanielVieira.pdf: 1346139 bytes, checksum: 4b3c1c45ed568636823e91b3270a470d (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2012-05-23T11:31:27Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_DanielVieira.pdf: 1346139 bytes, checksum: 4b3c1c45ed568636823e91b3270a470d (MD5) / Made available in DSpace on 2012-05-23T11:31:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_DanielVieira.pdf: 1346139 bytes, checksum: 4b3c1c45ed568636823e91b3270a470d (MD5) / A medição eletrônica de potência em sistemas elétricos nos quais a tensão ou corrente sejam distorcidas pode apresentar sérias discrepâncias entre os valores medidos e aqueles definidos teoricamente. Esse cenário se agrava quando se trata da obtenção dos valores de potência reativa, tanto pelo fato de as definições teóricas ainda não estarem completamente consolidadas, quanto devido à inexatidão dos medidores eletrônicos para exibir valores coerentes com a realidade. Nesse contexto, este trabalho faz uma análise das técnicas de medição para faturamento de potência reativa em instalações de baixa tensão com grandes distorções harmônicas. Primeiramente, apresentam-se as definições de potência sob condições não-senoidais e os problemas atrelados a essas acepções e, em seguida, são analisados e comparados seis métodos de medição: técnica do triângulo de potências, deslocamento de 90°, integração da tensão, derivação da tensão, transformada de Fourier e, por fim, a transformada wavelet, para a qual é dada especial atenção. Utilizando-se algoritmos dessas técnicas de medição implementados computacionalmente, fazem-se simulações de sinais de tensão e corrente com distorções harmônicas. Os resultados revelam que diversas formas de medição apresentam erros grandes quando submetidas a sinais não-senoidais, mesmo nos casos em que a tensão e corrente tenham distorções dentro de valores de referência. Adicionalmente, realiza-se uma análise de sensibilidade que demonstra que a escolha da técnica de medição mais apropriada depende fortemente da definição de potência reativa. Em especial, conclui-se que a utilização da transformada wavelet fornece bons resultados em todos os cenários, com esforço computacional significativamente menor que aquele da tradicional transformada de Fourier. Conclui-se ainda que a utilização do fator de descolamento como forma de faturamento tem vantagens sobre o uso do fator de potência verdadeiro, visto que se trata de uma grandeza independente das distorções harmônicas na tensão de fornecimento e que pode ser facilmente medida pelo uso de transformadas e também por algumas técnicas simples de medição eletrônica. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This paper analyzes reactive power measurement techniques in low voltage installations with high harmonic distortion levels. First, we present the definitions of power under non-sinusoidal conditions and their outcomes, and then we analyze and compare six different methods of reactive power measurement: power triangle technique, 90° displacement of voltage, voltage integration, voltage differentiation, Fourier transform, and wavelet transform. By using computationally implemented algorithms, we perform simulations with typical non-sinusoidal voltage and current signals. The results show that several measurement techniques engender large errors when obtaining reactive power in systems with harmonic distortions, even when the voltage and current distortions are within reference values. Finally, a sensitivity analysis is carried out and helps infer that the appropriate choice of the measurement technique depends strongly on the definition of reactive power (considering all harmonic distortions or only the fundamental component). In particular, we conclude that the use of wavelet transform provides good results in all cases, with significantly less computational effort than that of traditional Fourier transform.

Page generated in 0.1781 seconds